Você está na página 1de 40

Receitas

Sustentáveis
Consumo planejado - Reaproveitamento - Educação ambiental
Conheça mais sobre o SERVAS e o Projeto Cozinha Inteligente:
www.servas.org.br
O PROJETO
O Servas criou, em 2015, o Cozinha Inteligente, curso de auxiliar de cozinha
com ênfase em aproveitamento integral de alimentos e gestão correta de resíduos.
Como parte da gastronomia social, foi pensado para transformar a vida das pessoas
em situação de vulnerabilidade.
Por isso, tornou-se o primeiro projeto de gastronomia social apoiado pelo
Governo do Estado de Minas Gerais, que agora trata o setor como política pública,
por meio do +Gastronomia. O programa da administração estadual tem por objetivo
incentivar, fomentar e valorizar toda a cadeia produtiva da gastronomia mineira,
segmento estratégico para o desenvolvimento do estado.
Tendo como objetivo a inclusão social, formamos vários profissionais não só
diferenciados, mas também conscientes da importância do meio ambiente. Neste
material, é possível conhecer um pouco do conteúdo do nosso curso, ministrado em
parceria com o Sesc e Senac, além das delícias que já foram produzidas por nossos
alunos nas três edições do Cozinha Inteligente já realizadas, sempre com muita
consciência, planejamento e sem desperdício.

Carolina Pimentel
Presidente
Aproveitamento
integral de alimentos

A alimentação integral, na qual utilizamos não só a polpa,


mas também cascas, talos, folhas e sementes na preparação,
possui como princípio básico a diversidade de alimentos e a
complementação de refeições.

Você sabia?
Uma alimentação sadia, rica em nutrientes, pode ser
alcançada com partes dos alimentos que, normalmente,
são desprezadas.
Benefícios
• Melhora o estado nutricional das pessoas.
• Evita o consumo excessivo de alimentos
industrializados, ricos em gorduras, açúcar e sódio.
• Reduz custos.
• Melhora a qualidade nutricional da preparação
do alimento.
• Proporciona preparo rápido e oferece paladar
regionalizado.

Evitando o desperdício
• Planejar antes de comprar;
• Adquirir a quantidade de alimentos necessária para o
consumo na semana;
• Comprar bem. Preferir legumes, hortaliças e frutas
da época;
• Conservar bem: armazenar em locais limpos e em
temperaturas adequadas para cada tipo de alimento.
• Não armazenar folhosos e frutas molhadas na geladeira,
pois aceleram o processo de deterioração;
• Preparar bem: lavar corretamente, não retirar cascas
grossas e preparar apenas as quantidades necessárias
para cada refeição.
Fonte: Apostila Módulo 3 – Aproveitamento Integral de Alimentos – Sesc 2017
Nutrientes que
ganhamos ao aproveitar o
alimento integralmente
Fonte: www.programaconsumer.com.br
Por que comer
casca de banana?
• Protege a visão
• Protege o coração
• Melhora a pele
• Previne cãibra e fraqueza muscular
• Previne câncer
• Fortalece ossos e dentes
Fonte: www.tuasaude.com

Como manter o sabor, aroma, a cor,


consistência e os nutrientes dos alimentos
• Mantenha a casca dos alimentos ao cozinhá-los
• Corte os alimentos em pedaços grandes para cozinhar
• Coloque os alimentos para cozinhar quando a água já
estiver fervendo
• Aproveite a água do cozimento de legumes e verduras
em outras preparações (sopa, feijão, arroz, macarrão, etc).
• Substitua parte do sal por temperos como alho, cebola,
cheiro verde, orégano, manjericão, etc.
Fonte: Apostila Módulo 3 – Aproveitamento Integral de Alimentos – Sesc 2017
RECEITAS DE
APROVEITAMENTO
INTEGRAL DE
ALIMENTOS
Arroz Verdinho
Tempo de preparo: 30 minutos
Rendimento: 20 porções

