Você está na página 1de 1

PRIMEIROS SOCORROS

Bombardeios ou tiroteios com armas de pequeno porte

Proteja-se imediatamente

> Encontre proteção contra o fogo cruzado – o que implica em procurar uma barreira resistente e grossa entre você e a direção de onde o som de fogo cruzado está vindo. Exemplos de barreira do fogo incluem uma grande pedra ou árvore, um prédio, um veículo ou uma trincheira/fosso às margens de uma estrada.

> Encontre proteção para não ser visto.

> Se possível, arraste-se, sob proteção, para uma nova posição, de forma que quem esteja atirando não mais saiba onde você está.

> Não olhe para trás para ver o que está acontecendo.

> Proteja-se até o tiroteio acabar. Aguarde cerca de 10-20 minutos antes de sair. Lembre-se: uma proteção para não ser visto (p. ex.:

um arbusto) não é necessariamente uma proteção contra o fogo cruzado!

Minas (minas terrestres, artefatos explosivos improvisados, armadilhas explosivas)

> Pergunte se há minas na área e onde estão localizadas. A população local, motoristas de táxi/ caminhão ou as autoridades locais podem saber sobre as minas terrestres em sua região ou sobre antigos campos de batalha e linhas de frente. No entanto, ao fazer essas perguntas, certifique-se de que ninguém o confunda com um espião!

> Aprenda a reconhecer os métodos de identificação local (p. ex.: pedras ou marcas em árvores).

> Não use um caminho ou estrada, a menos que você tenha certeza de que outros já o tenham usado recentemente.

> Caso esteja em grupo, certifique-se de que haja um espaço de 10 metros entre uma pessoa e outra.

> Nunca tente mexer, tocar ou até mesmo se aproximar para olhar uma mina ou qualquer outra coisa no chão. Munição não detonada ou objetos “interessantes” no chão podem ser armadilhas.

> Se vir algo suspeito, identifique-o e informe a comunidade local e outras pessoas, sobretudo ao líder de sua equipe e à equipe de desminagem.

Interesses relacionados