Você está na página 1de 6

CENTRO UNIVERSITÁRIO JORGE AMADO - UNIJORGE – POLO ITUAÇU – BA

xxxxxxx

Trabalho da disciplina Estatística, como


requisito avaliativo das unidades III e IV do
Curso de Administração. 4º semestre.
Tutor:

xxxxx – BAHIA
2018
Situação problema
Os resultados dos exames, realizados em 20 pacientes com suas alturas e pesos,
encontra-se na tabela abaixo. Baseado nos dados disponíveis:

Paciente 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10

Altura (metros) 1,83 1,66 1,79 1,85 1,69 1,6 1,8 1,65 1,86 1,7

Peso (kg) 90 50 96 90 100 56 89 64 91 65

Paciente 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20

Altura (metros) 1,67 1,62 1,9 1,71 1,64 1,74 1,63 1,78 1,81 1,75

Peso (kg) 68 60 95 88 67 68 70 82 99 78

RESOLUÇÃO
1) Efetue o cálculo do IMC dos 20 pacientes, e elabore uma tabela de frequências
(com valores absolutos e relativos) conforme a classificação dada pela ABESO.
Freq. Frequência
Altura (metros) (kg) IMC IMC
Simp Relativa
1,83 90 26,9 Abaixo do Peso 1 (1/20) x100= 5%
1,66 50 18,1 (7/20)
1,79 96 30 Peso Normal 7 x100=35%
1,85 90 26,3 Sobrepeso/Pré-
8 (8/20)x100=40%
1,69 100 35 Obesidade
1,6 56 21,9 (3/20)
Obesidade Grau I 3 x100=15%
1,8 89 27,5
Obesidade Grau II 1 (1/20) x100= 5%
1,65 64 23,5
Obesidade Grau
1,86 91 26,3 0 (0/20) x100= 0%
III
1,7 65 22,5
1,67 68 24,4 Total 20 100%

1,62 60 22,9
1,9 95 26,3
1,71 88 30,1
1,64 67 24,9
1,74 68 22,5
1,63 70 26,3
1,78 82 25,9
1,81 99 30,2
1,75 78 25,5
34,68 1566 516,9

Responda:
 Os resultados encontrados, a partir da tabela construída, confirmam as
informações apresentadas pela ABESO, no que se refere ao percentual da
população acima do peso?

Sim, as informações apresentadas pela ABESO estão corretas, no caso


apresentado o percentual de pessoas acima do peso chega aos 60%.
2) Para as duas variáveis (X = altura e Y = peso), encontre os valores das seguintes
medidas:

 Média, desvio-padrão e coeficiente de variação da variável altura no exame


realizado pelos médicos.

∑X 34,68
Média = n = 20 = 1,734
Desvio Padrão = 0,0896
Desv.P 0,08964
Coeficiente de Variação = Media × 100 = 1,734 = 5,169%

 Média, desvio-padrão e coeficiente de variação do peso no exame realizado


pelos médicos.

∑X 1566
Média = n = 20 =78.3
Desvio Padrão = 15, 513
Desvio Padrão 15,513
Coeficiente de Variação = × 100 = × 100= 19.812
Média 78,3

 É possível encontrar um valor médio para o IMC? E o valor do desvio-padrão?


Quais seriam esses valores?

∑X 516,9
Média = n = 20 =25,845
Desvio Padrão = 3,6853
Desvio Padrão 3,6853
Coeficiente de Variação = × 100 = × 100= 14,259
Média 25,845

Altura apresenta semelhança, estabilidade e baixo afastamento, Peso apresenta


uma média alta e série de médio afastamento e o IMC apresenta média de 25,845
e desvio padrão 3,6853, série semelhante de baixa dispersão.

