Você está na página 1de 67
Padrões do Hipnótico Técnicas de Milton H. Erickson, MD Vol. Eu Richard Bandler e John Grinder
Padrões do Hipnótico
Técnicas de Milton H.
Erickson, MD
Vol. Eu
Richard Bandler e
John Grinder
1

Nós dedicamos este livro com o mais alto

reverência para Fantasma OT um pouco neve no verão e Mazda (o carro para pessoas que
reverência para
Fantasma OT
um pouco
neve no verão
e
Mazda
(o carro para
pessoas que podem ouvir)
2

Índice

Processos .

,

.

.

,, 209

 

.PREFACE …………………………………… Vii

 

Fenômenos

,

217

AGRADECIMENTOS

XI

Ambiguidade

 

233

 

GGUIDE TO VOLUME I de Patterns of Erickson's

 

Estruturas Incluídas em Menor

 

.

.

. ,,

. 237

Trabalho 1

Significados Derivados,

 

,

,

.

.

, 241

 

Resumo da Parte III

 

247

PARTE I

EPÍLOGO

253

Identificação de padrões do trabalho hipnótico de Erickson. ……………………………………………… ..5

7

APÊNDICE

Introdução: O mapa não é o

Ambientes sintáticos para identificação natural

.

 

Visualização de Padrões

15

Pressupostos de Idioma em Inglês

.

A técnica hipnótica intersticial para o sintoma BIBLIO…G…RA…FI…A………. . "257 263 Correção e Controle da Dor
A técnica hipnótica intersticial para o sintoma
BIBLIO…G…RA…FI…A………. .
"257
263
Correção e Controle da Dor
………
26
Indução básica do transe, com comentário
51
Uma consulta especial com Aldous Huxley na Nature and
Caráter de Vários Estados de Consciência, com
Comentário
…………
59
PARTE II
Familiarização com Padrões do Trabalho Hipnótico de
.
.
.
.
.
. …
127
Introdução
129
PARTE II (continuação)
Pacing, Distração e Utilização do Dominante
Hemisfério
……
137
Acessando o Hemisfério Não­Dominante
179
Conclusão da Parte II …………………………… 201
PARTE III
Construção dos Padrões do Trabalho Hipnótico de
.
, ………………
,
. 205
,
.
,
.
207
Construção e Uso de Modelagem Causal Linguística
3

Guiado para

papel importante, tanto negativo como positivo, no processo de descoberta em si. De

empurrando uma formulação precisa, mas inadequada para uma conclusão inaceitável, nós

muitas vezes pode expor a fonte exata dessa inadequação e, conseqüentemente, ganhar

compreensão mais profunda dos dados linguísticos. Mais positivamente, uma formalizada

teoria pode automaticamente fornecer soluções para muitos problemas além daqueles

para o qual foi explicitamente projetado.

Este volume representa nosso esforço para realizar este mesmo serviço para o

campo da hipnose.

Volume I de

Padrões de

 

Quando Erickson reconheceu essa habilidade, ele expressou a esperança de que

O trabalho de Erickson neste primeiro volume para apresentar a você alguns dos padrões do comportamento de

volume seria construído de modo que outros praticantes da hipnose teriam

disponível para eles suas poderosas ferramentas e técnicas. É intenção dos autores

na Erickson hipnose. Pretendemos dar­lhe, de uma maneira fácil de aprender passo a passo,

Milton Erickson é internacionalmente aclamado como o

um modelo explícito que tornará essas habilidades disponíveis para você em seu próprio

líder praticante de hipnose médica. Ele escreveu mais

trabalhos. Este livro tem três estágios ou níveis de modelagem, cada um representado por

do que uma centena de artigos profissionais sobre hipnose e ensinou

e praticou hipnose desde a década de 1920. Ele, mais do que qualquer outro

ser humano neste campo, tem sido capaz de explorar e

demonstrar os vastos potenciais que a hipnose tem a oferecer à humanidade

ity. Sua habilidade desconcerta a mente científica e sua

realização

geralmente, são vistos como milagres ou denunciados como

impossibilidades, embora a experiência em primeira mão o apresente como

uma realidade inegável, um contraste marcante com o que a maioria das pessoas

parte um separada.

A Parte I contém vários artigos de Erickson, exemplos empolgantes de

próprio trabalho. Apresentaremos um comentário paralelo que identificará os padrões

em seu comportamento. Os padrões que identificaremos não esgotam, de modo algum,

o que está presente no trabalho de Erickson. Este volume é projetado apenas para iniciar

processo, este e, ao mesmo tempo, apresentar os elementos mais essenciais da

Padrões de linguagem de Erickson.

Na Parte II, vamos pegar esses padrões e classificá­los em naturais

Acredito que é possível para a mente realizar. Além disso, poucos aegnrtuepnadmere on ttorsa.b Ealshpoe rdoe
Acredito que é possível para a mente realizar. Além disso, poucos
aegnrtuepnadmere on ttorsa.b Ealshpoe rdoe qEurei ciksssoo nfo er noergçaan uimzaar msuaan periórap rgiear aelx dpeeriência em
de seus alunos aprenderam a exercitar as habilidades em hipnose
hipnose. Nosso objetivo é familiarizá­lo com esses padrões e mostrar
que Milton Erickson usa tão facilmente. O comportamento Milton
exemplos em que eles ocorrem em
Erickson demonstra enquanto induzir e utilizar
O trabalho de Erickson. Isso será feito excertando pequenas
estados hipnóticos de consciência são extremamente complexos. No entanto, ele é
partes de vários artigos publicados sobre seu trabalho, a maioria deles de
muito sistemático; isto é, seu comportamento tem padrões distintos.
natureza transcricional.
Nossa habilidade está em construir modelos explícitos de
A Parte III deste volume é uma apresentação explícita passo­a­passo do
comportamento humano. O que isto significa é que nós construímos mapas destes
padrões identificados nas Partes I e II. Esta parte destina­se a fornecer as habilidades
padrões complexos de comportamento e esses mapas, em seguida, permitir que outros
necessário construir cada padrão através de uma compreensão de sua
pessoas a aprender e usar esses padrões de comportamento. Nós citamos Noam
características. Nossa crença é que, desta forma, os padrões do comportamento de
As observações de Chomsky1 sobre sua formulação inicial de um
será Erickson disponibilizado para você para uso em seu próprio trabalho.
modelo para a transformação moderna
faz parte de
Recomendamos vivamente que leia atentamente este volume
uma tentativa de construir uma teoria geral
formalizada de linguística
e você passa algum tempo experimentando cada padrão. Este livro é
estrutura e explorar os fundamentos de tal teoria. o
projetado principalmente como um manual de treinamento, não como um romance. Uso e
A busca por uma formulação rigorosa em lingüística tem muito mais
colherá reutilização as melhores cuidadosos recompensas para você.
motivação séria do que mera preocupação com sutilezas lógicas ou a
desejo de purificar métodos bem estabelecidos de análise linguística.
Modelos construídos com precisão para a estrutura lingüística podem
NOTA DE RODAPÉ
1. Syntactic Structures, Mouton & Co., Haia, 1957, p. 5
4

PARTE I

PADRÕES OF ERICKSON'S TRABALHO HIPNÓTICO

IDENTIFICATI

EM DO 5
EM
DO
5

Prefácio

jogar "Lightnin '", em que, pela expressão da única palavra não em vários

vezes, ele transmitiu pelo menos dezesseis diferentes significados.

Estes significados incluíam um enfático Não, um sutil Sim, um implícito

 

promessa de Ainda não, um divertido Não seja ridículo, e até mesmo o requintado

negativo Nem mesmo se todo o sino congela! O tom de voz alterado pode constituir um

vocabulário real de transformação da comunicação verbal, assim como o corpo

Um ataque de poliomielite anterior em 1919, em breve

língua.

depois da minha formatura do ensino médio, me rendeu quase

totalmente paralisado por vários meses, mas com a minha visão, a audição

Então, fui apresentado à hipnose experimental por Clark L. Hull,

e pensando intacto. Desde que fui colocado em quarentena em casa

e tomei consciência das possibilidades de diminuir o número de focos de

a fazenda, havia pouca diversão disponível. Felizmente eu tive

atenção e de selecionar e manobrar focos de atenção específicos. Isto conduziu a

sempre se interessou pelo comportamento humano, e houve o de

a combinação de minha consciência das complexidades da comunicação com

meus pais e oito irmãos, e também o da enfermeira prática

meus entendimentos de hipnose, para fins experimentais e psicoterapêuticos

quem estava cuidando de mim, disponível para observação. Minhas

finalidades.

incapacidade de se mover tendia a me restringir ao

Embora este livro de Richard Bandler e John Grinder, ao qual eu

intercomunicação daqueles sobre mim. Embora eu já

estou contribuindo com este Prefácio, está longe de ser uma descrição completa do meu

sabia um pouco sobre a linguagem corporal e outras formas não­verbais

metodologias, como eles dizem claramente que é uma explicação muito melhor de como eu

comunicação, fiquei espantado ao descobrir o frequente, e, para

trabalho que eu mesmo posso dar. Eu sei o que faço, mas explicar como faço é

eu, muitas vezes contradições surpreendentes entre o verbal eo

muito difícil para mim.

comunicações não­verbais dentro de um único intercâmbio. este

Um exemplo simples disso pode ser citado da experiência da minha

despertou tanto do meu interesse que eu intensifiquei meu

filha, Kristina, como estudante de medicina. Ela aconteceu para pegar um papel por

observações em

todas as oportunidades.

Ernest Rossi e eu, no double bind, e, depois de ler, divertidamente

A descoberta de que "o dobro" são percepções

comentou: "Então é assim que eu faço!" Dr. Rossi, que estava presente, imediatamente

dois níveis diferentes de compreensão, muitas vezes baseados em

perguntou: "Então é assim que você faz o quê?" Ela explicou: "Todo paciente tem o direito

diferentes associações experienciais, abriu um novo campo de

recusar a permissão para um exame retal e hernial, e muitos pacientes o fazem.

observação. Então, quando eu descobri que uma "tomada tripla" poderia

Mas quando eu cheguei nessa parte do exame físico, eu digo

ocorrer, comecei a ensaiar mentalmente o fraseado de um único

pacientes, simpaticamente, que eu sei que eles estão cansados de me verem em seus

comunicação para causar percepções diferentes, mesmo

olhos, e pico em seus ouvidos e até seus narizes, e cutucando e batendo aqui

de caráter contraditório, em diferentes níveis de entendimento.

e lá, mas isso, assim que eu completar os exames retal e hernial,

Esses esforços levaram ao reconhecimento de muitos outros fatores

eles podem dizer adeus para mim. E eles sempre esperam pacientemente para dizer que

governando a comunicação, como tonalidades, valores de tempo, tchau."

seqüências de apresentação, associações próximas e remotas, inerentes

contradições, omissões, distorções, redundâncias, excesso e

Enquanto eu gostaria de continuar a análise das complexidades da

sub­ênfases, direta e indireta, ambiguidades, comunicação para fins hipnóticos, o que exigiria muito mais do que

relevâncias e irrelevâncias ­ para citar alguns. este livro de Bandler e Grinder pode abranger, eu também gostaria de uma análise

Além disso, ficou claro que havia vários níveis

como e por que comunicações cuidadosamente estruturadas podem extrair

de percepção e resposta, nem todas estavam necessariamente em

e respostas eficazes dos pacientes, muitas vezes não solicitadas. Inquestionavelmente,

o nível usual ou consciente de consciência, mas estavam em níveis de

tais estudos adicionais eventualmente serão feitos. Estou ansioso para Volume II em

compreensão não reconhecida pelo eu, muitas vezes popularmente esta série, por Richard Bandler e John Grinder.

descrito como "instintivo" ou "intuitivo".

 

Talvez o melhor exemplo simples seja a instância de

Foi um prazer e um privilégio escrever o prefácio deste livro.

Realização de Frank Bacon durante o seu papel de protagonista no palco

Eu digo isso, não porque gira em torno de minhas técnicas hipnóticas, mas porque

muito atrasada é o cumprimento da necessidade de reconhecer que significativa

6 comunicação deve substituir verbigerações repetitivas, direta sugestões e comandos autoritários. Agradecimentos Milton H. Erickson, MD
6
comunicação deve substituir verbigerações repetitivas, direta
sugestões e comandos autoritários.
Agradecimentos
Milton H. Erickson, MD
1201 leste
Hayward
Avenida
Fénix,
Arizona 85020
Agradecemos agradevelmente a Milton H. Erickson, MD, por
permissão para citar seus artigos neste volume e da Sociedade Americana
de hipnose clínica, que detém os direitos autorais originais em grande parte do
material cotado.
Também reconhecemos a maior dívida para Jeanne Nixon e
O Pinguim Pessoas, Artistas e Tipógrafos, de Santa Clara,
Califórnia, pelo design e tipografia habilidosa deste livro.
Gostaríamos também de agradecer a Ernest Rossi por nos fornecer
fitas e material manuscrito.
7

em nossa experiência de dados sensoriais. Por exemplo, podemos fantasiar uma vaca

nossa vmeersdme,o experiência que nunca e tenhamos planejar o experimentado futuro imaginando um com que nossos
nossa vmeersdme,o experiência que nunca e tenhamos planejar o experimentado futuro imaginando um com que nossos é agora. sentidos. Esta modelagem Nós podemos
Introdução:
distorcer
O processo pode ser um ativo ou um passivo, dependendo de como é usado.
O mapa
não é o
O terceiro processo de modelagem é generalização. Este é o processo
pelo qual um elemento do nosso modelo do mundo vem representar um todo
categoria da qual é apenas um exemplo. Isso nos permite saber que quando
ler um livro, movendo os olhos da esquerda para a direita, poderemos extrair
Território
o conteúdo. Quando somos confrontados com uma porta como qualquer outra porta,
mesmo
embora não tenhamos visto essa porta em particular antes, fazemos a suposição de que
será aberto pelo mesmo processo que usamos antes. Generalizações em nosso
Na experiência dos autores, pessoas que usam hipnose
modelo do mundo nos permitem operar de forma mais eficiente do contexto para
para médicos, odontológicos, de fins psicoterapêuticos parecem mais
contexto. A generalização também nos permite continuar recodificando nossas
do que qualquer outro grupo único para entender que nós, como humanos
níveis mais altos de padronização. Isso possibilita os avanços no conhecimento e
experiências em
seres humanos, não operam comportamentalmente
diretamente sobre o mundo, mas tecnologia ­ em todas as áreas do funcionamento humano.
em vez disso, operamos através de um mapa ou mod(eulmo criado
Até hoje, o mais bem estudado e melhor compreendido dos
representação) do que acreditamos que o mundo seja. Um
completo
humano. sistemas representacionais (modelos) é linguagem natural.
compreensão de como as pessoas em geral, e cada cliente em
A gramática transformacional é explícita, formal e o modelo mais completo de
em particular, criar uma representação do mundo em que vivem
sistemas de linguagem humana. Gramáticos transformacionais extraíram alguns
trará muitas vantagens ao praticante da hipnose. Entre
dos padrões deste sistema representacional que são comuns a todos
estes serão maior velocidade na indução de transe, mais sucesso
línguas. Portanto, a gramática transformacional é um MetaModel; Aquilo é um
com um maior número de sujeitos e transes mais profundos. Para
modelo de um modelo, ou um modelo de linguagem. Gramáticos transformacionais têm
estudo adicional dos processos pelos quais as pessoas criam modelos
construiu uma representação explícita das intuições que as pessoas demonstram
do mundo, recomendamos A Estrutura da Magia I e II. Eu
quando se comunica e entende a linguagem natural. Por exemplo, cada
Para os nossos propósitos aqui, desejamos agora fornecer­lhe apenas
sentença de toda língua natural tem duas representações distintas: a
modelo básico dos processos pelos quais as pessoas criam modelos de
representação da maneira como realmente soa(ou, se escrito, pela maneira como
o mundo.
realmente aparece), chamada Estrutura da Superfície, e a representação de sua
significado que é chamado a estrutura profunda. Quando uma pessoa pronuncia a frase:
Primeiro, os modelos que nós, como seres humanos, criamos diferirão
do mundo da realidade de três formas principais. Algumas partes do
nosso
As janelas estavam quebradas
experiência será eliminada, não representada no nosso modelo. Isto é
tanto um aspecto necessário como às vezes empobrecedor de nossa
a Estrutura da Superfície é a representação dos sons reais feitos
processos de modelagem. Se tentássemos representar cada pedaço
de
pela pessoa que fala ou, no caso de uma representação escrita, as palavras
entrada sensorial, estaríamos sobrecarregados com dados. Contudo,
escrito acima. Além desta representação, esta frase está associada
quando deixamos de representar um aspecto importante ou vital, os resultados
com outra representação que é o significado que tem ­ Estrutura Profunda. Dentro
pode ser devastador. De qualquer forma, eliminamos
partes de nossos
Neste caso, a Estrutura Profunda pode ser representada como:
experiência ao criar modelos do mundo. Essas exclusões,
e todos os processos de modelagem, aconteçam o
tempo todo e, por
PASSADO (QUEBRA [alguém, janela, com alguma coisa])
a maior parte, sem a nossa consciência consciente.
A segunda maneira pela qual o nosso
modelo do mundo
Esta representação da Estrutura Profunda foi projetada para capturar as intuições que
ser diferente do mundo em si é através de distorções.
cada um de nós tem como falantes nativos de Inglês quando ouvimos a superfície
A distorção é um processo de modelagem que nos permite fazer turnos
Estrutura apresentada acima. Nós entendemos que:
8

