Você está na página 1de 9

ANTIGA PROFECIA GERMÂNICA (SÉC.

XII):

“Uma grande guerra virá, e depois o Kaiser abandonará o país.


Tempos difíceis se seguirão, apesar de que a terra estará em paz.
Então um homem de nascimento humilde chegará ao poder e obterá
muitos sucessos, tanto que a Alemanha se tornará a ‘Grande
Alemanha’. Haverá poucos judeus no país. Quando estiver no ápice de
seu poder esse homem fará alguma coisa para provocar outra guerra
mundial, resultando na queda da Alemanha. A Alemanha se tornará
pequena mais uma vez, mas submetida a um monarca católico,
recuperará seu poder e prestígio.”

SIBILA TIBURTINA:

“Uma estrela surgirá na Europa sobre os ibéricos, na direção da


grande casa do norte, cujos raios inesperadamente iluminarão o
mundo inteiro. Isso será num tempo muito desejado, quando os
mortais, cansados das armas, unidos abraçarão a paz.
Quase ao mesmo tempo dessa estrela, uma luz tão antiga quanto a
outra, e da mesma idade, ardendo com chamas bem mais vivas,
estenderá seu governo até as costas dos antípodas. A França será a
primeira a ser aprisionada por esse rei ou príncipe. A Inglaterra
humildemente se atirará sobre seus joelhos. A Itália, se esquecendo
com grande deliberação das altas empresas, contribuirá com sua
enfraquecida mão direita. Mas essa mesma luz se esconderá nas
nuvens de Deus muito antes de seu tempo, com o desejo dos
homens.”

Francisco Franco (04/12/1892) integrou o golpe de estado na


Espanha em julho de 1936 contra o governo da Segunda República.
Foi chefe de estado na Espanha entre 1938 e 1973. Já discutimos
sobre o desaparecimento de Hitler e Eva Braun.

