Você está na página 1de 12

Relaciona a Revolução Liberal com a Independência do Brasil

Com a Revolução Liberal trouxe a criação de uma junta provisória do governo decidiu que
o Brasil deveria voltar à sua condição de Colónia, teria assim de fechar novamente os seus
portos ao comércio internacional e isso seria ótimo para Portugal. Acontecesse que a
Burguesia Brasileira, que estava contra fez pressão a D. Pedro para que fizesse algo para
que isto não acontecesse. Estava ele no Rio Ipiranga quando recebeu das Cortes de
Portugal um comunicado exigindo que ele regressasse com urgência ao seu país. Irritado,
D Pedro deu O grito de Ipiranga que simboliza a sua decisão em acabar com esta situação.
– Declarou a Independência do Brasil, pois ele nunca mais quereria voltar a Portugal.

Relaciona a Independência do Brasil com a Guerra Civil


Em 1822, D. Pedro declarou a independência do Brasil. Em Portugal, D. Miguel, com o apoio
do clero, da nobreza e de alguns comerciantes descontentes com a perda do Brasil, tentou
pôr fim à Monarquia liberal.
Dissolveu as Cortes e fez-se aclamar rei absoluto, passando a perseguir os liberais. D. Pedro
teve de regressar a Portugal. Nos Açores, organizou as tropas liberais e daí saiu para ocupar
a cidade do Porto. Iniciou-se, então, uma Guerra Civil que opôs os absolutistas aos liberais.
Em 1834,
D. Miguel, derrotado, assinou a Convenção de Evoramonte e partiu para o exílio.

Guerra Civil: Guerra no mesmo país Absolutista contra Liberais


Relaciona o atraso da agricultura em Portugal com as condições económicas e políticas
No início da segunda metade do século XIX, Portugal vivia em período de crise porque
as Invasões Francesas e a Guerra Civil deixaram campos e culturas destruídos e tinham
morrido muitas pessoas. A independência do Brasil também ajudou na crise porque
Portugal perdeu a vantagem que tinha em relação ao comércio com este território. A
agricultura não se tinha alterado, continuando-se a utilizar técnicas e instrumentos
antiquados. Assim, as terras não produziam os produtos necessários para alimentar os
portugueses, tendo de se importar muitos produtos do estrangeiro. Os Governos liberais
decidiram modernizar o país, tomando, para isso, várias medidas.

As terras deixaram de estar em pousio, ou seja, já não era necessário deixa-las a


descansar e sem produzir, passando-se a fazer a alternância das culturas. Acabou-se
com alguns baldios – terras que nunca eram cultivadas. As terras passaram, então, a
produzir mais. Os adubos e as máquinas, ajudaram a aumentar a produção.

Relaciona o crescimento da população com a Modernização do reino


Com a modernização do reino a população portuguesa aumentou muito, como
resultado de uma melhor alimentação (batata e arroz) , do desenvolvimento da
medicina, de melhores condições de higiene e por não terem ocorrido guerras em
Portugal.
Este aumento populacional, bem como as más condições de vida em que muitos
portugueses viviam, originaram a saída de muitos camponeses para as cidades – êxodo
rural – e uma grande emigração, principalmente para o Brasil.
Por que razão Portugal vivia um período de crise no início da segunda metade
do século XIX? Justifica.

A agricultura nesta época estava muito ou pouco desenvolvida? Justifica. A


agricultura estava pouco desenvolvida, pois os instrumentos e as técnicas
agrícolas utilizadas eram muito antiquados.

Que tinha Portugal de fazer para satisfazer as necessidades da população?


Portugal tinha de comprar os produtos ao estrangeiro.

Refere o que se passou a fazer para as terras não ficarem em pousio, ou seja,
serem cultivadas. Passou a fazer-se a alternância de culturas, ou seja, no terreno
que antigamente ficava a descansar passou a semear-se batatas.

