Você está na página 1de 4

Tecnicas que tiram a vontade de comer doce para quem está em

low carb

A maior dificuldade para quem está fazendo uma dieta sem dúvida é conseguir resistir às tentações.
Quando estamos em uma dieta ainda mais restritiva as tentações parecem que afloram a flor da
pele.

O tal corpo perfeito depende diretamente do quão somos capazes de dizer não há nós mesmos e
nos mantermos longe destes alimentos.

Link: https://cdn.pixabay.com/photo/2015/12/03/16/42/food-1075228_960_720.jpg

Uma dieta extremamente restritiva que pode levar a crises de ansiedade pela falta de alimentos
antes consumidos normalmente é a dieta low carb. A dieta low carb foi criada nos anos 50 e não
chegou a pegar na época, voltando a moda apenas ultimamente, nos últimos anos.
Consiste em um regime ou plano alimentar onde o seu adepto não consome fontes de carboidratos
simples, (como pães, doces, farinhas brancas e correlatos) em alguns casos nem mesmo fontes
de carboidratos complexo como os grãos integrais.

Para quem é vegetariano/veganos ou mesmo um apaixonado por doces deve acabar eliminando
este tipo de dieta enquanto tenta emagrecer, mas fazendo isso você não está tratando o mal pela
raiz. Sofre com compulsão alimentar? Não tem controle na frente de doces e sempre acaba
exagerando? Vejas as dicas abaixo para que possamos te ajudar.

O primeiro passo que você precisa saber é se não está descontando suas questões emocionais
nos alimentos, o que é extremamente normal.

Se isso estiver acontecendo em um primeiro momento seria interessante que você busque ajuda
de um psiquiatra e faça terapia com um psicólogo para melhorar a sua relação com a comida.

Para identificar se você está consumindo alimentos por emoção pergunte-se sempre após comer
se você se sente farto ou culpado.

Normalmente quem come por emoção logo em seguida a ingestão de um determinado alimento
sente-se culpado, fracassado, triste e pensa em desistir da dieta.

Após comer algo fora da sua dieta low carb padrão pergunte-se porque você comeu este
determinado alimento. Com essas respostas você estará mais perto de determinar se a sua relação
com a comida está ou não saudável. Normalmente, em casos normais é esperado que você sinta-
se apenas farto com essa ingestão.

Se você identificar que está comendo por emoção, procure um psiquiatra e peça que ele te
recomende um psicólogo para tratamento em conjunto. Tanto medicamentoso quanto terapêutico.

Agora que você descobriu que come por vontade mesmo, aquela vontade de doce que bate logo
após o almoço. Separamos algumas dicas para que você evite derrapar nestes momentos.

Masque chiclete

Há quem acredite que mascar chiclete pode fazer com que você sinta fome, mas logo após o
almoço pode evitar que você sinta aquela terrível vontade de comer doces. Por isso carregue
sempre pastilhas de menta na bolsa para mascar após o almoço.

Além de evitar que você sinta aquela terrível vontade de doce ainda ajuda no processo digestivo.
Para estes chicletes escolha sempre os sem açúcares.
Cheire o alimento que você quer consumir

Se você está com um vontade incontrolável de doce, pense no que você quer consumir. Pedaço
de goiaba? Chocolate? Caramelo? Para evitar que você acabe atacando uma barra de chocolate,
cheire um tablete. Sim, cheirar pode ajudar a diminuir a vontade incontrolável que você estará
sentindo.

Link: https://cdn.pixabay.com/photo/2017/09/22/19/05/casserole-dish-2776735_960_720.jpg

Isso porque quando você se concentra e cheira um determinado alimento o seu cérebro consegue
entender que você o consumiu. Por isso se sentir vontade de um chocolatinho ou de um caramelo
sinta o cheiro profundamente várias vezes. Permitindo que a sua vontade seja controladoa.

Movimente-se

Nenhuma das alternativas então funcionou? Se estiver no trabalho ou mesmo em casa, assim que
acabar de comer e bater aquela vontade de doces tente dar uma volta. Não precisa ser longe, dê
uma volta em um ou dois quarteirões. Andar pode fazer com que você esqueça a vontade que está
sentindo.
Não precisa correr nem mesmo andar longos trajetos. Apenas concentre-se na paisagem enquanto
caminha.

Triptofano

Terminou o almoço e pensa que poderia ter um docinho? Invista em alimentos com alto percentual
de triptofano. Estes alimentos, ricos nesta substância liberam hormônios do prazer semelhantes
aos liberados pelo exercício físico, pelo chiclete e pelo cheiro do alimento.

Link: https://cdn.pixabay.com/photo/2016/11/02/16/51/broccoli-1792236_960_720.jpg

São exemplos de alimentos ricos em triptofano a banana, a aveia, a maçã, a canela. Uma boa dica
é misturar todos estes ingredientes em uma pequena salada de frutas para após o almoço.