1
SÃO FRANCISCO DE PAULA (1416-1507):

“Do teu senhorio, (Simão de Limena, Senhor de Montalto) nascerá o


grande líder da santa milícia do Espírito Santo, que superará o mundo,
e possuirá a terra tão completamente que nenhum rei ou senhor
poderá existir, a não ser que pertença às sagradas hostes do Espírito
Santo.
Esses homens devotos usarão em seus peitos, e muito mais em seus
corações, o sinal do Deus vivo, a cruz.
Os primeiros membros dessa santa ordem serão nativos da cidade
de... onde a iniquidade, o vício e o pecado abundam. No entanto, eles
se converterão do mal para o bem; de rebeldes contra Deus eles se
tornarão ferventes e fidelíssimos em Seu divino serviço. A cidade será
amada por Deus e pelo Grande Monarca, o eleito e o amado do Deus
Altíssimo. Por causa desse lugar todas as santas almas que nele
fizeram penitência rezarão diante de Deus pela cidade e por seus
habitantes. Quanto tiver chegado o tempo da imensa e justíssima
justiça do Espírito Santo, Sua Divina Majestade deseja que essa
cidade se converta a Deus, e que muitos de seus cidadãos sigam o
grande príncipe da santa armada. A primeira pessoa que abertamente
usará o sinal do Deus vivo pertencerá a essa cidade, porque ele será
comandado através de uma carta de um santo ermitão a o ter
impresso em seu coração e a usá-lo externamente em seu peito.
Esse homem começará a meditar nos segredos de Deus, sobre a
longa visitação que o Espírito Santo fará e sobre o domínio que ele
exercerá sobre o mundo através da santa milícia. Ó feliz homem, que
receberá do Altíssimo os maiores privilégios! Ele interpretará os
segredos escondidos do Espírito Santo, e com frequência excitará a
admiração dos homens com seu conhecimento revelado dos segredos
escondidos de seus corações. Alegra-te, meu senhor, porque esse
príncipe sobre os outros príncipes, e rei sobre os reis, te terá na maior
veneração, e depois de ser coroado com três admiráveis coroas,
exaltará essa cidade, a declarará livre, e a capital do império, e ela
será uma das primeiras cidades do mundo.
Tu e tua esposa desejam uma posteridade; vocês a terão. Tua santa
descendência será admirada na terra. Entre os teus descendentes
haverá um que será como o sol entre as estrelas, ele será um
primogênito; em sua infância será como um santo; na adolescência,
2
um grande pecador; então ele se converterá completamente para
Deus e fará grande penitência, seus pecados lhe serão perdoados, e
ele se tornará um grande santo.
Ele será um grande capitão e príncipe de homens santos, que serão
chamados de ‘os santos portadores da cruz de Jesus Cristo’, com os
quais ele destruirá a seita dos maometanos e o resto dos infiéis. Ele
destruirá todas as heresias e tiranias do mundo. Ele reformará a igreja
de Deus com seus seguidores, que serão os melhores homens do
mundo em santidade, armas, ciência, e em toda virtude, porque essa
é a vontade do Altíssimo. Eles obterão o domínio do mundo inteiro,
temporal e espiritual, e eles suportarão a igreja de Deus até o fim dos
tempos.
O Deus Todo Poderoso exaltará um homem muito pobre, do sangue do
imperador Constantino, filho de Sta. Helena e da semente de Pepino,
que usará em seu peito o sinal que viste no começo desta carta (uma
cruz vermelha). Com o poder do Altíssimo ele confundirá os tiranos, os
hereges, e os infiéis. Ele reunirá uma grande armada, e os anjos
lutarão por eles; eles matarão todos os inimigos de Deus.
Desde o começo do mundo, depois da criação do homem, e até o fim
das gerações humanas, aconteceram e acontecerão eventos
maravilhosos sobre a terra. Quatrocentos anos não se passarão até
que a Divina Majestade visite o mundo com uma nova ordem religiosa
muito necessária, que efetuará maiores benefícios entre os homens
do que todas as outras instituições religiosas combinadas. Essa ordem
religiosa será a última e a melhor na igreja; ela procederá com armas,
com orações, e com hospitalidade. Ai dos tiranos, dos hereges, e dos
infiéis, que não serão poupados, porque essa é a vontade do
Altíssimo! Um infinito número de homens perversos perecerá pelas
mãos dos portadores da cruz, os verdadeiros servos de Jesus Cristo.
Eles agirão como bons agricultores que extirpam ervas venenosas e
espinhos do trigal. Esses santos servos de Deus purificarão a terra
com a morte de inúmeros homens perversos.
Como são espiritualmente cegas essas pessoas que sem terem
nenhum pensamento para as coisas de Deus fixam seu fim em
objetos terrenos. Pobres homens! Muito piores do que as próprias
bestas que são guiadas por seus sentidos, porque não podem
raciocinar; mas os homens, quando abandonam o uso da razão, ficam
como brutos. Por isso ficarão sempre em estado de confusão. Que por
essa razão os príncipes desse mundo se preparem para os piores
3
castigos, que cairão sobre eles. Mas de quem? Primeiro de hereges e
infiéis, e depois dos santos e fidelíssimos portadores da cruz eleitos
pelo Altíssimo, que sem terem sucesso na conversão dos hereges pela
ciência, serão obrigados a fazerem um vigoroso uso de suas armas.
Muitas cidades e vilarejos ficarão em ruínas, com a morte de uma
inumerável quantidade de maus e bons homens. Os infiéis também
lutarão contra os cristãos e os hereges, pilhando, destruindo, e
matando uma grande parte dos cristãos. Finalmente, a armada,
chamada ‘da igreja’, os santos portadores da cruz, se moverá, não
contra os cristãos ou a cristandade, mas contra os infiéis nos povos
pagãos, e eles conquistarão todos esses reinos com a morte e um
enorme número de infiéis. Depois disso eles virarão suas vitoriosas
armas contra os maus cristãos, e destruirão todos os rebeldes contra
Cristo. Esses santos portadores da cruz reinarão e dominarão com
santidade sobre o mundo inteiro até o fim dos tempos. O fundador
desses santos homens será, meu senhor, um da tua posteridade. Mas
quando acontecerão essas coisas? Quando cruzes portando os
estigmas forem vistas, e o crucifixo será carregado como estandarte.
O tempo está chegando em que a Divina Majestade visitará o mundo
com uma nova ordem religiosa, os santos portadores da cruz, que
carregarão um crucifixo, ou a imagem de nosso senhor crucificado,
levantada sobre o estandarte principal à vista de todos. Esse
estandarte será admirado por todos os bons católicos; mas no começo
será ridicularizado pelos maus cristãos e os infiéis. Seus gracejos, no
entanto, serão transformados em luto, quando testemunharem as
maravilhosas vitórias que serão alcançadas contra os tiranos, hereges
e infiéis. Muitos homens perversos e rebeldes obstinados contra Deus
perecerão: suas almas serão atiradas no inferno. Esse castigo cairá
sobre todos os transgressores que com novas e falsas doutrinas
tentarão corromper a humanidade e fazer com que os homens se
voltem contra os ministros da adoração divina. O mesmo castigo é
devido para todos os pecadores obstinados, não aqueles que pecam
por fraqueza, porque esses, se convertendo e fazendo penitência, e
corrigindo suas condutas, encontrarão a divina misericórdia do
Altíssimo cheia de compaixão para com eles. Ó santos portadores da
cruz do Altíssimo, que agradáveis vocês serão para o grande Deus,
muito mais do que os filhos de Israel! Deus, por vossa
instrumentalidade, fará maiores prodígios do que ele já fez antes com
qualquer outra nação. Vocês destruirão a seita de Maomé, e todos os
infiéis de todo tipo e de toda seita. Vocês darão um fim a todas as

