Você está na página 1de 8

SUINOCULTURA IN-11

1) INSTRUÇÕES GERAIS:
;
 O enquadramento dessa atividade será de acordo com a Portaria nº 01/04, de
02.08.2000;
 O projeto depois de aprovado não poderá ser alterado sem que as modificações sejam
apresentadas e devidamente aprovadas pela FATMA;

 A FATMA não assumirá qualquer responsabilidade pelo não cumprimento de contratos


entre o interessado e o projetista, nem aceitará como justificativa qualquer problema
decorrente desse inter-relacionamento;

 Os projetos devem ser subscritos por profissional habilitado, com indicação expressa do
nome, registro de classe, endereço completo e telefone;

 A quantidade máxima de dejetos para a utilização em lavouras é de 50 m³/ha/ano, e de


acordo com recomendações de adubação indicadas por laudo com base em análise do
solo;

 Recomenda-se a instalação de sistemas de calhas e cisternas, visando o aproveitamento


das águas pluviais para uso nas pocilgas.

 Deverão ser publicados em periódico regional, todos os extratos dos pedidos de


autorizações e/ou licenças, e somente após a entrega na FATMA do comprovante da
publicação, será concedida a autorização e/ou licença;

OBSERVAÇÃO:
Requerimento: com vistas à obtenção ou renovação do licenciamento ambiental:

Licença Ambiental Prévia (LAP): declara a viabilidade do projeto e/ou localização de


equipamento ou atividade, quanto aos aspectos de impacto e diretrizes de uso do solo.

Licença Ambiental de Instalação (LAI): autoriza a implantação da atividade ou instalação de


qualquer equipamento, com base no projeto executivo final.

Licença Ambiental de Operação (LAO): autoriza o funcionamento do equipamento, atividade


ou serviço, com base em vistoria, teste de operação ou qualquer meio técnico de verificação.

AuA – Autorização Ambiental – Concedidas as atividades de porte inferior ao pequeno e


mediante apresentação da documentação exigida nos itens 1 e 2 abaixo e mediante quitação
de guia de BESC -Preço (UFIR) = 20 Agência do BESC n o 068, conta no 800.711-2.

DOCUMENTOS APRESENTAR: (para Autorização Ambiental – AuA, apresentar os itens 1 e 2


abaixo)

1) Licença Ambiental Prévia (LAP):

1.1 Requerimento da licença, conforme modelo, encaminhado à esta Fundação de Meio


Ambiente – FATMA, acompanhado da documentação abaixo especificada.

1 Suinocultura IN – 11
1.2 Desenho/croqui de localização da propriedade, incluindo:

1.2.1 Distribuição das instalações na propriedade, identificando a respectiva unidade de


armazenagem, com a denominação (F1, D1 e outras) e o plantel de animais que
atende e respectivo ano das instalações (individualmente);

1.2.2. Distância em metros, das pocilgas e do sistema de tratamento aos corpos d’água;

1.2.3. Distância em metros, das pocilgas e do sistema de tratamento às habitações, aos


limites dos terrenos vizinhos e às margens das estradas;

1.2.4. Indicação do Norte magnético

1.2.5. Identificação das estradas, com as respectivas direções.

1.3 Documento expedido pela Prefeitura Municipal, declarando que a atividade será
implantada de acordo com as diretrizes de uso do solo do município e se está a montante
ou a jusante do ponto de captação de água para abastecimento público.

Obs.: No perímetro Urbano não é permitida a implantação ou funcionamento da atividade


suinícola. (Código Sanitário)

2) Licença Ambiental de Instalação (LAI):

2.1 Requerimento da licença especificada no ANEXO -1, encaminhado à esta Fundação de


Meio Ambiente – FATMA, acompanhado da documentação abaixo especificada;

2.2 Planta de localização do empreendimento contendo todas as unidades, inclusive com o


tratamento dos efluentes;

2.3 Projeto do sistema para tratamento dos resíduos sólidos e efluentes líquidos, das
esterqueiras, bioesterqueiras, sistema de fertirrigação, sistema separador de sólidos,
sistema de lagoas, outros, contendo memorial descritivo, de cálculo, plantas e cortes;

2.4 Programa de monitoramento do sistema de tratamento de efluentes;

2.5 Cronograma físico para a execução das obras;

2.6 Anotação de Responsabilidade Técnica - ART dos projetos e execução da obra do


profissional habilitado.

