Você está na página 1de 2

Semiótica Aplicada ao Design: Análise da Peça Publicitária da Marca Arezzo de Acordo com a

Teoria Peircena

Aluna: Pamella Santiago


Professor: Arnaldo Galhardo Júnior

A peça publicitária analisada é da coleção Inverno 2018 da Arezzo, apresentada na revista Vogue de
Abril de 2018. A peça é disposta em duas páginas da revista.
No ponto de vista qualitativo, numa primeira olhada ao folhear a revista o leitor percebe um
castelo de cartas de baralho e uma bolsa preta sem estampas apenas com o nome Arezzo e os
dizeres “Vero Cuoio” em prateado, em um fundo bege claro na primeira página, seguindo para a
segunda página em que pode-se ver uma mulher carregando uma bolsa do mesmo modelo da
primeira, de cor marrom avermelhada em seu braço e calçando sapatos de salto da mesma cor em
um fundo de cor cinza que parece ser dentro de um estúdio.
As cores das cartas imediatamente chamam atenção em contraste com o fundo claro, um tom de
bege que tende ao dourado e gera a sensação de neutralidade, mas, ao mesmo tempo, de
sofisticação, e a bolsa preta, de forma que a fotografia seja vista de baixo para cima que em seguida
gera um efeito de surpresa e quebra de expectativa ao apresentar a bolsa em um lugar não
convencional, despertando a curiosidade para a peça publicitária. A bolsa está inclinada, desafiando
o equilíbrio presente no resto da foto, o que contribui para que o leitor fique intrigado e pare para
olhar a peça. “Vero Cuoio”, do italiano, significa couro legítimo e está estampado na bolsa em
prateado junto ao nome da marca como representação da qualidade associada a mesma.
Ao analisar o simbolismo dessa primeira parte do anúncio pode-se interpretar que o castelo de
cartas, já conhecido como algo de difícil construção e sua fragilidade está sustentando a bolsa, o que
passa uma ideia de que a bolsa é leve, característica importante no momento de decisão de compra
desse tipo de produto. A bolsa representa a última carta no topo do castelo como se fosse a última
peça para o completar, a carta mais importante, provocando no consumidor a sensação de desejo
como se precisasse desse produto para se sentir completo. Logo abaixo da fotografia em grafia
simples e discreta está escrito “Inverno 2018” e ao lado “arezzo.com.br”, informações diretas a
respeito da coleção a qual o produto pertence e onde pode ser encontrado (website da marca).
Na segunda página, numa segunda análise da peça percebe-se que a modelo e nova garota
propaganda da Arezzo é a brasileira Gisele Bündchen: mundialmente conhecida como símbolo de
beleza brasileira, classe e elegância, porém de forma descontraída e sem muitas extravagâncias.
Ao observar a modelo, sua expressão facial é séria, com seu cabelo dourado característico tampando
parte de seu rosto: Por ser uma figura muito conhecida, e um ícone no mundo da moda, não é
preciso que seu rosto esteja todo à mostra, nem mesmo seu nome é mencionado na peça
publicitária.
A linguagem não verbal da peça é percebida pela linguagem corporal de Gisele: Braços cruzados e
corpo levemente inclinado, olhando diretamente para a câmera, transmitindo a sensação de poder e
personalidade forte. Numa análise mais profunda, passa ao consumidor a associação do produto a
este sentimento, como se pudesse ser adquirido no momento de compra.
A modelo usa uma blusa cinza de mangas compridas sem decote e uma calça branca comprida,
uma vez que o intuito da peça publicitária não é mostrar seu corpo e por se tratar de uma coleção de
inverno. Analisando a paleta de cores que compõe a fotografia, a cor cinza aqui significa
neutralidade, elegância, sofisticação e ausência de emoção. Em contraste com os tons quentes da
bolsa e do sapato, passando a ideia de que o que traz a emoção são esses produtos. O branco da
calça também sugere neutralidade, como as pernas da modelo não são o foco da foto, levando
novamente a atenção ao produto: os sapatos, de mesma cor da bolsa. A posição das pernas
demonstra conforto de forma elegante e também permite que o sapato seja visto de ângulos
diferentes.
Abaixo da foto ao centro, alinhado a modelo, está presente a logo da marca: simétrica, minimalista
com fonte de grafia reta e limpa, sem serifas e na cor preta que remete ao luxo e elegância. A logo é
o próprio nome da marca que não possui nenhum ícone, mas que representa bem a identidade que
carrega: conceito, alta qualidade e design contemporâneo. Pelo sistema de leitura de cima para
baixo, a primeira percepção é a Gisele, já conhecida. Seguindo a atenção para a bolsa que ela
carrega no braço de forma natural e então seguindo para os sapatos e finalmente para a marca.

O anúncio da marca Arezzo utiliza da teoria Peircena da semiótica para representar características
da marca que contribuem na construção de sua imagem e identidade como símbolos de elegância,
autenticidade, poder, confiança e modernidade.
A peça publicitária da coleção Inverno 2018 conta com o uso da modelo Gisele Bündchen e
amostras de seus produtos mais conhecidos como a bolsa e o sapato de couro legítimo para reforçar
e solidificar as principais características da marca de forma a associar experiências positivas e
despertar o desejo no consumidor.

Interesses relacionados