Você está na página 1de 11

Estruturas de Madeira Prof.

ª Lídici Pomin

.Estado Limite Último.


Dimensionamento ao esforço axial
– Compressão –
(Peças simples)

AULA 11
Segundo a NBR 7190:1997
Dimensionamento à Compressão
Nas barras comprimidas axialmente o ELU se
configura pelo esmagamento das fibras ou por
instabilidades associadas a efeitos de 2ª ordem.
Diversos sistemas estruturais em madeira podem
apresentar esforços de compressão: escoras,
pilares, hastes de treliças.

Verificação no ELU:

σ : Tensão de compressão de cálculo
f : Resistência à compressão de cálculo paralela às fibras
ELU - Dimensionamento devido ao esforço axial Profª: Lídici Pomin
Dimensionamento à Compressão
Lo
Ncd Ncd

INSTABILIDADE
Teoria de Flambagem de Euler
Peça curta, medianamente esbelta ou esbelta
índice de esbeltez:
=
í
L : comprimento efetivo de flambagem
I í
r í : raio de giração mínimo r í = A
ELU - Dimensionamento devido ao esforço axial Profª: Lídici Pomin
Dimensionamento à Compressão
Comprimento
Efetivo de
Flambagem Condições de
bordo da barra
comprimida

ESTRUTURAS DE MADEIRA
Para Lo, não se
considera valores
teóricos que reduzam
o comprimento da
peça (NBR 7190)
ELU - Dimensionamento devido ao esforço axial Profª: Lídici Pomin
Dimensionamento à Compressão
Casos de Esbeltez NBR 7190

→ Peças curtas ã é á
< ≤ õ

→ Peças medianamente esbeltas


< ≤

→ Peças esbeltas
< ≤
ELU - Dimensionamento devido ao esforço axial Profª: Lídici Pomin
Dimensionamento à Compressão
DIMENSIONAMENTO:
Lo
Ncd Ncd

a) Peças Curtas ã é á
(0 < λ ≤ 40) õ

σ : Tensão de compressão de cálculo


= N : Força de compressão de cálculo
A : Área bruta da seção transversal

ELU - Dimensionamento devido ao esforço axial Profª: Lídici Pomin


Dimensionamento à Compressão
DIMENSIONAMENTO: É á
õ

b) Peças Medianamente Esbeltas (40 < λ ≤ 80)

M : Momento Fletor de 2ª ordem


= +
W: Módulo de Resistência à Flexão

Tensão de compressão devido ao momento fletor


de 2ª ordem
Tensão de compressão devido a força axial
Tensão de compressão de cálculo

ELU - Dimensionamento devido ao esforço axial Profª: Lídici Pomin


Dimensionamento à Compressão
DIMENSIONAMENTO: É á
õ

b) Peças Medianamente Esbeltas (40 < λ ≤ 80)

= +
N
M =N . e .
N −N
N : Força de Compressão de Cálculo
e : Excentricidade de 1ª ordem
N : Carga Crítica de Euler (teoria de flambagem)
ELU - Dimensionamento devido ao esforço axial Profª: Lídici Pomin
Dimensionamento à Compressão
DIMENSIONAMENTO: É á
õ

b) Peças Medianamente Esbeltas (40 < λ ≤ 80)

L e : Excentricidade de 1ª ordem
e =e =
300 e : Excentricidade acidental

π .E .I N : Carga Crítica de Euler


, í
N = E , : Módulo de Elasticidade Efetivo
L
I í : Momento de Inércia mínima

ELU - Dimensionamento devido ao esforço axial Profª: Lídici Pomin


Dimensionamento à Compressão
DIMENSIONAMENTO: É á
õ

b) Peças Medianamente Esbeltas (40 < λ ≤ 80)

= + í
=

I y
y
LN W=
y y
y
y: distância entre a linha neutra
e a borda comprimida
ELU - Dimensionamento devido ao esforço axial Profª: Lídici Pomin
Dimensionamento à Compressão
DIMENSIONAMENTO: É á
õ

c) Peças Esbeltas (80 < λ ≤ 140)


A verificação do ELU segue a mesma lógica do caso de
peças medianamente esbeltas.
Muda-se apenas o cálculo da excentricidade de 1ª ordem,
adicionando a esta uma excentricidade
suplementar ec.

e , =e +e

ELU - Dimensionamento devido ao esforço axial Profª: Lídici Pomin