Você está na página 1de 16

A COR da Cultura

A semiótica da Marca

João Pinto Barbosa

Oeiras, 13.03.09
Nova Identidade

NOVA IDENTIDADE CORPORATIVA

o Desafio
a Visão Estratégica
a Estratégia de Marca
| rejuvescer | reposicionar | + brand awareness
| tradição + modernidade | consistência
Comunicar
| simplicidade | coerência | normas claras
Nova Identidade

IDENTIDADE
=
CONSISTÊNCIA + COERÊNCIA
Nova Identidade

NOVO CONCEITO GRÁFICO

Para dar expressão à estratégia definida foi criado


um novo conceito gráfico
para os suportes da Marca INATEL.

O novo grafismo obedece a normas rigorosas,


garante uma ligação com o passado
por forma a preserver o CAPITAL DE CONFIANÇA
histórico assente nos VALORES INATEL,
rejuvenesce a Marca,
e transmite uma imagem de consistência, qualidade e segurança.
Nova Identidade

NOVO CONCEITO GRÁFICO

O conceito gráfico da nova arquitectura


da Marca INATELtraduz-se numa
nova família de logótipos,
numa nova assinatura
e na abordagem semiótica
à Marca através de novas propostas de cores,
linhas, tipografia e formas sustentadas em códigos de percepção
e códigos culturais
Nova Identidade
Nova Identidade
Nova Identidade
Nova Identidade
Nova Identidade
Nova Identidade

As CORES associadas a cada uma das áreas de negócio


foram criteriosamente seleccionadas, com o
objectivo de permitirem uma rápida
identificação e associação às áreas.
Nova Identidade

PORQUÊ ESTAS CORES ?

A COR é um dos elementos mais fortes da


linguagem visual da Marca.

A Semiótica (da Marca), na perspectiva da Teoria Geral dos Signos


(gramática especulativa), é a ciência que estuda os processos
de significação – semiose – capaz de revelar a potência
comunicativa dos | signos | e os seus efeitos nas mentes interpretativas

| palavras, sons, simbolos, marcas, ícones, logotipos |

| Um SIGNO representa um objecto, uma palavra, um conceito, um sonho….


Tem a função mediadora entre o objecto e o interpretante,
aproximando-os e relacionando-os |
Nova Identidade

PORQUÊ ESTAS CORES


As cores estimulam o ser humano e os seus efeitos, tanto de carácter
fisiológico como psicológico, intervêm na nossa vida, criando
alegria ou tristeza, exaltação ou depressão, actividade ou passividade,
calor ou frio, equilíbrio ou desequilíbrio, ordem ou desordem.

Por isso as cores podem proporcionar impressões, sensações e


reflexos sensoriais de grande importância, porque cada uma delas
produz uma determinada vibração nos nossos sentidos e pode
actuar como estímulo ou perturbação nas emoções, na consciência
e nos nossos impulsos e desejos.
A cor (num logotipo, embalagem, rótulo, cartaz, anúncio…) deve ser coerente com o
carácter e o conteúdo / conceito e deve ser ajustada às características psicológicas
e culturais do público a que se destina.
A Cor da Cultura

Códigos
Sobriedade | Prosperidade | Nobreza | Elegância | Respeito | Requinte | Liderança
A Cor da Cultura

Para cada uma das áreas foi definida uma gama de tonalidades,
a partir da cor principal, que deverá ser aplicada ao elemento
gráfico principal em todos os suportes de comunicação
(ex. capas de brochuras e catálogos, webdesign, cartazes, flyers,
pop-ups, anúncios de imprensa, estacionário etc…).

Tudo isto estará traduzido num Manual de Identidade


que define a construção e utilização do novo sistema
de identidade corporativa,
bem como a sua aplicação aos diferentes
suportes de comunicação.
A Cor da Cultura

OBRIGADO