Ingredientes:
• 3 xícaras (chá) de arroz
• Água (suficiente para cozinhar o arroz)
• 2 colheres (sopa) de cebola
• 1 dente de alho
• 1 colher (sopa) de óleo
• Sal a gosto

Ingredientes do Refogado:
• 1 colher (sopa) de óleo
• 1 xícara (chá) de cebola
• 1 xícara (chá) de talos de agrião
• 1 xícara (chá) de talos de salsa picada
• 1 xícara (chá) de rama de cenoura picada

Preparo:
• Refogue a cebola e o alho no óleo, acrescente o arroz, a água e o sal.
• Deixe cozinhar até secar a água.
• Reserve.
• À parte, refogue a cebola com o óleo, acrescente os talos e a rama, misturando-os, em
seguida, ao arroz cozido.

Dica do Chef:
• Para enriquecer a preparação, substitua o arroz branco pelo arroz integral. A rama da
cenoura é rica em cálcio e pode substituir o cheiro-verde. Para cada 1 quilo de arroz, o
ideal é utilizar apenas duas colheres (sopa) de óleo.

Fonte: SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA. Departamento Nacional. Alimente-se bem: 100 receitas
econômicas e nutritivas / SESI DN. Brasília: SESI/DN, 2007.
Farofa de Casca
de Banana
Tempo de preparo: 30 minutos
Rendimento: 20 porções
Ingredientes:
• 1 xícara (chá) de casca de chuchu
• 2 unidades de casca de banana
• ½ xícara (chá) de talos de verduras diversas
• 2 colheres (sopa) de cebola picada
• 2 dentes de alho
• 3 colheres (sopa) de margarina
• 2 colheres (sopa) de bacon
• 2 xícaras (chá) de farinha de mandioca
• Colorau a gosto
• Sal a gosto

Preparo:
• Lave bem as cascas de chuchu e de banana e os talos de verduras
em água corrente. Pique-os e reserve.
• Refogue a cebola e o alho na margarina. Acrescente os talos e as cascas
e refogue mais um pouco.
• Junte os demais ingredientes e acrescente a farinha de mandioca, por último.
Misture bem para a farinha incorporar o refogado e os temperos.

Dica do Chef:
• Utilize talos de verduras como agrião, espinafre, salsa, etc.

Fonte: SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA. Departamento Nacional. Alimente-se bem: 100 receitas
econômicas e nutritivas / SESI DN. Brasília: SESI/DN, 2007.
Barrinha de Cereais
Vitaminadas com
Iogurte Natural
Tempo de preparo: 30 minutos
Rendimento: 40 porções
Ingredientes:
• Casca de 05 maçãs picadas
• 50 g de linhaça moída
• 2 colheres (sopa) de granola
• 3 colheres (sopa) de açúcar mascavo
• 2 colheres (sopa) de uvas passas
• 2 colheres (sopa) de castanha de caju triturada
• 2 colheres (sopa) de água
• Folhas de hortelã a gosto
• 1 copo de iogurte natural
• 1 pacote de 100 g de coco ralado para empanar

Preparo:
• Misture todos os ingredientes em um recipiente, exceto o açúcar.
• Dissolva as 3 colheres de açúcar em 2 colheres de sopa de água e leve ao fogo.
• Quando começar a dar ponto, desligue o fogo e junte aos outros ingredientes.
• Amasse bem.
• Corte em quadradinhos.
• Passe no coco ralado.
• Sirva com iogurte natural e folhinhas de hortelã.

