Você está na página 1de 131

J.B.

Santos

A Chave Mestra para o


imp ssível
O que aprendi com NAPOLEON HILL.
J.B.Santos

A Chave Mestra para o


imp ssível
O que aprendi com NAPOLEON HILL.

v
editora
LUZ ZUL
Copyright © 2013 J.B. Santos
Todas as ações necessárias para confecção desta obra foram realizadas
pelo próprio autor: texto, diagramação e desing de capa.
Revisão Final: Amanda Vanessa

“Educação: Asas para a liberdade”.

Catalogação na Fonte

Santos, J.B.
A Chave Mestra para o Impossível - O que aprendi com Napoleon Hill.
1a. Edição / J.B. Santos - Manaus: Editora LUZAZUL, 2013.
130p.

ISBN: 978-85-7401-259-1
1. Auto-ajuda 2. Sucesso 3. Dinheiro I. Título

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS. É proibida a reprodução total ou parcial, de


qualquer forma ou por qualquer meio.
A violação dos direitos do autor (Lei n.º 9.610/98) é crime estabelecido pelo Art. 184
do Código Penal Brasileiro.

LUZAZUL - Com e Rep Editorial Ltda.


Rua Alexandre Amorim, 528, Aparecida, Manaus-AM, CEP 69000-000
Fones: (92) 9172-1464 / 8201-2859
www.facebook.com.br/josebaptistamaster
E-mail: cpdhmanaus@hotmail.com
Dedico essa obra a todos que carregam
no coração um grande sonho e,
principalmente, motivação e coragem
para torná-lo realidade.
Índice

Prefácio - 9
Introdução - 15
I - Encontro - 19
Lição – Para uma vida bem sucedida tem que haver Propósito.
II - Encontro - 27
Lição – Duas ou mais mentes sempre poderão fazer mais que uma.
III - Encontro - 31
Lição – Faça mais do que esperam de você.
IV - Encontro - 39
Lição – Use sua fé para mover montanhas.

V - Encontro - 47
Lição – Seja sempre agradável aos olhos dos outros.

VI - Encontro - 59
Lição – Faça sempre aquilo que deve ser feito.
VII - Encontro - 63
Lição – Seja Mestre de si mesmo.
VIII - Encontro - 69
Lição – Desenvolva a força do entusiasmo.
IX Encontro - 79
Lição – Desenvolva a iniciativa pessoal.
X - Encontro - 83
Lição – Aprenda com as adversidades.
XI - Encontro - 89
Lição – Visão criativa: sua usina de ideias.

XII - Encontro - 95
Lição – Como Pensar com exatidão.

XIII - Encontro - 101


Lição – Desenvolva o poder e a força do hábito.

Epílogo – 121
Referências Bibliográficas – 123
Prefácio

Aqui começa a nossa jornada. O universo foi muito


generoso ao permitir dividir com as pessoas algumas lições
que tenho aprendido ao longo da minha existência.
A nossa grande missão é evoluir. Mas, principalmente,
deixar um legado, que possa de alguma forma, contribuir para
desenvolvimento daqueles com quem entramos em contato
durante toda a vida.
Abordaremos muitos assuntos, mas em nenhum momento
serei pretencioso de afirmar que serão totalmente inéditos e exclusivos.
Na verdade, nada existe que possamos dizer com 100% de certeza
ser de nossa criação, pois tudo vem de uma fonte muito maior do
que podemos imaginar. Somos apenas um canal, por onde jorra
a sabedoria infinita de Deus. E, como tal, tudo que realmente
fazemos é usar nossa mente criativa, para trazer velhas filosofias
com uma nova roupagem e, assim, aumentar o grau de compreensão
das pessoas.
O assunto em pauta neste livro é o autodesenvolvimento,
como mola propulsora para realização profissional e pessoal.
A ciência do sucesso é uma ciência exata, mas por muito
tempo ficou sem uma definição clara sobre suas bases. É difícil
até mesmo definir o que seja sucesso.

J.B. Santos 9
A Chave Mestra para o Impossível

Certa vez, conversando com um morador de rua, perguntei-lhe


se nunca tinha procurado trabalhar para obter sucesso e reconhe-
cimento. Ele me respondeu com um sorriso maroto: “pra que, se
tenho tudo que preciso”. Aprendi naquele dia que sucesso é
simplesmente obter o que se deseja.
Para muitos, sucesso pode ser a capacidade de acumular
dinheiro e bens materiais. Mas para você pode ser apenas ter uma
família, ver os filhos encaminhados na vida, ou outra conquista
imaterial.
Na verdade, cada um tem uma ideia pessoal do que vem a
ser sucesso.
Nos últimos anos, muitos livros e materiais audiovisuais
tem explorado intensamente esse tema. A indústria da auto-ajuda
se tornou altamente lucrativa, movimentando bilhões de dólares
todos os anos. Tendo adquirido ao longo de vinte anos, quase
quinhentos livros e DVDs. Sendo que, uma das literaturas que mais
me atraiu, foi o estudo realizado por um americano chamado
Napoleon Hill. Seu extenso trabalho tem embasamento cien-
tifico, porque foi obtido através de pesquisas sobre a vida de mi-
lhares de pessoas, e não somente da vivência prática individual
do autor.
Ele nasceu em 26 de outubro 1883, no Estado da Virgínia,
Estados Unidos da América, em uma família pobre e morreu no
ano de 1970, um homem bem sucedido e rico.
Chegou a ingressar na faculdade Direito, mas teve que sair,
devido a problemas financeiros. Desde adolescência tinha uma
atração pelo jornalismo, onde procurava buscar seu sustento tra-
balhando para jornais da época. Napoleon Hill era extramente
inteligente e sagaz, sendo sua personalidade atraente e interes-
sante. Estes traços marcantes em sua personalidade seriam muito im-
portantes no transcurso de sua vida.

10 J.B. Santos
A Chave Mestra para o Impossível

Em 1908, com vinte e cinco anos de idade, por causa de


suas reportagens, Napoleon Hill teve a oportunidade de entre-
vistar o industrial Andrew Carnegie, que não só era o homem
mais rico do mundo na época, mas o segundo homem mais rico
que a humanidade já conheceu, depois de John D. Rockefeller.

Andrew Carnegie viu um brilho diferente nos olhos de


Hill, e decidiu revelar ao jovem repórter a sua crença, de que
seria possível, por meio de extenso trabalho de pesquisa,
identificar características em homens de triunfo, possíveis
de ser desenvolvidas em pessoas comuns. Ele queria provar,
que existia uma espécie de fórmula para o sucesso. Uma seleção
de virtudes, que se combinadas em uma personalidade,
garantiriam o completo êxito de tal indivíduo.

O milionário, então, propôs a Hill que iniciasse um


grandioso projeto, para investigar minuciosamente essas virtu-
des de pessoas triunfadoras, e que desenvolvesse um curso que
permitisse aos interessados desenvolver estas características.

Disse que estava certo, de que o trabalho não poderia ser


cumprido em menos de duas décadas, afinal, fazer sucesso por
um ano é relativamente fácil, permanecer é o grande desafio.
Porém, estava convicto também, de que valeria a pena, pois o
resultado beneficiaria milhões de pessoas no mundo inteiro.

O Sr. Hill, diante da grandiosidade do desafio quis recusar,


alegando ser muito jovem, sem formação e também falta de re-
cursos. Foi quando Andrew Carnegie disse-lhe que existia um
poder muito maior do que qualquer ignorância, falta de dinheiro
ou de experiência, que se ele tomasse posse desse poder nada
lhe seria impossível.

J.B. Santos 11
A Chave Mestra para o Impossível

Segundo Hill, esta foi uma das maiores lições que rece-
bera em sua vida, e também serviu de motivação para iniciar
este empreendimento audacioso, que deu ao mundo a primeira
filosofia do sucesso.
Sei que você está curioso pra saber que poder é esse.
O poder a que se referiu o Sr. Carnegie é simplesmente o
“controle da atitude mental” e o direcionamento desta energia
poderosa para conseguir realizar qualquer objetivo que desejar.
Conforme orientação de Carnegie, Napoleon Hill dedicou
mais de 20 anos de sua vida entrevistando grandes vencedores,
investigando suas carreiras, a fim de isolar e identificar as razões
pelas quais tantos e tão poucos conseguem alcançar o sucesso.
Entrevistou mais de 16.000 pessoas, dentre elas os 500 milionários
mais importantes da época e que mostraram a fonte de suas ri-
quezas. Entre eles: Thomas Edison, Alexander G. Bell, Henry
Ford, Elmer Gates, Theodore Roosevelt, William Jennings Bryan, George
Eastman, Woodrow Wilson, John D. Rockefeller e muitos outros.

O resultado de sua pesquisa foi apresentado em 1928, ano


que publicou sua primeira obra “A Lei do Triunfo”. Antes de sua
publicação oficial, esta obra foi submetida a banqueiros, comer-
ciantes e professores universitários, que, pelo seu espírito emi-
nentemente prático e grau de cultura superior, pudessem anali-
sá-lo e criticá-lo. Também, as duas mais importantes universidades
norte-americanas, para que examinassem atentamente a obra,
com a finalidade corrigir ou eliminar as declarações que parecessem
sem base do ponto de vista econômico. Nem uma única modi-
ficação foi proposta.
Este livro se tornou o primeiro tratado mundial sobre for-
mação de líderes e até hoje se apresenta como um dos livros mais
estudados do mundo.

12 J.B. Santos
A Chave Mestra para o Impossível

À medida que trabalhava na construção da filosofia, Na-


poleon Hill aplicava os conceitos e os comprovava na prática.
Após alguns anos ele se tornou um dos homens mais influentes
da história, sendo o responsável direto pela mudança de vida de
de milhões de pessoas em todo o mundo.
Venho estudando a filosofia de Hill há duas décadas, e posso
afirmar que foi determinante para algumas conquistas na minha
vida, inclusive, para a transformação de uma personalidade
totalmente introspectiva para uma totalmente expressiva.

É justamente a minha experiência, que quero compartilhar


aqui. Talvez , seja do seu conhecimento muito desses conceitos,
mas não como aplicá-los na prática.
Pretendo interagir com você da forma mais simples possível,
através de linguagem bem coloquial, em tom de conversa, assim,
parecerá que estamos frente-a-frente em uma conversa informal.

Sou grato pela oportunidade de ser seu mentor e, espero


sinceramente, poder desenvolver um estreitamento da nossa
relação de amizade, encontrando-o e interagindo, através de
outros canais de comunicação. Terei o maior prazer em conhecer
a sua história de sucesso e transformação, em algum dos nossos
seminários.

Venha comigo nesta grande viagem!

O autor.

J.B. Santos 13
Introdução

Uma das citações bíblicas que mais me impressionam é a


passagem, onde Jesus diz: “Nada é impossível para aquele que
acredita e tem fé .” - (Mateus, 17.20).
Podemos perceber claramente, que em nenhum momento,
Jesus faz referência a qualquer condição necessária para que
o homem possa materializar uma intenção.
Isso nos leva a concluir, que o ser humano só encontra
limitação em sua própria mente.
A palavra “impossível”, na minha opinião, não deveria
existir em nosso vocabulário, pois ela é uma negativa ao nosso
ilimitado potencial criativo, pois o prefixo “in” dá a palavra
um sentido de negação.

Prefiro pensar na conotação dada pelo idioma inglês, onde


“in” quer dizer dentro. Portanto, uma definição mais exata
seria, “possível dentro”. Levando em consideração que a vida
transcende ao mundo físico, podemos imaginar que em uma dimen-
são superior, não exista a limitação física da matéria. Portanto,
entendamos “dentro” como sendo no astral ou na espiritualidade,
onde a energia do pensamento pode ser transmutada sem conhe-
cer limitações.

J.B. Santos 15
A Chave Mestra para o Impossível

O Universo está sempre disposto a realizar nossos desejos,


mas para isso acontecer é preciso ACREDITAR. Sendo que
acreditar é mover energia criadora através da ação.
Todos nós nascemos com esse potencial latente, ou seja,
adormecido. Sendo que cada consciência deve tomar posse desse
poder criador e utilizá-lo para criar sua realidade.

No plano físico, a consciência utiliza-se do cérebro para


gerir suas ações, sendo a mente maior que o cérebro. A mente é
o conjunto de todas as faculdades do ser: material, espiritual e
emocional. O cérebro é a porta pelo qual podemos experimentar
a materialização dos nossos pensamentos. Este fenomenal
aparelho biológico é muito complexo e sabemos pouco sobre
ele, as pesquisas mais atuais remontam somente aos últimos 20 anos.

