Você está na página 1de 12

Tema: Direito tributário na locação de imóveis:

Imposto de Renda para pessoa física

Prof. Dr. Fabrizzio Matteucci Vicente


Direito Tributário

A análise da aplicação do direito tributário, é


preciso determinar quais os elementos que
precisam ser estudados para determinar a
incidência de qualquer tributo;
Geraldo Ataliba, em sua obra Hipótese de
Incidência Tributária, relaciona 5 (cinco)
elementos de estudo:
Hipótese de Incidência Tributária

a. Aspecto Material: Fato Gerador


b. Aspecto Pessoal
i. sujeito ativo: Entidade Tributante;
ii. sujeito passivo: contribuitne;
c. Aspecto Temporal
d. Aspecto Espacial
e. Aspecto Quantitativo
i. Base de Cálculo
ii. Alíquota
i)percentual
ii) ad valorem
Imposto de Renda

O Art. 153, inciso III da Constituição Federal


permite à União Federal instituir o Imposto de
Renda e Proventos de Qualquer Natureza
Já o 2º do referido artigo também determina
que norteiam o Imposto De Renda os critérios
de:
generalidade
universalidade
progressividade
Imposto de Renda Pessoa Física

Quem aufere renda e proventos de qualquer


natureza está no âmbito de incidência do
Imposto de Renda.
Assim sendo, qualquer forma de renda e
qualquer forma de proventos são tributáveis por
este imposto.
Não há, de outro lado, qualquer restrição
quanto ao contribuinte: quem quer que seja que
tenha proventos estará sujeito a esse tributo.
Imposto de Renda Pessoa Física

Por essa razão, divide-se a incidência do


imposto de renda em duas categorias de
sujeitos de direitos:
pessoa física e
pessoa jurídica
A forma de incidir, as alíquotas e os
mecanismos de fiscalização são diferentes
para cada uma dessas categorias
Imposto de Renda Pessoa Física

O imposto de renda pessoa física incide de


duas formas:
mensalmente, pela incidência sobre os
proventos recebidos pelos contribuintes
durante cada ano.
nessa modalidade, o imposto de renda
incide na forma retida (IRRF);
também incide por meio do recolhimento
mensal e espontâneo do contribuinte
Imposto de Renda Pessoa Física

A outra modalidade de incidência do


imposto de renda se apresenta na
declaração de ajuste anual.
nesta, computa-se todo o rendimento e
proventos auferidos no ano anterior,
descontando-se os valores pagos
mensalmente, para determinar se em
função da respectiva glosa haverá saldo
de imposto a pagar ou a restituir.
Imposto de Renda Pessoa Física

Nessas duas modalidades de incidência do


tributo em questão se verifica a possibilidade
de incidência do imposto de renda sobre
atividades realizadas com imóveis.
Assim, tem-se a incidência do imposto de
renda na atividade de locação de bens
imóveis
Bem assim, tem-se a incidência do imposto
de renda sobre a alienação de bens imóveis.
Imposto de Renda Pessoa Física

No que se refere à incidência do imposto de


renda sobre as locações, tem-se que as
verbas recebidas pelo locador do locatário
compõem a base de cálculo do IR
mensalmente.
Significa isto dizer que as verbas locatícias
percebidas pelo locador devem gerar,
mensalmente, o recolhimento do carnê-
leão.
Imposto de Renda Pessoa Física

Caso o locatário seja pessoa jurídica, no


lugar do recolhimento por meio do carnê
leão, ter-se-á a retenção na fonte do IR.
O cálculo do IR relativamente à pessoa
física, deve atender à tabela progressiva do
referido tributo, conforme tabela a seguir:
Imposto de Renda Pessoa Física
Valor Percebido Alíquota aplicável Desconto na DIRPF

Até 1.903,98 0% R$0

De 1.903,99 até 2.826,65 7,5% R$142,80

De 2.826,66 até 3.751,05 15% R$354,80

De 3.751,06 até 4.664,68 22,5% R$636,13

Acima de 4.664,68
27,5% R$869,36