Dica do Chef:
• Utilize as maçãs para preparar uma salada de frutas, sucos, saladas ou sobremesas.
Fonte: Mesa Brasil: Nutrição, Sabor e Arte. Edição Especial Melhores Receitas. Receita de
Valéria Pereira Guimarães - Comissão Fé e Esperança da Vila Pinho
Bolo Nutritivo
de Abobrinha
Tempo de preparo: 1 hora
Rendimento: 20 porções
Ingredientes:
• 2 xícaras (chá) de abobrinha picada
• 3 ovos
• 2 xícaras (chá) de açúcar
• ½ xícara (chá) de óleo
• 3 xícaras (chá) de farinha de trigo
• 1 colher (sopa) de canela em pó
• 1 colher (sopa) de essência de baunilha
• ½ xícara (chá) de uvas passas
• 2 colheres (sopa) de fermento em pó

Preparo:
• Bata no liquidificador a abobrinha, os ovos, o óleo e o açúcar.
• Em uma tigela, misture a farinha de trigo, a canela, a baunilha e a uva passa e
acrescente à massa batida no liquidificador.
• Mexa bem e acrescente o fermento.
• Coloque em assadeira untada e enfarinhada.
• Asse em forno médio preaquecido até dourar.

Dica do Chef:
• É uma ótima opção para utilizar a abobrinha em uma preparação doce. Pode-se
substituir a uva passa por frutas cristalizadas ou gotas de chocolate meio amargo.

Fonte: SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA. Departamento Nacional. Alimente-se bem:


100 receitas econômicas e nutritivas / SESI DN. Brasília: SESI/DN, 2007.
Bolo Nutritivo
de Linhaça
Tempo de preparo: 1 hora
Rendimento: 20 porções
Ingredientes:
• 3 ovos
• 2 xícaras (chá) de açúcar
• 2 xícaras (chá) de abobrinha picada
• ½ xícara (chá) de óleo
• ½ xícara (chá) de linhaça triturada
• 3 xícaras (chá) de farinha de trigo
• 1 colher (sopa) de essência de baunilha
• 1 colher (sopa) de canela em pó
• 2 colheres (sopa) de fermento em pó

Preparo:
• Bata no liquidificador a abobrinha, os ovos, o óleo e o açúcar.
• Em uma tigela, coloque a farinha de trigo, a canela, a baunilha e a
linhaça e despeje a massa batida no liquidificador por cima.
• Mexa bem e acrescente o fermento.
• Coloque em assadeira untada e enfarinhada.
• Asse em forno médio, preaquecido, até dourar.

Dica do Chef:
• Use linhaça também para decorar o bolo.
• A linhaça pode ser substituída por gotas de chocolate.
Receita adaptada pelos alunos do Cozinha Inteligente de 2017, baseada no
Bolo Nutritivo de Abobrinha
Bolo de casca
de Abacaxi
Tempo de preparo: 1 hora
Rendimento: 20 porções
Ingredientes:
• 1 xícara (chá) de suco de cascas de abacaxi
• 1 xícara (chá) de óleo
• 2 ovos
• 1 xícara (chá) de açúcar
• 2 xícaras (chá) de farinha de trigo
• 1 colher (sopa) de fermento em pó

Preparo:
• Bata no liquidificador as cascas do
abacaxi com 1 copo (americano) de água filtrada e coe.
• Bata a seguir o suco coado, o óleo, os ovos e o açúcar.
• Coloque em um recipiente e acrescente a farinha de trigo e o fermento.
• Unte uma forma assadeira com um furo central, coloque a massa e leve
para assar em forno médio (180°C), por aproximadamente 35 minutos.

Dica do Chef:
• Pode ser acrescentado fatias de abacaxi.
Fonte: Mesa Brasil: Nutrição, Sabor e Arte. Edição Especial Melhores Receitas.
Receita de Maria Aparecida Barbosa Peixoto - APAE Santa Luzia
Bolo de Casca de
Banana com Cobertura
Tempo de preparo: 1 hora
Rendimento: 20 porções
Ingredientes:
• 4 bananas com casca
• 2 ovos
• 2 colheres (sopa) de margarina
• 2 e ½ xícaras (chá) de açúcar
• 2 xícaras (chá) de leite
• 1 e ½ xícaras (chá) de farinha de trigo
• 1 e ½ xícaras (chá) de farinha de rosca
• 1 colher (sopa) de fermento
• 1 e ½ xícara (chá) de água
• ½ limão