Queremos lhe apresentar uma chave para abrir todas as


as portas que surgirem à sua frente, durante a sua jornada em
busca da realização pessoal e financeira. Uma “CHAVE MESTRA”
é um instrumento capaz de abrir qualquer fechadura. Aqui lhe
será apresentada a chave que abrirá a caixa forte onde estão
guardados todos os seus dons mais genuínos. A chave que abrirá a
sua mente subconsciente, onde o seu verdadeiro “Eu” está abrigado,
e muitas vezes escondido.
Prepare-se para uma jornada de autodescoberta, pois não
lhe daremos nada que você já não tenha. Está tudo lá, a sua in-
teira disposição. Mas é preciso conhecer o acesso e, principal-
mente, ter a chave certa para libertar o seu “Eu” verdadeiro das
correntes do medo e da insegurança.
Como já dissemos antes, nenhum conhecimento aqui apre-
sentado é 100% inédito, mas acreditamos que tudo pode ser

16 J.B. Santos
A Chave Mestra para o Impossível

transmutado e apresentado de uma forma diferente, sem perder


a sua essência, desta forma abre-se novas possibilidades de
compreensão.
“A Chave Mestra para o impossível ” é a compilação dis-
secada dos conceitos atribuídos a Napoleon Hill, após mais de
20 anos estudando os homens mais bem sucedidos do mundo.
Através de sua intensa pesquisa, ele mapeou os traços de
personalidade necessários para se obter o êxito.
Sendo que, de posse desse conhecimento, qualquer pessoa
poderá modelar sua personalidade, de forma a obter os mesmos
resultados dos bem sucedidos no mundo.
Quero convidá-lo a ter um encontro consigo mesmo du-
rante 13 dias seguidos. Você poderá fazê-lo em qualquer horá-
rio, mas minha preferência é para que esse encontro aconteça
entre 4 e 6 da manhã. Nesse horário, você estará mais relaxado e
sua mente criativa estará mais desperta para assimilar os conhe-
cimentos que serão transmitidos. A maior dificuldade daquele
que almeja o êxito é vencer a si mesmo.
Ao final dos 13 encontros, com certeza você terá em suas
mãos a “chave mestra”, que abrirá as portas da sua mente reali-
zadora, possibilitando o seu acesso a todas as riquezas materiais
e imateriais que o Criador destinou a você.
Este não é um estudo teórico; e sim pragmático. Aqui to-
dos os conceitos foram amplamente estudados e aplicados por
milhões de pessoas, inclusive por mim, com resultados impres-
sionantes. Você mesmo poderá aplicá-los em sua vida e, assim,
tirar suas próprias conclusões.

Queremos apenas, que você venha a cada encontro com a

J.B. Santos 17
A Chave Mestra para o Impossível

mente aberta, sem preconceitos ou restrições. Pois vamos entrar


em um terreno onde não há limitações, a não ser aquelas estabe-
lecidas por sua própria mente.

Aguardo você para o primeiro encontro, e posso garantir


que sua vida nunca mais será a mesma, após lhe passar a:

“Chave Mestra para o impossível”.


Lembre-se: “Tudo é Possível somente dentro do seu coração”

18 J.B. Santos
I - Encontro
Lição – Para uma vida bem sucedida tem que haver propósito.

“Para aquele que não sabe onde


está indo, qualquer lugar serve.”
(Ditado Popular)

Olá! Estou feliz por encontrá-lo aqui e por ver que acei-
tou o meu convite. Seja bem vindo ao seu primeiro encontro.
Guarde na memória o dia de hoje, pois começamos aqui a
nossa grande jornada em busca da chave que abrirá as portas do
impossível.
Toda grande jornada começa com o primeiro passo. Mas
antes desse ato tão importante, se faz necessário definir, em que
direção ele será dado.
Quantas pessoas andam pela vida sem saber realmente o
que querem, eu mesmo já fui uma delas. Na ocasião, percebi que,
tal qual, a maioria das pessoas, eu não tinha um projeto de vida
realmente definido.
Embora acreditasse que sabia onde queria chegar, nunca
havia parado para pensar onde seria a minha estação de largada
e, muito menos, a de chegada.

J.B. Santos 19
A Chave Mestra para o Impossível

Quando percebi isso, fiquei em uma situação bastante des-


confortável. Lembro-me de ter passado uma noite inteira refle-
tindo sobre o que realmente queria e escrevendo os meus sonhos.
Anos depois, agora já um profissional respeitado, trabalhando
com pessoas de toda ordem, percebi, que grande parte delas –
tal qual, como eu anteriormente – não tinha também um projeto
definido de vida e, muitas delas acreditavam, que não era tão
importante. Muitos não quiseram sequer pensar na ideia. Outros,
assim como acontecia comigo, se assustaram diante do vazio que
sentiram e imediatamente iniciaram um processo de busca, que só
terminou quando definiram tudo o que era realmente necessário
fazer, para que pudessem dar os primeiros passos.
No meu caso em particular, somente aos 35 anos de idade,
fui capaz de encontrar um objetivo claro para perseguir. Nesta
época, já tinha tentado pelo menos cinco atividades profissionais
diferentes, sendo que em todas elas, tinha sempre aquela sensação
de que não estava fazendo a coisa certa. Era possível senitr que
não havia paixão e, além da insatisfação pessoal, nenhum resul-
tado expressivo em ganhos financeiros.
Posso garantir, que quanto mais rápido traçar seu projeto
de vida, você ficará mais próximo de alcançá-lo. Feliz é aquele
que consegue saber, o quer ainda em tenra idade, pois, assim,
poderá dedicar a melhor parte de sua vida – onde há mais ener-
gia e ambição – para lutar por todos os seus sonhos.
Aquela tradicional pergunta, que é-nos feita quando crian-
ças – O que você vai ser quando crescer? – é um indício claro de
que temos, necessariamente, que escolher um caminho.
Acredite! Tudo que você precisa é simplesmente escolher,
pois:

Tudo que a sua mente acreditar poderá ser realizado.

20 J.B. Santos
A Chave Mestra para o Impossível

Quando paro para pensar, me assusto, em como o nosso


sistema educacional não nos prepara realmente para a vida. Na
maioria das vezes e, nas melhores das situações, somos prepa-
rados para uma “carreira”, um emprego considerado “seguro e
garantido”. Ainda ressoa em minha cabeça, a voz de minha mãe,
dizendo que deveria estudar e encontrar um bom emprego, se
possível, no setor público. Todavia, no mundo de hoje, cada vez
mais, a juventude se defronta com um grande dilema: o “em-
prego” pós faculdade. E, infelizmente, é nesse momento que muitos
percebem que ter um diploma não dá total garantia de sucesso.
Portanto, amigo discípulo, adquira a consciência de que somente
formação acadêmica não garante o sucesso de ninguém.
Por acompanhar diversos tipos de pessoas, com as quais tenho
trabalhado, cada vez mais me convenço de que é o objetivo de vida
que norteia uma trajetória de sucesso. Devemos criar na men-
te o futuro desejado, e em seguida, cair em campo para
torná-lo realidade.
Todavia, além disto, é preciso detalhar com cuidado outro
ponto importante: a satisfação pessoal. Então, devemos correla-
cionar à equação: “o que eu gosto realmente de fazer + meus
talentos natos + o que o mercado busca”.

“A parte mais dificil da jornada é escolher


o caminho.” – J.B. Santos –
Andrew Carnegie fomentou um objetivo grandioso no
coração de Napoleon Hill, estabelecer e presentear ao mundo a
primeira filosofia do sucesso.
Diante da insegurança de Hill, ante ao desafio, Carnegie
deu-lhe uma lição inesquecível, disse:
– “Nós, ao nascermos recebemos dois envelopes lacrados”

J.B. Santos 21
A Chave Mestra para o Impossível

No primeiro envelope está escrito RIQUEZAS INFINITAS


e no segundo PENALIDADES.
As riquezas infinitas serão suas, se conseguir controlar sua
atitude mental, e se for senhor da sua vida. As penalidades virão,
caso você não consiga e fique a mercê das circunstâncias.
Continuou ele – olhando fixo para Napoleon Hill.
– As riquezas infinitas são:

• Saúde forte
• Consciência tranquila
• Um trabalho que ama
• Libertação dos medos e preocupações
• Uma atitude mental positiva
• Riquezas materiais infinitas
Após enumerar os benefícios advindos de uma mente
controlada e direcionada para um objetivo e, com um semblante
extremamente duro, enumerou as penalidades que sobreviriam
sobre aquele que não dominasse sua mente:

• Saúde fraca
• Medo e preocupação
• Indecisão e dúvida
• Frustração e falta de confiança
• Pobreza e falta
• Inveja, avareza, ciúmes, raiva, orgulho
22 J.B. Santos
A Chave Mestra para o Impossível

Este é um poder dado por Deus a todo homem, disse Car-


negie, com entusiasmo em sua voz:

O poder de tomar posse da sua mente e dirigi-la


para quaisquer fins que desejar.
Este é o poder que está a nossa disposição e que permite
total e incontestável controle das nossas vidas.

“Qualquer ideia que é mantida na mente, que seja


temida ou reverenciada, começará imediatamente a
vestir-se da forma física mais conveniente e adequada
disponível.” — Andrew Carnegie —

Determine suas metas e objetivos para a sua vida. Isso é


de fundamental importância para o seu sucesso. Qualquer obje-
tivo definido, fixado na mente, e nela conservado com a deter-
minação de realizá-lo, acaba por saturar todo o subconsciente,
até influenciar automaticamente a ação física do corpo para a
realização do propósito.
Há uma grande diferença em DESEJAR simplesmente al-
go e ACREDITAR que a conseguirá. Para provar essa afirmação,
pergunte a todas as pessoas que você conhece, se elas querem
ser milionárias, a maioria diz que sim, no entanto quantas são?
Pense nisso.
Como seu mentor e amigo, quero agora que você me apre-
sente, por escrito, a sua lista de metas e objetivos. É bem provável
que você não a tenha, pois somente 3% da população possuem
por escrito suas metas e objetivos. Não fique decepcionado con-
sigo mesmo, pois este é o objetivo de sua visita, aprender como
controlar sua vida.
Quero agora apresentar-lhe uma forma prática de resolver

J.B. Santos 23
A Chave Mestra para o Impossível

essa situação e, colocá-lo, definitivamente, em um seleto grupo


de pessoas que realmente sabem aonde estão indo.

Primeiro, pegue um caderno e, na primeira folha, escreva


o seu maior objetivo na vida. Escolha algo que realmente o deixará
realizado. Lembre-se: não existem limites. Tudo é possível.
Na página dois, escreva expressamente o que você está
disposto a fazer para atingir este objetivo. Não existe alguma
coisa em troca de nada. Tudo no universo tem um preço fixado.
É exatamente aí, que se manifesta uma das leis incontes-
táveis da natureza: a lei de causa e efeito. É preciso que você
esteja consciente, que para atingir seu objetivo será necessário
alguns sacrifícios.
Na folha dois, deverá estar seu planejamento detalhado
(METAS), que ao final levarão você a este grande objetivo
principal. Faça uma lista completa, com datas e plano de ação
para execução.
Memorize ambas as afirmações e repita incontáveis vezes
durante o dia... E tenha um sentimento de gratidão por todas as
riquezas que a providência divina lhe deu desde o nascimento.
Napoleon Hill nos ensina a seguinte prece de agradeci-
mento:
“Ó Divina Providência, eu não peço por mais riquezas,
mas por mais sabedoria, com a qual farei um uso mais sábio
das riquezas que o Senhor me deu ao nascer, que consiste no
poder de controlar e dirigir minha própria mente para quais-
quer fins que eu deseje”.

24 J.B. Santos
A Chave Mestra para o Impossível

O seu grande objetivo é exatamente aquilo que te fará


sentir totalmente realizado na vida.

Estudo de Caso:

Carlos Martins, dono da rede de ensino Wizard, acredita


que o planejamento foi fundamental para o sucesso do seu negócio.
Quando ele criou, em 1987, a escola de inglês Wizard, já
tinha um objetivo bem definido em sua mente: simplesmente for-
mar, em dez anos, uma rede de franquias que tivesse ao menos
nos uma unidade em cada estado brasileiro. Hoje, depois de
transformar sua empresa em um gigante do ramo educacional,
ele se permite traçar metas mais ambiciosas - como o projeto
de abrir o capital da companhia e o sonho de fazer do Brasil
um país bilíngue.
“Begin with the end in mind”, ou seja, comece com um objetivo
bem definido em sua mente." A frase, cunhada pelo consultor
norte-americano Stephen Covey , no livro Os 7 Hábitos das Pessoas
Altamente Eficazes, não à toa foi o conselho mais repetido por
Martins, durante um encontro empresários de pequeno porte para
troca de experiências.
Afinal, ao adotar a tática de projetar o futuro e batalhar
para chegar lá, o empreendedor conseguiu criar um império.
A Wizard ocupa atualmente o posto de maior rede de ensino de
idiomas do Brasil. E o grupo Multi, também comandado por
Martins, reúne as redes Skill, Alps, People, SOS, Microlins, Bit
Company, Yázigi, Quatrum e Smartz. Ao todo, são cerca 3,5 mil
escolas localizadas em dez países.

J.B. Santos 25
A Chave Mestra para o Impossível

Após definir seu objetivo principal e os secundários, passe


a fase do planejamento. Nesta fase você deverá estabelecer me-
tas.
As metas são ações, que somadas te levam ao objetivo
final. Tenha metas diárias, mensais e anuais.

Lembre-se: todas as suas ações devem estar


alinhadas com seus objetivos.
Ao atingir cada meta comemore! Não espere chegar ao
grande objetivo para se sentir feliz, a cada pequena conquista
festeje, pois isso será motivador para continuar sua caminhada
em busca da sua próxima meta.
Uma das maiores causas do fracasso é a falta de objetivos.
Por isso, não cometa esse erro grave.
Está concluído nosso primeiro encontro, e esta é sua prmeira
lição para a obtenção da Chave Mestra, que tornará possível
realizar todos os seus Sonhos.
Agora! Para que possamos ter o nosso segundo encontro é
imprescindível que você tenha executado esta primeira tarefa.
Por isso, utilize o restante do dia para traçar seus objetivos e
planejar suas vida.
Nenhum avião deixa o aeroporto sem um plano de voo
pré-estabelecido. Acredite que esta é uma condição essencial
para sua vitória final.

“Homem superior é aquele que começa pôr em


prática as suas palavras e em seguida fala de acordo
com as suas ações.” ― Confúcio ―

26 J.B. Santos
II - Encontro
Lição – Duas ou mais mentes sempre poderão fazer mais que uma.

“ O potencial criativo da fusão de duas ou mais


mentes será sempre maior que a a soma das partes .”
– Napoleon Hill –

Olá! Fico feliz por você ter vindo ao nosso segundo encontro.
Agora, que você tem um objetivo bem definido na mente e um
planejamento para realizá-lo, pretendo passar-lhe neste encontro,
a fórmula para tornar sua caminhada mais suave e proveitosa.
Napoleon Hill, durante o seu trabalho de pesquisa, descobriu
que todos os grandes homens tiveram que se associar a outras
pessoas para conseguirem realizar os seus objetivos. Uma vez
que, todos compreenderam a interdependência, buscaram
principalmente pessoas que seguiam uma mesma linha de pensa-
mento. Assim, todos trabalhavam em rapport com seus sócios.

