Você está na página 1de 7

Ficha de Informações de Segurança

de Produtos Químicos
Produto: Cloro FISPQ nº: P-4580-F

1 – Identificação do Produto e da Empresa

Produto: CLORO

Código do Produto: P-4580-F

Nome(s) Comercial(s): Cloro

Empresa: White Martins Gases Industriais S.A.


Av. das Américas, 3434 – Bl. 7 – Barra da Tijuca – Rio de Janeiro – RJ
CEP: 22640-102

Site: www.whitemartins.com.br

Telefone de Emergência: 0800 709 9000


Para maiores informações de rotina consulte o fornecedor White Martins mais próximo.

2 – Composição e Informações sobre os Ingredientes

Este produto é uma substância pura e essa seção cobre apenas os materiais dos quais esse produto é
fabricado. Para misturas deste produto, requisite a respectiva FICHA DE INFORMAÇÕES DE
SEGURANÇA DE PRODUTOS QUÍMICOS para cada componente. Veja seção 16 para maiores
informações sobre misturas.

Nome Químico: Cloro

Sinônimo: Cloro, Dicloro

Ingredientes CAS Concentração (%) LT (TLV) Limite de Tolerância


Cloro 7782-50-5 99,0 mín 0,8 ppm (NR-15)

Grupo Químico: Halogênio

3 – Identificação de Perigos

EMERGÊNCIA

PERIGO! Gás liqüefeito sob pressão, corrosivo, tóxico e oxidante.


Perigoso se inalado.
Causa queimadura nos olhos, pele e aparelho respiratório.
Pode alimentar combustão.
O contato com materiais orgânicos ou sílica pode causar fogo.
Equipamento autônomo de respiração deve ser utilizado pela equipe de salvamento.
Odor penetrante, irritante e sufocante.

Valor Limite de Tolerância (LTV): 0,8 ppm (NR-15) .O LT deve ser usado como parâmetro no controle de
riscos à saúde e não como uma linha divisória entre concentrações seguras e perigosas.

Cloro Página 1 de 8
Elaborado: Mai/2007
Ficha de Informações de Segurança
de Produtos Químicos
Produto: Cloro FISPQ nº: P-4580-F

EFEITOS DE UMA ÚNICA SUPEREXPOSIÇÃO (AGUDA):


INGESTÃO: Uma maneira pouco provável de exposição. Este produto é um gás a temperatura e
pressão normais; mas podem acontecer queimaduras da boca, esôfago e estômago.
INALAÇÃO: A superexposição a concentrações levemente acima do Limite de Tolerância pode causar
irritação aos olhos e ao trato respiratório. Exposição rápida a concentrações de 1000 ppm pode ser
fatal.
Age como asfixiante a altas concentrações. Inalação de altas concentrações (isto é, maior que 15 ppm)
causa sufocamento, tosse, queimadura da garganta e severa irritação na parte superior do aparelho
respiratório; adicionalmente existe a possibilidade de edema pulmonar, bronquite e pneumonites. A falta
de Oxigênio pode levar a morte.
CONTATO COM A PELE: Pode causar séria irritação e queimadura química com ulceração e
descamação da pele. Exposição repetida na pele pode resultar em dermatites. Em caso de contato
prolongado e generalizado, a pele pode absorver quantidades potencialmente nocivas do material.
CONTATO COM OS OLHOS: Pode causar séria inflamação da conjuntiva, opacidade da córnea, atrofia
da íris e danos nas lentes.

EFEITOS DA SUPEREXPOSIÇÃO REPETIDA (CRÔNICA): Superexposição repetida pode causar


disfunção pulmonar progressiva. Este material pode causar também uma condição do tipo "cloroacne" e
corrosão dos dentes.

OUTROS EFEITOS DA SUPEREXPOSIÇÃO: Nenhum atualmente conhecido.