3) Licença Ambiental de Operação (LAO):

3.1 Requerimento da licença especificada no ANEXO-1, encaminhado à esta Fundação de


Meio Ambiente – FATMA, acompanhado da documentação abaixo especificada.

3.2 Demonstração da eficiência do sistema de controle ambiental através de laudos


laboratoriais dos parâmetros constantes do programa de monitoramento aprovado na LAI.

2 Suinocultura IN – 11
Modelo de Requerimento 1

Fundação do Meio Ambiente – FATMA

O(A) requerente abaixo identificado(a) solicita à Fundação do Meio Ambiente – FATMA, análise dos
documentos, projetos e estudos ambientais, anexos, com vistas a ( )obtenção, ( )renovação da
Licença Ambiental ( )Prévia, ( )Instalação, ( )Operação para o empreendimento/atividade abaixo qualificado:

Dados Pessoais do (a) Requerente


RAZÃO SOCIAL/NOME:
CNPJ/CPF:
Endereço do (a) Requerente
CEP: LOGRADOURO:
BAIRRO
COMPLEMENTO: :
MUNICÍPIO: UF: DDD: TELEFONE:

Dados do Empreendimento
RAZÃO SOCIAL/NOME:
CNPJ/CPF:
Endereço do Empreendimento
CEP: LOGRADOURO:
COMPLEMENTO: BAIRRO:
MUNICÍPIO: UF: SC TELEFONE:

Dados de confirmação das coordenadas geográficas ou coordenadas planas (UTM) no sistema geodésico
(DATUM) SAD-69, de um ponto no local de intervenção do empreendimento.
Latitude(S)
LOCALIZAÇÃO: : g: m: s: Longitude(W): g: m: s:
COORDENADAS UTM x: COORDENADAS UTM y:

Assinatura
Nestes termos, pede deferimento .

Local e data , de de

NOME/ASSINATURA DO(A) REQUERENTE:


...........................................................................

1
O formulário de requerimento para licenciamento ambiental pode ser baixado no site da FATMA (www.fatma.sc.gov.br) para preenchimento

3 Suinocultura IN – 11
Modelo de Procuração2

Pelo presente instrumento particular de procuração, o(a) outorgante abaixo qualificado(a), nomeia e
constitui seu bastante procurador(a) o(a) outorgado(a) abaixo qualificado(a) para representá-lo(a) junto à
Fundação do Meio Ambiente no processo de ( )obtenção ( )renovação da Licença
Ambiental ( )Prévia, ( )Instalação, ( )Operação do empreendimento/atividade abaixo qualificado.

Dados do(a) Outorgante


RAZÃO SOCIAL/NOME: NACIONALIDADE:
ESTADO CIVIL: PROFISSÃO : CARGO :

EMPRESA: CNPJ/CPF:
Endereço do(a) outorgante
CEP: LOGRADOURO:
COMPLEMENTO: BAIRRO:
MUNICÍPIO
: UF:

Dados do(a) Outorgado(a)


RAZÃO SOCIAL/NOME: NACIONALIDADE:
ESTADO CIVIL: PROFISSÃO : CARGO :

RG: CNPJ/CPF:
Endereço do(a) Outorgado(a)
CEP: LOGRADOURO:
COMPLEMENTO: BAIRRO:
MUNICÍPIO
: UF:

Dados da Área do Empreendimento/Atividade


EMPREENDIMENTO/ATIVIDADE:
CEP: LOGRADOURO:
BAIRRO: MUNICÍPIO:
UF: SANTA CATARINA

Assinaturas
Local e data , de de

............................................................................ ..............................................................................
Outorgante Outorgado(a)

2
O formulário de Procuração de licenciamento ambiental pode ser baixado no site da FATMA (www.fatma.sc.gov.br) para preenchimento.

