Você está na página 1de 7

Ficha de Avaliação n.

o 1
Nome: __________________________________________________________ N.º: _______ Turma: _____
Escola: _________________________________________________________________________________
Professor: _______________________ Encarregado de Educação: ________________________________
Avaliação: ______________________________________________________________________________

Grupo I
O Império Português nos séculos XVII e XVIII

1 Completa os espaços em branco no texto.


2
No século XVII, o Império Português distribuía-se por vários continentes: __________________,
________________, _________________ e _________________. Porém, o Império Português do
Oriente enfrentou uma grave ____________, devido à concorrência do outros países europeus, tais
como a _______________, a ______________ e a ____________. Os portugueses também tinham
grandes prejuízos devido a ataques _____________, assim como aos ______________ provocados
por tempestades. Por essa razão, os portugueses optaram por transferir as suas atenções para o
comércio no oceano ________________ e o ___________ tornou-se a principal colónia do império.

2 Legenda a fig. 1, identificando as várias partes que


constituíam um engenho.
1 – _________________________________
2 – _________________________________
3 – _________________________________
4 – _________________________________

3 Assinala com um X a opção correta.


3.1. O movimento de exploradores que partiu do litoral
para o interior do Brasil à procura de riquezas
chamou-se:
movimento luso-brasileiro
movimento das descobertas
movimento dos bandeirantes
movimento aurífero
3.2. No interior do Brasil encontrou-se grandes quantidades de:
prata e ferro pedras preciosas e diamantes
ferro e pedras preciosas ouro e diamantes

Grupo II
O poder político e a arte no tempo de D. João V

1 Define monarquia absoluta.


_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________
2 Assinala com um V as afirmações verdadeiras e com um F as afirmações falsas.
D. João V foi um rei absoluto.
A corte de D. João V era rica mas não luxuosa.
A corte de D. João V era animada com bailes e banquetes.
A origem da riqueza de D. João V era o ouro brasileiro.
D. João V mandou construir o Real Convento de Mafra.
D. João V construiu o Aqueduto das Águas Livres em Coimbra.

3 Identifica o estilo artístico da igreja representada na fig. 2. Fig. 2 Igreja de S. Francisco, Porto
____________________________________________________

4 Refere duas características artísticas do estilo representado na fig. 2.


_________________________________________________________________________________

Grupo III
A sociedade portuguesa no século XVIII

1 Indica o nome da cerimónia representada na fig. 3.


____________________________________________________

2 Nomeia o tribunal que julgava as vítimas desta cerimónia.


____________________________________________________
Fig. 3 Lisboa, século XVIII
3 Refere as principais vítimas condenadas nestas cerimónias em Portugal.
_________________________________________________________________________________

Grupo IV
A ação governativa do Marquês de Pombal

1 Refere duas características da Lisboa Pombalina.


_________________________________________________________________________________

2 Completa o quadro indicando medidas adotadas pelo Marquês de Pombal.

Medidas económicas Medidas sociais Medidas educativas

Cotações

Grupo I Grupo II Grupo III Grupo IV


Total
1 2 3.1 3.2 1 2 3 4 1 2 3 1 2
12 8 4 4 8 9 6 8 6 6 6 8 15 100
Autoavaliação
A ficha correu: Bem Razoavelmente Mal
Para esta ficha: Estudei Estudei pouco Não estudei
Nesta ficha senti dificuldades em _________________________________
Agrupamento de Escolas de Santa Bárbara - Fânzeres
Escola E. B. 2, 3 de Santa Bárbara, 28 de outubro de 2018

Assunto: Denúncia de Contrato de Trabalho

Rita da Glória Pires Corado Morais Fernandes, residente em Rua da Aliança, n.º
438, r-c centro, 4250-029 Porto, portadora Cartão do Cidadão n.º 10572078, ao
abrigo de um contrato de trabalho a termo resolutivo incerto, vem, nos termos e para
os efeitos do n.º 4 do art.º 44 do Decreto-Lei n.º 132/2012, de 27 de junho na
redação em vigor, e sem justa causa, informar que, por motivos particulares,
denuncia o contrato de trabalho.
Desta forma, a rescisão do contrato de trabalho entrará em vigor em 28 de outubro
de 2018.

Sem qualquer outro assunto, despeço-me agradecendo a vossa a atenção.

