Você está na página 1de 2

Um dos escritórios de advocacia mais tradicionais do Brasil, o Pinheiro

Neto está desembarcando na meca da inovação mundial, o Vale do


Silício, na Califórnia. A empresa acaba de inaugurar uma unidade em
Palo Alto, cidade com cerca de 70 mil habitantes, que é o berço de
companhias como HP e Tesla e que fica entre Menlo Park, onde está a
sede do Facebook, e Mountain View, a casa do Google.

The Pinheiro Neto, one of the most traditional brazilian law firm, is
coming in the center of global innovation, the Sylicon Valley, in
California. The firm has been inaugurate an office in Palo Alto, city with
above 70 thousands of habitant, which is the “natural city” of companies
like HP and Tesla, and that stay (sit) between Menlo Park, where is the
principal office of Facebook, and Mountain View, the Google House.

"A presença no Vale é importante para que os advogados


possam entender a forma de pensar e de se comunicar com
essas empresas, que são mais dinâmicas e ágeis", diz Raphael
di Cunto, sócio do Pinheiro Neto responsável pelo escritório nos
EUA. Segundo ele, a unidade não terá uma equipe fixa. A ideia é fazer
um rodízio de profissionais das diferentes áreas de atuação do escritório,
dependendo da necessidade.

“The atuation in the Valley is important for the lawyers can understand
a way to think and communication with thoses companies, that are most
dynamic and quick”, said Raphel di Cunto, partner of Pinheiro Neto and
responsable for the USA office. In your words, the office will don’t a fixed
team. The idea is do a job rotation of several professional in different
atuation in the firm, depending of necessity.

Millions of people with disabilities or restricted mobility still struggle to


find reliable and affordable transportation options that empower them to
lead active, independent lives. Roughly four million Americans depend on
wheelchairs and 11 million more use a cane, walker or crutches (estimates
in a new unpublished study bring the numbers to 5.7 million and 15.7
million, respectively), but the ability to afford and drive a motor vehicle has
historically been out of reach for far too many.

Milhões de pessoas desabilitadas ou com restrição de mobilidade ainda


buscam uma opção de transporte confiável e acessível que os empoderem
para que levem ativa e independentemente suas vidas. Grosseiros quatro
milhões de americanos dependem de cadeiras de rodas e outros 11 milhoes
usam muleta e andador (estudo recente não publicado estima o numero de
5,7 milhoes e 15,7 milhoes, respectivamente), mas a habilitação para dirigir
veículos automotores tem sido historicamente longe demais de ser
resolvido.
With the development of autonomous vehicles, a better day is in sight.
Once the stuff of the imagination, this innovation is now a reality: Self-
driving cars are here. Now, as the vehicle design and development
continues, the entire industry has a rare opportunity to create a cutting-
edge product that can be used by everyone, including wheelchair users,
without the unfair and exorbitant cost and effort now required for
customization. Automakers should seize that opportunity.

Com o desenvolvimento dos veículos autônomos, dias melhores estão a


vista. Era coisa da imaginação, agora é inovação na realidade: os carros
autônomos estão aqui. Agora, enquanto o design e o desenvolvimento dos
veículos continuam, toda a indústria tem a rara oportunidade de criar um
produto “divisor de agua” que pode ser usado por todos, incluindo os
cadeirantes (deficientes físicos), sem o desagradável e exorbitante custo e
esforço hoje requerido para a customização. Os automakers devem
aproveitar essa oportunidade.