(a) Algum evento ocorreu no passado;

derivação

estrutura profunda

(b) O evento foi um evento complexo;

c) Consistia nas seguintes partes:

transformação

1

(1) Uma ação, pausa, que ocorreu

2

derivação

entre:

3

uma. O agente ­ alguns

pessoa ou coisa fazendo o

N…

quebrando, aqui representado por

estrutura de superfície

alguém e deve fazer essa importante distinção para entender o inconsciente b. O objeto ­ alguns
alguém e
deve fazer essa importante distinção para entender o inconsciente
b.
O objeto ­ alguns
processamento da linguagem que ocorre na hipnose.)
pessoa ou coisa sendo
quebrada,
Lingüistas transformacionais, portanto, tomaram uma área incrivelmente complexa de
aqui representado pelo
comportamento humano e construiu um modelo formal que representa explicitamente o
janela e
c.
O instrumento ­ o
regras de comportamento que são intuitivamente demonstradas, embora não
coisa usada para quebrar,
ceonntesncideindote pmoern ftaelantes nativos dessa língua.
aqui representado por com
Os autores (Bandler / Grinder) usaram a abordagem de formalizar
alguma coisa.
intuições de construir um modelo explícito e formal da troca de
Observe que, embora nem todas as partes do
psicoterapia. O que fizemos foi criar uma representação formal do
Estrutura Profunda representada aparece na Estrutura da Superfície (em
intuições que os terapeutas eficazes de todas as escolas de psicoterapia usam
Neste caso, o agente e o instrumento não estão
representados no
em seu trabalho, embora eles não sejam necessariamente conscientes disso. (Este Meta­
Surface Structure), o falante nativo de inglês tem
modelo de terapia é totalmente explicado em The Structure of Magic I.)
informações disponíveis em seu entendimento da sentença. o
Usamos nossas técnicas de formalização para explorar e entender o outro
declaração A janela foi quebrada implica para falantes
nativos
sistemas representacionais utilizados pelos seres humanos para organizar e criar modelos
que não só a janela estava quebrada, mas alguém ou algo
da sua experiência. Estes cinestésico, visual, auditivo, olfativo, gustativo
tinha que quebrar a janela com alguma coisa. As
maneiras pelas quais
mapas de experiência foram então usados como base para expandir nosso modelo de
Estruturas de Superfície podem diferir de suas Profundas
Significados de estrutura é o domínio de pesquisa da transformação
terapia.
Os resultados foram fascinantes e úteis.
linguistas. Eles postularam uma série de mapeamento formal
Em primeiro lugar, descobrimos que a maioria das pessoas tem um valor muito
operações chamadas transformações que especificar precisamente como sistema representacional, que eles usam mais do que qualquer outro para organizar
Estruturas profundas e de superfície podem ser diferentes. Todo o processo sua experiência, e que este sistema mais valorizado pode ser identificado
que liga uma estrutura profunda a sua (s) estrutura (s) de superfície é chamada (s) rapidamente ouvindo os predicados (adjetivos, advérbios, verbos) usados em
derivação (consulte a página 10).
fala de ninguém. Por exemplo, uma pessoa com um valor altamente valorizado
sistema representacional que é visual irá descrever sua experiência com
Modelos formais explícitos de cada estrutura de superfície
predicados que pressupõem um sistema visual como: eu vejo o que você é
O relacionamento da Estrutura Profunda pode ser feito no modelo acima.
dizendo, claramente, olhando para este trabalho irá mostrar­lhe como melhorar o seu
(Você
Imagine como isso parece ser uma leitura sem brilho.
trabalho,
Pessoas cujo sistema representacional mais valorizado é cinestésico
usará predicados que pressupõem representações cinestésicas. Para
Por exemplo, quero que você compreenda com firmeza esse conceito; Eu sinto que você
pode superar
9

alguns problemas difíceis; Você pode entrar em contato com, e obter um

Padrões Percebendo as habilidades especiais que temos para criar representações formais

aguente, o que isso significa.

de comportamento humano complexo, ele nos disponibilizou seus escritos e

Uma pessoa cujo sistema representacional primário é auditivo

vídeo e fitas de áudio, na esperança de que o modelo formal de seu trabalho que

usará predicados que pressupõem representações auditivas.

A seguir,

neste livro, será possível que mais de nós compartilhemos suas habilidades,

Por exemplo, ele dirá: Parece interessante para mim; Eu vou falar com e, assim, estimular um interesse maior na pesquisa e no uso clínico da hipnose.

você depois; Eu vou estar ouvindo dele em breve; Então, em outras palavras, nós

A estratégia que empregamos neste livro é pegar cada uma das idéias de Erickson.

Todos se reunirão e serão placas de som para essas idéias. técnicas à parte, peça por peça. Primeiro extraímos os pequenos componentes. Para

Nós também descobrimos que os terapeutas e hipnotizadores que

Por exemplo, sua técnica interspersiva tem uma série de usos especiais da linguagem;

foram ~

quando esses componentes, que incluem o uso de pressupostos,

mais eficaz em seu trabalho tinha uma sistemática, embora nem sempre

comandos e fragmentos de sentença, são colocados juntos com uso especial de voz

consciente, maneira de utilizar um cliente altamente valorizado

tempo e tonalidade, um padrão maior chamado resultados intercalares. Nós escolhemos

sistema representacional. Entendendo como um cliente organiza

uma série de artigos que representam uma vasta gama de trabalhos de Erickson com

sua experiência em termos desses sistemas representacionais tem

hipnose. Esperamos que o resultado seja educativo e útil para você em seu

grandes recompensas tanto para o psicoterapeuta quanto para o praticante

área específica de trabalho. O foco deste primeiro volume será dar a você

da hipnose. Nós fazemos uma distinção em nossa formalização destes

as habilidades de linguagem no primeiro nível de padronização usado de forma tão eficaz

padrões de comportamento entre os canais de entrada,

pEorirckson.

sistemas e canais de saída. Uma pessoa pode ouvir (entrada) palavras,

Nossa estratégia tem três etapas: primeiro, identificar esses padrões no contexto

fazer uma imagem (sistema representacional), e expressá­lo por

do trabalho de Erickson. Segundo, familiarizar você com cada padrão, sua forma e

batendo o punho (canal de saída). (O modelo formal deste usar. E, terceiro, para lhe dar
batendo o punho (canal de saída). (O modelo formal deste
usar. E, terceiro, para lhe dar formalizações que lhe permitirão construir e
aspecto do comportamento é a substância de The Structure of Magic II,
utilize esses padrões em seu próprio trabalho.
que você deve ler se quiser mais estudos.)
Nas últimas três décadas, muito se aprendeu sobre como os seres humanos
É suficiente dizer neste ponto que cada um de nós é humano
os seres funcionam em relação à linguagem, comportamento e consciência. Os campos
os seres criam modelos do mundo que diferem do mundo.
de linguística e neurologia, fizeram progressos substanciais na compreensão
Cada um de nós cria um modelo do mundo que é diferente de
comportamento humano. Há, no entanto, muito a ser aprendido; os processos no trabalho
modelo de todas as outras pessoas do mundo. Além disso, formal
no organismo chamado de ser humano constituem um universo ainda inexplorado de
modelos ­ Meta­modelos ­ podem ser construídos que representam o
complexidade. Pretendemos neste volume pegar um pouco do que se sabe sobre
padrões de modelagem que estão no trabalho quando nós, como seres humanos
esses campos e aplicá­lo para o estudo da hipnose de uma forma que irá ajudá­lo a
crie esses mapas. Meta­modelos podem ser construídos que representam o
organizar sua experiência para entender melhor o trabalho de Milton Erickson e
regras, seja consciente ou inconsciente, governando como
o fenômeno do hipnotismo. Uma das principais contribuições da neurologia
Terapeutas e hipnotizadores trabalham com esses princípios de modelagem.
que nos ajuda a entender o comportamento hipnótico é o estudo do cérebro dividido
O trabalho de Milton Erickson com a hipnose está em uma dessas áreas
pacientes. 2 Observações sobre as diferenças hemisféricas feitas de cérebro dividido
comportamento humano complexo. Sua capacidade de induzir e de
pacientes e pacientes com lesão cerebral (Gardner) revelam que os dois
Utilizar a hipnose é extremamente eficaz. Infelizmente, poucos
hemisférios do cérebro em humanos servem diferentes funções. De Erickson
as pessoas puderam aprender essa habilidade. Ainda mais trágico é o
comportamento na hipnose parece demonstrar uma compreensão intuitiva destes
fato de que a falta de compreensão formal da hipnose e sua
diferenças.
indução resultou em uma diminuição de interesse, pesquisa e
O campo da lingüística nos oferece um vasto recurso para entender como
prática desta ferramenta terapêutica profundamente útil. Os autores'
os humanos processam segmentos complexos da linguagem em níveis não conscientes. 3 O
capacidade de compreender e representar os padrões de Erickson
pesquisa nesses dois campos levanta a questão há muito esperada: o que é uma
habilidade tornou possível para nós aprender e usar os
mente inconsciente? Nós, ainda, não temos uma resposta completa para essa questão;
10

no entanto, acreditamos que quando Erickson usa o termo

Visualização de Padrões

mente inconsciente ele está se referindo a mais do que apenas algum termo restante

além dos fundamentos freudianos da psicologia. Nós acreditamos

Na parte restante da Parte I deste volume, apresentaremos exemplos

ele está se referindo parcialmente ao funcionamento da dominante

hemisfério cerebral que ocorre abaixo do nível de

consciência,

e também para o funcionamento do cérebro não dominante

hemisfério. Ele provavelmente está se referindo a mais do que esses dois

aspectos do processamento mental, mas temos certeza de que

termo inclui essas duas funções. Sua estratégia global enquanto

realização de induções de transe parece ter estes três

dimensões.

do trabalho de Erickson em indução e sugestão de transe. Como dissemos anteriormente,

Vamos nos concentrar em simplesmente identificar os padrões em seu trabalho. As últimas

o uso dele

este volume se preocupa com a formalização e construção de

partes de

esses padrões, tornando­os disponíveis para você em seu trabalho. Se nós primeiro

apresentar uma visão geral desses padrões, ele irá ajudá­lo na tentativa de

entender o uso complexo ao qual Erickson os coloca.

Em todo trabalho de indução de transe, o hipnotizador deve ser sensível ao

maneira particular em que o cliente organiza sua experiência ­ isto é, para o

modelo de cliente do mundo e os processos de modelagem que o cliente usa para

(1) Pacing e distração do dominante (idioma)

hemisfério;

(2) Utilização do hemisfério dominante, processo lingüístico

essência que ocorre abaixo do nível de consciência;

construir esse modelo. A capacidade do hipnotizador de identificar e utilizar o cliente

modelagem e os processos de modelagem do cliente determinarão em grande

capacidade de acompanhar com sucesso o cliente. A noção de ritmo é fundamental para

discussão de sucesso indução de transe e sugestão de transe. Aqui nós

qualquer

(3) Acesso do hemisfério não dominante. restringir­nos ao ritmo verbal. Um hipnotizador

tem ritmado pacientemente um cliente verbalmente quando as verbalizações do

Leituras adicionais nessas áreas são apresentadas na bibliografia.

rapidez para o leitor interessado.

É nossa intenção, no resto da Parte I, ajudá­lo a identificar

como Erickson opera de uma forma que realiza e utiliza

estas três estratégias para a indução de transe.Um mais explícito

aceito pelo cliente como uma descrição precisa do andamento do cliente

hipnotizador são

experiência.

No ritmo verbal, existem duas categorias gerais de descrição que

bc efetivo:

A análise será apresentada na Parte II.

(1) Descrições do cliente em andamento. Experiência observável;

(2) Descrição da experiência contínua e não observável do cliente.

Aca pparicmideaidrea dcea tfeagzoerri ad idseti ndeçsõcersi çvãiosu vaeisr bea al uddeiptievnadse a pgruidnacsi pcaolmmoe netlee
Aca pparicmideaidrea dcea tfeagzoerri ad idseti ndeçsõcersi çvãiosu vaeisr bea al uddeiptievnadse a pgruidnacsi pcaolmmoe netlee doob sheirpvnao etizador
ouve o cliente e para incorporar essas distinções em seu curso
descrição do comportamento do cliente. Como mencionado no comentário sobre o
Artigo de Huxley, no final da Parte I, em induções padrão, o hipnotizador
freqüentemente usam descrições como:
. . .
inspirando e expirando levantamento de mão,
levantamento.
.
onde essas descrições, na verdade, são cronometradas para que sejam descrições precisas
da experiência do cliente ­ ou seja, pronunciada como o cliente está, de fato, respirando e
como a mão do cliente está, de fato, levantando. Neste tipo de estimulação não existe
substituir a capacidade do hipnotizador de fazer distinções visuais e auditivas
11

ções. Nós mencionamos aqui que, enquanto a capacidade de Erickson para fazer estes

distinções visuais e auditivas refinadas é fenomenal e ele

habilmente incorpora as distinções que ele faz em seu curso

saída do cliente

hipnotizador

descrições, este não é o único uso que ele faz desses

entrada

distinções. No processo de andar, o hipnotizador está fazendo

canal

canal

a si mesmo em um mecanismo sofisticado de bio­feedback. Ele pode fazer

isto principalmente verbalmente. Além disso, no entanto, e dramaticamente

entrada do cliente

eficaz tanto a partir de nossas observações de Erickson e em nossa própria canal

trabalho, o hipnotizador pode usar sua própria postura corporal e

hipnotizador

saída

mentos, sua própria tonalidade e ritmo como mecanismos de estimulação. Mais

especificamente, Erickson freqüentemente adota a tonalidade do cliente,

canal

imposto e tempo de fala, irá ajustar a sua posição corporal, respirando

taxa e gestos para coincidir com o do cliente. Assim, o cliente sente sua

Vamos tratar este tipo complexo de ritmo no Volume II de Padrões;

própria respiração, a subida e descida do peito e, simultaneamente,

aqui nos concentramos nas dimensões verbais do trabalho de Erickson.

neily vê o corpo de Erickson se movendo com o mesmo ritmo

Este primeiro tipo de estimulação, então, envolve a capacidade do hipnotizador de

moções. Erickson estende esses princípios de todas as maneiras. Ele não

coincidir com a experiência contínua do cliente. Inclui tanto o óbvio ­ para

verbalmente

corresponde apenas a sua respiração àquela do cliente, mas também

exemplo:

combinar o ritmo de sua voz com a respiração ou a pulsação do cliente

observando as veias do cliente se expandirem e se

contraírem. Ele vai usar

enquanto você senta lá, ouvindo o som da minha

.