Ele percebeu que, os homens triunfadores conseguiam agregar


pessoas com mentes em harmonia. Afirmava que, a união de duas
ou mais mentes, gerava um todo que era maior do que a soma das
das partes, o que ele chamou de Master Mind – ou Mente Mestra.
Sozinhos, nenhum deles teria conseguido o sucesso que conseguiu.

J.B. Santos 27
A Chave Mestra para o Impossível

Depois outros pensadores, como o Peter Drucker, transmitiram


a ideia de que, as empresas que conseguissem ter mentes em harmonia
em torno de um objetivo principal bem definido, criariam um espí-
rito de corpo, uma sinergia, ou seja, a empresa passa a ter uma mente
superior que une e orienta e para um grande resultado.
O Máster mind é o princípio pelo qual, você poderá “tomar”
emprestado o conhecimento, a experiência, a influência e, talvez,
o capital de outras pessoas.
Após encontrar pessoas que se alinhem com seus planos
e objetivos é importante manter uma atitude mental positiva e
estar em perfeita harmonia com todos os envolvidos, pois a Mente
Mestra só dará certo se você jogar o ganha-ganha.
Analisando Napoleon Hill e diversos outros autores que
estudam a psicologia do sucesso, cheguei à conclusão de que só é
possível desenvolver uma Mente Mestra, através do pleno
crescimento pessoal. Primeiro, você terá que ter uma sinerigia
e harmonia consigo mesmo.
A partir de uma metodologia de ação, embasada em con-
ceitos pré-elaborados, que o conduzem a assimilar uma visão
superior a respeito de si mesmo, das demais pessoas e do mun-
do, você poderá construir uma Mente Mestra e superar todos os
revezes do difícil caminho que leva ao sucesso.
Neste capítulo, sintetizarei alguns conselhos práticos para
você iniciar a elaboração de uma nova perspectiva de si mesmo,
que irão capacitá-lo a ter uma Mente Mestre.

“O Verdadeiro Mestre é aquele


que é mestre de si mesmo”

28 J.B. Santos
A Chave Mestra para o Impossível

Inicialmente, o aspirante a “máster mind” precisa desenvolver


a convicção da existência de um poder infinito, presente no âmago
do seu ser. Deve acreditar e reconhecer que a expansão e o crescimento
é o destino de todas as coisas.
Convencer-se de que, independentemente de condição
atual, pode vencer todos os seus obstáculos e conquistar todos
os seus objetivos.
Quando você conseguir dominar a sua condição inferior
e adentrar nos domínios da sua mente superior, poderá atingir re-
sultados considerados extraordinários. Terá adquirido uma mente
de mestre, apta a desenvolver ideias, projetos e ações exitosos em
todas as áreas da sua vida. Mente de Mestre é nada mais, nada
menos, que um novo conceito cunhado para designar a Inteligência
Universal em movimento. A Fonte Infinita que permeia, penetra,
e preenche os interespaços do universo.
Ser um “’máster mind” significa ter a capacidade de entrar
em contato com essa Mente Infinita e imprimir ali seus desejos
e metas, através da fé, da convicção e do sentimento.
Todo aquele que for capaz de impregnar uma ideia-semente
nessa substância sem forma e sem nome, será capaz de reproduzir
a coisa desejada no mundo dos fenômenos. Em outras palavras,
uma convicção que você imprime em sua essência, determina
o futuro que você experimentará.
A tese defendida pelos estudiosos da Mente Mestra, mostra-nos
que, empregando técnicas de pensar e agir de maneira extraordi-
nária e poderosa, nos tornamos capazes de emitir uma mensagem
ao universo, que conspira de maneira matemática e precisa para
que nossos objetivos se realizem. Utilizando-se desse poder com
dedicação e determinação, podemos realizar verdadeiros milagres
nos campos pessoal, social e profissional.

J.B. Santos 29
A Chave Mestra para o Impossível

Um dos requisitos essenciais para se desenvolver a Mente


Mestra, consiste em eliminar a cultura milenar limitadora do medo,
da dúvida e do pensamento negativo. Para isso, faz-se necessário
criar um novo conceito a respeito de si mesmo, de Deus e da vida.
Você deve eliminar a visão limitada acerca de si mesmo,
passando a acreditar que o Criador quer a sua expansão, assim
como, o faz com todas as coisas. Acreditar que seu crescimento
pessoal será, com certeza, regozijo para todo o Universo, porque
ao crescer, você estará em harmonia com o propósito da Grande
Obra Cósmica, que está em expansão permanente.
Você é uma expressão em miniatura da Mente Universal.
E, quando evolui, faz com que o Princípio da Vida se expresse
mais e melhor, através de você. Portanto; evoluir e crescer serão
sempre a sua verdadeira meta perante o Cosmos. Acredite!
Você é uma manifestação da Vida Infinita, que o criou com
o objetivo de se auto-expressar no mundo das formas, de maneira
magnífica. Creia nisso, e você poderá desenvolver uma Mente
de Mestre. Assim, atingirirá seus objetivos e se destacará na
multiplicação de benefícios, que se estenderão de si mesmo para
o meio que o cerca, rompendo os tabus e preconceitos psicoló-
gicos, morais e religiosos.
Para desenvolver seu máster mind pessoal será necessário
desenvolver algumas características internas importantes:

Humildade - Os maiores mestres da humanidade sempre


identificaram a humildade como a base para o desenvolvimento
sadio dos seus aprendizes. Eles não estavam errados. A humildade
é à base do crescimento interno. Ser humilde é o princípio básico
da sabedoria. É importante saber ouvir, compreender e respeitar
os outros com seus vícios e suas virtudes.

30 J.B. Santos
A Chave Mestra para o Impossível

Desapego – Os grandes inimigos do homem são: o medo,


a dúvida e o apego. Cada um de nós já enfrentou esta fera de três
cabeças. Desprenda-se das coisas do mundo e o mundo será seu.
Integridade - Faça o que é certo e justo, e você estará se
alinhando com a Energia Universal, responsável por colocar tudo
no seu devido lugar e dar a cada um aquilo que merecer.
Determinação - Ao estabelecer planos e metas, siga-os com
a convicção de que, aquilo que você pré-determinou, atingiu
longínquas esferas cósmicas e já estão em gestação nos planos
mais sutis da existência. Se recuar, as sementes não germinarão.
Se persistir determinado, o ciclo se completa a seu tempo e os
frutos aparecem em sua experiência de vida.
Otimismo - O bem-estar é o fruto doce experimentado
apenas por aqueles que acreditam e praticam o bem, o bom e o
belo. Seja otimista, acreditando sempre nas boas coisas da vida
e elas passarão a fazer parte de sua essência.
Entusiasmo - O entusiasmo é o otimismo elevado às esferas
superiores do seu ser. Ao agir com entusiasmo você desencadeia
uma reação natural e imediata das Forças Cósmicas Criadoras.
Criatividade - Desenvolva, com um plano de ações e metas,
aquilo a que se propôs ser, fazer ou ter. Esforça-te para desenvolver
nas profundezas de seu ser uma criatividade racional e intuitiva
ao mesmo tempo.
Serenidade - O espírito sereno é capaz de mobilizar for-
ças, pessoas, energias, em torno de um objetivo, de forma har-
moniosa. É capaz de encarar com tranquilidade os desafios que
a vida nos apresenta durante o decorrer de todo o percurso que
trilhamos neste plano tridimensional.

J.B. Santos 31
A Chave Mestra para o Impossível

- Defina exatamente o que você quer conquistar;


- Tenha consciência que tudo tem um preço;
Após o domínio da sua mente, associe-se verdadeiramente
a pessoas especiais, para que juntos, possam realizar os seus
propósitos com mais facilidades.
Sucesso é o conhecimento com o qual você pode conseuir
o que quiser da vida, sem violar o direito dos outros e ajudando
os outros a também conseguí-lo.
Concluímos nosso segundo encontro.
Você já tem um objetivo bem definido e agora tenho uma
nova tarefa pra você.
Faça uma lista de pessoas com quem você pode se associar
mentalmente, para a constituição de um máster mind.
Coloque nessa lista todas as pessoas que possuam um
potencial importante para suprir suas necessidades e, principal-
mente, com atitude mental maior ou igual a sua. Lembrando que,
o jogo da vida deve ser jogado de forma que todos ganhem. Então
esteja preparado para devolver as outras pessoas, em igual ou
superior valor, a energia desprendida por outras mentes para a
realização dos seus objetivos.
Lembre-se: seu maior máster mind é com Deus, de onde
jorra toda a sua força criativa. Mantenha-se conectado.
Até o nosso próximo encontro!

“Há três métodos para ganhar sabedoria: primeiro,


por reflexão, que é o mais nobre; segundo, por imitação,
que é o mais fácil; e terceiro, por experiência,
que é o mais amargo.” ― Confúcio.

32 J.B. Santos
III - Encontro
Lição – Faça sempre mais do que esperam de você.

“Exige muito de ti e espera pouco dos outros.


Assim, evitarás muitos aborrecimentos.”
– Confúcio –

Fico feliz em vê-lo novamente. Isto significa que está se


comprometendo a cada dia com o processo de mudança.
Até agora você aprendeu a definir seus objetivos e metas,
também a revelação de que nunca poderá ser totalmente realizado
trabalhando sozinho. Todos os grandes construtores tiveram seus
colaboradores, pessoas que sonharam e trabalharam juntos,
criando uma sinergia poderosa, com o objetivo de ajudarem-se
mutuamente e, assim, poderem conquistar seus objetivos mais
rápido e com menos esforço.
A lição que vou lhe passar hoje, Napoleon Hill chama de
“Caminhar a milha extra”.
Quero compartilhar com você uma pequena história que li
no livro Metas¹, de Brian Tracy:
Muitos anos atrás, o então presidente da Câmara de Co-
mércio Americana, contou uma história em seu jantar de aposen-
tadoria. Ele havia se tornado um dos homens de negócios mais
respeitados em seu país e no exterior. Conquistara a fama e o
respeito que todo homem de negócios sonha ter.
1. Metas: Como conquistar tudo que você deseja mais rápido do que jamais imaginou,
BRIAN Tracy, Rio de Janeiro, 2005, Editora Best Seller

J.B. Santos 33
A Chave Mestra para o Impossível

Contou que, quando era jovem, malsucedido e frustrado,


leu uma inscrição em um papel de embrulho afixado em um
painel de seu colégio. Passando por ali, algo fez com que se de-
tivesse, e ele leu a inscrição. Dizia:

“Seu sucesso na vida será diretamente


proporcional ao que você fizer depois que
tiver feito o que se espera que faça."

Ele disse, então, que estas palavras mudaram sua vida.


Até aquela altura de sua carreira, ele achava que trabalhava bem,
porque fazia o que lhe pediam e o que se esperava que ele fizesse.
A partir daquele momento, no entanto, decidiu que faria muito
mais do que se esperava dele. Tomou a decisão de que sempre
iria um pouco mais longe e faria mais do que aquilo que era pago
para fazer. A partir daquele dia, e pelo resto de sua carreira,
levantou-se um pouco mais cedo, trabalhou com um pouco mais
de afinco e até um pouco mais tarde. Movia-se com mais rapidez
de uma tarefa a outra e de um cliente a outro.
Eis, então, o que sempre acontece. Quanto mais rápido ele
se movia, mais experiência adquiria. Quanto mais experiência
adquiria, melhor se saía em seu trabalho. Quanto melhor se saía,
melhores resultados obtinha no mesmo período de tempo. Em
pouco tempo, ele estava ganhando mais e sendo promovido.

Ao agir com mais rapidez e fazer sempre mais do que o


esperado, ele passou para a pista de alta velocidade em sua car-
reira e começou a deslanchar rapidamente. Logo seria promovi-
do para um novo departamento e, em seguida, contratado para
uma nova empresa, assumindo a responsabilidade por uma no-
va área.

34 J.B. Santos
A Chave Mestra para o Impossível

A cada um desses passos, adotava sempre a mesma estra-


tégia. Faça mais do que aquilo pelo qual você é pago. Faça mais
do que os outros esperam. Vá um pouquinho adiante. Esteja
sempre ocupado, não pare nunca. Mexa-se. Não perca tempo.
E ele nunca olhou para trás.
Este belo exemplo retrata bem a importância desta lição.
Quando fazemos mais do que nos é exigido colocamos em mo-
vimento uma fantástica Lei Universal:

“É dando que se recebe”.

Existem dois tipos de pessoas que nunca chegarão a resul-


tados expressivos:

1.Aqueles que nunca fazem o que se manda;


2.Aqueles que só fazem o que se manda.
As pessoas bem sucedidas são cheias de iniciativa e sempre
prestam mais serviços do que são pagos para fazer. Existe uma força
que sempre recompensa àqueles que são capazes de fazer mais
com menos. O universo sempre nos recompensa de alguma forma
por trabalhos feitos que superem a nossa obrigação.
Por isso, não se preocupe com o reconhecimento imediato,
de alguma forma, no seu tempo a recompensa virá.
Os seus ganhos financeiros serão sempre diretamente
proporcionais à qualidade dos serviços prestados + atitude men-
tal positiva em fazer sempre mais do que é sua obrigação.