Esta nova técnica contribuiu para aumentar a produção? Justifica. Sim, a nova
técnica contribuiu para aumentar a produção, pois mais terras passaram a ser
cultivadas.

o adubo melhorou a agricultura? Sim, o uso de adubos químicos


contribuiu para aumentar a produção.
Explica a Importância da Maquina a Vapor

A máquina a vapor foi importante para a indústria pois mudou o processo de


transformação da matéria-prima que trouxe muitas vantagens: Os produtos eram feitos
mais rapidamente, todos iguais e em maior quantidade e, por isso, o seu preço ficou
baixo. As oficinas transformaram-se m fábricas, onde trabalham operários
especializados numa tarefa do processo de fabrico. O produto final é produzido por
vários operários e não por uma só pessoa

O que trouxe de novo a Modernização do Transportes

Com a Invenção do comboio a vapor

Passou a ser mais fácil e mais rápida a deslocação das pessoas e também era possível
transportar maior quantidade de mercadorias em menos tempo. Graças ao comboio,
muitas regiões puderam vender e enviar os seus produtos para outras zonas, isso
desenvolveu ainda mais a agricultura, a indústria e o comércio.
O que trouxe de novo a Modernização das Comunicações Foi possível a circulação de
novas ideias, hábitos e informações (com jornais diários e revistas)

Os correios foram modernizados, surge o primeiro selo adesivo e o bilhete-postal, os


primeiros marcos, os primeiros telégrafos e, em 1882, a rede de telefones de Lisboa.

Onde se situava o Desenvolvimento Industrial

As principais zonas industriais estavam no litoral, cidades de Lisboa e do Porto, porque


tinham mais habitantes e porque possuíam portos marítimos que permitiam um fácil
abastecimento de matérias-primas e o transporte mais rápido dos produtos fabricados
para outros locais. Os governos Liberais desenvolveram os transportes e as
comunicações. A máquina a vapor foi aplicada aos transportes e foram construídos
caminhos-de-ferro, estradas, pontes e túneis e nas comunicações surgiram os primeiros
selos, marcos de correio e o telefone.

Quais os novos Serviços públicos que aparecem no Sec XIX


Durante a segunda metade do século XIX, as principais cidades, Lisboa e Porto passaram
a ter água canalizada, serviços de recolha de lixo, iluminação pública, aumentaram as
redes de esgotos, as ruas passaram a ser calcetadas e surgiram os primeiros transportes
públicos como o «americano» e o «chora». Apareceram novos bairros e prédios. Os mais
ricos mandavam construir casas de luxo e os mais pobres viviam em bairros miseráveis
sem higiene. Assim, nem todos beneficiaram da modernização.
As pessoas que trabalhavam nestas fábricas – o operariado – viviam em más condições,
pois trabalhavam muitas horas e recebiam baixos salários.
Quais as medidas tomada para aumentar a produção agrícola que Portugal Precisava
A maioria da população trabalhava na agricultura mas muitas terras não eram
cultivadas. A produção era fraca, Portugal tinha de importar muitos produtos de outros
países, gastando muito dinheiro, em grande parte pedido ao estrangeiro. Os governos
liberais tomaram medidas para e aumentar a produção agrícola:
Quais as novas Medidas para dividir a terra:
Para que mais terras fossem cultivadas e assim aumentar a produção, passou-se a dividir
a terra por um maior número de proprietários:

1. vendeu-se, principalmente a burgueses, propriedades da nobreza e do clero


2. acabou-se com o direito de morgadio (direito que o filho mais velho tinha de herdar
todos bens), passando agora ser divididas por todos os filhos;
3. Dividiram-se muitos baldios (que passaram a ser usados por toda a comunidade para
pasto do gado) alguns entregues aos camponeses, que os cultivaram

Quais As novas técnicas que permitiram aumentar a produção.


