Você está na página 1de 2

Melanoma: a história confidencial Quais são os tratamentos?

ABCDE
O melanoma é a forma mais grave de câncer de pele. Ele A cirurgia é a principal forma de tratar os melanomas. O

o
se dissemina (produz metástases) nos órgãos internos e médico usa um bisturi para extrair todo o tecido e também a
pode colocar a vida em perigo. Porém, em estágio inicial, é margem de segurança de pele circundante. Após a incisão, o
curável em quase 100% dos casos. tecido é enviado ao laboratório para verificar se foram removi-
das todas as células cancerosas.

DO Melanoma
Os raios de Sol, um gatilho
O melanoma pode ser causado pela exposição intensa e Às vezes, as células do melanoma se disseminam aos nódulos
intermitente ao Sol, do tipo que pode provocar queimaduras linfáticos locais, que liberam líquidos do sistema imune na
na pele. Isso sempre foi sabido. Assim, por que o número de corrente sanguínea. Esses nódulos podem ser extraídos, para
casos mais que triplicou nos últimos 20 anos? Atualmente, evitar que enviem células de melanoma a outras partes do
as pessoas se dedicam mais às atividades ao ar livre, em corpo. O que
geral usando menos roupa que no passado. Para piorar,
mais de um milhão de americanos frequenta clínicas de Para os casos avançados, pode-se usar a quimioterapia, a você precisa saber
bronzeamento todos os dias. Os raios UVA e UVB emitidos radiação e a imunoterapia (medicamentos que estimulam o
pelas câmaras de bronzeamento são extremamente sistema imune). Esses tratamentos podem retardar o avanço
prejudiciais. da doença, mas os melanomas em estágio avançado são difí- O que
O peso da hereditariedade
ceis de conter. Por isso, o reconhecimento dos sinais de alerta
precoces é a chave para salvar vidas. você precisa procurar
A hereditariedade desempenha um papel tão grande no
desenvolvimento do melanoma que já foi cunhada a ex-
pressão “família com melanoma.” O risco é maior quando Revisores Médicos
um familiar em primeiro grau (pai, mãe, irmãos ou filhos) já Robert J. Friedman, MD • Darrell S. Rigel, MD •
teve um melanoma. Alfred W. Kopf, MD • David Polsky, MD, PhD

Como diminuir o seu risco Tradução


Embora não seja possível eliminar fatores de risco hereditári- Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica
os, você pode se proteger do Sol usando vestimentas ade-
Revisor Médico da tradução
quadas (incluindo um chapéu de abas largas), óculos escuros
Luciana Maluf Azevedo, MD
e protetor solar FPS 15 ou mais. Procure pela sombra e não
se exponha ao Sol entre 10 da manhã e 4 da tarde.

A metade dos pacientes com melanoma tem nevos atípicos, Uma publicação de The Skin Cancer Foundation
de aspecto pouco usual, também conhecidos como nevos Para obter informações sobre folhetos
displásicos. Atente-se para não perder nenhum exame da adicionais ou afiliação, entre em contato com:
pele caso pertença a uma família com melanoma, tenha The Skin Cancer Foundation
nevos atípicos ou histórico de melanoma. Em famílias com www.SkinCancer.org
melanoma, as crianças devem ser examinadas por um
médico a partir dos 10 anos de idade.

Copyright © 2010, 2011 The Skin Cancer Foundation.


Traduzido em 2011. Impresso nos EUA.
www.SkinCancer.org
BR-4B-8.11
O ABCDE do Melanoma BENIGNO MALIGNO

Advertência precoce: perigo no futuro ASSIMETRIA Se esta pinta for divi-


dida ao meio, as suas
O melanoma é a forma mais perigosa do câncer de pele. Esta pinta benigna não metades não corre-

A
Em estágio avançado, pode provocar doenças graves e até é assimétrica. Se for sponderão, e isso indica
mesmo a morte. Felizmente, o melanoma raramente ataca dividida ao meio, os que ela é assimétrica,
dois lados serão iguais, um dos sinais de alerta
sem avisar. Quase sempre, há sinais que apontam o perigo o que evidencia a de melanoma.
que se aproxima. Procure por eles, pois quando o melano- simetria.
ma é descoberto precocemente, quase sempre é curável.

Sua pele conta sua história


BORDAS As bordas de um mela-
Pintas, manchas marrons e caroços na pele normalmente noma inicial tendem a
Uma pinta benigna tem ser irregulares, e podem
são inofensivos – normalmente, porém não sempre.
bordas uniformes e
B
Qualquer pessoa que tenha mais de 100 pintas corre mais estar entrecortadas ou
lisas, ao contrário da serreadas.
risco de desenvolver melanoma. Os primeiros sinais podem que é mostrada na
aparecer em uma ou mais dessas pintas. Por isso, é muito página oposta.
importante que você conheça muito bem sua pele.
Examine a pele de todo o seu corpo uma vez por mês
e, ao menos uma vez por ano, faça o exame com um
médico. Apresentar uma varie-
COR dade de cores é outro
O alfabeto do Melanoma A maioria das pintas sinal de alerta. Podem

C
benignas tem uma cor aparecer diferentes
As primeiras cinco letras do alfabeto são um guia para os nuances de marrom,
só – geralmente, um
primeiros sinais de alerta do melanoma. único tom de marrom. castanho ou preto. Um
melanoma também
pode se tornar averme-
A significa ASSIMETRIA lhado, branco ou azul.

B Significa BORDAS
DIÂMETRO Em geral, o melanoma
C significa COR tem o diâmetro maior
As pintas benignas do que o de um aponta-
D significa DIÂMETRO geralmente têm um

D
dor de lápis (6 mm), mas
diâmetro menor que às vezes pode apresen-
E significa EVOLUÇÃO ou MUDANÇA as malignas. tar um tamanho menor
ao ser detectado.
Aprenda a reconhecer todos esses sinais e, se vir algum,
agende imediatamente uma consulta com o seu médico.
Mas lembre-se: esses sinais não são uma prova de que
você tem melanoma. Indicam apenas que precisa ficar EVOLUÇÃO Quando uma pinta
começa a se modi-
alerta. As pintas benignas ficar, consulte um
comuns têm sempre o médico. Qualquer alte-
As fotografias na página ao lado comparam as pintas
benignas (inofensivas) com as malignas (melanomas
mesmo aspecto. Preste
atenção se uma pinta E ração – no tamanho, no
formato ou na cor, no
relevo ou outra carac-
começar a evolucionar
precoces), conforme o alfabeto do melanoma. ou apresentar qualquer terística, ou qualquer
tipo de mudança. novo sintoma, como
sangramento, coceira
ou formação de crosta –
indica perigo.