Preparo:
• Lave as bananas e descasque. Separe as cascas para fazer a massa.
• Bata as claras em neve e reserve na geladeira.
• Bata no liquidificador as gemas, o leite, a margarina, as cascas das bananas e 2
xícaras (chá) de açúcar.
• Despeje essa mistura em uma vasilha e acrescente a farinha de trigo e a farinha de
rosca. Mexa bem. Por último, misture delicadamente as claras em neve e o fermento.
• Despeje em uma assadeira untada com margarina e farinha de trigo. Leve ao forno
médio, preaquecido, por aproximadamente 40 minutos.
• Para a cobertura, queime ½ xícara (chá) de açúcar em uma panela e junte a água,
fazendo um caramelo. Acrescente as bananas cortadas em rodelas e o suco de limão.
Cozinhe. Cubra o bolo ainda quente.
Fonte: SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA. Departamento Nacional. Alimente-se bem:
100 receitas econômicas e nutritivas / SESI DN. Brasília: SESI/DN, 2007.
Doce de Casca
de Banana
Tempo de preparo: 01 hora
Rendimento: 30 porções
Ingredientes:
• 36 bananas caturras maduras mais firmes
• 1 kg de açúcar
• 12 laranjas pera rio (maduras)
• 20 g de cravo da índia
• 6 canelas em pau

Preparo:
• Corte as cascas das bananas em tiras e bata no liquidificador.
• Cozinhe em fogo baixo.
• Acrescente 1 kg de açúcar e deixe caramelizar.
• Acrescente o suco da laranja, mexa até que fique bem caramelizada e forme
o ponto de creme.
• Acrescente cravo da índia e a canela em pau e desligue o fogo.

Receita criada pela professora Rosilene Campolina e seus alunos do Centro


Universitário UNA
Doce de Casca
de Melancia
Tempo de preparo: 01 hora
Rendimento: 20 porções
Ingredientes:
• 2 xícaras (chá) de casca de melancia
(parte verde) ralada
• 1 e ½ xícara (chá) de açúcar
• 1 xícara (chá) de água
• Cravo e canela a gosto

Preparo:
• Rale a casca de melancia na parte fina do ralador e reserve.
• Faça uma calda com a água, o açúcar, o cravo e a canela.
• Acrescente a casca da melancia ralada e cozinhe até ficar macia.

Dica do Chef:
• A casca verde também pode ser utilizada para preparar salpicão, substituindo
parte da batata palha.

Fonte: SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA. Departamento Nacional. Alimente-se bem:


100 receitas econômicas e nutritivas / SESI DN. Brasília: SESI/DN, 2007.
Ensopado com
Casca de Melancia
Tempo de preparo: 30 minutos
Rendimento: 20 porções
Ingredientes:
• 350 g de acém picado
• 2 colheres (sopa) de cebola picada
• 1 colher (sopa) de óleo
• 1 xícara (chá) de tomate picado
• 1 xícara (chá) de pimentão picado
• 6 xícaras (chá) de entrecasca de melancia
picada (parte branca)
• 1 xícara (chá) de talos diversos picados
• 1 xícara (chá) de cenoura picada
• 2 xícaras (chá) de água
• Folhas de louro a gosto
• Colorau a gosto
• Molho de pimenta a gosto

Preparo:
• Refogue a cebola no óleo até dourar.
• Acrescente a carne picada e refogue mais um pouco, mexendo sempre.
• Junte os outros ingredientes e cozinhe até os legumes ficarem macios.

Dica do Chef:
• Use talos de hortaliças como agrião, salsa, espinafre ou beterraba.
Não coloque toda a água de uma vez, pois a entrecasca da melancia
solta bastante água durante o cozimento.

