Você está na página 1de 18

100 autores contra Einstein

15 de maio de 2018

Amigos do Johrei,

Aproveitaram bem o dia das mães?

Recentemente, li um artigo a respeito de Albert Einstein. Em 1931, foi publicado uma


coleção de críticas às teorias revolucionárias dele. Essa publicação recebeu o nome de
“100 autores contra Einstein”. Ele respondeu apenas que se realmente estivesse
errado, um único autor seria suficiente.

Fonte: Hundred authors against Einstein

O mesmo acontece atualmente com Kyoshu-Sama. O Sr. Masayoshi Kobayashi e


diversas outras pessoas afirmam que Kyoshu-Sama, Yoichi Okada, e o seu filho
divergem dos ensinamentos de Meishu-Sama. Publicam artigos, jornais, gastam
dinheiro do donativo dos membros para criticar e difamar Kyoshu-Sama. Emitiram
um relatório de 40 páginas entitulado “As palavras de Kyoshu-Sama são baseadas em
pensamento duvidoso”. O documento completo pode ser conferido aqui (em
japonês).

Se Kyoshu-Sama estivesse realmente errado, uma página seria suficiente. Mas, até o
momento não apresentaram qualquer prova concreta de que as palavras de Kyoshu-
Sama se opõem aos ensinamentos de Meishu-Sama.

Gostaria de ver alguém que seja capaz de escrever claramente: Kyoshu-Sama afirma
A, Meishu-Sama afirma B, A nega B.

Até o presente momento, vi apenas reverendos e ministros falarem vagamente:


Kyoshu-Sama se desviou dos ensinamentos de Meishu-Sama. Seria gratificante a troca
de informações para aprofundarmos nossa visão a respeito da divindade de Meishu-
Sama.
De qualquer maneira, não culpo essas pessoas. Por diversas vezes, tive dúvidas em
relação às palavras de Kyoshu-Sama. E a cada vez que isso aconteceu, fui buscar nos
ensinamentos de Meishu-Sama a resposta para as minhas dúvidas. Kyoshu-Sama me
instiga a estudar mais ensinamento e os ensinamentos de Meishu-Sama fortalecem
minha convicção no Trono de Kyoshu. Por exemplo, no texto “Nosso Juramento”
elaborado por Kyoshu-Sama, ele afirma:

Nós, membros da Igreja Messiânica Mundial, temos como objetivo nascer de novo
como verdadeiros filhos de Deus seguindo os passos de Meishu-Sama, que alcançou
a posição de um Messias, um filho de Deus.

Algumas pessoas afirmam que o objetivo da IMM não é nascer como Messias, que o
nosso objetivo é salvar pessoas e concretizar o Paraíso na Terra. Através dessa
afirmação, essas pessoas estão dizendo que nascer como Messias não está relacionado
à concretização do Paraíso Terrestre ou à salvação de pessoas.

Porém, nas minhas pesquisas, é possível compreender a ligação entre nascer como
Messias, salvar pessoas e a construção do Paraíso Terrestre. Todos estão
interconectados.

Nos próximos dias, publicarei duas postagens: uma relacionando nascer como
Messias e salvação da humanidade, e a outra associando nascer como Messias e a
construção do Paraíso Terrestre.
Ensinamento, Kyoshu-Sama

Conclusão: Metamorfose ambulante

30 de maio de 2018

“Eu prefiro ser essa metamorfose ambulante, do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo”

Raul Seixas, Metamorfose ambulante

A motivação para criar esta série de postagens foram os ataques contra Kyoshu-Sama.
Muitos afirmam que Kyoshu-Sama está divergindo dos ensinamentos de Meishu-
Sama. Um dos pontos de divergência seria o objetivo dos membros da Igreja
Messiânica Mundial.

Kyoshu-Sama afirma no texto “Nosso juramento”:

“Nós, membros da Igreja Messiânica Mundial, temos como objetivo nascer de novo
como verdadeiros filhos de Deus seguindo os passos de Meishu-Sama, que alcançou
a posição de um Messias, um filho de Deus.”

Os críticos falam que esse não é o nosso objetivo na IMM. O objetivo é construir o
Paraíso Terrestre e salvar pessoas.

