Você está na página 1de 2

Escola Municipal Professora Eleonora da Silva Pinto Viana

Professora:_______________________________________________________________
Data:_________________________________Turma: ____________________________

Nome:___________________________________________________________________________________ Ano: _______________

Avaliação de História 4º Bimestre

1) Em que consiste o Mercantilismo.

a) Prática comum a vários Reinos Europeus entre os séculos XV e XVIII, que acumulavam riquezas como metais preciosos
(exemplo: ouro e prata) o máximo possível.
b) Prática de importar mais produtos caros, industrializados, estrangeiros para tornarem-se mercantis, e exportavam menos para
manter seus produtos em território nacional.
c) Costume de usar apenas vestes vermelhas e sapatos pretos, andar a cavalo e manusear armas de fogo industrializadas com alto
poder de destruição.
d) Forma de organização econômica onde a riqueza era comum a todos, pra isso o governo confiscava os bens dos mais
abastados e os doava ao coletivo da população.

2) Por que a cultura da cana-de-açúcar adaptou-se bem no Nordeste brasileiro?

____________________________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________________________

3) Ligue a coluna correspondente aos nomes das partes de um Engenho até a definição de cada uma dessas partes.
 Casa-Grande  Armazéns onde os blocos de açúcar eram quebrados e moídos.

 Senzala  Local onde o melaço era resfriado, condensado (endurecido) e branqueado.

 Capela  Local formado pela moenda, onde se moía a cana de açúcar e se extraia seu
caldo, e pelas fornalhas, que serviam para ferver e purificar o caldo em
tachos de cobre, transformando-o em melaço.

 Casa de Engenho  Espaço onde um padre realizava as cerimônias religiosas e servia como
espaço de reunião da comunidade nos domingos, batizados, casamentos e
funerais.

 Casa de purgar  Habitação construída para os escravos. Era um alojamento bem rústico e
precário.

 Galpões  Casarão onde viviam o senhor de engenho e sua família, além dos
empregados de confiança que cuidavam das tarefas da casa e da segurança.
4) Narre a jornada dos africanos desde sua captura na África, pelas guerras fomentadas por portugueses até o trabalho no Brasil.

____________________________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________________________

5) Quais eram os castigos impostos às pessoas escravizadas?


____________________________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
6) Os escravos domésticos ou de ganho podiam ter roupas e alimentação melhores, por isso era comum viverem mais tempo.
Quanto aos escravos do campo ou da mineração, como era sua saúde e tempo de vida?
____________________________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________________
7) Ache no caça-palavras, aquelas que relacionam-se com formas de luta dos africanos e afrodescendentes contra a escravidão.
Reescreva e explique como era cada uma.

LCJDFKNLXZKDNEGOCIAÇÕESZZXDGJS
PDAMMVDGLSÇDKFINCJÊNDIOSLUMDA
AKCPIHCNVMREBELIÕESKJFKEFJMFOB
LZFIJODALFORRIAMNKCVNDKSDHBNO
MGUKEKNVFUGAKJXKCSKFNKSISOIIPT
RMIFMJIKJCHJPOLÍTICAOJFMHJHDKKA
EFHIGBNRLDVKDQUILOMBOSKHIRJGG
SDGJDKIKAJLASSASSINATOSHHPHTJAE
LUTAJDJSDFEOPWOEJGLMVLÇDSLVDM

____________________________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________________________
____________________________________________________________________________________________________

Os caminhos dos homens parecem bons aos seus olhos, mas o fim são caminhos de morte!
Provérbios