4 Suinocultura IN – 11
Identificação do Produtor

Pessoa:  Física  Jurídica Nome ou Razão Social:

Inscrição estadual: CNPJ/CPF nº:


Rua e nº:
Linha/Bairro/Distrito: Município: CEP:
Contato junto a FATMA
Telefone: Fax: e-mail:
Associação/Integração:

Dados da Propriedade

Nome da Propriedade:

Rua e nº:
Linha/Bairro/Distrito: Município: CEP:
Ano das edificações:

CONDIÇÃO DO PRODUTOR:
( ) proprietário ( ) Parceiro ( ) Outros
( ) Arrendatário ( ) Posseiro
3. CARACTERIZAÇÃO DA PROPRIEDADE E OCUPAÇÃO DO SOLO
Disponibilidade de Terra Área (ha)
Terras próprias (total)
Arrendadas de terceiros
Parcerias com terceiros
TOTAL
3.1 UTILIZAÇÃO DO SOLO:
ESPECIFICAÇÕES Área (ha)
Culturas Anuais / Permanente (milho, feijão, soja, arroz, etc.)
Pastagem
Reserva nativa
Reflorestamento
Outras

Área Útil Para Distribuição dos Dejetos: ____________ha

Cálculo m³/ha/ano: m³/dia x 365 =


área útil

5 Suinocultura IN – 11
4. CARACTERIZAÇÃO DA ATIVIDADE SUINÍCOLA:
Códigos FATMA: 01.54.00 Terminação _ 01.54.01 U.P.L. _ 01.54.02 _ Creche 01.54.03
Ciclo Completo _
Animais por Categoria nº Atual Nº Futuro Produção de Dejetos (m3/d)
Fêmeas / Leitões
Fêmeas c/ Leitões (em lactação) x 0,027 =
Fêmeas em Gestação x 0,0162 =
Leitões em Creche x 0,0014 =
Suínos em Crescimento/Terminação x 0,007 =
Machos x 0,009 =
TOTAL
5. FONTES DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA: Poço ? Vertente ? Rio ? Outro ?
Citar o nome do Rio:____________________________________
5.1. Consumo de Água: ________________m 3/d
5.2. Tipo de Bebedouro: Em nível ? Chupeta ? Ecológico ? Outros ?
Indicar:___________________________________________________

6. SISTEMA DE ARMAZENAMENTO DOS DEJETOS SUÍNOS:


Construído: ? Em construção: ? 60 dias ? ______ dias

Unidade de manejo e Dimensões em metros Volume Tempo de Material de construção e


tratamento ** Compr. x Larg. x Prof. (m3) retenção ou tipo de revestimento
Útil (dias)

Câmara de Fermentação -
F1
Depósito -D1
Câmara de Fermentação
-F2
Depósito -D2
Esterqueira Convencional-
E1
Esterqueira Convencional-
E2
Outros
6.1.1 - Identificar na planta ou croqui, as unidades conforme sigla adotada acima (F1, E1 Etc.) e
o plantel de animais que atende.

6.1.2 - A capacidade de armazenagem dos dejetos, deve ser de no mínimo 120 (cento e vinte)
dias, em unidades dotadas de revestimento, quando não houver sistema de tratamento dos
dejetos (efluentes).

6.2 - Sistema de Tratamento (detalhar através de projeto a ser anexado, conforme item 2 -
LAI):

6.2.1 Unidades de manejo e tratamento: Separador de Sólidos ? Sistema de Lagoas ?

Cama Sobreposta ? Outros ?

7. DESTINO DOS DEJETOS TRATADOS

Equipamentos para retirada e distribuição: Próprio ? da Prefeitura ? de Terceiros ?

Tipos: Fertirrigação ? Caminhão ? Dist. de esterco líquido ? Forma de manejo e destinação


final da cama (descrever) ? outros

6 Suinocultura IN – 11
8. DESTINO DOS ANIMAIS MORTOS/EMBALAGENS
- Animais mortos: Fossa Revestida dotada de tampa: __________m2 ? compostagem ? outros
(especificar)______________________________
- Embalagens de agrotóxicos: ? Tríplice lavagem? Recolhimento pela empresa revendedora.

9. CORPO RECEPTOR

Nomes/Identificação dos corpos d’água mais próximos (córrego, sanga, etc.) e do Rio Receptor
do despejo:___________________________________________________________________

Data: Assinatura do Produtor:

10. Profissional habilitado responsável pelo preenchimento do formulário, incluindo o


croqui/plantas/projeto etc.:

Nome:____________________________________Empresa: ___________________________
Telefone/Fax para contato:_______________________________________________________
11. PARECER SOBRE VISTORIA “in loco” E CONCLUSÃO
Reservado: EPAGRI FATMA PREFEITURA INTEGRADORA

............................................................................................................................................

