Você está na página 1de 114

·V

EDITAL
1

... 1

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOAO PESSOA


SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA
-"",
"> / ,,l:,
r·:.'.. ,J:
r-, ,;:--:j•'l="R ~\\
l. '""'

COMISSÃO SETORIAL DE LICITAÇÃO


EDITAL DE CONCORRÊNCIA Nº 07.007/2018 \ __-¼.&)
PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2408/2017/SEINFRA ·,,.., L-·-'- ~/·
,C!),""---~JO,. .

1.1. A PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA, através de sua SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA,


doravante denominada SEINFRA/PMJP, pessoa jurídica de direito público, constituída sob a forma administrativa direta,
com sede na Av. Rio Grande do Sul, n.0 721, CEP 58.030-020, Telefone (083) 3214-7218, no Bairro dos Estados, na
Cidade de João Pessoa, Capital do Estado da Paraiba, através da Comissão Setorial de Licitação, nomeada por ato do Sr.
Prefeito Municipal, através da Portaria nº 250, datada de 04 de maio de 2018, de conformidade com a Lei n. 0 8.666, de 21
de junho de 1993, suas alterações e demais legislações aplicáveis, torna pública a realização de Licit~ção no d!a 23 de
outubro de 2018, às 09 horas, no retro-mencionado local e endereço, na modalidade de CONCORRENCIA PUBLICA,
objetivando a execução de obra descrita no item 2 deste instrumento convocatório, nas condições fixadas neste Edital e
seus Anexos, sendo a presente licitação do tipo "MENOR PREÇO GLOBAL", em Regime de Execução de Empreitada por
Preços Unitários.

1.2. O recebimento dos Envelopes "01", contendo a documentação de Habilitação e Envelopes "02", contendo a Proposta
de Preço dar-se-á Impreterivelmente às 09 horas, do dia 23 de outubro de 2018 na sala da CSL da SEINFRA/PMJP, no
endereço acima indicado.

1.3. A abertura dos Envelopes "01 ", contendo a documentação de Habilitação dar-se-á no mesmo local retro estabelecido
impreterivelmente às 09 horas, do dia 23 de outubro de 2018 .

.2.0BJETO

2.1. A presente licitação tem por objeto a seleção de propostas mais vantajosas para a Contratação de empresa
especializada de Engenharia para Execução de Serviços de Pavimentação com Capeamento e Recapeamento
Asfáltico (CBUQ) em 54 RuasfAvenidas, nos Bairros: Cristo Redentor, Gramame, Bairro dos Estados, Bairro dos
lpês, Varjão, Valenllna, Cidade Padre Zé, Jardim Cidade Universitária, Seixas, Mandacarú, Baixo Roger, Roger,
Bancários, Água Fria, Anatólia, Mangabeira, Oitizeiro - Lote 03 na Cidade de João Pessoa - PB, conforme
especificações contidas nos Anexos 1, li, Ili. IV. V. VI. VII. VIII I IX ,X e XI, segundo discriminação abaixo que fazem
parte integrante do presente edital.

3. O VALOR ORÇADO E O PREÇO MÁXIMO

3.1.0 Valor Orçado pela SEINFRA/PMJP ou ORÇAMENTO BASE é de R$ 12.154.375,79 (Doze milhões, cento e
cinqüenta e quatro mil, trezentos e setenta e cinco reais, setenta e nove centavos). Este valor orçado pela
SEINFRA/PMJP, será considerado para efeito de Classificação da Proposta e avaliação da inexeqüibilidade da Proposta,
inclusive os custos diretos e o B.D.I - Bonificação e Despesas Indiretas, conforme a PLANILHA DE VALOR ORÇADO DA
SEINFRA/PMJP -ANEXO a este Edital.

QUADRO RESUMO

ITEM RESUMO

DISCRIMINACAO VALOR IR$l


1 CRISTO REDENTOR
1.1 Rua Mourisse de Miranda Gusmão 933.206,34
1.2 Rua Fernando Cunha Lima 489.596 78
1.3 Rua Humberto Paiva de Carvalho 22.560 26
1.4 Rua Monte Santo 17.036 98
2 GRAMAME
2.1 Rua José de Carvalho Costa Filho 239.27923
2.2 Rua Serra do Jatobá 202.866,27
2.3 Rua Comerciante Valdete Duarte Rodriaues 231.104,12
2.4 Rua lnácia Maria de Souto 219.992 74
2.5 Rua Rosa Anaela Maria Caaliani 161.039,09
2.6 Rua Manoel Alexandre de Araúio 88.537,94
2.7 Rua Pedra do Reino 148.211 83
3 BAIRRO DOS ESTADOS
3.1 Av. Esoirito Santo 288.541 80
3.2 Rua Prof. Joaauim Francisco Veloso Galvão 178.882,52
4 BAIRRO DOS IPES
4.1 Av. Tancredo Neves (Trecho Al 423.172 88

Concorrência Pública nº 07.007/2018 Página 1


1

i ✓---~.
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSQA-, 1:,~:: 1r~~\
SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA (___ ~_@:-__ . I
\~ l .:~.<-
'":..
-, - ~•'
,,~
4.2 Av. Tancredo Neves (Trecho B) 496.995,40
5 VARIOS
5.1 Av. Min. José Américo de Almeida (Trecho A} 935.830,28
5.2 Av. Min. José Américo de Almeida (Trecho B) 976.212 06
6 VARJAO
6.1 Rua São João 75.346.94
6.2 Rua João Barreto Filho 44.050.90
7 VALENTINA
7.1 Rua Dominaos José da Paixão 247.170 21
7.2 Rua Carlos Neves da Franca 163.062 28
7.3 Rua Telearaf. Chateaubriand Brasil Filho 64.841.10
8 CIDADE PADRE ZE
8.1 Rua Mardokeu Nakre 241.425 18
9 JARDIM CIDADE UNIVERSITARIA
9.1 Rua Desemb. Aurélio M. de AlbuQueraue 212.034,60
9.2 Rua Adoloho Ferreira Soares Filho 165.920.50
9.3 Rua Pastor Rodolfo Beuttenmuller 120.725.29
9.4 Rua Elov de Medeiros 163.945,09
9.5 Rua Luiz Moreira Gomes 168.930.66
9.6 Rua Manoel Belarmino de Macedo 169.005 39
9.7 Rua Francisca Dantas Souza 168.742 26
9.8 Rua Luiz José Batista 168.647 87
9.9 Rua Inácio Ramos Andrade 168.252 81
9.10 Rua JoaQuim Pereira da Silva 167.95117
9.11 Rua Subtenente Graciano Félix da Silva 66.327.09
9.12 Rua Professora Carmem Moreira Coutinho 120.019 10
9.13 Rua Maria Batista Rodriaues 61.768.08
10 SEIXAS
10.1 Rua Adalaiza Camilo 88.606,80
11 MANDACARU
11.1 Rua João de Brito Lima Moura 159.851.24
11.2 Rua Silvino Santos 90.453,46
12 BAIXOROGER
12.1 Av. Airton Senna da silva 500.337 39
12.2 Rua Dezenove de Marco 81.539,33
12.3 Rua Cordeiro Senior 83.920,56
13 ROGER
13.1 Rua Conceição Cabral 63.044 71
13.2 Rua Maria da silva Ramalho 45.681 45
14 BANCARIOS
14.1 Rua Euaênio Carneiro Monteiro 78.596,39
15 AGUA FRIA
15.1 Rua José Firmino Ferreira 171.187.17
16 ANATOLIA
16.1 Rua Francisco Timóteo de Souza 207.473,53
16.2 Rua dos Eucaliptos 72.584 72
17 MANGABEIRA
17.1 Rua Desoortista João Apóstolo de Souza A 197.564.83
17.2 Rua Desportista João Apóstolo de Souza B 181.213.12
17.3 Rua Anisio de Azevedo Lima 274.810,96
18 OITIZEIRO
18.1 Av. Desembaraador Santos Stanislau 361.889.97
18.2 Rua Coronel Adolfo Massa 236.222,61
18.3 Av. Ana Neri 217.370,94
19 SERVICOS DO ORÇAMENTO
19.1 Serviços Iniciais 3.637 30
19.2 Administracão Local 163.753,51
19.3 Mobilização e Desmobilização de 73.402,76
Eauioamentos
TOTAL GERAL 12.154.375 79

Concorrência Pública nº 07.007/2018 Página 2


,,.,••~·=·~
..,,... ~

/ \.

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃ0 PESs"0K' 1:~::::~sf.\ 1

SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA \~,~)


\. lJ-..,1.. i'
~/

3.2.0 preço máximo global da SEINFRA/PMJP para efeito de Classificação da Proposta será o do "caput• deste subitem.
As propostas que apresentarem PREÇOS UNITÁRIOS e PREÇO GLOBAL SUPERIORES ao ORÇAMENTO BASE
fornecido pela SEINFRA/PMJP serão DESCLASSIFICADAS, bem como, as propostas que apresentarem preços
unitários manifestamente inexeqüiveis, assim considerados aqueles que não venham a ter demonstrado sua viabilidade
através de documentação que comprove que os custos dos insumos são coerentes com os de mercado e que os
coeficientes de produtividade são compatlveis com a execução do objeto do contrato.

4. OS RECURSOS ORÇAMENTÁRIOS

4.1.0s recursos orçamentários e financeiros decorrentes para a execução do objeto desta Licitação, serão os seguintes:

Classificação Funcional: 11.107.15.451.5099.1.063 - SISTEMA VIÁRIO


Natureza da despesa: 4.4.90.51
Fonte de Recursos: 1940 - TCE / 1510 - STN - Outras Transferências de Convênio ou
Contrato de Repasse da União.
1001 - CONTRAPARTIDA (Recursos Ordinários)

5. AQUISIÇÃO DO EDITAL E ANEXOS

5.1.0s interessados em adquirir fotocópia do Edital e cópia dos seus anexos, poderão fazê-lo junto à
V Comissão Setorial de Licitação da SEINFRA/PMJP, no endereço mencionado no preâmbulo deste Edital e
poderão ser fornecidos no sitio da PMJP no endereço: http://transparencia.joaopessoa.pb.gov/llcitacoes.

6. CONDIÇÕES PARA PARTICIPAÇÃO NA LICITAÇÃO

6.1. É vedada a participação de empresa sob quaisquer das seguintes condições:

6.1.1. Que estejam proibidas de contratar com a Administração Pública, em razão de sanção restritiva de direito decorrente
de infração administrativa ambiental nos termos do Art. 72, § 8°, inciso V, da Lei nº 9.605, de 1998;

6.1.2. Que estejam suspensas de licitar e/ou impedidas de contratar com a Administração Pública Municipal, com a
Administração Pública Estadual e com a Administração Pública Federal;

6.1.3. Que estejam incluídas no Cadastro de Empresas lnidôneas e Suspensas (CEIS) do portal da Controladoria Geral da
União - CGU "http://.portaldatransparencia.gov.br/ceisr

6.2. Somente poderão participar desta licitação as Firmas regularmente estabelecidas no Pais.

6.3. Na presente licitação é vedada a participação de empresas em consórcio.

7. DO CREDENCIAMENTO

7.1. Cada licitante far-se-á representar perante a Comissão Setorial de Licitação por apenas uma pessoa, admitindo-se
como representante o Diretor, Sócio com poderes de gerência ou pessoa habilitada por meio de procuração, com firma
reconhecida em Cartório.

7.2. Nenhuma pessoa tisica, ainda que credenciada por procuração legal, poderá representar mais de um licitante.

7.3. A instituição de representante perante a Comissão Setorial de Licitação será realizada no ato da entrega do envelope
de habilitação, no local, data e horário indicados no preâmbulo deste Edital, ocasião em que o representante se identificará
perante a Comissão, entregando-lhe cópia autenticada da Carteira de Identidade e dos documentos mencionados nos sub
itens 7.4. e 7.5. abaixo, os quais serão analisados pela comissão antes do inicio da sessão de abertura.

7.4. Quando o representante for Diretor ou Sócio com poderes de Gerência, deverá apresentar á Comissão Setorial de
Licitação, cópia autenticada do Contrato Social ou Ata de Assembléia Geral da empresa licitante e da Carteira de
Identidade, a fim de comprovar a sua qualidade de representante legal.

7.5. Quando o representante for pessoa habilitada por meio de Procuração, deverá entregar à Comissão cópia autenticada
dos documentos referidos no sub item 7.3., bem como do instrumento particular de Procuração outorgado pela empresa
licitante, com firma reconhecida e com a previsão de outorga de amplos poderes de representação, inclusive com poderes
especificos para interposição e desistência de recurso e para o recebimento de intimações, constando o endereço para
envio das intimações e devendo o subscritor da Procuração estar devidamente identificado.

7.6. A não apresentação ou incorreção dos documentos nos sub itens 7.3., 7.4. e 7.5. não inabilitará a licitante, mas
impedirá o representante de se manifestar e de responder pela empresa.
Concorrência Pública nº 07.007/2018 Página 3
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA

8. FORMA DE APRESENTAÇÃO DOS ENVELOPES "01" E "02"

8.1. Os envelopes "01" e "02", contendo respectivamente a documentação referente à habilitação e proposta de preço,
deverão ser entregues na data, horário e local indicados no preâmbulo deste edital, devidamente fechados, contendo na
face de cada qual os seguintes dizeres:

CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 07.007/2018


ENVELOPE 01-DOCUMENTOS DE HABILITAÇÃO
PROPONENTE: _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ __

CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 07.007/2018


ENVELOPE 02 - PROPOSTA DE PREÇO
PROPONENTE: _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ __

8.2. Os envelopes n. 0 01 (documentação) e n.0 02 (proposta comercial) devem estar identificados com os dizeres
do sub item 8.1., devendo os mesmos estarem lacrados, sob pena de não recebimento por parte da Comissão
Setorial de Licitação.
V
9. DOCUMENTAÇÃO REFERENTE À HABILITAÇÃO

9.1. O envelope "01", contendo a documentação relativa à habilitação jurídica, técnica, econômico - financeira e fiscal
deverá ser apresentado devidamente fechado e endereçado a:

SEINFRA / PMJP
COMISSÃO SETORIAL DE LICITAÇÃO
CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 07.007/2018
ENVELOPE "01"- HABILITAÇÃO
NOME COMPLETO DO LICITANTE

9.1.1. Todos os volumes incluldos no envelope, em via única, deverão ser apresentados em formato A-4, encadernados,
com todas as folhas numeradas, em ordem crescente. em linguagem clara e objetiva, sem emendas. rasuras ou
entrelinhas, rubricadas pelo representante legal ou procurador legalmente constituldo, apresentado ao inicio um indice e
no final um termo de encerramento que também deverá ser assinado, indicando o número de folhas, conforme modelo
constante do Anexo X.

9 .1.2. Após a entrega dos envelopes, a Comissão Setorial de Licitação não aceitará a substituição ou anexação de
qualquer documento por parte das licitantes, salvo os esclarecimentos que forem eventualmente solicitados pela mesma,
de acordo com § 3° do art. 43, da Lei n° 8.666/93.

W' 9.2. Para habilitar-se, o Licitante deverá APRESENTAR, no Envelope "01" (Habilitação) os seguintes documentos:

9.2.1 HABILITAÇÃO JURÍDICA

a) Contrato Social Consolidado e seus Aditivos se houver, devidamente registrado na Junta Comercial, em se tratando de
sociedades comerciais e, no caso de sociedades por ações, acompanhado de documentos de eleição de seus
administradores;

9.2.2. REGULARIDADE FISCAL

a) Prova de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica - CNPJ com data não Inferior; a 90 (noventa) dias da
data de abertura do certame;

b) Prova de regularidade junto à Fazenda Federal, mediante a apresentação de Certidão Conjunta Negativa de Débitos ou
Certidão Conjunta Positiva com efeitos de Negativa: Quitação de Tributos e Contribuições Sociais administrados pela RFB
(Receita Federal do Brasil) e quanto a Divida Ativa da União;

c) Prova de regularidade para com a Fazenda Estadual, relativo ao domicilio ou sede do licitante;

d) Prova de regularidade para com a Fazenda Municipal, relativo ao domicilio ou sede do licitante, ou documento
equivalente, na forma da lei;

Concorrência Pública nº 07.007/2018 Pãgina4


i /.
_...-. - ·•-...._..,__, ....
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESS<;ÍAL:~ 1 ::::: :(·;~\-.\

SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA \ &J O\~ i


_ _g_~- .
- ,,.: .'

,.,...,. ,,/
f} Prova de regularidade relativa ao FGTS, representada pelo CRF - Certificado de Regularidade do FGTS, emitido pela
Caixa Econômica Federal, demonstrando situação regular no cumprimento dos encargos sociais instituídos por lei;

g) Prova de inexistência de débitos inadimplidos perante a Justiça do Trabalho através de Certidão Negativa de Débitos
Trabalhistas (CNDT) ou Certidão Positiva com efeitos de Negativa.

9.2.3 QUALIFICAÇÃO TÉCNICA

a) Certidão de Registro e Quitação do Licitante e dos seus Responsáveis Técnicos para com o Conselho Regional de
Engenharia, Arquitetura e Agronomia - CREA do local da sua sede, contendo os dados cadastrais atualizados.

b) Comprovação de que possui em seu quadro permanente. até a data da recepção dos envelopes, Engenheiro Civil,
detentor(es) de Atestado(s) de Responsabilidade Técnica emitido por pessoa Jurídica de direito público ou privado,
acompanhado da respectiva CAT (Certidão de Acervo Técnico) emitida pelo CREA que tenha experiência em
obra/serviços referente ao objeto da Licitação com destaque para execução de obra/serviços de características
semelhantes, limitada exclusivamente às parcelas de maior relevância e valor significativo (Lei 8666/93 - Arl 30 - Inciso 1-
§ 1°) considerando percentuais mínimos de 50% dos Quantitativos dos serviços constantes na Planilha de Quantitativos,
descrita a seguir em conformidade ao Termo de Referência do Processo Administrativo nº 0889/2017, assinado pela Engº
Civil Gleiciane Aquino de Almeida Cavalcante da Divisão de Orçamentos e Projetos/DIPRO/SEINFRA:
V • Construção de pavimento com aplicação de concreto betuminoso usinado a quente (CBUQ)

9.2.4 QUALIFICAÇÃO ECONÔMICA FINANCEIRA

a) Balanço Patrimonial e Demonstrações Contábeis do último exerclcio social, já exigíveis e apresentados na forma da Lei,
que comprove a boa situação financeira da empresa, vedada a sua substituição por balancetes ou balanços provisórios,
podendo ser atualizados por índices oficiais, quando encerrados há mais de 3 (três) meses da data da apresentação da
proposta.

1. O Balanço Patrimonial e as Demonstrações Contábeis deverão estar registrados ou autenticados na Junta


Comercial da sede ou do domicilio da licitante e estar assinados por Contador ou por outro profissional
equivalente, devidamente registrado no Conselho Regional de Contabilidade - CRC
2. As empresas constituídas no exercício em curso deverão apresentar cópia do balanço de abertura ou cópia
do livro diário contendo o balanço de abertura, inclusive com os termos de abertura e encerramento,
devidamente registrado ou autenticado na Junta Comercial da sede ou domicilio da licitante.
3. O Balanço Patrimonial também poderá ser disponibilizado, mediante via impressa por meio da Escrituração
Contábil Digital- ECO, desde que comprovada à transmissão desta à Receita Federal do Brasil, por meio da
apresentação do Termo de Autenticação (recibo gerado pelo Sistema Público de Escrituração Digital -
SPED.

b) Relatório descritivo e demonstrativo do Contador ou Profissional equivalente, devidamente registrado no Conselho


Regional de Contabilidade - CRC, indicando a boa situação Econômica e Financeira da Empresa em poder contratar com
a Administração, após a análise dos indicadores Financeiros e Econômicos extraídos do último balanço do Exercício
Financeiro e comparados com os parâmetros dos indicadores previstos e abaixo descritos:

INDICE DE LIQUIDEZ GERAL (LG): igual ou superior a 1,00 (um virgula zero)

LG = ATIVO CIRCULANTE+ REALIZÁVEL A LONGO PRAZO


PASSIVO CIRCULANTE + PASSIVO NÃO CIRCULANTE

INDICE DE LIQUIDEZ CORRENTE (LC): igual ou superior a 1,00 (um vírgula zero)

ILG =ATIVO CIRCULANTE+ REALIZÁVELALONGO PRAZO


PASSIVO CIRCULANTE + EXIGIVEL A LONGO PRAZO

INDICE DE SOLVÊNCIA GERAL (SG): Igual ou superior a 1,00 (um vírgula zero)

SG = ATIVO TOTAL
PASSIVO CIRCULANTE + PASSIVO NÃO CIRCULANTE

c) Certidão negativa de Falência ou Concordata/Recuperação Judicial e Extrajudicial, expedida pelo distribuidor da pessoa
jurldica. Caso não conste outro prazo de validade da certidão, serão aceitas certidões emitidas nos últimos 90 (noventa)
dias, antes da data da sessão de abertura da licitação, descrita no preâmbulo do Edital. Caso a referida certidão não

Concorrência Pública nº 07.007/2018 Pãgina 5


i
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESS~---...
SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA l,:.:.:-~ ......_· ·.
1 i
l\··-·-•:>,.
&l~~ }
----·'
abranja Processo Judicial Eletrônico, quando já implantados na Comarca da sede do licitante, deverá s;r-~pres'ê~iâda / _.
também certidão negativa abrangente desses processos. ~~-~-.. ""'
9.2.5 DECLARAÇÕES

a) Declaração, assinada pelo representante legal do proponente, de que manterá nos seiviços um Engenheiro Civil co-
responsáveis na gerência dos seiviços, na qual será indicado o nome e o número da inscrição do mesmo junto ao CREA,
cujo nome deverá constar na Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) relativa à obra objeto da presente licitação,
devendo o referido Engenheiro assinar em conjunto concordando com a sua Indicação. (Modelo do Anexo IV).

b) Declaração, assinada pelo representante legal do proponente, de que, se considerado adjudicatário do objeto da
presente licitação, disporá de pessoal técnico para a execução dos seiviços de competência reconhecida.

c) Declaração, assinada pelo representante legal do proponente, de que, se considerado adjudicatário do objeto da
presente licitação, disporá dos equipamentos necessários à execução dos seiviços.

d) Declaração, assinada pelo representante legal do proponente, que recebeu os documentos e tomou conhecimento de
todas as informações e condições locais para o cumprimento das obrigações objeto da presente licitação.

e) Declaração de que não existe fato impeditivo para habilitação da licitante no presente processo licitatório, devidamente
assinada pelo Representante legal da licitante. (ANEXO V)

f) Declaração, assinada pela representante legal do proponente, de não possuir menores de idade no quadro da empresa
(MODELO DO ANEXO VI).

g) Declaração de que é Microempresa ou Empresa de Pequeno Porte, caso se enquadre nessa situação anexando o
comprovante do Termo de Opção do SIMPLES ou LUCRO PRESUMIDO, expedido pela Receita Federal ou Certidão
expedida pela Junta Comercial. (Indicar o local da sede ou domicilio da licitante, onde for o registro) emitida no máximo até
12 {doze) meses antes da data da licitação para que essa possa gozar dos benefícios previstos no Capítulo V da Lei
Complementar nº 123 de 14/12/2006.

h) Declaração que os sócios, gerente(s) ou diretor (es) e seus cônjuges, companheiros ou parentes até terceiro grau, não
sejam membro(s) ou servidor(es) da Prefeitura Munlclpal de João Pessoa, na forma de legislaç$o vigente e devidamente
assinada pelo representante legal do proponente.

9.3. Os documentos necessários à habilitação do proponente poderão ser apresentados em original, por qualquer
processo de cópia autenticada por cartório competente ou por servidor da Administração ou publicação em órgão de
imprensa oficial, obrigando-se, no entanto, a fornecer os originais correspondentes em qualquer época que lhes forem
solicitados pela Comissão de Licitação.

9.3.1 Caso a autenticação seja feita por membro da Comissão Setorial de Licitação, os documentos serão apresentados
até 24 (vinte e quatro) horas antes do horário estabelecido para a licitação. Em nenhuma hipótese serão autenticados
documentos após este prazo.

9,3,2 O responsável técnico que foi indicado no Item 9.2.5, alínea "a" e que em conjunto assln~r as declarações deverá
ser o mesmo que foi indicado para atendimento as exigências, inclusas no sub-Item 9.2.3 , allnea '."b" deste Edital.

10. APRESENTAÇÃO DOS DOCUMENTOS DA PROPOSTA COMERCIAL

10.1. O Envelope "02" - Proposta Comercial, será apresentado devidamente fechado e assinada pelo proponente ou seu
representante legal, redigida em português, de forma clara, sem emendas, rasuras ou entrelinhas nos campos que
envolverem valores, quantidades e prazos, deverá ser elaborada considerando as condições estabelecidas neste edital e
seus anexos, endereçado a:
SEINFRA / PMJP
COMISSÃO SETORIAL DE LICITAÇÃO
CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 07.007/2018
ENVELOPE "02" - PROPOSTA COMERCIAL
NOME COMPLETO DO LICITANTE

10.1.1. Todos os volumes incluídos no envelope deverão ser apresentados em formato A-4, devidamente encadernados,
com todas as folhas numeradas em ordem crescente, em linguagem clara e objetiva, sem emendas, rasuras ou
entrelinhas, rubricadas pelo representante legal ou procurador legalmente constituldo, apresentado ao inicio um índice e
no final um termo de encerramento, que também deverá ser assinado, indicando o número de folhas, conforme modelo do
ANEXO X.

Concorrência Pública nº 07.007/2018 Página6


i
1

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO: PESSOA-·


SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA /, '•..
i e;~: -. ,• , ~ ~: .. :~ ·:-:.:.. ·:
1 !
'1_, __.31Q c;;x:__.)

10.2. Deverá conter ainda no Envelope "02" da Proposta Comercial, os seguintes documentos:
\
' í~L4"
_,...,
'---/
,...
.,,

a) Proposta Comercial, exclusivamente na éxpressifü mqnetária vigente no- Pais, contendo rainda a quàlificação do
Licitante (Nome, Endereçot Telefone, Fax, Tele~, etc.) Efa Conta BancáriEic(Banco, Agencia ·e Nºlda conta) e do Prazo de
Validade devidamente assinada pelo Representante legal da licitante conforme modelo fornecido pela SEINFRA.
(Anexo li)

b) Planilha de Quantitativos e Qualitativos preenchidos com seus respectivqs custos unitários; e globais, bem como a
totalizaç~o por Item e geral, conforme modelo fomeçido pela SEINFRA, devidamente assinada pelo Engenheiro
Responsável Técnico com o numero da carteira do CREA e assinatura do mesmo, confonne tLei Federal n:0 5.194 de
24.12.66 e pelo Representante legal da. licitante. (Anexo Ili). Será obrigatória a apresentação <;lesta planilha através de
melo magnético em CD (Planilha Excel)

ê) .Cronograma flsico-financeiro, contendo as etapas de execução e as respectivas pàrcelas de pagamento,


levando~se em consideração o prazo máximo de execução da obra que 'Será de 12 (Doze) meses
devidamente assinada pelo Engenheiro Responsável Téct-lco com o número da carteira do CREA e assinatura
1
do rnesmô, confoimê Lei Federal n.0 '5.194 de 24.12:66 e pelo representante legal dá licitante•

u d) Composiçãodetalhada da taxél de B!D,I. -' Benl!fiçio de Pespesas Indiretas conforme :modelo fornecido pela
SEINFRA (Anexo VII) e de Encargç:is Sociais confor~e modelo,fornecldo pela SEI.NFRA (Anexo VIII) utilizada nos
preços unitários propostos, devidamente assinada pefo Engenheiro Responsável Técnico cpm o número da carteira
do CREAe assinatura· do mesmo, conforme Lei Federá! n. 0 ,5.194 de 24.12.66.e pelo representante legal da licitante,
obedecendo aci Acórdão nº 2622/2013-TCU Plenário;

e) Declaração de que nos preços unitários propostos estão incluldos todos os custos de Materiais, Mão-de-Obra,
Transporte independentemente de percurso, Carga e Descarga de Materiais, Leis Sociais, Tributos, Administração,
Lucros e quaisquer outros Encargos que incidam sobre os serviços a executar, devidamente assinada pelo Representante
legal.

f) Declaração, assinada pelo representante legal da licitante de que reconhece a PMJP o direito de promover ajustes, no
plano de execução da obra, ao longo da realização da mesma, de forma a melhor compatibilizá-lo com o Cronograma
Fisico aprovado.

g) Declaração de que assume inteira responsabilidade pela Execução dós Serviços objeto deste (Edital, de que iniciarã
os serviços no prazo máximo de 05 (cinco).dlas, contados da data de emissão da Ordem c{e Serviços, devidamente
assinada pelo Representante legal da licitante,

h) Declaração de que disponi!liliiará pará a ,exécução dos serviços todos os equipàmentos exigidos nas
r
Especificações Técnicas (ANEXO do Edital) e que se respon~abilizar~ pelo:fornecimento e p:ela '.exigência do uso dos
equipamentos de Proteção Individual- EPl'S e EPC, devidamente assinada pelo Representa11te legaL
u 10.3. Os documentos constantes alineas "b" , •c· e 'd" do item 1O, sub-item 10.2. deverão ser apresentados contendo o
nome do concorrente, identificação do Engenheiro Responsável Técnico com o número da carteira do CREA e assinatura
do mesmo, conforme Lei Federal n. 0 5.194 de 24.12.66. Como também a assinatura do representante legal da firma.

10.4. O responsável técnico que foi lndicad9 no item s:2,5, allnea •a~ e que em conjunto assinar as declarações deve
ser o mesmo indicado para atendimento as éxig~riêias de habilitação, inclusive no sub-item 9.2.3, alínea "b", e
deverá ser o mesmo para atender ao item 10.3, deste Edital.

11. PROCEDIMENTO

11.1. No dia, hora e local previstos no preâmbulo deste Edital, reunir-se-á a Comissão Setorial de Licitação, com o mínimo
de 03 (três) membros.

11.2. O Presidente, no horário previsto no Edital, sem qualquer tolerância, declara abertos os trabalhos e instalada a
Sessão de Recepção dos Envelopes: "01" - HABILITAÇÃO E "02" - PROPOSTA COMERCIAL desta Concorrência
Pública, fazendo registrar em Ata os nomes das empresas presentes.

11.3. Serão abertos os envelopes "01 ", contendo a documentação relativa à habilitação dos proponentes e procedida a
sua apreciação.

11.4. Serão considerados inabilitados os proponentes que não apresentarem os documentos exigidos no item 9 deste
edital.

Concorrência Pública nº 07.007/2018 Página 7


1 •·

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃd PESS/9~ :···,:··i~-- -


··" ·~-. i
1
SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA (
\\···---ªl'''L
!J. ~- i
','-J/ J

11.5. Os envelopes "02", contendo a proposta comercial, serão devolvidos fechados aos proponentes considerados
inabilitados, desde que não tenha havido recurso ou após a sua denegação.

