Você está na página 1de 19

E MAIS : PRAIA SECA - DIÁRIO DO CARAPEBA - PROTESTANDO!

- ENCONTRO PTdoB - GUIA DE TV PARA ARARUAMENSES

Movimento
pág. 12
“Volta, Baiacu”
Banda Zero Açúcar
pág. 02

Seu Hélio
págs. 02 e 03

O circo chegou
pág. 04

Se “eles”
fossem
sinceros
pág. 03

Luana Cabral
substitui nosso
modelo oficial
nesta edição.
Vai reclamar?
EDITORIAL Nossos Talentos ZERO AÇÚCAR
O Entelequitoal
Jornaleco, E O SOM DA BANDA É DEZ! Seu Hélio
nunca !
Formada por adolescentes que curtem rock nacional sem se deixar levar por
modismos musicais passageiros, a banda Zero Açúcar já demonstra personali- A opinião abalizada de um dos maiores
nomes do jornalismo araruamense
dade em seus dois anos de estrada e prova a sua qualidade ao conquistar um

M
fã-clube apaixonado e que cresce a cada show. O vocalista e guitarrista Yago, AS LEI DU MERCADU
ais uma vez, O CARAPEBA o guitarrista Kurty, o tecladista André e a “cozinha” formada pelos irmãos Aki entri a jenti istou pençano to-
tenta inovar e busca fugir Juan e Mateus, respectivamente baterista e baixista, têm entre 18 e 13 anos. meim im vim candidatu a prefeitu,
do rótulo de “jornal” para Idade bem diferente de grande parte do público que curtiu a apresentação da já qui u Mera não veim i era u unicu
virar revista. Nada mais lógico e opor- banda no anfiteatro da Praça Antonio Raposo, que se estendia entre 8 e 80 qui mi faiz concorrença im termus di
tunista. Afinal, temos uma desculpa anos, graças à performance convincente e o repertório eclético, porém coeso, competensa, i vo botá um funçonariu
para mascarar o fato de não termos apresentado pelos rapazes. Batemos um papo com a banda logo no final do meu di cunfianssa pra vim di veria-
desculpa nenhuma para isso, den- show, realizado no dia 28 de abril. do. U pobrema é qui achu qui agora
tro dos quatro critérios típicos a que
dizi qui mudo a lei i todu candidatu
atendem os jornais:
pricissa se donu di mercadu pra
• Abrangência: seus conteúdos
concorre a prefeitu, vo te qui abri
são razoavelmente acessíveis ao públi-
um tamem. Pelu menus si eu perde
co em geral. (é bem verdade que um
a eleissao eu ganio di qalquer geito
monte de gente entende tudo errado o
vendeno cumida bem cara pru povo.
que lê aqui, ou finge que não entende),
• Periodicidade : são publica-
ENVAZÃO DI PRIVASSIDADI
dos a intervalos regulares. (Pelo me-
O açunto du momemtu é as fota qui
nos agora sai todo mês, mas sempre
saiu amostrano a priquita da
atrasado ou adiantado. E quando cis-
Carulina Diquima. A pobrizinia deu
ma, sai de 15 em 15 dias sem avisar a
moli i os safadu saiu ispaliando tudu
ninguém),
na internetia. Acontesseu a meisma
• Atualidade: suas informações
coiza ni Araruama cum um puliticu
são atuais (a gente às vezes dá notícias
da sidade qui tiro um raio chix das
do futuro, passando por cima desse
parti intima do bingulim mais tinha
negócio de atualidade),
tanto puchassaco pindurado qui num
• Universalidade: cobrem um
deu pra vê nada i dipois jogaro na
amplo número de assuntos. (a gente só O público lotou o anfiteatro da Praça e cantou
junto com a banda até a última música internetia.
fala do que tem a ver com Araruama)
E, vamos combinar, quer coisa mais O CARAPEBA - Como surgiu o ZERO OC - Então, não são eles que influenciam
“queimada” que jornal local? Até Pa- AÇÚCAR? E de onde veio o nome da banda? no repertório?(risos)
pai Noel e o coelho da Páscoa têm
mais credibilidade... Yuri - Na verdade, o nome da banda não Juan - Indiretamente, quem sabe... A “Loi-
Na prática, nada mudou. O CARAPEBA tem um significado concreto. A gente esta- ras Geladas”, cover do RPM que a gente aca-
continua o mesmo. Pra não dizer que va procurando um nome que fosse engra- bou de apresentar no show, tocamos pela
está tudo igualzinho, só demos férias çado, diferente, ou que colasse na cabeça primeira vez no aniversário da mãe do Yuri,
para o nosso modelo exclusivo. Em das pessoas. Ah, só esclarecendo o que per- especialmente para fazer uma homenagem
guntam sempre: ninguém é diabético (ri- a ela. Acabou ficando tão legal que a gente
breve, explicaremos o motivo. Para fa-
sos). A banda existe há dois anos. Eu, Juan botou no repertório.
zer jus à tamanha ausência, nas próxi- e André fazíamos natação juntos, a gente
mas edições contaremos com a beleza era amigo antes mesmo da banda. O André André - inclusive, em um concurso de ban-
de algumas modelos de nossa cidade e


já tocava piano desde os 8 anos de idade, das que a gente participou, acredito que nós
região, emolduradas por nossas belís- eu fazia aula de violão e fiquei nos classificamos justamente pela apre-
simas paisagens. Boa leitura, e depois enchendo o saco do Juan pra Em sentação dessa música.
entre no site, que agora tem conteúdo ele fazer aula de bateria. Aí, casa,
inédito. começamos nós três. A gente nossos Yuri - Dentro de casa, nossos pais
estava precisando de um bai- pais ouvem ouvem muito esses sons anos 80
xista, e o Mateus, que é irmão muito esses e 90, e a gente acaba gostando
O CARAPEBA do Juan, se interessou. E de- sons anos 80 e também. E essa participação da
Expediente pois de um ano de banda, a 90, e a gente família é muito bacana, melho- MIM IMITARO
gente sentiu a necessidade de acaba gos- ra muito. A gente chega em casa Comu todus vosseis sabi istou paça-


Jornalista responsável: Léo Anelhe mais um guitarrista e apareceu tando tam- depois do show e continua tro- no uma serta dilfilcudade finanssera
MTB. 24172 o Kurty, e estamos aí até hoje. bém. cando ideias, recebe um milhão
Editor-chefe: pelu fatu di istar cum poco diniero
de toques sobre a apresentação...
Marcos Serpa
OC - O repertório musical do Zero
utimamenti. Nihum puliticu quis
Açúcar é bem diferente das bandas da Juan - Em casa, a crítica constru- compra u meu paçe mermu eu istano
Colaboradores nesta edição
mesma faixa etária de vocês... tiva ajuda muito, dizendo onde a mi vendeno na promossaum. Istou
(sem vínculo empregatício):
Andréa Borba, Carlos Ney, Dayvid gente errou e o que precisa melhorar. arresoveno u qui vo faze pra arruma
Braga, Marcelo Lopes JUAN - Além das nossas músicas próprias, um diniero. Pençei im monta uma
Thiago Lagarto. a gente mistura no repertório os sons na- OC - E quais são os próximos passos na lanxoneti festifúdi aqui ni Araruama
cionais mais antigos com músicas de ban- carreira do ZERO AÇÚCAR? mais mim diçero qui já vai abri uma
Diagramação: das mais novas, e assim nós conquistamos
Marcos Serpa e Andréa Borba
inguausinha intão dechei pra lá.
também um público mais velho também, Juan - Há pouco tempo, nos classificamos
fora a galera da nossa idade. pra final regional do Festival “COMBUS-
site: www.ocarapeba.com.br
Contato comercial: TÍVEL”, no qual competem bandas de toda
(22)8812-1169 / (22)2664-1834 OC - Uma coisa que chama a atenção de a região sudeste do país, e estamos na ex-
Andréa Borba quem acompanha os shows da banda é o pectativa da apresentação, que ainda não
e-mail: apoio das famílias de vocês... tem data definida. Assim que soubermos, a
ocarapeba@hotmail.com gente avisa pros leitores do O CARAPEBA
Impressão: (Todos) - Eles estão sempre juntos, sim. participarem e torcerem por nós!
Gráfica Lance!
Tiragem: 10 mil exemplares *ouça e baixe as músicas da banda no site do O CARAPEBA ou no grupo do Facebook “ZERO AÇÚCAR”

02 www.ocarapeba.com.br maio de 2012


HUMOR
Se eles
Além de ser o
diretor-presidente
do O CARAPEBA
fossem Madame Xakira ficou
boladona de tanto olhar

sinceros...
e o maior capina- pra bola de cristal e ver
dor de terrenos da cidade, Seu Hélio o que vai acontecer nos
agora assina mais uma coluna nessa próximos meses
agora revista, falando de assuntos que por aqui
ninguém quer mais saber e se achando Em meio à micareta eleitoral (campa-
intelectual. Mas como é ele que manda
aqui, vamos fingir que está tudo ótimo, nha fora de época) que se anuncia,
ok? contratamos a vidente Madame
P.S.: Para quem não sabe, ele não aceita
revisão em seus textos. Nem a do
Xakira para ler os pensamentos
Word. Vai in natura assim mesmo. de alguns possíveis pré-candi-
datos a prefeito de Araruama
MEIS DAS NOIVA na hora de pedir o seu voto,
Nece meis dais noivaz eu quiria faze e assim, sabermos o que eles
um falariam se pudessem “escra-
ome-
char”. Agora publicamos tudo
naje a
minia em primeira mão. Exclusivo!
filha Amigo araruamense, Oi. Meu irmão pediu pra avisar que eu quero muito ser pre- Amigo eleitor, para
Helio- há anos eu trabalho por feito. Me ajuda aí. Queria aproveitar o espaço pra anunciar início de conversa,
doro- essa cidade. Se mesmo amanhã a nossa Feirinha na promoção, tudo fresquinho e eu sou rico. Pra
teia qui assim, você acha que barato, não perca! mim mesmo, não
é noiva eu nunca fiz nada, não preciso roubar. Já
a maiz trouxe nada, acredita tenho tudo o que o
de 30 que a cidade está um dinheiro pode com-
ano qui caos, vai pro rádio me prar. Menos o seu
ela istá pichar e coisas do tipo, voto, por enquanto.
pronta e nada do que eu possa E aí, vamos conver-
pra tentar te provar irá te , sar? Até porque eu
akira
cazá i d a me X ssa-
convencer do contrá- om M
a
o pa as não estou a fim de
só istá ado c la nã st
rio, então, pelo menos c o mbin xemplo, e as respo da perder tempo. Meus
, n o dia p o re u n d iu a r ca
percu- acredite nisso: nada é zmen
t e
mos.
. .
E co
n f
relac
io n
assessores me fa-
Infeli tava, diga fômetro. mesmo
rano um noivu qui ceja rico i bunitio. tão ruim que não pos- ela e s d o b a o c
te v dono.
ê
laram que se dessa
teste r, ten
Si não for ricu nem bunitu num tem sa piorar bastante. Por ria no Por favo spectivo
.
todas ento ao
r e vez eu não comprar
poblema, mas pelu menu teim qui isso, recomendo que pens
am votos, eu perco de
istar vivo e cum o corassao bateno. você acabe por votar novo. E eles estão
em mim mesmo. Com doidos pra tomar
certeza vai ser daí pra conta dessa cidade.
MEIS DAS MÃE TAMEM melhor. Dessa vez, Ah, e se isso não te
Quiria tomem umenajiar u meiz dais minha proposta é de, convence, não se
mãe, pubricano a fota da sinhora antes de iniciar o man- esqueça que eu sou
minia mãe dona Heliogina, qui nu dato em 2013, revogar quase um santo!
auto dus seus 118 ano cuntinua firmi i a Lei de Murphy, que Amigos, descobri que não tenho vocação pra vice. Tentei Pelo menos, todo
forti tocano zaraia lá ni Uruburetama tanto tem atrapalhado durante um tempo, mas não dá. Não é a minha praia. Afinal, mundo aqui fala
minia sidadi natau. Ela é DJ de fanque a nossa cidade nos sou flamenguista de coração. Peço o seu voto para poder isso.
do baili dos crube i agoura vai si caza últimos anos. largar dessa minha vida e melhorar a sua. Vote em mim!
di novu cum um rapaiz mutio maiz
novu qui tem indade pra cer netu dela
di apenas 85 ano. Parabem mamai.

