Você está na página 1de 1

Técnicas de salvamento

Advertência:
Não aplique a bandagem muito apertada e na
forma de círculo; isso pode ter o efeito de torniquete
e impedir a circulação por completo.

Para verificar a circulação sanguínea distal, observe:


• pulso: se souber como, sinta o pulso distal no pulso
ou pé;
• tempo de reabastecimento do sangue capilar:
– brevemente pressione o leito ungueal de um dedo
do pé ou da mão do membro lesionado com a

Cruz Vermelha Nepalesa


bandagem: ele ficará branco;
– libere a pressão; a coloração rosada normal deve
voltar em dois segundos;
– faça o mesmo no outro membro para comparar
com o normal.

Se não tiver pulso ou se o leito ungueal não voltar


ao normal, a aplicação da bandagem de compressão
agiu como um torniquete e interrompeu a circulação.
> Solte a bandagem para permitir a circulação
distal, mas o suficiente para impedir a recorrência de
sangramento.

Se o sangue estiver jorrando da ferida a cada


batimento cardíaco (hemorragia arterial)
> Aplique imediatamente pressão digital no ponto
de pressão arterial mais próximo e acessível.
> Coloque um curativo grande no ferimento
sangrando. Cruz Vermelha Malinesa

> Eleve o membro lesionado.


> Aplique uma bandagem de compressão. Mantenha
pressão com uma bandagem elástica firme aplicada na
forma de um oito.
> Verifique a circulação sanguínea distal e observe se
há ou não falta de circulação (se necessário, solte
a bandagem para impedir o efeito de torniquete,
mas também entenda que a circulação sanguínea
distal pode estar ausente em razão da própria
lesão, se a artéria principal do membro tiver sido
cortada).

167