O que você poderá esperar se prestar serviços de qualida-


de e se superem as expectativas das pessoas:

J.B. Santos 35
A Chave Mestra para o Impossível

1. Este hábito fará com que você tenha a atenção favorável


daqueles que podem e irão lhe oferecer as melhores oportunidades
para que você se promova a uma circunstância melhor. É
impossível manter indefinidamente uma bola de ar no fundo de
uma piscina, pois é da natureza da bola ir para a superfície. Assim,
também, aquele que faz mais do que a obrigação, uma hora será
notado e terá sua recompensa, quase sempre, manifestada na
forma de colocações mais elevadas na vida.
2. Seguir esta prática lhe fará indispensável na ocupação
que você escolheu;
3. Esta prática fará com que você se destaque em sua linha
de trabalho, pois a cada trabalho bem realizado se instalará o
o espírito de excelência;

4. Irá lhe beneficiar pela lei do contraste, pois os outros ao


ao seu redor não estarão andando tanto quanto você;

5. Seguir esta prática, de sempre fazer o melhor em todos os


seus esforços, e, fazê-lo com uma atitude mental positiva, irá
aprimorar a sua personalidade e fazer com que todos a sua volta
gostem de você;
6. Ele também lhe ajudará a desenvolver a percepção e
manterá sua imaginação afiada e alerta, porque você estará
buscando continuamente novos e melhores jeitos de prestar
serviços de qualidade;
7. Ele ajudará você a mover-se de acordo com sua própria
inciativa, ao invés de ficar esperando que te digam o que fazer.
Aqui você vence o mais terrível dos vilões, a procrastinação;
8. Ajuda você a definir certeza de propósito, que é o
princípio de toda carreira de sucesso;

36 J.B. Santos
A Chave Mestra para o Impossível

9. Andar a milha extra, inspira e motiva as outras pessoas.


Pois o líder sempre influencia pelo exemplo. Esta prática sempre
estará movendo a sua equipe para prestar mais serviços que a
obrigação, sendo o resultado o aumento da produtividade.
10. Esta prática lhe condiciona a manter uma mente mestra
com todos aqueles com quem trabalha.

Chegamos ao final do nosso terceiro encontro. Foi pas-


sada uma regra muito valiosa e, que fará maravilhas na sua
jornada rumo ao sucesso.

Quero deixar um exercício proposto por Napoleon Hill, para


que você possa massificar esse hábito em sua mente subconsciente:
Comece amanhã, em qualquer ocupação que você esteja
engajado, a prestar algum tipo de serviço útil a alguém próximo
de você, que não esperem que você preste e que você não espera
recompensa. Preste serviço com uma atitude mental agradável, que
mostrará que você teve prazer em fazê-lo;

Siga esta prática durante sete dias consecutivos e então note


as mudanças na atmosfera que você irá desfrutar no seu meio.
Tenho absoluta certeza, que em poucos dias, você estará sendo
visto por todos com outros olhos. E seu talento e serviços serão
mais valorizados. Assim, muitas portas de oportunidades serão
abertas, pois nenhuma poderá ficar fechada para o homem que
tem prazer em servir.

Até nosso próximo encontro!

J.B. Santos 37
IV - Encontro
Lição – Use a força da sua fé para mover montanhas.

"Quem não vive segundo o que


acredita, não acredita."- Thomas Fuller.

Olá! Seja muito bem vindo ao nosso quarto encontro.


Eu creio em Deus e em mim mesmo. Creio nos que traba-
lham comigo. Creio nos meus amigos. Creio na minha família.
Creio que Deus me emprestará tudo que necessito para triunfar,
contanto que eu me esforce para alcançar com meios lícitos e
honestos.
Creio nas orações e nunca fecharei meus olhos para dormir,
sem pedir antes a devida orientação a fim de ser paciente com os
outros e tolerante com os que não acreditam no que eu acredito.
Creio que o triunfo é resultado de esforço inteligente, que
não depende da sorte, da magia, de amigos, companheiros duvi-
dosos ou de meu chefe.
Creio que tirarei da vida exatamente o que nela colocar.
Serei cauteloso quando tratar os outros, como quero que eles sejam
comigo. Não caluniarei aqueles que não gosto. Não diminuirei
meu trabalho por ver que os outros o fazem. Prestarei o melhor
serviço de que sou capaz, porque jurei a mim mesmo triunfar na
vida, e sei que o triunfo é sempre resultado do esforço consciente.

J.B. Santos 39
A Chave Mestra para o Impossível

Finalmente, perdoarei os que me ofendem, porque com-


preendo que às vezes ofendo os outros e necessito de perdão.
Com este texto de Mahatma Gandhi², abrimos nossa lição
de hoje, sobre um tema muito importante para aquisição do êxito:
a fé. Mas pretendemos abordá-lo, não do ponto de vista religioso
ou dogmático, pois, na verdade, a fé genuína nada tem a ver com
religião. Na essência, a fé é o resultado da obtenção do conheci-
mento pleno das forças que regem a natureza.
O homem com uma personalidade vencedora, depois de
estabelecer suas metas e objetivos, acredita piamente na sua
capacidade de levar a cabo seus mais ambiciosos projetos.
Por isso, acreditar em si mesmo é uma condição essencial
para se obter a chave Mestra para o impossível.
“Recentemente, assisti ao filme Mãos Talentosas” (Gifted
Hands), que narra à biografia do médico considerado, atualmente,
o melhor Neurocirurgião Pediátrico do mundo: Dr. Ben Carson. ³
Mediante uma árdua experiência de vida, ele teve sabedoria
para fazer escolhas alinhadas com seu crescimento pessoal,
profissional e espiritual.
Ben era o pior aluno de sua escola, e alvo da gozação de
todos. Com sua força de vontade e com a sábia intuição de sua
mãe, que não aprendeu a ler e só estudou até a 3ª série primária,
ele venceu todos os desafios de sua juventude para se tornar, além
de um especialista mundialmente reconhecido, um ser humano que
financia os estudos de jovens com excelência no desempenho acadêmico
e, que prestam serviços para suas respectivas comunidades.
Em uma das entrevistas, o Dr. Carson falou, que se apaixonou
pela neurocirurgia, por considerar o cérebro um verdadeiro mistério:
“Hoje eu sei que posso enfrentar qualquer desafio com o
poder da mente. Ao abrir o crânio das pessoas para fazer as
2. Gandhi and Churchill: the epic rivalry that destroyed an empire and forged our age. [S.l.: s.n.], 2008
3. Benjamin Carson Biography (em inglês) Academy of Achievement (18 de abril de 2012).

40 J.B. Santos
A Chave Mestra para o Impossível

cirurgias não há diferenças do cérebro de uma pessoa rica, pobre,


negra, branca, indígena, das Américas, Europa, Ásia ou África.
Tudo depende de nossa vontade!
Nós temos o poder de lidar com qualquer circunstância
exterior (família, condição social, etc.) e enfrentar qualquer de-
safio com o poder de nossa consciência”.
Na vida, basicamente, lidamos com isto de duas maneiras:
uma é “na marra”, enfrentando os desafios e percalços, nos apoiando
nas pessoas a nossa volta e na fé que algo divino irá nos ajudar.
A outra, é procurando técnicas que nos ajudem a desenvolver
habilidades para dominar a vontade, colocar a atenção em nossas
metas e aprender a usar a energia de nossa fé, desenvolvendo
uma crença inabalável sobre nossas reais possibilidades. Esta certeza
que nos envolve nesses momentos, evita que a dúvida se instale em
nossa mente, sabotando secretamente nossas intenções.
Qualquer limitação ou qualquer solução está dentro de cada
um de nós!
A certeza em nossa mente não nos garantirá trilhar o caminho
sem obstáculos, mas nos dará a motivação necessária para buscarmos
as ferramentas e habilidades necessárias para embasar nossas
decisões, favorecendo nossas escolhas .
Seguindo este raciocínio e utilizando as técnicas do despertar
da consciência, tem ficado cada vez mais claro que precisamos
alterar a estrutura do nosso modelo de aprendizagem.
Um caminho viável seria sensibilizar os formadores de opiniões,
para que eles experimentem estes conceitos na prática e, se assim
decidirem, possam iniciar um processo de aperfeiçoamento de
nosso modelo educacional. Seria um tipo de aprendizagem integrada,
com nosso desenvolvimento espiritual presente em todas as etapas.

J.B. Santos 41
A Chave Mestra para o Impossível

A fé é a atitude mental com o qual, você limpa a sua mente


de todos os medos e dúvidas, dirigindo-a para a realização dos
objetivos. É uma atitude mental que precisamos cultivar e manter
antes que possamos tomar posse da nossa mente.
A fé é o meio pelo qual quebramos o selo do envelope com
as benções e tomar posse das seis formas de riquezas.
Todos nós nascemos com a capacidade de acreditar, pois
a vida é impossível sem o desenvolvimento de crenças. Por isso,
todas as pessoas possuem fé e a utilizam para construir o seu futuro.
Mas a maioria das pessoas utiliza sua fé as avessas, ou seja,
de forma negativa, e acabam adquirindo todas as mazelas do
envelope com “penalidades”.
As pessoas de sucesso tem em sua personalidade um traço
importante: a capacidade para acreditar e colocar sua maneira de
pensar de forma positiva.

A tua fé te salvou... (Jesus).

Em seu estudo, Napoleon Hill destaca bem este traço de


personalidade e sua importância para obtenção do êxito.
Eis a essência de seu ensinamento e as regras que devemos
seguir para adquirir uma fé inabalável:

1. Saiba o que você quer e acredite que você pode e irá


conseguir. Aqui entra o tema do nosso primeiro encontro, a im-
portância da definição de propósito. Para que possamos acreditar
em algo é preciso que visualizemos com clareza em nossa mente
o objetivo.

42 J.B. Santos
A Chave Mestra para o Impossível

2. Declare gratidão várias vezes por dia por ter recebido


aquilo que queria mesmo antes de ter a posse física disso.
A posse de algo começa primeiro na mente. A fé genuína é
acreditar que algo já existe mesmo antes de ser manifestada.
Por isso, agradecer é um gesto fortalecedor de sentimentos positivos,
pois só agradece aquele que já recebeu.
3. Mantenha a percepção e sua mente aberta para as
intuições. Quando bater a inspiração para agir, comece. Mas
mova-se de acordo com sua iniciativa pessoal imediatamente.
A fé nunca poderá ser aplicada sem ação. As Escrituras Sagradas,
falam que a fé sem obras é morta. Aquele que acredita, verdadei-
ramente, no que está idealizando, se colocará imediatamente
em ação.
4. Quando surpreendido pela derrota, como pode acon-
tecer diversas vezes, lembre-se que a fé do homem é muitas
vezes testada antes da vitória final. Aceite a sua derrota como
um desafio. O homem movido por uma crença vale por cem que
somente tem a intenção. Aquele que realmente acredita no seu so-
nho jamais desiste, pois ele sabe que cada dificuldade é apenas
um degrau que terá que subir. A persistência é a fé materializada
da em ações. Um desejo ardente pelas coisas e circunstancias que
você quer. É o ponto de partida de toda fé aplicada. Seja claro.
Acredite e aja. E continue agindo mesmo se encontrar a derrota
no caminho.
5. Jamais permita que a dúvida se instale dentro de você.
Lembre-se: seja o que for que o homem acredita, isso será também
o que colherá. A fé não é algo que você consegue, fé é algo que
você já possui, mas pode estar usando para conseguir o que não
quer, ao acreditar nas circunstâncias e nas suas limitações.
A fé é somente uma guia, não é um poder mágico que trará a

J.B. Santos 43
A Chave Mestra para o Impossível

você o que quer. A fé é um farol que manterá seu curso, mesmo diante
do nevoeiro. A sua fé é limitada pela sua própria capacidade de acreditar.
Você pode realizar qualquer coisa que sua mente quiser.

“Ouse fazer e o poder lhe será dado” (Waldo Emerson)

Tudo no Universo está sob a poderosa Lei da Atração. Você


atrai através da sua vibração. E quando você vibra dor, não pode
atrair alegria. A vibração da dor atrai apenas dor. A vibração da
alegria atrai alegria, a vibração da doença atrai doença.

A Lei é imutável, e o maravilhoso disto é que quando entende


a Lei, e é sensível o bastante para sentir como está vibrando, então
você está no controle da sua experiência.
Mude suas crenças e seu mundo muda imediatamente. A sua
realidade será proporcional a sua percepção do mundo. Por isso,
sua capacidade de criar está diretamente relacionada com aquilo
que você acredita.
Finalizamos esta lição e recomendo, que você faça um
inventário fiel das peculiaridades de sua personalidade, desco-
brindo desta forma todas as suas qualidades e, também, suas
limitações. Faça esse memorial e depois confronte suas crenças
de forma bem realística. Tenho certeza que você ficará surpreso
com o resultado, sendo que muitas mudanças acontecerão por
conta de você perceber que certas crenças existentes são frutos
apenas de distorções da realidade.
Tudo é possível mudar. E toda mudança começa a partir
de uma conscientização clara da necessidade, adquirida através
da reflexão.

44 J.B. Santos
A Chave Mestra para o Impossível

Reforce suas crenças positivas e transmute suas crenças


limitantes. Desta forma você terá o poder de abrir as portas do
impossível.
Você, provavelmente não vai terminar o dia hoje atingindo
todas as suas metas, mas isso não significa que você não está
seguindo em direção aos seus sonhos.
Se você está fazendo algo proativo para se tornar quem
você quer ser, você teve um dia de sucesso!

“Não julgue cada dia pelo que você está


colhendo, mas pelas sementes que você
está plantando.” – Robert Louis Stevenson

J.B. Santos 45
V - Encontro
Lição – Seja sempre agradável aos olhos dos outros.

"A porta entre nós e o céu não se poderá


abrir enquanto estiver fechada a que
fica entre nós e o próximo."
– Jean Massillon –

Olá! Seja bem vindo ao nosso quinto encontro.