Fonte: SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA. Departamento Nacional. Alimente-se bem: 100 receitas
econômicas e nutritivas / SESI DN. Brasília: SESI/DN, 2007.
Patê de Berinjela
com Talos de Couve
Tempo de preparo: 20 minutos
Rendimento: 20 porções
Ingredientes:
• 5 colheres (sopa) de azeite
• 1 xícara (chá) de cebola
• 3 dentes de alho
• 3 xícaras (chá) de berinjela com casca
• ½ xícara (chá) de pimentão picado
• 1 colher (sopa) de molho de pimenta
• 2 colheres (sopa) de cheiro verde
• ½ xícara (chá) de talos diversos
• Sal a gosto

Preparo:
• Refogue o alho e a cebola com 1 colher de azeite.
• Acrescente a berinjela, o pimentão, o molho de pimenta, o sal e a água.
• Deixe cozinhar em fogo baixo, com a panela tampada, até a água secar
e aparecer o fundo da panela.
• Retire do fogo.
• Acrescente o cheiro verde e bata no liquidificador.
• Coloque essa mistura em um recipiente, junte os talos bem picadinhos
e o restante do azeite.
• Conserve em geladeira.

Dica do Chef:
• Pode ser utilizado para montar sanduíches, servir com biscoitos salgados
ou com tiras de legumes (cenoura e pepino).
Fonte: SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA. Departamento Nacional. Alimente-se bem: 100 receitas
econômicas e nutritivas / SESI DN. Brasília: SESI/DN, 2007.
Panqueca
de Banana
Tempo de preparo: 30 minutos
Rendimento: 20 porções
Ingredientes:
• 3 bananas nanicas
• 1 ovo
• ½ xícara (chá) de leite
• 6 colheres (sopa) de açúcar
• 9 colheres (sopa) de farinha de trigo
• 1 colher (chá) de fermento em pó
• 1 colher (sopa) de óleo
• 1 colher (sopa) de açúcar para polvilhar

Preparo:
• Amasse as bananas e misture todos os ingredientes, fazendo uma massa consistente.
• Unte a frigideira com o óleo e, com auxílio de uma colher, frite a massa em porções de
formato arredondado, dourando dos dois lados.
• Sirva com açúcar polvilhado.

Dica do Chef:
• A banana é rica em potássio, mineral extremamente importante para o bom
funcionamento dos músculos, incluindo o coração, e para auxiliar no controle da
pressão arterial. Use a casca de banana para preparar farofas, bolos, doces, etc.

Fonte: SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA. Departamento Nacional. Alimente-se bem: 100 receitas
econômicas e nutritivas / SESI DN. Brasília: SESI/DN, 2007.
Salada
Diferente
Tempo de preparo: 20 minutos
Rendimento: 20 porções
Ingredientes:
• Água
• 2 pães de sal dormidos
• 2 xícaras (chá) de tomate picado
• ½ xícara (chá) de cebola picada
• 2 colheres (sopa) de azeite ou óleo
• 1 colher (sopa) de vinagre
• 1 colher (sopa) de salsa
• Orégano a gosto
• Sal a gosto

Preparo:
• Em um recipiente com pouca água, umedeça os pães cortados em cubos.
• Acrescente os demais ingredientes e misture bem.
• Deixe descansar por meia hora, na geladeira, para o pão absorver os temperos.
• Sirva fria.

Dica do Chef:
• Receita de fácil preparo, refrescante e nutritiva.

Fonte: SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA. Departamento Nacional. Alimente-se bem: 100 receitas
econômicas e nutritivas / SESI DN. Brasília: SESI/DN, 2007.
Suco Verde
com Maçã
Tempo de preparo: 5 minutos
Rendimento: 20 porções
Ingredientes:
• 4 xícaras (chá) de couve
• 2 l de água
• 5 maçãs
• 1 xícara (chá) de açúcar
• 1 xícara (chá) limão

Preparo:
• Lave e higienize a couve, pique-a, coloque-a no liquidificador e bata com água.
• Acrescente as maçãs, o açúcar e o limão e bata rapidamente.
• Sirva bem gelado.

