Você está na página 1de 4

Universidade Federal do Pará

Disciplina: Redes Multimídia


Prof. Raimundo Viégas Jr.
Data:20/11/2018
Lista de Questões para a Avaliação Teórica Final

1. O que significa interatividade no caso de fluxo contínuo de áudio/vídeo


armazenados? E no caso de áudio/vídeo interativos em tempo real?

2. Foram discutidos em aula três “campos” para aprimorar a Internet de modo


que ela possa dar melhor suporte às aplicações de multimídia. Faça um breve
resumo das visões de cada campo. Qual deles você defende?

3. As figuras 7.1, 7.2 e 7.3 apresentam três esquemas para fluxo contínuo de
mídia armazenada. Quais as vantagens e as desvantagens de cada esquema?
4. Qual é a diferença entre atraso fim-a-fim e variação de atraso? Quais são
as causas da variação de atraso?

5. Por que um pacote recebido após o seu tempo de reprodução programado é


considerado perdido?

6. Na Seção 7.3 descrevemos dois esquemas FEC. Faça um pequeno resumo


deles. Ambos os esquemas aumentam a taxa de transmissão do fluxo
adicionando sobrecarga. A intercalação também aumenta a taxa de
transmissão?

7. Como os diferentes fluxos RTP em sessões diferentes são identificados por


um receptor? Como os diferentes fluxos internos à mesma sessão são
identificados?

8. Como são distinguidos os pacotes RTP e RTPC (como parte da mesma


sessão)?

9. Considere o buffer cliente mostrado na Figura 7.4. Suponha que o sistema


de transmissão use a terceira opção, isto é, o servidor lança a mídia na
porta o mais rapidamente possível. Suponha que a largura de banda TCP
disponível seja >> d na maior parte do tempo. Suponha também que o buffer
cliente pode conter somente cerca de um terço da mídia. Descreva como
x(t) e o conteúdo do buffer cliente evoluirá com o tempo.

10. O buffer de recepção do TCP e o buffer cliente do reprodutor de mídia


(transdutor) são a mesma coisa? Se não são, como eles interagem?

11. No exemplo do telefone por Internet da Seção 7.3, seja h o número total
de bytes de cabeçalho adicionado a cada porção, incluindo os cabeçalhos
UDP e IP.
12. Admitindo que um datagrama IP seja emitido a cada 20 milissegundos
utilizando codificação PCM padrão, qual é a taxa de transmissão em bits por
segundo para os datagramas gerados por um dos lados desta aplicação.

13. Qual é um valor típico de header quando é usado o RTP?

14. Considere a estratégia de reprodução adaptativa descrita na Seção 7.3.

a. Como dois pacotes sucessivos recebidos no destino podem ter


marcas de tempo que diferem em mais de 20 milissegundos se os
dois pacotes pertencem ao mesmo surto de voz?

b. Como o receptor pode usar números de seqüência para determinar se


um pacote é o primeiro pacote de um surto de voz? Seja objetivo em
sua resposta.

15. Suponha que enviamos dois datagramas IP para a Internet, cada um


portando um segmento UDP diferente. O primeiro datagrama tem endereço
IP de fonte A1, endereço IP de destino B, porta de fonte P1 e porta de
destino T. O segundo datagrama tem endereço IP de fonte A2, endereço IP
de destino B, porta de fonte P2 e porta de destino T. Suponha que A1 é
diferente de A2 e P1 é diferente de P2. Admitindo que ambos os
datagramas cheguem a seu destino final, os dois datagramas UDP serão
recebidos pelo mesmo socket? Justifique sua resposta.

16. Quais as diferenças entre o RTSP e o HTTP? Por exemplo, o HTTP é


“dentro” da banda ou “fora da banda”? O RTSP mantém informação de
estado sobre o cliente (considere a função pausa/reinício)?

17. Como um hospedeiro pode usar realimentação de informação RTCP para


determinar se os problemas são locais, regionais ou globais?

18. Na sua opinião, é melhor transmitir fluxo contínuo de áudio/vídeo


armazenados por TCP ou por UDP?

19. O problema de fornecimento de garantias de QoS pode ser resolvido


simplesmente fornecendo largura de banda suficiente, isto é, apenas
aumentando todas as capacidades de enlace, de modo que as limitações de
largura de banda deixem de ser uma preocupação?
20. Assinale (V) Verdadeiro ou (F) Falso:

a. Se um vídeo armazenado é entregue diretamente de um servidor


Web a um transdutor, então a aplicação está usando TCP como
protocolo de transporte subjacente. ( )

b. Ao usar RTP, é possível que um remetente mude a codificação no


meio de uma sessão. ( )

c. Todas as aplicações que usam RTP devem usar a porta 87. ( )

d. Suponha que uma sessão RTP tenha fluxos separados de áudio e


vídeo para cada remetente. Então os fluxos de áudio e vídeo usam o
mesmo SSRC. ( )

e. Em serviços diferenciados, ainda que o comportamento por salto


defina diferenças de desempenho entre classes, ele não impõe
nenhum mecanismo particular para alcançar estes desempenhos. ( )

f. Suponha que Alice quer estabelecer uma sessão SIP com Bob. Ela
inclui, na sua mensagem INVITE, a linha m=audio 48753 RTP/AVP 3
(AVP 3 denota áudio GSM). Portanto, Alice indicou em sua mensagem
que ela deseja enviar áudio GSM. ( )

g. Com referência à declaração anterior, Alice indicou em sua


mensagem INVITE que enviará áudio para a porta 48753. ( )

h. Mensagens SIP são enviadas tipicamente entre entidades SIP


usando um número default para a porta SIP. ( )

i. Para manter seu registro, clientes SIP têm de enviar mensagens


REGISTER periodicamente. ( )

j. SIP impõe que todos os clientes SIP suportem codificação de áudio


G.711. ( )