maio de 2012 www.ocarapeba.com.br 03


“Pode isso, Arnaldo?”...
P
erguntaria isso com certeza o Galvão Bueno, se “Grande Encontro Político”. Não
aqui estivesse. Tecnicamente, não sei se isso é é coincidência a marcação de dois
campanha política extemporânea. Mas se o que a eventos simultaneamente. Foi uma
gente assistiu durante todo o dia 17 de maio em Araru- queda-de-braço política, na qual
ama não for, eu desisto de entender as regras. Não eram todos os envolvidos se empolgam,
eventos restritos, e sim, apelativos à participação da po- mas ninguém ganha nada com
pulação. De um lado, no restaurante Bella Bel, o evento isso e alguns ainda se “queimam”,
“Volta,Chiquinho”, estrelando, o próprio - Chiquinho da assim como os fogos de artifício que
Educação. Na verdade, ele não pode se candidatar a nada estouraram durante todo o dia e
por aqui, pois seu domicílio eleitoral é em Búzios, e o seu noite, fazendo barulho, chamando
retorno tem como objetivo apoiar a pré-candidatura a a atenção por um instante, e depois,
prefeito de seu irmão, o empresário João Ribeiro. Alguns sumindo. No único placar que pude-
metros à frente, no diretório do PR local, em cuja fachada mos contabilizar, Chiquinho ganhou seguido pela apresentação do showman da política, no
fica evidente que o presidente se chama Miguel Alves fácil: um número bem maior de pessoas em sua reunião, qual o personagem ora é da Educação, ora se transforma
Jeovani, graças a um letreiro gigantesco que propagan- incluindo aí gente do povo mesmo, encheu o restaurante no Atacadão, arrancando risos e lágrimas de seus fãs
deia o nome do deputado-possível-pré-candidato-a-pre- e o entorno. Na sede (não “sêde”) do PR, encontrava-se o e surpreendendo muitos que não conhecem o roteiro
feito, outro grupo aguardava a chegada do ex-governador “grupo” e pouquíssimos populares. A fórmula do Chiqui- do espetáculo. E a receita “ex-governador Garotinho +
Garotinho e o presidente local para um autodenominado nho realmente é bem melhor: comes e bebes no começo, cachorro quente no final” já não faz o sucesso de outrora.

A volta
“Se eu não fosse tão escroto, poderia chegar a Presi- Araruama para ajudar
dente da República”, refletiu ele em uma ocasião, du- na pré-campanha a
rante entrevista. Paradoxalmente, mudou seu nome prefeito de seu irmão,
para Chiquinho da Educação após a reeleição. Nos o empresário João
últimos quatro anos, fez um governo considerado Ribeiro, que resolveu

de quem não foi


“meia-boca” por muitos, no qual o marketing criado se lançar na política.
por ele dava sinais claros de desgaste, o que lhe ren- Como fator decisivo

N
deu uma grande rejeição ao final do seu governo, no para tal mudança de
ão foi dessa vez que o plano de ser prefei- qual as dívidas chegaram ao descontrole total. A crise direção, ele anuncia que
to de Búzios funcionou. Mas para ele, não era tanta que gerou uma briga à parte na última elei- tem um câncer na
existe esse negócio de “não deu certo”, no ção majoritária: os então candidatos André Mônica, garganta, igual ao
máximo aconteceu uma rápida mudança de planos. posteriormente eleito, e o derrotado Miguel Jeovani do ex-presidente
Em se tratando de Chiquinho da Educação, nada acusavam um ao outro de serem apoiados por Chi- Lula. Em tom
costuma seguir a lógica ou ser previsível. Amando quinho. Finalmente, ele resolveu disputar a eleição misericordioso,
ou detestando o “cara”, temos que reconhecer: parece em Búzios, a cidade que ele já pretendia residir ao Chiquinho pede
que ele nasceu para estar em evidência. Ex-prefeito término do seu mandato, inclusive sendo acusado de orações a todos, amigos e inimigos. Segundos depois,
de Araruama por dois mandatos, ele revolucio- construir sua mansão utilizando operários da pre- quase sem perceber, muda de postura e não poupa
nou a cidade em sua primeira administração, após feitura de Araruama durante o expediente, o que lhe ninguém de seus já conhecidos ataques verbais e
recebê-la aos pedaços das mãos do seu antecessor, o rendeu um processo no qual ele alega inocência. chamamento para a briga (física, inclusive).
“cômico se não fosse trágico” Meira. Ainda assim, foi Em 2012, após chegar lá do nada e fazer tanto baru- Os muitos amigos e inimigos que colecionou durante
reeleito por muito pouco depois de um quase empate lho a ponto de ser cotado como um dos prefeitáveis essa saga (e são muitos, de ambos os lados), não têm
técnico, em 2004. Se por um lado ele elevou a auto- na terra que Brigitte Bardot ecoou pelo mundo, foi dúvidas apenas de uma coisa: é difícil segurar esse
estima da cidade por meio de uma política voltada crescendo a possibilidade da inelegibilidade para cara. Então, mais adequado do que a campanha “For-
ao marketing, por outro, criou uma atmosfera de o cargo pretendido, graças a esse e outros vários ça, Chiquinho!”, que menospreza a sua conhecida
resistência por parte de pessoas de diversas correntes processos jurídicos. Em maio, Chiquinho anuncia disposição para o embate, seria lançarmos a campa-
ideológicas, graças ao seu jeito pouco educado de ser. sua desistência à prefeitura de Búzios e volta para nha “Some enquanto é tempo, tumor!”.

A chegada principal no exercício do cargo de deputado estadual


é a de legislar, propor, emendar, alterar e revogar leis
estaduais, além de fiscalizar as contas do governo
Miguel ainda deu várias “bolas fora”, até hoje não
explicadas. Quando questionados, ele e sua assessoria
demonstram a mais profunda indignação, mas não
de quem ainda não veio estadual, criar Comissões Parlamentares de Inqué- respondem. O único barulho que sua equipe faz é

E
rito e outras atribuições referentes ao cargo. Para na hora de atacar o governo municipal. A coisa mais
m 2010, muitos de nós participamos de uma fazer essas “coisas chatas” e ainda assim aparecer, o fácil de fazer no mundo, em qualquer lugar. “Se hay
campanha daquelas para se vestir a camisa camarada tem que ser bom mesmo. Senão fica assim, gobierno, soy contra”. É sempre assim, sendo bom ou
com vontade. Um espécie de “Marcha do como diriam os adolescentes, “avulso”, passa desper- ruim. Assim como sem resposta ficou a carta aberta
Orgulho Araruamense”. Cinquenta anos sem um de- cebido. O que o povo gosta mesmo é de ação, o que publicada aqui na última edição (disponível ainda no
putado araruamense nos deixaram ansiosos por de- teoricamente não combinaria muito com o manda- site do O CARAPEBA). Não para nós, que a escreve-
mais. E emplacou. Hoje, quase um ano e meio depois to de deputado. Mas na prática, a coisa é diferente. mos, mas para quem votou no deputado e está com a
de iniciado, e o placar do mandato tão aguardado Acostumados com as propaladas obras “trazidas” há pulga atrás da orelha, pensando: “Será que o Miguel
pelo povo de Araruama do depu- anos pelo nosso deputado “emprestado” Paulo Melo, está envolvido nisso tudo mesmo?”. Nem que seja um
tado “da terra” Miguel Jeovani nós, araruamenses, esperávamos pelo menos o triplo reconhecimento de erro, ou uma desculpa bem dada
ainda está no zero. Seja por vindo das mãos de um deputado “só nosso”. E nada! (ratificando: DESCULPA BEM DADA). Mais uma
falta de competência ou habi- Nem um centésimo delas... Na verdade, não cremos vez, não somos nós que queremos essas explicações.
lidade da equipe que o cerca, que ele não queira buscá-las, afinal ele precisa no A gente aqui, infelizmente, já sabe a resposta.
ou o reflexo de uma tentativa mínimo justificar os votos que recebeu. Mas está Depois disso tudo, o partido cogita sua pré-candida-
de entrar no chamado “mun- faltando alguma coisa. Pode ser o mesmo que falta tura a prefeito, abrindo mão do seu (nosso?) cargo de
do político” de qualquer ao atacante do time de futebol que não consegue deputado para a sua suplente Verônica Costa, a “Mãe
jeito, muitos ex-eleitores de balançar as redes: habilidade. Ou uma equipe que Loira do Funk”. Sendo assim, só resta nos conformar-
Miguel se desiludiram com colabore, fazendo a bola chegar “redondinha” para mos com o que fizemos antes e o que fizermos daqui
os resultados práticos de sua ele apenas tocar para o gol. para frente. Tomara que pelo menos ela faça um bom
atividade parlamentar. A função No seu “Inacreditável Futebol Clube” particular, mandato, por mais improvável que isso seja.
04 www.ocarapeba.com.br maio de 2012
a u s o s Aconteceu socorros, feira de artesanato, com as roupas delas e jogaram