Dica do Chef:
• As maçãs podem ser substituídas por 02 xícaras (chá) de polpa de maracujá.
Fonte: Apostila Módulo 3 – Aproveitamento Integral de Alimentos – Sesc 2017
Suco de Manga
e Cenoura
Tempo de preparo: 5 minutos
Rendimento: 20 porções
Ingredientes:
• 1 manga com casca
• 2 cenouras médias com casca
• 2 cravos
• 1 l de água
• Açúcar ou adoçante a gosto
• Hortelã a gosto

Preparo:
• Lavar e higienizar a manga e as cenouras.
• Cortar em pedaços, sem descascar, e colocar no liquidificador.
• Acrescentar os cravos, a hortelã e a água e bater.
• Coar e bater, novamente, acrescentando o açúcar ou o adoçante.
• Servir gelado.

Dica do Chef:
• O resíduo da peneira pode ser utilizado para fazer bolo ou geleia.

Fonte: Mesa Brasil: Nutrição, Sabor e Arte. Edição Especial Melhores Receitas. Receita de
Ivonete Pereira Dutra - Creche 1º de Maio
Suco de Melancia
com Hortelã
Tempo de preparo: 5 minutos
Rendimento: 20 porções
Ingredientes:
• Melancia a gosto
• Hortelã a gosto
• Suco de 2 limões

Preparo:
• Higienize a hortelã.
• Bata a melancia, o suco de limão e a hortelã no liquidificador

Dica do Chef:
• Para facilitar, amasse pedaços de melancia com um garfo,
assim não é necessário acrescentar água.
Fonte: Apostila Módulo 3 – Aproveitamento Integral de Alimentos – Sesc 2017
GESTÃO DE
RESÍDUOS

O que é
gestão de resíduos?
É um conjunto de atitudes – comportamentos, procedimentos
e propósitos –, que apresentam como objetivo principal a
eliminação dos impactos ambientais negativos, associados
à produção e destinação do lixo.
Você sabia?
Cerca de 1,3 bilhão de toneladas de alimentos são
desperdiçadas no mundo por ano.

O desperdício de insumos não aproveitados no preparo da


comida, de restos de alimentos prontos e de produtos que
o consumidor adquire além do necessário são alguns dos
fatores responsáveis por isso.

Cada brasileiro produz em média 1kg de lixo diariamente


Os números do nosso desperdício

Fonte: www.programaconsumer.com.br
O consumo desnecessário, sem planejamento, de recursos naturais
também compromete a capacidade de recuperação do planeta.

Atualmente, consumimos 30% mais de recursos naturais


do que a terra é capaz de repor.

1. POR QUE
COMPRAR?

2. O QUÊ
6. COMO COMPRAR?
DESCARTAR?

3. COMO
5. COMO
COMPRAR?
USAR?

4. DE QUEM
COMPRAR?

Consumo
consciente
Além do consumo consciente, é necessário saber descartar
corretamente todos os resíduos gerados em uma cozinha,
inclusive as embalagens. Por isso, existe a coleta seletiva e
a reciclagem.

O que significa
coleta seletiva?
É um sistema de recolhimento de materiais que
podem ser reutilizados ou reciclados como papéis,
plásticos, vidros, metais e orgânicos previamente
separados.

O que significa
reciclagem?
É a transformação de um material, cuja primeira
utilidade terminou, em outro produto, gerando
economia de recursos naturais, como
matéria-prima, água e energia.

O que é
material reciclado?
É o material que já foi transformado. Portanto,
reciclado é diferente de reciclável, que é o
material que ainda pode ser transformado.
Faça a sua parte:
Cada coisa
em seu lugar
O QUE É E O QUE
NÃO É RECICLÁVEL
Papel
Papel usado frente e verso, jornal, revista, cartolina,
envelope, papelão e panfletos são recicláveis.
FIQUE LIGADO: Papel sujo não é reciclável (guardanapo, papel
toalha, papel higiênico, papel molhado ou sujo de gordura).

