Você está na página 1de 1

Técnicas de estabilização

6.2.5 Lesões nos membros:


avaliação e controle
Os braços e as pernas são compostos de ossos
e articulações rodeados de tecidos moles
(principalmente músculos, vasos sanguíneos e
nervos) e cobertos de pele.

OBJETIVOS DO SOCORRISTA

No terreno, você deverá: Reduza e imobilize


> evitar a manipulação ou movimentação indevida uma fratura para aliviar
que pode causar outras lesões e piorar a condição a dor e prevenir outros
da vítima; danos nos tecidos moles
> imobilizar o membro lesionado; ao redor, especialmente
> avaliar e monitorar a circulação sanguínea, a vasos sanguíneos
mobilidade e sensação do membro abaixo do local e nervos.
da lesão.

EXAME

Sempre utilize o membro oposto como uma imagem


em espelho para comparação.

Observe
> Lesões, inchaços, queimaduras, deformidades ou
luxação de articulações.
> A vítima pode sustentar um braço fraturado com a
mão do outro braço.
Ouça
> A vítima reclama de dor aguda no braço ou na
perna ou sensações estranhas.
Converse
> Pergunte o que aconteceu, quando e como.
> Peça que a vítima mexa o membro lesionado: a
movimentação é dolorida ou até mesmo impossível.
Toque
> Sensibilidade localizada e deformidade, presença
de crepitação (cliques ou ranger das extremidades
do osso fraturado).
> Avalie a circulação distal.
> Avalie a condição neurológica: movimentos e
sensibilidade.

199