A modernização da agricultura obrigou também à introdução de novas técnicas. Assim:
• incentivou-se a alternância das culturas, para evitar que as terras tivessem de ficar em
pousio – período em que não se semeava a terra para que ela ficasse a descansar
• introduziram-se os adubos químicos e a seleção de sementes
• iniciou-se a mecanização da agricultura com a introdução das primeiras máquinas
agrícolas, feitas em ferro, como a ceifeira e a debulhadora, utilizadas apenas nas grandes
propriedades, desenvolvendo se novas produções como a batata e o arroz
Sabias que
o ministro Fontes Pereira de Melo mandou Construir estradas, pontes e caminhos de
ferro. Surgiram novos meios de transporte como o barco a vapor, o comboio e o
automóvel. As informações começaram a circular mais depressa graças ao telefone e ao
correio. Desenvolveu o ensino mandando construir mais escolas mandou acabar com a
pena de morte
Quais os principais motivos de descontentamento dos portugueses que levaram à
Revolução Liberal
1. A abertura dos portos do Brasil ao comércio internacional (ia tirar negócio a Portugal),
2. Continuação de D. João VI no Brasil,
3. Destruição provocada pelas invasões francesas e a miséria
4. O Governo de Portugal nas mãos dos ingleses .
Em 1820, os militares revoltaram-se no Porto e puseram fim à Monarquia absoluta. As
Cortes Constituintes elaboraram a Constituição de 1822. Assinada por D João VI.
Portugal passou a ter ma Monarquia Constitucional

Os poderes passaram, então, a estar separados:


 o poder legislativo pertencia aos deputados, nas Cortes;
 o poder executivo pertencia ao rei e seus ministros;
 o poder judicial pertencia aos juízes, nos tribunais.
A Indústria fez surgir uma nova classe Social – O OPERARIADO
Explica a Razão e quais as Formas de Luto do Operariado
Nem o governo, nem a maioria dos patrões dava aos operários qualquer
proteção ou assistência contra acidentes e não tinham direito aos médicos.
Eram muito pobres pois recebiam um salário muito baixo, trabalhavam muitas
horas e em muitas más condições. Às vezes até as crianças trabalhavam.
Os operários eram pessoas com problemas em comum, então começaram a
unir-se, fundando as primeiras associações. Para lutar pelos seus direitos e
melhores condições de trabalho, os operários saíram à rua em manifestações
e fizeram as primeiras greves.
Alguns donos de Industrias construíam para os seus trabalhadores vilas
operárias.

Quem é Gomes Freire de Andrade ? Líder de um movimento liberal que foi


descoberto ainda antes de tentarem a revolução. É enforcado em 1817

Quem é Manuel Fernandes Tomás? Em 1818, no Porto, criou e liderou um


um grupo de liberais que tinha comerciantes, militares, e juízes. Teve mais
cuidado criou uma organização secreta, o Sinédrio. Esta organização
preparou a revolução que conseguiu por fim à monarquia absoluta.
Porque houve necessidade de realizarem eleições? A Junta Provisional do
Governo do Reino teve de governar o país e de tratar das primeiras eleições
para eleger deputados que elaborassem as leis da constituição assentes nas
ideias liberais (liberdade e igualdade)
Quanto tempo demorou a elaborar a constituição? 2anos

Porque é que D Maria II não podia governar? Porque não tinha idade
suficiente, ainda era menor de idade. Quem a substitui foi D. Miguel que não
cumpriu o que prometeu ao seu irmão D. Pedro II.

Em que data foi o Grito de Ipiranga? Em 1822


Em que ano foi a Independência do Brasil ? Em 1822

A habitação e as condições de vida do Povo e da Burguesia no SEC XIX


Povo vivia em bairros miseráveis, não tinham nem luz nem água canalizada A
habitação tinha uma única divisão, onde se fazia tudo.
A alta Burguesia e os nobres viviam em Luxuosos palacetes com belos Jardins
e com todas as condições.
A classe média vivia em andares mais ou menos espaçosos. (os burgueses com
menos dinheiro eram a classe média)