C em Praia Seca
torneio de futebol masculino
e feminino e um grande bolo,
entre outras coisas.
uma partida de futebol, em
um acontecimento que entrou
para a história de Praia Seca.

e No ano de 2009, a Praça Esco- Mas o principal acontecimento


ficou para o fim da festa, com
Foi um show.

s
la resolveu comemorar o Dia

l e n d a Internacional das Mulheres de


uma forma diferente. Foram 3
dias de festividades, nos quais
a competição entre os times
“Donas de casa” e “Peruas”,
que na verdade foi uma home-
Nota da redação: esse foi o pri-
meiro grande evento realizado
pelo Marcelo Carapeba em Praia
Seca junto com a equipe gestora
tivemos desfile, tratamento nagem dos homens para todas
da Praça Escola.
de beleza, curso de primeiros as mulheres. Eles se vestiram

A História do Lobisomem da Pernambuca


“Numa noite ouvi um ronco, Nesta noite ninguém dormiu,
estava com meus cinco irmãos amanhecemos em claro.
e meu pai falou: Nunca mais o lobisomem apa-
- Pela roncaria, deve ser lobi- receu.”
somem. (Relato do Sr. Abílio Índio, no
O gato preto entrou pela casa programa “Praia Seca de Todos
adentro e correu pra debaixo da os Tempos”, do dia 30 de junho
cama (tarimba). Subimos todos de 2011, sobre o fato ocorrido
em cima dela. O lobisomem en- na Pernambuca)
trou debaixo da cama querendo Nota da redação: Deve estar com
agarrar o gato. Com o peso, ela dor nas costas até hoje, e acredita-
quebrou e caiu todo mundo em -se na aposentadoria do bicho, pois
cima do lobisomem, que saiu desde esse dia ninguém mais ouviu
falar dele.
correndo porta afora.

maio de 2012 www.ocarapeba.com.br 05


Procurando imóvel para comprar ou
alugar... Thiago Silveira é a sua solução
(22)2661-2241/ (22)8111-8568/(22)8857-2759
CRECI/ RJ: 51643
ALUGA –SE EM PRAIA SECA cabos de telefone.
1 – Casa com 3 quartos sendo 1 Preço : R$ 380.000,00 ( Trezentos e oi-
suíte,sala de jantar, sala de estar, living, 2 tenta mil Reais). Documentação OK.
banheiros,cozinha, varanda ampla.
2 - Casa com 99 m² de área cons-
2- Casa com 2 quartos, 3 banheiros, chur- truída com 2 quartos, 2 banheiros,
rasqueira, fogão a lenha, terraço, cozinha, sala,cozinha,varanda com churrasqueira,
lavanderia, área, varanda ampla. Aproxi- salão de jogos, piscina, garagem, porteira
madamente 50 metros da lagoa e 200 me- fechada. Ponto de ônibus na porta, frente
tros do shopping GG. para o mar, próximo a escola e a lagoa
de Araruama. Cerca de 3 km do centro
VENDE- SE EM PRAIA SECA comercial de Praia Seca, do posto de
1 - Casa com terreno de 1400 m2 , com saúde,correio e sub- prefeitura.Condomí-
aproximadamente 620 m2 de área cons- nio de frente para o mar com funcionários
truída sendo a casa principal com 5 quar- 24 hs, câmera de segurança,piscina, qua-
tos (sendo 3 suítes), 3 banheiros, um la- dra poliesportiva, portão eletrônico.
vabo, sala de jantar, sala de tv e sala de Preço: R$ 250.000,00 (Duzentos e cin-
estar, ampla cozinha com aquecimento quenta mil Reais). Documentação ok.
solar com vitraux no teto e toda em grani-
to e moveis sob medida, todos os banhei- 3 - Casa com terreno 332,40 m², sendo
ros tem blindex e aquecimento solar da 122,21 m² de área construída com 3
agua, mais dois quartos, sala, cozinha e quartos (sendo 1 suíte), 2 banheiros, sala,
banheiro independente na casa de caseiro cozinha, área de serviço, varanda com
são mais dois quartos e lavanderia com churrasqueira, área de ventilação, gara-
blindex, churrasqueira com fogão a lenha gem, água encanada.
e canil, vaga para 3 carros cobertos. Em Preço: R$ 175.000,00 (Cento e setenta e
toda a casa existem pontos de antena e cinco mil Reais).Documentação ok.

PRECISA-SE
Auxiliar de serviços gerais domésticos ANUNCIE NO
masculino ou feminino para
trabalhar 3 horas por dia, ajudan- O CARAPEBA
do a cuidar de cachorros.
Falar com dona Carmem (22) 8806-7457
(22)2661-2645
Rua São Miguel - Praia Seca (22) 2664-1834

06 www.ocarapeba.com.br maio de 2012


OS MILAGRES São Jorge: A história verdadeira

Evangelho puro e simples


CONTRA O
Hermes C. Fernandes

Em torno do século III D.C., quando Dio- temunho”. (Lucas 21.12:13 – Grifo nosso).

AMOR…
cleciano era imperador de Roma, havia nos A fé deste servo de DEUS era tamanha que
domínios do seu vasto Império um jovem muitas pessoas passaram a crer em Jesus e
soldado chamado Jorge de Anicii. Filho de confessa-lo como SENHOR por intermé-
Rev. Caio Fábio pais cristãos, converteu-se a Cristo ainda na dio da pregação do jovem soldado romano.
infância, quando passou a temer a Deus e a Durante seu martírio, Jorge mostrou-se tão
O que diferencia as coisas de Deus das coisas crer em Jesus como seu único e suficiente confiante em Cristo Jesus e na obra redento-
dos deuses entre os homens, não são mila-
salvador pessoal. Nascido na antiga Capa- ra da cruz, que a própria Imperatriz alcan-
gres, nem poderes, nem demonstrações, nem
dócia, região que atualmente pertence à çou a Graça da salvação eterna, ao entregar
sinais, nem prodígios, nem coisas extraordi-
nárias, posto que todas essas coisas sempre
Turquia, Jorge mudou-se para a Palesti- sua vida ao SENHOR. Seu testemunho de
tenham se manifestado entre todos os povos na com sua mãe, após a morte de seu pai. fidelidade e amor a DEUS arrebatou uma
da terra. Tendo ingressado para o serviço militar, geração de incrédulos e idólatras romanos.
Línguas estranhas, profecias, sonhos e visões, distinguiu-se por sua inteligência, cora- Por fim, Diocleciano mandou degolar o
curas, sinais prodigiosos, etc... — estão pre- gem, capacidade organizativa, força física jovem e fiel discípulo de Jesus, em 23 de
sentes em todos os registros de quase todos os e porte nobre. Foi promovido a capitão do abril de 303. Logo a devoção a “São” Jorge
povos primitivos. exército romano devido a sua dedicação e tornou-se popular. Celebrações e petições
Portanto, o que diferencia as coisas de Deus Milagres do amor curam e não adoecem a habilidade. a imagens que o representavam se espalha-
das coisas dos deuses não são fenômenos, mas alma... Tantas qualidades chamaram a atenção do ram pelo Oriente e, depois das Cruzadas,
um único fenômeno: o amor... Mas os milagres dos fenômenos, esses matam próprio Imperador, que decidiu lhe confe- tiveram grande entrada no Ocidente. Além
Não é o nome de um deus ou de “Deus” é o o espírito...; pois criam fé no milagre e não em rir o título de Conde. Com a idade de 23 disso, muitas lendas foram se somando a
que faz a diferença, mas exclusivamente o Deus, e dão ao que busca o milagre a sensação anos passou a residir na corte imperial em sua história, inclusive aquela que diz que
amor... errada de que o milagre valida a experiência Roma, exercendo altas funções. Nessa mes- ele enfrentou e amansou um dragão que
Onde o diferencial é amor, não importa a cul- da pessoa com Deus; e não é o caso... ma época, o Imperador Diocleciano traçou atormentava uma cidade...
tura, o ambiente religioso, a ignorância, wha- Por isto é que no Evangelho o único milagre a planos para exterminar os cristãos. No dia Em 494, a idolatria era tamanha que a Igre-
tever... ser sempre celebrado é o da conversão, é o do marcado para o senado confirmar o decreto ja Católica o canonizou, estabelecendo cul-
Se há amor, aí há Deus... arrependimento, é o da novidade de vida, é o
imperial, Jorge levantou-se no meio da reu- tos e rituais a serem prestados em homena-
Se não há amor, pode haver o nome de Deus, novo nascimento!...
nião declarando-se espantado com aquela gem a sua memória. Assim,
as doutrinas de “Deus”, culto a Deus, tudo a Ora, esse milagre que o Evangelho busca e
decisão, e afirmou que os os ídolos adora- confirmou-se a adoração a
Deus — mas não haverá Deus aí... celebra, só acontece mediante o amor; pois,
Milagres sem Deus são comuns... sem amor, todo milagre é apenas manifesta- dos nos templos pagãos eram falsos deuses. Jorge, até hoje largamente
O incomum é o milagre de Deus... ção de um fenômeno... Todos ficaram atônitos ao difundida, inclusive em
O sobrenatural não é a marca de Deus... “Ainda que tudo...” — sem amor nada apro- ouvirem estas palavras grandes centros urbanos,
A marca de Deus é o amor... veitará. de um membro da su- como a cidade do Rio
O mundo está cheio de milagres e de sobrena- O problema é que os crentes, à semelhança prema corte romana, de Janeiro, onde desde
tural..., mas vazio de Deus! dos judeus dos dias de Jesus, buscam sinais, defendendo com grande 2002 faz-se feriado mu-
Jesus fez muitos milagres, mais milagres do mas não querem a Palavra! coragem sua fé em Jesus nicipal na data come-
que qualquer outro ser humano... Assim, buscando sinais não crêem no amor e na Cristo como Se- morativa de sua morte.
No entanto, a leitura do Evangelho nos mos- fé como sinais que superam todos os demais... nhor e salvador Jorge é cultuado através
tra que Jesus faz milagres como um gesto de Ao final, o que acontece é que um milagreiro dos homens. de imagens produzidas
amor pela fraqueza e pela dor humana, mas lê este meu texto e ri de mim, desse coitado, Indagado por em esculturas, medalhas e
não como um recurso da revelação de Deus... desse romântico, desse otário, desse bobo que um cônsul cartazes, onde se vê um
Ao contrário, Jesus denuncia a relação ado- fica aí falando de amor... sobre a ori- homem vestindo uma
ecida das multidões com os Seus próprios Eu, todavia, creio tanto nisto quanto em tudo gem desta capa vermelha, mon-
milagres; e diz: “Não foi por mim e nem pela o mais..., mas quero apenas ser discípulo dos ousadia, Jorge tado sobre um cava-
Palavra que vocês voltaram, mas porque vocês milagres do amor de Deus, e não tenho desejo prontamente lo branco, atacando
comeram pão de graça”... por nenhum poder que não nasça exclusiva-
respondeu- um dragão com uma
Jesus fez e aconteceu... até que “os judeus” co- mente do amor.
-lhe que era lança. E ironicamen-
meçaram a “pedir sinais”...
por causa te, o que motivou o
Então Ele foi diminuindo... Nele, de Quem aprendi que se não for assim
A esta geração não será dado outro sinal senão o [...] de Deus não é, da VER- martírio deste ho-
do profeta Jonas! — disse Jesus nessa hora. DADE. O mem foi justamente
tal cônsul, sua batalha contra a
www.caminhodasostras.blogspot.com não satisfei- adoração a ídolos...