Reciclável
Plástico: embalagens de iogurte, de produtos de
limpeza e higiene, saco plástico, copos descartáveis,
embalagem tetra pak, garrafas PET, CD´s.

Metal: latas de alumínio (cerveja e refrigerante), latas


de aço (óleo, salsicha, sardinha, atum, massa de tomate
e enlatados em geral), tampinhas de metal, parafusos,
pregos, arames, cobre, ferro, zinco e bronze.

Vidro: garrafas de bebidas, cacos e frascos de vidro


de molho e produtos de limpeza.
Não Reciclável
Resíduos orgânicos (frutas, hortaliças, restos de pescados, folhas,
sementes, cascas de ovos e restos de carnes), borracha,
lápis, carimbo, celofane, tocos de cigarro, papel de fax, papel
engordurado, papel toalha e higiênico usados, papel carbono,
papéis sujos, papéis plastificados e fotografias, espelho, box de
banheiro, lâmpadas incandescentes e fluorescentes, objetos de
vidro temperado, vidros de perfume, grampos, clipes, esponjas
e lãs de aço, cabos de panela e tomadas, isopor*, marmitex*,
embalagem metalizada*
*Materiais potencialmente recicláveis, mas sem mercado.

Resíduos perigosos
Os Resíduos perigosos, quando descartados em lixões ou aterros
sanitários, liberam componentes tóxicos que contaminam o solo e
cursos d´água. Entre esses resíduos estão as lâmpadas fluorescentes,
pilhas e baterias. Ao final da vida útil, esses materiais devem ser
entregues pelos usuários aos estabelecimentos que os comercializam,
à rede de assistência técnica autorizada pelas respectivas indústrias
ou aos ecopontos de coleta. Esses, por sua vez, devem repassá-los
aos fabricantes ou importadores para serem adotados os procedimentos
de reutilização, reciclagem, tratamento ou disposição final
ambientalmente adequada.

FIQUE LIGADO: Sempre que for descartar resíduos perigosos, tais


como baterias, pilhas, lâmpadas fluorescentes e produtos químicos,
procure locais que façam coleta especializada desse tipo de material.
Descarte corretamente as embalagens de produtos químicos, que podem
poluir o ar, o solo, a água ou causar acidentes.

Fonte: Cartilha Dicas Sustentáveis do Programa de Sustentabilidade Sesc em Minas.


Entrando pelo cano!
Descartar o óleo utilizado na cozinha diretamente na pia prejudica
o solo, a água, o ar e a vida de muitos animais, inclusive do homem.
Um litro de óleo contamina até 1 milhão de litros de água. Esse óleo
pode se espalhar na superfície de rios e represas, em locais onde
não há sistema de tratamento de esgoto, contaminando a água e
comprometendo espécies que vivem nesses ambientes.

Destinação correta
Há várias formas de reciclar o óleo de cozinha usado. Ele serve para
produzir sabão, velas, glicerina, detergente, resina para tintas, entre
outros produtos. Também pode ser entregue em ecopontos de
coleta para que a destinação correta esteja garantida.

VELAS DE ÓLEO DE COZINHA RECICLADO


Materiais: 1 porção de óleo de cozinha usado, 1/3 de porção de estearina,
Pavio para velas, Pequeno frascos de vidro.
Preparo: Coe bem o óleo para tirar os resíduos. Misture o óleo e a estearina
(ou parafina) e aqueça no micro-ondas por aproximadamente 30 segundos até
derreter, mas sem ferver. Derrame a mistura até a metade do frasco de vidro e
coloque o pavio preso em um prendedor de roupas.
Aguarde esfriar por aproximadamente 4 horas.