A cada dia, a Chave Mestra para realização dos seus sonhos,
fica mais próxima das suas mãos.
Vivemos em sociedade e, atualmente, é impossível chegar
a algum lugar sem o auxílio de outras pessoas. Por isso, desen-
volver uma boa inteligência social será de fundamental impor-
tância nesta jornada em busca da chave que abrirá todas as portas
do sucesso.
Quantas vezes nos decepcionamos com pessoas que admi-
ramos profundamente? Conhecê-las pessoalmente, muda instan-
taneamente nossa atitude.
Aquele que almeja o sucesso precisa, antes de tudo, desen-
volver uma personalidade agradável. Faz parte de um comporta-
mento que, além de necessário, pode e deve ser aprendido. Seus
princípios são sua alma.

J.B. Santos 47
A Chave Mestra para o Impossível

A nossa vida profissional e pessoal requer constante con-


tato com pessoas. Existem, mais do que você imagina, pessoas
que admiram, respeitam e se identificam com sua atuação. Nada
pior do que perceberem que, por trás de tudo, há alguém que não
oferece o mesmo respaldo, trata todos com desdém e altivez e,
acima de tudo, coloca objetivos financeiros em primeiro plano.
A discrepância entre a lenda e a realidade é uma decepção muito
grande para os que gostariam de acreditar ter encontrado um herói.
Tenho percebido que muitas pessoas, ao longo de suas carreiras,
quebram o encanto que produzem a outras, por não possuírem o
preparo estrutural adequado, desrespeitando regras e princípios
básicos de convivência.
A causa principal dessa decepção é o não desenvolvimento
de uma personalidade agradável. Acredito muito no retorno e, no
desenvolvimento a longo prazo. Tudo que fazemos e que surte
efeito imediato não é permanente. É necessário mexer na estru-
tura. Desenvolver uma personalidade agradável é uma tarefa que
requer um esforço de dentro para fora e, acima de tudo, uma
decisão de se tornar alguém melhor a cada dia.
A maioria das pessoas não tem noção do quanto podem
desenvolver sua personalidade em pouco tempo. Pior, não tem
noção de que a regência de suas vidas nesse desenvolvimento
possui duas pedras fundamentais: crenças e princípios. Trata-se
de um comportamento aprendido.

Aquilo em que você crê o torna quem você é e lhe dirige


em longo prazo, definindo o seu destino. E os princípios arrai-
gados dentro de si o tornam alguém que atrai ou afasta as pessoas.
É uma questão de escolha: ser um "elemento catalisador” ou um
“elemento desagregador”.

48 J.B. Santos
A Chave Mestra para o Impossível

Seus princípios nascem dentro de você, desde a sua mais


tenra infância. Eles são o resultado de suas experiências no âm-
bito familiar, suas observações durante a vida, incluídas seus re-
vezes e suas tristes ilusões (portanto, utilize-as como forma de
aprendizado e crescimento). Eles dizem muito sobre como você
vê as pessoas e as relações interpessoais, e, principalmente, como
você lida com os problemas e encontra soluções. São eles que
determinam se você será uma pessoa receptiva ou amarga, pois
pois eles moldam seu caráter.
Desenvolver uma personalidade agradável requer, antes de
tudo, equilíbrio e utilização das ferramentas certas. Você jamais
usaria um martelo em um parafuso, mas sim uma chave de fenda.
O parafuso é o seu problema e a chave de fenda é a sua solução.
Para iniciar essa reconstrução, tem-se na literatura a ferra-
menta número um. Porém, essa literatura deve ser adequada.
Esse cuidado é pertinente, pois muitas pessoas deixam de cultivar
o hábito de ler, por terem começado essa empreitada com livros
inadequados. Para elas, o livro não é a ferramenta, mas o parafuso.
Há também aquele estigma escolar que associa a leitura a um
prêmio específico: só se deve ler se houver um ganho imediato.
Entretanto, os benefícios não se referem a notas ou a prêmios e
sim, ao crescimento pessoal.
Mesmo lançando mão de excelentes leituras, lembre-se que,
fundamentalmente, construir uma personalidade agradável está
fincado no seu conceito de respeito.
Respeito ao trabalho de todos, às limitações de cada um e
a você mesmo. A forma como você lida com isso determina seus
resultados e sua posição no meio social. Infelizmente, o desrespeito
é um vício. Quando menos percebemos, estamos falando mal de
alguém ou produzindo algum tipo de comentário negativo, que

J.B. Santos 49
A Chave Mestra para o Impossível

não beneficia ninguém. Isso parece ser uma premissa do nosso


cotidiano, quando deveria ser um sinônimo de vergonha. Falar
mal de outras pessoas e fazer disso uma constante, acaba por
destruir o seu caráter e sua reputação.
Como se trabalhar então, pra ser uma pessoa com persona-
lidade agradável? Vamos apresentar algumas atitudes encontradas
nesse tipo de pessoas, contrapondo-as às condutas indesejáveis:
Falam de forma tranquila e modulada; não elevam o volume
da voz, com quem quer que seja, e têm equilíbrio no que fala.
(Nada pior que alguém falando alto e com voz estridente
e desagradável).

Tem um bom humor inabalável e se adaptam a todas as


situações e ambientes.
(Pessoas que mudam o humor com facilidade são difíceis
de suportar. Estar sempre de bom humor é uma questão de
decisão, cada lugar e cada situação exigem flexibilidade.)
Após avaliar a situação, escolhem as palavras certas e o
modo mais apropriado para se expressar (de nada adianta falar
de modo certo com as palavras erradas).
Expressar-se de forma ariscada e impositiva só afasta
as pessoas. Exercite pensar antes de falar, e falar com
as palavras certas).

Deixam transparecer sua emoção ao comentarem algo.


(Já reparou naquelas pessoas que falam parecendo senho-
ras da verdade? Olham por cima e fazem questão de escon-
der a emoção ou será que já a perderam?).
Sabem que, ao conversar, é mais importante ouvir.
(A melhor maneira de iniciar um bom papo é saber ouvir).

50 J.B. Santos
A Chave Mestra para o Impossível

Não falam mais do que devem e, quando falam, são con-


clusivas.
(Quem fala muito, geralmente acaba falando besteiras,
pois não consegue amarrar as ideias, caindo em contradição.
Fale somente o necessário).
Respeitam opiniões e não criam polêmicas desnecessárias.
(Quando se vive rodeado de pessoas, é preciso entender
que todos ali têm um tipo de opinião. Sua forma de se conduzir
em grupo deve ser exemplo).
Conhecem a distinção em lidar com as mais diversas pes-
soas e tratam todos de forma igual e respeitosa, não existindo
diferença ou predileção.
(Todas as pessoas têm algo a lhe acrescentar; mesmo
aquelas que ocupam funções mais humildes. Em uma única frase,
elas podem mudar os paradigmas dos ouvintes e, quem sabe,
suas vidas. Trate-as sempre com respeito e dignidade).

Independentes da posição que ocupam não se vangloriam.


(O princípio da igualdade é importante, pois a humil-
dade é a base de toda sabedoria).
Sua conduta é impecável, quase que cristalina, não tendo,
por hábito, falar mal das pessoas.
(Se houvesse uma câmera mostrando quem você real-
mente é, ela poderia ficar o tempo todo ligada)?

Não se utilizam de jogos duplos, para agradar ou ganhar


a confiança das pessoas, objetivando algo premeditado.
(Jogar com as pessoas, visando a benefícios próprios,
denota falsidade e falta de caráter. Um dia, tudo vem abaixo.
Seja íntegro).

J.B. Santos 51
A Chave Mestra para o Impossível

Tenha intenções claras e definidas, nas tomadas de decisões.


(Como buscar um objetivo sem ter claramente um planeja-
mento? Ou tramando às escondidas? Tenha clareza naquilo
que pretende: escreva em uma agenda e vá corrigindo ao longo
do caminho).
São pacientes com todos os tipos de pessoas.
(O sucesso traz consequências, uma delas é a responsa-
bilidade social, o respeito para com todos que lhe admiram.
Faça por merecer. Seja paciente, não desaponte quem lhe
quer bem)!
Não se utilizam de mesquinharias e sabem perfeitamente
o quanto isso amplia a mediocridade.
(Concorrer é conviver com a mediocridade, estabeleça
planos e metas para si e mantenha o foco. Olhe para os lados
para se situar, não para criticar e tentar se autopromover).
Têm conhecimento do verbo "doar", sem esperar nada em troca.
(Só mesmo aqueles que já conseguiram conjugar corretamente
esse verbo conhecem o resultado).
Jamais se esqueça de que sua personalidade é a responsável
por atrair ou afastar as pessoas. É a vitrine onde você expõe seu
caráter para o mundo, o que nos diferencia uns dos outros. É sua
marca registrada. É determinante para o seu sucesso ou fracasso
ao vender a si mesmo para a vida.
Por isso, você deveria ver sua personalidade da mesma forma
que os outros a veem.
Com uma visão crítica é sempre possível melhorar naqueles
pontos com mais deficiências. Uma personalidade é algo muito
complexo e repleto de traços e características. Vamos analisar
alguns desses traços que consideramos mais importantes.

52 J.B. Santos
A Chave Mestra para o Impossível

Quero deixar claro, que todos os traços de sua personalidade


estão sob o seu controle, e não há um sequer, consciente ou in-
conscientemente, que você não tenha escolhido, sendo possível
alterá-los a qualquer tempo.

Vamos começar com o traço mais importante de sua per-


sonalidade:

A sua atitude mental – Este traço é responsável direto por


tudo que lhe acontece, principalmente, no que diz respeito a
atrair pessoas ou repeli-las. A sua atitude mental precisa ser
positiva. Como as outras pessoas sabem se sua atitude mental é
positiva ou não? Primeiro de tudo, as pessoas se sintonizam e
captam a frequência emanada por sua mente, para isso, não será
preciso dizer uma palavra. Outra forma de passar para as pessoas
a sua atitude mental é através do seu tom de voz, que pode ser
agradável ou áspero; pela expressão facial, que pode ser amável,
dura ou hostil; pela cortesia e consideração, que você mostra, ou
a ausência disso. Como você pode perceber, não existe uma forma
de esconder quem você é.

Flexibilidade Mental – Se você tem flexibilidade, você se


ajusta a todas as situações e circunstâncias, em relação às outras
pessoas, sem perder a compostura ou permitir a si mesmo ficar
irritado ou bravo. A atitude mental flexiva não permitirá jamais
que alguém possa te deixar furioso, pois você passa a ter o con-
trole emocional da situação. Você nunca poderá controlar as
ações de outras pessoas, o que pode justificar você ficar irritado
com elas, mas você poderá controlar as suas emoções e ficar senhor
das circunstâncias. Este traço pode ser desenvolvido, através do

J.B. Santos 53
A Chave Mestra para o Impossível

exercício consciente. Observe, que as pessoas que estão no topo


do sucesso, possuem esta característica muito bem definida e
e controlam suas ações e as influências de outras pessoas.
Controle e direcionamento do entusiasmo – o entusiasmo
é uma forma de como podemos dar força as nossas palavras, mas
é preciso saber ativá-lo a hora que necessitar.
Sinceridade de Propósito – A pessoa que não é sincera em
seus relacionamentos é logo detectada e rejeitada. Porque ninguém
é atraído para uma pessoa que se empenha em enganar os outros.
Sinceridade de caráter é uma qualidade que não pode ser fingida
por muito tempo.

“Até a fera mais terrível se torna dócil,


quando bem tratada.” – J. B. Santos –

Napoleon Hill, nos faz um alerta sobre o cuidado que


devemos ter para não desenvolver em nossa personalidade
hábitos nocivos. Vamos conhecer alguns dos hábitos comuns que
destroem uma personalidade e a torna desagradável.

Enquanto descrevo faça um exame na sua própria perso-


nalidade para detectar algo que precisa ser melhorado:

1. Um dos hábitos mais destrutivos, que torna a persona-


lidade de alguém desagradável é o de interromper ou mudar
a conversa quando os outros estão falando. Portanto, sempre
procure deixar a outra pessoa concluir seu raciocínio antes de
começar a dizer algo, assim, mostrará respeito pela opinião dos
outros;

54 J.B. Santos
A Chave Mestra para o Impossível

2. Ser sarcástico – expressado por insinuações ou comen-


tários inteligentes... Que não são tão inteligentes assim e visam
apenas desdenhar da outra pessoa;
3. Vaidade: expressada por palavras ou ações – é algo
que torna uma pessoa impopular. Jamais se vanglorie ou enalte-
ça as suas próprias qualidades, pois saber reconhecer o que os
outros tem de melhor é o que nos torna realmente interessantes;
4. Indiferença ao ouvir o que os outros estão dizendo –
pois as pessoas percebem e se ressentem; É mais lucrativo ser
um bom ouvinte do que um bom falante, pois ninguém aprende
nada falando e sim ouvindo;

5. Bajulação – ser falso ao elogiar uma pessoa, pois se-


rá notado, principalmente quando for para obter vantagens;
6. Revolta – hábito de lutar contra o mundo e as pes-
soas. Direcione sua conversa para circunstâncias e coisas que
são certas, do que ficar reclamando daquelas que julga errada;
7. Desafiar as pessoas – Discordar de conceitos e afir-
mações e transformar a controvérsia em um verdadeiro campo
de batalha, com o objetivo de aniquilar o “oponente” e provar
que está certo. Sempre ouvi o ditado de que é melhor ser feliz
do que estar certo, hoje entendo perfeitamente seu significado;

8. Ser intrometido – querer dar opinião ou conselhos


não solicitados. O conselho gratuito vale tanto quanto custa.
9. O hábito de maldizer-se – falar das suas dores físi-
cas e mazelas. Se lamentar é um problema pessoal, talvez tole-
rado por alguns, mas nunca o fará ter uma personalidade agra-
dável. Se você deseja se tornar bem vindo em suas relações
pessoais, dê um jeito de falar sobre coisas que interessam e

J.B. Santos 55
A Chave Mestra para o Impossível

e dizem respeito a aquele com quem você esteja interagindo. Vo-


cê nunca será um tédio se conduzir a conversa em direção aos
interesses da outra pessoa. Esta é uma verdade, que todos os ven-
dedores e pessoas bem sucedidas sabem e colocam em prática;
10. Mostrar superioridade – querer impor aos outros
uma autovalorização, principalmente, através de uma linguagem
inapropriada. Devemos sempre nos colocar no nível das pessoas
que interagimos. Escolher o estilo correto de comunicação é o
grande segredo dos comunicadores para conseguirem o que querem.
11. Demonstrar inveja – Não ficar feliz com o sucesso de
outras pessoas é um hábito que quase sempre contribui para que
alguém se torne impopular. Devemos ser generosos com a fortuna
dos outros.
12. Negligência com a postura e aparência – As roupas
não fazem o homem é verdade, mas dão a ele um bom começo.
Para que obtenhamos a confiança das pessoas é necessário se
apresentar condizente. A falta de cuidado com o porte corpo-
poral e a postura é imediatamente creditada como atitude
mental negativa.