A Lei e a Graça
to, quis saber: Apesar dos engano e da
“O QUE É A VERDADE?”. Jorge respon- cegueria espiritual das gerações seguintes, o
deu: “A verdade é meu Senhor Jesus Cris- fato é que Jorge de Capadócia obteve um tes-
Marcelos Louzada
to, a quem vós perseguis, e eu sou servo de temunho reto e santo, que causou impacto e
Mentor do Caminho da Graça em R. das Ostras duas das
meu redentor Jesus Cristo, e nEle confiado ganhou muitas almas para o SENHOR. Por
A Lei e a Graça são realidades bíblicas tan- maiores
me pus no meio de vós para dar testemu- amor ao Evangelho, ele não se preocupou
to quanto são realidades cruas e históricas religiões
nho da Verdade.” Como Jorge mantinha-se em preservar a sua própria vida; em seu ínti-
judaico-cristãs. da terra:
fiel a Jesus, o Imperador tentou fazê-lo de- mo, guardava a Palavra: “ ...Cristo será, tanto
A primeira,oriunda do Sinai tem nos juda-
sistir da fé torturando-o de vários modos. agora como sempre, engrandecido no meu
judeus uma especificidade objetiva e ísmo e
E, após cada tortura, era levado perante o corpo, seja pela vida, seja pela morte” (Fili-
nos não-judeus uma permissividade cristia-
Imperador, que lhe perguntava se renega- penses 1.20). Deste modo, cumpriu integral-
inclusiva,porém,restrita pelos seus pró- nismo.
ria a Jesus para adorar os ídolos. Porém, mente o propósito eterno para o qual havia
prios meandros processuais ritualísticos Da bipo-
este santo homem de DEUS jamais abriu nascido: manifestou o caráter do SENHOR e
de crença e pelo forte imantamento da laridade
mão de suas convicções e de seu amor ao atraiu homens e mulheres para Cristo, esten-
tradição folclórica cultural que vem sen- excêntrica tribal desse chão religioso ofi-
SENHOR Jesus. Todas as vezes em que foi dendo a salvação a muitos perdidos.
do perpetuada de geração à geração até os cializou-se o endeusamento da moral,da
interrogado, sempre declarou-se servo do Se você é devoto deste celebrado mártir da
dias de hoje. virtude,do sagrado e da produção inde-
DEUS Vivo, mantendo seu firme posicio- fé cristã, faça como ele e atribua toda hon-
Já a outra,surge livre no Calvário estabe- pendente humana do “comigo ninguém
namento de somente a Ele temer e adorar. ra, glória e louvor exclusivamente a Jesus
lecendo definitivamente e para sempre pode” como fins que justificam os meios
Em seu coração, Jorge de Capadócia dis- Cristo, por quem Jorge de Capadócia viveu
um único mediador entre Deus e os HO- de salvação do SER à revelia da GRAÇA
cernia claramente o própósito de tudo o e morreu. Para além das lendas que envol-
MENS, JESUS CRISTO-HOMEM. que salva.
que lhe ocorria: “... vos hão de prender e vem seu nome, o grande dragão combatido
Por essa razão,a carta aos romanos pro- Trocando em miúdos:o que estou
perseguir, entregando-vos às sinagogas e por ele foi a idolatria que infelizmente hoje
mulga que o fim da lei é Cristo para a justi- dizendo,entre outras coisas é o seguinte:a
aos cárceres, e conduzindo-vos à presença impera em torno de seu nome.
ça de TODO o que crê. Lei foi, a Graça é.A Lei apontou a direção,a
de reis e governadores, por causa do meu Em: www.hermesfernandes.com/
Infelizmente,a hermenêutica dos fervo- Graça nos agasalhou no Caminho.
nome. Isso vos acontecerá para que deis tes- www.genizahvirtual.com.br
rosos adeptos dessas vertentes suscitou Simples,não?

maio de 2012 www.ocarapeba.com.br 07


PTdoB realiza Encontro Municipal
e apresenta pré-candidaturas
A grande mobilização popular supera as expectativas e demonstra o crescimento do partido em Araruama

Executiva do PTdoB Araruama

Professora
Claudia Chagas

Anderson Moura - Presidente do PtdoB Araruama

N
o último dia 04 de maio, o Partido Traba-
lhista do Brasil – PTdoB – Araruama, cujo
Presidente é Anderson Moura, realizou um
encontro de seus filiados e lideranças no auditório do Sr. Paulo Cezar -
Hotel Ver a Vista. Representando a Melhor Idade
Apesar do espaço insuficiente para comportar as cer-
ca de 1.000 pessoas que estiveram no local, em um
clima de extrema participação e entusiasmo, os mi-
litantes conheceram o Programa do Partido para as
Presidente de Honra do PTdoB
Eleições Municipais. Ezenildo Moura
Com muito otimismo e determinação o Presidente
Anderson Moura enfatizou a necessidade da união de
todos, pois, segundo ele, essa é a chave para a conquis-
ta de uma sociedade justa e de uma cidade com opor-
tunidades para seu povo. “O PTdoB apresentará uma
proposta viável que alcançará todas as famílias ararua-
menses. Não basta trocar de Prefeito, o quem tem que
mudar é a forma de governar. Queremos paz na polí- Dr. Luis
tica municipal, queremos um debate consciente e não Brasil -
guerra de vaidades”, explica Anderson. Servidor
Público
Na oportunidade foi apresentado o nome de Ander- Municipal
son Moura como pré-candidato a Prefeito pelo PTdoB,
como também foram apresentados os pré-candidatos a
Vice-Prefeito(a) e vereadores.
A liderança do Partido deixou bem claro que todo es- Wellington Correia - PTdoB Jovem
forço será feito para eleger de 2 a 3 vereadores.
Fizeram uso da palavra o Presidente de Honra do PTdoB
Ezenildo Moura, representando as mulheres do partido Anderson Moura e
Elias Falcão
a Professora Cláudia Chagas, Dr. Luis Brasil discursou
representando os servidores públicos, o jovem Welling-
ton Correia representando a juventude e o Sr. Paulo Cé-
sar representando a Terceira Idade. Participou também
o ex-prefeito de Cabo Frio e ex-deputado estadual Alair
Corrêa, que deixou sua mensagem.
Fato que ficou notório para a coordenação do PT do
B é que, apesar de amplo, o espaço do Salão de Con-
venções do hotel ainda foi insuficiente para tamanho
público, o que inviabilizou a participação da grande Anderson Moura e
maioria dos presentes no interior do auditório. Ana Serpa

08 www.ocarapeba.com.br maio de 2012


Anderson Moura e Anderson Moura e André do Lava
Josie Quele Silvinha Jato

Assis Cotinha e
Anderson Moura Cleber Dias

Arilson Marinho e
Anderson Moura

Enfermeira Heloísa Helena Jamil e


Carmem Anderson
Moura

Maguinho e Anderson Moura Professor Lizoel e


Anderson Moura

Marcos do Mutirão
e Anderson Moura

Professora Patrícia e Rafael Chagas e


Anderson Moura Quinho e Anderson Moura Anderson Moura

Vaval e Volney Muller e Anderson Moura


Anderson Moura

Uziel Moura e
Anderson Moura

maio de 2012 www.ocarapeba.com.br 09


O DIÁRIO DO CARAPEBA Disque-denúncia Chapeuzinho Vermelho Turismo em alta HC Lagos investe
eleitoral
O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-
visita Araruama
Se a história da Chapeuzinho Vermelho fosse
Nos últimos dias disponíveis para a
mudança do domicílio eleitoral de
em infraestrutura
Ampliação do hospital o coloca como maior centro cirúrgico e de
-RJ) do Rio de Janeiro lançou neste verdadeira e tivesse acontecido em Ara- quem pretende votar em 2012, Ara-
mês o Disque-denúncia Eleitoral. ruama, como a imprensa local iria veicular a ruama recebeu coincidentemente emergência na Região, aonde podem ser executados até cinco
O serviço funcionará até o término notícia? um fluxo de turistas enorme. Vários procedimentos simultaneamente

