Você está na página 1de 3

Aplicações dos Juros Compostos

MATEMÁTICA
• Object 1

Juros compostos: uma aplicação rentável


PUBLICIDADE Juros Compostos são aqueles em que ao

final de cada período os juros obtidos são

somados ao capital, constituindo um novo

capital a ser aplicado, isso ocorre

sucessivas vezes até atingir o tempo

máximo de aplicação do dinheiro. Os juros

compostos são o alicerce do atual sistema

financeiro, regendo todos os tipos de

transações financeiras. As aplicações

financeiras, principalmente a poupança em

Object 2
razão de sua praticidade, são bastante

utilizadas pela população em geral, que

buscam guardar suas economias em segurança e aproveitam para ganhar algum rendimento.

A fórmula utilizada nos juros compostos é a seguinte: M = C * (1 + i)t, onde:

M: montante

C: capital

t: tempo de aplicação

i: taxa (:100)

Acompanhe alguns exemplos envolvendo a aplicação de juros compostos:

Exemplo 1

Qual o montante gerado pelo capital de R$ 1.500,00 aplicados durante 6 meses, a uma taxa de

2% ao mês?

Temos:

C: 1.500
i: 2% = 2/100 = 0,02

t: 6

M = 1.500 * (1 + 0,02)6

Não pare agora... Tem mais depois da publicidade ;)

Object 3

M = 1.500 * (1,02)6

M = 1.500 * 1,126162

M = 1.689,24

Exemplo 2

Determine o montante gerado pela aplicação de um capital de R$ 6.000,00 durante um ano a

uma taxa de 3% ao mês.

C: 6.000

t: 1 ano = 12 meses

i: 3% = 3/100 = 0,03

M = 6.000 * (1 + 0,03)12

M = 6000 * (1,03)12

M = 6000 * 1,425761

M = 8.554,57
Exemplo 3

Qual o capital que, aplicado durante 8 meses, gerou um montante de R$ 9.575,19 a uma taxa

de 1,5% ao mês?

M: 9.575,19

i: 1,5% = 1,5/100 = 0,015

t: 8 meses

9.575,19 = C * (1 + 0,015)8

9.575,19 = C * (1,015)8

9.575,19 = C * 1,126493

C = 9.575,19 / 1,126493

C = 8.500,00

Interesses relacionados