Você está na página 1de 8

Português 1.

˚ ano

Metas Curriculares
vs
Aprendizagens Essenciais

Introdução 2

Comparação entre as Metas Curriculares e as Aprendizagens


Essenciais de Português do 1.˚ ano 4
Metas Curriculares vs Aprendizagens Essenciais Português 1.˚ ano

Introdução

A definição do objeto e dos objetivos para o ensino e a aprendizagem da língua portuguesa ao


longo dos doze anos de escolaridade obrigatória tem em conta a realidade vasta e complexa
que é uma língua e incorpora o conjunto das competências que são fundamentais para a
realização pessoal e social de cada um e para o exercício de uma cidadania consciente e
interventiva, em conformidade com o Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória.
Assumir o português como objeto de estudo implica entender a língua como fator de
realização, de comunicação, de fruição estética, de educação literária, de resolução de
problemas e de pensamento crítico. É na interseção de diversas áreas que o ensino e a
aprendizagem do português se constroem: produção e receção de textos (orais, escritos,
multimodais), educação literária, conhecimento explícito da língua (estrutura e
funcionamento). Cada uma delas, por si e em complementaridade, concorre para competências
específicas associadas ao desenvolvimento de uma literacia mais compreensiva e inclusiva:
uma participação segura nos «jogos de linguagem» que os falantes realizam ativando saberes
de uma pluralidade de géneros textuais, em contextos que o digital tem vindo a ampliar; uma
correta e adequada produção e uma apurada e crítica interpretação de textos; um
conhecimento e uma fruição plena dos textos literários do património português e de
literaturas de língua portuguesa, a formação consolidada de leitores, um adequado
desenvolvimento da consciência linguística e um conhecimento explícito da estrutura, das
regras e dos usos da língua portuguesa. Do todo daqui resultante emergem as aprendizagens
essenciais da disciplina de Português.

Estas aprendizagens são essenciais para ler na íntegra uma obra literária, para compreender
uma decisão jurídica, um poema épico ou um ensaio filosófico, para interpretar um discurso
político, para inferir a intencionalidade comunicativa de um texto argumentativo, para
mobilizar conscientemente regras linguísticas apropriadas a cada discurso que se produza,
para conhecer explicitamente elementos, estruturas e princípios de funcionamento da própria
língua, para rever e melhorar um texto produzido por si próprio ou por um colega, para
preparar adequadamente uma intervenção num debate, para apresentar uma comunicação
sobre uma questão científica ou tecnológica, para intervir com propriedade em qualquer
discussão de ideias, para comunicar conhecimento e defender ideias, para ler e para escrever o
seu mundo interior e o mundo em que os alunos se movimentam.

Ao longo do 1.˚ ciclo do ensino básico, a disciplina de Português permitirá aos alunos
desenvolverem, em níveis progressivamente mais exigentes, competências nucleares em
domínios específicos: a compreensão do oral, a expressão oral, a leitura, a educação literária, a
expressão escrita e o conhecimento explícito da língua. No final deste ciclo de ensino, no
domínio da oralidade, os alunos deverão estar aptos não só a compreender discursos (escutar,
descobrir pelo contexto o significado de palavras ainda desconhecidas, saber reter o essencial,
identificar a intenção comunicativa do interlocutor em textos adequados à faixa etária), mas
também a expressar-se de forma adequada (de modo claro, audível, e apropriado ao contexto),
desenvolvendo capacidades discursivas como elaborar narrativas, descrições, opiniões,
pedidos, num processo de desenvolvimento e consolidação da competência comunicativa. No

©Texto . PLIM! . Recursos do Professor | Metas Curriculares vs Aprendizagens Essenciais


2
Metas Curriculares vs Aprendizagens Essenciais Português 1.˚ ano

domínio da leitura, pretende-se que os alunos tenham adquirido competência na leitura de