I
das eleições municipais de outubro. pré-candidatos faziam um “bico” naugurado em 1998, o Hos-
*Programa de rádio da oposição em como guias turísticos para levá-los
O objetivo é auxiliar a Justiça na As filas dobravam o quarteirão. O pital das Clínicas da Região
Araruama* a conhecer um dos nossos mais legal é que muitos dos turistas gos-
fiscalização de abusos cometidos por dos Lagos nasceu da iniciati-
taram tanto da cidade que resolve-
políticos não só no período eleitoral. belos cartões-postais, a sede do ram aproveitar a viagem e transferi- va de um grupo de médicos, que
“Pasmem senhoras e senhores! Cadê TRE. decidiram unir-se em torno do
Quem presenciar qualquer irregu- ram seus títulos logo de vez!
esse prefeito que deixou a chapeuzinho mesmo ideal e abraçar o projeto
laridade relacionada à propaganda
Impagáveis política pode comunicar entrar
ser engolida, assim!??? Não bota segu- criado pelo médico Dr. Marcelo
rança na cidade não, hem??? Ah, tem foto Amaral.
Gostaríamos de agradecer em contato com a Justiça Eleitoral Sendo uma das únicas Socieda-
do lobo aí? Humm... nossa, por onde anda essa fera,
aos milhares (quase isso) fluminense. Uma vez formalizada a des Anônimas do município de
hem? Alto, forte... Quero conhecer...”
de leitores que nos para- denúncia é gerado um número de Araruama, é também referência
benizaram pela volta do protocolo que é repassado ao de- em tecnologia aliada a huma-
*Programa de rádio da situação em Araruama*
jornal, por telefonemas nunciante, mesmo quando ele não nização hospitalar. Possui uma e o respeito. No começo éramos apenas
e e-mails . Muita gente se identificar. O protocolo permite infraestrutura com o mais moderno doze, logo em seguida, passamos a vin-
“Vamos deixar um abraço aqui do nosso prefeito pra e completo Centro Cirúrgico na Re-
escreveu a frase “Gente, à pessoa acompanhar o andamento te, e hoje, chegando a vinte e oito sócios
Chapeuzinho, ôooo Chapeuzinho, gente boooua, lá de
vocês são impagáveis!” . das investigações ou oferecer novos onde praticamente todos, em alguma
Morro Grande. Alô Morro Grande, nosso prefeito daqui a época, participaram do conselho de ad-
O problema agora é ter dados ao procedimento aberto.
pouco vai estar aí com a comunidade!” ministração. Cientes do que estávamos
que explicar para o Seu O Disque-Denúncia do TRE-RJ está
recebendo as denúncias pelos núme- construindo não era só para nós, mas
Hélio, nosso patrão, o que *Jornais “vendidos”/“comprados”* para todos aqueles que desejassem exer-
isso significa. Por exem- ros (21) 3513-8144 e 3513-8249, que cer com qualidade e seriedade o seu tra-
plo, esse mês o salário aceitam ligações a cobrar, inclusive
- Araruama vive o pior momento da história na questão da devoração de Aprendendo cidadania balho sacerdotal de salvar vidas ou me-
não saiu. A desculpa dele de celular, ou também pelo telefo-
criancinhas Alunos do 8º e 9º ano do Colégio Santanna visitaram a Câmara Municipal
é sempre essa, “us povu ne: (21) 3513-8204. O horário de
atendimento vai das 11h às 19h, de de Araruama durante uma sessão parlamentar , incentivados pelo profes- Quartos especiais para que seus hóspedes
tudu tão dizeno qui voceis - Araruama vive o melhor momento da história no combate aos lobos maus
se sintam a vontade, criando assim, um am-

segunda à sexta-feira. Outro canal sor Wilson Magalhães. Os adolescentes viram o que a maioria absoluta dos biente propício para uma ótima recuperação.
são impagáveis” gião (cinco salas de cirurgia), Centro
disponível para o cidadão é o e-mail cidadãos de Araruama nunca tiveram oportunidade ou interesse de ver ao
*Revista O CARAPEBA* vivo: como trabalham os vereadores. Aqueles mesmos, que nós só costu- de Tratamento Intensivo (dez leitos),
Superlua, denunciapropaganda@tre-rj.jus.br.
Será que as companhias telefônicas mamos nos importar perto das eleições. E parece que tem alguns que são maternidade, berçário, consultórios,
atendimento ambulatorial, trinta e
mais uma vão dar conta de tantas ligações?
800% menos lobos na cidade - Aqui é assim: Prefeito mata o lobo e mostra o...
índice de desenvolvimento da FIRJAN
iguais a jogadores de futebol e artistas: quando têm “casa” cheia, procuram
quatro leitos de internação e Pronto-
-Atendimento 24 horas em Pediatria e
conquista Clínica Médica . Instalações totalmente adequadas
as normas da ANVISA

A coisa está tão ‘desespe- Bloco das Piranhas como inspiração Visando oferecer o que há de melhor
em conforto e comodidade para os
lhorar a condição de vida do próximo,
conclui Dr. Marcelo.
rante’ que, para mostrar A personagem Valéria seus pacientes, possui quartos espe- Com sua localização estratégica em uma
algum serviço, tem asses- Vasquez, criação do ator das avenidas mais conhecidas do Muni-
soria de deputado pen- Rodrigo Sant´Anna e que faz cípio, possui a rota mais acessível em ca-
sando em espalhar que enorme sucesso no progra- sos de urgências, tornando-se também,
a chamada “Super Lua” ma Zorra Total, da Rede referência em qualidade de atendimento
que foi avistada no início Globo, pode ter nascido
desse mês foi mais uma em... Araruama. É o que des- Dr. Marcelo Amaral e os prefeitos Fran-
conquista pedida pelo Para- cobrimos lendo a entrevista ciane Mota e André Mônica, durante a
confraternização de inauguração da
seu parlamentar, visando béns dada por Rodrigo ao jornal ampliação do hospital.
aumentar o bem-estar da p a r a
Extra na semana do Carna- ciais para que seus hóspedes se sintam
a amiga a vontade, criando assim um ambiente
nossa população. Boa Nauanna, que fez 15 anos no dia 5 de val/2012, onde ele conta qual
ideia, com certeza vai ter propício para uma ótima recuperação.
maio e teve o bom senso de nos convi- foi a sua folia inesquecível:
Para o médico, Dr. Marcelo Amaral, ide-
quem acredite. dar para a festa. Beijos!
“O carnaval de 99 foi o me- se apresentar melhor, falando com mais ênfase, mostrando maior disposição alizador do projeto HC Lagos, o segredo
lhor de todos, saí em Araruama, no Bloco das Piranhas (risos). Este ano, e bom humor para realizar suas funções. Por falar nisso, entra presidente, sai do sucesso foi o comprometimento da-
Uma das cinco mais modernas e bem
equipadas salas de cirurgia na Região.
estou decidindo se vou a Salvador ou se desfilo no Rio. Eu quero presidente, e a Câmara até hoje não se interessou em transmitir as sessões queles que abraçaram o projeto. de emergências clínicas na região.
mais é beijar na boca!”, confidenciou Rodrigo. pela internet, como centenas de outras cidades já o fazem, nem que seja via - No início, parecíamos loucos em O HC LAGOS é, na Região dos Lagos, pio-
Bem, nós já fomos conhecidos por motivos mais nobres. Mas, “tá va- webcam, com custo quase zero. O que está faltando para isso acontecer? uma busca utópica do hospital perfei- neiro em diversas áreas, tais como Vídeo
lendo”... Aaaaai, como nós tamos bandidas! Ooops! to. Sabiamente fizemos como marca Cirurgias, Tomografia Computadorizada e
de nossos projetos a parceria, a união UTI. Sua Equipe Técnica e Médico-Hospi-
talar é treinada de modo a oferecer segu-
rança, conforto e qualidade aos usuários.
O que antes parecia um sonho tornou-se
uma realidade que além de virar referên-
cia na área da medicina, incrementou o
crescimento socioeconômico do municí-
pio, que como um dos poucos do interior
do estado, tem um hospital que oferece
segurança e qualidade de atendimento.

10 www.ocarapeba.com.br maio de 2012 www.ocarapeba.com.br 11


Movimento Volta Baiacu!

PICA-PAU, MEU QUERIDO


AMIGO, EXISTE ALGUM
RADIALISTA-ASSESSORISTA
VOU DAR MAIS SINCERISTA E
UMAS BICADAS VERDADEIRISTA
NESTE CARA DE PAU! DO QUE EU?

O DIA EM QUE O BAIACU FOI PARAR NA DELEGACIA


A PALAVRA DO EDITOR
COLOCANDO O BAIACU NA RETA
ENTRE TORTAS E QUEIJOS
“Boas idéias são como flores caprichosas que Ah, mel São Miguel, protetor dos frangos e dos meus alhos, VEJA que, desde novinho,
não costumam brotar no mesmo jardim em dos embutidos. Tá rum pra chuchu com- praticamente estou morango entre as pra-
mais de uma primavera”. Sabe de quem é esta prar o tal pão de cocada dia. E a mantei- teleiras deste supermercado... Como passas
pérola filosófica? É minha! Assim foi com O
ga que está os óleos da cara. E, aqui entre o tempo... Para aonde carvão TODDYs os
BAIACU: uma boa idéia que não tinha como
não virar o maior sucesso comercial do ano, em nozes, azeite meu conselho porque quem sonhos e FANTAsias que,dias atrás, fari-
nossa cidade. Desde que atingisse dois objeti- Anvisa, amido é: manga logo um mila- nham toda a diferença e eram puro delei-
vos básicos: conquistar leitores entusiasmados gre dos grandes, pra não perder a freguesia. te? Ficaram lembranças amargas como jiló
e anunciantes mais entusiasmados ainda. Você
Afinal, pêra aí, santo que não faz milagre e esses preços cada vez mais salgados. Mas
acredita que nem o Arlindinho gostou do jor-
nal? E olha que o cara não é lá tão exigente serve patê? Logo na empada, um suco no eu não me queijo. Café que tenho, acredito
com essa coisa de jornal. Bastou ter foto ta- peito: cadê as ofertas? Não essas, de mar- que Deus confeita certo por lindas tortas.
manho ofício do deputado, que ele aprova. E cas de segunda galinha, anunciadas nos en- Ou não?
como ele não gostou, adivinha se levou para o
cartes como “imperdíveis”. E asa saco pra
patrão dar uma olhadinha? Só aí eu perdi dois
anunciantes: o sítio e o mercado. E com o Pro- atumrar o que ainda vem por caqui. Os ca-
fessor Wellington, que cismou que era dublê de ras não dão refresco e metem a mamão. E
corpo, estampado na capa, o jornal, de tão mal nem aquele cafézinho eles dão mais. Qual-
falado, acabou indo parar na delegacia. Foi por
quer dia doces, eles botam taxímetros nos
isso eu decidi matar o bicho (estou falando do
jornal), antes que ele me matasse. Daí pra fren- carrinhos e cobram as corridas. Antes, eu
te, dedicaria meus dias e noites apenas ao exer- reclamava dos preços, produtos fora da
cício da literatura. Esquecido, é claro, de que validade e dos iogurtes estufados. Agora,
após dois livros publicados eu permanecia anô- tô na broa, alho mas não vejo, cravo a
nimo e conseguira ficar ainda mais duro. Quer
dizer, eu pensei que esqueceria. Mas Deus nos língua e figo de boca coalhada. Milhor
livre da incrível memória das nossas mulheres. assim. Não uvai adiantar mesmo ficar falan-
Vendo que só me restava um tiro, resolvi que do abobrinhas. Pimenta no cominho dos
era hora de botar o peixe pra fora, de novo. Afi- outros é hortelã. Quando MIOJO no es-
nal, na cidade que tem mais jornais do que lei-
tores, sempre há de ter lugar para uns e outros. pelho e pescado e presunto desfilé diante