CONDIÇÕES CLÍNICAS AGRAVADAS PELA SUPEREXPOSIÇÃO: A inalação pode agravar a asma e


causar inflamação ou doença pulmonar, assim como doenças do coração. As propriedades irritantes do
material na pele podem agravar dermatites já existentes.

INFORMAÇÕES LABORATORIAIS COM POSSÍVEL RELEVÂNCIA PARA A AVALIAÇÃO DOS


RISCOS PARA A SAÚDE HUMANA: Nenhuma atualmente conhecida.

CARCINOGENICIDADE: Cloro não é listado como carcinogênico pelos órgãos NTP, OSHA e IARC.

4 – Medidas de Primeiros Socorros

INGESTÃO: É uma maneira pouco provável de exposição. Este produto é um gás a temperatura e
pressão normais.

CONTATO COM A PELE: Evite respirar o vapor. Molhe imediatamente as áreas afetadas com água
morna corrente durante 15 minutos, no mínimo, enquanto for removendo as roupas e sapatos
contaminados. Descarte sapatos e roupas. Chame um médico

INALAÇÃO: Imediatamente remova para o ar fresco. Administre respiração artificial se não estiver
respirando. Se a respiração estiver difícil, uma pessoa qualificada deve administra |Oxigênio. Mantenha o
paciente aquecido. Chame o médico.

CONTATO COM OS OLHOS: Banhe imediatamente os olhos com água morna corrente durante 15
minutos, no mínimo. As pálpebras devem estar completamente abertas e separadas do globo ocular para
assegurar que toda a superfície foi completamente banhada. Chame um médico imediatamente, de
preferência um oftalmologista.

NOTAS AO MÉDICO: Vítimas da superexposição devem ficar sob observação médica durante 24-48
horas ou 72 horas se a exposição tiver sido severa. Os perigos deste material são devido as suas severas

Cloro Página 2 de 8
Elaborado: Mai/2007
Ficha de Informações de Segurança
de Produtos Químicos
Produto: Cloro FISPQ nº: P-4580-F

propriedades irritantes e corrosivas para a pele e superfície das mucosas. O dano devido ao contato com a
pele ocorre principalmente nas superfícies das mucosas. Não há antídoto específico, o tratamento deve
ser dirigido para o controle dos sintomas e das condições clínicas. Edema pulmonar pode ocorrer
tardiamente.

5 – Medidas de Combate a Incêndio

Meio de combate ao fogo: Agente oxidante; pode acelerar a combustão. Utilize recurso adequado para
controlar o fogo circundante.

Procedimentos especiais de combate ao fogo: PERIGO! Gás liqüefeito tóxico, corrosivo e oxidante
sob pressão. Evacue imediatamente todo o pessoal a área de risco. Não se aproxime da área de risco sem
equipamento autônomo de respiração e vestimentas protetoras. Resfrie imediatamente os recipientes com
jatos de água, guardando uma distância segura, depois de resfriados, remova os cilindros para longe da
área de fogo, se não houver risco. Se os recipientes estiverem vazando, reduza os vapores tóxicos com
jatos de água ou neblina. Não oriente o jato de água diretamente para o vazamento, pois isto pode
aumentar o vazamento. Fluxo reverso dentro do cilindro pode causar ruptura. Interrompa o vazamento, se
não houver risco. Brigadas de incêndio locais devem conhecer o produto.

Possibilidades incomuns de incêndio: Agente oxidante, pode acelerar a combustão. O contato com
materiais inflamáveis pode causar incêndio ou explosão. O calor do fogo pode aumentar a pressão dentro
do cilindro, e consequentemente causar ruptura. Nenhuma parte do recipiente deve ser sujeita a
temperaturas mais altas que 52° C (aproximadamente 125° F). Todos os cilindros de cloro são equipados
com dispositivo de alívio de pressão. (Exceções podem existir quando previsto em norma). Cloro pode
reagir violentamente com outros materiais a temperatura acima de 250,5° C (483° F). (Veja as
incompatibilidades na seção 10). Vapores são extremamente irritantes e podem causar queimaduras na
pele e nos olhos.