Pelos meus estudos apresentados nas últimas postagens, fica claro que nascer como
Messias não contradiz o objetivo de construir o Paraíso Terrestre ou salvar pessoas.
Está tudo interligado. Confira essas postagens nos links abaixo:

 100 autores contra Einstein


 Meishu-Sama: Pode haver pessoas que digam tratar-se de um nome que tem
relação com o cristianismo
 Kenshinjitsu, Paraíso Terrestre e a Vinda do Messias
Kyoshu-Sama está nos convidando a aprofundar nossos estudos e nosso sonen. Ele
nos apresenta ensinamentos que até o momento não haviam sido citados pelos
diretores da IMM e suas Igrejas filiais.

Kyoshu-Sama está nos convocando a avançar. Ele tem a humildade de reconhecer


que se equivoca. Ele demonstra espírito de busca em querer progredir.

Não é isso que Meishu-Sama nos ensina?

É indispensável o progresso do espírito, isto é, a elevação da individualidade.


Portanto, devemos prosseguir passo a passo, pacientemente, visando à perfeição,
principalmente no que se refere à espiritualidade. Com a elevação gradual do espírito,
a personalidade também florescerá e, sem dúvida alguma, essa atitude de contínuo
progresso conquistará a confiança do próximo, facilitará os empreendimentos e
tornará a pessoa feliz.

Meishu-Sama, Sejam sempre homens do presente, 11 de outubro de 1950.

Fonte: https://www.messianica.org.br/culto-mensal/ensinamentos/sejam-sempre-
homens-do-presente

Até o momento, não vi Kyoshu-Sama “criar” nenhum ensinamento novo. Ele está
apenas apresentando ensinamentos que a Igreja veio ignorando. Meishu-Sama utilizou
antigos reverendos: Kawai, Shibui, Nakajima, Watanabe e muitos outros para nos
apresentar Meishu-Sama. Eles fizeram isso com louvor. Agora, Kyoshu-Sama está
dando continuidade, está se aprofundando.

É natural que as pessoas se sintam receosas em avançar por caminhos desconhecidos.


Neste caso, percorrer ensinamentos não estudados ou não praticados…

Imagine a insegurança dos diretores das Igrejas Filiais em conduzir os membros


baseados em ensinamentos “desconhecidos”. As pessoas têm um medo natural pelo
desconhecido. No geral, as pessoas chegam em um Johrei Center cheios de receios.
Pessoas têm medo em abrir um negócio próprio, outras têm medo em mudar de uma
cidade para outra, mudar de emprego, casar…
No entanto, eu tenho muito mais receio de ficar preso no mesmo lugar. O receio de
não progredir é muito maior do que o medo de avançar pelo desconhecido. Eu tenho
o melhor seguro do mundo, o estudo e prática dos ensinamentos de Meishu-Sama.
Eu sigo o trono de Kyoshu.

Para aqueles que criticam Kyoshu-Sama, por favor, tomem cuidado. Vocês podem
estar criticando Meishu-Sama indiretamente.
Ensinamento, Kyoshu-Sama

Meishu-Sama: Pode haver pessoas que digam tratar-se de um nome que tem
relação com o cristianismo

17 de maio de 2018

“Fala-se sobre a vinda do Messias, não? Pois o Messias nasceu. Não são apenas palavras;
é realidade mesmo. Eu próprio fiquei surpreso. E não se trata de renascer, mas de nascer
novamente. É esquisito nascer depois de velho, mas o mais interessante é que minha pele
ficou delicada como a pele de um bebê e, além disso, como podem constatar, surgiram-
me estes cabelos pretos. Ao vê-los, o barbeiro disse que parecem cabelo de criança. Os
fios brancos foram sumindo gradativamente e só nasciam fios pretos. (. . .) Esse Messias
tem a posição mais elevada na hierarquia do mundo. No Ocidente, ele é considerado o
Rei dos Reis. Assim, a minha vinda se reveste da maior importância, pois, graças a ela, a
humanidade será salva.”
Meishu-Sama, 5 de junho de 1954 (Fonte: Luz do Oriente, vol. 3)

“Nós, membros da Igreja Messiânica Mundial, temos como objetivo nascer de novo como
verdadeiros filhos de Deus seguindo os passos de Meishu-Sama, que alcançou a posição
de um Messias, um filho de Deus.”
Kyoshu-Sama, “Nosso Juramento”

Amigos do Johrei,

Na postagem anterior, iniciei o debate a respeito de nascer de novo como Messias. Vou
abordar o tema através de três frentes:

1. Salvação da humanidade.
2. Construção do Paraíso Terrestre.
3. Objetivo dos membros (discípulos de Meishu-Sama).

Nesta postagem, darei ênfase à primeira frente: nascer de novo como Messias e Salvação
da humanidade.
Poderia apenas repetir o que os ministros falam: vamos aprender e seguir os passos de
Meishu-Sama. Portanto, se ele nasceu como Messias, devemos também nascer de novo
como Messias.

