Você está na página 1de 1

201307TechTipsOilFilterAnalysisP_Layout 1 8/8/13 8:16 AM Page 1

Análise de Filtro de Óleo Usado


Agosto 2013

Mesmo que você tenha um bom programa de manutenção implementado, é uma boa ideia,
ocasionalmente, inspecionar um filtro de óleo usado num esforço para detectar o início de
graves problemas no motor. Esta inspeção leva apenas alguns minutos e pode economizar
muito tempo e dinheiro evitando avarias no seu motor.
O que segue são alguns identificadores comuns de potenciais problemas relacionados com o
motor que podem ser encontrados na inspeção de um filtro de óleo usado: Figura 1
■ Carcaça Deformada ou Junta Estourada (veja a Figura 1) – indica pressão
excessiva no sistema de óleo, o que é tipicamente causado por uma válvula
reguladora de pressão emperrada ou defeituosa no conjunto da bomba de óleo.
Este problema não deve ser atribuído ao filtro.
■ Mídia Coberta com Borra Espessa, Quase Solta (veja a Figura 2) – indica uma
quantidade excessiva de fuligem do combustível. Isto pode ser o resultado de
Figura 2
vários fatores. Um bom mecânico que conheça o veículo pode identificar a causa
do problema.
■ Plissados da Mídia Ondulados, Revestimento Externo Deteriorado ou
Pegajoso, Borra Brilhante Bem Fixada (veja a Figura 3) – indicam umidade
presente no sistema.
■ Revestimento na Mídia com Aparência de Gel (veja a Figura 4) – indica que
certos aditivos do óleo podem ter aprisionado água. Figura 3

■ Detritos de Desgaste na Mídia (veja a Figura 5) – indicam desgaste de


componentes do sistema. Um laboratório pode ajudá-lo a identificar os detritos,
num esforço para determinar os componentes específicos que precisam ser
substituídos.
As informações precedentes estão disponíveis no site da Baldwin na Internet em
www.baldwinfilter.com/pt/techtips.html. Figura 4

Figura 5

Interesses relacionados