Produtos passíveis de combustão: Nenhum atualmente conhecido.

6 – Medidas de Controle para Derramamento / Vazamento

Medidas a tomar se o material derramar ou vazar: PERIGO! Gás liqüefeito sob pressão, tóxico,
corrosivo e oxidante. Imediatamente retire todo o pessoal da área de risco. Não se aproxime da área sem
equipamento autônomo de respiração e vestimentas protetoras. Este produto é um agente oxidante; contato
com materiais inflamáveis pode causar fogo ou explosão. Não oriente o jato de água diretamente no
vazamento, pois isto pode aumentar o vazamento. Reduza os vapores com neblina ou finos jatos de água.
Fluxo reverso dentro do cilindro pode causar ruptura. Interrompa o vazamento se não houver risco. Ventile
a área do vazamento ou remova os recipientes com vazamento para áreas bem ventiladas. Previna para
que os resíduos não contaminem os arredores. Antes de entrar na área, principalmente áreas confinadas,
teste a atmosfera com dispositivo apropriado (ex. explosímetro).

Método para a disposição de resíduos: Previna para que os despejos não contaminem os arredores.
Mantenha o pessoal distante. Descarte qualquer produto, resíduo, recipiente ou invólucro disponível de
maneira que não prejudique o meio ambiente em total obediência as regulamentações Federais, Estaduais
e Locais. Se necessário, entre em contato com seu fornecedor para assistência.

7 – Manuseio e Armazenamento

Cloro Página 3 de 8
Elaborado: Mai/2007
Ficha de Informações de Segurança
de Produtos Químicos
Produto: Cloro FISPQ nº: P-4580-F

Condições de armazenamento: Armazene e use com ventilação adequada, distante de óleos, graxas e
outros combustíveis. Assegure-se de que os cilindros estejam fora de risco de queda ou roubo. Atarraxe
firmemente o capacete com as mãos. Não permita estocagem em temperaturas maiores que 52o C (125o
F). Armazene separadamente os cilindros cheios dos vazios. Use um sistema em modo de fila, para
prevenir o estoque de cilindros cheios por longos períodos.

Condições para manuseio: Proteja os cilindros contra danos físicos. Utilize em carrinho de mão para
movimentar os cilindros; não arraste, role, ou deixe-o cair. Nunca tente levantar um cilindro pelo capacete; o
capacete existe apenas proteger a válvula. Nunca insira qualquer objeto (ex. chave de parafuso, chave de
fenda) dentro da abertura do capacete; isto pode causar dano a válvula, e consequentemente um
vazamento. Use uma chave ajustável para remover a correia da chave de parafuso e remover capacetes
justos ou enferrujados. Abra a válvula suavemente. Se estiver muito dura, descontinue o uso e entre em
contato com seu fornecedor. Para outras precauções no uso de cloro, veja seção 16.

8 – Controle de Exposição e Proteção Individual

Proteção Respiratória (Tipo Específico): Utilize respirador com suprimento de ar para concentrações até
10 vezes acima do Limite de Tolerância. Utilize respirador com suprimento de ar e proteção facial total ou
equipamento autônomo de respiração para concentrações até 50 vezes acima do LT. Para maiores
concentrações utilize somente equipamento autônomo operado com pressão positiva.

Ventilação
Exaustão Local: Use sistema de exaustão resistente a corrosão com fluxo de ar suficiente para manter
a concentração abaixo do Limite de Tolerância na área de exposição do trabalhador.
Especiais: Tampa com exaustão resistente a corrosão é aconselhável para certas aplicações.
Mecânica (Geral): Inadequada. Ver Especiais.
Outros: Ver Especial

Luvas Protetoras: Use luvas de raspa para manusear cilindros; de neoprene para manuseio do produto.

Proteção dos Olhos: Utilize óculos de segurança para manusear cilindros; tipo ampla visão e de face
inteira durante a troca de cilindro ou quando o contato com o produto for possível.