11.6. Serão abertos os envelopes "02". contendo a proposta de preço dos proponentes habilitados, desde que
transcorrido o prazo sem interposição de recurso, ou tenha havido desistência expressa, ou após o julgamento dos
recursos interpostos.

11.7. Será verificada a conformidade de cada proposta com os requisitos exigidos no Item 10 deste edital, promovendo-se
a desclassificação das propostas desconformes ou incompatlveis.

11.8. Julgamento e classificação das propostas de acordo com o estabelecido no item 12 deste edital.

12. DO CRITÉRIO DE JULGAMENTO

12.1. Após a fase da HABILITAÇÃO, a Comissão Setorial de Licitação procederá a abertura dos envelopes da Proposta
Comercial. A primeira via de todos os documentos neles contidos, serão obrigatoriamente assinados ou rubricados pelos
representantes das licitantes presentes e pelos membros da Comissão Setorial de Licitação, ato este que deverá ser
realizado perante a mesa que preside os trabalhos.

12.2. Depois da abertura dos envelopes Proposta Comercial, não mais caberá desclassificação de licitantes por motivo
relacionado aos Documentos de Habilitação, salvo em razão de fatos supervenientes, ou só conhecido após o julgamento
da habilitação.

12.3. Chegado ao conhecimento da Comissão Setorial de Licitação de fato superveniente após o julgamento da
habilitação, a mesma deverá diligenciar no sentido de esclarecer as questões suscitadas, encaminhando ao Secretário de
Infra-Estrutura seu relatório e conclusão para as devidas e cabíveis providências.

12.4. Dentre as propostas dos proponentes considerados habilitados, serão classificadas as propostas pela ordem
crescente dos preços apresentados, considerando-se vencedor o proponente que apresentar o MENOR PREÇO GLOBAL,
e não tenha preço global nem preço unitário superior ao do orçamento base fornecido pela SEINFRA, comportamento
fundamentado no Art.40, Inciso X, da Legislação pertinente.

12.5. Havendo empate entre duas ou mais propostas, e após obedecido o disposto no parágrafo 2° do art. 3° da Lei nº
8.666/93, a classificação se fará por sorteio, em ato público, para o qual todos os proponentes serão convocados.

12.6. Será desclassificada a proposta de preço que:

a) ultrapassar o valor fixado no Item 13 deste edital;


b) deixar de cotar qualquer dos itens da obra:
c) alterar quantidade constante da planilha;
d) cotar valor global manifestamente inexeqüível.
e) cotar preço unitário divergente para o mesmo tipo de serviços.

13. DO CRITÉRIO DE ACEITABILIDADE DE PREÇOS

13.1. Serão desclassificadas as propostas que apresentarem valor global superior ao valor orçado pela SEINFRA / PMJP
como também apresentem preços unitários superiores aos orçados pela SEINFRA/PMJP, ou cotar preço unitário
divergente para o mesmo tipo de serviço ou com preços unitários manifestamente inexeq0iveis.

14. PRAZOS

14.1. O prazo máximo para a execução do contrato e para a entrega do objeto da presente licitação é de 12 (DOZE)
meses a contar da data de expedição da Ordem de Serviços emitida pela SEINFRA / PMJP, vinculados, exclusivamente
ao cronograma fislco-financeiro, incluído neste mesmo prazo a mobilização e desmobilização, a elaboração do Projeto
Executivo e a execução das obras e serviços propriamente ditos.

14.2. Adjudicado o objeto da presente licitação, a SEINFRA / PMJP convocará o adjudicatário para assinar o termo de
contrato em até 05 {CINCO) dias, contados a partir da data de convocação da empresa, sob pena de decair o direito à
contratação, sem prejuízo das sanções previstas no art. 81 da Lei nº 8.666/93.

14.3. A SEINFRA / PMJP poderá, quando o convocado não assinar o contrato no prazo e condições estabelecidos neste
edital, convocar os proponentes remanescentes, na ordem de classificação, para fazê-lo em igual prazo e nas mesmas
condições propostas pelo primeiro classificado, inclusive quanto aos preços atualizados, de conformidade com o presente
edital, ou revogar a licitação, independentemente da cominação prevista no art. 81 da Lei nº 8.666/93.

Concorrência Pública nº 07.007/2018 Página 8


PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESS~·~·-~-,-...,
SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA ,r;_.·,; .·-: ~:· ·:. ·. \
: 1

\ ___ ~!~-~--- /
~) :_
·..... ·•'
'""
14.4. Os prazos de que tratam o item 14.1 poderão ser revistos nas hipóteses e forma a que alude o art. 57, parag'í'ãfói0 ,
.,._;,,~

da Lei nº. 8.666/93.

14.5. O prazo de validade da Proposta Comercial sera de, no máximo 60 (SESSENTA) dias. contados a partir da data da
recepção dos envelopes de Habilitação e Proposta Comercial.

15. SANÇÕES ADMINISTRATIVAS PARA O CASO DE INADIMPLEMENTO CONTRATUAL.

15.1. A recusa injustificada do adjudicatório em assinar o contrato, aceitar ou retirar o instrumento equivalente, dentro do
prazo estabelecido pela SEINFRA / PMJP. caracteriza o descumprimento total da obrigação assumida, sujeitando-o às
penalidades legalmente estabelecidas, o que não se aplica aos licitantes remanescentes.

15.2. O atraso injustificado na execução do contrato sujeitará à multa de mora, na forma estabelecida a seguir:

a) 0,3% (três décimo por cento), por dia de atraso até o trigésimo dia;
b) 10% (dez por cento), após, ultrapassado o prazo da allnea anterior.

15.3. As multas, a que se refere esta Cláusula, incidem sobre o valor do contrato, e serão descontados dos pagamentos
U eventualmente devidos pela SEINFRA / PMJP, ou quando for o caso, cobrado judicialmente.

15.4. Pela inexecução total ou parcial do contrato a Administração poderá aplicar as seguintes sanções:

a) Advertência;

b) Multa de 10% (dez por cento) do valor do contrato:

c) Suspensão temporária de participação em licitação e impedimento de contratar com a Prefeitura Municipal de João
pessoa, no prazo não superior a 02 (dois) anos;

d) Declaração de inidoneidade para licitar ou contratar com a Administração Pública, facultada a defesa prévia no prazo de
10 (dez) dias.

15.5. As sanções previstas nas allneas "a", "c" e "d", desta Clausula, poderão ser aplicadas conjuntamente com a da
alínea "b", facultada a defesa prévia do interessado, no prazo de 10 (dez) dias úteis.

15.5.1. As multas serão propostas pela fiscalização e aplicadas pela PMJP.

15.5.2. Nas reincidências, as multas terão seus valores duplicados.

15.6. Ocorrendo a inexecução de que trata o item 14.4, reserva-se ao Órgão contratante o direito de optar sucessivamente
pela oferta que se apresentar como aquela mais vantajosa, pela ordem de classificação, comunicando, em seguida, à
Direção da SEINFRA / PMJP, para as providências cabíveis.

15.7. A Segunda adjudicataria, ocorrendo a hipótese do item anterior, ficara sujeita às mesmas condições estabelecidas
neste Edital.

16. DO CRITÉRIO DE REAJUSTE

16.1. - Os preços contratados serão fixos e irreajustáveis, pelo período de 12 (doze) meses a partir da data da
apresentação da Proposta Comercial, observando-se o que trata a Clausula Quinta da Minuta do Contrato, anexo deste
Edital.

17. DOS SERVIÇOS NÃO PREVISTOS NO CONTRATO

17.1. A execução dos serviços não previstos no Contrato Inicial, sendo aditados, serão regulados pelas mesmas condições
do contrato resultante da licitação, àplicando-se aos preços base da PMJP, um redutor,·no mesmo percentual encontrado
entre o valor global da proposta vencedora e o preço base incluso neste Edital.

18. CONDIÇÕES DE PAGAMENTO

18.1. O representante da SEINFRA / PMJP especialmente designado para acompanhar e fiscalizar a execução do contrato
efetuará medições entre os dias 25 e 30 de cada mês e analisara o avanço fisico real dos serviços e o cronograma e
verificará o exato cumprimento das obrigações do contrato no perlodo da medição, quanto à quantidade, qualidade e ao

Concorrência Pública nº 07.007/2018 Página 9


1

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃ0 PESSC1~,


SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA .f.1;.,_;: ::i,\:7f,,,':)-.

\---~•3-~-
\
=-
l;JL
prazo previsto para a execução. Medida e atestada a execução dos serviços, a contratada entregará a co~pondeJJe"
fatura na DIVISÃO DE MEDIÇÃO da SEINFRA / PMJP. .

18.1.1. Por ocasião do pagamento das medições, será retido de cada fatura da contratada o equiialente a 3% (TRÊS POR
:t

CENTO) do valor, cuja devolução se dará 30 (Trinta) dias após o recebimento definitivo l dos serviços, mediante
requerimento do interessado e apresentação da 1ª Via de Recebimento da Caução.

18.2. Os pagamentos serão mensais, de acordo com o cronograma flsico - financeiro, e serão efetuados até 30 dias após
o adimplemento de cada parcela, referente a medição previamente realizada pelo fiscal da obra.

18.2.1 A medição da Administração local será paga como uma proporção da execução financeira dos demais serviços da
obra, obedecendo ao percentual do valor executado, em cada medição, pela Contratada. Exemplo: " ...se o construtor
executou 9% do valor da obra em determinado mês, teria direito a 9% do pagamento ptevlsto contratualmente
para a Administração Local ... " (Acórdão TCU 2.622/2013).

18.2.2. Os prazos acima estabelecidos poderão, excepcionalmente e a critério da Diretoria responsável pela
fiscalização dos serviços, serem alterados desde que observados o interesse público.

18.3. Não gerarão direito a reajuste e atualização monetária os serviços que forem entregues com atraso imputável à
u contratada.

18.4. Os pagamentos decorrentes da execução do objeto da presente licitação, correrão por conta dos recursos da
dotação orçamentária constante do Item 4.1, ou seja:

Classificação Funcional: 11.107.15.451.5099.1.063- SISTEMA VIÁRIO


Natureza da despesa: 4.4.90.51
Fonte de Recursos: 1940- TCE 11510- STN - Outras Transferências de Convênio ou
Contrato de Repasse da União.
1001 - CONTRAPARTIDA (Recursos Ordinários)

19. GARANTIA DO CONTRATO

19.1. Para a formalização do contrato, a adjudicatária deverá comprovar no ato de assinatura do termo contratual que
providenciou a prestação de garantia no valor equivalente a 2% (dois por cento) do valor do contrato.

19.2. Caberá à adjudicatária optar por uma das modalidades de garantias estabelecidas no art. 56, parágrafo 1°, da Lei nº
8.666/93, e quando apresentada sob a modalidade Titulo da Divida Pública, somente serão aceitos como válidos, se
apresentados em sua forma original, com certificação do órgão público emissor do titulo ou seu sucessor legal, bem como
comprovação da sua legitimidade e autenticidade com registro junto ao Banco Central e ou Banco do Brasil ou Caixa
Econômica Federal e prova de real valor do mercado.

u 19.3. Havendo prorrogação de prazo dos serviços, obrigatoriamente a adjudicatária deverá apresentar a prorrogação de
prazo da Garantia Contratual, condição indispensável para efetivação do Termo Aditivo.

19.4. A garantia prestada pela contratada será liberada ou restituida em até 10 (dez) dias consecutivos após o
cumprimento fiel e correto dos termos contratuais, quando do recebimento definitivo da obra e, quando em dinheiro.
atualizada financeiramente.

20. RECURSOS

20.1. Aos proponentes é assegurado o direito de interposição de Recurso, nos termos do art. 109 da Lei nº 8.666/93, o
qual será recebido e processado nos termos ali estabelecidos.

21. RECEBIMENTO DO OBJETO DE LICITAÇÃO

21.1. Executado o contrato, o mesmo será recebido nos termos do art. 73, inciso 1, alíneas ·a• e "b" e art. 76 da Lei
8.666/93.

21.2. Executado o objeto do contrato, a contratada responderá pela solidez e segurança da obra durante o prazo de cinco
anos, em conformidade com o disposto no art. 618 do Código Civil Brasileiro.

21.3. Os ensaios, testes e demais provas exigidos por normas técnicas oficiais para boa execução do objeto do contrato
correrão por conta da contratada.