(1) palavras e frases que ele ouviu o cliente usar e voz

inflexões usadas tonally

pelo cliente. Eu,

em

essência,

e os tipos menos óbvios de ritmo de comportamento observável. Por exemplo, no

faz todos os seus próprios canais de saída um feedback

seguinte discussão de uma levitação de mão com Jay Haley (H) e John

mecanismo que irá coincidir com o subjetivo do seu cliente

Weakland (W),

experiência em ambos os níveis consciente e inconsciente.

Raramente os clientes estão cientes das formas complexas pelas quais

W:

Eu não tenho certeza se você Aqui Erickson dá instruções

Erickson está andando com eles. Esta falta de consciência sobre o não tomou nenhuma resposta cnoam inod uumção sendo

 

parte do cliente parece ser um ingrediente essencial na

resposta, ou o mais ínfimo discutido para as mãos do cliente

indução de transe rápida e eficaz. O resultado disso resposta e disse: "É , s levantar. Ele faz isso no momento

Um tipo complexo de ritmo é um ciclo completo de biofeedback

levantar. "Havia um

o cliente está respirando. Se

para o cliente. As saídas do cliente e os correspondentes

número de vezes lá quando suas mãos estão em suas coxas

experiência que ele tem de seu corpo e sua saída auditiva é

você disse isso quando eu não peu vdoecê respira, você vai

correspondido pela saída de Erickson:

bastante detectar se

tem a sensação de que o seu

estava acontecendo alguma coiosua as mãos estão levantando. Suas direções

não.

corresponder verbalmente o que ele

E:

Houve uma coisa que

sabe que será do cliente

aconteceu. Coloque sua mão experiência. Esta é outra sua coxa, dê uma profunda exemplo de ritmo.
aconteceu. Coloque sua mão experiência. Esta é outra
sua coxa, dê uma profunda exemplo de ritmo.
respiração. O que aconteceu com
sua mão?
12
W: Isso levanta! constituem um elo de sucesso entre o comportamento contínuo do cliente e o
W: Isso levanta!
constituem um elo de sucesso entre o comportamento contínuo do cliente e o
E:
Você tempo a inspiração.
cliente experimenta em seguida. O uso de Erickson desses princípios de ligação é um
E eles não têm um
eexxceemlepnlote de sua capacidade de empregar os princípios de modelagem do cliente no ritmo
oportunidade de negar
e levando o cliente a um novo e médico, odontológico ou
Mais tarde eu pensei que iria
direções benéficas psicoterapeuticamente. Particularmente no caso da
enfatize que, tomando
formas mais fortes de ligação, as declarações de causalidade implícita e de efeito­causa, a
questão importante não é lógica, mas os princípios de modelagem pelo qual o cliente
todas as
outras inspirações para dizer
organiza sua experiência. Especificamente, uma vez que os clientes aceitam os Causatives
"levantar".
Efeito­Causa como princípios na organização de suas experiências, Erickson é
Implícitos
Ao acompanhar a experiência contínua do cliente, o hipnotizador
simplesmente fazendo uso desses princípios de modelagem para alcançar as metas de
O segundo tipo de instruções de estimulação são descrições dos
é jective. para tão com sucesso ritmo que ele pode começar a liderar o
transe.
experiência do cliente. Em outras palavras, uma vez que o
cliente tenha aceitado
experiência contínua, não observável. Isso pode atingir o leitor como algo
(geralmente inconscientemente) a descrição do hipnotizador como um
um paradoxo. Como é possível descrever com precisão a experiência de outra pessoa?
conta sua experiência contínua, a linha entre a hipno­
a menos que a experiência dessa pessoa seja observável? Aqui encontramos Erickson's
senso requintado de uso da linguagem. Ele faz uso extensivo da linguagem
descrição do comportamento real do cliente e qual a
cliente irá experimentar em
seguida torna­se turva. Normalmente, Erickson
princípios de modelagem para apresentar ao cliente uma série de declarações que são
fará uma série de instruções de estimulação que são imediatamente
vaga e ambígua ainda, para o ouvido não treinado, soa bastante específica. Erickson
verificável pelo cliente e vinculá­los a uma declaração que é um pode dizer, por exemplo:
descrição do comportamento que ele deseja extrair do
cliente. A força desses links irá variar. O elo mais
fraco
. . .
e você pode estar ciente de uma certa
sensação. .
.
é Conjunção Simples ­ o uso da palavra e como em: 4
O cliente sentado lá, ouvindo o som da voz de Erickson, certamente é
. . .
você está sentado lá, ouvindo o som da minha
experimentando alguma sensação, e como ele ouve Erickson dizer a frase um certo
voz e relaxar mais e
mais. .
.
sensação, ele entende a frase para se referir a uma das suas sensações presentes,
Assim, a declaração é uma descrição precisa do cliente em curso, não­
Um elo um pouco mais forte é aquele que chamamos de Implicado
experiência observável. A frase uma certa sensação não consegue escolher um
sensação específica, deixando assim ao cliente a liberdade de anexá­lo a
Causativo, 5 mostrado em frases como:
parte de sua experiência em curso. Frases que não identificam especificamente
. . .
enquanto você senta lá, ouvindo o som da minha voz,
Porções da experiência do ouvinte não têm índice referencial. Portanto,
você vai relaxar mais e
mais. .
.
usando frases que não têm índices de referência, Erickson é capaz de
ritmar com sucesso o cliente. Há uma série de modelagem lingüística
A forma mais forte da ligação ocorre com o que chamamos
princípios que Erick filho usa sistematicamente em seu trabalho que lhe permitem
Causa­Efeito (má­forma semântica; veja Magia I, Capítulos 3
ritmo e levar comportamento não observável. A seguir, uma breve visão geral de
e 4):
Alguns desses.
Erickson usa frequentemente uma técnica que está intimamente relacionada com a falta
. . .
sentado ali, ouvindo o som da minha voz,
técdneica de índice referencial. Por exemplo, ele pode dizer:
faça você relaxar mais e
mais. .
.
. . .
a planta de tomate pode se sentir
bem. .
.
A característica importante destes tipos de ligações não é se
a lógica da afirmação é válida, mas simplesmente se eles
Para muitos falantes nativos de inglês, esta frase não é bem formada. Eles
13
tipicamente se recusam a aceitar a alegação de que as plantas sentem alguma coisa. SENTIDO (alguém
tipicamente se recusam a aceitar a alegação de que as plantas sentem alguma coisa. SENTIDO (alguém sentindo, alguém / algo sendo sentido)
Em vez disso, em seu modelo do mundo, apenas animais e seres humanos
sentir as coisas; para reivindicar que uma planta de tomate pode sentir algo é
Ou seja, a sensação substantiva é o resultado do processo lingüístico de
violar o que os linguistas chamam de restrição seletiva. Quando o
nominalização ­ a transformação de um sentido predicado em substantivo. No
cliente ouve a sentença com tal restrição seletiva processo desta transformação, a informação de quem está fazendo o sentido e
violação, o ônus de construir algum outro significado para este
quem ou o que está sendo sentido desapareceu. Portanto, os índices referenciais
comunicação cai sobre ele. O resultado mais frequente
do sensor e a pessoa / coisa que está sendo sentida sumiram, e o resultado
sua tentativa resultante de fazer sentido de tal sentença é que ele
nominalização é maximamente disponível para interpretação pelo ouvinte como um
vem a entender (inconscientemente) uma sentença como: declaração que é aplicável à sua experiência em curso.
Os predicados dos sistemas de linguagem natural diferem muito quanto à sua
. . .
você (o cliente) pode se sentir
bem. .
.
Por exemplo, os predicados:
especificidade.
tocar. . .
beijo
Uma das mais poderosas tecnologias de modelagem lingüística
niques é a exclusão, o caso em que uma parte do significado de
A sentença (a Estrutura Profunda) não tem representação em
são sucessivamente mais especificados. O toque predicado simplesmente indica que alguns
Estrutura da Superfície, isto é, na sentença real falada ao
pessoas / objetos fizeram contato físico, enquanto o beijo predicado adiciona um
cliente. Erickson pode, por exemplo, dizer:
informação adicional, ou seja, que a pessoa que iniciou o contato fez
entre em contato com seus lábios. O beijo predicado ainda é, no entanto, não especificado
. . .
e continue a
pensar. . .
e
realmente. .
.
quanto ao
onde na pessoa ou objeto o contato (beijo) foi feito. Exercícios erickson
suas habilidades linguísticas no ritmo de uma experiência não observável de um cliente
O predicado maravilha é uma palavra que descreve o processo de
verbos que são relativamente não especificados, maximizando assim a probabilidade
selecionando
Alguém está se perguntando sobre algo. No entanto, como parece
a declaração que ele faz se ajustará à experiência contínua do cliente. Predicados
nesta estrutura de superfície ou sentença, quem está fazendo o querer saber
tal como:
e o que essa pessoa não mencionada está se perguntando não é especificado;
essas partes do significado foram apagadas. Isso deixa o
maravilha, pensar, sentir, sentir, conhecer, experimentar, entender, tornar­se
informações que faltam para serem preenchidas pelo ouvinte.6
ciente de, lembre­se
Um processo lingüístico estreitamente relacionado à falta de
índice e exclusão é o fenômeno chamado nominalização.
ocorrem com frequência em suas instruções de andamento e liderança. Estes são
rperleadtiicvaadmoes nntãeo especificados. Além disso, muitos desses predicados são predicados
Nominalização é a representação de uma palavra de processo ­ uma
que simplesmente por sua ocorrência chamar a atenção do cliente para alguma parte do
cate ­ por uma palavra de evento ­ um substantivo.
sua própria experiência, com sucesso, tanto ritmo e dirigindo seu curso
experiência, como no exemplo da frase uma certa sensação apresentada
Por exemplo, Erickson pode dizer:
anteriormente.
Erickson freqüentemente emprega essa classe de predicados não especificados com o
. . .
uma certa
sensação. .
.
técnica de leitura da mente. As declarações de leitura da mente são afirmações em que
uma pessoa afirma ter conhecimento dos pensamentos ou sentimentos de outra
A palavra sensação é um substantivo em seu uso nesta frase, mas é
pessoa sem especificar o processo pelo qual ele veio a ter que
derivado de um predicado que tem mais informações associadas
em formação. Em certo sentido, toda essa discussão sobre o modo como Erickson
com isso, especificamente:
passos e, em seguida, leva o comportamento não observável do cliente é uma discussão de
capacidade de leitura da mente. Um exemplo dessa técnica é:
sua
14
 

Além disso, a cláusula que você está profundamente em transe em si contém outra

Eu sei que você está se

.

dispositivo pressuposicional ­ o uso de um advérbio, profundamente. Usando o advérbio

 

(Purmedicado da Estrutura Profunda) dentro da cláusula, o restante da cláusula é

Aqui Erickson está alegando ter conhecimento do interno,

pressuposto. Se Erickson diz para um cliente:

experiência não observável do cliente sem especificar a

 

Você está profundamente em transe?

.

procÀes msoe pdiedlao qquuea la e ilned ausçsãeog udreo utr easnssae ipnrfoosrsmegauçeã,o a. quantidade de oposta
procÀes msoe pdiedlao qquuea la e ilned ausçsãeog udreo utr easnssae ipnrfoosrsmegauçeã,o a. quantidade de
oposta a liderar que o hipnotizador muda drasticamente.
a questão é se o cliente está profundamente em transe, não se o cliente está em
A indução e sugestão de transe ao cliente em transe são típicas
transe ­ muito é pressuposto. As línguas naturais contêm um grande número de
Cally uma mistura de ritmo e liderança. Analisamos brevemente alguns
dispositivos para a comunicação do pressuposto. Assim, no caso do primeiro
as técnicas que Erickson usa que tipicamente ocorrem mais
exemplo:
como declarações de liderança do que como declarações de andamento. Dentro
levando a experiência do cliente, Erickson caracteristicamente faz
Eu me pergunto se você está ciente de que você está profundamente em
não instruir o cliente diretamente, mas ele faz uso hábil de um
transe. .
.
número de princípios de modelagem de linguagem natural. Por exemplo,
Erickson combina os pressupostos, tornando muito difícil para o cliente
em vez de instruir o cliente a sentar em uma cadeira, ele poderia dizer:
para desafiar a verdade da afirmação que você está em transe.
Outro padrão comum no trabalho de Erickson é o uso de conversação
. . .
sim, e eu me pergunto se você notou a cadeira
postula. Em vez de instruir diretamente o cliente a colocar as mãos na sua
que você logo se encontrará confortavelmente sentado
. .
.
coxas, Erickson, tipicamente, dirá:
Você pode colocar suas mãos em suas coxas?
Aqui ele está usando o princípio da pressuposição. Em lan­
guage systems, quando uma cláusula relativa ­ que você encontrará em breve
se sentar confortavelmente ­ está ligado a uma frase nominal ­the
Esta comunicação tem a forma de uma pergunta, uma questão para a qual o
cadeira ­ para que a frase em que parece fazer qualquer
resposta que é literalmente apropriada é sim ou não. No entanto, esta forma de
sentido, o ouvinte deve aceitar como precisa a descrição dada
sim / não perguntas normalmente carregam com a força do comando intimamente
na cláusula relativa. Pressuposições são as linguísticas
rpealraac iiossnoa,d oou seja, coloque suas mãos em suas coxas. Usando o indireto
equivalente ao que é mais comumente chamado de suposição, básica
comunicação, Erickson ignora completamente a questão da resistência e
princípios de organização sem os quais a informação que está sendo
controle, deixando o cliente para responder como ele escolhe.
enviado não faz sentido. Outro exemplo do uso típico de
Erickson faz uso extensivo de uma forma muito poderosa de linguagem
pressupostos de Erickson é: padronização que está intimamente relacionado com este último, o padrão de menor
iensctrluuítduoras. Erickson pode, por exemplo, dizer a um cliente:
. . .
Eu me pergunto se você está ciente de que você está profundamente
em
transe. .
.
. . .
Eu conheci um homem que realmente entendeu como se sentir
bem. .
.
Aqui Erickson usa o predicado ciente. Isto é um fator
Observe que a porção da comunicação de Erickson em negrito é
predicado ­ isto é, um predicado que pressupõe a verdade do
idêntico com o comando se sentir bem. Como outro exemplo ligeiramente diferente,
Erickson pode dizer:
cláusula que a segue. Para fazer sentido fora de Erickson
comunicação, o cliente deve aceitar a cláusula que segue
o predicado ciente como verdadeiro, ou seja, que você está profundamente
. . .
Eu me pergunto se você está completamente
confortável. .
.
transe.
15

Aqui a menor estrutura incluída é a questão indireta.

processo de trabalho hipnótico.