textos escritos tornando-se leitores fluentes. No domínio da educação literária, pretende-se que
os alunos se familiarizem e contactem diariamente com literatura de referência, a partir da
qual poderão desenvolver capacidades de apreciação. Fazer da leitura um gosto e um hábito
para a vida e encontrar nos livros motivação para ler e continuar a aprender dependem de
experiências gratificantes de leitura, a desenvolver a partir de recursos e estratégias
diversificados, que o Plano Nacional de Leitura (PNL) disponibiliza, e de percursos orientados de
análise e de interpretação. Especificamente na concretização de estratégias de leitura
orientada, este domínio abre possibilidade de convergência de atividades de oralidade, de
leitura, de escrita e de reflexão sobre a língua, visto que, sendo objeto o texto literário, nele se
refletem procedimentos de compreensão, análise, inferência, escrita e usos específicos da
língua. No domínio da escrita, é esperado que, no final do 1.˚ ciclo, os alunos tenham atingido o
domínio de técnicas básicas para a escrita de textos com vista a uma diversidade de objetivos
comunicativos (contar histórias, fazer relatos de experiências pessoais, elaborar respostas a
perguntas em contexto escolar, escrever cartas/e-mails a amigos e familiares, formular uma
opinião), o que implica o desenvolvimento de competências específicas (compor um texto com
uma organização discursiva adequada, diversidade vocabular; cumprir as normas, como a
ortográfica, e adequar os sinais específicos de representação escrita da língua). No âmbito da
gramática, o 1.˚ ciclo do ensino básico permitirá aos alunos desenvolverem a sua consciência
linguística, consolidando gradualmente a capacidade de reflexão e de domínio das regras que
estruturam a língua e que regem o seu uso.

O 1.˚ e o 2.˚ anos do 1.˚ ciclo do ensino básico funcionam como um continuum no processo de
iniciação, de desenvolvimento e de consolidação da compreensão e da expressão da linguagem
escrita, nas vertentes da leitura e da escrita, o que implica uma estreita articulação com a
oralidade. Ao longo destes dois anos de escolaridade, pretende-se desenvolver a:

− competência da oralidade (compreensão e expressão) com vista a interagir com adequação


ao contexto e a diversas finalidades (nomeadamente, reproduzir pequenas mensagens, cumprir
instruções, responder a questões; exprimir opinião, partilhar ideias e sentimentos);

− competência da leitura com vista a um domínio progressivamente mais seguro da


compreensão dos textos;

− educação literária por meio de uma relação afetiva e estética com a literatura e com textos
literários orais e escritos, através de uma experimentação artístico-literária que inclua ouvir,
desenhar, ler, escrever, dramatizar, representar, recitar, recontar, apreciar;

− competência da escrita, que inclua saber escrever pequenos textos para a apropriação
progressiva da dimensão gráfica, ortográfica e compositiva da escrita;

− consciência linguística (fonológica, morfológica, lexical, sintática, semântica, textual-


discursiva) com alguma metalinguagem elementar (sílaba, por exemplo).

DGE, 20 de julho de 2018


http://www.dge.mec.pt/aprendizagens-essenciais-ensino-basico

©Texto . PLIM! . Recursos do Professor | Metas Curriculares vs Aprendizagens Essenciais


3
Metas Curriculares vs Aprendizagens Essenciais Português 1.˚ ano

Comparação entre as Metas Curriculares e as Aprendizagens Essenciais de Português 1.˚ ano


Nota: a azul estão os itens que correspondem a novos conteúdos nas Aprendizagens Essenciais.

Metas Curriculares Aprendizagens Essenciais


ORGANIZADOR
DOMÍNIO (Descritores) (Conhecimentos, capacidades e atitudes)
Domínio
ORALIDADE 1. Respeitar regras da interação discursiva. ORALIDADE
1. Escutar os outros e esperar pela sua vez para falar.
1.˚ ano 1.˚ ano
2. Respeitar o princípio de cortesia.
2. Escutar discursos breves para aprender e construir conhecimentos.
1. Reconhecer padrões de entoação e ritmo (exemplo: perguntas, • Saber escutar para interagir com adequação ao contexto e a diversas finalidades
Compreensão
afirmações). (nomeadamente, reproduzir pequenas mensagens, cumprir instruções, responder a
2. Assinalar palavras desconhecidas. questões).
3. Cumprir instruções. • Identificar informação essencial em textos orais sobre temas conhecidos.
4. Referir o essencial de um pequeno texto ouvido.
3. Produzir um discurso oral com correção.
1. Falar de forma audível. Expressão
2. Articular corretamente palavras. • Utilizar padrões de entoação e ritmo adequados na formulação de perguntas, de
3. Usar vocabulário adequado ao tema e à situação. afirmações e de pedidos.
4. Construir frases com graus de complexidade crescente. • Pedir a palavra e falar na sua vez de forma clara e audível, com uma articulação correta
4. Produzir discursos com diferentes finalidades, tendo em conta a situação e natural das palavras.
e o interlocutor. • Exprimir opinião partilhando ideias e sentimentos.
1. Responder adequadamente a perguntas.
2. Formular perguntas e pedidos.
3. Partilhar ideias e sentimentos.
LEITURA E 5. Desenvolver a consciência fonológica e operar com fonemas. LEITURA E
1. Discriminar pares mínimos.
ESCRITA ESCRITA
2. Repetir imediatamente depois da apresentação oral, sem erros de
1.˚ ano identidade ou de ordem, palavras e pseudopalavras constituídas por pelo 1.˚ ano
menos 3 sílabas: CV (consoante – vogal) ou CCV (consoante – consoante –
vogal).
3. Contar o número de sílabas numa palavra de 2, 3 ou 4 sílabas.
4. Repetir uma palavra ou pseudopalavra dissilábica sem dizer a primeira
sílaba.
5. Decidir qual de duas palavras apresentadas oralmente é mais longa
(referentes de diferentes tamanhos, por exemplo “cão” – “borboleta”).