Contudo, acredito que Meishu-Sama é muito mais rico, elevado e profundo. Além disso,
se Meishu-Sama nos deixou inúmeros ensinamentos a respeito de Messias, existe um
motivo. E me sinto impelido a discorrer através deles. Convido todos a estudarmos juntos.

Para iniciarmos esses estudos, é bom ficar claro qual a etimologia da palavra Messias. É
fundamental definirmos o significado de cada uma delas.

 Messias: Palavra hebraica que significa o ungido. Tem o mesmo significado do


termo grego Cristo. Fonte: https://www.dicio.com.br/messias/
 Ungido: Ungido é aquele que passou pelo processo de unção, no qual se passou
óleos consagrados ou aromáticos, para lhe conferir poder ou dignidade,
purificação ou extrema-unção. Fonte: https://www.significados.com.br/ungido/

Meishu-Sama foi um grande estudioso de diversos temas: economia, política, filosofia,


religiões, etc. Ele cita diversos autores e pensadores em seu ensinamentos. Embora, a
palavra Messias seja constantemente associada a Jesus e a Cristo. Ele sabia o significado
e a etimologia da palavra Messias e deixa isso claro. Esse é o ponto de partida para
começarmos a falar sobre Messias.

“Interlocutor: Respeitosamente. Fale a respeito do espírito da palavra Messias.

Meishu-Sama: A palavra Messias é hebraica. Por isso, é difícil compreender em japonês.


O significado é salvador, o senhor da salvação. As pessoas nas Igrejas Cristãs crêem que
Jesus é o senhor da salvação. Mas, na verdade, é o redentor, não é o salvador. Ele redimiu
o pecado de milhares de pessoas, tornou-se representante, sacrificando a vida e sendo o
primeiro perdoado. Mas, o salvador não recebe o perdão, ele concede o perdão.”
Meishu-Sama, Gokowa, 28 de setembro de 1948
Fonte: http://www.rattail.org/secret/search1/situmon/m230928.html
“Messias é o salvador, é Cristo. Messias significa salvador em hebraico.”
Meishu-Sama, Kannon Koza n3, 5 de agosto de 1935
Fonte: http://www.rattail.org/secret/search1/ka/kannon15.html

Pela etimologia das palavras e pelas afirmações de Meishu-Sama todas as considerações


do Blog serão feitas tendo por base:

1. Messias e Cristo são sinônimos e significam: salvador.


2. Jesus não foi salvador.

Dessa forma, chego a conclusão que nascer de novo como Messias é nascer novamente
como Salvador.

“Interlocutor: A fé centralizada em Meishu-Sama pode ser entendida como a centralizar


e reverenciar a Kannon da Salvação?

Meishu-Sama: Não. Por Kannon ser uma das formas de Buda, ainda não emana a
verdadeira força. Deus é quem governa. Essa Kannon da Salvação que se fala é o Príncipe
Shotoku na forma de Kannon da Salvação. Quando chegar o momento, as ações se
iniciarão. Para dar início a essas ações, a partir de agora transformarei Buda no Deus
original, pois fui eu que criei Buda. Farei-o trabalhar pela Igreja Messiânica, farei isso.
Messias é o nome do ser humano. Deus é o senhor Deus, Jeová.”
Meishu-Sama, Gokowa, 1 de maio de 1952.
Fonte: http://www.rattail.org/secret/search1/kouwa/s270501.html

Pelo trecho acima, concluímos que o ser humano pode se tornar Messias, Salvador. Basta
seguir os passos de Meishu-Sama e nos alinharmos ao seu sentimento de salvação. Nascer
de novo como Messias reconfirma o objetivo da Igreja Messiânica em se dedicar em prol
da salvação da humanidade.