você está completamente confortável. No entanto, uma vez que a questão é um

Isso completa a visão geral de alguns dos padrões que ocorrem

menor parte de uma declaração, não há solicitação direta

freqüentemente no trabalho de transe de Erickson. Apresentamos agora um dos artigos de

Erickson faz parte de uma resposta. Caracteristicamente, o cliente não

Equreic iknscolnui o trabalho de transe. Primeiro, apresentamos o artigo na íntegra; então nós

fazer uma resposta, respondendo secretamente à comunicação como um

irá extrair linhas da indução e sugestão que ilustram cada uma das

questão. Estruturas menores incluídas são uma forma muito poderosa de

padrões que apresentamos. Queremos enfatizar que existem muitos

direcionando a experiência do cliente e construindo resposta

exemplos desses padrões no artigo; vamos extrair apenas exemplos suficientes

potencial. Essa técnica se torna ainda mais poderosa quando

permitir que o leitor reconheça esses padrões como os de Erickson. Além disso, somos

combinado com a técnica de marcação analógica.

ciente de que Erickson usa outros padrões em seu trabalho de transe neste artigo que

A marcação analógica é o uso de modos não linguísticos de

nós iremos, no momento, ignorar; a apresentação aqui não é exaustiva.

comunicação para identificar e classificar a comunicação linguística

em unidades de mensagem separadas. Erickson, por exemplo, mudará sua

tonalidade (uma marca analógica) para as partes da sentença em

tipo negrito:

A Técnica Hipnótica Interspersal para

Correção de Sintomas e Controle da Dor 7 . . . conhecia um homem que realmente
Correção de Sintomas e Controle da Dor 7
. . .
conhecia um homem que realmente entendia como se sentir bem
sobre. .
.
Inúmeras vezes este autor foi convidado a se comprometer a imprimir em detalhes
Como os clientes raramente são conscientes de tais mudanças analógicas (e,
a técnica hipnótica que ele empregou para aliviar a dor intolerável ou para
se conscientes de tais mudanças,
é pouco provável que associem
corrigir vários outros problemas.
As respostas verbais feitas para esses muitos pedidos
com o material verbal apresentado simultaneamente), o nunca pareceu ser adequado, uma vez que eram invariavelmente prefaciados pela
O resultado da comunicação de Erickson é a dupla comunicação afirmação sincera de que a técnica em si não serve a nenhum outro propósito além do
­ a história que Erickson está dizendo à mente consciente e ao
assegurando e fixando a atenção do paciente, criando nele um receptivo e
comando se sentir bem para a mente inconsciente. Erickson usa
estado mental responsivo, e assim permitindo­lhe beneficiar de lucros não realizados ou
visual, bem como pistas auditivas para marcar analogicamente sua verbal
apenas potenciais parcialmente percebidos para comportamento de vários tipos. Com isso
comunicação, fragmentando­os em unidades de mensagem separadas. alcançado pela técnica hipnótica, há então a oportunidade de oferecer
Apresentamos uma visão geral breve e incompleta de alguns
sugestões e instruções que servem para ajudar e direcionar o paciente a alcançar
os padrões empregados por Erickson em seu trabalho. Existem vários
o objetivo ou metas desejados. Em outras palavras, a técnica hipnótica serve apenas para
efeitos adicionais deste tipo de comunicação que são
induzir um ambiente favorável para instruir o paciente de forma mais
importante na compreensão do poderoso efeito que Erickson uso vantajoso de seus próprios potenciais de comportamento.
tem em seu trabalho. Ao se comunicar indiretamente, ele evita
Desde que a técnica hipnótica é principalmente um meio para um fim enquanto a
questão de resistência em grande medida. Além disso, ele deixa o
deriva da orientação das capacidades comportamentais do paciente, segue­se que,
terapia
cliente a máxima liberdade de escolha (no inconsciente
dentro de limites, a mesma técnica hipnótica pode ser utilizada para pacientes com
nível) a que partes da comunicação ele responderá.
problemas amplamente diversos. Para ilustrar, duas instâncias serão citadas em que o
Comunicar dessa maneira também envolve o cliente no
a mesma técnica foi empregada, uma vez para um paciente com um transtorno neurótico
nível inconsciente de comunicação enquanto simultaneamente
problema e uma vez por um paciente que sofre de dor intolerável de terminal
angustiante
ocupando a mente consciente do cliente de uma forma que o impeça
doença maligna. A técnica é aquela que o autor empregou no
de invadir inutilmente no processo de indução de transe e
analfabeto e no pós­graduação, em situações experimentais e
sugestão. Finalmente, o cliente pode participar mais ativamente
para fins clínicos. Muitas vezes, ele tem sido usado para proteger, fixar e manter um
e criativamente (novamente no nível inconsciente de comportamento) no
16

atenção do paciente difícil e para distraí­lo de criar

contendo três pares de calças e ele afirmou que ele tinha visitado um lavatório

dificuldades que impediriam a terapia. É uma técnica

antes de sair para o escritório do autor, outro a caminho e que ele havia visitado

empregando idéias claras, compreensíveis, mas que

o lavatório do escritório antes de entrar no escritório e que ele esperava para interromper

sua patente irrelevância para o relacionamento médico­paciente e

a entrevista com o autor por pelo menos uma outra visita desse tipo.

situação distrair o paciente. Assim, o paciente é impedido

Ele relatou que ele havia consultado mais de 100 médicos e conhecidos

de invadir inutilmente em uma situação que ele não pode

clínicas. Ele tinha sido cystoscoped mais de 40 vezes, teve inumeráveis x­

entender e para o qual ele está buscando ajuda. Ao mesmo tempo, um

fotos de raios tiradas e inúmeros testes, alguns dos quais

a prontidão para entender e responder é criada dentro do

eletroencefalogramas e eletrocardiogramas. Sempre ele estava certo de que sua

paciente. Assim, um cenário favorável é desenvolvido para a elicitação de

bexiga era normal; muitas vezes ele foi oferecido a sugestão de retornar depois de um

potencialidades comportamentais necessárias e úteis não utilizadas anteriormente, mês ou dois para um estudo mais aprofundado; e " muitas vezes" ele foi dito que "é tudo em

ou não totalmente utilizado ou talvez mal usado pelo paciente.

sua cabeça "; que ele não teve problema nenhum, que ele" deveria se ocupar fazendo

O primeiro exemplo a ser citado será dado em qualquer

algo em vez de ser aposentado, e parar de importunar os médicos e ser um

conta a técnica hipnótica empregada. Em vez disso, haverá velha crock. "Tudo isso o fez sentir­se como um suicídio.

receber

instruções úteis, sugestões e idéias orientadoras

Ele havia descrito seu problema para vários escritores de médicos sindicalizados

que permitiu ao paciente atingir seu objetivo terapêutico e

colunas em

jornais, vários dos quais ofereceram­lhe em seu auto carimbado,

que foram intercaladas entre as ideias que constituem o

endereçado envelope uma dissertação pontifícia platiante sobre seu problema

técnica hipnótica. Essas idéias terapêuticas não serão citadas como

salientando­a como de origem orgânica obscura. Em toda a sua busca, nem uma vez teve

repetidamente como eles foram verbalizados para o paciente pela razão

Foi sugerido que ele buscasse ajuda psiquiátrica.

que eles são mais facilmente compreendidos em impressão a frio do que quando

Por sua própria iniciativa, depois de ler dois dos enganosos, desinformados e

pronunciada como parte de um fluxo de enunciados. No entanto, estes poucos

essencialmente livros fraudulentos sobre "hipnose do­it­yourself", ele procurou a ajuda de

sugestões repetidas na situação hipnótica serviram para atender às

hipnotizadores de palco,

em todos os três em número. Cada um ofereceu­lhe o habitual

necessidades do paciente adequadamente.

blandishments, garantias e promessas comuns a esse tipo de sombra

O paciente era um agricultor aposentado de 62 anos, com apenas ptrraántiscea h mipéndóictaic eo .c
O paciente era um agricultor aposentado de 62 anos, com apenas
ptrraántiscea h mipéndóictaic eo .c Cadaad au mum f aclohborua dcoo mumplae ttaamxae netxeo erbmit arenptee t(icdoasm toe njutalgtaivdaos pdoer i numdu zpiar durmão
ensino da oitava série, mas decididamente inteligente e bem lido.
taxa médica, e especialmente em relação à falta de benefício recebido).
Ele realmente possuía um delicioso, encantador, fora de Como resultado de todo esse maltrato, os médicos não são melhores que os do
personalidade, mas ele estava muito infeliz, cheio de ressentimento,
charlatães e na verdade menos perdoável, ele se tornou amargo, desiludido,
amargura, hostilidade, suspeita e desespero. Aproximadamente dois
ressentido e abertamente hostil, e ele estava considerando seriamente o suicídio. Um gás
anos antes por algum motivo desconhecido ou esquecido
atendente da delegacia sugeriu que ele consulte um psiquiatra e recomendou o
(considerado pelo autor como sem importância e como não tendo
autor com base em um artigo de jornal de domingo. Isso explicava sua visita a
sobre o problema da terapia) ele tinha desenvolvido uma urinária
o autor.
freqüência que foi mais angustiante para ele. Aproximadamente todos
Tendo completado sua narrativa, ele recostou­se na cadeira, dobrou a
meia hora ele sentiu um desejo irresistível de urinar, um desejo que era
braços, e desafiadoramente disse: "Agora, psiquiatrize e hipnotize­me e cure­o
doloroso, que ele não podia controlar, e que resultaria em um
bexiga minha. "
molhar as calças se não cedesse a ele. Este desejo foi
Durante a narração da história do paciente, o autor ouviu com
constantemente presente dia e noite. Isso interferiu em seu sono,
toda aparência de atenção extasiada, exceto por um pequeno atraso com as mãos,
comer, seus ajustes sociais e obrigou­o a manter dentro
mudando assim a posição
dos objetos em sua mesa. Este inativo incluiu
perto de um lavatório e levar uma pasta contendo
virando a face do relógio da mesa para longe do paciente. Como ele ouviu o
vários pares de calças para uso quando ele foi "apanhado". Ele
relato amargo do paciente sobre suas experiências, o autor estava ocupado especulando
explicou que ele trouxe para o escritório uma maleta
possíveis abordagens terapêuticas para um paciente tão obviamente infeliz, tão ressentido
17

em direção a cuidados médicos e médicos, e assim chaeng em

como 50 minutos, 60 minutos, apenas alguns mAinlguutoéms que pode esperar meia

 

atitude. Ele certamente não parece ser susceptível de ser receptivo

hora pode esperar uma hoerau sei isso você está aprendendonão é ruim

.

e responsivo a qualquer coisa que o autor possa fazer ou dizer. Enquanto o

na verdade, bom Pense nisso, você teve que esperar quando alguém

autor intrigado com este problema, veio à mente o problema

cheguei lá antes de você você fez isso tambémpode novamenet ede novo todos

de controle da dor para um paciente que sofre muito em um estado terminal de

você quer

hora e 5 minutos

hora e 5 minutos e meio qual é o

doença maligna. Esse paciente havia constituído um

diferença

ou até 6 1/2 minutos

torná­lo 10 1/2, hora e 10 1/2

exemplo, onde uma abordagem hipnoterapêutica tinha sido mais

minutos um minuto, 2 minutos, uma hora, 2 horas, qual é a diferença

 

difícil, e ainda assim, o sucesso foi alcançado. Ambos os pacientes tinham

você tem meio século ou melhor de prática em esperar atrás de você você pode

comum a experiência de cultivar plantas para um meio de vida, tanto

usar tudo isso porque não usá­lo Você consegue provavelmente surpreendê­lo um

eram hostis e ressentidos, e ambos desprezavam

muito não vai nem pensar nisso por que não se surpreender em casa Boa

 

hipnose. Assim, quando o paciente emitiu seu desafio de

idéia

nada melhor do que uma surpresa uma surpresa inesperada como

"psiquiatrize e me hipnotize", o autor, sem mais delongas, tempo você pode aguentaressa é a surpresa mais do que você

.

lançado na mesma técnica empregada com esse outro

muito mais pode muito bem começabrom sentimento para compaerçaa rcontinuar.

paciente para alcançar um estado hipnoterapêutico em que

Diga, por que você simplesmente não esquece o que eu tenho falado e apenas o

sugestões, instruções e instruções podem ser oferecidas com

No fundo da sua mente. Bom lugar para isso ­ não pode perder. Não importa o tomate

mantém

expectativa razoável de que eles seriam aceitos e agiram

planta ­ apenas o que era importante sobre sua bexiga muito bem, se sentir bem, legal

em resposta de acordo com as necessidades reais do paciente e

surpresa ­ digamos, por que você não começa a se sentir descansado, refrescado agora, mais

potenciais comportamentais.

acordado do que você estava no início desta manhã (esta última declaração é para o

 

As únicas diferenças para os dois pacientes foram que o

uma instrução indireta, enfática e definitiva para despertar de seu transe). Então como

paciente,

material terapêutico entrelaçado para o paciente pertence a

uma demissão, mas não reconhecível como tal conscientemente pelo paciente) por que

função da bexiga e duração do tempo. Para o outro paciente, o

você dá um passeio agradável em casa, pensando em nada (uma amnésia

não

 

instruções terapêuticas entrelaçadas referiam­se ao conforto corporal,

instrução para tanto o transe e seu problema, e também uma medida de confusão para

sono, apetite, gozo da família, ausência

obscuro o fato de que ele já tinha passado 1 1/2 horas no escritório)? eu vou ser capaz

de qualquer necessidade de medicação e de continuar gozando

para vê­lo às 10h da manhã de hoje (aprofundando sua ilusão consciente,

 

tempo sem preocupação com o dia seguinte. resultando de sua amnésia, que nada ainda tinha sido feito, exceto para dar­lhe uma

A verdadeira terapia verbal oferecida, intercalada como estava em

compromisso).

 

a ideação da técnica em si, foi a seguinte, com a

intercalando denotado por pontos.

