Você está na página 1de 3

Os fundamentos da Física • Volume 3 1

Exercícios propostos Menu Resumo do capítulo

Testes propostos
Capítulo
Noções de corrente alternada
16
T.403 Resposta: e
A movimentação do ímã induz no circuito que contém a lâmpada uma força
eletromotriz. A luminosidade da lâmpada depende do valor dessa força eletromotriz,
a qual, por sua vez, depende da velocidade do ímã. Portanto, a luminosidade da
lâmpada é máxima nos instantes em que o ímã tem velocidade máxima, isto é, nos
instantes em que ele passa por x ⫽ 0.

T.404 Resposta: d
I) Correta.
De emáx. ⫽ BA 䡠 ω, observamos que, se ω aumentar, com B constante, emáx. tam-
bém aumentará.
II) Errada.
ω
Na situação proposta, continuará havendo variação de
fluxo magnético através da espira e, entre as extremida- a b
des a e b, será induzida uma fem.
B

III) Correta.
De emáx. ⫽ BA 䡠 ω, observamos que, se B diminuir, com ω constante, emáx. tam-
bém diminuirá.

T.405 Resposta: Soma ⫽ 28 (04 ⫹ 08 ⫹ 16)


(01) e (02) Incorretas.
A velocidade angular da espira é diferente da velocidade angular da polia maior.
(04) Correta. É a definição de fluxo magnético
(08) Correta.
A corrente induzida tem sentido tal que cria um campo que se opõe à varia-
ção do fluxo magnético.
(16) Correta.
(32) Incorreta.
O dispositivo funciona como um gerador elétrico, convertendo energia me-
cânica em energia elétrica.
Os fundamentos da Física • Volume 3 • Capítulo 16 2
Testes propostos

T.406 Resposta: b
Ao fecharmos a chave K, embora a bateria seja um gerador de corrente contínua,
durante um pequeno intervalo de tempo a corrente no circuito que contém a
bateria cresce de zero até atingir um valor constante. Nesse lapso de tempo, o
fluxo magnético através da bobina B1 e, portanto, através de B2, varia: o galvanô-
metro G acusa a passagem de uma corrente induzida. A corrente elétrica que se
estabelece no circuito que contém a bateria fica constante: o fluxo não mais varia
e o ponteiro do galvanômetro volta para o zero (posição central). Ao abrir-se a
chave, a corrente cai a zero, durante um pequeno intervalo de tempo. Nesse inter-
valo, o fluxo varia e o galvanômetro G indica a passagem de corrente em sentido
oposto ao anterior. Para ilustrar, indicamos como varia a intensidade da corrente
que passa pelo circuito que contém a bateria:
i
i

0 t
Chave
fechada
Fechando a Abrindo a
chave K chave K

T.407 Resposta: e
O princípio físico em que se baseia o funcionamento dos transformadores é o da
indução eletromagnética. A variação do fluxo magnético no decorrer do tempo,
que é responsável pelo fenômeno da indução, é provocada pelo fato de os porta-
dores de carga elétrica terem um movimento oscilante.

T.408 Resposta: e
A bateria é um gerador de corrente contínua. Nesse caso, não há variação de fluxo
magnético no primário nem no secundário. Logo, não aparece ddp entre os termi-
nais do secundário.
Observação: No caso do teste T.406, surgiu corrente induzida somente nos ins-
tantes em que a chave K foi fechada e aberta.

T.409 Resposta: a

Up Np 120 200
⫽ ⇒ ⫽ ⇒ U s ⫽ 240 V
Us Ns Us 400

T.410 Resposta: d
O núcleo de ferro de um transformador é laminado para reduzir as correntes
induzidas no próprio núcleo. Essas correntes são chamadas correntes de Foucault.
Os fundamentos da Física • Volume 3 • Capítulo 16 3
Testes propostos

T.411 Resposta: c
A corrente elétrica fornecida pela bateria é contínua. A bateria é ligada ao primário
de uma bobina de indução. Para variarmos o fluxo magnético no secundário, de-
vemos interromper a corrente elétrica no primário intermitentemente.

T.412 Resposta: c
As linhas de transmissão de energia a longas distâncias operam sob alta tensão
para reduzir as perdas por efeito Joule (dissipação de energia através dos fios).

T.413 Resposta: Corretas: (0) e (2)


0) Correta.
Ocorrendo variação do fluxo magnético através de uma espira, surge corrente
induzida.
1) Errada.
Não há movimento relativo entre o enrolamento e o campo magnético B. É o
campo que varia, acarretando a variação do fluxo.
2) Correta.
O funcionamento do alternador baseia-se no fenômeno da indução eletromag-
nética.
3) Errada.
A lei de Faraday tem aplicação em equipamentos, em corrente contínua e alter-
nada.