22. DISPOSIÇÕES GERAIS

Concorrência Pública nº 07 .007/2018 Página 10


PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO! PESS0Á-·--... \
SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA : P.t,::--1.:~:.-;;7':,}\\)

~~~-!.-./ ,/;
22.1. Esclarecimentos relativos à presente licitação e às condições para atendimento das obrigações necess--,a""'n-a-a-o
cumprimento de seu objeto, somente serão prestados quando solicitados por escrito, encaminhados à Presidência da
Comissão Setorial de Licitação, no endereço ou tele-fax mencionados no preâmbulo deste Edital.

22.2. A Microempresa ou Empresa de Pequeno Porte·detentora da· Proposta de menor valor; derjtre 'aquelas cujos valores
sejam iguais··ou superiores áté. 1.0% (dez. por .cento) ao valor da proposta melhor classificada, será convocada, pela
Comissão Setorial de Licitação, para dentro.do prazo de 2 (dols)dlas ~tel~ após a data da publicação do Aviso de
Julgamento de Proposta de Preços, apresentar nova proposta de preço mfenor.ao da melhor clássificada.

22,3. A licitante que vier a ser contratada deverá antes da assinatura do Contrato apresentar tpdas as Composjções de
Custos do.s serviços constc!ntes na planilha.orçamentária, devendo conter no mlnimo:
• coeficientes d.e produtividàde, de .consumo e aproveitamento de insumos;
• Discriminação de cada insumo, unidade de medida, preço unitário e custo parcial;
• Custo unitário total do· serviço, representado pelá soma dos custos parciais· de cada· insumo.
Para o caso de se utilizarem Composições de .Custos de entidades especializadas; a fonte( de consulta deverá ser
expiicitada.

u 22.4. A licitante que vier a ser contratada, ficará obrigada a aceitar, nas mesmas condições contratuais, os acréscimos ou
supressões que, a critério da SEINFRA/PMJP, se façam necessários nas obras objeto desta Licitação, até o limite de
25%(vinte e cinco por cento) do valor inicial do contrato.

22.5. Não será permitido subcontratação.

22.6. Para a execução contratual do objeto desta Concorrência Pública, a SEINFRA/PMJP designará por ato do Secretário
de Infra-Estrutura do Município um seu representante, que dentre outras atribuições anotará em registro próprio todas as
ocorrências relacionadas com a sua execução, determinando o que for necessária a regularização das faltas ou defeitos
observados.

i2!7, A Contratada m!=lnteri!, durante toda a execução do contrat<>, em compatibilidade com a~ obrigações assumidas,
todas as condições de habilitação e qualificação exigidas na licitação.

22.8. A Contratada deverá, as suas expensas. manter seus operários devidamente fardados com padrão fornecido pela
SEINFRA/PMJP, bem como, todos os demais equipamentos de segurança.

22.9. A Contratada se obriga a dar destinação final aos resíduos provenientes da construção civil e demolição
(ENTULHOS) junto a Usina de Reciclagem da EMLUR conforme a Lei Municipal nº 11.176 de 10 de outubro de 2007,
ressalvado os casos previstos no Art. 33 da Lei nº 12.305/2010 que trata do descarte de:
• "Agrotóxicos e suas embalagens
• Pilhas e baterias
• Pneus
• Óleos lubrificantes, seus residuos e embalagens
• Lâmpadas fluorescentes, de vapor de sódio e mercúrios e de luz mista
• Produtos eletroeletrônicos e seus componentes."

22.10. Este Edital com os seus elementos constitutivos (anexos) poderão ser adquiridos na SEINFRA/PMJP, cujo
endereço consta no preâmbulo deste Edital, assim como, os elementos técnicos complementares encontram-se a
disposição para exame dos interessados.

22.11. A Comissão Setorial de Licitação é autônoma para dirimir quaisquer conflitos suscitáveis envolvendo as licitantes,
devendo decidir nos termos deste Edital, ressalvado o caso de representação.

22.12. Na contagem dos prazos estabelecidos neste Edital, excluir-se-á o dia do inicio e incluir-se-á o dia do vencimento,
só se iniciando e se vencendo os prazos referidos neste Edital em dia de expediente na SEINFRA/PMJP, e considerar-se-
ão os dias consecutivos, exceto quando for explicitamente disposto em contrário.

22.13. A Comissão Setorial de Licitação poderá em qualquer fase desta Concorrência Pública suspender os seus
trabalhos, devendo promover o registro dessa suspensão e a convocação de reunião para a continuidade dos trabalhos.

22.14. É facultada à Comissão Setorial de Licitação e/ou ao Secretário de Infra-Estrutura do Município - SEINFRA/PMJP,
em qualquer fase desta CONCORRÊNCIA PÚBLICA, a promoção de diligência destinada a esclarecer ou a complementar
a instrução do processo, vedada a inclusão posterior, por parte de licitante de documento ou informação que deveria
constar originariamente na proposta.

Concorrência Pública nº 07.007/2018 Página 11


PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃd PESS,OA
SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA (.;: -- . ,.,, '),
\·---fü~
..
,~,.-
e~•(•, --- )
" .. ,

22.15. É facultada à Comissão Setorial de Licitação a correção dos erros resultado da multiplicação dos preços unitàrios
pela quantidade, prevalecendo o preço unitário e corrigindo-se o valor total. Nos casos onde houver discrepância entre o
valor da soma na planilha e o valor somado pela Comissão, prevalecerá o valor corrigido pela COMISSÃO.

22.16. As decisões da Comissão Setorial de Licitação serão sempre tomadas por maioria de votos dos seus membros.

22.17. Os envelopes lacrados das propostas comerciais das empresas inabilitadas nesta licitação ficarão a disposição das
referidas empresas pelo prazo de 30 (trinta) dias. Decorrido este prazo sem que os licitantes efetuem a sua retirada os
mesmos serão destruidos.

22.18. Das sessões públicas serão lavradas Atas, as quais serão assinadas pelos membros da Comissão de Licitação e
proponentes presentes.

22.19. O foro competente para dirimir quaisquer dúvidas surgidas na relação contratual a ser firmado com base no objeto
desta Concorrência Pública é o de João Pessoa, excluído qualquer outro.

23. ANEXOS DO EDITAL

W 23.1. Integram o presente edital. dele fazendo parte como se transcritos em seu corpo, os seguintes anexos:

a) Anexo 1 - Termo de Referência/Especificações Técnicas/Memória de Cálculos


b) Anexo li - Formulário - Proposta
c) Anexo Ili - Planilha de quantitativos e qualitativos e Cronograma Físico/Financeiro;
d) Anexo IV - Declaração Contendo o nome e nº do CREA do Engenheiro;
e) Anexo V - Declaração de Fato Impeditivo;
f) Anexo VI - Declaração de Menor
g) Anexo VII - Declaração de Enquadramento Micro Empresa ou Empresa de Pequeno Porte.
h) Anexo VIII - Modelo de Apresentação da Composição detalhada da taxa de B.D.I.
i) Anexo IX- Modelo de Apresentação da Composição de Encargos Sociais
j) Anexo X - Minuta do Contrato
1) Anexo XI - Termo de Encerramento de Volume

João Pessoa, 17 de setembro de 2018

T e r ~ ! ~ ~ Holanda
Presidente da CSL e Pregoeira/SEINFRA

Concorrência Pública nº 07.007/2018 Página 12


, v

ANEXO 1
Projetos
Termo de Referência
Especificações Técnicas
ESTADO DA PARAÍBA

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA

SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA- SEINFRA

', ' ~ ', ' ' t , ! '' . '


\,\• jj '\ r : •

11
·, \ , -. t , li ; : _: / / ,1

·,
\, JI ,,(

e ''
j _'.· ' L

CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIAl.,IZÀDA DE ENGENHARIA


; , • ,J' ·- ;,'•

PARA EXECUÇÃO DE \ªSER\'IÇOS:- DE P.AVIMENTAÇÃO COM


CAPEAMENTO E RECAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) EM 54
RUAS / AVENIDAS, NOS BAIRROS: CRISTO REDENTOR,
GRAMAME, BAIRRO DOS ESTADOS, BAIRRO DOS IPÊS, VARJÃO,
VALENTINA, CIDADE PADRE ZÉ, JARDIM CIDADE UNIVERSITÁRIA,
SEIXAS,MANDACARÚ,BAIXO ROGER,ROGER, BANCÁRIOS, ÁGUA
FRIA, ANATÓLIA, MANGABEIRA;~OITIZl;I~()·:- _LOTI;· ,o~, NA CIDADE
DE JOÃO PESSOA - PB

Termo de Referência - TR
TERMO DE REFERÊNCIA
EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO E
RECAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) EM 54 RUAS/ AVENIDAS, NOS
BAIRROS: CRISTO REDENTOR, GRAMAME, BAIRRO DOS ESTADOS,
"
BAIRRO DOS IPES, - ,
VARJAO, VALENTINA, CIDADE PADRE ZE, JARDIM
CIDADE UNIVERSITÁRIA, SEIXAS,MANDACARÚ,BAIXO ROGER,ROGER,
BANCÁRIOS, ÁGUA FRIA, ANATÓLIA, MANGABEIRA, OITIZEIRO - LOTE
03, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA - PB

SUMÁRIO
u
1-OBJETIVO
2-OBJETO
3- JUSTIFICATIVA
4-PRAZO
5-CUSTO
6- DIRETRIZES DO SERVIÇO
7- FISCALIZAÇÃO
8- OBIGAÇÕES DA CONTRATANTE
9- OBIGAÇÕES DA CONTRATADA
10- PREMISSAS
11- ACERVO TÉCNICO

2
TERMO DE REFERÊNCIA
EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO E
RECAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) EM 54 RUAS/ AVENIDAS, NOS
BAIRROS: CRISTO REDENTOR, GRAMAME, BAIRRO DOS ESTADOS,
BAIRRO DOS IPÊS, VARJÃO, VALENTINA, CIDADE PADRE ZÉ, JARDIM
CIDADE UNIVERSITÁRIA, SEIXAS,MANDACARÚ,BAIXO ROGER,ROGER,
BANCÁRIOS, ÁGUA FRIA, ANATÓLIA, MANGABEIRA, OITIZEIRO - LOTE
03, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA - PB

1 - Objetivo:

Este documento tem como objetivo fixar os requisitos básicos necessários e demais
V condições a serem adotadas e exigidas pela Prefeitura Municipal de João Pessoa na
Contratação de empresa especializada de engenharia para execução de serviços de
pavimentação com capeamento e recapeamento asfáltico (CBUQ) em 54 ruas/avenidas, nos
bairros: Cristo Redentor, Gramame, Bairro dos Estados, Bairro dos lpês, Varjão, Valentina,
Cidade Padre Zé, Jardim Cidade Universitária, Seixas, Mandacarú, Baixo Reger, Roger,
Bancários, Água Fria, Anatólia, Mangabeira, Oitizeiro - LOTE 03, na cidade de João
Pessoa/Pb.

2 - Objeto:

Contratação de empresa especializada de engenharia para Execução de serviços de


V pavimentação com capeamento asfáltico (CBUQ) em 54 ruas/ Avenidas, nos bairros: Cristo
Redentor, Gramame, Bairro dos Estados, Bairro dos lpês, Varjão, Valentina, Cidade Padre
Zé, Jardim Cidade Universitária, Seixas, Mandacarú, Baixo Roger, Roger, Bancários, Água
Fria, Anatólia, Mangabeira, Oitizeiro - LOTE 03, na cidade de João Pessoa/Pb.

3 - Justificativa:

Para garantir a qualidade e durabilidade do revestimento tipo CBUQ existente, e a


requalificação de pavimentos em paralelepípedo, faz-se necessários o Recapeamento e o
Capeamento das Vias constantes nesse projeto, a fim de promover o melhoramento no fluxo

3
TERMO DE REFERÊNCIA
EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO E
RECAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) EM 54 RUAS/ AVENIDAS, NOS
BAIRROS: CRISTO REDENTOR, GRAMAME, BAIRRO DOS ESTADOS,
BAIRRO DOS IPÊS, VARJÃO, VALENTINA, CIDADE PADRE ZÉ, JARDIM
CIDADE UNIVERSITÁRIA, SEIXAS,MANDACARÚ,BAIXO ROGER,ROGER,
BANCÁRIOS, ÁGUA FRIA, ANATÓLIA, MANGABEIRA, OITIZEIRO - LOTE
03, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA - PB
do transporte urbano na região de intervenção e o conforto para aqueles que ali transitam,
com a realização de algumas fases do processo com o claro objetivo de aumentar a
resistência dos materiais empregados nestas modalidades de revestimentos. Assim, é
imprescindível por parte da equipe técnica da Prefeitura Municipal, que conduzirá este
processo, o acompanhamento de todas as fases a serem implementadas para a realização
dos trabalhos.

4 - Prazo:

O projeto deverá ser desenvolvido em 12 (doze) meses a partir da assinatura da Ordem de


Serviço.
Após a comunicação da OS, será dado um prazo de 72 (setenta e duas) horas para o
contratado recebê-la. Caso o mesmo não a tenha recebido neste período será dado início à
contagem do prazo para entrega dos trabalhos.

5 - Custos:

O valor global para a elaboração do projeto perfaz um total de R$ 12.154.375, 79 (Doze


milhões, cento e cinqüenta e quatro mil, trezentos e setenta e cinco reais e setenta e nove
centavos).

6 - Diretrizes do Serviço:

a) Todas as etapas dos serviços devem estar de acordo com a Especificação Técnica,
devendo ser desenvolvidos de forma harmônica e observando a não interferência
entre os elementos.

b) Utilizar materiais e métodos construtivos adequados aos objetivos do


empreendimento e às condições do local de implantação;

4
,~ ·-....
/,.';,: . . ;=· ...-..:'.:,:·::- \\
; 1
3
TERMO DE REFERÊNCIA \"' ;'t_~)
EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENT0E
RECAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) EM 54 RUAS/ AVENIDAS, NOS
BAIRROS: CRISTO REDENTOR, GRAMAME, BAIRRO DOS ESTADOS,
BAIRRO DOS IPÊS, VARJÃO, VALENTINA, CIDADE PADRE ZÉ, JARDIM
CIDADE UNIVERSITÁRIA, SEIXAS,MANDACARÚ,BAIXO ROGER,ROGER,
BANCÁRIOS, ÁGUA FRIA, ANATÓLIA, MANGABEIRA, OITIZEIRO - LOTE
03, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA - PB

c) Adotar solução construtiva racional, elegendo sempre que possível sistema de


modulação e padronização compatíveis com as características do empreendimento;

d) Adotar soluções que ofereçam facilidades de operação e manutenção de seus


V diversos componentes;

e) Adotar soluções técnicas que considerem as disponibilidades econômicas e


financeiras para a implantação do empreendimento.

7 - Fiscalização

A supervisão técnica dos trabalhos será realizada pela SEINFRA / PMJP,


desempenhando a função de FISCALIZAÇÃO e acompanhamento dos trabalhos, orientando,
analisando e discutindo os documentos produzidos e sua aprovação, inclusive para fins de
pagamento parcial e final.

8 - Obrigações da Contratante
V
Fornecer para a empresa todas as informações, orientações e diretrizes necessárias
para a execução dos serviços propostos.

9 - Obrigações da Contratada

A CONTRATADA E O SEU REPRESENTANTE LEGAL, deverão ser os RESPONSÁVEIS


TÉCNICOS, pela execução do objeto deste termo de referência, e também pelos serviços
prestados de análise, acompanhamento e aprovação dos serviços executados.

5
~•--"""'•---•....._..,..,
/, ~, __
.,·_. . ~
i; , .. __ ,, .. ',;',
i
', 3~
TERMO DE REFERÊNCIA ·--~·-···-:,._-:g;r__
..
- - <.._'-~... --.,.,,.,, ..•

EXECUÇAO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇAO COM CAPEAMENTO E


RECAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) EM 54 RUAS/ AVENIDAS, NOS
BAIRROS: CRISTO REDENTOR, GRAMAME, BAIRRO DOS ESTADOS,
" - ,
BAIRRO DOS IPES, VARJAO, VALENTINA, CIDADE PADRE ZE, JARDIM
CIDADE UNIVERSITÁRIA, SEIXAS,MANDACARÚ,BAIXO ROGER,ROGER,
BANCÁRIOS, ÁGUA FRIA, ANATÓLIA, MANGABEIRA, OITIZEIRO - LOTE
03, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA - PB

A CONTRATADA deverá disponibilizar um Engenheiro Civil, que ficará responsável pela


execução da obra, o qual deverá assinar toda documentação técnica, inclusive medições.

U 10 -Premissas
Deverão ser obedecidas rigorosamente ás normas técnicas em vigor aplicáveis a cada
caso, os manuais, as instruções e especificações dos projetos de engenharia ou fornecido
por escrito pela Fiscalização da Prefeitura Municipal de João Pessoa.

A responsabilidade pela boa execução e conformidade ao projeto de engenharia e às


normas técnicas, especificações, manuais e instruções vigentes e àquelas fornecidas por
escrito pela Fiscalização da prefeitura Municipal de João Pessoa, cabe à Construtora, a qual,
tendo objeções, deverá comunicá-las à Fiscalização da Prefeitura Municipal de João pessoa
previamente à execução das obras.

A responsabilidade final pelas obras cabe à Fiscalização da Prefeitura Municipal de João


W Pessoa, à qual a firma consultora estará subordinada e da qual receberá orientação e
diretrizes quanto ao desenvolvimento dos serviços, bem como aquelas de ordem financeira e
administrativa.

11 -Acervo Técnico:

Registro da licitante no Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura- CREA, entidade


competente para fiscalização do exercício profissional, dentro da validade. Comprovação que
possui em seu quadro permanente, Engenheiro Civil, detentor de Atestado(s) de
Responsabilidade técnica emitido por pessoa jurídica de direito público ou privado,
acompanhado da respectiva CAT (Certidão de Acervo Técnico) emitido pelo CREA para

6
6"~-·· ..,., . . . ,,._
,"'' ~«t •.
., ~-
/·r•:. '':• ,· ·--·-·-..1::::.\·\
~ • • i 1 , • 1 •, -~;; , 0 1 \.o \ I;

! 1
TERMO DE REFERÊNCIA ' _?.~,/
EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAIVitNfc> E
RECAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) EM 54 RUAS/ AVENIDAS, NOS
BAIRROS: CRISTO REDENTOR, GRAMAME, BAIRRO DOS ESTADOS,
BAIRRO DOS IPÊS, VARJÃO, VALENTINA, CIDADE PADRE ZÉ, JARDIM
CIDADE UNIVERSITÁRIA, SEIXAS,MANDACARÚ,BAIXO ROGER,ROGER,
BANCÁRIOS, ÁGUA FRIA, ANATÓLIA, MANGABEIRA, OITIZEIRO - LOTE
03, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA - PB

execução de Obras ou Serviços de características semelhantes, limitada exclusivamente às


parcelas de maior relevância e valor significativo (Lei nº 866/93 - Art. 30 - lnc. 1 -
Parágrafo 1°), considerando percentuais mínimos de 50% dos quantitativos dos serviços
constantes na Planilha de Quantitativos, descritos a seguir:

• Construção de pavimento com aplicação de concreto betuminoso usinado a


quente (CBUQ): 4819,985 m3 ;

De acordo com a SÚMULA do TCU Nº 263/2011

Para a comprovação da capacidade técnico-operacional das licitantes, e desde


que limitada, simultaneamente, às parcelas de maior relevância e valor significativo do
objeto a ser contratado, é legal a exigência de comprovação da execução de
quantitativos mínimos em obras ou serviços com características semelhantes,
devendo essa exigência guardar proporção com a dimensão e a complexidade do
objeto a ser executado.

7
ESTADO DA PARAÍBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA
DIVISÃO DE ORÇAMENTOS E PROJETOS

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

1 - APRESENTAÇÃO

Estas especificações técnicas têm por objetivo estabelecer as bases


fundamentais que presidirão o desenvolvimento das obras de EXECUÇÃO DE
SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) EM
54 RUAS / AVENIDAS, NOS BAIRROS: CRISTO REDENTOR, GRAMAME,
BAIRRO DOS ESTADOS, BAIRRO DOS IPÊS 1 VARJÃ0 1 VALENTINA, CIDADE
PADRE ZÉ, JARDIM CIDADE UNIVERSITÁRIA, SEIXAS,MANDACARÚ,BAIXO
RÓGER,ROGER, BANCÁRIOS, ÁGUA FRIA, ANATÓLIA, MANGABEIRA,
OITIZEIRO, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PS - LOTE 03

2 - CONSIDERAÇÕES PRELIMINARES

2.1 - MATERIAIS

Todos os materiais serão novos, comprovadamente de primeira qualidade,


satisfarão, rigorosamente às Normas da ABNT - Associação Brasileira de Normas
Técnicas e às condições estipuladas nestas especificações, só podendo ser
empregados após submetidos a exame e aprovação pela Fiscalização.
A contratada deverá apresentar, obrigatoriamente, para prévia aprovação
da Fiscalização, amostras de todos os materiais a serem empregados e, se
recusados, serão retirados do canteiro de obras no prazo de até 72 horas contadas
do recebimento da comunicação da impugnação.
As amostras aprovadas, depois de autenticadas pela fiscalização e pela
contratada, serão conservadas no canteiro de obras até o fim dos trabalhos, de
forma a facultar, a qualquer tempo, a verificação de sua perfeita correspondência
aos materiais fornecidos ou já empregados.
Produtos com equivalência técnica aos aqui especificados poderão ser
utilizados com a explicita autorização dos autores do projeto, por escrito, desde
que tenham as mesmas características técnicas e de aspecto final, permanecendo
a responsabilidade pelos mesmos com a contratada.

2.2 - EQUIPAMENTOS

A contratada fornecerá todo ferramental e equipamento necessarios à


execução da obra. Serão usados equipamentos adequados conforme as
finalidades a que se destinam, apresentando sempre perfeitas condições de
funcionamento.

2.3 - EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS

Os serviços contratados serão executados, rigorosamente, de acordo com


estas Especificações e com as Normas Técnicas aplicáveis a cada caso.

1
;;

. ·- . ,. :-:·: __ --:_·:_,:\
ESTADO DA PARAÍBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA !. 3&6Q! 1
SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA - -·· ·-·-··/
.

DIVISÃO DE ORÇAMENTOS E PROJETOS

Na execução dos serviços deverá haver precauções contra quaisquer riscos


ou acidentes com o próprio pessoal da contratada e com terceiros, razão pela qual
deverão ser tomadas, entre outras, as seguintes providências:
Isolar os locais de trabalho de modo a se evitar queda de pessoas, velculos ou
animais nas escavações executadas;
Deixar, sempre que possível, os logradouros livres para o trânsito ou passagem,
com a largura máxima permitida pelo serviço;
Deixar passagem livre e devidamente protegida para pedestres e, sempre que
posslvel, livrar acessos às propriedades de terceiros;
Colocar sinalização, constituída por bandeiras vermelhas, cavaletes e placas de
advertência a uma distância de pelo menos cem metros das obras e durante a
noite, deverão ser instaladas e mantidas acesas lâmpadas vermelhas ao longo da
V sinalização e em locais estratégicos, tais como: ângulos e extremidades de cercas
protetoras;
Observar, com a devida antecedência, a necessidade de possíveis desvios de
tráfegos a fim de que sejam tomadas, em tempo hábil, providências junto aos
órgãos competentes.
Serão impugnados, pela fiscalização, todos os trabalhos que não satisfaçam as
condições contratuais, ficando a contratada obrigada a demolir e a refazer os
referidos trabalhos logo após o recebimento do comunicado de impugnação e/ou
anotação no Livro de Ocorrência, ficando, por sua conta exclusiva, as despesas
decorrentes dessas providências.

2.4 - SEGURANÇA NO TRABALHO

Será observada, rigorosamente, a legislação em vigor sobre segurança do


trabalho, bem como as normas e instruções pertinentes estabelecidas pela
Prefeitura Municipal.
As propriedades públicas e privadas deverão ser protegidas contra eventuais
danos em decorrência da execução da obra.
A sinalização será exigida com todo o rigor. Os padrões de sinalização serão
fornecidos pela Prefeitura Municipal de João Pessoa.
Todo o pessoal engajado na execução da obra deverá utilizar os equipamentos de
proteção individual adequados para cada tarefa específica.
Deverá ser mantido o livre acesso a hidrantes, extintores de incêndio e registros.

2.5 - FISCALIZAÇÃO E CONTRATADA

A FISCALIZAÇÃO é o preposto direto da Prefeitura Municipal de João


Pessoa junto às obras e dará as instruções para execução dos serviços, podendo
rejeitar ou alterar processos de execução, aplicação de mão-de-obra, de material e
equipamentos considerados inadequados à execução do projeto.
Toda liberação será tomada à vista do conteúdo destas Especificações. Os
casos omissos serão resolvidos mediante consulta à fiscalização. As dúvidas
suscitadas na interpretação do Projeto e das Especificações serão encaminhadas,
inicialmente, à Fiscalização que, caso julgue necessário, consultará sua instância
superior e/ou firma projetista.

2
ESTADO DA PARAÍBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA
DIVISÃO DE ORÇAMENTOS E PROJETOS

Será mantido no escritório da construção um Livro de Ocorrências onde


serão anotados, pela Contratada e pela Fiscalização, todos os fatos que interfiram
no desenvolvimento dos trabalhos.
Consideram-se como parte integrante destas especificações as instruções
registradas no Livro de Ocorrência concernentes a serviços, materiais,
equipamentos e mão-de-obra.
A contratada facilitará ao pessoal da Fiscalização livre e seguro acesso e
trânsito no canteiro de trabalho.
As obras a serem executadas, obedecerão aos cálculos, desenhos,
memórias justificativas do projeto e a estas Especificações.
No caso de eventuais divergências entre elementos do Projeto serão
observados os seguintes critérios:
V As cotas assinaladas prevalecerão sobre as respectivas dimensões em escala;
Os desenhos de maior escala prevalecerão sobre os de menor escala;
Em outras divergências prevalecerá a interpretação da Fiscalização;
Os casos omissos serão decididos pela Fiscalização ou pela instância superior, se
necessário for.

DESCRIÇÃO DOS SERVIÇOS Á EXECUTAR

1 - SERVIÇOSINICIAIS

1.1 - PLACA INDICATIVA DE OBRA

A placa de obra é necessária em qualquer tipo de obra de engenharia, para


todo tipo de serviço técnico ali desenvolvido, e deve permanecer no local durante
toda a sua execução. A placa deve ser colocada em local visivel e legivel do lado
da via pública.
A placa deverá conter, no mínimo, as seguintes informações, seguindo as
instruções normativas do DNIT, marca do governo, nome da obra, informações da
obra, as atividades especificas pelas quais os profissionais se responsabilizam,
titulas, número das carteiras profissionais e região dos registros e ainda o nome da
empresa executara da obra, instalação ou serviço, se houver, de acordo com o seu
registro no CREA.
Segue modelo em ANEXO no Manual de Placas do DNIT.

Medição:
A execução da placa de obra será medida em metros quadrados.

2 - SERVIÇOS PRELIMINARES

2.1 -SINALIZAÇÃO EM CAVALETES

Para as obras localizadas no perímetro urbano, devem ser obedecidas as


posturas municipais e exigências dos órgãos públicos locais ou concessionárias de

3
ESTADO DA PARAÍBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA
DIVISÃO DE ORÇAMENTOS E PROJETOS

serviço. Neste caso, independente das exigências, a execução das obras deve ser
protegida e sinalizada contra riscos de acidentes. Com este fim, deve-se:
Proteger e sinalizar a área através do uso de cavaletes e/ou tapumes para cercar o
local de trabalho.
Será feita uma sinalização utilizando cavaletes em chapa de aço galvanizado (120
x 50) cm, altura total 80 cm com estrutura em madeira de lei e placa em chapa de
aço galvanizado #22 MSG em número indicado na planilha orçamentária, serão
colocados nos locais necessários, a critério da FISCALIZAÇÃO.

Medição:
A execução da sinalização em cavaletes será medida em unidade.
u
2.2 - SERVIÇOS TOPOGRÁFICOS

Será procedida inicialmente a locação e o devido nivelamento do trecho a ser


utilizado para que se possa executar o serviço pretendido.
Com a definição dos alinhamentos, o CONSTRUTOR fará comunicação ã
FISCALIZAÇÃO que procederá ãs verificações e aferições que julgar oportunas. A
locação da obra será de inteira responsabilidade da Contratada e deverá
obedecer, portanto, rigorosamente, ãs cotas e demais elementos indicados no
projeto, sendo executada por pessoal devidamente habilitado.
A locação deverá ser executada utilizando instrumentos de topografia
(sistema viário) que permitam obter a precisão desejada.
A ocorrência de erro na locação da obra implicará para o CONSTRUTOR na
obrigação de proceder, por sua conta e nos prazos estipulados, as modificações,
demolições e reposições que se tornarem necessárias ajuizo da FISCALIZAÇÃO,
ficando, além disso, sujeito ãs sanções, multas e penalidades aplicáveis em cada
caso particular, de acordo com o Contrato e a presente Especificação.

Medição:
A execução dos serviços topográficos serámedido em metros quadrados.

2.3 - LIMPEZA DE SUPERFICIES

Toda a superfície do Pavimento existente a ser revestida com capa asfáltica


deveráser lavada de forma que todos os detritos sejam retirados. A Lavagem
deverá ser efetuada por meio de lavadora de alta pressão (lava-jato) para água
fria.

Medição:
A execução da limpeza de superfície (do Pavimento existente) será medida em
metros quadrados.

4
,...._...,,.. _ .. _,e,.
...._,_
"·.
,' ~•;,., ~ ~:.:: ,,~ ;:vt\ \
ESTADO DA PARAÍBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA
·, 3~a--- J
'.
--· - . - ~ - - - - · :r

DIVISÃO DE ORÇAMENTOS E PROJETOS

3- PAVIMENTAÇÃO

3.1 - PINTURA DE LIGAÇÃO COM EMULSÃO RR-1 C

A pintura de ligação consistirá na distribuição de uma película, de material


betuminoso diretamente sobre a superfície do calçamento existente, previamente
limpo.
Para a execução da pintura da ligação, será empregada emulsão asfáltica
catiônica do tipo RR-1 C. A taxa de aplicação, para a emulsão asfáltica, será de
1,00 l/m2. A distribuição do ligante deverá ser feita por veiculo apropriado ao tipo
caminhão espargidor, equipado com bomba reguladora da pressão e sistema
completo de aquecimento; as barras de distribuição devem permitir ajustes
\....,J verticais e larguras variáveis de espalhamento devendo também estar aferido este
equipamento. A mistura não deve ser distribuída quando a temperatura ambiente
for inferior a 10° C ou em dias de chuva.
O controle da quantidade de emulsão espargida na pista será feito através da
colocação de uma bandeja na pista, com peso e áreas conhecidas da mesma,
sendo que após a passagem do carro distribuidor, através de uma simples
pesagem obtém-se a quantidade de ligante usado. O serviço será aceito, uma vez
que seja atendida a taxa de aplicação mínima de 1,0 litro/m 2 de ligante.

Medição
A execução da pintura de ligação será medida em metros quadrados.

3.2 - CONCRETO BETUMINOSO USINADO A QUENTE (CBUQ)

O Concreto Betuminoso Usinado à Quente (C.B.U.Q.) será produzido na usina de


asfalto á quente, atendendo aos requisitos especificados. Ao sair do misturador, a
.._,.;
L
massa deve ser descarregada diretamente nos caminhões basculantes e
transportada para o local de aplicação. Os caminhões utilizados no transporte
deverão possuir lona para proteger e manter a temperatura da mistura asfáltica a
ser aplicada na obra. A descarga da mistura será efetuada na caçamba de uma
vibro-acabadora de asfalto, a qual irá proceder o espalhamento na pista que
deverá ter como objetivo a pré-conformação da seção de projeto e deverá permitir
que a espessura mínima seja de 3 centímetros para as áreas de Capeamento
(BINDER) e 3 centímetros para as áreas de Capeamento da CAMADA DE
ROLAMENTO.
Em conjunto com a vibro-acabadora, deverá atuar o rolo pneumático
autopropulsionado de pressão variável, cujos pneumáticos deverão ter suas
respectivas pressões internas aumentadas gradativamente, com o suceder das
passadas. Como unidade de acabamento, será utilizado um rolo metálico, tipo
tandem.
A mistura da massa asfáltica do tipo CBUQdeverá constituir-se em uma mistura
uniforme de agregados e cimento asfáltico dotipo CAP-50/70, no teor de 5,6% de
CAP-50/70.

5
ESTADO DA PARAÍBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA
DIVISÃO DE ORÇAMENTOS E PROJETOS

Os materiais pétreos ou agregados deverão ser constituldos de uma composição


de diversos tipos (tamanho das partículas), divididos basicamente em agregados
graúdos e miúdos. Estes deverão ser de pedra britada e isentos de materiais
decompostos e matéria orgânica, e ser constituídos de fragmentos sãos e
duráveis.
O Concreto Betuminoso Usinado à Quente (C.B.U.Q.) será produzido na usina de
asfalto localizada no municfpio do Conde, visando melhor deslocamento e acesso
ao local da obra.

Medição:
A execução do Concreto Betuminoso Usinado à Quente (C.B.U.Q.) será medido
em metros cúbicos.
u
3.3 - CONCRETO BETUMINOSO USINADO A QUENTE (CBUQ)

O Concreto Betuminoso Usinado à Quente (C.B.U.Q.) será produzido na usina de


asfalto á quente, atendendo aos requisitos especificados. Ao sair do misturador, a
massa deve ser descarregada diretamente nos caminhões basculantes e
transportada para o local de aplicação. Os caminhões utilizados no transporte
deverão possuir lona para proteger e manter a temperatura da mistura asfáltica a
ser aplicada na obra. A descarga da mistura será efetuada na caçamba de uma
vibro-acabadora de asfalto, a qual irá proceder o espalhamento na pista que
deverá ter como objetivo a pré-conformação da seção de projeto e deverá permitir
que a espessura mlnima seja de 4 centimetros para as áreas de
RECAPEAMENTO.
Em conjunto com a vibro-acabadora, deverá atuar o rolo pneumático
autopropulsionado de pressão variável, cujos pneumáticos deverão ter suas
respectivas pressões internas aumentadas gradativamente, com o suceder das
passadas. Como unidade de acabamento, será utilizado um rolo metálico, tipo
tandem.
u A mistura da massa asfáltica do tipo CBUQdeverá constituir-se em uma mistura
uniforme de agregados e cimento asfáltico dotipo CAP-50/70, no teor de 5,6% de
CAP-50/70.
Os materiais pétreos ou agregados deverão ser constituldos de uma composição
de diversos tipos (tamanho das partículas), divididos basicamente em agregados
graúdos e miúdos. Estes deverão ser de pedra britada e isentos de materiais
decompostos e matéria orgânica, e ser constituídos de fragmentos sãos e
duráveis.
O Concreto Betuminoso Usinado à Quente (C.B.U.Q.) será produzido na usina de
asfalto localizada no municlpio do Conde, visando melhor deslocamento e acesso
ao local da obra.

Medição:
A execução do Concreto Betuminoso Usinado à Quente (C.B.U.Q.) será medido
em metros cúbicos.

6
ESTADO DA PARAÍBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA
DIVISÃO DE ORÇAMENTOS E PROJETOS

3.4 - TRANSPORTE DE MATERIAL BETUMINOSO USINADO A QUENTE


(CBUQ)

Considera-se o transporte de material betuminoso usinado a quente


{CBUQ) em caminhões basculantes que possam ter seu volume facilmente
determinado.
A Contratada torna-se responsável pelo transporte dos materiais desde sua
carga até a sua entrega nos pontos determinados pela Fiscalização. Ficam sob
sua responsabilidade os cuidados de carregamento e descarregamento,
acomodação de forma adequada no veiculo e no local de descarga, assim como
todas as precauções necessárias durante o transporte.
Ficam a cargo da Contratada o seguro da carga, quando necessário, assim
como do veiculo. Qualquer acidente que ocorra com a carga, o veiculo ou contra
terceiros, durante o transporte, será de sua inteira responsabilidade.
É obrigação da contratada o controle das viagens transportadas, a fim de
evitar que o material seja descarregado fora do local de destino ou em locais não
apropriados.
Qualquer que seja o local de transporte, não serão permitidas pessoas
viajando sobre a carga.
Deverão ser observadas todas as regras da legislação de trânsito no que se
refere a transporte de cargas, mesmo dentro dos canteiros de obra.

Medição:
A execução do transporte de material betuminoso usinado a quente {CBUQ) será
medido em metros cúbicos por quilômetros.

4 - CONTROLE TECNOLOGICO

~ 4.1 - ENSAIO DE CONCRETO ASFÁLTICO

Caberá à empresa vencedora da licitação os ensaios que comprovem a


composiçãorequerida do CBUQ e submetê-los à apreciação da Fiscalização da
Prefeitura Municipal.
Serão apresentados os ensaios para determinação de parâmetros que
permitem a avaliação das propriedades mecânicas das misturas asfálticas:

- Ensaio de penetração - material betuminoso;


- Ensaio de viscosidade saybolt - furai - material betuminoso;
- Ensaio de ponto de fulgor - material betuminoso;
- Ensaio de susceptibilidade térmica - índice pfeiffer - material asfáltico:
- Ensaio de espuma - material asfáltico:
- Ensaio marshall - mistura betuminosa a quente;
- Ensaio de granulometria do agregado;
- Ensaio de tração por compressão diametral - misturas betuminosas;
- Ensaio de densidade do material betuminoso.

7
:1

··~--
-. - . -:-- •
\l
ESTADO DA PARAÍBA ... -·· .. ' ., . ;
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA i
SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA
DIVISÃO DE ORÇAMENTOS E PROJETOS
'---~!:SLJ
- ,,,
'---'~ ....
"-+.. ...._._..~~,,,,

Medição:
A execução do ensaio de concreto asfáltico será medida em toneladas.

5 -ADMINISTRAÇÃO LOCAL DA OBRA

A Administração Local compreende o conjunto de gastos com pessoal,


materiais e equipamentos incorridos pelo executor no local do empreendimento e
indispensáveis para apoio e condução da obra.
É exercida normalmente por pessoal técnico e administrativo, em caráter de
exclusividade, tais como: engenheiro responsável, engenheiros setoriais, equipes
de medicina e segurança no trabalho. O custo da administração local é
representado pelo somatório dos salários e encargos dos componentes das
respectivas equipes, que incluem pessoal de serviços gerais e de apoio.
Estão incluídos nos custos da administração local, engenheiros, os mestres
de obras, encarregados gerais, encarregados de turma, de pavimentação e de
britagem, técnicos de produção, apontadores, almoxarifes, motoristas, equipes de
escritório, vigias e seguranças do trabalho vinculados à obra. Os níveis inferiores
da hierarquia da mão de obra são incluldos diretamente nas composições de
custos dos serviços.
A administração local ainda inclui uma série de despesas que ocorrem no
andamento das obras e que são suportados diretamente pelo executor, tais como:
materiais de consumo e de expediente como cópias xerográficas e heliográficas;
fotografias; materiais de escritório; medicamentos; operação de veículos para
transporte de pessoal, combustível e manutenção;
Custos das concessionárias: água; esgoto; luz e energia; comunicações (correios,
telefonia e internet); consultoria externa; aluguéis; segurança: policia e vigilância;
outras despesas similares vinculadas diretamente às obras.
De maneira geral, a administração local de uma obra pode envolver a
realização das seguintes atividades básicas: Chefia da obra; Supervisão de
produção; Manutenção dos equipamentos; Manutenção do canteiro; Gestão de
informática; Gestão de materiais; Gestão de recursos humanos; Medicina e
segurança do trabalho.
A montagem da estrutura administrativa local de cada obra é realizada em
função do desdobramento de cada atividade básica, definindo-se os cargos e as
funções a serem ocupadas. Nesse desdobramento, foram analisadas as
características da obra, a estratégia adotada para sua execução, o cronograma
físico e a distribuição geográfica das frentes de trabalho.
As despesas referentes a ferramentas manuais, equipamentos de proteção
individual, alimentação do pessoal e transporte da mão de obra direta são
considerados encargos complementares ao custo horário da mão de obra e são
incluídos diretamente nas composições de custos dos serviços.
De maneira geral, os custos de administração local de uma obra tendem a
apresentar pouca variação durante os meses de execução do empreendimento.
Dessa forma, por critério, o custo total da administração local será calculado em
função do custo mensal obtido como referência. Entretanto, durante a fase de
medição dos serviços, os custos de administração local devem ser proporcionais à
execução financeira do contrato, conforme preconizado no Acórdão nº 2. 62212013-

a
ESTADO DA PARAÍBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA
DIVISÃO DE ORÇAMENTOS E PROJETOS

TCU-Plenário. Assim, se o construtor executou 9% do valor da obra em


determinado mês, por exemplo, teria direito a 9% do pagamento previsto
contratualmente para a
Administração Local.

6 - MOBILIZAÇÃO E DESMOBILIZAÇÃO

Os serviços de mobilização e desmobilização consistirão no conjunto de


operações que o executor deve providenciar com intuito de transportar seus
recursos, em equipamentos, até o local da obra, e fazê-los retornar ao seu ponto
de origem, ao término dos trabalhos.
u A metodologia para definição dos custos para mobilização e desmobilização
de equipamentos de uma determinada obra pressupõe o estabelecimento das
seguintes considerações:
• Todas as capitais das unidades da federação têm condições de fornecer mão-
de-obra e equipamentos para atender às necessidades da maioria das obras de
engenharia;
• Serão mobilizados por transportadores especializados os equipamentos que
não puderem se deslocar pelos próprios meios;
• As ferramentas e os equipamentos leves ou de pequeno porte, cujo peso
individual e formato permitem que sejam transportados, embarcados ou
rebocados, serão transportados em veículos transportadores autônomos da frota
mobilizada (que podem se deslocar pelos próprios meios);
• Não serão consideradas improdutividades na mobilização ou desmobilização
dos equipamentos;
• A cada mobilização corresponderá uma desmobilização. O cálculo do custo da
desmobilização não é necessariamente o mesmo da mobilização.
A quantidade de equipamentos a ser mobilizada é obtida a partir da Curva
ABC de insumos e de histogramas na fase de planejamento da obra.

CONCLUSÃO
Antes do recebimento final da obra, deverão ser retirados das vias, todo o
lixo, excesso de materiais, estruturas temporárias e equipamentos. Todas as áreas
utilizadas deverão ser regularizadas e apresentáveis. Todas as obras deverão ser
limpas e conservadas até que a inspeção final tenha sido feita. Esses serviços
serão considerados indispensáveis à conclusão do contrato e não será feito
nenhum pagamento adicional para remuneração dos mesmos.

Será procedida cuidadosa verificação, por parte da FISCALIZAÇÃO, das


perfeitas condições de funcionamento e segurança de todos os serviços
executados.

9
.,~r--··V"ll~,_..__.,~-....._
·,
'

ANEXO li
Formulário - Proposta
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
_,,,.~-----..-_, __
SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA
~. -· . .. '
~- \ • '·.

ANEXO li

FORMULÁRIO - PROPOSTA

CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 07.007/2018

PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2408/2017/SEINFRA

TIPO: MENOR PREÇO

OBJETO: Contratação de empresa especializada de Engenharia para Execução de Serviços de


Pavimentação com Capeamento e Recapeamento Asfáltico (CBUQ) em 54 Ruas/Avenidas, nos Bairros:
Cristo Redentor, Gramame, Bairro dos Estados, Bairro dos lpês, Varjão, Valentina, Cidade Padre Zé,
Jardim Cidade Universitária, Seixas, Mandacarú, Baixo Roger, Roger, Bancários, Água Fria, Anatólia,
u Mangabeira, Oitizelro - Lote 03 na Cidade de João Pessoa - PB.

01. A empresa _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _, estabelecida à _ _ _ _ _ _ _ _ _ , nº _ _ __,


telefone nº _ _ _ _ _ _ _ , fax nº _ _ _ _ _ _ _ , inscrita no CNPJ sob o nº _ _ _ _ _ _ _ ,
Inscrição Estadual nº _ _ _ _ _ _ _ , Inscrição Municipal nº _ _ _ _ _ _ _ pelo presente propõe
executar o objeto desta licitação, em estrito cumprimento ao previsto no edital da licitação em epigrafe, pelo
VALOR GLOBAL de R$ _ _ _ _ _ _ .__ _ _ _ _ _ _ _ _ __,

02. PRAZO DE EXECUÇÃO DOS SERVIÇOS: _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ __,


dias.

03. Validade da proposta: _ _ _ _ _ _ - - - - - - - - - - - - - - ~ dias.

04. Por oportuno, a outorgante declara, sob as penas da lei, a inexistência de fato impeditivo de sua
participação no citado certame. Declara ainda que, por ser de seu conhecimento, submete-se a todas as
cláusulas e condições relativas à licitação em causa, bem como às disposições da lei Federal nº 8.666/93,
que integrarão o ajuste correspondente.
V
05. Conta Bancária: Banco: ....................................................................................................................................

Agencia: ...................................................................................................................................

Nº da conta: ............................................................................................................................

João Pessoa, __ de _ _ _ _ _ _ de 2018

(assinatura e identificação do responsãvel legal/procurador da licitante)

Concorrência Pública nº 07.007/2018 Página 1


ANEXO Ili
Planilha de Quantitativos
e Qualitativos
E Cronograma Físico -
Financeiro
\

' \
.. ' \
: 33(õG::v-" :
ESTADO DA PARAISA '. - - - -l;J,/..- --- ,'
', 'i

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA


Secretaria da Infra Estrutura - SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos - DIPRO

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO


ASFÁLTICO (CBUQ) EM 54 RUAS/ AVENIDAS, NOS BAIRROS: CRISTO REDENTOR,
GRAMAME, BAIRRO DOS ESTADOS, BAIRRO DOS IPÊS, VARJÃO, VALENTINA,
CIDADE PADRE ZÉ, JARDIM CIDADE UNIVERSITÁRIA, SEIXAS,MANDACARÚ,BAIXO
RÓGER,ROGER, BANCÁRIOS, ÁGUA FRIA, ANATÓLIA, MANGABEIRA, OITIZEIRO -
LOTE 03
ORÇAMENTO: ENGº GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE

QUADRO RESUMO

ITEM DISCRIMINAÇÃO VALOR (R$)


1 CRISTO REDENTOR
1.1 Rua Mourisse de Miranda Gusmão
1.2 Rua Fernando Cunha Lima
1.3 Rua Humberto Paiva de Carvalho
1.4 Rua Monte Santo
2 GRAMAME
2.1 Rua José de Carvalho Costa Filho
2.2 Rua Serra do Jatobá
2.3 Rua Comerciante Valdete Duarte Rodrioues
2.4 Rua lnácia Maria de Souto
2.5 Rua Rosa Anoela Marta Caoliani
2.6 Rua Manoel Alexandre de Araújo
2.7 Rua Pedra do Reino
3 BAIRRO DOS ESTADOS
3.1 Av. Esolrito Santo
3.2 Rua Prof. Joaauim Francisco Veloso Galvão
4 BAIRRO DOS IPES
4.1 Av. Tancredo Neves (Trecho A)
4.2 Av. Tancredo Neves (Trecho B)
5 VARIOS
5.1 Av. Min. José Américo de Almeida (Trecho A)
5.2 Av. Min. José Américo de Almeida (Trecho B)
6 VARJAO
6.1 Rua São João
6.2 Rua João Barreto Filho
7 VALENTINA
7.1 Rua Oominaos José da Paixão
7.2 Rua Carlos Neves de Franca
7.3 Rua Telegraf. Chateaubriand Brasil Filho
8 CIDADE PADRE ZE
8.1 Rua Mardokeu Nakre
9 JARDIM CIDADE UNIVERSITARIA
9.1 Rua Desemb. Aurélio M. de Albuaueraue
9.2 Rua Adoloho Ferreira Soares Filho
9.3 Rua Pastor Rodolfo Beuttenmuller
9.4 Rua Elov de Medeiros
9.5 Rua Luiz Moreira Gomes

QUADRO RESUMO
ESTADO DA PARAÍBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura - SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos - DIPRO

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO


ASFÁLTICO (CBUQ) EM 54 RUAS / AVENIDAS, NOS BAIRROS: CRISTO REDENTOR,
GRAMAME, BAIRRO DOS ESTADOS, BAIRRO DOS IPêS, VARJÃO, VALENTINA,
CIDADE PADRE ZÉ, JARDIM CIDADE UNIVERSITÁRIA, SEIXAS,MANDACARÚ,BAIXO
RÓGER,ROGER, BANCÁRIOS, ÁGUA FRIA, ANATÓLIA, MANGABEIRA, OITIZEIRO -
LOTE03
ORÇAMENTO: ENGª GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE

QUADRO RESUMO

ITEM DISCRIMINAÇAO VALOR (R$)


9.6 Rua Manoel Belarmino de Macedo
9.7 Rua Francisca Dantas Souza
9.8 Rua Luís José Batista
9.9 Rua Inácio Ramos Andrade
9.10 Rua JoaQuim Pereira da Silva
9.11 Rua Subtenente Graciano Félix da Silva
9.12 Rua Professora Carmen Moreira Coutinho
9.13 Rua Maria Batista Rodriaues
10 SEIXAS
10.1 Rua Adalaisa Camilo
11 MANDACARU
11.1 Rua João de brito Lima Moura
11.2 Rua Silvino Santos
12 BAIXOROGER
12.1 Av. Airton Senna da Silva
12.2 Rua Dezenove de Marco
12.3 Rua Cordeiro Senior
13 ROGER
13.1 Rua Conceicão Cabral
13.2 Rua Maria de Silva Ramalho
14 BANCARIOS
14.1 Rua Eugênio Carneiro Monteiro
1 1 . 15 AGUA FRIA
V 15.1 Rua José Firmino Ferreira
16 ANATOLIA
16.1 Rua Francisco Timóteo de Souza
16.2 Rua dos Eucaliptos
17 MANGABEIRA
17.1 Rua Desportista João Apóstolo de Souza A
17.2 Rua Desoortista João Aoóstolo de Souza B
17.3 Rua Anisio de Azevedo Lima
18 OITIZEIRO
18.1 Av. Desembargador Santos Stanislau
18.2 Rua Coronel Adolfo Massa
18.3 Av. Ana Neri
19 SERVICOS DO ORCAMENTO
19.1 SERVICOS INICIAIS
19.2 ADMINISTRACÃO LOCAL
MOBILIZAÇÃO E DESMOBILIZAÇÃO DE
19.3
EQUIPAMENTOS
TOTAL GERAL

QUADRO RESUMO
2
e (
ESTADO DA PARAIBA
PAUlffURA MllfOCIPAL Ili! JOÃO PUSOA
-dl-EllrlllUra • SU.FIIA
Dlritlodo~•"-·Dll'RO
eL,Vffl.J!ACRÇAAIWA@IA QERAL KM QESCNf.RACAQ
OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIIIENTAÇAo COM CAPEAMtNTO ASl'AI.TICO IC8UQI EU 5' RUAS I AIIEMl)AS. NOS BAIRROS; CRISTO~- GIIAWUIE, BAIRRO DOS ESTADOS. BAIRRO 00$ IPe&,
YARJÃO. YALEN11NA.ctDADE PADIIEZ2. JARllffol CIDACE UJIIYERSITARIA. SEIXAS MANDACARUJIAIXD ROGER.ROGER, BANCARlos.AGuAFRIA. ANATÕUA. IIAHGABERA, 0fflZERO •LOTI! OJ
ORÇAl,ltNTO; ENG' CILEICIANE ACIWIO DE ALMEIOA CAVALCAltTE

-- y-
RUElttNCIA DOS PReÇOS UMTARIOS: SIIW'l 111,M llESOl<ERAÇÃD • DATA BASE: SETEMBll0/20l7 •Bill• 2U8Y. • ENCARGOS SOCIAIS• 115,M"A,

1 1-~~4ia:liÍà~t-r\h'~§}i.it,~
__ li "t'."'.._)ii~
.,. 1.,. _ ... - --~
-- - --· -·- -·-·--·- -- l --1Rm-_.
~~~- ~ t ~

........ -T-
,, 8S.~~{:

-- -~1.:...1...::;.1 y---· -·-


· . _ = J ~--- • -- _,_~ •

·-·
---
- ~ . . . · 1 · 1 1

l f f luw,.