©Texto . PLIM! . Recursos do Professor | Metas Curriculares vs Aprendizagens Essenciais


4
Metas Curriculares vs Aprendizagens Essenciais Português 1.˚ ano

Curriculares Metas Curriculares Aprendizagens Essenciais


ORGANIZADO
DOMÍNIO (Descritores) R (Conhecimentos, capacidades e atitudes)
Domínio
LEITURA E 6. Indicar desenhos de objetos cujos nomes começam pelo mesmo fonema. LEITURA E
7. Repetir uma sílaba CV (consoante – vogal) ou CVC (consoante – vogal –
ESCRITA ESCRITA
consoante) pronunciada pelo professor, sem o primeiro fonema.
1.˚ ano 8. Repetir uma sílaba V (vogal) ou VC (vogal – consoante), juntando no início uma
1.˚ ano
consoante sugerida previamente pelo professor, de maneira a produzir uma
sílaba CV (consoante – vogal) ou CVC (consoante – vogal – consoante), Leitura
respetivamente.
9. Reunir numa sílaba os primeiros fonemas de duas palavras (por exemplo, “lápis
• Pronunciar segmentos fónicos a partir dos respetivos grafemas e dígrafos,
usado” —> “lu”), demonstrando alguma capacidade de segmentação e de
incluindo os casos que dependem de diferentes posições dos fonemas ou dos
integração de consoante e vogal.
grafemas na palavra.
6. Conhecer o alfabeto e os grafemas.
1. Nomear a totalidade das letras do alfabeto e pronunciar os respetivos • Identificar as letras do alfabeto, nas formas minúscula e maiúscula, em resposta
segmentos fónicos (realização dos valores fonológicos). ao nome da letra.
2. Fazer corresponder as formas minúscula e maiúscula da maioria das letras do • Nomear, pela sua ordenação convencional, as letras do alfabeto.
alfabeto.
3. Recitar o alfabeto na ordem das letras, sem cometer erros de posição relativa.
4. Escrever as letras do alfabeto, nas formas minúscula e maiúscula, em resposta
ao nome da letra ou ao segmento fónico que corresponde habitualmente à letra.
5. Pronunciar o(s) segmento(s) fónico(s) de, pelo menos, cerca de ¾ dos grafemas
com acento ou diacrítico e dos dígrafos e ditongos.
6. Escrever pelo menos metade dos dígrafos e ditongos, quando solicitados pelo
valor fonológico correspondente.
7. Ler em voz alta palavras, pseudopalavras e textos.
1. Ler pelo menos 45 de 60 pseudopalavras monossilábicas, dissilábicas e • Ler palavras isoladas e pequenos textos com articulação correta e prosódia
trissilábicas adequada.
(em 4 sessões de 15 pseudopalavras cada).
2. Ler corretamente, por minuto, no mínimo, 25 pseudopalavras.
3. Ler pelo menos 50 em 60 palavras monossilábicas, dissilábicas e trissilábicas
regulares e 5 de uma lista de 15 palavras irregulares.
4. Ler corretamente, por minuto, no mínimo 40 palavras de uma lista de palavras
de um texto apresentadas quase aleatoriamente.
5. Ler um texto com articulação e entoação razoavelmente corretas e uma
velocidade de leitura de, no mínimo, 55 palavras por minuto.