RECEITA DE SABÃO COM ÓLEO DE COZINHA RECICLADO


Materiais: 5 litros de óleo de cozinha usado, 2 litros de água, 200 mililitros
de amaciante, 1 quilo de soda caustica em escama.
Preparo: Coloque a soda em escamas, cuidadosamente, no fundo de um balde.
Coloque com cuidado a água fervendo. Mexa até diluir todas as escamas de
soda. Adicione o óleo e mexa. Adicione o amaciante e mexa novamente.
Jogue a mistura em uma forma e espere secar. Corte o sabão em barras
Atenção: A soda cáustica pode causar queimaduras na pele. O ideal é
usar luvas e utensílios de madeira ou plástico para preparar a mistura.
Fonte 1: Fonte: Cartilha Dicas Sustentáveis do Programa de Sustentabilidade Sesc em Minas.
Fonte 2: www.slideshare.net
A mudança na minha casa
Reutilização de Embalagens:
• Produção de materiais diversos e úteis
• Estímulo à coleta seletiva
• Diminuição nos custos

Gestão e Planejamento:
• Manipulação correta dos alimentos
• Evitar desperdício
• Utilização adequada dos materiais de uso pessoal e coletivo
Faça você mesmo:
Horta na garrafa pet

As garrafas pet podem ser utilizadas na elaboração de hortas


verticais, brinquedos, lembrancinhas sustentáveis, peças decorativas
como flores, luminárias, dentre outras.

Outra vantagem do uso das garrafas PET é a preservação


do meio ambiente, pois cada garrafa PET que é jogada na
natureza pode levar até 450 anos para se decompor.

Ter uma horta em casa onde podemos cultivar temperos naturais


e verduras é uma ótima forma de garantir uma alimentação mais
saudável para toda família, além de proporcionar uma economia
mensal muito importante nos dias atuais.

A horta em garrafas pet permite que ela seja cultivada em


casa ou apartamento. A horta é feita com baixo custo e bom
aproveitamento do espaço.
Passo a passo para produzir
uma horta vertical na garrafa pet

Material necessário
• Garrafas PET de 2 litros vazia e limpa;
• Tesoura ou estilete;
• Corda de varal, cordoalha, barbante ou arame;
• Para os que optarem por cordoalhas ou arames,
serão necessárias duas arruelas por garrafa PET;
• Terra;
• Muda de hortaliça ou sementes.

1º PASSO
Com a tesoura corte um pedaço da lateral de
cada uma das garrafas pet que serão utilizadas
em formato de retângulo.

2º PASSO
Próximo a cada uma das aberturas, faça 01
furo com a ponta da tesoura. Lembrando que
é importante fazer marcações, para que dessa
maneira as garrafas mantenham uma simetria
assim que forem penduradas na parede.
3º PASSO
Faça um pequeno furo ou vários furos no fundo de
todas as garrafas, pois o mesmo escoará todo o
excesso de água na terra, após as plantas serem
regadas.

4º PASSO
Nas extremidades das garrafas pet, passe a corda
de varal e dê um nó aproximadamente na altura
em que a garrafa pet irá ficar.

5º PASSO
Próximo a cada uma das aberturas, faça 01
furo com a ponta da tesoura. Lembrando que
é importante fazer marcações, para que dessa
maneira as garrafas mantenham uma simetria
assim que forem penduradas na parede.
Fonte : Apostila Módulo 1 – Curso de Gestão de Resíduos e
Meio Ambiente - SESC MG. 2017

Use a criatividade!
Fica a dica:
Você pode transformar a matéria orgânica produzida em
casa, como casca de ovo, folhas secas e cascas de frutas,
por exemplo, em adubo para a sua hortinha.

A borra de café também pode ser utilizada junto a essas


matérias para conservar a umidade e amenizar o cheiro.
Também é ótima no controle às pragas como formigas,
lesmas e caracóis.
Realização

Apoio