4
heresias do mundo extinguindo todos os tiranos. Vocês removerão
toda causa de reclamação estabelecendo uma paz universal, que
durará até o fim dos tempos. Vocês obrarão a santificação da
humanidade. Ó santos homens: povo abençoado pela Santíssima
Trindade! Vosso vitorioso fundador triunfará sobre o mundo, a carne, e
o diabo.
Um da tua posteridade fará maiores obras e maravilhas do que vossa
senhoria. Esse homem será um grande pecador em sua juventude,
mas como São Paulo ele será chamado e convertido por Deus. Ele
será o grande fundador de uma nova ordem religiosa diferente de
todas as outras. Ele a dividirá em três classes: militares, sacerdotes
solitários e piedosos hospitaleiros.
Essa será a última ordem religiosa na igreja, e ela fará mais bem para
nossa santa religião do que todos os outros institutos religiosos. Pela
força das armas ele tomará posse de um grande reino. Ele destruirá a
seita de Maomé, extirpará os tiranos e as heresias. Ele levará o mundo
a um modo de vida santo. Haverá um rebanho e um pastor. Ele reinará
até o fim do tempo. Na terra inteira haverá somente doze reis, um
imperador, e um papa. Os [muito]ricos serão poucos, mas todos
santos. Que Jesus Cristo seja louvado e abençoado; porque ele me
concedeu a mim, um pobre e indigno pecador, o espírito da profecia,
não de uma maneira obscura como para seus outros servos, mas me
concedeu escrever e falar de maneira claríssima. Eu sei que pessoas
sem fé e réprobos escarnecerão de minhas cartas e as rejeitarão; mas
elas serão recebidas por essas fiéis almas católicas que aspiram à
possessão do reino dos céus. Essas cartas infundirão tamanha doçura
do amor divino em seus corações que eles sentirão prazer em
manuseá-las com frequência, e em tirarem cópias delas, porque essa
é a vontade do Altíssimo. Nessas cartas se perceberá quem pertence
ao Senhor Jesus Cristo e quem não, quem é predestinado e quem é
reprovado. Melhor ainda isso será conhecido através do santo sinal do
Deus vivo. Aqueles que o tomarem, amarem, e usarem serão santos.”

JOÃO AMADEU DE SYLOA (1482):

5
“Nos últimos dias haverá grandes guerras e derramamento de sangue.
A fúria das guerras durará um longo tempo. Províncias inteiras serão
desnudadas e ficarão sem habitantes, muitas cidades abandonadas
pelo povo, os nobres assassinados, pessoas principais arruinadas,
grandes mudanças nos reinos, repúblicas e juízes.
A Alemanha e a Espanha se unirão debaixo de um grande príncipe
designado por Deus. Depois de muitas mortes, as outras nações serão
forçadas a fazerem parte dessa união. Não há esperança para os
infiéis até que toda a Alemanha se converta; então tudo acontecerá
depressa. Por causa da infidelidade dos alemães, o tempo será
prolongado até que todas as nações se unam ao Grande Legislador.
Depois dessa união conversões em massa terão lugar por mandato
divino, e paz e prosperidade se seguirão.”

Essa união sobre a qual João Amadeu fala pode encerrar um grande
mistério: a união do corpo místico de Cristo com o Pai [ascensão de
Hitler].

THOMAS JOSEPH MOULT (1740):

“Jeremias diz em suas profecias: acontecerá que assim como os


judeus acumularam ira e má vontade ao encontro de Jesus Cristo e de
seus discípulos, que os falsos cristãos se levantarão contra o Espírito
Santo e contra a igreja, e contra os que a mantém; porque segundo
Sta. Brígida, em seu quarto livro de revelações, se diz: maldição, e de
novo maldição quando um infante se assentar sobre a sede da flor de
lis. Nesse tempo haverá tribulação na igreja romana, porque Deus
também pode suscitar os franceses ao encontro da igreja...
O mestre dos astros é chegado, que os juízes exortem o povo e
anunciem que devem proteger a barca para que não afunde. Porque
se Deus não aparecer, São Pedro estará em dúvida, e os prelados
serão afligidos, para que não anunciem a palavra de Deus... E disso
tudo uma multidão de males acontecerá, e o chefe da fé, como uma
árvore sem frutos, se trespassará desse mundo, e será mal obedecido

6
lá onde ele estará. E por isso a cidade de Roma terá grandes
dificuldades para manter com dignidade seus costumeiros prelados...
Os prelados da Alemanha não são de maneira nenhuma os vigários
daquele que carregava seu sudário, mas daquele que disse, meu
senhor, estou pronto para ir contigo, na morte e na vida: e no tempo
da adversidade tira da espada e corta fora a orelha do servidor do
príncipe da lei, demonstrando que poderia de boa vontade lhe ferir a
testa, e depois nega o Senhor.”