Uma semana depois, ele apareceu e lançou­se em uma conta animada de chegar

 

Você sabe, nós podemos pensar em sua bexiga precisando

em casa e ligar a televisão com uma intenção firme imediata de

esvaziando a cada 15 minutos em vez de a cada meia hora Não

atrasar a micção o maior tempo possível. Ele assistiu a um filme de duas horas e bebeu

difícil pensar que

Um relógio pode correr devoaug arárpido

dois copos de água durante os comerciais. Ele decidiu prolongar o tempo

 
edset abre xeirgraa dao c aatdéa umme ima ihnourtao atcéo dmoois ,v coicnêc ote mmi nfeuittoos
edset abre xeirgraa dao c aatdéa umme ima ihnourtao atcéo dmoois ,v coicnêc ote mmi nfeuittoos otua lpveenzse
oquuetr eal eh oterav ee qduee r vepiseitnatre od ebsacnohberiiruo q. uEel ee loe lthionuh ap ataran toa rdeilsótegnios ãeo d deas cboebxriigua que ele
foram 35,40 minutos, às vezes gostaria de fazer uma hora esperou quatro horas. O paciente recostou­se na cadeira, sorrindo alegremente para
qual é a diferença
35, 36 minutos, 41, 42, 45 minutos
o autor, obviamente, esperando elogios. Quase imediatamente ele se inclinou para frente
pouca diferença
diferença não importante 45,46,47
com um olhar assustado e declarou com espanto: "Tudo volta para mim agora. Eu
minutos tudo o mesmo muitas vezes você talvez tenha que esperar
Nunca pense nisso até agora. Eu esqueci a coisa toda. Diz Você
um segundo ou dois senti como uma hora ou duaVsocê
conseguiu
deve ter me hipnotizado. Você estava falando muito sobre crescer um
você pode novam4e7n tme inutos, 50 minutos, qual a
diferença.
.
planta de tomate e eu estava tentando entender o ponto e a próxima coisa que eu sabia que
. .
pare para pensar, sem grande diferença, nada importante somente
eu
estava caminhando para casa. Venha para pensar sobre isso, devo estar em seu escritório ao
longo de um
18

hora e levou uma hora para caminhar para casa. Não foram quatro horas que eu

A manutenção pode ser feita de forma mais eficaz. Para ilustrar a vida cotidiana:

retido, durou pelo menos seis horas. Venha para pensar sobre isso, que

atribuição de tarefa dupla é geralmente mais eficaz do que a atribuição separada

não é tudo. Isso foi há uma semana que aconteceu. Agora eu recordo eu

das mesmas duas tarefas. Por exemplo, uma mãe pode dizer: "Johnny, como você coloca

não teve um pouco de dificuldade du­ rdaonrtme it obdeam a­ nseãmo asne alevantar.

afaste a sua bicicleta e pule a porta da garagem. "Isso tem o som

Engraçado como um homem pode levantar de manhã, sua mente está

de uma única tarefa, um aspecto do qual favorece a execução de outro aspecto, e

manter um compromisso para dizer algo e esquecer um todo

Assim, há o efeito de tornar a tarefa mais fácil. Para pedir que a bicicleta

semana passou. Diga, quando eu te disse para psiquiatrizar e

ser colocado de lado e, em seguida, para pedir que a porta da garagem ser fechada tem

Me hipnotize, você com certeza levou isso a sério. Estou muito grato a você.

tsoendodos odsu asso ntasr deefas separadas, não combinadas. Para as tarefas separadas, uma recusa

Quanto eu te devo?"

pode ser dado facilmente a uma ou outra tarefa ou a ambos. Mas uma recusa quando o

Essencialmente, o caso foi concluído e o emainder do

tarefas são combinadas em uma única tarefa significa o que? Que ele não vai arrumar o

horas foi gasto em conversa fiada social com vista a detectar qualquer

bicicleta? Que ele não vai para a garagem? Que ele não vai fechar o

possíveis dúvidas ou incertezas no

paciente. Não havia nenhum

porta da garagem?

nem, nos meses que passaram, ocorreu algum.

A própria extensão do esforço necessário para identificar o que se está recusando em si

é um impedimento à recusa. Nem pode uma recusa da "coisa toda" ser oferecida

O relato de caso acima permite ao leitor entender em parte

confortavelmente. Daí Johnny pode executar a tarefa combinada contra a vontade, mas

como, durante uma técnica de sugestões de indução de transe e

pode preferir fazê­lo, em vez de analisar a situação. Para as tarefas individuais ele

manutenção do transe, sugestões hipnoterapêuticas podem ser inter­

pode facilmente dizer "depois" para cada um. Mas para a tarefa combinada, ele não pode

spersed para um objetivo específico. Na experiência do autor, tal

ddiezsedre "qdueep, osies "ele coloca a bicicleta "mais tarde", ele deve "imediatamente" passar para

intercalar sugestões terapêuticas entre as sugestões

a garagem e "imediatamente" feche a porta. Este é um raciocínio especioso, mas

para a manutenção do transe pode muitas vezes tornar o tratamento

é o "raciocínio emocional" que é comum na vida cotidiana, e a vida diária não é

sugestões muito mais eficazes. O paciente os ouve um exercício de lógica. Como uma prática comum, o autor diz a um paciente: "Como você

os entende, mas antes que ele possa discordar deles ou sentar na cadeira, basta entrar em transe. "O paciente certamente vai se sentar

questioná­los de alguma forma, sua atenção é capturada pelo transe na cadeira. Mas entrar em transe é feito dependente de sentar

sugestões de manutenção. E estes, por sua vez, são apenas um

para baixo, portanto, um estado de transe se desenvolve a partir do que o paciente foi

continuação das sugestões de indução ao transe. Assim, existe

cveorut afmazeenr.t eCombinando psicoterapêutica, amnésica e pós­hipnótica

dada à sugestão terapêutica uma aura de significância e

sugestões com essas sugestões usadas primeiro para induzir um transe e depois para

eficácia decorrente da indução já efetiva e mantém que o transe constitui uma medida eficaz para garantir os resultados desejados.

sugestões de manutenção. Então, novamente a mesma terapêutica

Os valores de contingência são decididamente eficazes. Como ilustração adicional, mais de

sugestões podem ser repetidas desta forma intercalada, talvez

uma vez que um paciente que tenha desenvolvido um transe após simplesmente sentar­se

repetido muitas vezes, até que o terapeuta se sinta confiante de que o

doi sasuet oar: "Eu não pretendia entrar em transe hoje". Eu respondo que o autor tem

o paciente absorveu as sugestões terapêuticas adequadamente.

afirmou: "Então, talvez você gostaria de despertar do transe e, portanto, como

Então o terapeuta pode progredir para outro aspecto da terapia

você entende que você pode voltar a um transe quando você precisa, você vai

usando a mesma técnica interspersal.

despertar. Assim, o "despertar" é feito subordinado ao "entendimento"

O relatório acima não indica o número de repetições

assegurando, assim, novos transes através de associação por contingência.

para cada uma das sugestões terapêuticas pela razão de que o

Com esta explicação da lógica, o problema do segundo paciente será

número deve variar de acordo com cada conjunto de ideias e entendimentos

apresentado após algumas declarações preliminares. Estes são que o autor foi

transmitido e com cada paciente e cada problema terapêutico.

criado em uma fazenda, apreciado e ainda gosta de plantas em crescimento, e leu com

Adicionalmente, tal interspersão de sugestões para amnésia e

interesse sobre os processos de germinação de sementes e crescimento de plantas.

sugestões pós­hipnóticas entre as sugestões de transe

19 O primeiro paciente era um fazendeiro aposentado. O segundo, quem vai inspecionando Joe, notou­se que
19
O primeiro paciente era um fazendeiro aposentado. O segundo, quem vai
inspecionando Joe, notou­se que muito do lado de seu rosto e pescoço era
ser chamado "Joe" por conveniência, era um florista. Ele começou sua
faltando por causa de cirurgia, ulceração, maceração e necrose. Uma traqueostomia
carreira como um menino, vendendo flores, economizando seus centavos, comprandotinha sido realizado em Joe e ele não podia falar. Ele comunicou por lápis
mais flores para vender, etc. Logo ele conseguiu comprar um pequeno
e papel, muitos dos quais estavam à mão. A informação foi dada
parcela de terra em que crescer mais flores com cuidado amoroso que a cada 4 horas Joe vinha recebendo narcóticos (1/4 de grãos de morfina ou
enquanto ele gostava de sua beleza que ele queria compartilhar com
100 miligramas de Demerol) e sedação pesada com barbituatos. Ele dormiu pouco.
outros, e por sua vez, para conseguir mais terra e cultivar mais
flores,
Enfermeiras especiais estavam constantemente à mão. No entanto, Joe estava
Por fim, ele se tornou o principal florista de uma cidade grande. Joe
constantemente saindo de
cama, escrevendo inumeráveis notas, algumas relativas ao seu negócio, algumas à sua
literalmente amei todos os aspectos do seu negócio, foi intensamente dedicado
família, mas muitos deles expressaram queixas e demandas por
para ele, mas ele também era um bom marido, um bom pai, um
bom amigo
ajuda adicional. Dor severa angustiava­lo continuamente e ele não podia
e um membro altamente respeitado e valorizado da comunidade.
entender por que os médicos não poderiam lidar com seus negócios de forma tão eficiente
Então um fatídico setembro um cirurgião removeu um
crescimento
competentemente como ele fez o seu negócio floral. Sua situação o enfureceu porque
do lado do rosto de Joe, tomando cuidado para não desfigurar Joe
constituiu falha em seus olhos. Sucesso trabalhado e totalmente merecido sempre
cara demais.
O patologista relatou que o crescimento era
tem sido um princípio governante em sua vida. Quando as coisas deram errado com o seu
malignidade.
negócios, ele fez certo para corrigi­los. Por que os médicos não fizeram o mesmo?
A terapia radical foi então instituída, mas foi prontamente
Os médicos tinham remédio para a dor, então por que ele foi permitido sofrer tal
reconhecido como "tarde demais".
dor intolerável?
Joe estava em forma que ele tinha cerca de um mês para viver.
A reação de Joe foi, para dizer o mínimo, infeliz e angustiada. Dentro
Após a introdução, Joe escreveu: "O que você quer?" Isso constituiu um
Além
disso, ele estava experimentando muita dor, de fato, extremamente
excelle nt abertura e o autor começou sua técnica de indução de transe e
dor forte.
alívio da dor. Isto não será dado na sua totalidade, uma vez que uma grande percentagem de
No final da segunda semana de outubro, um parente de Joe
as declarações feitas foram repetidas, não necessariamente em sucessão, mas
pediu com urgência o autor para empregar hipnose em Joe para dor
com freqüência, referindo­se a uma observação anterior e, em seguida, repetindo um
alívio desde narcóticos estavam provando de pouco valor.
na visão de
parágrafo ou dois.
prognóstico que havia sido dado por Joe, o autor concordou
relutantemente em vê­lo, estipulando que todos os
medicamentos
Outra declaração preliminar necessária é que o autor era mais duvidoso
descontinuado às 4:00 da manhã do dia da chegada do autor. Para
sobre alcançar qualquer tipo de sucesso com o Joe desde então, além de seu físico
isso os
médicos encarregados de Joe no
hospital cortesmente
condição, havia evidências definitivas de reações tóxicas ao excesso
acordado.
medicação. Apesar da visão desfavorável das possibilidades do autor, houve
Pouco antes de o autor ser apresentado a Joe, ele estava
uma coisa da qual ele poderia estar confiante. Ele poderia manter suas dúvidas para si
informou que Joe não gostava mesmo da menção da palavra
mesmo
e ele poderia deixar Joe saber por maneira, tom de voz, por tudo dito que o
hipnose. Além disso, um dos filhos de Joe, um residente
em psiquiatria em um
autor estava genuinamente interessado nele, estava genuinamente desejoso de ajudá­lo.
clínica bem conhecida, não acreditava em hipnose e tinha
Se até mesmo esse pouco pudesse ser comunicado a Joe, deveria ser de algum conforto,
aparentemente foi confirmado nesta descrença pelo psiquiátrico
no entanto pequeno, para Joe e para os membros da família e para as enfermeiras dentro
funcionários da clínica, nenhum dos quais é conhecido por ter tido
distância de escuta na sala ao lado.
mão conhecimento da hipnose. Este residente estaria presente e
a inferência foi que Joe sabia dessa descrença.
O autor começou:
O autor foi apresentado a Joe, que reconheceu o
Joe, gostaria de falar com você. Eu sei que você é uma florista, que você cresce
introdução de uma forma mais cortês e amigável. Isto é
flores, e eu cresci em uma fazenda em Wisconsin e gostei de crescer
duvidoso que Joe realmente soubesse por que o autor estava lá. Depois de
20
flores. Eu ainda faço. Então eu gostaria de ter você sentado
ficando melhor para aquele pequeno tomateiro que está adicionando mais uma
naquela poltrona enquanto falo com você. Eu vou dizer muito feo alhinada outro e um ramo
naquela poltrona enquanto falo com você. Eu vou dizer muito
feo alhinada outro e um ramo e está crescendo confortavelmente em todos
coisas para você, mas não será sobre flores porque você
instruções.
sabe mais do que eu sobre flores. Não é isso que você
quer.
(Muito do que foi dito anteriormente foi repetido muitas vezes,
(O leitor notará que o itálico
será usado para denotar
às vezes apenas frases, às vezes frases. Cuidado foi tomado para variar
sugestões hipnóticas intercaladas que podem
ser sílabas,
redação e também
para repetir as sugestões hipnóticas. Algum tempo
palavras, frases ou frases proferidas com um tom ligeiramente diferente
depois que o autor começou, a esposa de Joe entrou na sala na ponta dos pés
entonação.)
carregando uma folha de papel em que estava escrito a pergunta: "Quando são
Agora, enquanto falo e posso fazê­lo confortavelmente, desejo que
você vai começar a hipnose? "O autor não conseguiu cooperar com ela
você vai me ouvir confortavelmente enquanto eu falo sobre um
olhando para o papel e foi necessário para ela empurrar a folha de
planta de tomate. Isso é uma coisa estranha de se falar. Faz
papel na frente do autor e, portanto, na frente de Joe. O autor foi
um curioso. Por que falar de um tomateiro? Um coloca um
continuando sua descrição do tomateiro ininterruptamente e Joe's
Semente de tomate no chão. Pode­se sentir esperança de que isso
esposa, como ela olhou para Joe, viu que ele não estava vendo ela, não sabia
crescer em uma planta de tomate que trará satisfação por
que ela estava lá, que ele estava em transe sonambúlico. Ela se retirou
o fruto que tem. A semente absorve água, não muito de uma vez só.)
dificuldade em fazer isso por causa das chuvas que trazem
E logo o tomateiro terá uma forma de broto em algum lugar, em um
paz e conforto e a alegria de crescer para flores e
ramo ou outro, mas não faz diferença porque todos os ramos,
tomates. Essa pequena semente, Joe, incha lentamente, envia um
toda a planta de tomate logo terá aqueles pequenos e bonitos botões ­ eu me
pequeno rootlet com cílios sobre ele. Agora você pode não saber
pergunto se
o tomate pode, Joe, sentir­se realmente um tipo de conforto. Você sabe,
que cílios são, mas cílios são coisas que funcionam para ajudar o
Joe, uma planta é uma coisa maravilhosa, e é tão bom, tão agradável só para ser
semente de tomate crescer, para empurrar­se acima do solo como um
capaz de pensar em uma planta como se fosse um homem. Será que tal planta teria
planta brotando, e você pode me ouvir Joe então eu vou
sentimentos agradáveis, uma sensação de conforto quando os pequenos tomates
continue falando e continue ouvindo,
tão pequeno, mas tão cheio de promessas de dar­lhe o desejo de comer um
começam a se formar,
imaginando, apenas imaginando o que você realmente pode aprender
tomate, sol amadurecido, é tão bom ter comida no estômago, que
delicioso
e aqui está o seu lápis e sua almofada, mas falando do
maravilhosa sentindo uma criança, uma criança com sede, tem e pode querer uma
planta de tomate, cresce tão lentamente. Você não pode ver crescer
bebida, Joe,
é como a planta de tomate se sente quando a chuva cai e lava
você não pode ouvi­ lo crescer, mas cresce ele faz ­ o primeiro pequeno
tudo para que tudo se sinta bem (pausa) Você sabe, Joe, um tomateiro
coisas voadoras no talo, os pêlos finos no apenas floresce a cada dia apenas um dia de cada vez. Eu gosto de pensar que o
caule, esses cabelos estão nas folhas também como os cílios
planta pode conhecer a plenitude do conforto a cada dia. Você sabe, Joe, apenas
tomate
as raízes, eles devem fazer a planta de tomate se sentir muito
dia de cada vez para o tomate. Esse é o caminho para todas as plantas de tomate.
um
bom, muito confortável se você puder pensar em uma planta como
sentindo e, em seguida, você não pode ver crescendo, você não pode sentir
(Joe de repente saiu do transe, pareceu desorientado, pulou sobre
cresce, mas outra folha aparece naquele pequeno tomate
a cama, agitou os braços, e seu comportamento foi altamente sugestivo do súbito
perseguir e depois outro. Talvez, e isso está falando como um
surtos de toxicidade que se vê em pacientes que reagiram desfavoravelmente a
criança, talvez a planta de tomate se sinta confortável e
barbitúricos. Joe não parecia ouvir ou ver o autor até que ele saiu do
pacífica enquanto cresce. Cada dia cresce e cresce e
cama e andou em direção ao autor. Um aperto firme foi tomado no braço de Joe e
cresce, é tão confortável Joe ver uma planta crescer e
então imediatamente afrouxou. A enfermeira foi convocada. Ela enxugou a transpiração
não ver o seu crescimento não sentir isso, mas só sei que tudo é
de sua testa, trocou seus curativos cirúrgicos e deu a ele, por tubo,
21