________________________________________
Rita da Glória Pires Corado Morais Fernandes
Ficha de Avaliação n.o 1
Nome: __________________________________________________________ N.º: _______ Turma: _____ Ficha B
Escola: _________________________________________________________________________________
Professor: _______________________ Encarregado de Educação: ________________________________
Avaliação: ______________________________________________________________________________

Grupo I
As características do Império Português nos séculos XVII e XVIII

Fig. 1 O Império Português no século XVII e princípios Fig. 2 Engenho em Pernambuco


do século XVIII (Brasil), século XVIII

1 Completa o quadro com base na figura 1, indicando os territórios que compunham o Império
Português no século XVII e princípios do século XVIII.
Europa África Ásia América

2 Assinala com um X a opção correta.


A principal colónia do Império Português no século XVIII era:
Goa Angola
Ormuz Brasil

3 Associa os elementos da coluna A com os elementos da coluna B de forma a legendar a figura 2.

A B
1 – Casa grande a) Local onde viviam os escravos africanos
2 – Engenho b) Local onde viviam os índios
3 – Sanzala c) Local onde viviam os senhores do engenho
4 – Canavial d) Plantação de cana-de-açúcar
e) Fábrica onde se produzia açúcar
f) Fábrica onde se fundia ouro
4 Completa os espaços em branco no texto com as palavras que se seguem:

interior * litoral bandeirantes * D. Manuel I * D. João V * moedas


ouro * especiarias * diamantes * navegadores * barras * quinto

Os ___________________ eram exploradores que partiam do ___________ para o ____________


do Brasil à procura de novas riquezas. Nas suas explorações descobriram grandes quantidades de
_____________ e de _________________. O rei __________________ mandou fundir o ouro em
___________ e cunhou nelas o escudo real, o ano e o seu peso. Também criou um novo imposto,
chamado o ________________, para impedir o contrabando e aumentar as suas receitas.

Grupo II
O poder político e a arte no tempo de D. João V

1 Assinala com um V as afirmações verdadeiras e com um F as afirmações falsas.


D. João V reinou no século XVI.
A corte de D. João V era rica e luxuosa.
D. João V foi um rei absoluto.
A origem da riqueza de D. João V eram as especiarias do Oriente.

2 Observa as figuras que se seguem.


2.1. Assinala com um X as obras construídas por ordem de D. João V.

Fig. 3 Fig. 4 Fig. 5

Fig. 6 Fig. 7

2.2. Identifica o estilo arquitetónico e artístico das figuras 4 e 6.


_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________
2.3. Indica duas características do estilo que identificaste na questão anterior.
_____________________________________________________________________________
_____________________________________________________________________________

Grupo III
A sociedade portuguesa no século XVIII

1 Relaciona os elementos da coluna A com os elementos da coluna B.

A B
1 – Clero a) Grupo social que se dedicava à assistência e
2 – Nobreza à oração.
3 – Burguesia b) Grupo social que trabalhava no comércio,
4 – Povo na guerra e na oração.
c) Grupo social que se dedicava à defesa do
império.
d) Grupo social que vivia com muitas dificuldades.
e) Grupo social que procurava imitar a nobreza.
f) Grupo social privilegiado que se dedicava à
agricultura.

2 Assinala com um X a opção correta.


2.1. No século XVIII, os grupos sociais privilegiados eram:
clero e nobreza
nobreza e burguesia
clero e burguesia
burguesia e povo
Fig. 8 Lisboa, século XVIII
2.2. No século XVIII, os membros da burguesia podiam ascender à nobreza
com a riqueza do comércio ultramarino
por determinação régia
por nascimento
com uma formação universitária

2.3. A cerimónia representada na figura 8 é um:


auto de fé
julgamento judaico
julgamento cristão
castigo público

2.4. As principais vítimas da cerimónia representada na figura 8 eram:


muçulmanos
judeus
cristãos-novos
cristãos-velhos
Grupo IV
A ação governativa do Marquês de Pombal

1 Completa o quadro.
Ano da destruição de
Lisboa
Calamidades que
destruíram Lisboa
Rei que governava
em Portugal
Ministro responsável
pela reconstrução de
Fig. 9 Lisboa nos finais do século XVIII Lisboa

2 Indica duas medidas tomadas após a destruição de Lisboa.


________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

3 Refere, a partir da figura 9, duas características da Lisboa pombalina.


________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________
________________________________________________________________________________

4 Completa o esquema com as principais medidas adotadas pelo Marquês de Pombal.

Cotações

Grupo I Grupo II Grupo III Grupo IV


Total
1 2 3 4 1 2.1 2.2 2.3 1 2.1 2.2 2.3 2.4 1 2 3 4
8 4 8 16 8 6 4 6 8 2 2 2 2 8 4 6 6 100
Autoavaliação
A ficha correu: Bem Razoavelmente Mal
Para esta ficha: Estudei Estudei pouco Não estudei
Nesta ficha senti dificuldades em _________________________________