Você está na página 1de 1

Construção de Brasília

A construção de Brasília foi um dos fatos mais marcantes da história brasileira, e


da política de JK no seu mandato de 5 anos como presidente, sendo uma das maiores
obras do século XX. A ideia de construir uma nova capital no centro geográfico do País
estava prevista na Constituição de 1891, na Constituição de 1934 e na Constituição de
1946, mas foi adiada, sua construção, por todos os governos brasileiros desde 1891.
A promessa de construir Brasília foi feita, por JK, no dia 4 de abril de 1955, em
um comício, em Jataí, no estado de Goiás, quando, no final do comício, JK resolveu
ouvir perguntas de populares, e, o estudante para tabelião Antônio Soares Neto, o
Toniquinho, perguntou a JK se este iria cumprir toda a constituição do Brasil de 1946,
inclusive o artigo referente a nova capital.7 68 69
"Toniquinho" se referia ao artigo 4º do "Ato das disposições constitucionais
transitórias da Constituição de 1946" que dizia:
Cquote1.svg Art 4º - A Capital da União será transferida para o planalto central
do país. § 1 º - Promulgado este Ato, o Presidente da República, dentro de sessenta dias,
nomeará uma Comissão de técnicos de reconhecido valor para proceder ao estudo da
localização da nova Capital. § 2 º - O estudo previsto no parágrafo antecedente será
encaminhado ao Congresso Nacional, que deliberará a respeito, em lei especial, e
estabelecerá o prazo para o início da delimitação da área a ser incorporada ao domínio
da União. § 3 º - Findos os trabalhos demarcatórios, o Congresso Nacional resolverá
sobre a data da mudança da Capital. § 4 º - Efetuada a transferência, o atual Distrito
Federal passará a constituir o Estado da Guanabara. Cquote2.svg
— Constituição Federal de 1946
O Congresso Nacional, mesmo com descrença, aprovou a lei n° 2 874,
sancionada por JK, em 19 de setembro de 1956, determinando a mudança da Capital
Federal e criando a Companhia Urbanizadora da Nova Capital — Novacap.
As obras, lideradas pelos arquitetos Lúcio Costa e Oscar Niemeyer começaram
com entusiasmo em fevereiro de 1957. Mais de 200 máquinas e de 30 mil operários - os
candangos - vindos de todas as regiões do Brasil (principalmente do Nordeste do
Brasil), exerceram um regime de trabalho ininterrupto, dia e noite, para construir e
concluir Brasília até a data prefixada de 21 de abril de 1960, em homenagem à
Inconfidência Mineira.
As obras terminaram em tempo recorde de 41 meses — antes do prazo previsto.
Já no dia da inauguração, em pomposa cerimônia, Brasília era considerada como uma
das obras mais importantes da arquitetura e do urbanismo contemporâneos.
Além da obediência à Constituição, a construção da Nova Capital visava a
integração de todas as regiões do Brasil, a geração de empregos, absorvendo o
excedente de mão-de-obra da região Nordeste do Brasil e o estímulo ao
desenvolvimento do interior, desafogando a economia saturada do Centro-Sul do país.