1
ll-

'1 ,aouia, IGEIMÇOINCWI


~
- 10TAL
dllllr-
-
-
.....
,-.do
-
-
Rrà.
......
lÍ<ui.iool•1---1 e...::... 1--1=-1· .::a Iltoo-1
·-
~-
•-
.
do-
·-· - Ce;lln . . . . . -
A•.
loe,lftlo ~~
. 17>od,olll
....... a.mto.:
~ ..
,,.,..CII
Pado
Ff.-ca,

11

t
i, eow,.
== ·-
Plac.a dit obra tm

CICIMÇOI-
CMp:I Ot aço;
·1 .. 10,IX)

Cavallfllparaunatno6o"1i"11em'
- do ... got,- Cl:0 • 00)1
cm, id!Jratote1$lcmffl'!ftln.tl.n,
emlNdetadlfo• l43.00 10.00 ,o.ao 3,00 ioo S.00 5,00 5,00 ..oo 5,00 5.00 S.00 10.00 5,00 10,0) 10,0) 15.00 1$.00 S,00 5,00 ,o.oo ,o.co
"""
1

2.2 17StoMIOt llt:,c,ezl dit IUl)llt'lclft com lalO dtl


atapmlleldllleiQl.r,I rrl 1 2$3:8:S0,87 t0Ml.93 1 61!&4,04 1 $$!... 1 420.,0 4_255.,49 1 3«12.17 •102.se 3110J.OS 1 2958.12 1 U.S8J• 1 %'527,GI 1 73M,ts 1 •57'.M 1 101M.C, 1 120$8,81 1 24101J.7.tl 1 25153,17 1 1920,95 1 1.110.11 1 6.335."'8 1 4158,90

•• I ra-1 1:==--••·
IC,IIICMtte~•~.
NIWN0.$1.'ffl' 1 m" 1 3'3~CM1 11!1 SSU3 1 a GS,,1,&4 1 568.05 1 "29.2S •~..s 1 1602,17 ,t,t02,5G 1mos 1 2!!492 l tSM.t• 1 2.W,CM 1 7:IGI.~ 1 4575,gs 1 10168.is, l t2fiM.et 1 2"-tDB.74 1 :5.tSJ,17 1 1a915 1 tuo,tt I e.335,<a I osa,oo
nl ''"',e_., - ..,.
_.
~dllOOl'ICfiltO~

.,, _
(C.BUOl. BIHCIR,
~ dl,
..,.._,, a
1
COffl
~

i:,__,,,.datMIUa&Uta
1 - .. -
~ dll c.oncr.-
cm.~

~
-
1 ~ 11a.~ 250... t27.e.G u:e.m 1:3,te 111.00 0$71 . ,. 1'4.81

- ~ CC.llUO). eAMA0A
·1
1
~ •

~oe AOU,M!HTO. coa .....-ni


lCll\--......tt~clll,.....

... 1742.:i& ...... m ... 1%5,09 tt7,<l9 . ,. . ,. ,...,

__
127,Qli 108JJ7
,. 1 tUN 1~ - ~ CCffl
1....., dl9 cancr.eo ~
...._. • .__, tC8U0>. CAMADA
1
0€ ROl.Ud:NTO. CO'l'I ~ dl

1s1 ,u,s -•cm.~~-fflllSMl ""I •. ,_,.


Ir~
1

tic.a ~,...
22,54 1 17,17

,......
:,)4.l'5 1 1113.04 1 OU'$ 1 !al34 1 _,. i 100l13 1 l'U4 1 .,._.., 1 '53.42 i HlO.l&

.
,
1~ ~ :cn,r,u, 13"""-50 l •••o.42 1 "'1.53 1 :nu:, 1 =;,a 1 , ..._,. 2.«15.-L! 114742% 1 Ml.t• 1 IW.DS 1 5718.15 1 158Cl0, 1 IOl!IIMGO l tz.m.n 1 1$.ICUQ 1 157,1111,24 1 1045..QZ 1 590.52 1 3n5.71 1 2.ffl.58

"1 :tr,r.is :i.m... 1.2,a,n I M..>l .ft.21 1 612.78 sia.1• ....,.. W.04 1 •t1.2> 1 z:.llõ I J7C9 m.c> 4D.l0 um.90 1 1211.:: 1 2.314..,. i•W.n , ., t08..56 1 eas.2i • 1 39i.:&

-
eco. ....,.,.......,_
f . ~LOCAL

--
SI COMI', ~Locll 1.00

. ~
,,.,..,R:IÇio DI
·1
OI COW.
o: 1 cow. 1~-~
Ll:Oltzlc:a,Ot~ l.fti
Ulw:I
1,00
1.00

l.
' ···--,-,)
(

r.
.~
:··-~
\ \ l ,·;t"
.,/

O.e PBV 09-IB-CAP cauo 5-4 Ru.. LT 03_SEM DESON_ACOTADO


e (

~-"='=-
(1--~
,_.it';

_,_. . I - 1--1--=-1--1-°"·1•-i,à1
...=..- =-=·- . . --1,.:,:..l;._tuoó,
IOltNf'lllo. ,
~ -.....Btâff~

._,.. . I-Wciól~l...::...l...::...I-.. . I - l""'-1--1""'-I


= ..=.:u::.-
' . SOldll =--=··- U,41 ... CourHllt
'
1,~
-

. .
- s.r;;.•==eo,====
1 - , ...... l"""..... IRu,EuglrÓc,I""'....
l!iu
. .

MO t0.00 5,00 ,oo 5,00 $00 1 $00 5,00 5,00 5.00 5,00 1 5,00 1 3.00 1 5,00 5,00 1 5,00 1 5,00 1 5,00 1 10,00 1 10.00 1 5,00 1 5.00 1 5.00 5,00 5,00

2.919,0J, 2.IHIJ5,4 1 1 , 181,00 1 1 1 1 1 12.133,os 1 1 1 1 43'1G.38


'"°·"° 205.5.32
1847.04 t11,46J, US2,M 1 2970,10 2.971,61 29S0.02 2'5S.Q 2 0$1,117 30589.J 101s.1s 2.:«uo 40,,a2 2.3001s 2.035.53 2.132,:m 1.ffl,10 u ...., .. 1 t)l,47

1617,0I &141:& 54'0,-0 2011!1.4)31 2,11U4 2802.04 1 2070,10 2911,$1 2*.02 200$..12 2058.09 1 2QISl.$7 1 ' 101,00 1 ....... 107',15 1 22"'·"' 1 .....0: 1 :tl00.7" 1 12.73.1.0I 1 2DJUl 1 2.1= 1 1 .,.,70 1 I.J....14 1.Wt.•7 4390.ze

87,&4
""·"' .... 89,10 M,ts ..... ..... ..... . ... . . 32-19

87.St . _., .... . . 10 m.,s ..... .... ..... ... .... S:Z,19

.... .
,.. !IU:2 ,22-.. .... 183,.0 02.03 50!U2 11.G: 00.:,0 .... fi,11 79,70 ,,. .
"'°'
1!411
-.
scm.,o sosu,
m.n
:me
0.:0
:.,:o.no
......
:.85,1.,1&

41S.t4
1 lOll.55

1 c:7.58
2""5.44

427.92
)0Cl12

427.,o
2_$0'),0,

427.00
2..,._$1

G.04
1

1
lo:8.70

c:5.0S
1

I
1=,.12

tt7.tl
1

1
2.ttQ_tO

:M..U
,cm.o,

1. . 52
,m.,s

11557
:,a.cz I

:m.02
ICM.15

1 ,..,., 1
1 t1:eu2

•=n
1 tmur I t!EDS1 1 tmua 1

1 ;.._., 1 '""" 1 ,...,. 1 ·,.._..


9Cl1.61' 1-41$,93

1;1."7
2.ffl.l!D

4220,

"'..,.··r----.. . ..... \

" 1& \
{ f_;~J.t) : '
~
!

'... 1. ---,.
\ l :i: ;
I
/
Oto PovOIJ.18 ·CAP CBUQ 54 Ruas LT03_SEMOESON_AOOTAOO ,1!•'
1
,-
'-,
.
1
.

-
·-
,, ---- ',
' .1 1 '.,
. \
\
i
34o(í"v 1
------- ''-W-· )
-. ..-~:.. /.
'

'•¼.....~_.....,.---

1
t' ; ; 1 i i
i;
ii
1
8
§
il
;;
1
.ij
1
!!
~
; i; i;'ª 1n
i! '
'li~

IH;
ii
•Ug
1: li !l I! li
!il ~ ! ~ ;; ~ il ! ~ Vi
i 111;

~ . ·li P. 8
1 li ~
1 P! 3 li 8 9
~.~g
!
' i ~É
li ii ~ o ti
!! ' ::;u e
:j

! ! ; ~ ; ! li
~
,. U.I

1 ;., ;!i
C)

!,
o
1)11 ~ i !
!:;

ifU 8
!?
!
~ !
~
; "' P.
~
li
;i
"
I!
o:
;.\

Ih
1.
!
:i
! !
o
!
o
!
P.
!
fl
g
o
::,
m
u
a.

. i" i ; li .i
<)

1 :! ~
1J1fi 8
s ! ~
i!
a.

; s
·1J•ii . ~
8
:!
i ~
r.
!
li
~
"

n ! i i ~ ,.~ ·~
!l

w ajjl ~
l!I
~
Ili
! ,.~ !fl !1n
e (
ESTADO DA PARAIBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
SECRETARIA DE INFRAESTRUTURA· SEINFRA
DMSÃO DE ORÇAMENTOS E PROJETOS· DIPRO

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) EM 54 RUAS I AVENIDAS, NOS BAIRROS:
CRISTO REDENTOR, GRAMAME. BAIRRO DOS ESTADOS, BAIRRO DOS IPÊS, VARJÃO, VALENTINA, CIDADE PADRE ZÉ, JARDIM CIDADE
UNIVERSITÁRIA, SEIXAS,MANDACARÚ,BAIXO ROGER,ROGER, BANCÁRIOS, ÁGUA FRIA, ANATÓLIA, MANGABEIRA, OITIZEIRO • LOTE 03
ORÇAMENTO: ENGª GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERÊNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO· DATA BASE: SETEMBRO/2017 ·BCI= ZZ,68% • ENCARGOS
SOCIAIS o 115,!14%

CRONOGRAMA FÍSICO-FINANCEIRO
l\fÊS
ITlm DESCRIÇÃO TOTAL
1 : J J 5 6 7 8 9 10 ll 12
% 100.00%
1 SERVIÇOS INICIAIS J.637..lO ORAF!CO
RS 3.637.30

SERVIÇOS
,~ .5.00-1. .S,00'!, 10.00o/. 10.00% HJ.OOo/11 10.00"/4 io.ou,~ I0.00'/4 I0.00"/4 10.~1• S.00"1. 5,00"/4
: PRELIMINARES
5lJ.68J,lffi ORAFICO
'
RS 26.IM.19 26IM,19 52,368.38 .52,J(,8.JS 52,368.38 52.368,38 52368.38 52.368,38 52.368.38 52.368.38 26.1~.l9 26.18-1,19
%, 5.CMJ¾ :S.OU¾ IO.OUo/11 to.OU% lO.f.KJo/• lO.<Nlo/. 10.1)0% IOJNJ¾ IOJIU'/4 lOJJffl:. 5.00% .5.00-1.
J PAVIMF.:ITAÇÃO 10.9-19.,19'0.%6 ORAFICO
RS 54H74,51 54H74.51 1.1194.9-19.03 l.09-l.949.03 I.UIJ-1.':l'-l9.0J l.09-l.949.03 1.0'>-4.9"9.0J l.O'J.i.94':l',03 I.O'>l.949.03 l.0'!4.9-19.03 S4H74.SI S4H74.SI
5.00,~ 5.00% I0.00,~
4
CONTROLE
TECNOLOCICO
440~118,16 GRAFICO"'· .
I0,00% 10.00% 10,00% 10,00,:. I0.00% IOJMJ¾ I0,00"1. 5.00% 5.00"1.

R$ 22.020,41 22,020.41 -1-1040.82 44,040.82 -1-1 040,82 -1-1,040.82 4411-10,82 44,040.82 -1-1040.82 44.040,82 22.020.41 22.020.41
'{. S.341'1. .a.9~. 9.9"'1. 9,1).1..,. 9.9.a,, 9.94,{. 9.9-4o/o ?.9"'!'. 9.9"'¼ 9.9-lo/. ,1,9-r:'/4 5.27%
5 AD~UNISTRAÇÃO LOCAL l6.J.7!13,51 ORAFICO

MOBILIZAÇÃO E ,~
RS 8.685.85
50.00o/.
8.135.o6 16.270.16 16.270.16 16.270.16 16.270.16 16.270.16 16.270.16 16.270.16 16.270.16 8.135.08 8.636.18
50.00o/.
6 DESMOBILIZAÇÃO DE 73~112,76 ORAFICO ·.
EQUIPAMENTOS RS 36.701.38 36.701.3S
TOTALCRSl• 1:.ISJ.J75,79 6U.70J.64 603.8JJ.17 1.207.628.39 1.207 628.39 l 207628.39 l.?07628.39 U07,628.39 l.2U7.628.J9 1.207.628.39 1.207.628.J•) (.OJ.314.19 641.4116.67

TOTAL ACUMULADO CRSI • ll.lSl...17!,79 6-1-1,703,64 1.?-13..517,81 l--1S6.l-16.20 3.663.n.f..S9 U71.-I02,98 6.079.031.37 7.286.659,76 K.-1?4.28K.1S 9,701,916.54 10909.5-1-1.93 11.513.359.12 12.154,375;1'.l

PERCENTUAL SJ~tPLES 5.30!'. ~.97o/. 9.94-,~ 9.9-4o/. 9.94% 9.94% 9.9-1-% 9.w,~ 9.9-1% 9.9..% -1.91% :t.?.7%
PERCENTUAL ACU~lULADO ,.JOo/o I0.27% 20.21% Jo.1.i,{. .&O.OS% fü.02r. 39.9;5% 69J'9º/• 79.8.!l, &9.76% 9.&.rn-. 100.00%

1
-~.., ........
---,
r•· ;' ·\ .
' ,w .:, \
( ,,:..r: ' ~

\ V-~ !'.; !
\ ~.. 1' ...
~--~ .J ,,,
}
CRONOGRAMA FÍSICO-FINANCEIRO ....
"<:.:...."_ .••
e/,'
.,rr
_...- ...... ------~ ~>,
/ -:.. ~,
ESTADO DA PARAIBA . .,_. ~- .. ,·•- \
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
. \
Secretaria da Infra Estrutura - SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos - DIPRO - . ,3{iõt,_ tY ) i
PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA MOURISSE
GUSMÃO, NO BAIRRO DO CRISTO REDENTOR, NA CIDADE DE JOÃO PESSOAIPB • LOTE 03
ORÇAMENTO: ENG" GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERêNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO - DATA BASE: SETEMBRO/2017 ·BOI= 22,68% -
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

CRISTO
REDENTOR
'
Rila Mourlaee SINAPI SINAPI
CÔDIGO QUANT, PR~ÇO:TOTAL
ITEM DISCRIMINAÇÃO UNID. de Miranda SETEMBRO! SETEMBRO/
SINAPI TOTAL (R$)
Gusmão 2017SIBDI 2017CJBDI

2 SERVIÇOS PRELIMINARES
2.1 COMP. Cavalete para sinalização viária em
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
em. allura tolal 80 em com estrutura
em madeira de lei und 10.00 10,00
2.2 73806/001 Limpeza de supelficies com jato de
alta pressão de ar e égua m• 16.551,93 16.551,93

3 PAVIMENTAÇÃO '
1
3.1 72942 Pintura de tigação com emulsão RR-
1C, inclusive aquisição e transporte,
na taxa de 0,5um• m• 16.551,93 16.551,93
3.2 95992 Construção de pavimento com
aplicação de concteto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), BINDER,
com espessura de 3 em, exclusive
transporte da massa asfâtlica m• 496,56 496,56
3.3 95990 Construção de pavimento com
apticação de concteto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
3 em, exclusive transporte da massa
asféltica m• 496,56 496,56
3.5 95303 Transporte local de material
betuminoso m'xkm 13.208,50 13.208.50

4 CONTROLE TECNOLOGICO
4.1 COMP. Ensaio de concreto asfâttico t 2.383,48 2.383,48

TOTAL IR$)

Rua Mourisse de Miranda Gusmão Cristo Redentor


:~
_. ---=--.. . . .... ......
,(,,

•,

ESTADO DA PARAIBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra EstrutuRa • SEINFRA
Divisão do Orçamentos e Projetos - DIPRO
.. ,43~;_:)
. -·--,----. \

.~ __., I
PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO
._ __ ..__:,~~··~. ,,,,
OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA FERNANDO CUNHA
LIMA, NO BAIRRO DO CRISTO REDENTOR, NA CIDADE DE JOÃO PESSOAJPB • LOTE 03
ORÇAMENTO: ENGª GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERêNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO· DATA BASE: SETEMBRO/2017 •BOI= 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

CRISTO

REDENTOR
ic

SiNAPI SINAPÍ '·píieçcffotAL ·


.CÔDIGO _QUANT, RüáFemandó
ITEM DISCRIMINAÇÃO. UNID; SETEMBRO/ SETEMBRO/
SINAPI TOTAL: cunhal:l~a: 2017$/BDI ·2017C/BDf . t (R$l
2
2.1 COMP.
SERVIÇOS PRELIMINARES
Cavalete para sinalização viâria em
.
f

chapa de aço galvanizado (120 x 50)


cm, altura total 80 cm com estrutura
em madeira de lei und 10,00 10,00
2.2 738061001 Limpeza de superficies com jato de
alia pressão de ar e ãgua m• 8.664,64 8.664,64

3 PAVIMENT/IÇÃ9:.
3.1 72942 Pintura de r19ação com emulsão RR· '
1C, inclusive aquisição e transporte,
na taxa de 0,5ttm• m• 8.664,64 8.664,64
3.2 96992 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), BINDER,
com espessura de 3 cm, exclusive
transporte da massa asfâltica m• 259,94 259,94
3.3 96990 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usínado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO. com espessura de
3 cm, excfusíve transporte da massa
asfállica m• 259,94 259,94
3.5 96303 Transporte local de material
betuminoso m"xkm 6.810,42 6.810,42

4 CONTROLE TECNOi:OGICO ·- :'


4.1 COMP. Ensaio de concreto asfáltico t 1.247,72 1.247,72

TOTALIRSI

Rua Fernando Cunha lima Crsito Redentor


.... ~..-----.--...
_

·---~
/
ESTADO DA PARAIBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura • SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos • DIPRO

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA HUMBERTO PAIVA
DE CARVALHO, NO BAIRRO DO CRISTO REDENTOR, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PS• LOTE 03
ORÇAMENTO: ENGª GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERêNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO· DATA BASE: SETEMBRO/2017 ·BOI= 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

CRISTO
REDENTOR

·Rua Humberto SINAPI SINAPI


-p~EÇ~ TOTAL
CÓDIGO QUANT.
ITEM DISCRIMINAÇÃO UNID. Paiva cio SETEMBRO! SETEMBROi
SINAPI TOTAL (R$)
Carvalho 2017 SIBDI 2017CIBDI

2 SERVIÇOS PRELIMINARES
2.1 COMP. Cavalete para sinalização viária em
chapa de aço galvanizado ( 120 x 50)
cm, anura total 80 cm com estrutura
em madeira de lei und 3,00 3,00
2.2 738061001 Limpeza de supelficles com jato de
alta pressão do ar e água m• 566,08 566,08

3 PAVIMENTAÇÃO
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR·
1C. inclusive aquisição e transporto.
na taxa de 0,51/m• m• 566,08 566,08
3.4 95993 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
4 cm, exclusive transpone da massa
asfáltica m• 22,64 22,64
3.5 95303 Transpono local de material
betuminoso m'xkm 287,53 287,53

4 CONTROLE TECNOLOGICO '


4.1 COMP. Ensaio do concreto asfáltico t 54,34 54,34

TOTAL(R$1

Rua Humberto Paiva de Carvalho Cristo Redentor


~..
.. - "
"\
ESTADO DA PARAIBA ' \
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra EstrutuRa - SEINFRA
Divisão da Orçamentos e Projetos - DIPRO
~~;<i) /
PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO •, ••, ·--~~~,..P-~~'
OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA MONTE SANTO,
NO BAIRRO DO CRISTO REDENTOR, NA CIDADE DE JOÃO PESSOAIPB • LOTE 03
ORÇAMENTO: ENGª GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERÊNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO - DATA BASE: SETEMBRO/2017 ·BOI= 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

CRISTO
REDENTOR

CÓDIGO SINAPI SINAPI


QUANT. Rua Monte PijEÇO TOTAL
ITEM DISCRIMINAÇÃO UNID; TOTAL. SETEMBRÓÍ SETEMBRO!
SINAPI Santo
2017S/BDI 20'17'CIBDI 1 (R$)
''
·2 SERVIÇOS PRELIMINARES 1
2.1 COMP.
Cavalete para sinalização viária em
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
cm, altura total 80 cm com estrutura
em madeira de lei und 2,00 2,00
•·
2.2 73806/001 Limpeza de superficies com jato de
alta pressão de ar e água m• 429,26 429,26

3 PAVIMENTAÇÃO
.
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR- '
1C, inclusive aquisição e transporte.
na taxa de 0,51/m• m• 429,26 429,26
3.4 95993 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
uslnado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
4 cm, exclusive transporte da massa
asfállica m• 17,17 17,17
3.5 95303 Transporte local de material
betuminoso m'xkm 214,63 214,63

4 CONTROLE TECNOL~ICO 1
4.1 COMP. Ensaio da concreto asfáltico t 41,21 41,21

TOTAL IR$)

Rua Monte Santo Cristo Redentor


11

ESTADO DA PARAIBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra EstrutuRa • SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos • DIPRO

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO


OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA JOSÉ DE
CARVALHO COSTA, NO BAIRRO DO GRAMAME, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PB • LOTE 03
ORÇAMENTO: ENGº GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERÊNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO. DATA BASE: SETEMBRO/2017 ·BOI= 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

'RuaJoti6de SINAPI SINAPI


CÓDIGO Q\IANT, PREÇO TOTAL
rri:r., SINÀPI
DISCRÍMÍNAÇÃO UNIP,
TOTAL
i;:~rvalho Coata SETEf/lBRO/ SETEMBRO!
!(RS):
FIiho; 2017 S/BDI 2017CfBDI

·2 SERVIÇOS·PRELIMIN.ARES
2.1 COMP. Cavalete para sinalização viária em
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
cm, altura total 80 cm com estrutura
em madeira de lei 5,00 5,00
UJld
2.2 73806/001 Limpeza de supertlcles com Jato de
alta pressão de ar e água m' 4.255.49 4.255,49

3 PAVl"1ENTAÇÃO
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR-
1C, inclusive aquisição e transporte,
na taxa de 0,5I/m• m• 4.255.49 4.255.49
3.2 95992 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), BINOER,
com espessura de 3 cm, exclusive
transporte da massa asfállica m' 127,66 127,66
3.3 95990 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
3 cm. exclusive transporta da massa
asfáltica m• 127,66 127,66
3.5 95303 Transporta local de material
betuminoso m'xkm 2.221,28 2.221,28

4 CONTROLE TECNOLOGICO
4.1 COMP. Ensaio de concreto asfáttico 612,76 612,76

TOTAL RS

Rua José de Carvalho Costa01-03 Gramame


ESTADO DA PARAÍBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra EstrutuRa - SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos - DIPRO

PLANILHA ORÇAMENTARIA GERAL SEM DESONERAÇÃO

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA SERRA DO JATOBÁ,
NO BAIRRO DO GRAMAME, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PB - LOTE 03
ORÇAMENTO: ENG• GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERÊNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO - DATA BASE: SETEMBR0/2017 - BOI= 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

SINAPI . ~INAPI
CÓDIGO QUANT, Ruia Serrado PRE~OTOTAL
ITEM DISCRIMINAÇÃO UNID. SÉTEMBROI ·sETEMBROI
SINAPI TÇ)TAL Jatob6 2017SÍàDI 2011'.CIBDI lRSJ

2 SERVIÇOS PRELIMINARES.
2.1 COMP. Cavalete para sinalização viária em
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
cm, altura total 80 cm com estru1ura
em madeira de lei und 5,00 5,00
2.2 738061001 Limpeza de superficies com jato de
alta pressão de ar e água Ili 3.602,17 3.602,17

3 PÁVIMENTAÇÃO
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR•
1C, Inclusive aquisição e transporte,
na taxa de 0,51/m' m• 3.602,17 3.602,17
3.2 95992 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
uslnado a quente (CBUOJ, BINDER,
com espessura de 3 cm, exclusive
transporte da massa asfállica m• 108,07 108,07
3.3 95990 Construção de pavimento com
apllcaçAo de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUO), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
3 cm, exclusive transporte da messe
asláltica m• 108,07 108,07
3.5 95303 Transporte local de ma!ertal
betuminoso m'xkm 1.988,48 1.988,48

4 CONTROLl:;TECNOL,OGÍCO
4.1 COMP. Ensaio de concreto asfáltico 518,74 518,74

TOTAL RS

Rua Serra do Jatobá Gramame


., ..... .....__
-~~
~,
ESTADO DA PARAIBA •.
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA ,, -~;~:r=~. \
Secretaria da Infra EstrutuRa - SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos - DIPRO
! .• _ ---~~iL'iL. )
PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA COM. VALDETE
DUARTE RODRIGUES, NO BAIRRO DO GRAMAME, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PB • LOTE 03
ORÇAMENTO: ENGª GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERêNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO. DATA BASE: SETEMBRO/2017 • BDI "22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS" 115,94%

:'Rua
SINAPÍ SÍNAPI
CÓDIGO QUANT: Comerciante PREço!ToTAI.'
I_TEM ,DISCRIMINAÇÃO ~~iiD. SETEMBRÕ/ SETEMBRO/
SÍNAPI TOTAL Váldete Duarte (~)
· R~drlguâs· 2017 SIBDÍ 2017 CIBDI

2, SERVIÇOS PRELIMINARES
2.1 COMP. Cavalete para slnalízação viária em
chapa de aço galvanizado ( 120 x 50)
cm, altura total 80 cm com estrutura
em madeira de lei und 5,00 5,00
2.2 731108/001 limpeza de superficies com jato de
alta pressão de ar e água m• 4.102,56 4.102,56

3· PAVIMENTAÇÃO·
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsãl> RR-
1C, inc!usive aquisição e transporte,
na taxa de 0,51/m' m• 4.102,56 4.102,56
3,2 95992 Construção de pavimento com
~ o de concreto betuminoso
usfllado a quente (CBUQ), BINOER,
com espessura de 3 cm, exdusive
transporte da massa aslãltica m• 123,08 123,08
3,3 95990 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
3 cm, exclusive transporte da massa
asláltlca m• 123,08 123,08
3,5 95303 Transporte local de material
betuminoso m'xkm 2.486,22 2.466,22

4 CONTROLE TECNOLOGICO
COMP. Ensaio de concreto asfáltico 590,76 590,76

TOTAL RS

Rua Com. Valdete Duarte Rodrigu Gramame


,.,,>··•··-....-·~~...-.