É perigoso insinuar que “dar ênfase na palavra Messias é querer transformar a IMM em
uma religião estranha”. Meishu-Sama mesmo afirma claramente o oposto. Como pode
ser confirmado no trecho abaixo:

“Pelo sentido acima exposto, “Messias” faz apenas menção ao significado de “salvar o
mundo”, trata-se de algo compatível com as atividades que desenvolveremos a partir de
agora e deixo claro aqui que não vem a ter outro significado. Pode haver pessoas que
digam tratar-se de um nome que tem relação com o cristianismo ou que, possivelmente,
estejamos nos aproveitando do momento atual. Contudo, tais pontos não vêm ao caso.”
Meishu-Sama, Sobre o nome Igreja Messiânica, 18 de fevereiro de 1950
Fonte:https://johreidiary2.wordpress.com/2017/12/20/ensinamento-sobre-o-nome-
igreja-messianica/

Na próxima postagem, irei expor meu estudo a respeito do nome Messias e concretização
do Paraíso Terrestre.
Ensinamento, Kyoshu-Sama

Kenshinjitsu, Paraíso Terrestre e a Vinda do Messias

28 de maio de 2018

Amigos do Johrei,

Nesses momentos de divergências e incertezas, busco as respostas nos ensinamentos de


Meishu-Sama. Esta postagem dá continuidade às outras duas postagens. Recomendo a
leitura delas para melhor entendimento:

 100 autores contra Einstein


 Meishu-Sama: Pode haver pessoas que digam tratar-se de um nome que tem
relação com o cristianismo

Convido cada um de vocês a estudar a relação entre nascer como Messias e construção
do Paraíso Terrestre. Mas, para isso é necessário entender o que é o Kenshinjitsu (Nível
de Suprema Iluminação Espiritual). Meishu-Sama afirma:

“Kenshinjitsu é o nível mais elevado. Lá é possível ver tudo de cima e ter discernimento.
Estou explicando para que as pessoas possam entender sobre o Kenshinjitsu. O objetivo
da fé é atingir rapidamente o Kenshinjitsu. Fazendo isso, alcança-se a compreensão de
diversas coisas. Mas, na verdade, o Kenshinjitsu não é algo que se atinge normalmente
com facilidade. Por isso, é bom que se aproxime dele. A propósito, Shaka e Jesus
alcançaram o Kenshinjitsu, mas existe dentro do Kenshinjitsu nível superior,
intermediário e inferior. Eles chegaram no nível intermediário. Eles não tinham
conhecimento além disso. Era uma época que não se podia ter esse conhecimento, era
muito cedo. Mas, agora, é preciso ter esse conhecimento. Como vamos realmente
construir o Paraíso Terrestre, as principais pessoas precisam atingir certo nível do
Kenshinjitsu. Ou seja, os membros da Igreja Messiânica, principalmente os diretores. É
como se fosse uma pirâmide com vários níveis, o Kenshinjitsu é o topo.”
Meishu-Sama, Gokowa, 6 de março de 1954

Meishu-Sama é muito claro em relação ao Kenshinjitsu e a concretização do Mundo de


Miroku. Ou seja, sobre a concretização do Paraíso Terrestre, o Mundo da Trilogia
Verdade-Bem-Belo.
“Kenshinjitsu não é restrito a uma pessoa. Se todas as pessoas chegarem ao Kenshinjitsu,
os erros e a maldade se acabarão.”

Meishu-Sama, Gokowa, 8 de setembro de 1951

Fonte: http://www.rattail.org/secret/search1/kouwa/s260908.html

“Quase todas as pessoas chegarão ao Kenshinjitsu. Quando isso acontecer, teremos o


Mundo de Miroku. Ou seja, é como se fosse uma pirâmide, Kenshinjitsu é a parte mais
alta. Mas, se o ser humano estiver na parte de baixo, não irá entender. Conforme o espírito
se eleve, chegará no topo. Quando isso acontecer, vai entender que não é interessante
fazer o mal.”