água gelada. Joe então deixou o autor levá­lo de volta à sua cadeira. Depois de

Durante a hora do almoço, Joe foi em primeiro lugar tranquilo e depois lentamente

uma pretensão do autor de ser curioso sobre o antebraço de Joe, Joe

outrion qeupiiestóod,io tóxico ocorreu, conforme relatado pela enfermeira. No momento em que o

pegou seu lápis e papel e escreveu: "Fale, fale.)

avuotlotoru Joe estava esperando impacientemente por ele. Joe queria se comunicar por

Oh sim, Joe, eu cresci em uma fazenda, acho que uma semente de tomate é escrevendo notas. Alguns eram ilegíveis por causa de sua extrema impaciência

uma coisa maravilhosa, pense, Joe, pense naquela pequena semente

escrevendo. Ele iria irritantemente reescrevê­los. Um parente ajudou o autor a ler

dorme tão confortavelmente, tão confortavelmente uma bela estas notas. Eles se preocupavam com coisas sobre Joe, sua história passada, seus negócios,

planta ainda a ser cultivada que vai suportar tal interessante

sfuaamília e "na semana passada terrível", "ontem foi terrível." Não havia

folhas e galhos. As folhas, os galhos parecem tão

reclamações,

sem exigências, mas houve alguns pedidos de informação sobre

linda, aquela cor bonita e rica, você pode realmente sentir

o autor. Depois de uma moda uma conversa satisfatória teve com ele como era

feliz olhando para uma semente de tomate, pensando sobre o

julgado por uma crescente perda de sua inquietação. Quando foi sugerido que ele

planta maravilhosa que contém dormindo, descansando, confortável, parar de andar e sentar na cadeira usada anteriormente,
planta maravilhosa que contém dormindo, descansando, confortável,
parar de andar e sentar na cadeira usada anteriormente, ele fez isso prontamente e
Joe Logo vou sair para o almoço e voltarei
olhou com expectativa para o autor.
e vou falar mais um pouco.
Você sabe, Joe, eu poderia falar com você um pouco mais sobre o tomateiro
e se eu fizesse você provavelmente iria para sle ep, na verdade, um bom sono
O acima é um resumo para indicar a facilidade com que
profundo.
sugestões hipnoterapêuticas podem ser incluídas no transe
(Esta declaração de abertura tem toda a marca de não ser mais que um casual
sugestões de indução e manutenção de transe que são enunciado comum. Se o paciente responder hipnoticamente, como Joe prontamente
importante, além disso, como um veículo para a transmissão de Tudo bem. Se o paciente não responder, tudo que você disse foi apenas um
terapia. De particular importância é o próprio pedido de Joe que observação comum, nada digna de nota. Joe não tinha entrado em transe
o autor "fala". Apesar de seu estado tóxico, espasmodicamente
imediatamente, poderia ter havido uma variação como: "Mas, em vez disso, vamos falar
evidente, Joe estava definitivamente acessível. Além disso ele aprendeu
sobre a flor de tomate. Você viu filmes de flores lentamente, lentamente
rapidamente, apesar da rapsódia absurdamente amadora, o autor
abertura, dando uma sensação de paz, uma sensação de conforto como você vê o
oferecido sobre uma semente de tomate e planta. Joe não tinha real
desdobramento. Tão linda, tão repousante de assistir. Pode­se sentir um conforto tão
interesse em infinitas observações sem sentido sobre
uma planta de tomate.
assistindo esse filme. ")
infinito
Joe queria liberdade da dor, ele queria conforto, descanso,
Não parece ao autor que mais precisa ser dito sobre o
dormir. Isso era o que estava em primeiro lugar na mente de Joe, acima de tudo técnica de indução e manutenção de transe e da interspersal de
em seus desejos emocionais, e ele teria um convincente
sugestões terapêuticas. Outra ilustração será dada mais adiante neste artigo.
precisa tentar encontrar algo de valor para ele no autor
Resposta de Joe naquela tarde foi excelente, apesar de vários intervenientes
balbuciando. Esse valor desejado estava lá, tão falado que Joe
episódios de comportamento tóxico e vários períodos em que o autor deliberadamente
poderia literalmente recebê­lo sem perceber. A excitação de Joe
interrompeu seu trabalho para julgar mais adequadamente o grau e a quantidade de
do transe foi apenas alguns minutos depois que o autor
teve
Aprendendo.
disse tão inocentemente, "quer uma bebida, Joe". Nem foi
Na partida daquela noite, o autor foi cordialmente abalado pela mão
por Joe, cujo estado tóxico foi muito menor. Joe não tinha reclamações, ele não
a reindução do transe difícil, conseguida por dois breves
parece ter dor angustiante, e ele parecia estar satisfeito e feliz.
frases, "acho que Joe pensa" e "dormir tão bem, tão
Parentes estavam preocupados com sugestões pós­hipnóticas, mas eles estavam
confortavelmente "embebido em uma sequência sem
significado
tranquilizou­se de que tal tivesse sido dado. Isso foi feito com mais delicadeza
idéias. Mas o que Joe queria e precisava era de outra forma
descrevendo tanto em detalhes e repetindo o crescimento do tomateiro e
narração sem sentido, e ele prontamente aceitou.
então, com ênfase cuidadosa, "Você conhece Joe", "Conheça a plenitude do conforto
cada dia " e " Você sabe, Joe, apenas um dia de cada vez. "
22

Cerca de um mês depois, em meados de novembro,

agradavelmente vivificado para ele por uma declaração tão simples como,

autor foi solicitado a ver Joe novamente. Ao chegar no Joe's

Eu falei sobre uma planta de tomate e quase parece que eu poderia ser

em casa, ele foi dito um pouco lamentável, mas não realmente infeliz

falando sobre uma fábrica de tomate agora. É tão divertido falar sobre um

história. Joe tinha continuado sua excelente resposta após o autor semente, uma planta.

 

partida nessa primeira ocasião, mas a fofoca hospitalar se espalhou

Assim, houve, clinicamente falando, uma recriação de todos os aspectos favoráveis

a história da hipnose e estagiários de Joe, residentes e funcionários

dessa entrevista original.

entrou para aproveitar a capacidade de Joe para ser um bom assunto.

Joe foi mais insistente em supervisionar o almoço do autor naquele dia, que

Eles fizeram todos os erros possíveis para amadores desinformados com foi um bife assado sob o olhar atento de Joe no quintal ao

lado do

equívocos supersticiosos da hipnose. Seu comportamento

piscina.

Foi um encontro feliz de quatro pessoas apreciando completamente

Joe enfurecido que sabia que o autor não tinha feito nenhum dos

estando juntos, Joe sendo obviamente mais feliz.

coisas ofensivas que eles estavam fazendo. Esta foi uma realização afortunada

Após o almoço, Joe exibiu orgulhosamente as inúmeras plantas, muitas das quais

desde que permitiu Joe manter todos os benefícios adquiridos do

eles raros, que ele plantou pessoalmente no grande quintal. A esposa de Joe

autor sem deixar que suas hostilidades contra a hipnose interfiram.

forneceu o latim e nomes comuns para as plantas e Joe foi particularmente

satisfeito quando o autor reconheceu e comentou sobre algumas plantas raras. Nem

Depois de vários dias de aborrecimento, Joe deixou o hospital e foi

Isso foi um pretexto de interesse, uma vez que o autor ainda está interessado em crescer

em casa, mantendo uma enfermeira em atendimento constante, mas seus deveres

plantas. Joe considerou esse interesse em comum como um laço de amizade.

eram relativamente poucos. Durante a tarde, Joe sentou­se voluntariamente, sua maneira de fazer

Durante esse mês em casa ele realmente ganhou peso

evidente que o autor estava livre para fazer o que quisesse. Um longo monólogo de

ep ofoderçriaa. sRearr caomnetnrotela odcoo croremu uamspair oinnad ao ud ec odmor 2e5 q umainlidgor aimssoas
ep ofoderçriaa. sRearr caomnetnrotela odcoo croremu uamspair oinnad ao ud ec odmor 2e5 q umainlidgor aimssoas a dceonteceu
ofa acuiltiodar dsee gcuoinu teinmu aqduae, fcoornafmo ritnoc,l uliíbdearsd saudgee dstaõ deos rp, spircaozteerr adpaê fuatmicíalsia d, eboa
Demerol Joe estava muito feliz por estar com sua família e havia
apetite, e um interesse contínuo satisfeito em todos os ambientes. Todos estes e
atividade frutífera considerável sobre a qual o autor não é totalmente
outras sugestões semelhantes foram intercaladas de forma imperceptível entre o autor
informado.
muitas observações. Estes cobriram uma infinidade de tópicos para impedir Joe de
A saudação de Joe ao autor na segunda visita foi uma das
analisar ou reconhecer a intercalação de sugestões. Além disso, para
prazer óbvio. No entanto, o autor observou que Joe estava disguise, o autor precisava de vários tópicos. Se tal cuidado era ou não
mantendo um olhar cauteloso sobre ele, portanto, grande cuidado foi tomado para ser necessário em vista do bom relacionamento é uma questão discutível, mas o autor
completamente casual e para evitar qualquer movimento da mão que poderia ser
preferiu não correr riscos.
remotamente mal interpretado como um "passe hipnótico", como o hospital
Medicamente, a malignidade continuava a progredir, mas apesar disso,
a equipe havia empregado. Joe estava em muito melhor condição física do que havia sido um mês antes.
Quadros emoldurados pintados por um membro altamente talentoso de sua
Quando o autor partiu, Joe convidou­o a voltar novamente.
a família foi orgulhosamente exibida. Houve muito casual
Joe sabia que o autor estava indo em uma viagem de aula no final de novembro e
conversa sobre a melhoria de Joe e seu ganho de peso e
início de dezembro. Muito inesperado pelo autor, um telefonema de longa distância
o autor foi repetidamente pressionado para encontrar respostas simples para
foi recebido pouco antes da partida do autor nesta viagem. A chamada foi de
esconder sugestões pertinentes. Joe se ofereceu para sentar e
A esposa de Joe, que afirmou: "Joe está na linha de extensão e quer dizer 'olá' para
deixe o autor falar com ele. Embora o autor fosse totalmente casual
você, então ouça. "Dois breves sopros de ar foram ouvidos. Joe segurou o telefone
na maneira, a situação foi pensada para ser difícil de lidar
bocal sobre o tubo de traqueotomia e exalara duas vezes à força
sem despertar as suspeitas de Joe. Talvez isso fosse um infundado
simule "olá". Sua esposa afirmou que tanto ela quanto Joe estenderam seu melhor
preocupação, mas o autor queria ser mais cuidadoso. Finalmente, o
desejos para a viagem e uma conversa casual de amigos seguiu com a esposa de Joe
medida foi empregada de relembrar sobre "nossa última visita lendo as anotações escritas de Joe.
Outubro. "Joe não percebeu quão facilmente esta visita poderia ser
Um cartão de saudação de Natal foi recebido de Joe e sua família. Em um
23

carta separada A esposa de Joe disse que "a hipnose está indo bem, mas

Surgiu a questão de saber se grande parte da verbigeração pode ou não ser

A condição de Joe está falhando. "No início de janeiro, Joe estava fraco, mas

disfarce para significados ocultos, fragmentados e dispersos entre o total

confortável. Finalmente, nas palavras de sua esposa, "Joe morreu em silêncio

enunciados. Isso levou à questão de como poderia o próprio autor produzir um

21 de janeiro. "

série de incoerências em que ele poderia esconder de forma fragmentada um

O autor está ciente de que a previsão da duração do

mensagem significativa. Ou ele poderia usar as incoerências de um paciente e

a vida de qualquer paciente que sofra de uma doença fatal é mais

intercalar entre eles de uma forma um pouco ordenada uma fragmentada

questionável. A condição física de Joe em outubro não prometia

comunicação significativa que seria difícil de reconhecer? este

muito. A melhoria dos sintomas, redução e real

especulação deu origem a muitas horas de trabalho intenso gasto cabendo em um paciente

abolição efetuada pela hipnose e a liberdade do corpo de Joe

dteextualmente, aparentemente sem sentido, profere uma mensagem significativa que

de medicamentos potentes, conducente apenas ao desconhecimento,

pnoãode sreiar detectado pelos colegas do autor quando nenhum indício foi dado a

inquestionavelmente aumentou seu período de vida, enquanto ao mesmo tempo

eles. Esforços anteriores na produção de incoerências originais pelo autor

permitindo um breve aprimoramento físico real em geral. este

revelaram um padrão pessoal definido e reconhecível em ditar que o autor

foi atestado claramente por sua condição melhorada em casa e sua

não foi suficientemente perturbado mentalmente para produzir um fluxo genuíno de

ganho de peso. Que Joe viveu até a última parte de janeiro

verbigerações incoerentes.

apesar da extensão de sua doença de mahgrant, sem dúvida

Quando um significado foi intercalado nas produções de um paciente com sucesso,

atesta o vigor com que Joe se comprometeu a viver o

o autor descobriu que sua experimentação hipnótica passado com hipnótico

resto de sua vida o mais divertido possível, um vigor expressivo

técnicas influenciaram muito o tipo de mensagem que ele provavelmente

da maneira em que ele viveu sua vida e construiu sua

intercalar nas verbigerações de um paciente. Deste trabalho veio o seguinte

o negócio.

trabalho experimental e terapêutico.

Para esclarecer ainda mais esta questão da técnica do

Um dos secretários mais recentemente contratados se opôs fortemente a ser

intercalar sugestões terapêuticas entre indução de transe

hipnotizado. Ela sofria regularmente após o início da menstruação de severa

e sugestões de manutenção de transe, pode ser bom relatar dores de cabeça migranosas dura3d oaura4s ou mais horas. Ela tinha sido

trabalho experimental original do autor feito enquanto ele estava no

examinado repetidamente pelo serviço médico sem resultados úteis. Ela

Serviço de Pesquisa do Worcester State

Hospital em Worcester,

geralmente aposentado para o salão e "dormiu a dor de cabeça", um processo geralmente

Massachusetts, no início dos anos 1930.