3) No que se refere às distribuições de probabilidade das variáveis X (altura) e Y


(peso), e com base nos dados amostrais do problema:
a) Sabe-se que a variável peso Y é normalmente distribuída, ou seja, Y segue uma
distribuição Normal, com valores de média e desvio-padrão obtidos no item 2. Desse
modo, qual é a probabilidade de uma pessoa selecionada ao acaso ter peso menor
que 80 kg?
x− μ 80−78,3
z= = =0,10958
σ 15,513

Y ( Y< 80 ) =
Y ( Z < 0,11) =
0,5 + 0,0438 = 0,5438 (o 0,0438 foi encontrado na tabela de distribuição normal)
Y (Y < 80) = 54.38 %
A probabilidade de uma pessoa ter peso menor que 80 é de 54,38%.
b) Sabendo-se que podemos atribuir uma nova variável aleatória nesse estudo: o
IMC, e que essa variável é normalmente distribuída, isto é, IMC segue uma
distribuição Normal com valores de média e desvio-padrão também obtidos no item.
Desse modo, você acha que seria alta a probabilidade de uma pessoa, selecionada
ao acaso, ter o IMC maior ou igual do que 30? Justifique.
x− μ 30−25,845
z= = = 1,13
σ 3,68

P ( IMC ≥ 30 ) =
P ( Z ≥ 1,13) =
0, 5 – 0,3729 = 0,127
P ( IMC ≥ 30 ) = 𝟏𝟐, 𝟕%

A probabilidade de uma pessoa ter IMC maior ou igual a 30 é de 12,7%.

4) Encontre o intervalo de 95% confiança para o peso médio dos pacientes.


Estimativa Pontual: = 78,3
Tamanho da amostra (n): 20 pessoas.
Desvio-padrão populacional: 15,513
Nível de confiança: 95% ou 0,95.
t(20 - 1= 19; 100 - 95 = 5/2 = 2,5)= 2,0930
15,513
78,3 – 2,0930.
√20
15,513
78,3 + 2,0930.
√20

IC(μ, 95%) = (71,5 ; 85,099)


O intervalo de 95% de confiança está entre 71,5 e 85,09.
5) Elabore um gráfico de dispersão para as variáveis. Calcule o coeficiente de
correlação linear de Pearson das variáveis altura (X) e peso (Y). Classifique o grau de
correlação entre as variáveis.
Gráfico de dispersão para as variáveis
120

100

80
Peso

60

40

20

0
1.55 1.6 1.65 1.7 1.75 1.8 1.85 1.9 1.95
Altura

Altura (X) Peso (Y) X.Y X² Y²

1 1,83 90 164,7 3,3489 8100


2 1,66 50 83 2,7556 2500
3 1,79 96 171,84 3,2041 9216
4 1,85 90 166,5 3,4225 8100
5 1,69 100 169 2,8561 10000
6 1,6 56 89,6 2,56 3136
7 1,8 89 160,2 3,24 7921
8 1,65 64 105,6 2,7225 4096
9 1,86 91 169,26 3,4596 8281
10 1,7 65 110,5 2,89 4225
11 1,67 68 113,56 2,7889 4624
12 1,62 60 97,2 2,6244 3600
13 1,9 95 180,5 3,61 9025
14 1,71 88 150,48 2,9241 7744
15 1,64 67 109,88 2,6896 4489
16 1,74 68 118,32 3,0276 4624
17 1,63 70 114,1 2,6569 4900
18 1,78 82 145,96 3,1684 6724
19 1,81 99 179,19 3,2761 9801
20 1,75 78 136,5 3,0625 6084
Total 34,68 1566 2735,9 60,2878 127190
20 ×2735,89 −34,68 ×1566
r= = 0,7738
√(20 ×60,2878 – 34,682 ) ×(20 ×127190− 15662 )

Correlação positiva entre as variáveis no valor de 0,7738.


6) Encontre a reta de regressão com a variável dependente sendo o peso (Y) e a altura
como variável independente (X). Com base nesse modelo de regressão linear,
encontre o IMC de uma pessoa com altura de 1,92 metros.
20 ×2735,89−34,68 ×1566
a= = 133,914
20 ×60,2878− 34,682

b = 78,3 − 133,914 × 1,734 = −153,907

Reta de regressão:

Y = 133,914 x – 153,907

IMC de uma pessoa com 1,92m de altura:

y = 133,914 × (1,92) − 153,907


y = 103,208

103,208
IMC =
1,922

IMC = 27.997

O IMC de uma pessoa com 1,92m de altura é de 27.997.