Meishu-Sama, Gokowa, 11 de setembro de 1951

Fonte: http://www.rattail.org/secret/search1/kouwa/s260911.html

Além disso, Meishu-Sama associa “Fim do Mundo”, “Juízo Final”, “Chegada do Reino
dos Céus” à “Vinda do Messias”. Isso pode ser verificado no ensinamento abaixo:

“Interpretando desse modo, que mais poderia ser isso senão o “Fim do Mundo”
profetizado por Jesus? Caso não houvesse nenhuma outra profecia, a humanidade nada
mais teria a fazer do que aguardar seu fim, mas Jesus também disse: “É chegado o Reino
dos Céus”. Torna-se evidente, portanto, que essas duas grandes profecias estão indicando
o futuro do mundo, ou seja, que virá o Fim do Mundo e se estabelecerá o Céu na Terra.

Foi previsto, ainda, o Retorno de Cristo e a Vinda do Messias. A propósito, também


devemos pensar que, para ficarmos absolutamente livres da destruição atômica, é
necessário transformar o mal em bem, conforme já explanei. E quem poderia ter força ou
poder para isso senão o próprio Messias? Não obstante, mesmo ocorrendo essa grande
transformação, haverá muitos que não se converterão ao bem. A estes, para os quais não
é possível esperar mais nada, só poderá acontecer o pior dos piores. Cristo referiu-se a
esse acontecimento com a expressão ‘Juízo Final’.”

Meishu-Sama, A transição da velha cultura para a nova cultura, Eiko n#68、6 de setembro

de 1950
Meishu-Sama também esclarece como será a Vinda do Messias.

“Fala-se sobre o Retorno de Cristo e Vinda do Messias, mas não descerá possuindo o seu
próprio corpo físico. O espírito de Deus descerá e se alojará nos corpos físicos das pessoas
escolhidas.”
Meishu-Sama, Explicação sobre a vinda celestial, 1948

Fonte: http://www.rattail.org/secret/search1/te/tenkoset.html

Meishu-Sama atingiu o Kenshinjitsu aos 45 anos de idade. Se Kenshinjitsu é o nível mais


alto na pirâmide, ele nasceu como Messias aos 71 anos, já no nível de Kenshinjitsu.

É possível concluir a associação entre nascer como Messias e as qualificações para a


concretização do Paraíso Terrestre conforme Meishu-Sama deixou em seus
ensinamentos. Reforço que segundo Meishu-Sama, Messias é o nome do ser humano
conforme o ensinamento abaixo:

“Messias é o nome do ser humano. Deus é o senhor Deus, Jeová.”

Meishu-Sama, Gokowa, 1 de maio de 1952.

Fonte: http://www.rattail.org/secret/search1/kouwa/s270501.html

Resumindo:

1. Kenshinjitsu é o nível mais elevado.


2. Atingir o Kenshinjitsu é necessário para a construção do Paraíso Terrestre.
3. Se todas as pessoas chegarem ao Kenshinjitsu, os erros e a maldades se acabarão.
4. Quase todas pessoas chegarão ao Kenshinjitsu. Quando isso acontecer, teremos o
Mundo de Miroku (Paraíso Terrestre).
5. Antes de mais nada, para construir o Paraíso Terrestre é preciso sobreviver. Para
evitar a destruição atômica, é necessário a força do Messias.
6. A Vinda do Messias se dará através da vinda do espírito de Deus aos corpos dos
seres humanos.
7. Messias é o nome do ser humano.
Agradeço aos diretores da Igreja Toho-no-Hikari e diretores da Igreja Izunome por
afirmarem que Kyoshu-Sama e o futuro quinto Líder Espiritual, sr. Masaaki, divergem
dos ensinamentos de Meishu-Sama. Isso motiva os membros a se aprofundarem nos
estudos e práticas dos ensinamentos sagrados. Cada vez que aprofundo meus estudos,
mais crença tenho no Trono de Kyoshu.

Bom estudo e prática a todos.

Ensinamento, Kyoshu-Sama

Meishu-Sama: Pode haver pessoas que


digam tratar-se de um nome que tem
relação com o cristianismo
17 maio, 2018 johreidiary

“Fala-se sobre a vinda do Messias, não? Pois o Messias nasceu. Não são apenas
palavras; é realidade mesmo. Eu próprio fiquei surpreso. E não se trata de renascer, mas
de nascer novamente. É esquisito nascer depois de velho, mas o mais interessante é que
minha pele ficou delicada como a pele de um bebê e, além disso, como podem
constatar, surgiram-me estes cabelos pretos. Ao vê-los, o barbeiro disse que parecem
cabelo de criança. Os fios brancos foram sumindo gradativamente e só nasciam fios
pretos. (. . .) Esse Messias tem a posição mais elevada na hierarquia do mundo. No
Ocidente, ele é considerado o Rei dos Reis. Assim, a minha vinda se reveste da maior
importância, pois, graças a ela, a humanidade será salva.”
Meishu-Sama, 5 de junho de 1954 (Fonte: Luz do Oriente, vol. 3)