Se você está livre desses 12 hábitos negativos, com certe-


za você tem uma personalidade agradável.
Se você não é apreciado pelas pessoas, pode ter certeza que
há uma razão que você pode detectar e corrigir. Não é natural
não gostar de uma pessoa sem uma causa.
O desenvolvimento de uma personalidade agradável será
muito importante para a obenção da Chave Mestra.
Assim, finalizamos esta importante lição, sendo sua res-
ponsabilidade moldar a sua personalidade de forma a ser sempre

56 J.B. Santos
A chave mestra para o Impossível

atraente aos olhos das pessoas.

“Se uma pessoa lhe diz que você é um cavalo,


ela é louca. Se três pessoas lhe dizem que você
é um cavalo, é uma conspiração. Se dez pessoas
lhe dizem que você é um cavalo, compre uma
ferradura.” (Jack Rosenblum)

J.B. Santos 57
VI - Encontro
Lição – Faça sempre aquilo que deve ser feito.

“O caminho para todas as riquezas da vida


depende da Auto Disciplina.” - Napoleon Hill

Olá! Seja bem vindo ao nosso sexto encontro.


Começo a ver em seus olhos um desejo ardente de obter o
êxito em seus projetos.
Hoje vamos estudar um traço de personalidade encontrado
em todos os grandes homens de mulheres de sucesso.
Não há como ter sucesso duradouro sem ele e, se você
chegou até aqui é porque de alguma forma você possui esta
qualidade. Estamos falando da AUTO-DISCIPLINA.
Disciplina é a capacidade de resistir aos hábitos negativos
e através da força de vontade transformá-los em hábitos positivos.
Disciplina é fazer o que tem que ser feito, custe o que custar. É
condicionar sua mente a agir positivamente em busca da reali-
zação dos objetivos traçados.
Comecemos por ver o significado da palavra Disciplina:
Modo de agir que demonstra constância, métodos…4
4.Ferreira, AURÉLIO Buarque de Holanda, 7a.Edição - Curitiba, Editora Positivo, 2008

J.B. Santos 59
A Chave Mestra para o Impossível

Posso dizer que tive uma pilha, mesmo, uma pilha de livros,
que ao longo dos anos fui acumulando, até chegar á conclusão
que uma das mais difíceis tarefas seria disciplina para ler todos.
Não por falta de método, já que, como bom virginiano isso é natural.
Sempre procurava colocar meus livros ao alcance dos olhos,
espalhados por todos os lugares da casa, assim, podia ler vários
ao mesmo tempo.
Outra grande dificuldade que tive foi quando resolvi tra-
balhar a partir de casa, pois fugir das distrações não foi nada fá-
cil. Desenganem-se aqueles que pensam que quem trabalha em
casa tem a vida facilitada, porque é mentira! É redobrada a neces-
sidade de disciplina.
A maior dificuldade de qualquer pessoa hoje é determinar
o que é realmente importante e estabelecer disciplina para apli-
cação do tempo na execução dessas tarefas.

Li recentemente num artigo 5 , que 70% do tempo as pessoas


ficam entretidas com atividades que não agregam valor para a
realização dos seus objetivos. Sendo a campeã ficar nas redes
sociais.
Quando temos algo a realizar, saber usar o tempo correta-
mente é de fundamental importância. Isto exige boa dose de
disciplina e planejamento. Sem falar na necessidade de se de-
senvolver uma atitude mental e comportamento adequados.
Para desenvolver a autodisciplina será necessário que vo-
cê exercite sua mente nos seguintes pontos:

1. Domine inteiramente sua língua, adquirindo o hábito


de pensar antes de falar. Sempre tenha certeza de que o que vai
dizer será benéfico pra você e para aqueles com que interage.
5. Jornal Folha de São Paulo, Domingo, 02 de janeiro de 2011.

60 J.B. Santos
A Chave Mestra para o Impossível

Uma língua solta é um desastre e uma deficiência que po-


de levar qualquer um ao fracasso nos relacionamentos e conse-
quentemente na vida.
2. Controlar a tendência comum de revidar uma agressão
ou provocação. Você precisa lembrar que tudo que você faz por
alguém ou para alguém estará fazendo por ou a si mesmo,
porque todo o seu pensamento e sua ação, que beneficia ou
prejudica uma pessoa, em algum momento voltará para você
multiplicado. Então, se você sente que deve difamar outra pessoa
não fale, simplesmente escreva na areia perto do mar, então se
afaste e deixe que as ondas apaguem. Também poderá escrever
em um pedaço de papel e depois queimá-lo.
3. Controle todas as suas emoções – as emoções mais
prejudiciais, se não controladas, são o amor, ódio, medo e sexo.
4. Controle sua atitude mental – a falta afasta as pessoas,
gera medo e dúvida, sendo responsável pela aquisição de todos
os males e insucessos.

5. Controle seu desejo sexual – a falta de autodisciplina


nessa área acarreta a grande maioria de fracassos pessoais no
mundo. A emoção do sexo é a mais poderosa de todas as emoções
que uma pessoa pode sentir. Sendo o maior instrumento criativo
da natureza, responsável pela perpetuação de todas as espécies.
Uma forma de você disciplinar essa força poderosa é através da
transmutação. É quando você canaliza esta energia para a consecução
dos seus objetivos e planos. As pessoas bem sucedidas aprende-
ram este segredo.

6. Discipline o seu estômago – Sua vitalidade e energia


estarão diretamente proporcionais a sua saúde. Uma boa saúde

J.B. Santos 61
A Chave Mestra para o Impossível

começa com uma boa alimentação.

7. Respeitar as diversidades – Vivemos em um país livre,


portanto, temos que respeitar o direito de escolhas das pessoas.
É importante disciplinar-se contra o preconceito.

8.Tomar posse da sua mente e dirigi-la para um propósito.

“A natureza faz poucas pessoas fortes, mas


esforço e treinamento fazem muitas”.
– Nicolau Maquiavel –

62 J.B. Santos
VII - Encontro
Lição – Seja Mestre de si mesmo.

“ Se você conhece o inimigo e conhece a


si mesmo, não precisa temer o resultado
de cem batalhas”. – Sun Tzu –

Olá! Bem vindo ao nosso sétimo encontro!


Li certa vez no Livro “ O Vendedor Faixa Preta”, do amigo
e conterâneo, José Vieira, a seguinte história:
Um mestre em artes marciais sempre gostava de treinar seus
discípulos num estranho horário, às 5 da manhã.
Um dia, o mestre perguntou a classe:
– Alguém aqui sabe porque estamos treinando as 5 da
manhã? Muitas foram as respostas, desde porque era mais fresco,
até para que ninguém pudesse saber das técnicas...
O mestre, após ouvir as respostas, disse de forma pragmá-
tica: – Estão todos errados! Eu faço vocês virem neste horário,
apenas para que possam exercitar uma vitória pessoal, pois para
estarem aqui neste horário é preciso vencer o sono e a preguiça.
Portanto, cada um que está aqui hoje pode dizer que venceu a si
mesmo.

J.B. Santos 63
A Chave Mestra para o Impossível

O verdadeiro mestre não é aquele que tem poder sobre as


pessoas, mas aquele que domina a si mesmo.
Saber gerenciar suas emoções e sempre saber tomar as
decisões mais acertadas é crucial para se obter os melhores re-
sultados. Napoleon Hill nos apresenta vinte preceitos, que se
observados atentamente, nos darão um maior controle sobre
nossa atitude. Aprendamos com ele:
1. Aprenda a ajustar-se ao estado mental das outras pessoas.
Entendendo as dificuldades de cada um, você poderá tratá-los
diferenciadamente. Absteça-se de prestar à atenção as circuns-
tâncias triviais em suas relações com as outras pessoas, recu-
sando a permitir que elas se tornem incidentes controversos. Pes-
soas importantes sempre evitam incidentes pequenos e de
controvérsia, quando possível.
2. Estabeleça pra si mesmo um sistema definido e fixo,
condicionando sua mente no inicio de cada dia, assim, a
manterá positiva sob todas as circunstâncias.
3. Aprenda a arte de promover a si mesmo para outras pes-
soas por vias indiretas, tal como fazer perguntas que sugerem a res-
posta, que irão provocar o tipo de reação que você deseje nas
outras pessoas. E não permita a si mesmo se envolver em dis-
cussões sobre assuntos insignificantes.
4. Adote o hábito de dar uma boa e forte gargalhada todas
as vezes que você ficar irritado ou zangado. E irá ajudar você,
se começar cada dia com um minuto de forte gargalhada. Isso
mudará a química do seu cérebro e você iniciará o seu dia com
uma atitude mental positiva.
5. Inicie a cada dia com uma expressão de gratidão por
todas as adversidades, fracassos, derrotas que você experimentou
no passado. E procure pela semente do benefício equivalen-

64 J.B. Santos
A Chave Mestra para o Impossível

ente e generoso nas suas relações com os outros.

6. Aprenda a concentrar sua atenção na porção “posso fa-


zer” de todos os seus problemas e desejos e comece a agir de
onde está para realizar esta porção. Não importa qual seja o seu
problema ou desejo, existe sempre algo que você pode fazer agora
mesmo e será útil pra você. Descubra o que é esse algo e faça-o.

7. Aprenda a transmutar todas as circunstâncias desagradá-


veis em ação imediata, o que pede uma atitude mental positiva.
E faça desse um hábito diário. Por exemplo: quando você esti-
ver zangado desvie sua mente para outro tipo de ação, relacio-
nada com seu hobby ou seu propósito na vida e mantenha-se
ocupado com esse assunto por cinco minutos.

8. Reconheça que cada circunstância que influencia a sua


vida, seja agradável ou desagradável, são grãos para o seu “mo-
inho” da vida. Então o use para lhe pagar dividendos, de um
jeito ou de outro. Lembrando-se, enquanto isso, que a sua força
brota do seu esforço. Siga essa instrução e logo você aprenderá
que não existe essa coisa de experiência “inútil”.

9. Olhe para a sua vida como um processo contínuo de


educação, de aprender a partir de todas as suas experiências,
boas e ruins. E esteja sempre alerta para os ganhos em sabedoria,
que vem a você um pouco de cada vez, tanto nas suas experiên-
cias agradáveis quanto nas desagradáveis.

10. Faça com que o mundo ao seu redor se encaixe no seu


próprio padrão, se quiser. Mas, comece consigo mesmo algum
tipo de aperfeiçoamento, que o deixará mais mente aberta, paci-
te, que é revelada a você com o passar do tempo. Então agrade-
ça as benções que você espera receber durante o dia.

J.B. Santos 65
A Chave Mestra para o Impossível

11. Expresse gratidão duas vezes por dia pelo seu reconhe-
cimento do fato que foi dado a você o total controle sobre a sua
mente. E peça por orientação para que você use esse profundo
dom com sabedoria, em todos os seus pensamentos e atos.
12. Esforce-se todos dias, para comentar entusiasticamente
sobre as boas qualidades das pessoas com quem vive e traba-
lha. Mas não mencione as atitudes negativas delas. Então, ob-
serve como benefício pra si mesmo, o quão rápido os outros irão
começar a si concentrar nas suas boas qualidades.
13. Aceite toda crítica sobre você, como uma ocasião para
exame de consciência, para determinar o quanto daquilo é justi-
ficado. Você, certamente, fará descobertas surpreendentes sobre
si mesmo, que irão lhe ajudar até o fim de sua vida.
14. Não aceite da vida e nem de ninguém qualquer coisa
que você não deseje.
15. Lembre-se sempre que existem dois tipos de circuns-
tâncias que provocam a sua preocupação. Aquelas que você po-
de fazer alguma coisa a respeito, e aquelas que você não pode
fazer nada a respeito. Nada, apenas usar a resistência pacífica e
recusar-se a permitir que elas lhe preocupem.
16. Mantenha sua mente totalmente ocupada pensando
naquilo que mais deseja. O seu maior propósito na vida. Então
não sobrará tempo pra você perder pensando naquilo que não quer.
17. E se você um dia se sentir tão infeliz a ponto de sentir
pena de si mesmo, olhe ao redor e encontre alguém em pior si-
tuação que você. E comece de onde você está a ajudar essa pes-
soa. Faça desse procedimento um hábito e você irá testemunhar
um dos maiores milagres da vida. Porque aquilo que você faz
para ou por alguém, você faz por ou para si mesmo.