©Texto . PLIM! . Recursos do Professor | Metas Curriculares vs Aprendizagens Essenciais


5
Metas Curriculares vs Aprendizagens Essenciais Português 1.˚ ano

Curriculares Metas Curriculares Aprendizagens Essenciais


ORGANIZADOR
DOMÍNIO (Descritores) (Conhecimentos, capacidades e atitudes)
Domínio
LEITURA E 8. Ler textos diversos. LEITURA E
1. Ler pequenos textos narrativos, informativos e descritivos; poemas e banda
ESCRITA ESCRITA
desenhada.
1.˚ ano 9. Apropriar‐se de novos vocábulos.
1.˚ ano
1. Reconhecer o significado de novas palavras, relativas a temas do quotidiano,
áreas de interesse dos alunos e conhecimento do mundo (por exemplo, casa, Leitura
família, alimentação, escola, vestuário, festas, jogos e brincadeiras, animais, jardim,
cidade, campo).
10. Organizar a informação de um texto lido. • Inferir o tema e resumir as ideias centrais de textos associados a diferentes
1. Identificar, por expressões de sentido equivalente, informações contidas finalidades (lúdicas, estéticas, informativas).
explicitamente em pequenos textos narrativos, informativos e descritivos, de cerca
de 100 palavras.
2. Relacionar diferentes informações contidas no mesmo texto, de maneira a pôr
em evidência a sequência temporal de acontecimentos e mudanças de lugar.
3. Identificar o tema ou o assunto do texto.
4. Referir, em poucas palavras, os aspetos nucleares do texto.
11. Relacionar o texto com conhecimentos anteriores. • Representar por escrito os fonemas através dos respetivos grafemas e
1. Escolher, em tempo limitado, entre diferentes frases escritas, a que contempla dígrafos, incluindo os casos que dependem de diferentes posições dos
informação contida num texto curto, de 30 a 50 palavras, lido anteriormente. fonemas ou dos grafemas na palavra.
2. Interpretar as intenções e as emoções das personagens de uma história.
12. Monitorizar a compreensão.
1. Sublinhar no texto as frases não compreendidas e as palavras desconhecidas e
pedir esclarecimento e informação ao professor e aos colegas. Escrita
13. Desenvolver o conhecimento da ortografia.
1. Escrever corretamente a grande maioria das sílabas CV, CVC e CCV, em situação • Escrever palavras de diferentes níveis de dificuldade e extensão silábica,
de ditado. aplicando regras de correspondência fonema – grafema.
2. Escrever corretamente mais de metade de uma lista de 60 pseudopalavras
monossilábicas, dissilábicas e trissilábicas.
3. Escrever corretamente cerca de 45 de uma lista de 60 palavras regulares e 5 de
uma lista de 15 palavras irregulares, em situação de ditado.
4. Escrever corretamente os grafemas que dependem do contexto em que se
encontram.
5. Elaborar e escrever uma frase simples, respeitando as regras de correspondência
fonema – grafema.
6. Detetar eventuais erros ao comparar a sua própria produção com a frase escrita
corretamente.

©Texto . PLIM! . Recursos do Professor | Metas Curriculares vs Aprendizagens Essenciais


6
Metas Curriculares vs Aprendizagens Essenciais Português 1.˚ ano

Curriculares Metas Curriculares Aprendizagens Essenciais


ORGANIZADOR
DOMÍNIO (Descritores) (Conhecimentos, capacidades e atitudes)
Domínio
LEITURA E 14. Mobilizar o conhecimento da pontuação. LEITURA E
1. Identificar e utilizar adequadamente os seguintes sinais de pontuação:
ESCRITA ESCRITA
ponto final e ponto de interrogação.
1.˚ ano 1.˚ ano
15. Transcrever e escrever textos.
1. Transcrever um texto curto apresentado em letra de imprensa em Escrita • Identificar especificidades gráficas do texto escrito (direcionalidade da escrita, gestão da
escrita cursiva legível, de maneira fluente ou, pelo menos, sílaba a sílaba,
mancha gráfica – margens, linhas, espaçamentos – e fronteira de palavra).
respeitando acentos e espaços entre as palavras.
2. Transcrever em letra de imprensa, utilizando o teclado de um
computador, um texto de 5 linhas apresentado em letra cursiva.
3. Legendar imagens.
4. Escrever textos de 3 a 4 frases (por exemplo, apresentando‐se,
caracterizando alguém ou referindo o essencial de um texto lido).