............................................................................................................................................

............................................................................................................................................

............................................................................................................................................

Local e data: _____________________, de _______________ de _________.


Vistoriado por:

Assinatura
Carimbo CREA

7 Suinocultura IN – 11
Endereços da Fundação do Meio Ambiente – FATMA

Sede
Rua Felipe Schmidt, 485, Centro
88010-001 - Florianópolis - Santa Catarina
Fone: + 55 48 3216 1700
E-mail: fatma@fatma.sc.gov.br
URL: www.fatma.sc.gov.br
Coordenadorias de Desenvolvimento Ambiental
CODAM - Florianópolis CODAM - Criciúma
Fone: (0xx48) 3222 8385 / 3222 5269 Fone: (0xx48) 3461 5900
Rua: Emir Rosa, 523, Centro Rua: Melvin Jones, 123, Bairro Comerciário
88020-050 - Florianópolis - Santa Catarina 88802-230 - Criciúma - Santa Catarina
E-mail: fpolis@fatma.sc.gov.br E-mail: criciuma@fatma.sc.gov.br
CODAM - Joinville CODAM - Blumenau
Fone: (0xx47) 3431 5200 Fone: (0xx47) 3231 7500 / 3231 7599
Rua: Do príncipe, 33 – Ed. Manchester 10° andar Rua: Rua Braz Wanka, 238 – Vila Nova
89201-000 - Joinville - Santa Catarina 89035-160 - Blumenau - Santa Catarina
E-mail: joinville@fatma.sc.gov.br E-mail: blumenau@fatma.sc.gov.br
CODAM - Chapecó CODAM - Lages
Fone: (0xx49) 3321 6800 Fone: (0xx49) 3222 3740
Rua: Travessa Guararapes, 81-E Rua: Caetano Vieira da Costa, 575
89801-035 – Chapecó - Santa Catarina 88502-070 - Lages - Santa Catarina
E-mail: chapeco@fatma.sc.gov.br E-mail: lages@fatma.sc.gov.br
CODAM - Canoinhas CODAM - Joaçaba
Fone: (0xx47) 3622 0613 / 3622 2877 Fone: (0xx49) 3551 4900
Rua: Pastor Jorge Veiger, 570 Rua Minas Gerais, 13- Edifício Guairacá 1º andar
89460-000 - Canoinhas - Santa Catarina 89600-000 - Joaçaba - Santa Catarina
E-mail: canoinhas@fatma.sc.gov.br E-mail: joacaba@fatma.sc.gov.br
CODAM - Tubarão CODAM - Caçador
Fone: (0xx48) 3622 5910 Fone: (0xx49) 3561 6100
Rua: Padre Bernardo Freüser, 227 Rua: Carlos Coelho de Souza, 120
88701-120 - Tubarão - Santa Catarina 89500-000 - Caçador - Santa Catarina
E-mail: tubarao@fatma.sc.gov.br E-mail: cacador@fatma.sc.gov.br
CODAM - Itajaí CODAM – Rio do Sul
Fone: (0xx47) 3246 1904 Fone: (0xx47) 3525 3473 / 3521 0966
Rua: José Siqueira, 76 Rua: Porto União, 50, Bairro Canoas
88301-260 - Itajaí - Santa Catarina 89160-000 – Rio do Sul - Santa Catarina
E-mail: itajai@fatma.sc.gov.br E-mail: riodosul@fatma.sc.gov.br
CODAM – São Miguel D’Oeste CODAM – Mafra
Fone: (0xx49) 3631 3100 Fone: (0xx47) 3642 6067
Rua: Tiradentes, 1854, Bairro São Luiz Rua: Felipe Schmidt, 423 sala 1
89900-000 – São Miguel do Oeste - Santa 89300-000 – Mafra - Santa Catarina
Catarina E-mail: mafra@fatma.sc.gov.br
E-mail: saomigueloeste@fatma.sc.gov.br
Laboratório Florianópolis
Fone: (0xx48) 3238 0980
Rod. SC 401, km4, 4240, Bairro Saco Grande II
Ed. Via Norte
88032-000 - Florianópolis - Santa Catarina

8 Suinocultura IN – 11

Interesses relacionados