“Nós, membros da Igreja Messiânica Mundial, temos como objetivo nascer de novo
como verdadeiros filhos de Deus seguindo os passos de Meishu-Sama, que alcançou a
posição de um Messias, um filho de Deus.”
Kyoshu-Sama, “Nosso Juramento”

Amigos do Johrei,

Na postagem anterior, iniciei o debate a respeito de nascer de novo como Messias. Vou
abordar o tema através de três frentes:

1. Salvação da humanidade.
2. Construção do Paraíso Terrestre.
3. Objetivo dos membros (discípulos de Meishu-Sama).

Nesta postagem, darei ênfase à primeira frente: nascer de novo como Messias e
Salvação da humanidade.

Poderia apenas repetir o que os ministros falam: vamos aprender e seguir os passos de
Meishu-Sama. Portanto, se ele nasceu como Messias, devemos também nascer de novo
como Messias.

Contudo, acredito que Meishu-Sama é muito mais rico, elevado e profundo. Além disso,
se Meishu-Sama nos deixou inúmeros ensinamentos a respeito de Messias, existe um
motivo. E me sinto impelido a discorrer através deles. Convido todos a estudarmos
juntos.

Para iniciarmos esses estudos, é bom ficar claro qual a etimologia da palavra Messias. É
fundamental definirmos o significado de cada uma delas.

 Messias: Palavra hebraica que significa o ungido. Tem o mesmo significado do termo
grego Cristo. Fonte: https://www.dicio.com.br/messias/
 Ungido: Ungido é aquele que passou pelo processo de unção, no qual se passou óleos
consagrados ou aromáticos, para lhe conferir poder ou dignidade, purificação ou
extrema-unção. Fonte: https://www.significados.com.br/ungido/

Meishu-Sama foi um grande estudioso de diversos temas: economia, política, filosofia,


religiões, etc. Ele cita diversos autores e pensadores em seu ensinamentos. Embora, a
palavra Messias seja constantemente associada a Jesus e a Cristo. Ele sabia o
significado e a etimologia da palavra Messias e deixa isso claro. Esse é o ponto de
partida para começarmos a falar sobre Messias.

“Interlocutor: Respeitosamente. Fale a respeito do espírito da palavra Messias.

Meishu-Sama: A palavra Messias é hebraica. Por isso, é difícil compreender em


japonês. O significado é salvador, o senhor da salvação. As pessoas nas Igrejas Cristãs
crêem que Jesus é o senhor da salvação. Mas, na verdade, é o redentor, não é o salvador.
Ele redimiu o pecado de milhares de pessoas, tornou-se representante, sacrificando a
vida e sendo o primeiro perdoado. Mas, o salvador não recebe o perdão, ele concede o
perdão.”
Meishu-Sama, Gokowa, 28 de setembro de 1948
Fonte: http://www.rattail.org/secret/search1/situmon/m230928.html
“Messias é o salvador, é Cristo. Messias significa salvador em hebraico.”
Meishu-Sama, Kannon Koza n3, 5 de agosto de 1935
Fonte: http://www.rattail.org/secret/search1/ka/kannon15.html

Pela etimologia das palavras e pelas afirmações de Meishu-Sama todas as considerações


do Blog serão feitas tendo por base:

1. Messias e Cristo são sinônimos e significam: salvador.


2. Jesus não foi salvador.

Dessa forma, chego a conclusão que nascer de novo como Messias é nascer novamente
como Salvador.

“Interlocutor: A fé centralizada em Meishu-Sama pode ser entendida como a centralizar


e reverenciar a Kannon da Salvação?