INICIAÇÃO À 16. Ouvir ler e ler textos literários. (v. Lista em Anexo) EDUCAÇÃO
EDUCAÇÃO 1. Ouvir ler e ler obras de literatura para a infância e textos da tradição • Manifestar ideias, emoções e apreciações geradas pela escuta ativa de obras literárias e
LITERÁRIA
LITERÁRIA popular. textos da tradição popular.
17. Compreender o essencial dos textos escutados e lidos. (v. Lista em 1.˚ ano
1.˚ ano • Revelar curiosidade e emitir juízos valorativos face aos textos ouvidos.
Anexo)
1. Antecipar conteúdos com base nas ilustrações e no título. • Reconhecer rimas e outras repetições de sons em poemas, trava-línguas e em outros
2. Antecipar conteúdos, mobilizando conhecimentos prévios. textos ouvidos.
3. Identificar, em textos, palavras que rimam. • Antecipar o(s) tema(s) com base em noções elementares de género (contos de fada,
4. Recontar uma história ouvida. lengalengas, poemas, etc.), em elementos do paratexto e nos textos visuais (ilustrações).
18. Ler para apreciar textos literários. (v. Lista em Anexo e Listagem PNL)
• Compreender textos narrativos (sequência de acontecimentos, intenções e emoções de
1. Ouvir ler e ler obras de literatura para a infância e textos da tradição
personagens, tema e assunto; mudança de espaço) e poemas.
popular.
2. Exprimir sentimentos e emoções provocados pela leitura de textos. • Antecipar o desenvolvimento da história por meio de inferências reveladoras da
19. Ler em termos pessoais. (v. Listagem PNL) compreensão de ideias, de eventos e de personagens;
1. Ler, por iniciativa própria, textos disponibilizados na Biblioteca Escolar. • Distinguir ficção de não ficção.
2. Escolher, com orientação do professor, textos de acordo com • (Re)contar histórias.
interesses pessoais.
• Dizer, de modo dramatizado, trava-línguas, lengalengas e poemas memorizados, de
20. Dizer e contar, em termos pessoais e criativos.
modo a incluir treino da voz, dos gestos, das pausas, da entoação e expressão facial.
1. Dizer trava‐línguas e pequenas lengalengas.
2. Dizer pequenos poemas memorizados.
3. Contar pequenas histórias inventadas.
4. Recriar pequenos textos em diferentes formas de expressão (verbal,
musical, plástica, gestual e corporal).

©Texto . PLIM! . Recursos do Professor | Metas Curriculares vs Aprendizagens Essenciais


7
Metas Curriculares vs Aprendizagens Essenciais Português 1.˚ ano

Curriculares Metas Curriculares Aprendizagens Essenciais


ORGANIZADOR
DOMÍNIO (Descritores) (Conhecimentos, capacidades e atitudes)
Domínio
GRAMÁTICA 21. Descobrir regularidades no funcionamento da língua. GRAMÁTICA • Identificar unidades da língua: palavras, sílabas, fonemas.
1.˚ ano 1. Formar femininos e masculinos de nomes e adjetivos de flexão regular (de • Usar regras de flexão em número, com base na descoberta de regularidades do
1.˚ ano
índice temático ‐o ou ‐a). funcionamento do nome e do adjetivo.
2. Formar singulares e plurais de nomes e adjetivos que seguem a regra geral
• Reconhecer o nome próprio.
(acrescentar ‐s ao singular), incluindo os que terminam em ‐m e fazem o
plural em ‐ ns. • Fazer concordar o adjetivo com o nome em género.
22. Compreender formas de organização do léxico. • Descobrir e compreender o significado de palavras pelas múltiplas relações que podem
1. A partir de atividades de oralidade, verificar que há palavras que têm estabelecer entre si.
significado semelhante e outras que têm significado oposto. • Descobrir o significado de palavras desconhecidas a partir do contexto verbal e não-
verbal.
• Usar, com intencionalidade, conectores de tempo, de causa, de maior frequência na
formação de frases complexas.
• Conhecer regras de correspondência fonema-grafema e de utilização dos sinais de
pontuação (frase simples).

©Texto . PLIM! . Recursos do Professor | Metas Curriculares vs Aprendizagens Essenciais


8