Você está na página 1de 1

Anexo

de forma temporária, por exemplo, sob uma tenda,


em uma escola, em qualquer casa disponível, ou em
um consultório já existente ou em uma central de
assistência básica, contanto que certas exigências
mínimas sejam atendidas. Um posto de primeiros
socorros deve:
• estar protegido contra a intempérie (temperaturas
extremas, sol, chuva, vento, etc.); isso ajuda a
proteger vítimas e proporciona aos socorristas um
ambiente de trabalho mais confortável;
• ser grande o suficiente para acomodar as vítimas
em macas e os agentes de saúde;
• ter fácil acesso aos “feridos que conseguem andar”
(p. ex.: sem escadarias);
• ter fácil acesso para ambulâncias/veículos de
remoção que entram e saem, e amplo espaço para
estacionamento.

Quadro de pessoal

Os postos de primeiros socorros são normalmente


administrados pelos funcionários e voluntários do
Movimento Internacional da Cruz Vermelha e do
Crescente Vermelho. Os membros da comunidade
local poderão estar envolvidos no estabelecimento
de uma unidade, trazendo materiais com os quais
se improvisa certos equipamentos (p. ex.: galhos de
árvores para fazer talas) e no oferecimento de algum
conforto físico e psicológico às vítimas.

Alguns postos de primeiros socorros possuem em


seu quadro auxiliares e enfermeiros militares. Quanto
mais próximo o posto estiver do fronte de batalha,
mais evidente será o papel dos serviços médicos
militares.

No geral:
• deve haver um supervisor que lidera a equipe que
trabalha no posto;
• todo têm suas tarefas atribuídas, devem saber
como realizá-la e se atêm a ela. A disciplina deve
ser a regra principal.

239