Meishu-Sama: Não. Por Kannon ser uma das formas de Buda, ainda não emana a
verdadeira força. Deus é quem governa. Essa Kannon da Salvação que se fala é o
Príncipe Shotoku na forma de Kannon da Salvação. Quando chegar o momento, as
ações se iniciarão. Para dar início a essas ações, a partir de agora transformarei Buda no
Deus original, pois fui eu que criei Buda. Farei-o trabalhar pela Igreja Messiânica, farei
isso. Messias é o nome do ser humano. Deus é o senhor Deus, Jeová.”
Meishu-Sama, Gokowa, 1 de maio de 1952.
Fonte: http://www.rattail.org/secret/search1/kouwa/s270501.html

Pelo trecho acima, concluímos que o ser humano pode se tornar Messias, Salvador.
Basta seguir os passos de Meishu-Sama e nos alinharmos ao seu sentimento de
salvação. Nascer de novo como Messias reconfirma o objetivo da Igreja Messiânica em
se dedicar em prol da salvação da humanidade.

É perigoso insinuar que “dar ênfase na palavra Messias é querer transformar a IMM em
uma religião estranha”. Meishu-Sama mesmo afirma claramente o oposto. Como pode
ser confirmado no trecho abaixo:

“Pelo sentido acima exposto, “Messias” faz apenas menção ao significado de “salvar o
mundo”, trata-se de algo compatível com as atividades que desenvolveremos a partir de
agora e deixo claro aqui que não vem a ter outro significado. Pode haver pessoas que
digam tratar-se de um nome que tem relação com o cristianismo ou que, possivelmente,
estejamos nos aproveitando do momento atual. Contudo, tais pontos não vêm ao caso.”
Meishu-Sama, Sobre o nome Igreja Messiânica, 18 de fevereiro de 1950
Fonte:https://johreidiary2.wordpress.com/2017/12/20/ensinamento-sobre-o-nome-
igreja-messianica/

Na próxima postagem, irei expor meu estudo a respeito do nome Messias e


concretização do Paraíso Terrestre.
Kenshinjitsu, Paraíso Terrestre e a Vinda
do Messias
28 maio, 2018 johreidiary

Amigos do Johrei,

Nesses momentos de divergências e incertezas, busco as respostas nos ensinamentos de


Meishu-Sama. Esta postagem dá continuidade às outras duas postagens. Recomendo a
leitura delas para melhor entendimento:

 100 autores contra Einstein


 Meishu-Sama: Pode haver pessoas que digam tratar-se de um nome que tem relação
com o cristianismo

Convido cada um de vocês a estudar a relação entre nascer como Messias e construção
do Paraíso Terrestre. Mas, para isso é necessário entender o que é o Kenshinjitsu (Nível
de Suprema Iluminação Espiritual). Meishu-Sama afirma:

“Kenshinjitsu é o nível mais elevado. Lá é possível ver tudo de cima e ter


discernimento. Estou explicando para que as pessoas possam entender sobre o
Kenshinjitsu. O objetivo da fé é atingir rapidamente o Kenshinjitsu. Fazendo isso,
alcança-se a compreensão de diversas coisas. Mas, na verdade, o Kenshinjitsu não é
algo que se atinge normalmente com facilidade. Por isso, é bom que se aproxime dele.
A propósito, Shaka e Jesus alcançaram o Kenshinjitsu, mas existe dentro do
Kenshinjitsu nível superior, intermediário e inferior. Eles chegaram no nível
intermediário. Eles não tinham conhecimento além disso. Era uma época que não se
podia ter esse conhecimento, era muito cedo. Mas, agora, é preciso ter esse
conhecimento. Como vamos realmente construir o Paraíso Terrestre, as principais
pessoas precisam atingir certo nível do Kenshinjitsu. Ou seja, os membros da Igreja
Messiânica, principalmente os diretores. É como se fosse uma pirâmide com vários
níveis, o Kenshinjitsu é o topo.”
Meishu-Sama, Gokowa, 6 de março de 1954

Meishu-Sama é muito claro em relação ao Kenshinjitsu e a concretização do Mundo de


Miroku. Ou seja, sobre a concretização do Paraíso Terrestre, o Mundo da Trilogia
Verdade-Bem-Belo.