O Serviço de Pesquisa preocupou­se com o estudo da

tomando 3 ou mais horas. Em uma dessas ocasiões, ela havia sido propositalmente

insistentemente forçado a tomar o ditado pelo autor em vez de ser autorizado a

numerosos problemas da esquizofrenia e as possibilidades de Retire­se para o salão. Um pouco ressentida, ela
numerosos problemas da esquizofrenia e as possibilidades de
Retire­se para o salão. Um pouco ressentida, ela começou sua tarefa, mas em 15 minutos
resolvendo alguns deles. Para o autor, o psicológico
Ela interrompeu o autor para explicar que sua dor de cabeça havia desaparecido. Ela
manifestações eram de interesse primordial. Por exemplo, apenas
isso para sua raiva por ser forçada a tomar o ditado. Mais tarde, em outro
atribuiu
o que foi um fluxo de incoerências desconexas e rapidamente
pronunciadas?
ocasião, ela se ofereceu para tomar certo ditado que todas as secretárias
significar? Certamente, de alguma forma, tal fluxo de enunciados
tentou evitar por causa das dificuldades que apresentou. Sua dor de cabeça piorou
deve ser mais significativo para o paciente de alguma forma.
Competente
e ela decidiu que o exemplo feliz com o autor era apenas um caso fortuito
secretários de vez em quando tinham gravado verbatim vários
acaso. Posteriormente, ela teve outra dor de cabeça severa. Ela estava novamente
exemplos de tais declarações perturbadas para a leitura do
autor
insistentemente solicitado pelo autor para tomar alguns ditados. O feliz anterior
e estude. O próprio autor conseguiu registrar adequadamente
resultado ocorreu dentro de dez minutos. Após a ocorrência de outra dor de cabeça,
semelhantes tais produções por pacientes que falaram
devagar. Cuidado
ela se ofereceu para tirar o ditado do autor. Mais uma vez serviu para aliviá­la
estudo dessas produções verbais, pensava­se, poderia levar a
dor de cabeça. Ela então testou experimentalmente os benefícios do ditado de outros
várias idéias especulativas que, por sua vez, podem se mostrar valiosas
médicos. Por alguma razão desconhecida, suas dores de cabeça só pioraram. Ela
entender algo sobre esquizofrenia. retornou de uma dessas tentativas inúteis para o autor e pediu­lhe para
24

ditar. Ela foi informada de que ele não tinha nada na mão para ditar, mas que

declaração da denúncia era necessária e eles então sabiam que o terapeuta

ele poderia redigir material previamente ditado. Sua dor de cabeça

Entendido. Seu intenso desejo por terapia não era apenas uma consciência, mas uma

ficou aliviado em 8 minutos. Mais tarde, seu pedido de ditado para

desejo inconsciente também, como julgado clinicamente, mas mais importante, como

alívio da dor de cabeça foi cumprido por algum ditado de rotina. Não conseguiu evidenciada pelos resultados obtidos.

tem algum efeito.

Deve­se também reconhecer a prontidão com que se está

Ela veio de novo, não muito esperançoso desde que ela pensou que tinha

Mente inconsciente pega pistas e informações. Por exemplo, pode­se

"esgotou o remédio de ditado." Mais uma vez ela foi dada ditado

com um alívio de sua angústia em cerca de 9 minutos. Ela estava tão exultante

que ela manteve uma cópia da transcrição para que ela pudesse perguntar aos outros

ditar "aquele ditado bem­sucedido" para aliviar as

dores de cabeça.

não gostam de alguém à primeira vista e não se conscientizam do óbvio

e razões aparentes para tal antipatia por semanas, meses, até um ano ou mais.

No entanto, finalmente, as razões para o desgosto se tornam aparentes para a mente

exemplo comum é a hostilidade pronta freqüentemente mostrada por um normal

consciente. UMA

Infelizmente, ninguém parecia ter a "voz certa" como

o autor. Sempre, uma sugestão pós­hipnótica foi casualmente

dado que não haveria adormecer enquanto transcrevendo.

Ela não suspeitou, nem ninguém mais, o que realmente

pessoa heterossexual em relação a uma pessoa homossexual sem qualquer

realização do porquê.

Consciência respeitosa da capacidade da mente inconsciente do paciente para

perceber a significância do próprio comportamento inconsciente do terapeuta é um

foi feito. O autor fez anotações abrangentes do

princípio governante em psicoterapia. Também deve haver um pronto e completo

verbigeração incoerente de um paciente psicótico. Ele também teve

vários secretários fazem registros verbais de incoerentes

do paciente

enunciados. Ele então havia intercalado sistematicamente

respeito pela mente inconsciente do paciente para perceber completamente o

obscureceu instruções terapêuticas significativas oferecidas a eles. O clínico e

intencionalmente

material experimental citado acima é baseado na consciência do autor de que o

sugestões entre as incoerências com essa secretária em mente.

mente inconsciente do paciente está escutando e compreendendo muito melhor do que é

Quando isto foi encontrado para ser bem sucedido, os enunciados incoerentes

de outro paciente foram utilizados de forma semelhante. Isso foi

também um esforço bem sucedido. Como medida de controle, ditado rotineiro

e o ditado de "incoerências não ditadas" foi tentado.

possível para sua mente consciente.

Pretendeu­se publicar este trabalho experimental, do qual apenas o autor

estava ciente. Mas sóbrio pensamento e consciência do estado inseguro de hipnose

em geral, juntamente com a forte objeção do secretário a ser hipnotizado

Estes não tiveram efeito sobre suas dores de cabeça. Nem o uso por

ela não se importava de perder as dores de cabeça "tomando ditado" do autor ­ tudo

outras de material "adulterado" têm efeito, já que precisavam ser

ler em voz alta com algum grau de consciência expressiva para ser

eficaz.

sugeriu a inadvisibilidade da publicação.

Um segundo secretário, empregado pelo hospital quando este trabalho experimental

estava em fase de conclusão, sempre sofria de dismenorréia incapacitante. o

"secretária da dor de cabeça" sugeriu a essa menina que ela tirasse o ditado do

A questão agora surge, por que esses dois pacientes e

autor como possível medida de alívio. De boa vontade, o autor obrigou, usando

aqueles pacientes usados experimentalmente respondem terapeuticamente? este mastigação de pacientes "medicada". Foi eficaz.

resposta pode ser dada simplesmente como segue: Eles sabiam muito bem

Preocupado com o que poderia acontecer com a pesquisa hipnótica se seus superiores

por que eles estavam buscando terapia; eles estavam desejosos de se beneficiar;

foram para saber do que estava acontecendo, o autor cuidadosamente falhou com este

eles vieram em um estado receptivo pronto para responder

no primeiro

segundo secretário e depois conseguiu novamente. Ela se ofereceu para ser hipnótica

oportunidade, exceto para o primeiro paciente experimental. Mas ela sujeito e hipnose, não "ditado", foi então usado para satisfazer suas necessidades pessoais.

estava ansioso para se livrar de sua dor de cabeça, e desejou o tempo Ela também serviu repetidamente como um assunto para vários francamente reconhecidos

sendo gasto tomando ditado poderia ser tempo gasto superando ela eexperimentos hipnóticos "aprovados" e o autor
sendo gasto tomando ditado poderia ser tempo gasto superando ela
eexperimentos hipnóticos "aprovados" e o autor manteve seu conselho em certas
dor de cabeça. Essencialmente, então, todos os pacientes estavam
em um quadro de outros estudos experimentais.
mente para receber terapia. Quantas vezes um paciente precisa Agora que a hipnose passou a ser uma modalidade científica aceitável de
declarar sua queixa? Apenas esse número de vezes necessário para o esforço investigativo e terapêutico e lá desenvolveu um muito maior
terapeuta para entender. Para todos esses pacientes, apenas um consciência da semântica, este material, há tanto tempo relegado à prateleira de
25
trabalho inédito, pode ser publicado com segurança Eu gostei de crescer flores = D eu ainda
trabalho inédito, pode ser publicado com segurança
Eu gostei de crescer flores
= D
eu ainda faço
= E
Resumo
Cada uma dessas cinco declarações é precisa para o cliente sem qualquer pergunta.
Dois relatos de casos e um breve relato do trabalho experimental
Agora Erickson liga essas declarações ao comportamento que ele quer extrair de
são apresentados em detalhe para demonstrar o procedimento eficaz de
o cliente com o conectivo causativo implícito assim na sentença:
intercalando sugestões psicoterapêuticas entre aqueles
empenhada em induzir e manter um transe hipnótico. Os pacientes
Então, eu gostaria que você sentasse naquela poltrona enquanto conversava
tratados sofreram respectivamente de manifestações neuróticas e
você.
a dor da doença maligna terminal.
A forma geral desta série, então é:
Vamos agora considerar mais detalhadamente como Erickson
assim Eu gostaria que você sentasse em
constrói esta técnica interspersal e também extrair mais de sua
A, B, C, D, E,
essa poltrona enquanto eu falo com você
padrões de linguagem para induzir hipnose e dar sugestões.
Uma indução mais básica será apresentada mais tarde, por enquanto
examinar o relato de Erickson de sua experiência com Joe por sua
Observe, além disso, que a última declaração em si inclui um
qualidade única de ter pouca cooperação por parte do
Causativo que liga uma declaração imediatamente verificável a um pedaço de
cliente além de tentar entender o que Erickson fala com ele.
comportamento que Erickson deseja extrair de Joe:
Vamos ver como uma história de uma planta de tomate pode evoluir para um
Como Eu gostaria que você sentasse em
série eficaz e extremamente necessária de sugestões para o alívio da
eu falo com você
essa poltrona
dor.
Erickson começa monitorando as experiências do cliente.
Descrevendo o que ele sabe ser verdade sobre o cliente, ele também
Em seguida, observe que o comportamento que Erickson deseja extrair de Joe não é
escolhe um assunto de interesse para o cliente para chamar sua atenção. este
solicitado diretamente, mas sim que Erickson usa um postulado de conversação,
tem mais do que apenas a vantagem de fazer com que o cliente ouça; isto
evitando assim o comando direto sentar­se naquela poltrona como ele diz:
também é uma parte da experiência do cliente em que ele tem uma grande
investimento de si mesmo. Erickson quer que o cliente seja capaz de
. . .
Eu gostaria que você se sentasse naquela
poltrona. .
.
pegar o conteúdo da história e generalizar o índice referencial
Eu vou dizer muitas coisas para você, mas não será sobre flores
para ele mesmo. Ele em um ponto até disse a Joe:
porque você sabe mais do que eu sobre
flores. Isso não é o que você quer.
É tão agradável só poder pensar numa planta como se
era um homem.
Aqui Erickson usa uma série de padrões:
A afeição de Joe pelas plantas tornará mais fácil para Joe selecionar
Muitas
.
Nenhum
índice referencial nas coisas.
índice referencial próprio como substituto relevante para o tomateiro.
Aqui Erickson começa com uma série de declarações de ritmo:
Não será sobre flores
Nenhum índice referencial nele.
Eu sei que você é uma florista
= A
Porque você sabe mais que
Leitura de mente(você conhecer),
Eu faço sobre flores
Causa­efeito (porque).
Que você gosta de cultivar flores
= B
Eu cresci em uma fazenda em Wiscon=s iCn
26
Isso não é o que você quer Leitura de ment(eisso não é Coisa falar Supressão (estranho
Isso não é o que você quer
Leitura de ment(eisso não é
Coisa
falar
Supressão (estranho para quem? Falar
o que você quer). Erickson
.
a quem?).
repete
Joe's
palavra
(previamente escrito)
faz
.
Causa­Efeito
faz ...).
o que você quer.
" Um á
.
Falta de índice referencial.
DentrAodição, Erickson usa uma meta­comunicação
(comunicação sobre comunicação) técnica de perto
sentir
vai trazer
Marcação analógica de menor
relacionado à técnica de restrição de restrição de seleção
satisfação
estruturas incluídas.
mencionado anteriormente. Aqui Erickson comenta diretamente sobre
.
Nominalização com acompanhamento
sua comunicação pretendida com Joe. Ele diz que vai
exclusões e falta de referencial
para falar com Joe, mas não sobre flores. Como a comunicação
índices.
desenvolve, no entanto, Erickson superficialmente fala sobre um tomate
planta ­ de fato, empregando a violação de restrição de seleção
A semente absorve água, não muita dificuldade em fazer isso porque
técnica. Aqui Erickson está avisando diretamente a Joe que ele quer
das chuvas que trazem paz e conforto e
Joe para encontrar algum outro índice referencial para a comunicação
a alegria de crescer para flores e tomates.
sobre plantas de tomate.
.
Nominalização com acompanhamento
Agora, enquanto falo e posso fazê­lo confortavelmente, desejo que
.
exclusões e falta de índices referenciais.
você vai me ouvir confortavelmente enquanto eu falo sobre um
planta de tomate.
.
Verbos não especificados.
Como
Como
Causativos Implícitos.
.
Link causa­efeito.
ouvirMarcação analógica,
Seletivo restrição violação
eu confortavelmente estrutura menor incluída
para flores e plantas de tomate
Eu desejo que você
.
Uso de agramatical
Além disso, aqui a meta­comunicação anterior de Erickson
...
não será sobre
frase
estrutura
flores é relevante, desde que ele avisou Joe que ele não estaria falando sobre
alertando Joe para especial
flores e aqui está ele, de fato, falando de flores, o ônus de construir
mensagem
desejo
vai
um significado para esta comunicação que recai sobre Joe.
em vez de
desejo ...
seria. .
.
Aquela pequena semente, Joe, lentamente incha, manda um pequeno radiculo com
cníeliloe.s Agora você pode não saber o que são cílios, mas cílios são coisas que
Isso é uma coisa estranha de se falar. Isso torna um curioso.
trabalhar para ajudar a semente de tomate crescer, para empurrar­se acima do solo
Por que falar de um tomateiro? Um coloca uma semente de tomate
planta brotando, e você pode me ouvir Joe, então vou continuar falando
como um
no chão. Pode­se sentir esperança de que ele se transformará em um
e você pode continuar ouvindo, imaginando, apenas imaginando o que você
planta de tomate que trará satisfação pela fruta que
pode
realmente aprende.
tem.
. . .
semente. . .
rootlet. . .
cílios
Todos os substantivos cujo referencial
27

semente de

brotando

índice já foi

.

desqualificado

de

De Erickson

meta anterior

comunicação.

Indução básica do transe com comentário

continue . Pressuposto que Joe tem Isso agora deve começar a dar uma idéia do nível
continue
.
Pressuposto que Joe tem
Isso agora deve começar a dar uma idéia do nível de complexidade de
estava escutando.
Erickson emprega para criar uma indução ou dar sugestões.
A habilidade de Erickson de utilizar a linguagem dessa maneira complexa é o resultado de
.
.
.
.
Verbos não especificados.
experiência e criatividade, além de sua crença corajosa na capacidade das pessoas de
aprender
aprender
as coisas que eles precisam saber. No entanto, embora o próprio Erickson possa gerar
imaginando o que você podeEstrutura menor incluída
esses padrões de linguagem espontaneamente, ele não sabe conscientemente
realmente
.
(a pergunta ­ O que pode
características formais. Como Erickson afirmou:
você realmente aprende?).
A Estrutura da Magia I de Richard Bandler e John Grinder
é uma simplificação deliciosa das infinitas complexidades do
assim .
.
.
Links ­ conjunções simples,
linguagem que eu uso com meus pacientes. Ao ler este livro, aprendi
Como
.
Causativos Implícitos.
muito sobre as coisas que eu fiz sem saber
sobre eles.
coisas que
.
Falta de índice referencial.
A indução que se segue foi gravada na presença do autor (Grinder), e
você pode me
.
Postulados de conversação.
é apresentado na íntegra, com comentários à direita.
você pode realmente aprender
(1) você vai descruzar o seu
Erickson
começa indução
. . .
e aqui está seu lápis e seu bloco, mas falando de
pernas?
com um postulado conversacional.
o tomate cresce tão lentamente. Você não pode ver
crescer, você não pode ouvi­ lo
crescer, mas cresce ele faz ­ o primeiro
(2)
Con! ...
Você vai descruzar suas pernas (um
pequenas coisas no talo, os pêlos finos
postulado de conversação), como
o caule, esses cabelos estão nas folhas também como os cílios
descrito anteriormente é um formulário de pergunta
a
raízes, eles devem fazer a planta de tomate se sentir muito
de um dos pressupostos do
Boa,
comando, "descruzar suas pernas". este
movimento começa o processo de ter o
e aqui está o seu lápis e
Instrução de estimulação
cliente operar padrões que não são
seu pad
ordinariamente consciente, ao mesmo tempo
colocando­a em posição de transe
mas falando do
Exclusão (quem está falando para
indução como ela já começou a
.
o qual?).
responder a sua sugestão em um despertar
nível.
eles devem fazer o
planta
de tomate se sente muito
violação
(3) E sente­se com as mãos
E liga esta conversação
Boa..
.
28

bem assim

postular para o seu próximo com

move­se onde?) e a nominalização

mand, que também não é

necessidade.

expresso como um comando

mas uma continuação do

(9) Você realmente não precisa

Pressuposto do restante

padrão anterior de

preste atenção em

mim

de sentença quando realmente ocorre,

postulado de conversação.