ESTADO DA PARAIBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura • SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos • DIPRO

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO


OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA INÁCIA MARIA DE
SOUTO, NO BAIRRO DO GRAMAME, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PS· LOTE 03
ORÇAMENTO: ENG" GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERÊNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO· DATA BASE: SETEMBR0/2017 ·BOI= 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

SINAPI S!NAPI
CÓDIGO QUANT, Ruà ln6cra· Maria PR~ÇO TOTAL
ITEM DISCRIMINAÇÃO UNID, · dti·soutó: · SETEMBRO! SETEMBRO/
SINAPI TOTAL : IR$)
2017StBDf 2017CIBDI

·• 2 . SEltVIÇOS PRELll\'IÍNAf!ES
2.1 COMP. Cavalete para sinalização vlària em
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
cm, altura total 80 cm com estrutura
em madeira de lei und 5,00 5,00
2.2 73806/D01 Limpeza de supefficies com Jato de
alta pressão de ar e égua m• 3.903,05 3.903,05

,3' PAVIMENTAÇÃO
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR-
1e, inclusiva aquisição e transporte,
na taxa de 0,51/m' m' 3.903,05 3.903,05
3.2 95992 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), BINOER.
com espessura de 3 cm, exclusive
transporte da massa asfãlllca m' 117,09 117,09
3.3 95990 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), CAMADA
OE ROLAMENTO, com espessura de
3 cm, exclusiva transporta da massa
asfãltica m• 117,09 117,09
3.5 953D3 Transporte local de material
betuminoso m'xkm 2.435,48 2.435,48

4 CONTijOLE tECNOLOG!CO
COMP. Ensaio de concreto asfáltico 562,04 562,04
TOTAL R$

Rua lnácia Maria de Souto Gramame


ESTADO DA PARAÍBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura - SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos - DIPRO

PLANJLHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA ROSA ÃNGELA
MARTA CAGLIANINO, BAIRRO DO GRAMAME, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PB • LOTE 03
ORÇAMENTO: ENG• GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERÊNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO - DATA BASE: SETEMBRO/2017 •BOI= 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

!
SINAPI SINAPI'
.CÓDIGO. QUANT; Rua'Rosa _Angola .PR~ÇO:TOTAL
ITEM DISCRIMINAÇÃO UNID. SETEMBRO, SETEMBRO( ! IRS)
SINAPI TOTAL MaÍta Cagllanl
20178/BDI 2017CIBDI

2 SERVIÇOS PRELIMINARES
2.1 COMP. Cavalete para sinalização vléria em
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
cm, altura total 80 cm com estrutura
em madeira de lei und 5,00 5,00
2.2 73806/001 Limpeza de superflcles com Jato de
alta pressão de ar e égua m• 2.856,92 2.856,92

,3, . PAVIMENTAÇÃO
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR-
1C, inclusive aquisição e transporte,
na taxa de 0,51/m' m> 2.856,92 2.856,92
3.2 95992 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), BINDER,
com espessura do 3 cm, exclusive
transporto da massa asféftica m> 85,71 85,71
3.3 95990 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
uslnado a quente (CBUQ), CAMADA
OE ROLAMENTO, com espessura de
3 cm, exclusive transporte da massa
asfáitlca m• 85,71 85,71
3.5 95303 Transporte local de material
betuminoso m'xkm 1.474,22 1.474,22

Çc:irtTROi.E .TECNOLÔGICO
COMP. Ensaio de concreto asfáltico 411,20 411,20

TOTAL RS

Rua Rosa Angela Marta Cagliani Gramame


ESTADO DA PARAIBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura • SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos - DIPRO

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA MANOEL
ALEXANDRE DE ARAÚJO, NO BAIRRO DO GRAMAME, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PB • LOTE 03
ORÇAMENTO: ENGª GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERêNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO· DATA BASE: SETEMBRO/2017 •BOI= 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

Rua Manoel 'SINAPI SINAPI


ITEM
CÓDIGO
DISCRIMINAÇÃO UNID.
QUAffT•.
Alexandre da SETEMBRO/ SETEMBRO/
PR~ÇO :TOTAL
SINAPI TOTAL (R$)
A.,allJo 2017SIBDI 2Ó17CIBDI

2 SERVIÇOS PRELIMINARES
2.1 COMP. Cavalete para sinalização viária em
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
em, allura total 80 em com estrutura
em madeira de lei und 5,00 5,00
2.2 738081001 Limpeza de superficies com jalo de
alia pressão de ar e água m• 1.558,14 1.558,14

3 PAVÍMENTAÇÃO
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR·
1C. inclusive aquisição e transporte,
na taxa de 0,5um• m• 1.558,14 1.558,14
3.2 95992 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), BINOER,
com espessura de 3 em, exdusive
transporte da massa asfáttica m• 46,74 46,74
3.3 95990 Construção de pavimento com
apücação da concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), CAMADA
OE ROLAMENTO, com espessura de
3 em, exclusive transporte da massa
asféttiea m• 46,74 46,74
3.5 95303 Transporte local de material
betuminoso m'xkm 944,14 944,14

4 CQNTRÓLE TECNOl,()G!CO
4.1 COMP. Ensaio de concreto asfáltico 224,36 224,36

TOTAL RS

Rua Manoel Alexandre de Araújo Gramame


_..~~--si"· -~,t-~~
ESTADO DA PARAIBA • - ' , » - • • ----_-, ,, \
"
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA

ª~).,
Secretaria da Infra Estrutura• SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos • DIPRO

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO ...


'-..., __ .... ,'
_,.

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA PEDRA DO REINO,
NO BAIRRO DO GRAMAME, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PB • LOTE 03
ORÇAMENTO: ENG' GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERêNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO· DATA BASE: SETEMBROl2017 •BOI= 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

1
SINAPI __SINAPI
ÇÔDIGO
DISCRIMINAÇÃO UNID,
QUANT. Rua Pedra do, SETEMBRO/ SETEMBROÍ
PrEÇO ,TOTAL
ITEM 'SINAPI TOTAL ... ReJno: 1 !R$!
2017. SIBDÍ. ::2oúCIBDI
1

2 SERVIÇOS PRELIMINARES
2.1 COMP. Cavalete para sinalização viária em
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
an, allura total 80 an com estrutura
em madeira de lei und 5,00 5,00
2.2 73806/001 Limpeza de superficias com jato de
alta pressão da ar e égua m• 2.627,04 2.627,04

,3 PÁVIME~TAÇÃO
3.1 72942 Pintura da ligação com emulsão RR·
1C, inclusive aquisição e transporte,
na taxa da 0,51/m• m• 2.627,04 2.627,04
3.2 95992 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quanta (CBUQ), BINDER,
com espessura da 3 cm, exclusive
transporte da massa aslilltlca m• 78,81 78,61
3.3 95990 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
3 cm. exclusive transporte da massa
asfállica m• 78,81 78,81
3.4 95303 Transporte local de material
betuminoso m'xkm 1.387,06 1.387,06

CON~OLE TECNOLC)GICO
COMP. Ensaio de concreto asfáltico 378,28 378,28

TOTAL R$

Rua Pedra do Reino Gramame


. :,.-- '"'- ~--~ ~~~~~
-...
ESTADO DA PARAISA :
·-
.
.~
-,, --•,. \
---·' . ' .....-\ \
j
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura - SEINFRA : ________
.353~ _.Jt::r:_ ,;/
Divisão de Orçamentos e Projetos - DIPRO

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFALTICO (CBUQ) NA AV. ESPIRITO SANTO,

NO BAIRRO DOS ESTADOS, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PB - LOTE 03


ORÇAMENTO: ENGª GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERêNCIA DOS PREÇOS UNITARIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO - DATA BASE: SETEMBRO/2017 - BOI= 22,68% -
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

_CÓDIGO QUANT. Av.EspJrfto


SINAPI SINAPI PREÇOTOTAL
ITEM_ DISCRIMINAÇÃO UNID, SETEMBROl SETEMBRO/
SINAPI TOTAL Santo i(R$J
2017S18D1 ZÓ17CIBOI

2 SERVIÇOS PRELIMINARES
2,1 COMP. Cavalete para sinalizaçao viária em
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
cm, altura total 80 cm com estrutura
em madeira de lei und 10,00 10,00
2.2 738061001 Umpeza de superflCies com Jato de
alta pressão de ar e água m• 7.368,69 7.368,69

3 PAVIMENTAÇÃO
3.1 72942 Pintura de litlação com emulsão RR-
1C, inclusive aquisiçao e transporte,
na taxa de 0,51/m' m• 7.368,69 7.368,69
3.4 95993 Construção de pavimento com
eplitaçllo de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
4 cm, exclusive transporte da massa
asfáltíea m• 294,75 294,75
3.5 95303 Transporte local de material
betuminoso m'xkm 5.718, 15 5.718,15

4 CONTROLE TECNOLOGICO
4.1 COMP. Ensaio de concreto asfállico 707,40 707,40

TOTAL R$

Av. Esplrito Santo Bairro dos Estados


ESTADO DA PARAIBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura - SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos - DIPRO
.___ e.. ~,•- ./
PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO
.
""· "--- __. . ,.,,. .
,

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA PROFESSOR
JOAQUIM F. VELOSO, NO BAIRRO DOS ESTADOS, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PB - LOTE 03
ORÇAMENTO: ENGª GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFER~NCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO - DATA BASE: SETEMBRO/2017 - BDI = 22,68% -
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

,CÓDIGO
~uà Prof, Jóaq~lril SiNAPI SINAPr
PiEÇOi'OTAL
ITEM ····01scR1MINAÇÃO UNJO, QUAf.!T. Fraitêlsc:o Veloso SETEMBRO/ SETI;f.1BRÔÍ
SINAPI ,TOTAL t IR$)
Gaivão 20178/BDI 2017C/BDI !
'
2 SERVIÇOS PRELIMINARES
2.1 COMP. Cavalete para sinalização viéria em
chapa de~ galvanizado (120 x 50)
cm, altura total 80 cm com eslnrtura
em madeira de lei und 5,00 5,00
2,2 738061001 Limpeza de superfícies com jato de
ana pressão de ar e égua m• 4,575,98 4.575,98

3 PAVIMENTN,Ã9
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR•
1e. inclusive aquisição e transporte,
na taxa de 0,51/m' m• 4.575,98 4.575,98
3.4 95993 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
4 cm. exclusive transporte da massa
asféllica m• 183,04 183,04
3.5 95303 Transporte local de material
betuminoso m'xkm 3.550,98 3.550,98

4 CONTROLEll:CNOLOGICO
4.1 COMP. Ensaio de concreto asfáltico 439,30 439,30

TOTAL R$

Rua Prof. Joaquim F. Veloso Bairro dos Estados


ESTADO DA PARAÍBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura - SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos - DIPRO \-----.dSS~--
·,.. ...
~ ~ - :_

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO ' ... ,...._-.:.~••"'--.--•

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA AV. TANCREDO NEVES
(TRECHO A), NO BAIRRO DOS ESTADOS, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PB - LOTE 03
ORÇAMENTO: ENGª GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERêNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO - DATA BASE: SETEMBRO/2017 - BDI = 22,68% • ENCARGOS
SOCIAIS= 115,94°/4

SINAPI ·SINAPI
CÓDIGO QUANT. 'Av. TaiiéredóNevcis PREÇO TOTAL
JTEM DISCRIMINAÇÃO UNID. (TrechôA)' . SETEMÉIROt SETEMBROI
SINAPI TOTAL (R$J
2017S/BDI 2017 CIBDI

2 ... , SERVIÇ~S.l'RELIMINARES
2.1 COMP. Cavalete para sinalização vléria em
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
cm, altura total 80 cm com estrutura
em madeira de lel und 10,00 10,00
2.2 73B06/001 Limpeza de superficies com Jato de
alta pressão de ar e égua m• 10.7BB,69 10.76B.69

3 PAVIMENTAÇÃO
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR-
1C, inclusive aquisição e transporte,
na taxa de 0,51/m• m• 10.7BB,69 10.7BB,69
3.4 95993 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUO). CAMADA
DE ROLAMENTO. com espessura de
4 an, exclusive transporte da massa
asfállica m• 430,75 430,75
3.5 95303 Transporte local de material
betuminoso m'x1un 10.854,90 10.854,90

4 CONTROLE TECNOLOGICO
4.1 COMP. Ensaio da concreto asléltlco 1.033,80 1.033,80

TOTAL R$

Av. Tancredo Neves A Bairro dos lpês


ESTADO DA PARAISA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura • SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos • DIPRO

PLANJLHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO ·. -·- 35fL@"


,_ . :...

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA AV. TANCREDO NEVES .,.,
- .,~--
'--::-~~:#-~~....

(TRECHO B), NO BAIRRO DOS ESTADOS, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PS· LOTE 03


ORÇAMENTO: ENGª GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERÊNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO· DATA BASE: SETEMBROl2017 • BDI = 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

SINAPI SINAPI
CÓDIGO QUANT. Av. Tancreclo'Neves Pa,EÇQ TOTAL
ITEM DISCRIMINAÇÃO UNID.
· (Trecho&)
SETEMBROI SETEMBRO/
SINAPI TOTAL IRS)
2017StaDI 2017.CIBDI

2 Sl;RVIÇOS PRELIMINARES
2.1 COMP. Cavaleta para sinalização viária em
chapa de aço galvanizado (120 K 50)
an, allura total 80 an com estrutura
em madeira de lel und 10,00 10,00
2.2 73806/001 Limpeza de superficias com Jato de
alla pressão de ar a égua m• 12.658.61 12.658,61

3 PAVIMENTAÇÃO
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR-
1C, inclusiva aquisição e transporte,
na taxa de 0,51/m• m• 12.658,61 12.658,61
3.4 95993 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
uslnado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
4 an. e1eclusive transporte da massa
asféltica m• 506,34 506,34
3.5 95303 Transporte local de material
betuminoso m'xkm 12.759,77 12.759,77

4 CONTROLE TECNOLOGICO
4.1 COMP. Ensaio de concreto aslélbco 1.215,22 1.215,22

TOTAL RS

Av. Tancredo Neves B Bairro dos lpês


ESTADO DA PARAIBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura • SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos • DIPRO

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA AV. MINISTRO JOSÉ
AMÉRICO (TRECHO A), VÁRIOS BAIRROS, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PB • LOTE 03
ORÇAMENTO: ENGª GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERÊNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO· DATA BASE: SETEMBR0/2017 • BDI = 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

VÁRIOS

'
CÓDIGO QUANT.
Av.M1n.Jo16 SINAPI SINAPI
PREÇO TOTAL
ITEM DISCRIMINAÇÃO ÚNtD. Amdrttiode SETEMBRO/ SETÉMBRO/
SINAPI T~TAL f(R$)
Almeida (Trecho A) 2017SIBDI 2017C/BDI
:
'i
;
.2:: - SERVIÇOS PRELÍMINARES
2.1 COMP.
·-
Cavalete para sinalização viária em
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
cm, altura total 80 cm com estrutura
em madeira de lei und 15,00 15,00
2.2 738061001 Limpeza de supelficies com Jato de
alta pressão de ar e água m• 24.108,74 24.108,74
:
3_ ,_ PAVIMENTAÇÃO
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR-
1C, Inclusive aquisição e transporte,
na taxa de 0,51/m' m• 24.108,74 24.108,74
3.4 95993 Construção de pavimento com
apllcação de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
4 cm, exclusive transpone da massa
asfâlUca m' 964,35 964,35
3.5 95303 Transporte local de material
betuminoso m>xkm 15.140,30 15.140,30

1
4 CONTROLE TECNQLO(JICO ;
4.1 COMP. Ensaio de concreto asfâllico t 2.314,44 2.314,44

TOTAL IR$)

Av. Min. José Américo A


ESTADO DA PARAIBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura • SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos • DIPRO

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA AV. MINISTRO JOSÉ
AMÉRICO (TRECHO B), VÁRIOS BAIRROS, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PS· LOTE 03
ORÇAMENTO: ENGº GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERÊNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO· DATA BASE: SETEMBRO/2017 ·BOI= 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

VÁRIOS

1
Av, Mln. José '
SINAPI SINAPI
.ÇÔDIGO. PUANT, Ani6rtéóde PREÇO)TOTAÍ.
ITEPt'I DISCRIMINAÇÃO UNID. . AlmiÍlili SETI=Ml:IROI SETEM!iROI
SINAPI TOTAL (RIS)
2017S/BDI 2017CIBDI
(Trechoéj'. 1

i-

. 2' -. -
SERVIÇOS PRELIPAINARES .. r
2.1 COMP. Cavalete para slnallzação vlérla em
chapa de aço galvanizado ( 120 x 50)
cm, allura tolal 80 cm com esIru1ura
em madeira de lal und 15,00 15,00
2.2 73806/001 Limpeza de superflclas com Jato de
alia pressão de ar e égua m• 25.153,17 25.153,17

3
3.1 72942
PAVIMENTAÇÃO,
Pintura de ligação com emulsão RR-
.
1C, inclusive aquisição e lransporte,
na taxa de 0,51/m' m• 25.153,17 25.153,17
3.4 95993 Cons~o de pavimenlo com
aplicação de concteto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), CAMADA
11 DE ROl.AMENTO, com espessura de
4 cm. exclusive transpone da massa
asfállica m• 1.006,13 1.006,13
3.5 95303 Transpone local de material
betuminoso m•xkm 15.796,24 15.796,24

4 CONTROLE TECNOLOGICO l
4.1 COMP. Ensaio de concteto asféltico 1 2.414,71 2.414,71

TOTALIRSI

Av. Min. José Américo B


ESTADO DA PARAISA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura • SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos • DIPRO

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO


OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA SÃO JOÃO, NO
BAIRRO DO VARJÃO, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PS• LOTE 03
ORÇAMENTO: ENGª GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERÊNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO· DATA BASE: SETEMBRO/2017 ·BOI= 22,68°4 •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

SINAPI SINAPI
CÔDIGO QUANT. PREÇO~TAL
ITÉM DISCRIMINAÇÃO iJNJD. Rili'SãôJoló SETEMBRO) SÉTEMBROJ
·sINAPI TOTAL (R$'
·2017 SIBDI 2017C/BDI
1

2. SERVIÇOS PRELIP.1INARl:S.
2.1 COMP. Cavalete para sinalização vlãrla em
chapa da aço galvanizado (120 x 50)
cm, altura total 80 cm com estrutura
em madeira da lal und 5,00 5,00
2.2 738061001 Limpeza da supalficles com Jato de
alta pressão de ar e Agua m• 1.920,95 1.920,95

3 PAVIMENTAÇÃO.
3.1 72942 Pintura da ligação com emulsão RR·
1C, inclusive aquisição e transporte,
na taxa da 0,5Vm' m• 1.920,95 1.920,95
3.4 95993 ConstruçAo de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
4 cm. exclusive transporte da massa
asfáltica m• 76,84 76,84
3.5 95303 Transporte local de material
betuminoso m'xkm 1.045,02 1.045,02

4 CONTROLE TECNOLOGICO
4.1 COMP. Ensaio de concreto asfãllico 184,42 184,42

TOTAL R$

Rua São João Varjão


ESTADO DA PARAIBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura - SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos - DIPRO

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO


OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA JOÃO BARRETO
FILHO, NO BAIRRO DO VARJÃO, NA CIDADE DE JOÃO PESSOAIPB. LOTE 03
ORÇAMENTO: ENGª GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERÊNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO - DATA BASE: SETEMBRO/2017 - BDI = 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

CODIGO aúANT. RuaJollo


SINAPI SINAPI l
P~ÇQTOTAL
ITEM DlséRIMINAÇÃO 'UNID. SETEMBROJ2017 SETEMBRO,
SINAPI TOTAL• Barreto FIiho IR$)
SÍBÔI 2017C/BDI

2 SER"'ÇOS'PRELIMINÁRES ·
2.1 COMP. Cavalete para sinalização viária em
chapa da aço galvanizado ( 120 x 50)
cm, altura total 80 cm com estrutura
em madeira de lei und 5,00 5,00
2.2 738061001 Limpeza de supelficies com jato de
atta pressão de ar e água m' 1.110,11 1.110,11

~ PAVIMENTAÇÃO·
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR-
1C, inclusive aquisição e transporte,
na taxa de 0,51/m• m• 1.110,11 1,110.11
3.4 95993 Construção de pavimento
com
aplicação de concreto betuminoso
uslnado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
4 cm, exclusive 1ransporte da massa
asfáttica m• 44,40 44,40
3.5 • 95303 Transporte local de material
betuminoso m'xkm 590,52 590,52

4 CONTROLE TECNOLOGICO
4.1 COMP. Ensaio de concreto asfáltleo 106,56 106,56

TOTAL RS

Rua João Barreto Filho Varjão


__ ,___.-----~-·~~·.. ·.,

ESTADO DA PARAIBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura - SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos • DIPRO

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA DOMINGOS DA
PAIXÃO, NO BAIRRO DO VALENTINA, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PB - LOTE 03
ORÇAMENTO: ENGº GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERÊNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO - DATA BASE: SETEMBRO/2017 •BOI= 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

~
SINAP[ . SINAPI
CÓDIGO QUANT. Ruai:Jomingo11 PREÇOÍTOTAL
ITEM DÍSCRIMINAÇÃO · UNID, SETEMBROI SETEMBRO/
SINAPI :rorAL .Josj dâPalxl~. IR,,
2017- S/BÍ:>1 · 2017 C/BDI.

!
2 SERVIÇOS PRELIMINARES ..
2.1 COMP. Cavalete para sinalização viária em
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
cm, altura total 80 cm com estrutura
em madeira de lei um! 10,00 10,00
2.2 738061001 Limpeza de superflcies com jato de
alia pressão de ar e égua m• 6.335,48 6.335.48

3 PÁVÍMÊNTAÇÃO ••tt•"'

3.1 72942 Pintura de llgaçao com emulsão RR•


1C. Inclusive aquisição e transporte,
na taxa de 0.511m' m• 6.335.48 6.335,48
3.4 95993 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
uslnado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
4 cm, exclusive transporte da massa
asféllica m• 253,42 253,42
3.5 95303 Transporte local de material
betuminoso m'1tkm 3.725,27 3.725,27

•·
4 CONTROLE TECNOLOGic<> ...
4.1 COMP. Ensaio de concreto asfáltico t 608,21 áéíii.21 '

TOTAL(R$l

Rua Domingos da Paixão Valenlina


ESTADO DA PARAÍBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura - SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos - DIPRO

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO


OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA CARLOS NEVES, NO
BAIRRO DO VALENTINA, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PB - LOTE 03
ORÇAMENTO: ENGº GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERêNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO - DATA BASE: SETEMBRO/2017 - BOI= 22,68% -
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

Sl!'4AP.I SINAPI i,
ITEM
c601Gci DISCRIMINAÇÃO. UNID,
QUANT, RilaCartos
SE~MBROI SETÊMBROI
PREÇQTOTAL
SINÀPI TOTAL Neves de Franca lfSl ,
2017.SIBDI 2D17CIBDI

2 SERVlçOS PRELIMINARES
2.1 COMP. Cavalete para sinalização viária em
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
cm, altura total 80 cm com estrutura
em madeira de lei und 10,00 10,00
2.2 73806/001 Limpeza de supelficies com Jato de
alta pressão de ar e água m' 4.158,90 4.158,90

3 PAVIMENTAÇÃO
3.1 72942 Pinlurà de ligação com emulsão RR-
1C, inclusive aquisição e transporte,
na taxa de 0.51/m2 m' 4.158,90 4.158.90
3.4 95993 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
uslnado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
4 cm, exclusive ttansporte da massa
asláttlca m• 168,36 166,36
3.5 95303 Transporte local de material
betuminoso m'xkm 2.395,58 2.395,58

4 CONT~OI.E TECNOLOGICO
4.1 COMP. Ensaio de concreto asfáltito 399,26 399.26

TOTAL R$

Rua Carlos Neves25-05 Valentina


·,
ESTADO DA PARAÍBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura • SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos - DIPRO

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA TELEGRAFISTA
CHATEAUBRIAND, NO BAIRRO DO VALENTINA, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PB • LOTE 03
ORÇAMENTO: ENGª GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERêNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO· DATA BASE: SETEMBROl2017 ·BOI= 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94°/o

ITEM CÓDIGO:
SINAPI
DISCRÍMINAÇÃÓ - · UNID;
·auANT.
:TOTAL
,~--
."ua Telegraf. ·SINAPI _SJNAPI
Chatoaubrlând SETEMBRO! SETEMBRO/
1
PREǾOTAL
( )
BrasllFltho 2017S18D1 2017CIBDI

2 , SERVIÇOS PRELIMINARES -, , 't


2,1 COMP. Cavalete para slnallzação viária em
Chapa de aço galvanizado (120 x 50)
cm. altwa total 80 cm com esllUlura
em madeira de lei uml 5,00 5.00
2,2 738061001 Limpeza de superflcles com Jato de
alta pressão de ar e água m• 1.647,04 1.647.04

1
3 PAVIM!:NTÀQJio ·-· 1
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR·
1c. inclusive aquisição e transporte,
na taxa de 0,51/m' m' 1,647.04 1,647.04
3,4 95993 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
uslnado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
4 cm. exclusive transporte da massa
asfáltica m• 65,88 65,88
3,5 95303 Transpol1e local de material
betuminoso m'xkm 955,26 955,26

4 CONTR_OLE TECNOLOGICO. :'


4,1 COMP. Ensaio de concreto asfáltico t 158,11 158,11

TOTAL(RSI

Rua Telegraf. Chateaubriand Valentina


ESTADO DA PARAÍBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA ... _·\
Secretaria da Infra Estrutura - SEINFRA • •-•' " . 1 V\ \

~ C v ,}
Divisão de Orçamentos e Projetos - DIPRO

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO -- ----·. --t::t'---


' {
/
OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS OE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA MARDOKEU, NO
BAIRRO CIDADE PADRE ZÉ, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PB - LOTE 03
ORÇAMENTO: ENGº GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERÊNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO - DATA BASE: SETEMBRO/2017 •BOI= 22,68%-
ENCARGOS SOCIAIS::: 115,94%

~l@ílt~
1

r
SINAPI SINAPI
CODIGO QUANT. Rua Mardokeu PREÇotoTAL
ITEM DISCRIMINAÇÃO UNID.
Nakre · SETI!MBRO/ SETEMéRO/
SINAPI TOTAL (R')
20178/BDI 201iCIBDI

f
2· .. SERVIÇOS PRELIMINARES ,.
2.1 COMP. Cavalete para sinalização viária em
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
... cm. altura total 80 cm com estrutura
em madeira de lel und 10,00 10,00
2.2 738061001 Limpeza de superflcies com jato de
alta pressão de ar e água m' 6.146,25 6.883,93

3 PAVIMENTAÇÃO ~
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR-
1C, inclusive aquisição e transporte,
na taxa de 0,511m' m' 6.146,25 6.883.93
3.4 95993 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
uslnado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
4 cm, exclusive transporte da massa
asfállica m• 245,85 275,36
3.5 95303 Transporte local de material
betuminoso m'xkm 5.089,10 5.699,95

4 CONTROLE TECNOLOGICO . '


4.1 COMP. Ensaio de concreto asfánico t 590,04 660,86

TOTAL IRS)

Rua Mardokeu01-03-18 Cidade Padre Zé


__ . -~-
ESTADO DA PARAISA \\
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA -· :·_ ':-: .-· ;·~~\ '\
Secretaria da Infra Estrutura • SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos • DIPRO
i
\--3G_ s8): j
PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO ...'-". ~-• L'' :_ ,,.♦/
~~ .#-r·f'

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA DESEMBARGADOR _ _.,.,
AURÉLIO M. DE ALBUQUERQUE, NO BAIRRO JARDIM CIDADE UNIVERSITÁRIA, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PS• LOTE 03
ORÇAMENTO: ENG• GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERÊNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO· DATA BASE: SETEMBR0/2017 ·BOI= 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

-· ..
,;,AJtblti1 çli>ÃQÊ
f~N!V!:riSITARI~:
.
,~;;;

:
RuaDesemb. SINAPI SINAPI
CÓDIGO QUANT. PREÇO)TOTAL
ITEM DISCRIMINAÇÃO.' UHID~ ,AurélloM,da: SETEMBRO/ SETEMBRO/
SINAPI TOTAL (RJ)
Albuquerque- 2017S/BDI 2017C/BDI
:
1

2 SERVIÇÓS PRELIMINARES
2.1 COMP. Cavalete para sinalização viária em
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
cm, altura total 80 cm com estrutura
em madeira de lel und 5,00 5,00
2.2 73806/001 Limpeza de superfides com Jato de
alta pressão da ar e água m• 5.445,40 5.445,40

3 PAVIMENTAÇÃO ''
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR-
1C, inclusive aquisição e transporte,
na taxa de O,SVm' m• 5.445,40 5.445,40
3.4 95993 Cons1rução de pavimento
com
aplicação de conaeto betuminoso
uslnado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
4 an, exclusiva transporte da massa
asfállica m• 217,82 217.82
3.5 95303 Transporta local de material
betuminoso m'xkm 3.659,38 3.659,38

4 CONTROLE TECNOLOGICO
4.1 COMP. Ensaio de concreto asfáttico t 522,77 522,77

TOTAL(R$1

Rua Desemb. Aurélio Jd. Cidade Universitária


- - ~ .,.._ ..¼_~-',,

ESTADO DA PARAÍBA
....·,
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA i ('!"'~:· :--•--,. \\
·-~., . .,,-tv'. \
Secretaria da Infra Estrutura - SEINFRA l
Divisão de Orçamentos e Projetos - DIPRO
_J_ff>~ /
PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO ...... _.:__ ;·/
OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA ADOLPHO '•~--~--~✓
FERREIRA, NO BAIRRO JARDIM CIDADE UNIVERSITÁRIA, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PB - LOTE 03
ORÇAMENTO: ENG" GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERêNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO - DATA BASE: SETEMBRO/2017 - BOI= 22,68% -
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

- ..
0

JARQlfl:C.lÕÁQJ,!
.· o'i '"'•srri'~À<
~.V~6«-·,:-~~··.
:

RuaAdólpho SINAPI . ~l!'IAPÍ


CÓDIGO QUANT. PREÇQTOTAL
ITEM DISCRIMINAÇÃO UNJO. Ferreira Scianls SETEMBRO, SETEMBRO/
SINAPI TOTAL FIiho 2017SIBDI 2Íl17CIBDI
(~$)
!
[

~
2 SERVIÇOS PRELIMINARES
2.1 COMP. Cavalete para sinalização viária em '
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
cm, altura total 80 cm com esuutura
em madeira de lei und 5.00 5.00
2.2 73808/001 Limpeza de superflcies com jato de
alta pressão de ar e água m• 2.918,03 2.918.03

3 ··-··· P,\VIMENTAÇÃO. i
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR-
1C. inelusive aquisição e ltanSpotte,
na taxa de 0,51/m' m• 2.918.03 2.918.03
3.2 95992 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
uslnado a quente (CBUQ}, BINOER,
com espessura de 3 cm, exclusive
transpotte da massa asfâltica m• 87,54 87,54
3.3 95990 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ}, CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
3 cm, exclusive transporte da massa
asfâltica m• 87,54 87,54
3.5 95303 Transpotte local de malerlal
betuminoso m'xkm 2.888,82 2.B8B.82

(14 CONTROLE TECNOLOGICO


!