ISAÍAS CAP. 11; 1-12:

“Um ramo brotará do tronco de Jessé, e um renovo frutificará de suas


raízes. O Espírito do Senhor repousará sobre ele, o espírito de
sabedoria e de entendimento, o espírito de conselho e de fortaleza, o
espírito de conhecimento e de temor do Senhor. Ele se inspirará no
temor do Senhor, e não julgará pela aparência, nem decidirá pelo que
ouvir dizer; mas julgará os pobres com justiça e defenderá os
humildes da terra sem parcialidade; ferirá a terra com palavras de
juízo e matará o ímpio com o seu sopro.
A justiça será o cinto do seu peito, e a fidelidade, o cinto de sua
cintura. O lobo habitará com o cordeiro, e o leopardo se deitará com o
cabrito. O bezerro, o leão e animal de engorda viverão juntos, e um
menino pequeno os conduzirá. A vaca e a ursa pastarão juntas, e as
suas crias se deitarão juntas; e o leão comerá palha como o boi. A
criança de peito brincará sobre a toca da cobra, e a desmamada porá
a mão na cova da víbora.
Não se fará mal nem dano algum em todo o meu santo monte, porque
a terra se encherá do conhecimento do Senhor, como as águas
cobrem o mar. Naquele dia, a raiz de Jessé será como um estandarte
para os povos, para onde as nações correrão; o seu descanso será
glorioso.
Naquele dia, o Senhor estenderá de novo a mão para resgatar o
remanescente do seu povo que for deixado na Assíria, no Egito, em
Patros, na Etiópia, em Elão, em Sinar, em Hamate e nas ilhas do mar.
Levantará uma bandeira entre as nações e ajuntará os desterrados de

7
Israel; e reunirá os dispersos de Judá desde os quatro cantos do
mundo.”

IRMÃ MARIANNE (1804):

“Enquanto persistirem as orações públicas, nada acontecerá; mas


chegará o tempo em que as orações públicas cessarão.
As pessoas dirão, ‘as coisas vão ficar do jeito em que estão’. É aí que a
grande calamidade acontecerá. Essa grande calamidade consistirá em
uma grande fuga, grandes tribulações em muitas grandes cidades da
França e um horrível massacre na capital, Paris. Durante a batalha as
pessoas ouvirão o ruído dos canhões a nove léguas de distância.
Antes do grande combate os perversos serão os mestres. Eles farão
todo o mal que estiver a seu alcance, mas não tantos quantos
desejarem, porque não terão tempo suficiente. Os bons e fiéis
católicos, em desvantagem, estarão a ponto de serem aniquilados,
mas um golpe vindo do céu os salvará.
Ó poder de Deus! Ó poder de Deus! Todos os perversos perecerão, e
também muitos bons homens. Ó, que terríveis serão essas
calamidades! As igrejas serão fechadas, mas somente pelo espaço de
vinte e quatro horas.
As mulheres religiosas, apavoradas, estarão a ponto de abandonarem
seus conventos, mas elas permanecerão. Nessa hora eventos tão
extraordinários acontecerão que até os mais incrédulos serão
obrigados a dizerem, ‘o dedo de Deus está aí’. Ó poder de Deus!
Haverá uma noite terrível, e ninguém conseguirá dormir. Essas coisas
não durarão muito tempo, porque nenhuma pessoa poderia suportá-
las.
Quando tudo parecer perdido, tudo será salvo. É aí que mensageiros
chegarão, anunciando boas novas, quando o Te Deum será cantado,
de uma maneira até então inédita. É aí que o príncipe reinará, que as
pessoas buscarão, que antes não o estimavam.
Nesse tempo o triunfo da religião será tão grande como nunca se viu
igual. Todas as injustiças serão reparadas, leis civis serão

8
promulgadas em harmonia com as leis de Deus e da igreja. As
crianças serão instruídas de maneira cristã! Piedosas guildas para os
trabalhadores serão reestabelecidas: o triunfo da igreja e da França
será glorioso.”

Você também pode gostar