OPINIÃO POLÍTICA
VOLTA, CHIQUINHO!
A notícia de que o ex-prefeito de Araruama,
Chiquinho da Educação, por ter sido diagnos-
ticado um câncer, abandonou a disputa pela
prefeitura de Armação dos Búzios, merece ser
comentada.
Chiquinho é, na minha avaliação pessoal, a gran-
de revelação da política da Região dos Lagos
nesta última década. Conseguindo sobressair
num espaço ocupado pelo saquaremense, Paulo
Melo, e pelo veterano cabofriense, Alair Corrêa.
Esta avaliação é muito por conta da reação por todos os demais municípios da Região dos Lagos, ser um administrador, já que para isso servem (ou
ele, Chiquinho, causada sobre o eleitor, tanto como força política respeitada. Claro que, sendo deveriam servir) os secretários, mas tem obrigação
pela sua presença física quanto pelo discurso. ele um homem de extremos, despertando, na mes- de ser um político, acredito que Chiquinho saiu-se
Além, é claro, da difícil proeza de superar os li- ma intensidade, ódios e paixões. bem como Prefeito de Araruama - e uma “coletâ-
mites territoriais de Araruama, ele que é natural Coerente somente consigo próprio, e com a lógi- nea de relevantes obras” demonstra isso -, apesar
de Paty do Alferes, chegando a destacar-se em ca trilhando linhas por vezes invisíveis aos olhos do desgaste de oito anos de mandato, e de ter con-
dos demais mortais, ele sempre pareceu buscar o tra si a máquina de guerra de Anthony e Rosinha
Jornal O BAIACU resultado impossível, menosprezando tombos e Garotinho, que fecharam para Araruama as portas
reinventando-se de seus próprios escombros. do Estado.
Chiquinho, com quem, ao longo de suas campa- E acredito ainda que nossa vizinha, Búzios, tenha
E-mail:
Reprodução internet

nhas e mandatos, mantive alguns poucos contatos perdido uma chance de ouro de dar um salto de
jornalobaiacu@gmail.com pessoais, teve em mim um de seus críticos mais qualidade, elegendo o araruamense Chiquinho para
Blog: veementes. Mas, por conta da ética que deveria seu Prefeito.
www.jornalobaiacu.blogspot.com nortear a função jornalística, jamais lhe neguei o
evidente valor ou o justo aplauso, assim como o Nota do Autor – O título “VOLTA, CHIQUI-
Os textos e artigos são de autoria respeito devido à autoridade (quando Prefeito) e à NHO”, faz referência ao grupo de mesmo nome,
de Carlos Ney pessoa (sempre). recentemente criado em rede social (Facebook).
www.blogdocarlosney.blogspot.com Com a convicção de que o prefeito não precisa

Maio de 2012 Encarte especial “O Baiacu” 13


Simplesmente
Paula
Entrevista com a Primeira Dama do município
de Araruama, Paula Pêgas.
Pergunta - Em cinco anos você tornou-se esposa você do sério?
do prefeito de uma outra cidade, além de mãe do
João. Como foi, para você, processar esta sequên- Agradeço os elogios.
cia tão rápida de eventos marcantes? Na verdade eu não con-
sigo ser “menos” Pau-
Minha vinda para Araruama me fez acreditar que la. O eventual glamour
essa história de traçar planos na vida nem sempre do cargo de Primeira
funciona, já que Deus sabe do nosso futuro mui- Dama, não me afeta. É
to antes dos nossos planos.A mudança radical me o meu trabalho, e ele
assustou, no começo. Morava no Rio, cidade agita- também me dá a possi-
da, trabalhava com assessoria de moda e, do nada, bilidade de poder ajudar
vir para uma cidade calma, casar com o prefeito, meu marido a realizar
ter um filho... Mudou tudo. Mas Araruama é tão um grande governo.
acolhedora! Fiz amigos maravilhosos. Estou tra- Quanto ao que tira do
balhando com o que eu gosto. Pude ajudar tanta sério, a lista não é pe-
gente. Hoje eu estou totalmente adaptada ao ritmo quena: falsidade, men-
da cidade. E amando estar aqui. tira, hipocrisia, arrogân-
cia. Acho que a vida é
Pergunta – Você tem uma rotina totalmente curta de mais para vi-
diferente daquela que é comum a das mulheres vermos de aparência e
araruamenses. Seu marido é prefeito, trabalha com “o rei na barriga”.
de 2ª a domingo, mais de doze horas por dia. E O mundo evoluiu, e ainda vejo pessoas pensando às possibilidades de solução. Como você consegue
como secretária depolitica social, principalmente tão pequeno. Uma pena. conviver, dia após dia, com esta sensação de estar
por ser a SEPOL, você também tem um horário enxugando gelo?
puxado. Sem contar que acompanha seu marido Pergunta – A SEPOL é, por conta do atendi-
em eventos dentro e fora da cidade e, não menos mento direto à população mais carente, a mais Infelizmente a desigualdade social, que é um pro-
importante, ainda tem que cuidar do seu filho pe- “política” de todas as secretarias de governo. No blema mundial, também é visível em nosso muni-
queno. Como você consegue administrar o caos? entanto, ao invés de se promover politicamente cípio. E as conseqüências dela têm que ser enfren-
através do seu trabalho, você insiste em manter tadas pelo poder público, com ações sociais como
Confesso que é uma rotina puxada. Sorte que sou uma postura discreta em relação à mídia. Expli- as que desenvolvemos aqui. E apesar do nosso em-
tão elétrica quanto esta minha vida. Sem contar que que esta contradição. penho, sabemos que é uma luta desigual. Lidamos
mulher tem dessas coisas: fazemos o possível e o com verbas limitadas. E festejamos cada uma das
impossível. Além do expediente na SEPOL, sou Nunca fiz nada na minha vida em que não acredi- nossas pequenas vitórias.
dona de casa, como todas as outras, cuidando das tasse realmente. E na SEPOL não seria diferente.
compras do mercado, pagando as contas de banco. Estou 100% comprometida com os objetivos so- Pergunta - Qual ação de governo, envolvendo
Enfim, a gente se acostuma. Não tem como ser ciais da Secretaria. Tenho junto comigo uma equi- sua secretaria, deixou você mais orgulhosa?-
diferente. pe maravilhosa que me motiva a fazer mais e me-
lhor a cada dia. Afinal, lidamos com gente. Muito Sou fã do meu marido, André Mônica, e visto com
Pergunta – Às vezes rola uma certa culpa de mãe mais do que trabalho, eu encaro a política social orgulho a camisa do governo. Tenho muito cari-
pelo fato de que você, por conta dos compromissos como uma filosofia de vida. Por isso não seria justo nho pelas reformas que foram feitas em escolas
políticos que a carreira de seu marido impõe, não me promover em cima disso. Quando eu chego em antes abandonadas. Na época da campanha, quan-
tem todo o tempo do mundo para estar junto com casa, depois de exaustivas horas de atendimento, do eu acompanhava o então candidato a prefeito,
seu filho? tomando conhecimento dos mais diferentes pro- registrando em vídeo o depoimento das pessoas
blemas que angustiam aquelas pessoas que não têm que moravam nos mais diversos pontos da cida-
Por muitas vezes me culpei por isso. Depois priori- a quem recorrer, tenho a exata noção do quanto de, eu pude conhecer a realidade anterior. E o que
zei meus poucos momentos com meu filho. Agora, estou envolvida e de que forma certas situações me representam para essas pessoas as praças, postos
quando estou com ele, é só com ele. Dei qualidade sensibilizam. Mas, em contrapartida, as soluções de saúde e escolas, naqueles lugares antes esqueci-
a esses momentos e vi que, apesar do pouco tem- são gratificantes. Mães que entram em minha sala dos. Sem falar da Av. Gladstone de Oliveira, a UPA,
po, ficou mais intensa a relação mãe e filho. Com chorando, e saem sorrindo, aliviadas. a reurbanização da área de entorno do Canal do
isso, nos tornamos grandes amigos. Peixe, incluindo a reforma do histórico Mercado
Pergunta – Apesar de muito jovem, você está Municipal. Apesar da imensidão do seu território,
Pergunta – Duas características suas logo cha- sendo desafiada a resolver problemas que são e dos problemas causados por décadas de abando-
mam a atenção de quem, pela primeira vez, con- consequência de décadas de políticas públicas no, está sendo construída uma nova Araruama. E
versa com a Primeira-Dama: a simplicidade e equivocadas. E por conta das limitações orçamen- eu me sinto muito feliz por estar de alguma forma
a simpatia da Paula. Quais as coisas que tiram tárias, eles serão sempre infinitamente superiores contribuindo para a realização deste sonho.