.

atenção de nominalização ,

Aqui há uma adição

e o começo de um efeito de causa

ambigüidade internacional (escopo)

declaração (porque), não tem que pagar

de saber se é você

a atenção tem o postulado conversacional

ou simplesmente

.

"não preste atenção".

(4) E olhe para qualquer lugar

Continuando o mesmo

(10) sua mente inconsciente

Pressupõe que o cliente

processo de

vai me ouvir

mente inconsciente existe e

postulado de conversação

pode ouvir Erickson falando, menor

Aqui. estrutura incluída me ouça. (5) E não toque isto (11) E vai entender Supressão (entenda
Aqui.
estrutura incluída me ouça.
(5) E não toque
isto
(11) E vai entender
Supressão (entenda o que?),
estrutura menor incluída (Compreendo),
(6) E, sim, apenas mantenha Apenas continue procurando,
pressupõe
verbo não especificado (entender).
olhando para aquele local
que nada mais é necessário
do cliente. No mesmo
(12) Realmente nem precisa
Uso de palavras mesmo e realmente,
tempo "e" liga este
preste atenção em mim
restante da comunicação
declaração de uma forma casual para
pressuposto. Sentença sem gramática
todosque precedeu.
poste de conversação, menor incluído
Além disso, o predicado
estrutura (preste atenção), nominalização
mantenha na frase manter
necessidade.
olhando pressupõe que o
(13) E enquanto você esteve
Declaração de ritmo ligado a
cliente está procurando.
sentado ai
declarações anteriores de e e implícitas
(7) Agora não há necessidade dPeostulado de conversação
Causativo enquanto.
conversa
com a força de a
comando "não fale" além disso
(14) você tem feito o
Falta de índice referencial
à supressão (quem fala sobre
mesma coisa
(coisa), apagamento (mesmo como o que
o que para quem?)
e o nome
para quem?), predicado não especificado fazendo.
necessidade de ini­
eliminações de empresas e falta
(15) que você fez quando você Supressão (fez o quê?), Implícita
de índices referenciais.
primeiro foi para a escola
Causativo quando, idade
regressão
(8) Não há necessidade de se mover Não gramatical
sugestão, ambos mencionando o anterior
seqüência
do
período de vida do cliente e do
palavras, exclusões (quem
declaração de que o cliente está fazendo o mesmo
29
 

coisa agora.

acessando, regressão de idade sugere

 

exclusão (para quem?).

(16) Quando você viu pela primTaerireafa v deze nominalizações e escritura

 
 

tarefa de escrever

com acompanhamento

(23) E enquanto você estava

Hemisfério não dominante ac

 

exclusões e falta de

mastenando esses problemas cessando, leitura da mente, nomi

referencial índices, era

­ você estava se formando nalização problemas com

sugestão de regressão quando

imagens mentais que ficam deleções acompanhantes e

Comobem ComoImplícita

com você pelo resto de

falta de índices referenciais.

Causativo

sua vida

(17)

As cartas do

O predicado viu em (16) mais

(24) Mas você não sabia disso

Sugere amnésia.

alfabeto

a referência às cartas de

então

 

o alfabeto é poderoso

acesso do não

(25) E enquanto você esteve

Ritmo

declaração, Implícita

dominante hemisfério

sentado ai

Causativo (enquanto).

técnicas.

 

(26)

A mesma coisa tem sido Todas as descrições acima

(18) Parecia um

Deletions (parecia a quem,

acontecendo com você agora estão ocorrendo neste momento:

tarefa impossível

impossível para quem?), nomi

que aconteceu com você

regressão,

amnésia,

tarefa de nalização .

então

formando imagens mentais, aprendendo,

 

a mesma coisa não tem índice referencial

(19) E como você

Estrutura menor incluída (reconhecer

e poderia ser qualquer coisa ­ isso permite que o

reconhecer um "b" ase "mb" p, apuesrag,u pnetram feitiitnado respondendo a todo o acima para alguns
reconhecer
um "b"
ase "mb" p, apuesrag,u pnetram feitiitnado
respondendo a todo o acima para alguns
cliente para escolher. Enquanto mais provável
cliente
para
responder
grau, o fraseado de Erickson sobre isso
abertamente.
sentença também fez uma imersão
comando, a mesma coisa está acontecendo
(20) Como é diferente de um
Eliminação (diferente
para
para você NOWWWWWWWW ­ que acontece
"d"
o qual?),
as crianças têm exatamente
pened para você então. Marcando em tal
esta dificuldade ­ assim, idade
maneira que tonalmente implica "faça".
sugestão de regressão.
(21) E números
Também armazenado em
dominante
(27) Sua respiração é alterada Isso está andando, Erickson
hemisfério,
viu seu cliente
fragmento não gramatical.
(28) Sua pressão sanguínea é alteradade perto e é
descrevendo a mudança
(22) É um 6 um de cabeça para baixNoã 9o gramatical
fragmentos,
(29) Seu batimento cardíaco é alteradoele viu, reforçando
. . .
9 é de cabeça para baixo 6 hemisfério não dominante
por feedback e também
(30) O reflexo das pálpebras é alteradopressupondo que tivesse
30
 

já ocorreu.

postulado.

(31) E você tem uma mental Leitura mental, conjunção e

 

(38) E um deles é o

Falta de referencial

índice

imagem, uma imagem visual dleigando o ritmo de leitura da mente

entendendo que você pode ir

aqueles, pressuposto (um),

esse ponto e agora você

declaração e desejado ser

 

costas

nominalização (Compreendo

pode fechar seus olhos

havior,

não gramatical (dois

menor estrutura incluída,

NOWWWW

ocorrências

do

agora),

postulado de conversação.

conversacional postulado,

 

menor estrutura in cluída,

 

(39) Então talvez você possa

Causativo implícito então, menor

verbo não especificado(obteve),

tem a experiência

estrutura incluída, analógica

analógico marcação

marcação, nominalização (experiência ),

Agora www.

 

(40) , , De não saber

Estrutura menor incluída (o

(32) E agora você pode aproveLitiagração conjunta e, menor

 

qual de suas mãos

pergunta qual dos seus

o conforto de ir sempre

estrutura incluída,

vai levantar primeiro

.)

pressuposto

mais fundo no transe

conversacional

postulado,

qual das suas

pressupõe

pressuposições, nominalizações.

 

essa de suas

., pressuposto

 

primeiro pressupõe que uma mão vai levantar

(33) E eu quero que você aprovFeailttea de índice referencial (it)

 

e pergunta qual será o primeiro.

cada momento disso

pressuposto (cada

 

momento), menos incluído

marcação analógica.

E eu não preciso

Exclusão (fale com você sobre

 

falar com você

o que?).

(35) Você pode ter um monte deEstrutura menor incluída, con

 

prazer

postulado versacional, nominal

ização (prazer)

com

deleções acompanhantes e

falta ou índices referenciais,

pressuposição (muito). (36) Ao tomar consciência da pressuposição (consciente é uma fac confortos predicado), nominalização confortos,
pressuposição (muito).
(36) Ao tomar consciência da pressuposição (consciente é uma fac
confortos
predicado), nominalização
confortos, predicado não especificado,
marcação analógica.
(37) Você pode ter dentro
Estrutura menor incluída, un
você mesmo
verbo especificado, conversação
31

Uma consulta especial com Aldous

Caráter de vários

estados de

comentário

representa o mundo. No uso da hipnose em contextos médicos ou odontológicos, a

médico deve ajudar cada cliente a alcançar um estado alterado de consciência

que lhe permitirá experimentar o mundo de uma maneira radicalmente diferente da

do seu estado normal de consciência, para que, de outra forma, seja difícil

Huxley na natureza e

Consciência, com

procedimentos cirúrgicos podem prosseguir e o paciente ser adequadamente tratado.

para cada um desses contextos é maior capacidade do cliente para controlar partes de sua

Comum

 

experiência normalmente representada como fora de seu controle (por exemplo, a

O comportamento do paciente é uma parte do problema

memórias de eventos do passado distante, para dissociar a dor severa, etc.). o

capacidade de

trouxe para o escritório; constitui o

cliente, com a ajuda do hipnotizador, consegue literalmente a dominação

ambiente pessoal dentro do qual a terapia

porções do seu sistema nervoso geralmente consideradas além do controle consciente ­ ele

deve ter efeito; pode constituir a dominante

pode ter sucesso em ganhar um comando fenomenal sobre o processo em curso de sua

força na relação paciente­médico local.

experiência direta do mundo, seu processo de modelagem.

Desde que tudo o que o paciente traz para o

Uma das competências mais valorizadas na cultura da Europa Ocidental é a

escritório é de alguma forma parte dele e parte

experiência que chamamos de criatividade ou o ato criativo. Embora haja pouco

do seu problema, o paciente deve ser visto

acordo sobre a natureza dessa experiência, os pesquisadores da criatividade,

com um olho simpático avaliando a totalidade

tipicamente, caracterizá­lo como um estado de consciência alterada. Em estudos de

que confronta o terapeuta. muitos dos matemáticos mais famosos do mundo, por exemplo, o com­

Milton H. Erickson, O Uso de

mentores, bem como os próprios matemáticos, notaram que seus

Sintomas como uma parte integral de

descobertas e invenções muitas vezes chegam a eles na forma de sonhos, de súbita

insights sobre a solução para um problema que eles não estão trabalhando

Hipnoterapia

conscientemente. 8

Milton Erickson é geralmente reconhecido como o líder prática Neste primeiro artigo, Erickson está trabalhando em conjunto com Aldous Huxley

médico da hipnose médica eo uso de hipnose na psi­

explorando os "vários estados de consciência psicológica". Huxley, claro, é

contexto terapêutico. Ele tem insistido constantemente ao longo dos anos de

reconhecido como um dos indivíduos mais criativos na recente Europa Ocidental

sua pesquisa contínua sobre a natureza da hipnose e do

história. Neste contexto, vemos o comportamento sistemático de Erickson na assistência

trabalho da mente humana em estados alterados de consciência,

Huxley para alcançar estados alterados de consciência com uma sensibilidade para Huxley

que hipnotizadores, psicoterapeutas, médicos e dentistas

poderosos recursos criativos. Os princípios de comunicação que permitem

desenvolver uma capacidade refinada para identificar e atender as necessidades especiais Erickson para agir de forma tão eficaz em um encontro psicoterapêutico ocorre com

e os requisitos que seus clientes trazem

consigo para o

clareza nesta situação especial em que os recursos impressionantes de um altamente

contexto específico. Erickson percebe que a comunicação completa

indivíduo criativo está sendo explorado com ele. É neste artigo, talvez, que

entre duas pessoas tanto no consciente quanto no inconsciente

o potencial que a hipnose oferece como uma ferramenta tanto para pesquisa em

níveis podem ocorrer quando há uma sensibilidade para a valiosos estados alterados de consciência e para a exploração de estender o

modelo do mundo. No contexto terapêutico, por exemplo, o

os limites da experiência humana se mostram mais claramente. Não só são de Erickson

terapeuta assume a responsabilidade de fazer contato e

técnicas potentes disponíveis como técnica para auxiliar na troca de porções

ajudando o cliente a aprender as habilidades de comunicação necessárias

do modelo normal de um indivíduo do mundo de uma forma que é estreitamente

permitir qualquer mudança em seu comportamento que ele precise. Muitas vezes isso terapêutico ou médico ou dental, mas eles também fornecem uma completa

pode exigir que o terapeuta tenha habilidade em ensinar o cliente a

abordagem para o mapeamento de porções do potencial humano não normalmente

desenvolver uma nova maneira de representar sua exp­e rliiêtenrcailamente

experientes ­ partes do potencial humano que podemos chamar de atos criativos.

ensinando o cliente a ter novas escolhas comportamental(mouente

consciente ou inconscientemente ou ambos) sobre a maneira como ele 32
consciente ou inconscientemente ou ambos) sobre a maneira como ele
32
Uma consulta especial com Aldous Huxley na Nature and e do fato de que cada um
Uma consulta especial com Aldous Huxley na Nature and
e do fato de que cada um de nós tinha, pela natureza da situação, feito
Caráter dos Vaidosos Estados da
Consciência 9
notações separadas, tendo uma sobre a outra.
Nosso plano era deixar esses cadernos com Huxley desde que ele
Introdução
memória fenomenal, muitas vezes parecendo ser lembrança total, e seu superior
Durante um período de quase um ano, muito tempo foi gasto por Aldous
capacidade literária permitiria uma escrita mais satisfatória de um artigo
baseado em nossas discussões e experimentações do trabalho daquele dia.
Huxley e pelo autor, cada um planejando separadamente para um inquérito conjunto
em vários estados de consciência psicológica. Inquéritos especiais, possíveis
No entanto, eu fiz resumo do meu caderno certas páginas com anotações
métodos de abordagem experimental e investigações e várias
sobre o comportamento de Huxley nos momentos em que ele, como sujeito
perguntas a serem propostas foram listadas por cada um de nós em nossos respectivos
einxcpaepraimz edne tfaalz, eerr aanotações abrangentes sobre si mesmo, embora
experimentalmente ele podia e fez isso, embora menos do que eu. isto
cadernos de folhas soltas. O objetivo era preparar um contexto geral
Foi proposto que, a partir dessas páginas especiais, eu me esforçasse para
para o estudo conjunto proposto com este contexto geral refletindo a
desenvolver um artigo que poderia ser incorporado mais adiante no estudo mais
pensando em nós dois sem sermos influenciados pelo outro. Esperava­se desta maneira
Huxley deveria escrever. Assim, eu abstraí um certo número de páginas
para garantir a cobertura mais ampla possível de idéias por meio de esboços separados
longo que
com a intenção de garantir ainda mais em uma data posterior. Estas páginas que
preparado a partir dos contextos marcadamente diferentes de compreensão que
removi
Huxley rapidamente copiou em seu próprio caderno para ter certeza da completude
nós dois possuímos.
de seus próprios dados.
No início de 1950 nos conhecemos na casa de Huxley em Los Angeles, lá para
Infelizmente, um incêndio na Califórnia destruído algum dia depois
passar um dia intensivo avaliando as idéias registradas em nosso separado
A casa de Huxley, sua extensa biblioteca contendo muitos volumes raros e
notebooks e para se envolver em quaisquer investigações experimentais que pareciam
manuscritos, além de inúmeros outros tesouros para não falar do
factível. Eu estava particularmente interessado na abordagem de Huxle y
para
manuscritos em que Huxley estava trabalhando atualmente, bem como o
problemas psicológicos, seu método de pensar e seu próprio uso exclusivo
respectivos cadernos de nossa articulação especial
de sua mente inconsciente que havíamos discutido apenas brevemente em algum momento
estude. Como resultado, todo o assunto do nosso projeto foi
anteriormente. Huxley estava particularmente interessado em hipnose e
caiu como um tópico muito doloroso para discutir, mas a recente morte de Huxley
trabalho extremamente breve com ele havia