Você está na página 1de 7

Teste de avaliação 4 TA4

Nome da Escola Ano letivo 20 - 20 Matemática A | 11.º ano

Nome do Aluno Turma N.º Data

Professor - - 20

1. Relativamente a duas funções f e g, reais de variável real, ambas de domínio �, sabe-se:


f ( x)
lim f ( x ) = 0 lim = -� lim g ( x )
x �3 g ( x)
■ x �3 ■ ■ existe x �3

lim g ( x )
Qual é o valor de x �3 ?

(A) +� (B) -� (C) 3 (D) 0

2. Para um certo valor real k, é contínua em � a função g definida por:

� x -2
� se x > 4

g ( x ) = �4 x - x
2

�k se x �4
�x 2 + 1

Qual é o valor de k?

16 17 16 17
- -
(A) 17 (B) 16 (C) 17 (D) 16

3. Considere uma função f, real de variável real, de domínio �, tal que:


■ a reta de equação y = - x é assíntota ao gráfico de f em -�;

■ a reta de equação y = 2 é assíntota ao gráfico de f em +�.


�x �
lim � + f ( -x) �
x � -� f ( x )
Qual é o valor de � �?

(A) 1 (B) 2 (C) 3 (D) 0

4. De duas funções, f e g, de domínio �, sabe-se que:


( -3) = 2
f�

g ( x) = 2

f ( x)
h ( x) =
g ( x)
Seja h a função definida por .

Qual é o valor de
( -3)
h�
?
(A) –2 (B) –1 (C) 1 (D) 2

Página 1
Teste de avaliação 3

f ( x ) = -x2
5. Considere a função f, de domínio �, definida por .

Seja g uma função de domínio � tal que


( -1) = f ( 2 ) .
g�

Qual é o valor de
( g o f ) �( -1) ?
(A) –4 (B) –8 (C) 4 (D) 8
Teste de avaliação 4

6. Na figura está representada, num referencial ortonormado xOy, parte da hipérbole que
é o gráfico de uma função f. Sabe-se que:

■ as retas de equações x = 2 e y = 1 são as assíntotas do


gráfico da função f ;
■ o gráfico de f interseta o eixo Oy no ponto de
� 2�
� 0, �
coordenadas � 5 �.
6
f ( x) = 1+
6.1. Mostre que 5 x - 10 .

�4 �
� , 0�
6.2. Mostre que o gráfico de f interseta o eixo Ox no ponto de coordenadas �5 �.
6.3. Apresente, usando a notação de intervalo de número reais, o conjunto solução da
f ( x ) �0
condição .
g ( x) = f ( x - k )
6.4. Para um certo número real k, a função g, definida por , não interseta o
eixo Oy. Indique o valor de k.

� 3� x -1
�\ �- � g ( x) =
7. Considere a função g, de domínio � 2 , definida por 2x + 3 .

7.1. Usando a definição de derivada de uma função num ponto, mostre que
( -1) = 5
g�
.

7.2. Seja t a reta tangente ao gráfico de g no ponto de abcissa x = -1 .


Determine as coordenadas do ponto de interseção entre a reta t e o eixo das abcissas.

3x 2 - 11x + 23
�\ { 4} h ( x) =
8. Considere a função h, de domínio , definida por x-4 .
8.1. Estude a função h quanto à monotonia e quanto aos extremos relativos.
Na sua resposta, deve apresentar:
■ o(s) intervalo(s) em que a função é crescente;
■ o(s) intervalo(s) em que a função é decrescente;
■ o(s) extremo(s) relativos casos existam;
8.2. Determine a equação reduzida da assíntota não vertical ao gráfico de h.

x2 x
�\ { -3 , 3} f ( x) = +
9. Considere a função j, definida em por x - 9 6 - 2x .
2

Página 2
Teste de avaliação 3

f ( x) = x
Resolva a equação , começando por mostrar que:
x
"x �D f , f ( x ) =
2x + 6
Proposta de resoluções