4.1 COMP. Ensaio de concreto asfânico t 420,20 420,20

TOTALIR$I

Rua Adolpho Ferreira Jd. Cidade Universitária


ESTADO DA PARAIBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura • SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos • DIPRO

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA PASTOR
RODOLFO, NO BAIRRO JARDIM CIDADE UNIVERSITÁRIA, NA CIDADE DE JOÃO PESSOAIPB • LOTE 03
ORÇAMENTO: ENG• GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERê.NCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO· DATA BASE: SETEMBRO/2017 ·BOI= 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

JA~ó'i~;~ÍDÀDE
~NJVlijsifARiA

Rua Pastor SINAPI SINAPI


CÓDÍGO QÜANT. PREÇO TOTAL
ITEM
·SINAPI
DISCRIMINAÇÃO üNií:>. TOTAL
Rodolfo SETEMBRO# SETEMBRO/
(R·;,
.~el!ttenmullàr '2017S/l:ÍÓI 2Ó17CIBDI
!

2 SERVIÇOS PRELIMINARES·
2.1 COMP. Cavalete para sinalização viéria em
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
cm, allura total 80 cm com estrutura
em madeira de lei und 5,00 5,00
2.2 738081001 Limpeza de supetflcles com Jato de
alla pressão de ar e água m' 2.116.54 2.116.54

3 PAVIMENT~ÇÃO '
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR·
1C, Inclusive aquisição e transpor1e.
na taxa de 0,51/m' m• 2.116,54 2.116,54
3.2 95992 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), BINOER,
com espessura de 3 cm. exclusive
transpor1e da massa asfáltica m• 63,50 63,50
3.3 95990 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
uslnado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
3 cm, exclusive transpol1e da massa
asfáltica m• 63,50 63,50
3.5 95303 Transpo11e local de material
betuminoso m>xkm 2.120,90 2.120,90

'4 CONTROLE TECNOLOGICO'


4.1 COMP. Ensaio de concreto asfáltico t 304,80 304,80

TOTAL IRS)

Rua Pastor Rodolfo Jd. Cidade Universitária


ESTADO DA PARAISA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura • SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos • DIPRO

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA ELOY DE
MEDEIROS, NO BAIRRO JARDIM CIDADE UNIVERSITÁRIA, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PS - LOTE 03
ORÇAMENTO: ENGª GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERÊNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO· DATA BASE: SETEMBR0/2017 ·BOI= 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

~AAPI~ ÇID~~;
UNIVERSl1'ÃRIÀ

SINAPI SINAPI
CÓDIGO QUANT. RuaEloi,de PREÇÇTOTAL
ITEM DISCRIMIN.AÇÃO UNID. SETEMBROI SETEMBROI
SINAPI TOTAL Madeiros
.2017SIBDI 2017CIBDI
lft$)

2 SERVIÇOS. PRELIMINARES :
2.1 COMP. Cavalele para sinalização viária em
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
cm, altura total 80 cm com estrutura
em madeira de lel und 5,00 5,00
2.2 738061001 limpeza de superfícies com jato de
alla pressão de ar e égua m• 2.882,94 2.882,94

3 PAVIMENTAÇÃO '
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR- '
1C, Inclusive aquisição e transporte,
na taxa de 0,51/m' m• 2.882,94 2.882,94
3.2 95992 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), BINDER,
com espessura de 3 cm, exclusive
1ransp011e da massa asfâllica m• 86,49 86,49
3.3 95990 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quenle (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
3 cm, exclusive transporte da massa
asfâltice m• 86,49 86.49
3.5 95303 Transporte local de material
betuminoso m'xkm 2.854,18 2.854,18

'- 4 ,.
4.1 COMP.
CONTROLE TECNOLOGICO
Ensaio de concreto asfáltico 1 415,16
-----
415,16
l

TOTAL IRS)

Rua Eloy de Medeiros Jd. Cidade Universitária


ESTADO DA PARAISA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura - SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos - DIPRO

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA LUIZ MOREIRA

GOMES, NO BAIRRO JARDIM CIDADE UNIVERSITÁRIA, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PS• LOTE 03


ORÇAMENTO: ENGª GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFER~NCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO - DATA BASE: SETEMBR0/2017 - BOI= 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

JÀf(Di~t91DADE
J(lij1YÊrisif4fiJA.

CÓDIGO QUANT, :Rua.Lulz:Morelra


SINAPI SINf+PI J
PREÇ9T~T~
ITEM DISCRIMINAÇÃO UNID. SETEMBRO/ SETEMBRO/
SINAPI TOTAL Gomes (~$)
2017S/BDI 2017C/BDI

2 SERVIÇOS PRELIMINARES - ~ .
2.1 COMP. Cavalete para sinalização viária em
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
cm, altura total 80 cm com estrulura
em madeira de lei und 5,00 5,00
2.2 73806/001 Limpeza de superficles com Jato de
alta pressão de ar e água m• 2.970,10 2.970,10

3 PAVIMENTÀÇÃO ·.
i
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsao RR•
1C, inclusive aquisição e transpor1e,
na taxa de 0,51/m' m• 2.970,10 2.970,10
3.2 95992 Construção de pavimento com
apll~o de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), BINOER,
com espessura de 3 cm, exclusive
transporte da massa asfáltica m• 89,10 89,10
3.3 95990 Construção de pavimento com
apli~o de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), CAMADA
OE ROLAMENTO, com espessura de
3 cm, exclusive transpor1e da massa
asféltica m• 89,10 89,10
3.5 95303 Transpor1e local de material
betuminoso m'xkm 3.011,58 3.011,58

4 CONTROLE TECNOLOGICO '


4,1 COMP. Ensaio de concreto asféltico t 427,68 427,68 '

TOTAL(RSI

Rua Luiz Moreira Gomes Jd. Cidade Universitária


ESTADO DA PARAISA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura • SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos • DIPRO

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS OE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA MANOEL
BELARMINO DE MACEDO, NO BAIRRO JARDIM CIDADE UNIVERSITÁRIA, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PS· LOTE 03
ORÇAMENTO: ENGª GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERêNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO· DATA BASE: SETEMBR0/2017 ·BOI= 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

J~RDif,fÇIDA,OE
IJNIV~ITÃRIA

Rua Manoel SINAPI SINAPI


PREÇ() TOTAL
ITEM
CÓDIGO
SINAPI
DISCRIMINAÇÃO UNID.
QUANT.
TOTAL
Belarmino de
Macedo
SETEMBRO, SETEMBRO/
2017S/BDI 2017CIBDI
,rs,
i

2 SERVIÇOS PRELIMINARES '


2.1 COMP. Cavalete para sinalização viária em
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
"- cm, altura total 80 cm com estrutura
em madeira de lei und 5,00 5,00
2.2 73806/001 Limpeza de superflcles com Jato de
alta pressão de ar e água m' 2.971,61 2.971,61

3 PAVIMENTAÇÃO
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR-
1C, Inclusive aquisição e transpotle,
na taxa de 0,51/m' m• 2.971,61 2.971,61
3.2 95992 Construção de pavímenlo com
aplicação de conaeto betwninoso
uslnado a quente (CBUQ), BINDER,
com espessura de 3 cm, exclusive
transporte da massa asfáltlca m• 89,15 89,15
3.3 95990 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUO), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
3 cm, exclusive transporte da massa
asfâltica m• 89,15 89,15
3.5 95303 Transporte local de material
beluminoso m•xkm 2.995.44 2.995,44

l_) 4 CONTROLE TECNOLOGICO -


4.1 COMP. Ensaio de conaeto asfállloo 1 427,92 427,92

TOTALIRSI

Rua Manoel Belarmino de Macedo Jd. Cidade Universitária


ESTADO DA PARAIBA
- '"··~.
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura - SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos - DIPRO

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA FRANCISCO
DANTAS, NO BAIRRO JARDIM CIDADE UNIVERSITÁRIA, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PB - LOTE 03
ORÇAMENTO: ENGª GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERêNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO - DATA BASE: SETEMBRO/2017 - BOI= 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

iMir··. ADE
-l!r,IJV ,
·t<.~;,, ❖_t,.:,
ARIA

'
SINAPI SINAPI
ITEM
CÔDIGO
DISCRIMINAÇÃO UNID,
QúANi Ruaf!'llncisca
SETEMBRO/ SETEMBRO/
PREçí:frotAL
SINAPI TOTAL Dântas souza ('$)
201UIBDI 2017 C/BÓI
'

2 SERVIÇOS PRELIMINARES -
2.1 COMP. Cavalete para sinalização viária em
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
an, altura total 80 an com estrutura
em madeira de lei und 5.00 5,00
2.2 73806/001 Limpeza de superficies com jato de
alta pressão de ar e água m• 2.966,02 2.966,02

3 PAVl,-.ENTAÇ~Q !
3.1 72942 Pintura de ligação com emutsao RR-
1C, inclusive aquisição e transporte,
na taxa de 0,51/m' m• 2.966,02 2.966,02
3.2 95992 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), BINDER,
com espessura de 3 an, exclusive
transporte da massa asfállica m' 88,98 88,98
3.3 95990 Construção de pavimento com
aplicação de conaeto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
3 cm, exclusive transporte da massa
asfáltico m• 88,98 88,98
3.5 95303 Transporte local de material
betuminoso m'xkm 3.043,12 3.043,12

4 CONTRÇ)LETECNOLOGÍCO . !
4.1 COMP. Ensaio de concreto asfáltlco 1 427,10 427,10

TOTALIR$1

Rua Francisca Dantas Souza Jd. Cidade Universitária


ESTADO DA PARAÍBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura - SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos • DIPRO

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA LUÍS JOSÉ
BATISTA, NO BAIRRO JARDIM CIDADE UNIVERSITÁRIA, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PS - LOTE 03
ORÇAMENTO: ENGª GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERÊNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO· DATA BASE: SETEMBRO/2017 - BOI= 22,68% -
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

-··· ~
,·.ç . ..,,_

iJÀRQ!~élbÃÔI
tO:EJív~ijijlf~""~
·-·-····· ,•~t~c '.'t..:.:<i

1
' • • e

· ;SINAf>r' ·s1NAPI (
CÔDIG(); QIJ~T., . 'Ruà'Luls José · ,PREÇO TOTAL
ITEPA' SINÁPI. DISCRIMINAÇÃO: UNlt>.
'TOTAL,., ".. :êatlsiã . , •SÊTEMEÍRO/
2017.siêtf 201fc1eDI
•SETEMBRO/ . (~$) -,

l
'.2 SERVIÇOS.PRELIMINARES '
2.1 COMP. Cavalete para sinalização viária em
'
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
cm, altura total 80 cm com estrutura
em madeira de lei und 5.00 5,00
2.2 73806/001 limpeza de superficles com jato de
alta pressão de ar e égua m• 2,965,32 2.965,32

3 _PAVIME~TAÇÃO. _ l
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR·
1C, inclusive aquisição e transporte,
na taxa de 0,51/m' m• 2.965,32 2.965,32
3.2 95992 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), BINDER,
com espessura de 3 cm, exclusive
transporte da massa asfálllca m• 88,96 88,96
3.3 95990 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
3 cm, exclusive transporte da massa
asfállica m• 88,96 88,95
3.5 95303 Transporte local de material
betuminoso m'xkm 2.989,06 2.989,06

~}4 CONTROLE TECNOLOGIÇQ f


4.1 COMP. Ensaio de concreto asfáltico t 427,00 427,00

TOTAL IR$}

Rua Luís José Balista Jd. Cidade Universitária


ESTADO DA PARAISA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura • SEINFRA '. •, \
Divisão de Orçamentos e Projetos • DIPRO
: .fl:J.aíY '
PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO . _.,
'-··---··---•·~---·. '

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA INÁCIO RAMOS ..._.,-...._-..-..n.,_.,,,
.~
ANDRADE, NO BAIRRO JARDIM CIDADE UNIVERSITÁRIA, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PS· LOTE 03
ORÇAMENTO: ENGª GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERêNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO· DATA BASE: SETEMBRO/2017 ·BOI= 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

<•Í~ífüféj"•' 'tiâ··
;MHiV~~1~~:
.

QUÀNT;· SINAPI SINAPI


CÓDIGO Rualn4clo PREÇÕTOTAL
.ITEM DISCRIMINAÇÃO . UNID. SETÉMBROI SETEMBROI
SINAPI TOTAL · Rimos Andrade (~$)
2017~/BÔI 2017CIBDI

'
2 SERVIÇOS PRELIMINARES 1 ''
2.1 COMP. Cavalete para sinalização viária em
chapa de aço galvanizado ( 120 x 50)
an, altura total 80 an com estrutura
em madeira de lei und 5,00 5,00
2.2 73806/001 Limpeza de superficies com jato de
alla pressão de ar e égua m• 2.958,69 2.958,69

3 P~YIMENTAÇÃO
..
1
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR•
1C. inclusive aquisição e transporte.
na laXa de 0,51/m• m• 2.958,69 2.958,69
3.2 95992 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
uslnado a quenle (CBUQ), BINOER.
com espessura de 3 cm, exclusive
transporte da massa asfâllica m• 88,76 88,76
3.3 95990 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
3 cm, exclusive transporte da massa
asfâllica m• 88,76 88,76
3.5 95303 Transporte local de material
betuminoso m•xkm 2.964,58 2.964,58

\;,,..J 4 CONTROLE TECNOLOGICO I: r


4.1 COMP. Ensaio de concreto asfâlUco t 426,04 426,04

TOTALIRSI

Rua Inácio Ramos Andrade Jd. Cidade Universitária


ESTADO DA PARAÍBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA , ,.;,.·, .. ·-·· ,,-"' \,1, \
Secretaria da Infra Estrutura - SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos - DIPRO

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA JOAQUIM PEREIRA
DA SILVA, NO BAIRRO JARDIM CIDADE UNIVERSITÁRIA, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PB - LOTE 03
ORÇAMENTO: ENGª GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERÊNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO - DATA BASE: SETEMBR0/2017 •BOI= 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

•~~l"'~!"I SINÂPi··
.CÓCl!GCt c:illANT.: ~uaJoaqulm ' ••,
:.PREÇÇ TOTAL
,j,.' . ,....

ITEM 'DISCRIMINAÇ~o: UNID. SETEMBROi SETEMBRO/


SINAPI TOTAL. :iieieira 'eia suvâ 2Ó1ÚIÍBDI' 201tc,eo1 1~$1
1

'2 SEl{V!ÇOS.pREUMINAR~S
2.1 COMP. Cavalete para sinalização viária em
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
cm. altura total 80 cm com estrutura
em madeira de lei und 5,00 5,00
2.2 73806/001 Limpeza de superfícies com jato de
alta pressão de ar e água m• 2.951,87 2.951,87

'.3 PA'IIPAÉNTAÇÃ!J
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR-
1C, inclusive aquisição e transporte,
na taxa de 0,51/m' m• 2.951,87 2.951,87
3.2 95992 Construção de pavimento com
aplicação de conaeto betuminoso
uslnado a quente (CBUO), BINDER,
com espessura de 3 cm, exclusive
transporte da massa asfáltica m• 88,56 88,56
3.3 95990 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
3 cm, exdusive transporte da massa
asfáltica m• 88,56 88.56
3.5 95303 Transporte focal de material
betuminoso m'xkm 3.028,76 3.028,76

4 , CONTROLE TECNOLQGIÇO.
COMP. Ensaio de concreto asfánico 425,08 425,08

TOTAL RS

Rua Joaquim Pereira da Silva Jd. Cidade Universitária


- .. .,..__ ~-

ESTADO DA PARAISA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura - SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos • DIPRO -~{SQ--
- ~---

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO


.,_'--'___ , _____...,..
OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA SUBTENENTE
GRACIANO FÉLIX, NO BAIRRO JARDIM CIDADE UNIVERSITÁRIA, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PS· LOTE 03
ORÇAMENTO: ENG' GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFER~NCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO· DATA BASE: SETEMBRO/2017 ·BOI= 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,940,,.

..
llM!DJM'Cló'.f f·
ÜNIVÊR~rrÃlfA

Rua.Subtenenté. SINAPI . SINAPI


CÔDIGO QUANT. PREÇ()TOTAL
ITEM DISCRIMi'NAÇÃO UNID. Graciano F611x eia SETEM!IRÓJ.SETEr.,BROf
SINAPI TOTAL (R$)
SIiva 2017SIBDI. 2017CIBDI

2 SERVIÇOS PRELIMINARES
2.1 COMP. Cavalete para sinalização viária em
chapa de aço galvanízado (120 x 50)
·,.
cm, altura total 80 cm com estrutura
em madeira de lei und 3,00 5,00
2.2 738061001 Limpeza de supelficies com jato de
alta pressão de ar e água m• 1.161,00 2.020,40

3 PAVIMENTAÇÃO
'
-

3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR-


1C, Inclusive aquisição e transporte,
na taxa de 0,51/m' m• 1.161,00 2.020,40
3.2 95992 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
uslnado a quente (CBUQ), BINDER,
com espessura de 3 cm. exclusive
transporte da massa asfálllca m• 34,83 60,61
3.3 95990 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO. com espessura de
3 cm. exclusive transporte da massa
asfállica m' 34,83 60,61
3.5 95303 Transporte local de material
betuminoso m'mn 1.205,12 2.097,10

/4 CONTROLE TEÇNOLOGICO
'
4.1 COMP. Ensaio de concreto asfáltico t 167.18 290,92

TOTAL(R$I

Rua Subtenente Graciano Félix Jd. Cidade Universitária


- ,.-· -- •~·._,,__,...._

ESTADO DA PARAIBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura • SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos • DIPRO

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA PROFESSORA
CARMEN MOREIRA, NO BAIRRO JARDIM CIDADE UNIVERSITÁRIA, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PB • LOTE 03
ORÇAMENTO: ENGª GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERêNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO. DATA BASE: SETEMBRO/2017 ·BOI= 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

J~9ÍM_Çl'iTE
ONJWRIIIT. . IA

Rúa Professora ·s1NAPI ' flNAPI_


CÓDIGO QUANT. PREÇQTOTAL
ITEM DISCRIMINAÇÃO ÚNID. CamÍeri Moreira SETEMBRÓI SETEMBRO/
SINAPI TOTAL (~$}
·CouUnho 2017:11/BDI 2017C/BDI
.
,i

2 SERVIÇOS PRELIMINARES
2.1 COMP. Cavalete para sinalização viária em
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
an, altura total 80 an com eslJUlura
em madeira de lel und 5,00 5,00
2.2 738081001 Limpeza de supertlcles com jato de
alta pressão de ar e água m• 3.066,93 3.066,93

3 PAVIMENTAÇÃO l
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR· '
1C, Inclusive aquisição e transporte,
na taxa de 0.51/m' m• 3.066.93 3.066,93
3.4 95993 Constru;ão de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
uslnado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
4 an, exclusive transp011e da massa
asfálllca m• 122,68 122,68
3.5 95303 Transpol1e local de material
betuminoso m•xkm 2.110,10 2.110,10

4 CONTROLE TECNOLOGICO
4.1 COMP. Ensaio de concreto asfállito t 294,43 294,43

TOTALIR$1

Rua Professora Cannen Moreira Jd. Cidade Universitária


_-... ~--~-. ...

- .. ',- ·-
• • 1 ~·
.'""· t

ESTADO DA PARAÍBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA i
Secretaria da Infra Estrutura • SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos • DIPRO ·---
ª~-~)
',.,,,:)L .,l

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO ~-


....__ ..-.F-~
./

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA MARIA BATISTA
RODRIGUES, NO BAIRRO JARDIM CIDADE UNIVERSITÁRIA, NA CIDADE DE JOÃO PESSOAIPB • LOTE 03
ORÇAMENTO: ENGª GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERê.NCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO· DATA BASE: SETEMBROl2017 ·BOI= 22,6B% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

JÂ8QiM'êíefAPJà··

0
,t uNiv~ÍiTAAIÕ' •
- .·•, .... , - -. ~

SINAPI SINAPi .
CÓDIGO Q\.!~T. ·R~a r,1~$ Batista . PREÇ9 TOTAL
ITEM DISCRIMINAÇÃO UNID. SETEMBRO/ SETEMBRO/
SINAPI TOTAL Rodrigues (R$)
2017 SÍBDI 2017CIBDI

2
2.1
SERVIÇOS PRELIMINARES '
COMP. Cavalete para sinallzaç4o vléria em
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
cm, attura total 80 cm com estrutura
em madeira de lei und 5,00 5,00
2.2 73806/001 Limpeza de superflcles com Jato de
alta pressão de ar e água m• 1.073,15 1.073,15

3 .. .. l:','VIMENTAÇÃO l
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR•
te, Inclusive aquisição e transporte,
na taxa de 0,51/m• m' 1.073,15 1.073,15
3.2 95992 Construção de pavimenlo com
aplicação de conereto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), BINDER,
com espessura de 3 cm, exdusive
transporte da massa asfálllca m' 32,19 32,19
3.3 95990 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
3 cm, exclusive transporte da massa
asfállica m• 32,19 32,19
3.5 95303 Transporte local de malerlal
betuminoso m'xkm 1.030,08 1.030,08

CONTROLE TECNOLOGICO
(4~1 COMP. Ensaio de concrelo asfálllco 1 154,52 154,52

TOTALIRSI

Rua Maria Batista Rodrigues Jd. Cidade Universitária


_,,,._,~- ''--..,

ESTADO DA PARAIBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura • SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos - DIPRO

PLAN(LHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA ADALGISA
CAMILO, NO BAIRRO DO SEIXAS, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PB • LOTE 03
ORÇAMENTO: ENG• GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERêNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO· DATA BASE: SETEMBR0/2017 • BDI = 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

.·~~

CÓDIGO ·QUAI\IT, Rua·Adalglsa


SINAPI• SINAPI ' .
PREÇO TOTAL
ITEM DISCRIMINAÇÃO UNID, SETEMBRO/ SETE!IABROI
SINAPI TOTAL CaÍrillo
2017S/BDI. 2017CIBDI l
(R$)

2 SERVIÇOS PRELIMINARES .
2.1 COMP. Cavalete para sinalização viana em
chapa de aço galvanizado ( 120 x 50)
cm, allura total 80 cm com estrutura
'"'- em madeira de lei und 5,00 5,00
2.2 73806/001 Limpeza de superficies com Jato de
alta pressão de ar e água m• 2.245,60 3.218,15

3 PAVIMENTAÇÃO .
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR·
1C, inclusive aquisição e transporte,
na taxa de 0,51/m' m• 2.245,60 3.218,15
3.4 95993 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
uslnado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO. com espessura de
4 cm. exclusive transpotte da massa
astéltlca m• 89,82 128,73
3.5 95303 Transporte local de material
betuminoso m'xkm 1.922,15 2.754.82

4 CONTROLE.JECNOl,OGICO . !
4.1 COMP. Ensaio de concreto asfáltii:o 1 215,57 308,95

TOTALIRSI

Rua Adalgisa Camilo Seixas


ESTADO DA PARAÍBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
- - ': ..:..\ \
Secretaria da Infra Estrutura • SEINFRA 1
Divisão de Orçamentos e Projetos • DIPRO J~9_<ir___/
PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO ,,., t,'

.....-~~.,.,,,.?
OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA JOÃO DE BRITO
LIMA MOURA, NO BAIRRO MANDACARÚ, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PB • LOTE 03
ORÇAMENTO: ENGª GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERÊNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO· DATA BASE: SETEMBR0/2017 • BOI e 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS e 115,94%

MANDACARÚ

SINAPI SINAPI
CÓDIGO QUANT. Rua Jono·de Brito PREÇF>TOTAL
ITEM DISCRIMINAÇÃO UNID, SETEMBRO/ SETEMBRO/
SINAPI TOTAL UmaMoúi'a (R$)
2017SIBDI 2017C/BDI

2 SERVIÇOS PRELIMINARES '.


2.1 COMP. Cavalete para sinalização vll\ria em
chapa de aço galvanlzado (120 x 50)
cm, altura total 80 cm com estrutura
em madeira de lel und 5.00 5.00
2.2 738081001 Limpeza de superficies com Jato de
alta pressão de ar e água m• 4.089.82 4.089,82

3 PAVIMENT/\ÇÃO i
3,1 72942 Pintura de ligação com emulsao' RR-
1C, Inclusive aquisição e transporte.
na taxa de 0.svm• m• 4.089,82 4.089,82
3.4 95993 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betumlnoso
uslnado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
4 cm. exclusive transporte da massa
asfállica m• 163,59 163,59
3,5 96303 Transporte local de malerial
betuminoso m'xkm 3.028,42 3.026,42

!
4 CONTROLE TECNOLOGICO
4.1 COMP. Ensaio de concreto asfállico t 392,62 392,62

TOTAL IR$)

Rua João de Brito Lima Mandacarú


-~ . ..
'-

ESTADO DA PARAiBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA - -- ' ~
" . .- l \.J \ 1
Secretaria da Infra Estrutura • SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos • DIPRO
1
.~s_o~} I
PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO
.-r/
OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA SILVINO SANTOS, ------
NO BAIRRO MANDACARU, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PB • LOTE 03
ORÇAMENTO: ENGº GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERêNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO· DATA BASE: SETEMBRO/2017 ·BOI= 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

MANDACARO

SINAPI SIN~!
CÓDIGO QUANT,· RuaSllvino PRÉÇOTOTAL
ITEM DISCRIMINAÇÃO UNID,
santos·
SETEMBRO/ SETEMBRO/
SINAPI TOTAL (R$)
2017 S/BDI ·2017C/BDI

2 SERVIÇOS.PRELIMINARES
2.1 COMP. Cavalete para sinalização viária em
chapa de aço galvanizado ( 120 x 50)
an, altura total 80 an com estrutura
em madeira de lei und 5,00 5,00
2.2 73806/001 Limpeza de superficles com Jato da
alta pressão de ar e água m• 2.300,76 2.300,76

3 PAVIMENTAÇÃO !
t
3.1 72942 Pintura de llgaçao com emulsão RR-
1e, Inclusive aquisição e transporte,
na taxa de 0,51/m' m• 2.300,76 2.300,76
3.4 95993 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
4 an, exclusive transporte da massa
asfállica m• 92,03 92,03
3.5 95303 Transporte local de material
betuminoso m'xkm 1.684,15 1.684,15

4 CONTROLE TECNOLOGICO
4.1 COMP. Ensaio de concreto asfánlco t 220,87 220,87

TOTAL IR$}

Rua Silvino Santos Mandacarú


__ ,,. ••-. "T --

ESTADO DA PARAISA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura • SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos • DIPRO

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO


OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA AV. AIRTON SENNA DA
SILVA, NO BAIRRO BAIXO ROGER, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PS. LOTE 03
ORÇAMENTO: ENG' GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERêNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO· DATA BASE: SETEMBRO/2017 • BDI = 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

SINAPI SINAPI _
CÓDIGO QUANT. Av. Alrton Senil\! PREÇd TOTAi.
ITEM DISCRIMINAÇÃO !JNID. SETEMBRO/ SETEMBRO/
SINAPI TOTAL da SIiva
2017SIBOI 2017C/BDI
(RSI

~' SERVIÇOS PRELIMINARES


2.1 COMP. Cavalete para sinalização viária em
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
cm, altura total 80 cm com estrutura
em madeira de lei und 10,00 10,00
2.2 738061001 Limpeza de superficies com jato de
alta pressão de ar e água m> 12.733,05 12.733,05

3 -- PAVJMENTAÇÃO
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR•
1C, Inclusive aquisição e transporte,
na taxa de 0,51/m' m• 12.733,05 12.733,05
3.4 95993 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
uslnado a quente (CBUQ), CAMADA
OE ROLAMENTO. com espessura de
4 cm, exclusive transporte da massa
asfállica m' 509,32 509,32
3.5 95303 Transporte local de material
betuminoso m'xkm 13,242,32 13.242,32

4 CONTROLEJcCNOLOGICO
4.1 COMP. Ensaio de concreto asfáltico 1.222,37 1.222,37

TOTAL RS

Av. Airton Senna da Silva Baixo Roger


. •---

.,
,í 1 ,'\ \

ESTADO DA PARAIBA j
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura - SEINFRA
38óo@' I
~- - ··--------
Divisão de Orçamentos e Projetos - DIPRO

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA DEZENOVE DE MARÇO
I NO BAIRRO BAIXO ROGER - LOTE 03
ORÇAMENTO: ENGª GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERêNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO - DATA BASE: SETEMBRO/2017 • BDI = 22,68% -
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

• 1 l ~ l 0 il-... • .r;

SINAPI ts1NAPÍ
CÓDIGO QUANT. Rúa Dezenove de' .PREÇO TOTAL
ITEM DISCRIMINÀÇÃO UNID. SETEMBRO/ ·séTEMBRO/
SINAPI TOTAL Março (R$)
2017S/BDI 2_Ó17C/BDI

'-.; 2 SERVIÇOS PRELIMINARES '


2.1 COMP. Cavalete para sinalização viária em
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
cm, altura total 80 cm com estrutura
em madeira de lei und 10,00 10,00
2.2 73806/001 Limpeza de superficies com jato de
alta pressão de ar e água m• 2.035,53 2.035.53

3 PAVIMENTAÇÃ,O [
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR-
1c. inclusive aquisição e transporte,
na taxa de 0,51/m• m• 2.035,53 2.035.53
3.4 95993 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
4 cm, exclusive transporte da massa
asfáltica m• 81,42 81,42
3.5 95303 Transporte local de material
betuminoso m'xkm 1.603.97 1.603,97

4 CONTROLE JEC~OLOGICO
4.1 COMP. Ensaio de concreto asfáltico t 195,41 195,41 '

TOTAL(RS)
ESTADO DA PARAIBA - , \
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA '. ' ' ' . ,:' ~

Secretaria da Infra Estrutura • SEINFRA


Divisão de Orçamentos e Projetos • DIPRO

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA CORDEIRO SENIOR,
NO BAIRRO BAIXO ROGER, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PB • LOTE 03
ORÇAMENTO: ENG• GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERÊNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO· DATA BASE: SETEMBROl2017 ·BOI= 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

SINAPI SINAPI
,ITEM
CÔDIGO QUANT. Rua Cordeiro PREÇqTOTAL
DISCRIMINAÇÃO UNJO. SETEMBROI SETEMBRO!
SINAPI TOTAL Senlor (~$)
20178/BDI 2017CIBDI

·z, SERVIÇOS PRELIMINARES


2.1 COMP. Cavalete para sinalização viária em
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
cm, altura total 80 cm com estrutura
em madeira de lei und 5,00 5,00
2.2 73806/001 Umpeza de superficies com jato de
alta pressão de ar e água m' 2.132,28 2.132.28

·3 PAVIMENTAÇÃO
3.1 72942 Plmura de ligação com emulsão RR-
1C, inclusive aquisição e transporte,
na taxa de 0,51/m• m' 2.132,28 2.132,28
3.4 95993 Construção de pavirrnmto com
aplicação de concreto betuminoso
uslnado a quente (CBUQ), CAMADA
OE ROLAMENTO, com espessura de
4 cm. exclusive transporte da massa
asfálllca m• 85,29 85,29
3,5 95303 Transporte local de material
belumiru,so m'xkm 1.560,81 1.560,81

4 CONTROLE TECNOLOGICO
4.1 COMP. Ensaio de concreto asfáltico 204,70 204.70

TOTAL R$

Rua Cordeiro Seníor Baixo Roger


ESTADO DA PARAIBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura • SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos • DIPRO

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA CONCEIÇÃO

CABRAL, NO BAIRRO ROGER, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PB • LOTE 03


ORÇAMENTO: ENG' GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERêNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO· DATA BASE: SETEMBRO/2017 •BOI= 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94o/o

r
i
i
SINI\PI. SINAPI
CÔDIGO QUAt.lT. _Rua concelçao PREÇÔ}TOTAL
ITEM SINAPI. DISCRIMINAÇÃO UNID. SETEMBRO/ SETEMBROf
TOTAL Cabral
2017'8/BDI 2017CIBDI IR,Sl

2 .. SERVIÇOS ,REUMINARES
2.1 COMP. Cavalete para sinalização viária em
chapa de a;o galvanizado (120 x 50)
cm, altura total 80 cm com estrutura
em madeira de lei unel 5,00 5,00
2.2 73806/001 Limpeza de supemcies com Jato de
alta pressão de ar e água m• 1.595,70 1.595,70

a: P-!'!Vl"1ENJ!,ÇÃO
3.1 72942 Pintura ele ligação com emulsão RR·
1C, inclusive aquisição e transpo11e,
na taxa de 0,5I/m' m• 1.595,70 1.595,70
3.4 95993 Construção de pavimento com
aplicação ele concreto betuminoso
usinaelo a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO. com espessura ele
4 cm, exdusive transporte ela massa
asfáltica m• 63,83 63,83
3.5 95303 Transporte local de material
betuminoso m"xkm 1.097,88 1.097,88

4 CONTBOLE TECNOLOGICO
4.1 COMP. Ensaio ele concreto asfáltico 153,19 153,19

TOTAL RS

Rua Conceição Cabral Roger


.·""_.,..,.-•·""'" ... .-,_,_'
.- ~-
ESTADO DA PARAISA • - ' , 1 - - !' .,_ ·-, ,•, .\

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA


Secretaria da Infra Estrutura • SEINFRA
1' 3;t -·:;·}
Divisão de Orçamentos e Projetos • DIPRO
...... P.'!d'~/
-. _,._ ..,/
PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO
OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA MARIA DE SILVA
'- '"" . ,~ _,/·

RAMALHO, NO ROGER, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PS• LOTE 03


ORÇAMENTO: ENGª GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERêNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO· DATA BASE: SETEMBRO/2017 ·BOI= 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

SINAPI SINAPI
1
.CÔDIGO · QUANT, 'RuaMartade PREÇO TOTAL
ITEM DISCRIMINAÇÃO UNID. SETEMBROf SETEMBROf
SINAPI TOTAL SIiva Ramalho (RSJ
2017SIBDI 2017CIBDI

2 SERVIÇOS PRELIMINARES '


2.1 COMP. Cavalete para sinalização viária em
chapa de aço galvanizado ( 120 x 50)
cm, altura total 80 cm com estrutura
em madeira de lei und 5,00 5,00
2.2 73806/001 Limpeza de superfleles com Jato de
alle pressão de ar e água m• 1.144,14 1.144,14

3 PAVIMENTAÇÃO
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR-
1C, inclusive aquisição e transporte,
na taxe de 0,511111' 111' 1.144,14 1.144,14
3.4 95993 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUO), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
4 cm, exclusive transporte da massa
asfâlliea m• 45.77 45,77
3.5 95303 Transporte local de material
betuminoso m'xkm 901,67 901,67

4 CONTROLE TECNOLOGICO
4.1 COMP. Ensaio de concmto asfâltlto 109,85 109,85

TOTAL R$

i..,_;1

Rua Maria de Silva Ramalho Roger


...... ~ ... "~ -.

