Você está na página 1de 5

RELATÓRIO

IGREJA E ODS
OBJETIVO DE DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

ROBERT SIMÃO DOS SANTOS

LONDRINA
2018
1 INTRODUÇÃO

Igreja e ODS foi um dos temas principais da XV Semana de Estudo da FTSA,


que aconteceu entre os dias 8 a 11 de outubro deste mesmo ano. Na ocasião
tivemos a presença do diretor acadêmico, Professor Dr. Jorge Henrique Barro. Que
também foi o palestrante deste tema.

2 RELATÓRIO DA ATIVIDADE

Antes da Palestra tivemos alguns avisos, sobre a semana de estudos, como


horários e inscrições para os minicursos que foram:
1. Breviário da Queda – Teologia Sistemática – Ênio Caldeira
2. Saúde Financeira Familiar: perspectiva teológica do dinheiro e seu uso –
Teologia Prática – Marcos Orison
3. Capelania Hospitalar – Teologia Prática – Clarissa Sanchez
4. Historiografia sobre a Presença Evangélica no Norte do Paraná – Análise da
Realidade – Wander Proença
5. Elaboração de Projeto de Intervenção Social – Análise da Realidade/Teologia
Prática – Vanessa Carvalho
6. O Sentido da Vida em Eclesiastes: por uma espiritualidade trágica – Teologia
Bíblica – Jonathan Menezes
Programação:
Segunda, 8 - 19h30 - Palestra c/ Dr. Jorge H. Barro
Terça, 9 - 19h30 - Minicursos
Quarta, 10 - 19h30 - Minicursos
Quinta, 11 - 19h30 - Sessões de comunicação

Após os avisos o professor Jorge Barro, fez a leitura do texto de Romanos 8.


E explicou o que era o desafio da agenda 2030 e os 17 ODS (Objetivos de
Desenvolvimento Sustentável).
De acordo com o professor Jorge Barro, os ODS são uma agenda mundial
adotada durante a Cúpula das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento
Sustentável, firmada em 2015 composta por 17 objetivo e 169 metas a serem
atingidas até 2030. A agenda compreende ações que prometem erradicar a pobreza,
aumentar a segurança alimentar, agricultura, saúde, educação, igualdade de gênero,
energia, agua e saneamento, em suma criar países mais sustentáveis. Para o
professor Jorge Barro, estas metas e objetivos serão organizadas em cinco grandes
blocos que ele chamou de “Os 5 P’s”:
 Pessoas – social
 Planeta – Ambiental
 Prosperidade – Econômico

Além desses, outros que serão organizados nos próprios objetivos que são expostas
na figura 1.

Figura 1 – Os objetivos dos ODS Fonte: https://ftsa.edu.br/home/index.php/en/noticias/549

Na sequência ele comentou sobre cada objetivo do ODS, dando importância


para a realidade brasileira e apontando possíveis erros ou solução mais
contextualizadas. Ele também comentou sobre cada objetivo acrescentando dados
atuais da realidade global o que justificaria a agenda 2030.
3 FTSA e ODS

Ao final da palestra o professor Jorge Barro, chamou os estudantes de


teologia para reflexão e o papel da igreja nesta agenda, o como poderíamos também
acrescentar e fazer a diferença, não apenas como coadjuvantes, mas, sermos parte
desenvolvedora e implantadora dos ODS no Brasil. Para isso ele elencou algumas
metas que podem alavancar este objetivo, que são:

 Não sermos resistentes e sim entusiastas.

 Organizar e mobilizar nossos esforços.

 Buscar alianças estratégicas.

 Construir reflexão, bibliotecas teológicas, missiológicas, em busca de um


mundo e futuro melhor em Deus.

 Incentivar a igreja a serem participantes.

 TCC’s sobre ODS.

 PIC’s com ODS.

 Alimentar as ações já existentes sobre os ODS.

CONCLUSÃO

É comum encontrar a comunidade evangélica alheia em muitos trabalhos de


estruturação universal e descobertas, seja elas no campo social e ou científico. A
impressão que temos, e que o povo cristão não quer se envolver na realidade deste
mundo e seus objetivos, e para isso usam o clichê de que foi “Deus” quem quis
assim, ou sua soberania é algo apenas revelada ao “crentes”. Obviamente isso é
uma baita ignorância e preguiça mesmo. É muito mais fácil dizer que Deus está no
controle e não fazermos nada. A igreja deveria ser a primeira a participar, e fomentar
essa agenda. Esperamos que como uma comunidade acadêmica de estudantes de
teologia, façamos a diferença em uma comunidade, onde poucos estão realmente
interessados em treinar e capacitar o próximo, achando que dar roupas ou comida é
um ato divino. Que sejamos mais coerentes. O pão que damos hoje volta a faltar
amanhã. Os ODS, mostra uma boa saída para uma vida mais sustentável e humana.