66 J.B. Santos
A Chave Mestra para o Impossível

18. Escolha uma pessoa que você consideraria ser o estilo


de pessoa que você gostaria de ser. Então vá trabalhar e copie
esta pessoa de todo jeito possível. Pessoas excelentes sempre
foram adoradoras de heróis.
19. Cuide do seu tom de voz para que suas palavras tenham
um som musical agradável. Lembre-se que o som da sua voz é
uma janela aberta através da qual outras pessoas olham para a
sua alma.
20. “Tudo que a mente pode conceber e acreditar, a mente
pode realizar”.
Concluímos, então, nossa sétima lição. Posso sentir em você
uma nova energia. Aos poucos, uma transformação interior acontece,
ficando cada vez mais claro o caminho do sucesso.
Lembre-se: você é a única pessoa que pode proporcionar a
você mesmo uma atitude mental positiva.

“ Triunfam aqueles que sabem quando lutar


e quando esperar “. – Sun Tzu –

J.B. Santos 67
VIII - Encontro
Lição – Desenvolva a Força do Entusiasmo.

"O entusiasmo é a maior força da alma.


Conserva-o e nunca te faltará poder
para conseguires o que desejas."
– Napoleão Bonaparte –

Olá! Seja bem vindo a sua oitava lição!


Certa vez ouvi uma anedota que chamou muito a minha
atenção, e desde então, a tenho usado como analogia.
Dois pássaros encontravam-se pousados sobre a torre de
controle de um grande aeroporto. De repente, avistaram um avião
supersônico decolando. Um deles, impressionado, disse ao outro:
– Nossa! Isso é que é voar!
Foi então, que o outro respondeu:
– Também, com fogo no rabo, até eu faço isso.
Vamos falar nesta oitava lição, sobre a importância do
entusiasmo na obtenção da tão sonhada “Chave Mestra”.
É básico, nos treinamentos de neurolinguística, falar sobre
a relação que existe entre pensamento e emoção. Por isso, nos
meus livros, sempre que faço alusão ao poder da mente, procuro
vincular pensamento a sentimento.

J.B. Santos 69
A Chave Mestra para o Impossível

É óbvio, o pensamento é uma força de imenso potencial.


Mas, devemos entender, que o pensamento só poderá alterar o
mundo físico, se seguido de uma ação. No ser humano; pensar
é um processo contínuo, que gera e dispersa energia naturalmente.
O pensamento é caçador. E, se, não nos tornarmos conscientes
dele podemos deixar que ele molde nosso jeito de ser ao seu bel
prazer, nos fazendo reféns de programações, as vezes, altamente
destrutivas.
Para que a energia do pensamento seja concentrada, ativa
e criadora, precisa de persistência, concentração e foco.
A repetição do pensamento, principalmente, acompanhada
de imagens mentais nítidas, começa a gerar uma frequência,
sendo essa vibração a geradora da energia concentrada. Para
elevar essa força a uma potência mais alta e poderosa é necessário
colocar emoção no pensamento.

Neste encontro, trataremos de uma forma de energia superior,


de grande potencial criador: O ENTUSIASMO.
A palavra entusiasmo vem de duas palavras gregas: “en”
e “theos”. Literalmente traduzida, significa “em Deus”. Pode
ser entendido como um estado de grande euforia e alegria, re-
fletindo em uma consequente coragem. Uma pessoa entusiasmada
estará sempre predisposta a enfrentar dificuldades e desafios.
Nunca se deixa abater e transmite confiança aos demais ao seu
redor. Portanto, o entusiasmo pode ser considerado como um
estado otimista de espírito.
Na verdade, o entusiasmo é talvez a maior forma de poder
concentrado que pode ser criado pela mente. Nada há de gran-
dioso nas criações humanas que não tenha nascido sob a influ-
ência da força desse poder fabuloso.

70 J.B. Santos
A Chave Mestra para o Impossível

Simbolicamente, a energia do entusiasmo pode ser com-


parada a turbina do avião da anedota. Quando se está com “fogo
no rabo” é impossível permanecer estacionado, a tendência natural
é voar. É essa energia propulsora, que motiva o ser humano a
agir, incansavelmente, rumo a uma meta ou objetivo pré-concebido.
O entusiasmo, alimentado por sua força de vontade e es-
perança, coloca-o numa frequência de poder inconcebível pela
mente comum. Tal frequência pode ser capaz de atingir o lago
mental da Fonte Universal e, daí, sintonizar a Energia Essencial,
se colocando desta forma em estado de êxtase.
É bom lembrar, que de mentes entusiasmadas, surgiram
todas as grandes invenções e criações da humanidade.

Ao permitir-se ficar entusiasmado por uma ideia, você vibra


numa frequência de nível cósmico, altamente poderosa, capaz
de elevá-lo, do nível da média ao nível da excelência. Isso gera
gera um campo magnético, que atrai tudo o que lhe seja peculiar
para uma rápida concretização do processo criativo.

O entusiasmo se converte numa fonte de energia superior:


à emoção. Esta energia vibracional, começa atuar a sua volta,
atraíndo pessoas, circunstâncias e eventos favoráveis. É o atalho
que conduz quem o possui a senda do sucesso. Aniquila o
desânimo. Reprime o medo e, reduz drasticamente, o impacto
negativo dos obstáculos do caminho.
Não menos importante que as outras, você aprenderá que
ser entusiasmado é uma característica encontrada em todos aqueles
que possuem sucesso e realização.
Pode ser comparado ao vapor de uma caldeira, que quando
controlado e ligado faz com que as rodas da máquina entrem

J.B. Santos 71
A Chave Mestra para o Impossível

em ação. Alguém disse certa vez, que “conhecimento é poder”.


Mas isso é apenas meio verdade, porque o conhecimento se
torna poder somente quando colocado em ação.
O entusiasmo é o combustível que coloca em movimento
todo o nosso potencial criativo.
Gosto muito da analogia feita pelo Dr. Lair Ribeiro, que
diz: “conhecimento sem aplicação prática tem o mesmo valor que
uma moeda de ouro no fundo do oceano, ou seja, nenhum valor”.
Pois, qualquer moeda só tem valor quando está circulando no
mercado. Assim, conhecimento só será poder na sua vida quando
estiver sendo utilizado para a realização de seus objetivos.
O entusiasmo é um dos meios mais poderosos, pelos quais,
nós podemos por em ação a nossa educação, experiência e co-
nhecimento adquirido.

O entusiasmo se manifesta pela atitude.

As palavras pronunciadas sem entusiasmo são ineficientes


e, às vezes, podem ser enfadonhas. Sou professor de oratória já
há 20 anos e uma das características importantes que desenvolvo
em meus alunos é a de falar com vivacidade, com energia, pois
ninguém gosta de ouvir alguém se expressando de forma apática
e sem vida, como se nem ele mesmo, acreditasse no que está
dizendo.

Agora deixe-me explicar, porque o entusiasmo tem um


impacto tão poderoso sobre as mentes daqueles que estão sob a
nossa influência.

72 J.B. Santos
A Chave Mestra para o Impossível

Para começar, acredito que você esteja interessado em


saber, que o seu cérebro e, o cérebro de toda e qualquer outra
pessoa, é tanto uma estação de transmissão como de recepção,
que emite vibrações de pensamentos e capta as que foram emi-
tidas por outras pessoas.
Quando você liga o seu “entusiasmo”, intensifica as vi-
brações de pensamentos que saem do seu cérebro, desta forma,
atinge as outras pessoas mais rapidamente, gerando nelas uma
simpatia e aceitação, tornando mais facilmente a aceitação de
qualquer ideia.

Você já deve, em algum momento de sua vida, ter se


contagiado com o entusiasmo de alguém. Sendo impelido a
fazer algo, muitas das vezes, sem mesmo querer, simplesmente,
pela motivação carismática de outra pessoa.

Toda personalidade entusiasmada se torna cativante. E o


resultado é, que todos que estejam a sua volta, comecem a vibrar
na mesma frequência de energia. Portanto, toda pessoa entusias-
mada terá o poder de mudar estados de espíritos.

Você deve se perguntar: como posso me sentir entusias-


mado?
Como tudo na vida é uma questão de hábito, basta adqui-
rir o hábito do entusiasmo e conservá-lo na mente através da
prática diária. A mesma mente que cria o desânimo é capaz de
criar o entusiasmo. Isso com uma diferença: é muito mais fácil
gerar entusiasmo do que o desânimo.
Tudo aquilo que você possui de negativo, na verdade, exi-
giu uma grande dose de esforço para sua geração. Isso transcor-
reu de forma imperceptível, devido à atuação de fatores exter-

J.B. Santos 73
A Chave Mestra para o Impossível

nos. No entanto, repito, tudo o que há de mal em você levou anos


de um lento processo de criação, consciente ou inconsciente.
Por outro lado, forças benéficas como alegria, emoção e entusiasmo,
se enraizam rapidamente no subconsciente, porque são fatores
naturais da condição original do seu ser.
Quero frisar aqui, que o seu esforço não consistirá, em se
livrar dos empecilhos mentais que impedem que o entusiasmo
natural. Como já falei, em dezenas de cursos e palestras, a
verdadeira mudança não consiste em excluir e, sim, em incluir.
Sempre que tentamos nos livrar de algum “mal”, tal tentativa se
traduz em fracasso iminente, já que, a negação de algo atrai a
energia desse algo. Então; não tente eliminar os seus medos,
seus traumas, suas dúvidas, suas angústias. Insira novos senti-
mentos e novas crenças e as velhas manias deixarão de existir.
Faça diferente: adicione entusiasmo naquilo a que você se
determinar ser, fazer ou ter.
Alimente diariamente a energia do entusiasmo com ale-
gria, confiança, boa vontade, bondade e amor.
Elimine a descrença e se torne animado pela vida. O âni-
mo mantido na mente é a semente do entusiasmo que irá brotar
na alma. A esperança é a base sobre a qual o entusiasmo se de-
senvolve rapidamente. Espere sempre o melhor, sabendo que o
Universo retribui fielmente a cada ato e a cada gesto.
Creia na exatidão e na perfeição das Leis Universais, que
se estabelecem sob o princípio da sintonia e da frequência. Saiba
que é impossível ouvir uma rádio, estando sintonizado numa
frequência distinta daquela emitida na estação radiotransmisso-
ra. Assim é com você: é impossível gerar e atrair para a sua
existência aquilo que não esteja em sintonia com a sua persona-
lidade criadora.

74 J.B. Santos
A Chave Mestra para o Impossível

Siga seu entusiasmo e o Universo abrirá portas onde antes


só havia paredes, já dizia Joseph Campbell.
Concentre a sua atenção naquilo que traga entusiasmo à
sua existência e esqueça o resto. Esqueça tudo o que querem que
você acredite e, que não esteja em alinhamento com seus pro-
pósitos definidos. Saiba, que o Universo sempre responde fi-
elmente, não falha nunca e não mede com dois pesos e duas
medidas. Aceite a exatidão da balança cósmica, que não penda,
nem para o seu lado, nem para o lado dos outros. Ação e reação
é a Lei. Dê e receba. Você só atrai o que transmite. Essa é a
perfeita e justa Lei do Universo. Gere entusiasmo e a Energia
Divina passará a fazer parte do seu campo vital, reorganizando
a sua vida, colocando-o num patamar mais elevado da existência.
Napoleon Hill conta, que certa vez ao entrevistar Andrew
Carnegie, ele falou : se você admitir um homem que pensa em
termos de intenso entusiasmo, e em uma fábrica empregar centenas
de pessoas, o entusiasmo desse homem irá rapidamente alcançar
e influenciar cada pessoa da fábrica, e não fará nenhuma dife-
rença se o entusiasmo é negativo ou positivo, construtivo ou
destrutivo. Ele também explicou a Hill, que em sua seleção de
empregados para cargos melhores ou de liderança, a primeira
coisa a ser avaliada era a capacidade do homem de expressar-se
em termos de um intenso entusiasmo.
Segundo palavras textuais de Andrew Carnegie, o entusi-
asmo é um traço de personalidade de vital importância e extre-
mamente importante para aquele que almeja ser líder.

O advogado mais bem sucedido não é aquele que mais


conhece o código, mas sim aquele capaz de influenciar cortes e
júris com sua crença nos argumentos e sua capacidade de
de se expressar com contagiante entusiasmo.

J.B. Santos 75
A Chave Mestra para o Impossível

Quando somos apresentados à outra pessoa, temos uma


oportunidade maravilhosa de vendermos a nós mesmos favo-
ravelmente. Sendo o verdadeiro termômetro, o entusiasmo que você
expressa ao aceitar a apresentação.
Quando você aperta a mão de outra pessoa, surge também
uma grande oportunidade de criar uma impressão favorável,
pelo caloroso entusiasmo que você coloca nesse aperto de mão.
Não há nada que deixe outra pessoa mais desapontada, do
que, quando apresentada a outra, segurar uma mão que mais
parece um pedaço de carne sem nenhuma energia.
Por isso, coloque calor e energia em seu cumprimento.
Esta se tornará uma marca registrada de sua personalidade
e você se tornará tão atraente, que será impossível às pessoas
ficarem indiferentes a sua presença.
O seu tom de voz também é muito importante. Ao cumpri-
mentar demonstre satisfação e trate todas as pessoas com um
grau elevado de importância.
Agora siga algumas instruções, para colocar em prática
seu poder de influência todas as vezes que conhecer alguém.
Caso siga estas recomendações, multiplicará seus resultados
em vendas, ou quaisquer situações, que necessite da colaboração
de outras pessoas para consecução dos seus projetos:
1. Ao conhecer uma pessoa, ligue imediatamente seu en-
tusiasmo. Adote postura e tom de voz expressivos, que demons-
tre que você está muito feliz em conhecê-la;
2. Quando apertar a mão de qualquer pessoa, o faça com
firmeza, dando um suave aperto ao final de cada palavra que você
venha a expressar. Diga: "Como vai você? Eu estou muito feliz

76 J.B. Santos
A Chave Mestra para o Impossível

em conhecê-lo”. Mas não seja deselegante excedendo em força


na hora de apertar a mão das pessoas, principalmente, quando
se tratar de moças e senhoras.
3. Novamente, se for você a conduzir a conversa, certifi-
que-se de direcioná-la para algum assunto que seja do interesse
da outra pessoa. Lembre-se: a pessoa mais importante para nós,
somos nós mesmos, por isso, um perito em relações humanas
sempre dará atenção aos interesses dos outros e, assim, se tornará,
simplesmente, irresistível.
4. Ao conversar faça perguntas entusiasticamente, que
manterão a atenção focada sobre a outra pessoa. Agindo desta
forma, chegará o momento que a outra pessoa estará preparada
e interessada, em também ouvir o que você terá a dizer sobre sua
vida, seu negócio e etc.