ESTADO DA PARAISA
PREFEITURA MUNICIPAL OE JOÃO PESSOA
1
Secretaria da Infra Estrutura • SEINFRA 1
3gGOv
Divisão de Orçamentos e Projetos - DIPRO - - .... ~---- /
~ /
PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO
OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS OE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA EUGÍ:NIO
CARNEIRO MONTEIRO, NO BAIRRO DOS BANCÁRIOS, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PS· LOTE 03
ORÇAMENTO: ENG" GLEICIANE AQUINO OE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERÍ:NCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO. DATA BASE: SETEMBRO/2017 •BOI= 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

CÓDIGO QUANT.
Rua.Eugênio :SINAPL.. ._ S!NAP.i i.
PREÇO TOTAL
.ITEM DISCRIMINAÇÃO UNID• Carneiro SETEMBRO/ SETEMBRO/
SINAPI ·- TOTAL IR$) l
·Monteiro 2011'$0.1; ·2011c,EiDt '~

2 SERVIÇOS PRELIMINARES
2.1 C0MP. Cavalete para sinalização viária em
chapa de~ galvanizado (120 x 50)
an, altwa total 80 an com eS11Utura
em madeira de lei uncl 5,00 5,00
2.2 73806/001 Limpeza de supetficies com Ja10 de
alta pressão de ar e água m• 1.994,47 1.994,47

.3 fAV1"1ENTAÇÃQ
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR·
1C, inclusive aquisição e transporte,
na taxa de 0,5I/m• m• 1.994,47 1.994,47
95993 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
4 an, exclusive transporte da massa
asfállica m• 79,78 79,78
3.4 95303 Transporte local de material
betuminoso m'xkm 1.475,93 1.475,93

4 CONTRQLE TÉCN0L0GICO
4.1 C0MP. Ensaio de concreto asfálllco 191,47 191.47

TOTAL R$

1....1'

Rua Eugênio Carneiro Monteiro Bancários


ESTADO DA PARAÍBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura - SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos - DIPRO

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO .... _________,-


OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA JOSÉ FIRMINO
FERREIRA, NO BAIRRO DE ÁGUA FRIA, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PS - LOTE 03
ORÇAMENTO: ENGª GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERÊNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO - DATA BASE: SETEMBR0/2017 - BDI = 22,68% -
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

'SINAPi· ··\síNAP1.·
ITEM
cóoioó, . DISCRIMINAÇÃÓ 'lJNÍD. (lÜ~~f Rua;:iõii, · sere·~e.Rôi ·sÉTÉMaRof
,PRE99 TOTAL
,., SINAP( TOTAL: 'i=fün.!n.o Ferreira (~$)
2017,SIBDI. ~11trc1eti1

;2, SERVÍÇOS PRELIMINÁRl:S ..


2.1 COMP. Cavalete para sinalização viária em
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
cm, altura total BO cm com estrutura
em madeira de lei und 5,00 5,00
2.2 73806/001 Limpeza de superfícies com jato de
alta pressão de ar e água m• 4.395,38 4.395,38

'3' .. P~VIMENTAÇÃO
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR·
1C, inclusive aquisição e transporte,
na taxa de 0,51/m• m' 4.395,38 4.396,38
3.4 95993 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
uslnado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
4 cm, exclusive transporte da massa
asfáltica m' 175,86 175,86
3.5 95303 Transporte local de material
betuminoso m'xkm 2.725,83 2.725,83

4 c9NTROLE TECNOLOGIC9
4.1 COMP. Ensaio de concreto asfáltico 422,06 422,06

TOTAL R$

Rua José Firmino Ferreira Agua Fria


/'
_,,,_.~ .... --
/
'.
ESTADO DA PARAISA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura • SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos • DIPRO

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA FRANCISCO
TIMÓTEO DE SOUZA, NO BAIRRO ANATÓLIA, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PB • LOTE 03
ORÇAMENTO: ENG1 GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERÊNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO· DATA BASE: SETEMBRO/2017 ·BOI= 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

Rua Francisco SINAPI SltfAPI


.CÓDIGO QUANT. PREÇQTOTAL
ITEM SINAPI
DISCRIMINAÇÃO .UNID.
TOTAL
Timóteo.de SETEMBRO/ SETEMBRO!
(RS)
Souza 2017SIBDI 2017C/BDI

2_ . SERVIÇOS PRELIMINARES
2.1 COMP. Cavalete para sinalização viária em
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
cm, altura total 80 cm com estrutura
em madeira de lei und 5,00 5,00
2.2 738061001 Limpeza de superficies com Jato de
alta pressão de ar e água m• 5.329,95 5.329.95

3 PAVIMENTAÇÃO
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR-
1C, lncluslve aquisição e transporte,
na taxa de 0,51/m' m• 5.329.95 5.329,95
3.4 95993 Construção de pavimento com
apllcaçAo de conc;reto betuminoso
uslnado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
4 cm, exclusiva transporte da massa
asláltlca m• 213,20 213,20
3.5 95303 Transporte local de material
betuminoso m>xkm 3.496,48 3.496,48

4 CONTROLE TECNOLOGICO ·
4.1 COMP. Ensaio de concreto asfáltioo 511,68 511,68

TOTAL RS

Rua Francisco Timóteo de Souza Anatólia


- -~•~- ... _
ESTADO DA PARAIBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura • SEINFRA
Divisão da Orçamentos e Projetos - DIPRO

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO


OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA DOS EUCALIPTOS,
NO BAIRRO ANATÓLIA, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PB • LOTE 03
ORÇAMENTO: ENG" GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFER~NCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO - DATA BASE: SETEMBRO/2017 ·BOI= 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

i
1
SINAPI SINAPI 1
CÓDIGO QUANT, Rua·dos PREÇ(?,TOTAL
ITEM DISCRIMINAÇÃO· UNID, SETEMBRO/ SETEMBRO/
SINAPI TOTAL Eucâllptos 2017S/BDI 2017CIBDI 1~$1

2 SERVIÇOS PRELIMINARES
2.1 COMP. Cavalete para sinalização vll\rla em
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
an, altura tola! 80 an com estrutura
em madeira de lei und 5,00 5,00
2.2 738061001 Limpeza de superftcies com jato de
alta pressão de ar e égua m• 1.843,61 1.843,61

3 PAVIMENTAÇ1'0
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR-
1C, inclusive aquisição e transporte,
na taxa de 0,51/m' m• 1.843,61 1.843,61
3.4 95993 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
4 an, exclusive transporte da massa
asfáltica m• 73,74 73,74
3.5 95303 Transporte local de malerial
betuminoso m'xkm 1.216,71 1.216,71

4 CONTROLE TECNOLOGICO
4.1 COMP. Ensaio de concreto asfénico 176,98 176,98

TOTAL RS

Rua dos Eucaliptos Anatólia


ESTADO DA PARAiBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura • SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos • DIPRO

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA DESPORTISTA
JOÃO APÓSTOLO A, NO BAIRRO DE MANGABEIRA, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PB • LOTE 03
ORÇAMENTO: ENGª GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERÊNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO· DATA BASE: SETEMBR0/2017 • BDI e 22,68¾ •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,940/ó

MANGABEIRA

!
ITEM
c:OiJIGO
SINAPr;
DISCRIMINAÇÃO·· UIIIID.
:QUA.NT,
TOTAL·
·Rua Desportista

sê,üzáA
SINAP!

20178/BDI
.. ;.tll~PI
jÔãó ·,;póstoló·de SETEMBRO/ SETEMBRO/
·201ic,ào1 .. t$) . ,
.PREÇb TO~AL

1
~ SE~VIÇOS.PRELIP/IINARES t
2.1 COMP. Cavalete para sinalização viária em
) chapa de aço galvanizado (120 x 50)
cm, altura total 80 cm com estrutura
em madeira de lel und 5,00 5,00
2.2 73806/001 Limpeza de superfícies com Jato de
alta pressão de ar e água m• 3.473,53 3.473,53

. PAVIMENTAÇÃO·. 1
3 , .. 1
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR·
1C, inclusive aquisição e transporte,
na taxa de 0,51/m' m• 3.473,53 3.473,53
3.2 95992 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), BINDER,
com espessura de 3 cm, exclusive
transporte da massa asfáttica m' 104,21 104,21
3.3 95990 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
3 cm, exclusive transporte da massa
asfáltica m• 104,21 104,21
3,5 95303 Transporte local de material
betuminoso m'xkm 3.709,88 3.709,88

4 . COIIITROLE ~ÇNOL,OGICO · l
4.1 COMP. Ensaio de concreto asfáltico t 500,20 500,20

TOTALIR$1

Rua Desportista João Apóstolo A Mangabeira


ESTADO DA PARAIBA ,.,.,,_,, '•j • ">-1

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA 1


Secretaria da Infra Estrutura - SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos • DIPRO :'. ·····'
·, ..
ª~ !L~ - / .!
PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA DESPORTISTA JOÃO
APÓSTOLO B, NO BAIRRO DE MANGABEIRA, NA CIDADE DE JOÃO PESSOAIPB • LOTE 03
ORÇAMENTO: ENGº GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERêNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO· DATA BASE: SETEMBRO/2017 ·BOI= 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

MANGABEIRA

f
CÔDIGO QUANT. Rila Despôrtiita , SINAPJ SINAPI
·ITEM ôíSêR'IMÍNAÇÃO. UNID; Jo~o Apóstoio 'd.f/ SETEMBÍ\01 SETEfJ!B~OI PREr°TqTAL
. (R$J
SINAPI 'fOTAI. · ·Souza e· 2017S/BDI 2017 CIBDI
l
2 SERVIÇOS PRELIMINARES !'
2.1 COMP. cavalete para sinalização viària em
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
..._) an, altura total 80 an com estrutura
em madeira de lei und 5,00 5.00
2.2 73808/001 Limpeza de superficies com jalo de
alta pressão de ar e ãgua m• 3.184.22 3.184.22
e
3 PfWlf"ENTAÇÃO l
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR•
1C, Inclusive aquisição e transporte,
na taxa de 0,51/m' m• 3.184,22 3.184,22
3.2 95992 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
uslnado a quente (CBUQ), BINOER,
com espessura de 3 an, exclusive
transporte da massa asféltica m• 95,53 95,53
3.3 95990 Construção de pavimento com
aplicação de conaeto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO. com espessura de
3 an. exdusive transporte da massa
asfáttica m• 95.53 95,53
3.5 95303 Transporte local de material
betuminoso m'xkm 3.400,86 3.400,86

,,/ 4 CONTROLE TECNOLoqIco 1


4.1 COMP. Ensaio de conaeto asfáltico t 458,54 458,54

TOTALIR$l

Rua Desportista João Apóstolo B Mangabeira


....-~" . ··-· ~
...,,.,"-.,
ESTADO DA PARAIBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura • SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos - DIPRO

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO

OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA ANISIO DE AZEVEDO

LIMA, NO BAIRRO DE MANGABEIRA, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PS • LOTE 03


ORÇAMENTO: ENG' GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERÊNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO· DATA BASE: SETEMBRO/2017 - BOI= 22,68% -
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

MANGABEIRA

'~iia Aril.sili t!á SÍNAPíL .• SINÂPI


UNIÔ;- , QÜANT•.
·o,sêRIMINÂÇÃÔ
TOTAL '.Àzevodó~íma-•· . SETEMBRO/ SETEMBRÔI
•2.01? !\llBPÍ · 2017 CfB!)I

~:. . " ... ll!;RVIÇOS PRELIMINÀRES


2.1 COMP. Cavalete para sinalização viária em
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
cm, altura lotai 80 cm com estrutura
em madeira de lei und 5,00 5,00
2.2 738061001 Limpeza de superficies com jato de
alta pressão de ar e âgua m• 4.836,52 4.836,52

3 PAVfMENTAÇÃO.
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR-
1C, inclusive aquisição e transporte,
na taxa de 0,51/m• m• 4.836,52 4.838,52
3.2 96992 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), BINDER,
com espessura de 3 cm, exclusive
transporte da massa asfâltica m• 145,10 145,10
3.3 95990 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
uslnado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
3 cm, exclusive transporte da massa
asfâllica m• 145,10 145,10
3.5 95303 Transporte focal de material
betuminoso m'xkm 5.368,70 5.368,70

.. .4 · ' ÇONTRQL!= 'J'§.Ç~QL<i~rco:


4.1 COMP. Ensaio de concreto asfâllico 696,48
TOTALIR$1

Rua Anísio de Azevedo Lima Mangabeira


ESTADO DA PARAIBA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA ' ...} ,-:•/ . •~: .. ', ,-: .~:,,
~- • • • Hh ......

Secretaria da Infra Estrutura • SEINFRA


Divisão de Orçamentos e Projetos • DIPRO

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO


· •· gq:-9::
• • '<' 1 '
i
' l,..;,._ /
OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA AV. DESEMBARGADOR '•"'--,
SANTOS STANISLAU, NO BAIRRO DE OITIZEIRO, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PB • LOTE 03
ORÇAMENTO: ENGª GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERÊNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO· DATA BASE: SETEMBRO/2017 ·BOI= 22,68%-

ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

1111'.t:~ ''
Av\ SiNAPI
CÔDIGO .QUANt: oeeembargador . S!NAPI ••. PREÇO)TOTAL
ITEM. ÔISCRIMINÂÇÃO· ÜNID) SETEMBROI SÊTEMBROÍ
SINAPI TOTAL· Santos (R,$)
2017SIBDI 2017Ç/BDI
Stanlalau
'

2 SERVIÇOS PRELIMINARES :
2.1 COMP. Cavalete para sinalização viária em
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
cm, altura total 80 cm com estrutura
em madeira de lei um! 10,00 10,00
2.2 73806,001 Limpeza de superfícies a,m jato de
alta pressão de ar e água m' 9.074,94 9.074,94

3 PAVIMENTAÇÃO
3.1 72942 Pinlura de ligação a,m emulsão RR-
1C, inclusive aquisição e transporte,
na taxa de 0,51tm• m• 9.074,94 9.074,94
3,4 95993 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
uslnado a quente (CBUQ), CAMADA
OE ROLAMENTO, com espessura de
4 cm, exclusive transporte da massa
asláltlca m• 363,00 363,00
3.5 95303 Transporte local de material
betuminoso m•xkm 4,319,70 4,319,70

.•
4 CONTROLE TECNOLOGICO i
4.1 COMP. Ensaio de concreto asfállit0 t 871,20 871.20

TOTALIRSI

Av. Desembargador Santos Stanis Oitizeiro


.~- --·-~"'¼.