14 Encarte especial “O Baiacu” Maio de 2012


SALVE JORGE!
DEVOÇÃO AO SANTO GUERREIRO REÚNE DEZENAS DE CAVALEIROS NO BAIRRO DA AURORA.
O culto ao santo cavaleiro, eternizado na imagem
em que ele crava a lança no dragão, desafia a ló-
gica e a história. Apesar de não ser reconhecido
pela Igreja Católica, como um de seus santos, ele
é reverenciado como tal, em todo o Brasil, tanto
por católicos quanto espíritas. E o número desses
devotos cresce, de forma impressionante, ano após
ano.
Aqui em Araruama, município que tem outro santo
como padroeiro, São Sebastião, a devoção popular
a São Jorge está tão enraizada em nossa cultura, que
tornou necessário transformar o dia de São Jorge,
na semana de São Jorge, como forma de acomodar
os festejos que acontecem em todos os distritos. E
dentre estes, os mais tradicionais são as cavalgadas.
Silvino Jorge e amigos
No dia 28 de abril, desde as 10 horas já era grande a
Alex, Cosminho, Fabrício Vascaíno, Marquinhos, foi por conta do convívio de tantos anos com essas
concentração de cavaleiros de todas as idades, que
vieram dos quatro cantos da cidade, para partici- Selma, Cristina, Jorge Roliço, Brother Fernando, pessoas, que acabei conhecendo outras tantas nos
par da tradicional cavalgada em homenagem ao seu Cosme e Dinalva, Os saudosos Bady e Carlinhos demais bairros, e fazendo grandes amizades. Como
santo de fé, no bairro da Aurora. Cerca de duzen- Dodocha (que brevemente serão homenageados em Itatiquara, onde também a comunidade é muito
tas pessoas, entre cavaleiros, familiares e amigos, em inaugurações no Km 30), Elias da Elzinha, Gi- unida, e se realizam eventos, como forrós, pagodes,
aproveitaram a oportunidade para comemorar com sele, Angelita e Jorginho, Cabritinha, Aline, Jana, churrascos comunitários. Aí eu cito Chicão Palma,
churrasco, a ocasião. Mineiro do Requeijão, Nandy Mecânico, Wal, Car- Veraldo, Marcos, Raimundo, Marcelo, Ronaldo, Al-
linhos Bode, Lute, Elisangela, Rogerio, Josina do ceu, Ricardo, Sandra, Roberta, Cleber, Dorvalino,
Por volta das 16 horas, tendo à frente a imagem de Geronimo, Arlindo, os dois Felix, Zé de Carmelita, Manoel, Romildo, Pelézinho,Valéria, Magno, The-
São Jorge, conduzida por um veículo, dezenas de Tonho, Duda, Lico, Paulinho, Taíco e Aguinaldo, co, Crenilda, Eliane, Lena, Litrão, Dona Marlene
cavaleiros seguiram em direção ao seu destino, a do Material de Construção,Tereza da Saúde, Li- do Casa Blanca, Adilson, Jorge, Fernando Amigão,
Igreja de Nossa Senhora da Conceição, em Morro neu, Minhoca, Adelino e Dona Marlene, Rogério Jorge Cabeça Branca, Clebinho, Claudinho, Gena-
Grande. da Kombi, Nelsinho Xim, Damião, Max, Willians, ro, Geraldo, Marquinhos (hoje no Rio do Limão),
Silvino Jorge, que durante mais de 30 anos, vem
Doco e Luciana,Marcelo Olho de Cão, Genaro, saudoso Veríssimo (que será homenageado na área
apoiando a realização destas cavalgadas em home-
Erivelton, Vavá, Paula, Ci de Vá,Fernando Vidra- de lazer a ser construída), família Barroso, Sumaia
nagem ao Santo Guerreiro, principalmente em Pa-
ceiro, Carlinhos e Penha, Zé Russo, Wanderley e (hoje em Paracatu), Nino, Rodolfo da Padaria,
racatu e depois em Sobradinho, fala da sua devoção
ao santo, e do envolvimento das comunidades pela Márcia, Dalcir, Mamaco, Téia, Cleonice e Nido, Jorjão, Gildo e Dona Maria, Eliana, Kátia, Dona
preservação das suas tradições culturais. Celso Martins, Reginaldo da Refrigeração, Raquel, Maura, Nilza, Guto, Capixaba, Adriano, os mani-
Marinho da Moto, Amélia, Eliane, Márcia, Marcos, nhos (o de Morro Grande, vascaíno, e o de Bom
SJ – Eu já nasci devoto de São Jorge. Minha mãe, Mauro, Milinho, Lolito, saudoso Bezerra, Júlio da Jardim, flamenguista), meu grande parceiro Arley e
que queria um filho homem (na família só nasciam Pedreira, Célia e Alecsandro, José Antonio, Dona outros amigos do Condomínio Casa Blanca, Wan-
mulheres), fez promessa ao Santo Guerreiro que Fernanda, Vera do Seu Horácio e Marcos, Rob- derley do Cicle, a Lu do Bar, Grande Bené, Marcelo
me batizaria com seu nome. Assim, fiquei com o son, Aloisio, Gila, Timbu, Pedro Ribeiro, Cristina e e Alédio, do Posto ,funcionário Edson, do Posto,
nome de meu pai, Silvino, e com Jorge, em home- Beto, Juarez, Luiz de Almeida, Gina, Duza, Ricar- Marcio, Manoel (hoje no Coqueiral). Os irmãos de
nagem ao Santo. Mais tarde, fui batizado na Con- do Dieco, Cleide, Jaqueline, Luciano, Dayse, Dona São Jorge, e que eu considero, também, como meus
fraria de São Jorge, na Praça da República-RJ. Dora, Nilcéia, Gilcéia, Gelton e Sylvia Flamenguis- irmãos.
ta, Erika, Wellington, Mazinho, Roberta, Iracema,
Por que você escolheu, para morar, um bairro tão Seu Nilson, Noemy, Lucia do Eraldo, Lourdes e De seu contato com essas comunidades, você to-
distante do Centro?
Elias Véio Zuza, Agamenon, Jorginho da CERJ, mou conhecimento dos problemas e das dificulda-
Luiz Imbú, Anderson, Edson da Moto, Jair do des que eles enfrentam. Problemas esses que não
SJ – No dia 11 de abril de 1976, vim a Ararua-
Zeca, Janaína e Kiko, João Novo, Lealdino, Natico, são de hoje e que refletem a ausência de uma ação
ma dirigindo o velho fusquinha de meu compadre
Maria da Van, Marquinhos Pescador, Fonseca, Jor- mais eficiente por parte da Prefeitura. O que o
Genecir, que estava comprando um lote em Para-
ge Vizinho, Lindomar, Luiz Terezópolis e Zinei- povo pode e deve fazer para chamar a atenção das
catu. Comprei o lote ao lado dele e, depois aca-
de e outros tantos da imensa família paracatuense, autoridades?
bei comprando também o dele. Permanecemos
tanto de hoje como do tempo do Forró do Barri-
amigos até hoje. Com o passar do tempo, fui fa-
cão, um espaço bem familiar onde eram realizadas SJ – Nenhum bairro irá superar seus problemas
zendo mais amigos e criando raízes no lugar. Ami-
grandes festas, inclusive com a apresentação do se não houver união de seus moradores. E isso se
gos como o “filho” Xande, o “irmão” Carlinhos
saudoso Dicró, o “Rei da Rima”, além de grupos faz pela via política. Enquanto a comunidade não
do Ju, Vila Construtor, Zepelim, Adilson Bota-
e cantores de todos os gêneros musicais, tanto de tiver seu representante na Câmara dos Vereadores,
foguense, Cuta, Marcelo, Cici, os fiéis escudeiros,
fora como de dentro da Cidade. Fiz questão de ci- que conheça a sua realidade e brigue por soluções,
Luiz Quinha e Eraldo, Celso da Barraca, Renato,
tar essas pessoas porque Paracatu deve se orgulhar continuaremos com os pés enterrados no passado e
Suely, Dango, Bitz, Moa, Josias, Dedelson, Paulo
muito desses seus moradores ilustres, pela maneira assistindo o progresso dos bairros que já elegeram
Lopes, Wanderley Ferro Velho, Zezé de Marciano,
como sempre batalharam pelas coisas do bairro. E os seus vereadores.
Cleber Moita, Vilmar, Osmar Quinho, Quitinho,

Maio de 2012 Encarte especial “O Baiacu” 15


Notícias que viraram desenhos

Candidatos têm dificuldade em explicar patrimônio para a justiça


eleitoral
Nada a declarar!

O evangelico Garotinho atira a primeira pedra virtual no seu adversá-


rio politico, expondo em seu blog fotos e vídeos que
demonstram a amizade entre Sergio Cabral e o dono da empreiteira Pesquisas apontam saúde,
Delta Fernando Cavendish. educação e segurança pública,
como as maiores deficiências
dos municípios fluminenses.

Preso, o bicheiro Carlinhos Cachoeira assiste


ao desmoronamento de seu castelo de cartas
... marcadas
Humor de Calvin

Epidemia de dengue no Rio de Janeiro acende


sinal de alerta para as demais cidades do Estado.

TESTE DE COMPORTAMENTO:
Sabendo que o adolescente pode ficar bolado quanto a esse negócio do to be or not to be, nós pedi-
mos a especialistas em sexualidade para elaborar um teste definitivo:
1 – Quando você assiste a uma rua, com uma dessas O autor da barbeiragem, 5 – Responda rápido: Feijoada
uma partida de futebol, olha mulheres escandalosamente moreno, alto e bonitão, sorri ou salpicão? Conhaque ou dry
para a bola ou as pernas dos bonitas, repara primeiro nos envergonhado. Você fecha a Martini? Azul ou lilás? Sabão de
jogadores? seios ou na roupa que ela está cara, reclama do prejú e exige coco ou sais de banho? Futevô-
usando? lei ou peteca? Angelina Jolie ou
logo um cheque, na bucha, ou
2 – No consultório médico, ao Brad Pit? De pé ou sentado? De
pede só o telefone dele para
folhear as revistas, você busca 4 – Na seguinte situação: um frente ou de costas? Cuecão ou
as páginas políticas ou obser- motorista imprudente dá uma discutirem um acordo, mais fio dental? Luta-livre ou novela?
va atentamente as novas cores encostada no seu carrão ze- tarde, num lugarzinho mais Se você escolheu as primeiras
dos esmaltes para s unhas? rado. Você desce, vai conferir sossegado? opções de todas as perguntas,
3 – Quando você cruza em e vê que arranhou a pintura. relaxa, parceiro. Você é espada.

16 Encarte especial “O Baiacu” Maio de 2012


Entrevista com o professor e poeta
Wellington Costa de Melo
O DIA EM QUE O BAIACU FOI PARAR NA DELEGACIA
1)Como foi a experiência de um dia acordar delegacia, eu senti muito medo.
com o seu rosto estampado em 10 mil exem- E revolta, porque compreendi
plares do jornal que foi distribuído, além de que estava ali tão somente porque
Araruama, em Bacaxá e Saquarema? alguém tinha poder para me hu-
milhar. E o fato de que eu não ha-
Foi fantástica. Parecia que todo via feito nada, não adiantava coisa
mundo tinha visto o Baiacu e se alguma. Mas logo depois, graças
encantado com ele. As pessoas me a Deus, chegou o pessoal da im-
abordavam, na rua, sempre com prensa (O Carapeba, o Baiacu, o
muito carinho e respeito. De um Hora Certa, o Lemos e o Jornal da
momento para o outro, eu virei Cidade). E eles trouxeram com
amigo de todo mundo. Tive mi- eles um advogado, o Dr. Nirello,
nhas poesias divulgadas em jor- para acompanhar meu depoimen-
nais e programas de to. Em seguida eu participei de
rádio. uma entrevista coletiva,
ali mesmo na
2) Mas você e o delega-
BAIACU foram parar cia, que
na delegacia... foi re-
gistrada
Chato, né? O Ar- em vídeo.
lindo brandindo Mas isso é
o Baiacu e di- página vi-
zendo que eu rada. Sou
ficava inco- católico pra-
modando ele ticante. Se eu
com meus guardasse ran-
telefone- cor e cultivasse
mas. o ódio, eu não
Foram os seria diferente
piores momentos da deles.
minha vida. Sozinho naquela

Maio de 2012 Encarte especial “O Baiacu” 17


PTistas de peso
Em recente encontro informal de mili-
tantes do Partido dos Trabalhadores em
Araruama, pudemos registrar o quanto o
partido vem engordando as fileiras da po-
lítica municipal. O “motivo” da reunião
era um delicioso churrasco... Fome? Zero!