“Kenshinjitsu não é restrito a uma pessoa. Se todas as pessoas chegarem ao


Kenshinjitsu, os erros e a maldade se acabarão.”
Meishu-Sama, Gokowa, 8 de setembro de 1951
Fonte: http://www.rattail.org/secret/search1/kouwa/s260908.html
“Quase todas as pessoas chegarão ao Kenshinjitsu. Quando isso acontecer, teremos o
Mundo de Miroku. Ou seja, é como se fosse uma pirâmide, Kenshinjitsu é a parte mais
alta. Mas, se o ser humano estiver na parte de baixo, não irá entender. Conforme o
espírito se eleve, chegará no topo. Quando isso acontecer, vai entender que não é
interessante fazer o mal.”
Meishu-Sama, Gokowa, 11 de setembro de 1951
Fonte: http://www.rattail.org/secret/search1/kouwa/s260911.html

Além disso, Meishu-Sama associa “Fim do Mundo”, “Juízo Final”, “Chegada do Reino
dos Céus” à “Vinda do Messias”. Isso pode ser verificado no ensinamento abaixo:

“Interpretando desse modo, que mais poderia ser isso senão o “Fim do Mundo”
profetizado por Jesus? Caso não houvesse nenhuma outra profecia, a humanidade nada
mais teria a fazer do que aguardar seu fim, mas Jesus também disse: “É chegado o
Reino dos Céus”. Torna-se evidente, portanto, que essas duas grandes profecias estão
indicando o futuro do mundo, ou seja, que virá o Fim do Mundo e se estabelecerá o Céu
na Terra.

Foi previsto, ainda, o Retorno de Cristo e a Vinda do Messias. A propósito, também


devemos pensar que, para ficarmos absolutamente livres da destruição atômica, é
necessário transformar o mal em bem, conforme já explanei. E quem poderia ter força
ou poder para isso senão o próprio Messias? Não obstante, mesmo ocorrendo essa
grande transformação, haverá muitos que não se converterão ao bem. A estes, para os
quais não é possível esperar mais nada, só poderá acontecer o pior dos piores. Cristo
referiu-se a esse acontecimento com a expressão ‘Juízo Final’.”
Meishu-Sama, A transição da velha cultura para a nova cultura, Eiko n#68、6 de
setembro de 1950

Meishu-Sama também esclarece como será a Vinda do Messias.

“Fala-se sobre o Retorno de Cristo e Vinda do Messias, mas não descerá possuindo o
seu próprio corpo físico. O espírito de Deus descerá e se alojará nos corpos físicos das
pessoas escolhidas.”
Meishu-Sama, Explicação sobre a vinda celestial, 1948
Fonte: http://www.rattail.org/secret/search1/te/tenkoset.html

Meishu-Sama atingiu o Kenshinjitsu aos 45 anos de idade. Se Kenshinjitsu é o nível


mais alto na pirâmide, ele nasceu como Messias aos 71 anos, já no nível de
Kenshinjitsu.

É possível concluir a associação entre nascer como Messias e as qualificações para a


concretização do Paraíso Terrestre conforme Meishu-Sama deixou em seus
ensinamentos. Reforço que segundo Meishu-Sama, Messias é o nome do ser humano
conforme o ensinamento abaixo:

“Messias é o nome do ser humano. Deus é o senhor Deus, Jeová.”


Meishu-Sama, Gokowa, 1 de maio de 1952.
Fonte: http://www.rattail.org/secret/search1/kouwa/s270501.html

Resumindo:
1. Kenshinjitsu é o nível mais elevado.
2. Atingir o Kenshinjitsu é necessário para a construção do Paraíso Terrestre.
3. Se todas as pessoas chegarem ao Kenshinjitsu, os erros e a maldades se acabarão.
4. Quase todas pessoas chegarão ao Kenshinjitsu. Quando isso acontecer, teremos o
Mundo de Miroku (Paraíso Terrestre).
5. Antes de mais nada, para construir o Paraíso Terrestre é preciso sobreviver. Para evitar
a destruição atômica, é necessário a força do Messias.
6. A Vinda do Messias se dará através da vinda do espírito de Deus aos corpos dos seres
humanos.
7. Messias é o nome do ser humano.

Agradeço aos diretores da Igreja Toho-no-Hikari e diretores da Igreja Izunome por


afirmarem que Kyoshu-Sama e o futuro quinto Líder Espiritual, sr. Masaaki, divergem
dos ensinamentos de Meishu-Sama. Isso motiva os membros a se aprofundarem nos
estudos e práticas dos ensinamentos sagrados. Cada vez que aprofundo meus estudo,
mais crença tenho no Trono de Kyoshu.

Bom estudo e prática a todos.