Teste de avaliação 4
5.
( f ( -1) ) �f �( -1)
( g o f ) �( -1) = g �
lim g ( x )
1. O valor de x �3 tem de ser necessariamente igual a f ( x) = - x2 ( x ) = -2 x
f�
Por outro lado, , portanto, e
f ( x) ( -1) = 2 .
f�
lim =0
x �3 g ( x )
zero, caso contrário, ter-se-ia e não f ( -1) = - ( -1) = -1
2

f ( x) Temos, ainda, que


lim = -�
x �3 g ( x ) Assim, vem:
, como é o caso.
Resposta: (D)
( g o f ) �( -1) = g �
( -1) �2 , como f ( 2 ) = -22 = -4 , então,
2. A função g é contínua em
] 4 , + �[ pois é definida pelo g� ( -1) = -4 , logo ( g o f ) �( -1) = -4 �2 = -8 .
quociente de duas funções contínuas: uma é a diferença Resposta: (B)
entre a raiz quadrada de uma função afim e uma função b
f ( x) = a +
constante e a outra é uma função quadrática. x-c .
6.1. A função f é do tipo
Em
] -�, 4[ a função g também é contínua pois é Como a reta de equação y = 1 é assíntota horizontal ao
definida pelo quociente de duas funções contínuas: uma é gráfico de f , então a = 1. Por outro lado, a reta de equação
uma função constante e a outra é uma função quadrática. x = 2 é assíntota vertical ao gráfico de f , pelo que c = 2 .
lim g ( x ) b
Já em x = 4 a função g é contínua caso exista x �4 , f ( x) = 1 +
x-2
lim+ g ( x ) = lim- g ( x ) = g ( 4 )
ou seja, caso x �4 x �4 . � 2�
�0, �
lim g ( x ) = g ( 4 ) = 2
k
=
k Sabemos, ainda, que o ponto de coordenadas � 5 �
x � 4- 4 + 1 17 2
f ( 0) =
( )( )
�0 �
�� x -2 x +2 pertence ao gráfico de f , ou seja, 5.
x -2 �0 �
lim+ g ( x ) = lim+ = lim+ = 2 b b 2 b 3 6
x �4 x� 4 4x - x 2
x � 4
- x ( x - 4) ( x+2 ) 5
=1+
0-2
� = -1 �
-2 5 -2
=- �b=
5 5
( x) 6
2
- 22 x-4
= lim+ = lim+ = 6
f ( x ) = 1 + 5 � f ( x) = 1 +
x �4
- x ( x - 4) ( x +2 ) x �4
- x ( x - 4) ( x+2 ) Portanto, x - 2 5 x - 10 .
1 1
= lim+ =-
x �4
-x ( x+2 ) 16 �4 �
f � �= 1 +
6
=1+
6
=1+
6
=1-1 = 0
�5 � 4
�� 4 - 10 -6
k 1 17 5 � �- 10
=- �k =- �5 �
17 16 16 . 6.2.
Portanto,
�4 � �4 �
Resposta: (B) f � �= 0 � , 0�
Como � 5 � , então o ponto de coordenadas � 5 �
�x � x
lim � + f ( - x ) �= lim + lim f ( - x ) =
x �-� f ( x ) x � -� f ( x ) x �-� pertence ao gráfico de f , ou seja, este gráfico interseta o
3. � �
eixo Ox neste ponto.
1
= lim + lim f ( - x ) = � 4�
x � -� f ( x ) x �-� f ( x ) �0 � x �� -� , ��] 2 , + �[
6.3. � 5 �
x
1 1 6.4. Para que o gráfico da função g não intersete o eixo Oy terá
= + lim f ( y ) = + 2 =1
f ( x ) y � +� -1 de ser obtido a partir do gráfico de f pela translação de
lim r
u ( -2 , 0 ) g ( x ) = f ( x + 2)
, logo k = -2 .
x � -� x
vetor . Portanto,
Resposta: (A) x -1 -1 - 1
-
f� ( -3) �g ( -3) - f ( -3) �g � ( -3 ) g ( x ) - g ( -1) 2 x + 3 2 ( -1) + 3
h�( -3) = g� ( -1) = xlim = lim =
g ( -3) � x - ( -1)
2

� � � -1 x � -1 x +1
4. 7.1.
Por outro lado,
f�( -3) = 2 e g ( x ) = 2 , ou seja, x -1
+2
x - 1 + 2 ( 2 x + 3)
2 x + 3 2x + 3
g ( -3 ) = 2 g� ( x ) = 0 para todo o x ��, em = lim = lim =
. Logo, x � -1 x +1 x � -1 x +1
particular
g�( -3) = 0 . Assim: x - 1 + 4x + 6 5x + 5
2 x + 3 = lim 2 x + 3 =
2 �2 - f ( -3) �0 4 - 0 = lim
h� ( -3) = = =1 x �-1 x +1 x �-1 x + 1
22 4
5x + 5 5 ( x + 1)
Resposta: (C) = lim = lim =
x � -1 ( x + 1) ( 2 x + 3) x � - 1 ( x + 1) ( 2 x + 3)