Raoni, Jorge Carapeba, Euclides, Everaldo Leal e Ana Paula

18 Encarte especial “O Baiacu” Maio de 2012


HISTÓRIAS QUE A VIDA CONTA
CAUSA PERDIDA
(Carlos Ney)
Com passadas largas e despreocupadas, ele atraves- campeonato, já deveria estar arrependida da burrice que é, ele rapidamente corrige o pensamento indese-
sou o imenso corredor. O centenário prédio do Tri- que fez. Onde já se viu, arrematou ele, virar as cos- jado, foi só força de expressão. O dia todo no compu-
bunal de Justiça, pelo estilo arquitetônico arrojado, tas para um casamento feliz que já durava... sei lá tador... Branco que nem barriga de lagartixa...
era um dos orgulhos da cidade. Com seus imensos quantos anos? Sem falar no marido, é claro. Homem E para desespero do juiz e terror da advogada, ar-
vitrais ocupando quase todas as paredes, ele tornava bonito, vigoroso, dotado de extraordinário senso de rancando o paletó e a camisa, Olegário expõe o tórax
desnecessária a iluminação artificial na maior parte humor, com emprego estável e um carrão que causa- bronzeado. E de quebra, ainda flexiona os músculos,
do dia. Mas, apesar da claridade, o ambiente lá dentro va inveja em toda a vizinhança. orgulhoso como um pavão de zoológico.
era frio e intimidador. - E se o meritíssimo olhar para ela, verá que nem está com essa bola - O senhor entende o que eu digo, chefia?
No entanto, olhando para Olegário, a impressão era toda. Uma loura comum. Aliás, nem loura ela é. Tintura importa- Ao seu lado, reduzindo-se mais e mais de tamanho, a
que ele estava bem à vontade. Correndo os olhos pe- da, isso sim. Não gosta de futebol e nem dos amigos dele. Péssima advogada sequer respira.
las placas indicadoras, ele chegou até a que identifi- cozinheira e sempre reclamando. Sem falar no garoto. E quando o murro na mesa repercute naquela sala,
cava a Vara de Família. Estava dez minutos atrasado, Deus, o estropício seria mesmo filho dele? Claro estremecendo os alicerces do prédio, a pobre mulher
o que para ele não tinha a menor importância. Senta- sente a urina escorrer-lhe pernas abaixo.
da diante do magistrado, que não disfarçava sua irri- De pé, com a indignação tornando-lhe cada vez mais
tação, a advogada de Olegário, em silêncio, prometia- rubra a pele rosa, o juiz parece ter mais de três metros
-se mais uma vez mudar de profissão. de altura.
Indiferente ao ambiente carregado da sala, e demons- Espetando o dedo nas fuças do Olegário, que vergan-
trando uma alegria inteiramente fora de propósito, ele do para trás o corpo, mais parece um arco
cumprimentou aos dois com a intimidade dos velhos de berimbau, o Meritíssimo proclama a
companheiros. sentença:
Após alguns minutos em silêncio, num esforço visível - O casamento de vocês está morto e enterrado.
para acalmar-se, o juiz explicou que solicitara aquela Agora quem não quer ver mais vocês casados,
audiência reservada com o marido, no caso o Olegá- sou eu. Se o senhor ousar aproximar-se deste
rio, para avaliar a possibilidade de conciliação do ca- prédio novamente, eu vou prendê-lo por desacato.
sal, principalmente pelo fato de que fora a esposa E quando os documentos do divórcio lhe forem en-
quem entrara com a ação de divórcio. tregues, assine, se é que tem amor à sua vida.
O juiz, homem de profundas convicções E com um berro que, explodin-
religiosas e abnegado batalhador pela do nos tímpanos da advogada,
causa da família, sempre acreditava que mais parecia um tiro de canhão,
fosse possível dar uma segunda chance ainda arrematou:
ao casamento. E conseguira obter algu- - A merda da sessão está encerrada!
mas vitórias no correr dos anos. Depois disso, o pobre do Ole-
A reconciliação era tudo o que Olegário gário perdeu totalmente a con-
queria, fez questão de assegurar ao juiz. fiança na justiça dos homens.
De coração aberto, ele estava pronto a
perdoar a esposa que, nesta altura do

Aos 82 anos, Neuza Amaral


lança segunda biografia
E L A ME R E CE !
Muitos dentre nós, por conta dos anos já vi- por ela escolhida para aqui viver. Por
vidos, tiveram o privilégio de acompanhar a conta de seu espírito solidário, a nossa
evolução da teledramaturgia brasileira, desde Neuza seria reconhecida e reverencia-
o preto e branco até os dias atuais. E, se por da por uma e outra ação, não fosse o
um lado, muito se ganhou em tecnologia, por seu empenho em passar despercebida.
outro, foram sendo deixadas para trás umas Eu, admirador de longa data, sei de al-
tantas jóias de valor incalculável. Algumas guns desses gestos generosos. Mas, por
novelas, verdadeiras obras literárias, com conta do respeito que lhe tenho, man-
apaixonantes personagens tornados vivos pe- terei segredo. Com seus livros, diários
los excelentes atores que os representavam. de bordo de uma incansável andarilha
Como a nossa Neuza Amaral. Estrela de pri- pelas estradas do mundo, ela resolveu
meira grandeza num universo de monstros dividir conosco alguns de seus momen-
sagrados, não satisfeita de ter, por conta de tos, enriquecendo-nos com a prosa rica
seu trabalho de atriz, vivido mil vidas, ela se dos que têm o que contar. Assim, que-
reinventou na política e no trabalho voluntá- rida amiga, receba as palmas de tantos
rio em defesa da Vida e da Cidadania. E por quantos você encantou com seu talento
ser assim tão abençoada esta Araruama, foi e a sua luz. Porque você merece.
DIA 18 DE MAIO, ÁS 18h, NA CASA DE CULTURA DE ARARUAMA, LANÇAMENTO DO
NOVO LIVRO DE NEUZA AMARAL “ISTO EU VIVI - 82 ANOS”

Maio de 2012 Encarte especial “O Baiacu” 19


Guia de TV em Araruama HERANÇA MALDITA OPINIÃO

“Causos” de Família
por Léo Anelhe - Jornalista

S
Talk-show. O programa re-
cebe familiares, amigos e até empre fez parte da cultura de Araru-
mesmo inimigos que têm ama as fofocas abordando erros dos
algum conflito ou questão governos municipais, referendadas
para ser resolvida. Baseado na famosa “esquina da boca maldita”. Hoje
nos conflitos interpessoais
a coisa entrou na era virtual e surgiram as
que acontecem entre mem-
bros da mesma família e/ou redes sociais, que também se propõem a re-
políticos locais. E no final, o solver os problemas da cidade, comentando
pau quebra. desacertos dos governos.
Concordo que há de se fazer correções no
Os caras de pau rumo, entretanto, a bem da verdade, essas lambanças que se tentam corrigir,
Série. O programa traz uma visão bem humora- tais como: lagoa poluída, condomínio industrial “esquecido”, ruas das periferias
da do cotidiano de vários candidatos a vereador abandonadas, e tantos erros, só aconteceram porque houve falta de planejamento.
em Araruama, que a cada quatro anos mudam Esses “líderes” do passado esqueceram que a cidade ia crescer e seria necessário
de personalida- ordenar as coisas, mas o tempo passou... que descansem em paz.
de e partido, e se Quando pesquisamos para obter conteúdo para o nosso livro “Todas Cores da
tornam as pesso- Política de Araruama), ouvimos opiniões da comunidade. E o que mais nos sur-
as mais íntegras
preendeu é que nenhum daqueles que governaram de 1973 a 2008 ouviram os an-
do planeta. Muita
confusão em his- Intrigas e romance na história da nova no-
seios reais do povo, sempre prevaleceram os interesses próprios ou de seus grupos,
tórias pra lá de en- vela das 21h. Essa trama revolucionária na nenhum deles ouviu a população. E mais, suas lideranças eram sustentadas por
graçadas. teledramaturgia brasileira é parecida com grupos que defendiam seus interesses, e não os do povo. Para citar um exemplo,
a da novela mexicana “Betty, a Feia”. A di- em conversa com o então Prefeito Chiquinho da Educação, perguntei se não seria
ferença é que a protagonista é uma praça interessante ser estabelecida uma forma de fazer um orçamento participativo para
Malhação AM que demora muito a ser reformada. A es- ouvir o povo, sua resposta foi seca: “o povo não está ainda preparado”. Então, tá...
Intrigas e romance entre radialistas na história pera é tanta que a novela acabou virando Hoje, somos um município que cresceu, porém carece de infraestrutura. E não se
da novelinha das 17h. Na rádio Malhação no série, com várias temporadas. O problema
deve atribuir ao atual Prefeito tudo de errado, porque herdou uma herança mal-
Sol AM, o dia-a-dia dos radialistas é entreme- é que nesse meio tempo ninguém conse-
ado por crises histé- gue mudar de canal; ou de calçada. O epi-
dita. Só, que a bem da verdade, ela foi deixada por alguns de seu próprio grupo.
ricas, erros de por- sódio final está sendo mais aguardado do
tuguês, excessos de que o da série americana Lost. Uns torcem
bajulação e outras para ser horrível, outros apostam no su- IGREJA ASSEMBLEIA DE DEUS
maluquices. cesso total. MINISTÉRIO GERAÇAO DE ADORADORES
Lindas (na maioria das vezes), batalhadoras (em grande CONVIDA A TODOS PARA O 2º CONGRESSO DAS MULHERES
parte das vezes), divertidas (muitas vezes) e sensíveis (de
vez em quando). Elas são isso tudo e muito mais! Na série INÍCIO DIA 18 DE MAIO AS 19h30min
As Araruamenses, você vai conhecer o charme e o talento
de mulheres únicas, representadas de Praia Seca à Moru- PRESENÇAS CONFIRMADAS:
baí. Próximos episódios: DIA 18 - GISELE NASCIMENTO E ALESSANDRA TEODORO
A mascarada da Pontinha DIA 19-CINTIA NASCIMENTO E
A apaixonada do
PAMELA E PALOMA
Buraco do Pau DIA 20-JUCILENE FRANÇA E
TALITA HORRANE
A internauta da Vila Capri
PR.PRESIDENTE: PAULO SERGIO MARTINS
A selvagem da Boa Perna E MISS: CLEIDE MARTINS
A perseguida do Mataruna
ENDEREÇO:ESTRADA DE SÃO VICENTE Nº194
A fofoqueira do Bairro Fazendinha - Araruama
XV de Novembro Próximo ao Trevo de São Vicente

20 www.ocarapeba.com.br maio de 2012