Outros Equipamentos Protetores: Calçado de segurança, vulcanizados e com biqueira de aço para
manuseio de cilindros. Vestimentas protetoras quando necessário. Calça sem bainha devem ser usadas
para fora dos sapatos. Independente dos equipamentos de proteção, nunca toque em partes elétricas
ligadas.

9 – Propriedades Físico-Químicas

Estado Físico: Gás liqüefeito

Cor: Amarelo esverdeado

Odor: Penetrante, irritante e sufocante

Peso molecular: 70.906

Fórmula: Cl2

Cloro Página 4 de 8
Elaborado: Mai/2007
Ficha de Informações de Segurança
de Produtos Químicos
Produto: Cloro FISPQ nº: P-4580-F

Densidade (ar = 1): a 25 ° C (77 °F) e 1 atm: 2,473

Solubilidade em Água, Vol/Vol: a 20 °C (68 °F) e 1 atm: Levemente solúvel.

3 3
Massa Específica: 3,2128 kg/m (0,20057 lb/ft ) a 0 °C (32 °F) e 1atm:

Percentagem de Matéria Volátil em Volume: 100

Ponto de Ebulição, a 1 atm: - 33,97 °C (- 29,15 °F)

Ponto de Congelamento, a 1 atm: - 100,98 °C (- 149,76 °F)

Pressão do Vapor: 689,5 kPa (100 psia) a 20 °C (68 °F)

Coeficiente de Evaporação (Acetato de Butila = 1): Alto

Ponto de Fulgor (Método ou Norma): Não Aplicável

Temperatura de Auto-Ignição: Não Aplicável

Limite de Inflamabilidade no Ar, % em Volume:


Inferior: Não Aplicável
Superior: Não Aplicável

10 – Estabilidade e Reatividade

Estabilidade: Estável

Incompatibilidade (Materiais a Evitar): O cloro reage violentamente com a maior parte dos materiais
incluindo metais (alumínio, cobre, latão) especialmente materiais inflamáveis e outros agentes redutores,
incluindo aço carbono a temperaturas acima de 250,5 °C (483 °F).

Produtos Passíveis de Risco Após a Decomposição: A queima pode produzir fumos tóxicos de cloretos.

Risco de Polimerização: Não ocorrerá

Condições a Evitar: Nenhuma atualmente conhecida.

11 – Informações Toxicológicas

LC 50 = 293 ppm (1h rato)

12 – Informações Ecológicas

Cloro não contém nenhum material químico das Classes I ou II (destruidores da camada de ozônio). Cloro
não é considerado como poluente marítimo pelo DOT.

Cloro Página 5 de 8
Elaborado: Mai/2007
Ficha de Informações de Segurança
de Produtos Químicos
Produto: Cloro FISPQ nº: P-4580-F

13 – Considerações sobre Tratamento e Disposição

Método de disposição de resíduos: Não tente desfazer-se de resíduos ou quantidades não utilizadas.
Devolva o cilindro ao seu fornecedor.

14 – Informações sobre Transporte

Nome Apropriado para Embarque: Cloro

Classe de risco: 2.3

Número de Risco: 268

Número de identificação: UN 1017

Rótulo de remessa: GÁS TÓXICO E CORROSIVO

Aviso de advertência (quando requerido): GÁS TÓXICO, CORROSIVO E OXIDANTE

INFORMAÇÕES ESPECIAIS DE EMBARQUE: Os cilindros devem ser transportados em posição segura,


em veículo bem ventilado. Cilindros transportados em veículo enclausurado, em compartimento não
ventilado podem apresentar sérios riscos a segurança.

Aviso Adicional: PERIGOSO SE INALADO

É proibido o enchimento de cilindros sem o consentimento do seu proprietário.

15 - Regulamentações

As seguintes leis relacionadas são aplicadas a este produto. Nem todos os requerimentos são identificados.
O usuário deste produto é o único responsável pela obediência de todas as leis Federais, Estaduais e
Locais.