Página 4
Proposta de resoluções

5 5 h� + 0 – – 0 +
= lim = =5
x �-1 2 x + 3 2 ( -1) + 3 h Z ] ] Z

Portanto,
( -1) = 5
g�
.
Máx. Mín.
Intervalos de monotonia:
h é estritamente crescente em
] -�, 1] e em
7.2. A reta t pode ser definida pela seguinte
equação:
[ 7 , + �[ e é estritamente decrescente em
y - g ( -1) = g �
( -1) ( x + 1) � [ 1 , 4[ e em ] 4 , 7] .
Extremos relativos:
� y - ( -2 ) = 5 ( x + 1) � y + 2 = 5 x + 5 � y = 5 x + 3 h ( 1) = -5
Máximo relativo:
Logo, y = 5x + 3 é a equação reduzida da reta t. h ( 7 ) = 31
Mínimo relativo:
3
5x + 3 = 0 � x = - 8.2. • Em +�:
Assim, se y = 0, temos que 5
.
3 x 2 - 11x + 23 �
�3
- , 0�
� h( x) x - 4 3 x 2 - 11x + 23 �
� m = lim = lim = lim =
Portanto, � 5 � são as coordenadas do x
x � +� x � +� x x �+� x2 - 4 x
ponto de interseção entre a reta t e o eixo das 3x 2
= lim 2 = 3
abcissas. x �+� x


�3 x 2 - 11x + 23 �
h� ( x) = � �= �3 x 2 - 11x + 23 ��-�
8.1. • � x-4 � b = lim � � h ( x ) - mx �
�= lim � - 3 x �=
x � +� x � +�
� x-4 �
3 x - 11x + 23 - 3 x ( x - 4 )
2

=
( 3x 2
- 11x + 23) �
( x - 4 ) - ( 3x 2 - 11x + 23) ( x - 4 ) � = lim
x � +� x-4
=

( x - 4)
2

( 6 x - 11) ( x - 4 ) - ( 3x 2 - 11x + 23)



3 x 2 - 11x + 23 - 3 x 2 + 12 x x + 23 � x
= = = lim = lim = lim = 1
( x - 4)
2
x � +� x-4 x � +� x - 4 x � +� x

6 x 2 - 24 x - 11x + 44 - 3 x 2 + 11x - 23 Logo, a reta de equação y = 3 x + 1 é assíntota


= =
( x - 4)
2
não vertical ao gráfico de h em +�. De modo
análogo, conclui-se que esta reta também é
3x 2 - 24 x + 21
= assíntota não vertical ao gráfico de h em -�.
( x - 4)
2

• Zeros de h�: D f = �\ { -3,3}


3 x 2 - 24 x + 21 9.
( x) = 0 �
h� =0� x2 x x2 x
( x - 4) f ( x) =
2
+ = - =
x - 9 6 - 2 x ( x - 3) ( x + 3 ) 2 x - 6
2

� 3 x 2 - 24 x + 21 = 0 �( x - 4 ) �0 �
2

x2 x
= - =
24 � ( -24 ) - 4 �3 �21
2
24 � 324 ( x - 3 )( x + 3 ) ( - 3)
2 x
�x= �x= �
2 �3 6 2x2 x ( x + 3)
= - =
�x=
24 + 18
�x =
24 - 18
= x = 7 �x = 1 2 ( x - 3) ( x + 3) 2 ( x - 3) ( x + 3)
6 6
2 x 2 - x ( x + 3) 2 x2 - x2 - 3x
Construindo uma tabela de variação, temos: = = =
2 ( x - 3) ( x + 3) 2 ( x - 3) ( x + 3)
x -∞ 1 4 7 +∞

Página 5
Proposta de resoluções

x2 - 3x x ( x - 3)
= = =
2 ( x - 3) ( x + 3) 2 ( x - 3) ( x + 3)
x x
= =
2 ( x + 3) 2 x + 6
x
"x �D f , f ( x ) =
2x + 6
x
f ( x) = x � = x �x �D f �
2x + 6
x
� - x = 0 �x �D f �
2x + 6
x - x ( 2 x + 6)
� = 0 �x �D f �
2x + 6
-2 x 2 - 5 x
� = 0 �x �D f �
2x + 6
� -2 x 2 - 5 x = 0 �x �D f �
� ( x = 0 �-2 x - 5 = 0 ) �x �D f �
5
� x = 0 �x = -
2
�5 �
S=�
- , 0�
�2

Página 6