,,
ESTADO DA PARAIBA / ,· r-;\••:~ /. \
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA ' '-, - ' •• 1 \., \ \

~~~)
Secretaria da Infra Estrutura - SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos - DIPRO

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO "- l.,0._ ,/


-•.,.,__=-""'.,.....
OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA RUA CORONEL ADOLFO
MASSA, NO BAIRRO DE OITIZEIRO, NA CIDADE DE JOÃO PESSOAIPB - LOTE 03
ORÇAMENTO: ENG• GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE

'-?
REFERêNCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO - DATA BASE: SETEMBRO/2017 - BDI = 22,68% -
ENCARGOS SOCIAIS= 115,94%

ll:::i!!II! ,JJ
-:!I
;-;

i
'
ITEM
CÓDIGO
DISCRIMINAÇÃO' UNID. QUANT. R~â Coro11~,
SINAPl ,SINAPI
SETEMBRO/ SETEMBROI PREÇ~TOTAL
SINAPI TOTAL A!folfo Massa' RS) )
2011$1eo1 '2Ó17'CIBDL
. .

2 SERVIÇOS PRELIMINARES
2.1 COMP. Cavalete para sinalização viária em
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
cm, altura total 80 cm com estrutura
em madeira de lei und 10.00 10,00
2.2 738081001 Limpeza de superfícies com jato de
alta p,essão de ar e água m' 6.066,10 6066,10

3 PAVIMENTAÇÃO '
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR-
1C, lnelusive aquisição e transporte,
na taxa de 0,51/m• m• 6.066,10 6.066,10
3.4 95993 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
uslnado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
4 cm. exclusive transporte da massa
asfáltlca m• 242,64 242,64
3.5 95303 Transporte local de matenal
betuminoso m'Kkm 3.057,26 3.057,26

4 CONTROLE TECNOLOGICO
.
4.1 COMP. Ensaio de concreto asfáltico t 582,34 582,34 '
i
1
TOTALIRSI

Rua Coronel Adolfo Massa Oitizeiro


,,...-..-,---.~~-~....
'~.
ESTADO DA PARAiBA "
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
Secretaria da Infra Estrutura • SEINFRA
Divisão de Orçamentos e Projetos • DIPRO l
1

PLANILHA ORÇAMENTÁRIA GERAL SEM DESONERAÇÃO


/
OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVIMENTAÇÃO COM CAPEAMENTO ASFÁLTICO (CBUQ) NA AV. ANA NERI, NO
BAIRRO DE OITIZEIRO, NA CIDADE DE JOÃO PESSOA/PB • LOTE 03
ORÇAMENTO: ENG1 GLEICIANE AQUINO DE ALMEIDA CAVALCANTE
REFERê:NCIA DOS PREÇOS UNITÁRIOS: SINAPI SEM DESONERAÇÃO· DATA BASE: SETEMBRO/2017 • BOI e 22,68% •
ENCARGOS SOCIAIS e 115,94%

liJ/,jlilii
1
'
SINAPI SINAPI
CÓDIGO QUANT. PREÇO 1'0TAL
ITEM DISCRIMINAÇÂO UNID. Av.AnàNei1 SETEMBROI SETEMBRO,
SINAPI TOTAL '.(R$)
2017·8/BDI 2017C/BDI
1

!'
. SERVIÇOS PRELIMINARES ·•
,2-
2.1 COMP. Cavalete para sinalização viária em
chapa de aço galvanizado (120 x 50)
-1 cm, allura total 80 cm com estrutura
em madeira de lei und 5,00 5,00
2.2 738061001 Limpeza de superfícies com jato de
alla pressão de ar e água m' 3.B56,58 3.B56,58
;
3 PAVIMENTAÇÃO
3.1 72942 Pintura de ligação com emulsão RR·
1C, Inclusive aquisição e 1ransporte,
na taxa de 0,51/m• m' 3.856,58 3.856,58
3.2 9S992 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
uslnado a quente (CBUQ), BINOER,
com espessura de 3 cm, exclusive
transporte da massa asfáltica m• 115,70 115,70
3.3 95990 Construção de pavimento com
aplicação de concreto betuminoso
usinado a quente (CBUQ), CAMADA
DE ROLAMENTO, com espessura de
3 cm. exclusive transporte da massa
asf411ica m' 115,70 115,70
3.5 95303 Transporte local de material
betuminoso m'xkm 2.383,42 2.383,42

.... CONTROLE TECNOLOGICO ['


4.1 COMP. Ensaio de concreto asfáltico t 555,36 555,36

TOTALIRSI

Av. Ana Neri Oitizeiro


. V

ANEXO IV
Declaração contendo o
nome e número do CREA
do Engenheiro
1

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃOIPESSOA


SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA
.. ---. - .. <\,_

.... · "/ >.:: .. ;~\


l
·, 'e-··•-~q_~
r',:: /''
j
~.. v~•L
ANEXOIV .... _-.... ___,/
.
:.i::.,.-.;:.., __ .,,.

CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 07.007/2018

DECLARAÇÃO

(Nome da Empresa) _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ __, CNPJ nº


_ _ _ _ _ _ _ _ _, sediada no (a)
(endereço completo), declara para os devidos fins de direito, que manterá na Obra o Engenheiro
Civil _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _(Nome do Engenheiro Civil e o número da Carteira do
CREA) co-responsável na Gerência dos Serviços, objeto do Edital de Concorrência Pública nº
07.007/2018.

(a)---------------------
nome e número da identidade do declarante

(b) -nome
-- do- ---
Engenheiro -
Civil -o-
com --
número da - --
carteira --
do CREA

Concorrência Püblica nº 07.007/2018 Página 1


u

ANEXO V
Declaração Fato
Impeditivo
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA

: - ~--~-:· :.---~;\ \

·. . -.--·_ª-~.
_78t--.)
:.:~L
.,,,_:. ·.•.•--:,:-_.-_~.
ANEXO V

CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 07.007/2018

DECLARAÇÃO

(Nome da Empresa) ______________ CNPJ nº


_ _ _ _ _ _ _ _ _, sediada no (a)
(endereço completo), declara, sob as penas da lei, que até a presente data inexistem fatos
impeditivos para sua habilitação no presente processo licitatório, ciente da obrigatoriedade de
declarar ocorrências posteriores.

(a)-- -------------------
nome e número da identidade do declarante

Concorrência Pública nº 07.007/2018 Página 1


u

ANEXO VI
Declaração de Menor
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA

ANEXO VI

CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 07.007/2018

DECLARAÇÃO

u
(Nome da Empresa) ______________ CNPJ nº
_ _ _ _ _ _ _ _ _,sediada no (a)
(endereço completo), declara que não existe, no quadro de funcionários da empresa, menores de 18
anos em atividades insalubres, perigosas e desenvolvidas em horários noturnos, assim como
menores de 16 anos, (salvo na condição de aprendizes, se maiores de 14 anos), estando de acordo
com a Lei 9.854, de 27/10/99, e estando ciente da obrigatoriedade de declarar ocorrências
posteriores.

NOME E NUMERO DA IDENTIDADE DO DECLARANTE

ASSINATURA E CARIMBO DA EMPRESA

Concorrência Pública nº 07.007/2018 Página 1


__....___
·~.
. ·- '
- ; ' . :'.

u
ANEXO VII
Declaração de Enquadramento
Microempresa ou Empresa de
Pequeno Porte.
- i
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOAO PESSOA
SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA

ANEXO VII
(Apresentar a Presente Declaração em Papel Timbrado da Empresa)

CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 07.007/2018

DECLARAÇÃO DE ENQUADRAMENTO

( ) MICROEMPRESA
( ) EMPRESA DE PEQUENO PORTE

inscrita no CNPJ nº
-=-____,.....,,......,...,--,----,-----------------------'
(Razão Social da empresa)

u _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ , Endereço: para
fins de obter benefícios concedidos pela Lei Complementar 123/06, declaramos que:

• Estamos enquadrados, na condição de - - - - - - - - - , - - - - - - (Microempresa ou


Empresa de Pequeno Porte) e que não estamos incursos das vedações a que se reporta o §4 do art.
3° da Lei Complementar 123/06;
• Apresentamos a Receita Federal anualmente a Declaração de Informações Econômico-Fiscais da
Pessoa Jurídica (DIPJ) e ou/ Declaração Anual do Simples Nacional (DASM), em conformidade com o
disposto em ato da Secretaria da Receita Federal;
• Conservamos em boa ordem, pelo prazo de cinco anos, contados da data da emissão, os documentos
que comprovam a origem das receitas e a efetivação das despesas, bem assim a realização de
quaisquer outros atos ou operações que venham a modificar a situação patrimonial;
• Assumimos o compromisso de informar imediatamente ao setor de Cadastro de Empresas/ CSU
SEINFRA/ PMJP qualquer alteração no Porte da Empresa que venha ocorrer no período de validade
do Certificado emitido pela Prefeitura, caso tenha o CRC da SEINFRA/PMJP.

Estamos cientes de que a prestação de informações inverídicas nos sujeitará, juntamente com as demais
pessoas que para ela concorrem, às penalidades previstas na legislação criminal e tributária relativas à
1
falsidade ideológica (art. 299 do código Penal) e ao crime de ordem tributária (art. 1° da Lei 8.137, de 27
V de dezembro de 1990).

Esta Declaração está vinculada à Validade do Certificado de Registro Cadastral - CRC não eximindo a
responsabilidade da empresa em informar, através de Declaração, alterações que tenha ocorrido em seu
Porte. Sendo a Declaração de Enquadramento para o reenquadramento do Porte da empresa e Declaração
de Desenquadramento quando a empresa não se enquadrar mais como ME e EPP.

Sou optante do sistema Simples Nacional? ( ) Sim ) Não

Local/ Data

nome e número da Identidade do declarante

Concorrência Pública nº 07.007/2018 Página 1


ANEXO VIII
Modelo de Apresentação da
Composição detalhada da taxa
de B.D.I.
. . ~#---.......__
'
ESTADO DA PARAISA
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA '
... __· - / ,:::;: 1:·;~·1\ \
Secretaria de Infra - Estrutura - SEINFRA
Divisão de Orçamentos e ProJetos - DIPRO
4~~,)
QUADRO DE COMPOSIÇÃO DA TAXA DE BOI SEM DESONERAÇÃO
OBRA: EXECUÇÃO DE SERVIÇOS DE PAVlMENTAÇAO COM CAPEAMENTO ASFALTICO (CBUQ) EM 54 RUAS/ AVENIDAS, NOS
·,, ~---/
~-----·
'..
v-......•··-

BAIRROS: CRISTO REDENTOR, GRAMAME, BAIRRO DOS ESTADOS, BAIRRO DOS IPÉS, VARJÃO, VALENTINA, CIDADE PADRE ZÉ,
JARDIM CIDADE UNIVERSITÁRIA, SEIXAS,MANDACARÚ,BAIXO ROGER,ROGER, BANCÁRIOS, ÁGUA FRIA, ANATÔLIA,
MANGABEIRA OITIZEIRO - LOTE 03
1, CUSTO DIRETO DAOBRA (CD);
2, COMPOSIÇÃO DO CUSTO INDIRETO (CII QUE INCIDE SOBRE os·cusTOS DIRETOS(CD)
R~S.907.381,64
.
DISCRIMINAÇÃO DOS CUSTOS INDIRETOS (CI) PORCENTAGEM(%)ADOTADA
Custo de Administração Central - AC 4,67%
Custo de Margem de Incerteza do Empreendimento (Seguros, Riscos e Garantias) - MI 1,71%
Custo Financeiro - CF 1,21%
3. COMPOSIÇÃO DO CUSTO INDIRETO(CI) QUE INCIDE SOBRE O PREÇO TOTAL DA OBRA(PT) '
DISCRIMINAÇÃO DOS CUSTOS INDIRETOS(CI) PORCENTAGEM(%)ADOTADA
Custos Tributários - total - T 6,15%
Tributários Federais 3.65%
Tributários Estaduais 0,00%
Tributários Municipais 2,50%
Margem de Contribuição Bruta (Beneficio ou Lucro) - MC 6,94%
Formula do BOI Onde:
u BOI: Taxa de BOI
AC: Taxa de administração central
MI= Taxa Margem de incerteza
(risco) do empreendimento
BDI= {(1+AC+Ml}x(1 +CF}xf1+MC} +(1-T}-1}x100 =
,_CF Taxa referente aos custos
T . Taxa referente aos tributos
municipais, estaduais e federais
MC = Taxa referente a margem de
contribuição (lucro ou beneficio)
4. TAXA DE BDl(BDI): : 22,~8%
liOPREÇO TOTAL DA OBRA'COM BDl(PT a CDx(1+BDll10Ó)) R$~2.11i4.371i,79
MODALIDADE DA LICITAÇÃO: 1
ORÇAMENTISTA: Eng• Gleiciane Aquino de Almeida Cavalcante 1
TIPO OE IMPOSTO LUCRO PRESUMIDO(%)
PIS - Programa de Integração Social 0,65%
COFINS - Finaciamento da Seguridade Social 3,00%
INSS • Previdência Social 0,00%
SUB-TOTAL 3,65%
ISS - Imposto Sobre Serviço1• 1 2,50%
TOTAL 6,15%

ARRECADAÇÕES i
TOTAL GERAL 6,16%
'
1• 1A taxa
de incidência do ISS pode ser de 2% a 5%. Foi considerada a taxa cobrada pela Prefeilura Municipal de João Pessoa, ou seja, 5%
AnhrA n e ..u .. ,.m..,.. so•A. dõ .... Atn '"'"' d" ,-h,,. lnnn O:OLvO,nOL .... O,OL

INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES

Acórdão 2622/2013 • "Construção de Rodovias e Ferrovias":

PARCELA DO BDI 1 Quartil Médio 3Quartil


Administração Central 3,80% 4,01% 4,67%
Seguro e Garantia 0,32% 0,40% 0,74%
Risco 0,50% 0,56% 0,97%
Despesas Financeiras 1,02% 1,11% 1,21%
Lucro 6,64% 7,30% 8,69%
Conforme legislação
PIS, COFINS e ISSQN
esoecifica
.....-..,. ,,,:;,-...._.._~...
.~--

, rr "-:".:-,,,>)
~ _,I \• 1 •J ·•

.. _J~€>~~-;
·, ~ - ~ .J
-. , .___....~..,,7

lu

ANEXO IX
Modelo de Apresentação da
Composição de Encargos
Sociais
SINAPI - Composição de Encargos Sociais

Al INSS 0,00% 0,00% 20,00% 20,00%


·A2 SESI 1~50'>'1 1,50% 1,50% ! i,50%'
A3 SENAI 1,00% 1,00% 1,00% 1,00%
Ã4 INCRA Ó,20% 0,207' 0,20% 0;2ó%
AS SEBRAE 0,60% 0,60% 0,60% 0,60%
A6 Salário Educa o 2;stm· 2;509' 2,5()% ·2,50%
A7 Seguro Contra Acidentes de Trabalho 3,00% 3,00% 3,00% 3,00%
-AS FGTS 8,00%?, 800,& ·.. :8,00%·
\ SECONCI
w
B1 Repouso Semanal Remunerado 18,04% Não incide 18,04% Não incide
..,,
82 Feriado$ - "4,31% Nãôlnéit:le 4;31%• : Nãofricide
B3 Auxlllo - Enfermidade 0,91% 0,69% 0,91% 0,69%
84 1311Salário 10,90%. ·'8,33% 10,90%' 8,33%
BS Licença Paternidade 0,08% 0,06% 0,08% 0,06%
86 Faltas Justificadas 0,73% 0,56% 0,73% .0,56%
87 Dias de Chuvas 2,06% Não incide 2,06% Não incide
,'ijs, 1iuxlllP: Aí:ldentede Trabalho . 0,12% -· o;09% 0,12% j" .'.0,09%
B9 Férias Gozadas 8,59% 6,57% 8,59% 6,57%
··aiô•:· Salátfo. Matefoídiia~· ·' ... ·o,o3%'"·. •ó;o2". . 0,03% í
<
'í:i;02% ·
B Total 45,77% 16,32% 45,77% 16,32%

Cl Aviso Prévio Indenizado 5,84% 4,46% 5,84% 4,46%


..
.C2 Aviso Prévio Trabàlliâdo: .. o;i4%~ ·:0;11,t, 0;14%' [ ..
:Ó;11%
C3 Férias Indenizadas 5,24% 4,01% 5,24% 4,01%
C4 De óslto Rescisão Sem fosta Causa · 5,39%:. 4~-12% 5,39% 4;12%
C5 Indenização Adicional 0,49% 0,38%
,:. ;Tc,ta[
V

D Total

Fonte: lnformaç:lo Dias de Chuva - INMET


ANEXO X
Minuta do Contrato
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA

ANEXO X
MINUTA DE CONTRATO Nº_/201_

CONTRATO PARA A EXECUÇÃO DE_ _ _ _ _ _ __,


QUEENTRESICELEBRAM_ _ _ _ _ _ _ _ _ _-
E A _ _ _ _ _ _ _ _--,-FIRMA
COMO TUDO E MELHOR SE DECLARA: ._ _ _ _ __.

Pelo presente instrumento contratual, de um lado, a PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA através da
SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA- SEINFRA / PMJP, com sede na Avenida Rio Grande do Sul, 721, Bairro dos
Estados, na Cidade de João Pessoa, Capital do Estado da Paraíba, neste ato representada pelo Secretário de Infra-
Estrutura Cássio Augusto Cananéa Andrade e do outro lado, a Firma - - - - - - - - - - - - - ~ - com
sede na _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ , inscrita no CNPJ (MF) nº _ _ _ _ _ _ _ _ _ Inscrição Estadual nº
_ _ _ _ _ _, Inscrição Municipal nº _ _ _ _ representada pelo ---.........,.....,....-=,...,..,.,,..,....-=,,_.........,,~• portador do
CPF Nº _ _ _ _ denominando-se neste Instrumento, respectivamente, por CONTRATANTE e CONTRATADA,
firmam o presente contrato, sujeitando-se às normas da Lei 8.666, de 21 de junho de 1993, e suas alterações posteriores,
demais legislações pertinentes em vigor e pelas seguintes cláusulas contratuais a que mutuamente se obrigam:

1. CLÁUSULA PRIMEIRA- OBJETO DO CONTRATO

1.1.Constitui objeto da presente licitação a Contratação de empresa especializada de Engenharia para Execução de
Serviços de Pavimentação com Capeamento e Recapeamento Asfáltico (CBUQ) em 54 Ruas/Avenidas, nos
Bairros: Cristo Redentor, Gramame, Bairro dos Estados, Bairro dos lpês, Varjão, Valentina, Cidade Padre Zé,
Jardim Cidade Universitária, Seixas, Mandacarú, Baixo Roger, Roger, Bancários, Água Fria, Anatólia, Mangabeira,
Oitizeiro - Lote 03 na Cidade de João Pessoa - PB que fazem parte integrante do edital.

1.2. Os serviços deverá obedecer rigorosamente ao Termo de Referência que integram o ANEXO 1, do Edital.

2. CLÁUSULA SEGUNDA - DO FUNDAMENTO LEGAL

2.1.0 presente contrato é decorrente da licitação na modalidade CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 07.007/2018, processo
administrativo nº 2408/2017/SEINFRA, realizada com base na Lei nº 8.666/93 e suas alterações, bem como o artigo 37,
XXI da Constituição Federal.

3. CLÁUSULA TERCEIRA - DOS DOCUMENTOS INTEGRANTES

3.1. Para todos os efeitos, para melhor caracterização dos serviços, bem assim para definir procedimentos e normas
decorrentes das obrigações ora contraídas integram este Contrato, como se estivessem transcritos, com todos seus
w
'
ANEXOS, os seguintes documentos:

a) Edital de Licitação de CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 07.007/2018.

b) Termo de Referência/Especificações Técnicas

c) Proposta Contratada, datada de _ _/_ _/2018

3.2. Em caso de dúvida ou divergência entre os documentos aplicáveis a este contrato, prevalecerá este último, e, em
caso de divergência entre aqueles documentos, serão as mesmas dirimidas, considerando-se, sempre, os documentos
mais recentes com prioridade sobre os mais antigos e de modo a atender, em qualquer caso, as especificações, plantas e
desenhos apresentados pela SEINFRA/PMJP, como condições mlnimas essenciais a serem satisfeitas pela
CONTRATADA.

3.3. A partir da assinatura do presente Contrato, a este, passarão a ser aplicáveis tudo que resultem em Termos Aditivos
que vierem a ser realizados e que importem em alteração de condições contratuais, desde que assinados pelos
representantes credenciados das partes.

4. CLÁUSULA QUARTA- DOS PRAZOS

4.1. O objeto deste Contrato deverá ser executado no prazo máximo de 12 (Doze) meses contados a partir da emissão
da Ordem de Serviços.

Concorrência Pública nº 07.007/2018 Página 1


- i . _...--·--,,."--.._-.,.,,,
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOAQ. PESSO~ :.:.:,/?-:;·-~\
SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA Ct!.Q~.)
.. .. :.. _/;/
-.~., •.

4.2. O contrato considerar-se-á encerrado no vencimento do prazo estabelecido no item anterior, ou quando estiverem•·
cumpridas todas as obrigações contratuais pelas partes, prevalecendo o que ocorrer primeiro.

4.3. A inobservância do prazo estipulado neste Contrato, ocasionará a aplicação das penalidades previstas neste
instrumento.

4.4 Os prazos de que tratam o item 4.1 poderão ser revistos nas hipóteses e forma a que alude o art. 57, parágrafo 1°,
da Lei nº. 8.666/93.

5. CLÁUSULA QUINTA- DO PREÇO E DO REAJUSTAMENTO CONTRATUAL

5.1. O valor do presente contrato é de R$ _ _ _ _ _ _ _ _ ,__ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ __,

5.2. O valor acordado nesta cláusula é considerado completo e deve compreender todos os custos e despesas que direta
ou indiretamente, decorram do cumprimento pleno e integral do objeto deste Edital e seus anexos tais como: materiais,
equipamentos, ferramentas, instrumentos, despesas com deslocamentos, seguro, seguros de transporte e embalagem,
salários, honorários, encargos sociais e trabalhistas, previdenciários e securitários, lucro, taxa de administração, tributos e
impostos incidentes e outros encargos não explicitamente citados e tudo mais que possa influir no custo do objeto
contratado, conforme as exigências constantes no edital que norteou o presente contrato.
1 \
w 5.3. Os preços contratados serão fixos e irreajustáveis, pelo período de 12 (doze) meses a partir da data da apresentação
da proposta.

5.4. Caso o prazo exceda os 12 (doze) meses previstos no Artigo anterior, os preços contratuais serão reajustados de
acordo com o lndice Nacional da Construção Civil - INCC, tomando-se por base a data da apresentação da proposta, pela
variação dos índices constantes da revista "Conjuntura Econômicap, coluna 35, editada pela Fundação Getúlio Vargas.

a) No cálculo dos reajustes se utilizará a seguinte fórmula:

R=V ~~; lo }de:


R = Valor do reajuste procurado;
V = Valor contratual dos serviços a serem reajustados;
lo = lndice inicial - refere-se ao mês correspondente ao mês da entrega da proposta;
11 = lndice final - refere-se ao mês correspondente ao mê!? de aniversário anual da proposta.

5.5 - A periodicidade do reajuste é anual, aplicado somente aos pagamentos de valores referentes a eventos físicos
realizados a partir do 1 (primeiro) dia imediatamente subseqüente ao término do 12º (décimo segundo} mês e, assim,
sucessivamente, contado desde a data da apresentação da proposta e de acordo com a vigência do contrato.

5.6 - Após a aplicação do reajuste nos termos deste documento, o novo valor da parcela ou saldo contratual terá vigência
e passará a ser praticado, pelo próximo período de 01(um) ano, sem reajuste adicional e, assim, sucessivamente, durante
a existência jurídica do contrato.

6. CLÁUSULA SEXTA- DOS SERVIÇOS NÃO PREVISTOS NO CONTRATO

6.1. A execução dos serviços não previstos no Contrato inicial, sendo aditados, serão regulados pelas mesmas condições
do contrato resultante da licitação, aplicando-se aos preços base da PMJP, um redutor, no mesmo percentual encontrado
entre o valor global da proposta vencedora e o preço base incluso neste Edital.

7. CLÁUSULA SÉTIMA- DA GARANTIA PARA EXECUÇÃO DE CONTRATO

7.1 - O contratado prestou garantia correspondente a 2% (DOIS PORCENTO) do valor contratual na modalidade
_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ no valor de R$ _ _ _ _ _ _ _ ,__ _ _ _ _ _ _ _ _ __,, de conformidade com o
art. 56 da Lei nº 8.666/93, que lhe será devolvida em até 30 (trinta) dias consecutivos após a aceitação final da obra,
quando em dinheiro, atualizada financeiramente.

7.2. Caberá á CONTRATADA optar por uma das modalidades de garantias estabelecidas no art. 56, parágrafo 1º, da Lei
nº 8.666/93, e quando apresentada sob a modalidade Título da Dívida Pública, somente serão aceitos como válidos, se
apresentados em sua forma original, com certificação do órgão público emissor do titulo ou seu sucessor legal, bem como
comprovação da sua legitimidade e autenticidade com registro junto ao Banco Central e ou Banco do Brasil ou Caixa
Econômica Federal e prova de real valor do mercado.

Concorrência Pública nº 07.007/2018 Página 2


1
4_,... -.- ·-~ .- ... ,

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃd PESSOA. ·~,\.


e&) SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA '::·, ::::·::::,·:,\)
.J!'-'-~- _,;._ ,?

··.......
....... ,~,_;t
,,-/
7.3. Havendo prorrogação de prazo dos serviços, obrigatoriamente a adjudicatária deverá apresentar a prorrogação de
prazo da Garantia Contratual, condição indispensável para efetivação do Termo Aditivo.

7.4. A garantia prestada pela contratada será liberada ou restituída em até 10 {dez) dias consecutivos após o cumprimento
fiel e correto dos termos contratuais, quando do recebimento definitivo da obra e, quando em dinheiro, atualizada
financeiramente.

8. CLÁUSULA OITAVA- DAS MEDIÇÕES, CONDIÇÕES E FORMA DE PAGAMENTO

8.1. Os serviços objeto do presente instrumento, para efeito de pagamento serão medidos através de Boletim de Medição,
que depois de conferido será assinado pelo Engenheiro Fiscal, Chefe da Divisão, Secretário da SEINFRA/PMJP e pelo
responsável da Contratada. As medições serão mensais, com intervalos nunca inferiores a 30 (TRINTA) dias corridos,
excetuando-se as medições inicial e final, devendo ser realizada entre os dias 25 e 30 de cada mês.

8.1.1. Os prazos acima estabelecidos poderão, excepcionalmente e a critério da Diretoria responsãvel pela
fiscalização dos serviços, serem alterados desde que observados o Interesse público.

8.1.2. Por ocasião do pagamento das medições, será retido de cada fatura da contratada o equivalente a 3% (TRÊS POR
CENTO) do valor, cuja devolução se dará 30 (Trinta) dias após o recebimento definitivo dos serviços, mediante
requerimento do interessado e apresentação da 1ª Via de Recebimento da Caução.

8.1.2 A medição da Administração local será paga como uma proporção da execução financeira dos demais serviços da
obra, obedecendo ao percentual do valor executado, em cada medição, pela Contratada. Exemplo: "•••se o construtor
executou 9% do valor da obra em determinado mês, teria direito a 9% do pagamento previsto contratualmente
para a Administração Local... " (Acórdão TCU 2.622/2013).

8.2. A liberação da 1ª Medição só deverá ser efetivada quando da comprovação, pela Contratada, da Anotação de
Responsabilidade Técnica - ART. sobre a execução da obra junto ao CREA/PB, nos termos da Resolução nº257, de
19.09. 78 do CONFEA, sob pena do não recebimento da medição.

8.3 - O pagamento de qualquer medição somente será efetuado mediante a apresentação da Guia de Recolhimento
Prévio, das Contribuições Previdenciárias, incidentes sobre a remuneração dos segurados incluídas em Nota Fiscal ou
Fatura, correspondente aos serviços executados, quando da quitação da referida Nota Fiscal ou Fatura, na forma prevista
na Lei 8.212/91, alterada pela Lei 9.032 de 28.04.95, e regulamentos instituldos pelo Regime Geral de Previdência Social
- RGPS, bem como as Certidões Negativas de Débitos com a RECEITA FEDERAL, com a RECEITA ESTADUAL e com
a DÍVIDA ATIVA DA UNIÃO.

8.4 - No caso da execução não estar de acordo com as Especificações Técnicas e demais exigências fixadas neste
Contrato, a CONTRATANTE fica, desde já, autorizada a reter o pagamento em sua integralidade, até que sejam
processadas as alterações e retificações determinadas, aplicando-se à CONTRATADA a multa prevista na Cláusula 14.

8.5 - Deverá ser mantido o programa de desembolso geral da obra, conforme cronograma específico apresentado pelo
CONSTRUTOR quando do processo de Licitação que deu origem ao presente CONTRATO.

8.6 - Se, com aprovação prévia da SEINFRA/PMJP, o cronograma de construção for modificado, a previsão de
desembolso do CONSTRUTOR será revisada.

9. CLÁUSULA NONA - DOS RECURSOS ORÇAMENTÁRIOS

9.1.Os recursos orçamentários e financeiros decorrentes para a execução do objeto deste Contrato, será o seguinte:

Classificação Funcional: 11.107.15.451.5099.1.063 - SISTEMA VIÁRIO


Natureza da despesa: 4.4.90.51
Fonte de Recursos: 1940- TCE / 1510- STN- Outras Transferências de Convênio ou
Contrato de Repasse da União.
1001- CONTRAPARTIDA (Recursos Ordinários)

10. CLÁUSULA DÉCIMA- DAS MARCAS, PATENTES E LICENÇAS

10.1. A CONTRATADA é a única responsável por eventuais infrações ao direito de uso de marcas, patentes ou licenças,
responsabilizando-se pelo pagamento de royalties que forem devidos a terceiros, obrigando-se, igualmente, a obter para
a CONTRATANTE o direito de continuar no uso dos produtos objeto de direito de terceiros, arcando com todas as
despesas decorrentes das providencias que forem tomadas para tanto.

Concorrência Pública nº 07.007/2018 Página 3


1
1

- 1

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOAO PESSOA~-~- -,


SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA

11. CLÁUSULA DÉCIMA PRIMEIRA- DA TRANSFERÊNCIA DO CONTRATO

11.1. A CONTRATADA não poderá transferir o presente Contrato, no todo ou em parte, nem poderá subcontratar os
serviços relativos ao seu objeto.

12. CLÁUSULA DÉCIMA SEGUNDA - DA RESPONSABILIDADE

12.1.A CONTRATADA é responsável direta e exclusivamente pela execução do objeto deste Contrato e,
conseqüentemente, responde, civil e criminalmente, por todos os danos e prejulzos que, na execução dele, venha, direta
ou indiretamente, a provocar ou causar para a CONTRATANTE ou para terceiros.

12.2. A CONTRATADA é responsável pela análise e estudo de todos os documentos fornecidos pela CONTRATANTE,
para a execução dos serviços, não se admitindo, em nenhuma hipótese, a alegação de ignorância, defeito ou insuficiência
de tais documentos.

12.3. A CONTRATADA é, também, responsável por quaisquer diferença, erros ou omissões nos Projetos ou desenhos que
lhe forem fornecidos, ainda que relativos a quantidades.

12.4. A CONTRATADA é responsável em disponibilizar para a execução de serviços todos os equipamentos exigidos
no Termo de Referência e Especificações Técnicas (ANEXO I do Edital) e que se responsabilizará pelo fornecimento
e pela exigência do uso dos equipamentos de Proteção Individual - EPl'S e EPC.

12.5. Não existirá qualquer vinculo contratual entre eventuais sub-contratadas e a CONTRATANTE, perante a qual a única
responsável pelo cumprimento deste Contrato, será sempre a CONTRATADA.

13. CLÁUSULA DÉCIMA TERCEIRA- DO ACOMPANHAMENTO DA EXECUÇÃO

13.1. A CONTRATANTE indicará um técnico-gerente/fiscal que será interlocutor de todos os contratos com a
CONTRATADA, bem como o(s) agente(s) fiscalizador(es) do desenvolvimento dos trabalhos.

13.2. A nlvel de acompanhamento, deverão ser procedidas reuniões periódicas, na medida em que as necessidades do
desenvolvimento dos trabalhos assim exigirem.

14. CLÁUSULA DÉCIMA QUARTA- DO RECEBIMENTO DO OBJETO

14.1. O objeto contratual será recebido provisoriamente pelo responsável por seu acompanhamento e fiscalização que for
designado pela CONTRATANTE para tanto, mediante termo circunstanciado, o qual será assinado pelas partes, dentro de
15 (quinze) dias contados da data de comunicação escrita de seu término.

14.2. Durante o período de 30 (trinta) dias da data de expedição do termo supra, a obra ficará sob observação, de molde a
se verificar o cumprimento das exigências construtivas.

14.3. Esgotado o prazo previsto na Cláusula 12.2. e uma vez restando comprovada a adequação do objeto aos termos
contratuais, a obra será recebida definitivamente, por servidor ou comissão designada pela CONTRATANTE, mediante
termo circunstanciado, assinado pelas partes.

15. CLÁUSULA DÉCIMA QUINTA- DA GARANTIA TÉCNICA E REPARAÇÕES

15.1. Após o recebimento definitivo do objeto contratual, por parte da CONTRATANTE, a empresa CONTRATADA ficará,
ainda, responsável pelo prazo de 60 (sessenta) meses, contados da data de firmamento do Termo de Recebimento
Definitivo, por quaisquer defeitos, ainda que resultantes dos materiais empregados, quer sejam eles de natureza técnica
ou operacional, obrigando-se, às suas expensas, às reparações e/ou substituições ou se fizerem necessárias para o
perfeito cumprimento do contratado.

15.2. Se a CONTRATADA não executar os reparos e/ou substituições, nos prazos que lhe forem determinados pela
CONTRATANTE, esta, se assim lhe convier, poderá mandar executá-los por conta e risco daquela, por outras empresas,
cobrando-lhe os respectivos custos.

16. CLÁUSULA DÉCIMA SEXTA-DA GARANTIA E OBRIGAÇÕES CONTRATUAIS

16.1. A garantia prestada pela CONTRATADA no ato de assinatura deste Contrato, bem como dos pagamentos das
medições, como elemento assecuratório do cumprimento das obrigações contratuais, será devolvida logo após a plena,
perfeita e correta execução do convencionado.

Concorrência Pública nº 07.007/2018 Página 4


1

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA -.,

SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA

17. CLAUSULA DÉCIMA SETIMA - DAS PENALIDADES

17.1. A recusa injustificada da adjudicatária em assinar o contrato, aceitar ou retirar o instrumento equivalente, dentro do
prazo estabelecido pela administração, caracteriza o descumprimento total das obrigações assumidas, sujeitando-a às
penalidades legalmente estabelecidas, o que não se aplica aos licitantes remanescentes.

17.2. O atraso injustificado na execução sujeitará o contrato a multa de mora, na forma estabelecida a seguir:

a) 0,3% (três décimos por cento) por dia de atraso, até o trigésimo dia: e
b) 10% (dez por cento) após ultrapassado o prazo constante da alínea anterior.

17.3. As multas a que se refere esta cláusula incidem sobre o valor do contrato e serão descontadas dos pagamentos
eventualmente devidos pela administração ou, quando for o caso, cobradas judicialmente.

17.4. Pela inexecução total ou parcial do contrato a administração poderá aplicar as seguintes sanções:

a) advertência
b) multa de 10% (dez por cento) do valor do contrato:
\
u c) suspensão temporária de participação em licitação e impedimento de contratar com a Administração Pública, no prazo
não superior a dois (2) anos: e
d) declaração de inidoneidade para licitar ou contratar com Administração Pública, enquanto perdurarem os motivos
determinantes da punição ou até que seja promovida a reabilitação perante a Prefeitura Municipal de João Pessoa, que
será concedida sempre que o contratado ressarcir a PMJP pelos prejuízos resultantes e após decorrido o prazo com base
na alínea anterior, facultada a defesa prévia no prazo de 5 (cinco) dias .

17.5. As sanções previstas nas allneas ·a·, •c· e "d" da dáusula anterior, poderão ser aplicadas conjuntamente com a da
alínea "b", facultada a defesa prévia do interessado, no prazo de cinco (5) dias úteis.

17.6. A aplicação das penalidades previstas nesta Cláusula é de competência exdusiva da CONTRATANTE, podendo ser
recomendada pela Secretaria responsável pela execução do contrato.

18. CLAUSULA DÉCIMA OITAVA- RESCISÃO

18.1. A inexecução total ou parcial deste Contrato, além de ocasionar a aplicação das penalidades anteriormente
enunciadas, ensejará também a sua rescisão, desde que ocorram quaisquer dos motivos enumerados no art. 78, da Lei nº
8.666/93.

18.2. A rescisão do Contrato poderá se dar sob qualquer das formas delineadas no art. 79, da Lei nº 8.666/93.

18.3. Se a rescisão se der por qualquer das causas previstas nos inc. 1 a XI, do art. 78, da Lei nº 8.666/93, a
\
w CONTRATADA sujeitar-se-á, ainda, ao pagamento de multa equivalente a 10% (dez por cento) do valor do Contrato.

19. CLAUSULA DÉCIMA NONA - DISPOSIÇÕES GERAIS

19.1. A empresa CONTRATADA deverá iniciar os serviços tão logo seja assinado a Ordem de Serviços, obrigando-se a
providenciar imediatamente o respectivo Alvará junto a Prefeitura Municipal de João Pessoa / Pb, conforme a natureza da
obra licitada.

19.2. A CONTRATADA deverá providenciar a devida Anotação de Responsabilidade Técnica -ART relativa da obra, onde
deverá constar o nome e o número da Carteira junto ao CREA do Engenheiro Civil ou Arquiteto responsável na gerência
dos serviços, bem como o ART dos Engenheiros responsáveis pela fiscalização da obra.

19.3. A CONTRATANTE reserva-se no direito de paralisar ou suspender a qualquer tempo a execução dos serviços
contratados, mediante pagamento único e exclusivo daqueles já executados.

19.4. A CONTRATANTE reserva-se, ainda, no direito de recusar todo e qualquer serviço que não atender às
especificações, ou que sejam considerados inadequados pela fiscalização.

19.5. A CONTRATADA assume integral responsabilidade pelos danos que causar à CONTRATADA ou a terceiros, por si
ou por seus sucessores e representantes na execução dos serviços contratados, isentando a CONTRATANTE de toda e
qualquer reclamação que possa surgir em decorrência dos mesmos.

19.6. A CONTRATADA será única responsável para com seus empregados e auxiliares, no que concerne ao cumprimento
da legislação trabalhista, previdência social, seguro de acidentes do trabalho ou quaisquer outros encargos previstos em

Concorrência Pública nº 07.007/2018 Página 5


PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃd PESSOA___.._,_'-.,,
SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA / · .·_,-:: · :=:1:~í-·;-:.)ti.\
'\-----......L
~t 4~ ('•::
', V-.·l
lei, em especial no que diz respeito às normas de segurança do trabalho, prevista na Legislação Federal (t:a~ria nº..../
3.214, DE 8.7.78, do Ministério do Trabalho), sendo que o seu descumprimento poderá motivar a aplicação de mulTâ"s'lfflr
parte da CONTRATANTE ou rescisão contratual com a aplicação das sanções cabiveis.

19.7. A CONTRATADA, uma vez iniciados os serviços, somente poderá retirar equipamentos da obra e constantes de sua
Proposta, mediante prévia solicitação e aprovação expressa da CONTRATANTE.

19.8. Fica expressamente vedada a subcontratação, sem prévia expressa e escrita autorização da CONTRATADA.

19.9. A CONTRATADA, por imperativo de ordem e segurança, obriga-se a prover de sinalização os locais onde será
executada a obra, colocando os mesmos, a partir do dia em que os trabalhos forem iniciados, placas e tapumes, bem
como placa indicativa da obra, de acordo com o texto e padrão a serem apresentados à CONTRATANTE para prévia
aprovação, bem como munir de segurança a obra até o recebimento da mesma, sem ônus algum para a CONTRATANTE.

19.10. A Contratada se obriga a dar destinação final aos residuos provenientes da construção civil e demolição
{ENTULHOS) junto a Usina de Reciclagem da EMLUR conforme a Lei Municipal nº 11.176 de 10 de outubro de 2007,
ressalvado os casos previstos no Art. 33 da Lei nº 12.305/2010 que trata do descarte de:
• "Agrotóxicos e suas embalagens
• Pilhas e baterias
1
• Pneus
V • Óleos lubrificantes, seus resíduos e embalagens
• Lâmpadas fluorescentes, de vapor de sódio e mercúrlos e de luz mista
• Produtos eletroeletrônicos e seus componentes."

19.11. Aplicam-se a este Contrato as disposições da Lei nº 8.666/93, que regulamenta as licitações e contratações
promovidas pela Administração Pública.

20. CLAUSULA VIGÉSIMA - TOLERÂNCIA

20.1. Se qualquer das partes contratantes, em beneficio da outra, permitir, mesmo por omissões, a inobservância no todo
ou em parte, de qualquer dos itens e condições deste Contrato e/ou de seus Anexos, tal fato não poderá liberar, desonerar
ou de qualquer forma afetar ou prejudicar esses mesmos itens e condições, os quais permanecerão inalterados, como se
nenhuma tolerância houvesse ocorrido.

21. CLAUSULA VIGÉSIMA PRIMEIRA- FORO

21.1. Elegem as partes contratantes o Foro desta Cidade, para dirimir todas e quaisquer controvérsias oriundas deste
Contrato, renunciando expressamente a qualquer outro, por mais privilegiado que seja.

E, por assim estarem justas e contratadas, as partes, por seu representante legal, assina o presente Contrato, em 04
(quatro) vias de igual teor e forma para um só e jurídico efeito, perante as testemunhas abaixo-assinaladas, a tudo
~ presentes.

João Pessoa,_ de_ _ _ _ _ de 2018

SECRETÁRIO MUNICIPAL DE INFRA ESTRUTURA/PMJP

CONTRATADA

TESTEMUNHAS: 1) _ _ _ _ _ _ _ _ _ __ 2)...,,....,,......,._ _ _ _ _ _ _ __
RGnº RGnº
CPFnº CPF nº

Concorrência Públíca nº 07.007/2018 Páginas


u

ANEXO XI
,1

Modelo do Termo de
Encerramento
1
1

PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃd PESSOA


SECRETARIA DE INFRA-ESTRUTURA

ANEXO XI

TERMO DE ENCERRAMENTO DO VOLUME

À
PREFEITURA MUNICIPAL DE JOÃO PESSOA
SECRETARIA DE INFRA ESTRUTURA
Comissão Setorial de Licitação

Referência: CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 07.007/2018


PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 2408/2017/SEINFRA
(

w
Assunto: Termo de Encerramento do Volume

Prezados Senhores,

A Proposta de _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ (Habilitação/Comercial) da
_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ _ __. apresentada com fins de participação da Licitação em
referência, é composta de _ _ _ _ volume(s).

O presente documento é composto de _ _ _ '--------> folhas,


inclusive esta, numeradas sequencialmente da folha _ _ à , estando todo o conjunto
u
\ i
devidamente rubricado.

Local e data

(assinatura e identificação do responsável legal/procurador da licitante)

Concorrência Pública nº 07.007/2018 Página 1