• DECRETO LEI 96044


Aprova o regulamento para o transporte Rodoviário de Produtos Perigosos e dá outras providências.

• RESOLUÇÃO 420
Instruções complementares ao Regulamento do Transporte Terrestre de Produtos Perigosos.

• NBR 7500
Símbolos de risco e manuseio para o transporte e armazenamento de materiais.

16 – Outras Informações

Assegure-se de ler e compreender todas as etiquetas e outras instruções fornecidas em todos os


recipientes deste produto.

Cloro Página 6 de 8
Elaborado: Mai/2007
Ficha de Informações de Segurança
de Produtos Químicos
Produto: Cloro FISPQ nº: P-4580-F

OUTROS RISCOS EM CASO DE MANUSEIO, ARMAZENAGEM E USO: Gás liqüefeito sob pressão,
tóxico, corrosivo e não inflamável. Não respire o gás. Não permita que o líquido ou os vapores entrem
em contato com os olhos, pele ou roupas. (veja seção 3). Chuveiros de emergência e lava olhos devem
estar imediatamente disponíveis. Use tubulação e equipamento adequadamente projetados para
resistirem às pressões que possam ser encontradas. Use apenas em sistema fechado construído com
materiais anticorrosivos. Feche a válvula após cada uso, e mantenha fechada mesmo quando o cilindro
estiver vazio. Previna fluxo reverso. Fluxo reverso dentro do cilindro pode causar ruptura. Use uma válvula
de segurança ou outro dispositivo na linha ou tubulação do cilindro. Armazene e utilize sempre com
ventilação adequada. Agente oxidante. Armazene longe de materiais inflamáveis. Mantenha óleos,
graxas e materiais inflamáveis distantes. Nunca trabalhe em um sistema pressurizado. Se houver um
vazamento, feche a válvula do cilindro. Ventile o sistema para um local seguro, de maneira que não
prejudique o meio ambiente, em total obediência as regulamentações Federais, Estaduais e Locais, então
repare o vazamento. Nunca aterre um cilindro de gás comprimido, ou permita que este faça parte de
um circuito elétrico.

Nota: Compatibilidade com plásticos deve ser confirmada antes da utilização.

Equipamentos Recomendados: Em processo de semicondutor a gás ou outra aplicação, a White Martins


recomenda o uso de controles de engenharia assim como cabine de gás fechada, correias automáticas
(usada para purgar o sistema na troca do cilindro), válvulas de excesso de fluxo no sistema de distribuição
de gás, retenção dupla no sistema de distribuição, e monitoração contínua do gás.

MISTURAS: Quando dois ou mais gases ou gases liqüefeitos são misturados, suas propriedades de risco
podem se combinar e criar perigos inesperados e adicionais. Obtenha e avalie as informações de
segurança de cada componente antes de produzir a mistura. Consulte um Especialista ou outra pessoa
capacitada quando fizer a avaliação de segurança do produto final. Lembre-se, gases e líquidos possuem
propriedades que podem causar sérios danos ou a morte.

POR MEDIDA DE SEGURANÇA É PROIBIDO O TRANSVAZAMENTO DE QUALQUER PRODUTO DE


UM CILINDRO PARA OUTRO.

NO TRANSPORTE DESTE PRODUTO, O MESMO DEVERÁ SER FIXADO NA POSIÇÃO VERTICAL.

A White Martins recomenda que todos os seus funcionários, usuários e clientes deste produto
estudem detidamente esta folha de dados a fim de ficarem cientes da eventual possibilidade de
riscos relacionados ao mesmo. No interesse da segurança deve-se:
1) Notificar todos os funcionários, usuários e clientes acerca das informações incluídas nestas
folhas e fornecer um ou mais exemplares a cada um:
2) Solicitar aos seus clientes que também informem aos seus respectivos funcionários e clientes e,
assim, sucessivamente.

Cloro Página 7 de 8
Elaborado: Mai/2007