Você está na página 1de 4
Pa Earl ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL CONSELHO SECCIONAL DO DISTRITO FEDERAL PROTOCOLO n° 07.0000.2018.022334-6 Representante: Jacques Mauricio Ferreira Veloso de Melo, OAB 13.558 Trata-se de Representagéo em face de Chapa “INDEPENDENCIA NA ORDEM'”, Délio Fortes Lins e Silva Jiinior, OAB/DF 16.649, Mauro Junior Pires do Nascimento, OAB/DF n° 17.256 e Pedro Santiago Lopes Franga, OAB/DF n° 49.306, por suposta infragao ao Cédigo Eleitoral da OAB. Alega o Representante que os Representados divulgaram nos grupos de WhatsApp “Papo de Advogado" e “Liga da Justiga” pesquisa eleitoral contrariando 0 disposto no Provimento 146/2011, que regula o proceso eleitoral: Art. 12 — Constituem condutas vedadas, nos termos do art. 133 do regulamento Geral, visando proteger a legitimidade e a normalidade [...ldas eleigoes: \V- divulgagao pela chapa, sob sua responsabilidade, antes das eleigdes, por qualquer meio de comunicagdo, de pesquisa nao registrada previamente na Comisséo Eleitoral; Aduz, ainda, que, além de nao ter sido registrada na Comissao Eleitoral desta Seccional, conforme determina o citado Provimento, dita pesquisa nao informa 0 instituto pesquisador, 0 método adotado, a amostragem pesquisada, enfim as informag6es basicas exigidas de qualquer pesquisa. Prossegue o Representante afirmando que ademais de ser uma pesquisa falsa, tendenciosa e criminosa, inclui uma segunda pergunta claramente prejudicial @ candidatura do Representante e ainda caluniosa: Ve tem conhecimento que o presidente Juliano Costa Couto 6 réu na lava-jato por corrup¢ao, obstrucao de justica e lavagem de dinheiro? 'SEPW 516, Bloco B, Lote 07 - Ed. Mauricio Correa - Asa Norte CEP 70770-522 - Brasilia/DF (61) 3036-7000 www.oabdf.org.br Pray Cota ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL CONSELHO SECCIONAL DO DISTRITO FEDERAL Finalmente, 0 Representante informa que os 2° e 3° representados possuem perfis no facebook através dos quais 6 possivel perceber a tendéncia politica nesta eleigdes. Anexada a Representagao varios prints a demonstrar a veracidade das informagées. 1 1) 3) Ao final o Representante requer: Medida liminar para a imediata suspensdo da divulgagao da pesquisa no registrada e da informagao caluniosa, face a presenga dos requisitos autorizadores (fumaga do bom direito e perigo da demora); Que as partes representadas se abstenham de veicular qualquer pesquisa nao registrada e postagem que faga referéncia as informag6es falsas, seja por meio de mensagens via SMS, WhatsAoo, e-mail ou qualquer outro meio de comunicagao; Caso no sejam removidas ou haja reincidéncia, a abertura de procedimento de indeferimento de registro da chapa “Independéncia na Ordem’, nos termos do art. 10, § 2°. Do Provimento 146/2011; A. procedéncia da presente representagao, implicando no cancelamento da chapa representada e, se for 0 caso, na anulagao dos votos com perda do mandato de seus componentes, nos termos do art, 133, § 12 do Regulamento Geral da OAB. E 0 Relatorio. Diante dos fatos, e considerando que: Nao ha registro nesta Comisséo da pesquisa ensejadora desta representac4o; 0s fatos narrados efetivamente possuem capacidade de alterar o resultado das eleig6es que se avizinham; além disso, veiculam noticia caluniosa e difamante em relagao ao atual presidente da OAB/DF, em afronta aos principios éticos que devem nortear a advocacia, SEPN 516, Bloco 8, Lote 07 ~ Ed. Mauricio Correa - Asa Norte CEP 7070-522 - Brasilia/DF (61) 3036-7000 www.oabdf.org.br ren Cairn ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL CONSELHO SECCIONAL DO DISTRITO FEDERAL concedi a liminar, inaudita altera pars, para que os Representados fagam cessar imediatamente a divulgagao da pesquisa sem registro e as informagoes falsas nela contidas. A defesa ingressou com duas preliminares: i) na primeira foram invocados os procedentes das representagdes 07.0000.2018.021727-1 e 07.0000.2018.021730-3 desta CE; ii) na segunda aponta a ilegitimidade passiva do Dr. Délio Fortes Lins e Silva Junior, visto inexistir na exordial qualquer imputagao de conduta vedada. Diante desses argumentos, decido pela cassagao da liminar deferida e pela retirada do nome de Délio Juinior do polo passivo da representagao, Por sua vez, pela mesma razdo, os precedentes citados incidem sobre as questées de mérito, por se tratar de assuntos divulgados pelo mesmo formato inadmitido como prova No caso, como o fato se tornou controvertide, para que fosse possivel sua aceitagao, ao print deveria ter sido anexado uma Ata Notarial, devidamente registrada em Cartorio, sob pena de macular a prova ‘como imprestavel. Nao houvesse controvérsia sobrea veracidade do print, a ata Notarial seria dispensada. Nesse sentido, julgo improcedente a Representagdo para determinar 0 seu arquivamento Brasilia, 22 de novembro de 2018. oN yor Carlos Aurelianip Motta'de Souza Membro da Comissao Eleitoral Relator ‘SEPN 516, Bloco B, Lote 07 ~ Ed. Mauricio Correa - Asa Norte CEP 70770-522 - Brasilia/DF (61) 3036-7000 www,oabdf.org.br