Você está na página 1de 11

ANEXOS

ANEXO I

Cálculos para a Preparação de Solução Tampão de Fosfato de Potássio


0,1 M, p.H. 6,8

 Dados:
M(K2HPO4) = 174,18 g/mol
M(KH2PO4)=136,09 g/mol

 Cálculo do número de mol n necessário para a realização de uma solução


de concentração 1M e de volume 25 mL:

 Cálculo da massa m correspondente a 0,025 mol de cada um dos


reagentes:

de K2HPO4

de KH2PO4
ANEXO II

Cálculos para Preparação de Solução Tampão de Tris-HCl 0,1 M, p.H. 7,0

 Dados:
M(HCl) = 36,5 g/mol
Densidade da solução de HCl a 37% = 1,19 g/mL 1,19 Kg/L
M((HOCH2)3CNH2)= 121 g/mol

 Cálculo do número de mol n necessário para a realização de uma solução


de concentração 0,1M e de volume 100 mL:

 Cálculo da massa m, em gramas, correspondente a 0,010 mol de


(HOCH2)3CNH2:

de (HOCH2)3CNH2

 Cálculo do volume v, em mL, de HCl a 37 % necessário para a realização


de uma solução de concentração 0,1M e de volume 100 mL:

1. Cálculo do valor de massa m, em gramas, de HCl por litro de


solução:
de HCl por Litro de solução
2. Cálculo da massa m, em gramas, correspondente a 0,010 mol
necessárias para a realização da solução de HCl de
concentração 0,1M e de volume 100 mL:

de HCl

3. Cálculo do volume v, em mL, da solução de HCl 37% necessário:

de solução de HCl a 37%.


ANEXO III

Cálculos para Preparação das soluções padrão de o-np

 Dados:
M(C6H5NO3) = 139,1 g/mol

 Cálculo do número de moles n necessário para a realização de uma


solução de concentração 1 mM e de volume 100 mL:

 Cálculo da massa m, em gramas, correspondente a de

C6H5NO3:

de C6H5NO3

 Cálculo dos volume V1, em mL, que irão ser retirados da solução-mãe
para realização das soluções padrão:

Sendo:
C1 a concentração da solução-mãe – 1000 µM;
V1 o volume a ser retirado da solução-mãe;
C2 a concentração da solução padrão a realizar – de 5 a 50 µM;
V2 o volume total da solução padrão – 10 mL.
Tabela A-I. Resumo dos valores obtidos nos cálculos necessários para a realização das soluções padrão
de o-np
Volume retirado da Volume de solução Volume total da Concentração da
solução-mãe (mL) tampão adicionada solução (mL) solução padrão
(mL) (µM)

0,05 9,95 10 5
0,10 9,90 10 10
0,15 9,85 10 15
0,20 9,80 10 20
0,25 9,75 10 25
0,30 9,70 10 30
0,35 9,65 10 35
0,40 9,60 10 40
0,45 9,55 10 45
0,50 9,50 10 50
ANEXO IV

Cálculos para Preparação das soluções padrão de Lactozym 2600 L® para


o ensaio de Bradford

 Dados:

Densidade de Lactozym 2600 L®= 1,115 g/mL


 Cálculo da concentração C2 , em grama por mililitro, da solução mãe:

 Cálculo das concentrações C2, em grama por mililitro, das soluções


padrão feitas a partir da solução-mãe:

Sendo:
C1 a concentração da solução-mãe – 0,1115 g/mL;
V1 o volume que foi retirado da solução-mãe – de 2 a 60 µL;
C2 a concentração da solução padrão;
V2 o volume total da solução padrão – 1 mL.
Tabela A-II. Resumo dos valores obtidos nos cálculos necessários para a realização das soluções padrão
de proteína
Volume retirado da Volume de solução Volume total da Concentração da
solução-mãe (µL) tampão adicionada solução (mL) solução padrão
(µL) (g/mL)

2 998 1 0,0002
5 995 1 0,0006
10 990 1 0,0011
15 985 1 0,0017
20 980 1 0,0022
25 975 1 0,0028
30 970 1 0,0033
40 960 1 0,0045
50 950 1 0,0056
60 940 1 0,0067
ANEXO V

Cálculo para a Preparação das diluições de Lactozym 2600 L utilizadas


paras os ensaios com enzima livre

 Dados:
Densidade de Lactozym 2600 L®= 1,115 g/mL

 Cálculo das concentrações C2, em grama por mililitro, das soluções


padrão feitas a partir de Lactozym 2600 L®:

Sendo:
C1 a concentração da preparação enzimática – 1,115 g/mL;
V1 o volume que foi retirado da solução-mãe – de 0,004 mL a 1 mL;
C2 a concentração da solução padrão;
V2 o volume total da solução padrão – 10 mL.

Tabela A-III. Resumo dos valores obtidos nos cálculos necessários para a realização das diluições de
Lactozym 2600 L
Volume retirado da Volume de solução Volume total da Concentração da
solução-mãe (µL) tampão adicionada solução (mL) solução padrão
(µL) (g/mL)

0,02 9,980 10 0,0023


0,01 9,990 10 0,0012
0,008 9,992 10 0,0009
0,005 9,995 10 0,0006
0,004 9,994 10 0,0005
ANEXO VI

Cálculos para a Preparação de Solução de Ácido Sulfúrico 12N

 Dados:
Densidade de H2SO4 95-97%= 1,84 g/mL
Equivalente-grama (E) de H2SO4= 49 g

 Cálculo do número de equivalentes, nº eq., existentes numa solução de


H2SO4 de concentração 12N e de volume 50 mL:

 Cálculo da massa, m, de H2SO4 existente em 0,6 equivalentes:

 Cálculo do volume, v, de solução de H2SO4 a 95-97% necessária para a


realização de uma solução de H2SO4 de concentração 12N, tendo em
conta a massa, m¸ calculada anteriormente:
ANEXO VII

Cálculo para a Preparação das soluções padrão de glucose

 Dados:
M(C6H12O6) = 180,16 g/mol

 Cálculo do número de moles n necessário para a realização de uma


solução de concentração 50 mM e de volume 50 mL:

 Cálculo da massa m, em gramas, correspondente a de

C6H12O6:

de C6H12O6

 Cálculo dos volume V1, em mL, que irão ser retirados da solução-mãe
para realização das soluções padrão:

Sendo:
C1 a concentração da solução-mãe – 50 mM;
V1 o volume a ser retirado da solução-mãe;
C2 a concentração da solução padrão a realizar – de 0,25 a 2 mM;
V2 o volume total da solução padrão – 10 mL.
Tabela A-IV. Resumo dos valores obtidos nos cálculos necessários para a realização das soluções padrão
de glucose
Volume retirado da Volume de solução Volume total da Concentração da
solução-mãe (mL) tampão adicionada solução (mL) solução padrão
(mL) (mM)

0,05 9,95 10 0,25


0,10 9,90 10 0,50
0,15 9,85 10 0,75
0,18 9,82 10 0,90
0,20 9,80 10 1,00
0,25 9,75 10 1,25
0,30 9,70 10 1,50
0,35 9,65 10 1,75
0,38 9,62 10 1,90
0,40 9,60 10 2,00