A melhor forma de vender para alguém é, primeiramente,


permitir que a outra pessoa se venda pra você. Sempre iremos
interagir melhor, aprender mais, com as pessoas entusiasmadas
pela vida e pelo que fazem.

Acredite, o seu entusiasmo poderá ser um poderoso bal-


samo sobre as feridas do medo e do pessimismo. Este efeito não
será benéfico apenas para você, mas também para todos a
sua volta.
Entusiasmo é o resultado de uma atitude mental totalmen-
te positiva. Sendo reconhecido hoje o seu poder de influência,
dando a aquele que possui mais saúde e vitalidade.
Toda doença tem sua origem primeiro na mente. Através
de atitudes negativas podem se desencadear uma série de desa-
justes físicos. E só há uma maneira de evitar tais problemas,

J.B. Santos 77
A Chave Mestra para o Impossível

através de uma vida sem preocupações e medos. Para tal, uma


mente altamente positiva e uma vida com entusiasmo são essen-
ciais.
Na verdade, somos sempre entusiasmados com aquilo que
nos interessa. O entusiasmo é tão somente, colocar emoção na-
quilo que estamos vivendo.
A palavra emoção deriva do grego, onde “emo” é sangue,
sendo emoção o sangue em ação.
Sangue é vida! Entusiasmo é dar vida as experiências.
Há três grandes emoções no mundo: a emoção do amor,
do sexo e a de conquistar sucesso e realização.

Já está provado, que a combinação dessas emoções pode


converter uma pessoa medíocre em um gênio. Pois toda pessoa
movida pelo forte desejo e pela emoção sempre terá um poder
realizador.
Lembre-se: qualquer traço de personalidade é o resultado
da prática constante. Por isso, faça disso um hábito em sua vida,
praticando o entusiasmo em todos os momentos.

“Se alimentarmos o fogo do entusiasmo em nosso coração, e os


conservarmos bem vivo, por maiores que pareçam, os obstáculos
que encontraremos no caminho desaparecerão, como que pela
força de uma magia, e logo nos encontraremos senhores de um
poder que não julgamos possuir”. (Napoleon Hill)

78 J.B. Santos
IX - Encontro
Lição – Desenvolva a iniciativa pessoal.

"Ou você faz poeira ou come poeira."


– H. Jackson Brown –

Seja bem vindo ao nosso nono encontro!


Muitas pessoas desejam alcançar objetivos, mas ficam
apenas no campo das intenções. Para que o navio possa chegar
ao seu destino é necessário sair do porto. Aqui entra a necessidade
de desenvolver um traço de personalidade muito importante para
obtenção da chave do êxito: A INICIATIVA PESSOAL.
Iniciativa pessoal é uma ação dirigida para os objetivos que
quer alcançar. É a atitude capaz de colocar movimento na imagi-
nação e transformá-la em algo palpável neste mundo.
A vida nos proporciona várias situações para que façamos
nossas escolhas e quem tem iniciativa faz suas escolhas de ma-
neira dirigida, focada, de olho no propósito. Isso nos motiva e
nos inspira a agir.
São duas palavras que regem este princípio: ação e res-
ponsabilidade. Como diz a velha letra de uma canção de muito

J.B. Santos 79
A Chave Mestra para o Impossível

sucesso: "Quem sabe faz a hora não espera acontecer..."


Se você ainda nutre a ilusão, de que alguém "tem" que
fazer algo para você é hora de começar a mudar, porque para o
seu sucesso, a iniciativa deve partir de você e de mais ninguém.
Caro amigo discípulo, quero agora lhe apresentar o que
Napoleon Hill descobriu, através de sua gigantesca pesquisa, e
após estudar as mais proeminentes personalidades da sua época.
Na verdade, são legados de pessoas que tiveram iniciativa
pessoal, que assumiram a liderança de suas vidas e também de
outras pessoas:
1. A pessoa que segue o hábito da iniciativa pessoal tem um
propósito bem definido na vida e um plano para sua realização.
Aquele que sabe o que quer, e já traçou um plano para alcançar,
dificilmente, vai ficar parado. Geralmente, os procrastinadores
são pessoas com objetivos não muito claros e apenas com uma
ideia vaga do que fazer.
2. Tem uma aliança de mente mestra com aqueles, cuja
a ajuda é essencial para a realização do seu maior propósito.
Aquele que se dá o trabalho de procurar, acaba encontrando,
principalmente, pessoas para colaborar com a execução dos seus
planos.
3. A pessoa tem a persistência necessária e a vontade de
vencer, para fazê-la continuar, quando desanimar ou encontrar
obstáculos. Quem tem clareza nas suas intenções e acredita que
aquilo pode ser realizado, encontrará sempre a motivação neces-
sária para continuar, mesmo nos momentos que tudo parecer
perdido. Ter iniciativa quando tudo está dando certo e você está
motivado é fácil. Mas quando, muitas das vezes você tiver que
recomeçar, vai exigir de você uma boa dose de iniciativa
pessoal.

80 J.B. Santos
A Chave Mestra para o Impossível

4. Ela toma decisões corretamente, quando possui os fatos


tos necessários, sobre os quais, se basearem.
5. Ela segue o hábito de fazer sempre mais do que é pago
para fazer, e o faz com uma atitude mental positiva e agradável.
6. Ela aceita a responsabilidade total por tudo que empreende,
e nunca transfere essa responsabilidade quando as coisas dão
errado.
7. Ela consegue receber críticas sem ressentimentos, porque
aprendeu a beneficiar-se com isso.

8. Ela sabe quais são os nove motivos básicos que inspiram


todos os esforços humanos e nunca pede a ninguém que faça
algo para ela, sem dar um motivo adequado para fazê-lo.

9. Ela nunca expressa uma opinião sobre qualquer coisa,


a menos que tenha pensado sobre o assunto e estiver preparado
para explicar como chegou a sua opinião.

10. Ela tem o hábito de ouvir bastante e falar somente quando


tem algo a dizer que pode beneficiar a si mesma ou aos outros.

11. Ela tem um sentido bem desenvolvido de observação


de pequenos detalhes e conhece seu trabalho minuciosamente.

12. Ela nunca diz a alguém pra fazer qualquer coisa, sem
indicar porque deve ser feito e como fazê-lo da melhor maneira.

13. Ela segue o hábito de concentrar sua atenção em uma


coisa de cada vez.
14. A atitude mental dela é positiva todas as vezes, quando
está se comunicando com outras pessoas.

J.B. Santos 81
A Chave Mestra para o Impossível

15. Se você perguntar algo a ela, sempre lhe dará uma


resposta direta, mesmo que tenha que lhe dizer que não sabe a
resposta certa.

16. Ela nunca deixa para amanhã o que é pra ser feito hoje,
porque ela sabe que o hábito da procrastinação está perto do topo
da lista das causas do fracasso.

Caro discípulo, o sucesso ou fracasso estão diretamente


ligados à sua atitude. "Informação só é poder quando colocada
em ação".
Acredite que você pode e faça alguma coisa por isso. O
sucesso está em suas mãos. Não fique esperando a coisa aconte-
cer, seja o agente da sua transformação.
Acorde todos os dias e se pergunte: o que farei hoje para
ficar mais perto do meu objetivo? O que vou colocar em ação
agora?
Com esta reflexão, finalizamos sua nona lição.

E o que você ainda está esperando para agir?

“Se você não acordar todos os dias lutando


como um leão, correrá um sério de risco de
morrer como um veado”. – José Messias –

82 J.B. Santos
X - Encontro
Lição – Aprenda com as adversidades.

“Cada adversidade ou fracasso traz


consigo a semente de um benefício
equivalente ou maior.“ (Napoleon Hill)

Olá! Seja bem vindo ao seu décimo encontro!


Diz o ditado: é muito fácil sorrir quando tudo vai bem.
Mas quando as adversidades sobrevêm, somente os fortes con-
seguem permanecer firmes nos seus propósitos.
Amigo discípulo, quero colocá-lo a par de uma grande
realidade. Na vida surgirão dificuldades, que poderão fazê-lo
acreditar que a sua dedicação não será recompensada. Nestes
momentos, você poderá duvidar de si, da sua capacidade e
habilidades para alcançar o que fora definido. Poderá também
sentir que a sua resistência, ambição e fé estão a ser postas à prova.
As dificuldades existem por diversas razões. No entanto,
estes momentos difíceis proporcionam uma oportunidade de
aprendizagem. Esta aprendizagem é necessária para atingir os
seus objetivos, mas ser-lhe-á, também, útil e valorosa para toda
a sua vida.

J.B. Santos 83
A Chave Mestra para o Impossível

Ao possuir a aprendizagem sobre como ultrapassar mo-


mentos mais intensos e críticos, pode adquirir igualmente uma
confiança e auto-estima mais firmes. Poderá também observar
em si, uma melhor capacidade de decisão perante as escolhas da
vida, uma atitude e comportamento mais estável e uma expressão
mais nobre no trato com as pessoas.
É neste sentido que permanecerá no caminho para que crie
mais bem-estar e sucesso na sua vida. Sempre proporcionando
a abertura de novas "portas" ou oportunidades para si.
Trago-lhe o exemplo de várias pessoas reconhecidas
publicamente, que partilham algo em comum nas suas vidas.
Todas estas pessoas, encontraram grandes dificuldades. Que se
traduziram em pobreza, desprezo público ou probabilidades de
sucesso reduzidas e, mesmo assim, mantiveram a sua escolha
de viver prosperidade.
Devemos usar os exemplos como referência para desen-
volver em nossa personalidade esta característica tão importan-
te para se alcançar o êxito.
O grande gênio da informática, Bill Gates, Fundador da
Microsoft. Ele desistiu do seu curso em Harvard para iniciar a
empresa do século. Disse aos seus professores que iria tornar-se
um milionário aos 30 anos.
Jennifer Lopez - Cantora e atriz reconhecida mundialmente.
Os seus pais disseram-lhe que a ideia de ser uma estrela de
cinema era "estúpida" e que "nenhum latino conseguiria".
Michael Jordan- Eleito como o melhor atleta norte-ame-
ricano pela ESPN em 1999.- Na sua juventude, foi expulso da
equipa de basquetebol da escola por não saber jogar.
Steve Jobs - Fundador da Apple. Ele foi sem-abrigo, pas-
sou por períodos de fome e desistiu do curso universitário.

84 J.B. Santos
A Chave Mestra para o Impossível

Will Smith - Ator reconhecido mundialmente. Os seus


pais separam-se aos 13 anos. Ele viveu grandes dificuldades
econômicas e problemas legais com o fisco americano em 1990.
Estava praticamente falido quando foi contratado pela NBC. Sua
persistência e força de vontade fizeram-no um dos atores mais bem
bem pagos de Hollyood.
Eu já perdi as contas de quantas vezes tive que recomeçar.
Muitas vezes do zero!.
Aprender com a diversidade, torna possível transmutar
todos os fracassos passados e erros, transformando-os em uma
vantagem, que ajudará a conseguir sucesso notável no futuro.
A única forma de fazer isso é através de uma atitude mental
positiva. Parece que foi intencionado, que todos devem expe-
rimentar adversidades, derrotas, e mesmo fracassos, como uma
parte do método da natureza, para disciplinar as pessoas a aprender
como tomar posse de suas próprias mentes. Um homem ao passar
em frente ao cemitério, disse ao filho: – Aqui é o único lugar da
terra, onde os moradores estão isentos de problemas. O filho
entendeu a mensagem do pai. A vida é uma eterna superação.
Mas o criador, muito sabiamente, proveu todos com meios
para converter essas experiências em benefícios inestimáveis.
Sendo os meios, o privilégio de manter e dirigir uma atitude
mental positiva.
Apesar dos benefícios que podemos conseguir da adver-
sidade e experiências desagradáveis de qualquer natureza, nin-
guém deseja se encontrar com essas experiências.
Uma vez que você aprende que os problemas podem lhe
pagar dividendos, você adquiri o hábito de procurar pela semente
do benefício equivalente em cada experiência negativa.

J.B. Santos 85
A Chave Mestra para o Impossível

Nada pode ser chamado de fracasso até que eu


tenha aceitado como tal.
Esta capacidade de superação foi uma das qualidades
encontradas por Napoleon Hill, em todos os vencedores. Até
hoje, ninguém alcançou o sucesso absoluto sem ter passado por
vários reverses na vida. É a capacidade de saber se levantar, que
faz a grande diferença para tornar sua caminhada vencedora.

Segue algumas dicas passadas por Hill, de como Aprender


com as adversidades:
1 - A derrota significa a existência de uma tentativa, ou
seja, houve coragem para ousar. As chances de conquistas são
maiores para quem costuma se arriscar.
2 - A vida é feita de vitórias e derrotas. Não é preciso de-
sistir por causa de um momento ruim. Outros melhores ainda
virão. Entender os ciclos da vida é importante para estar sempre
preparado para as dificuldades.
3 - Perder pode ser apenas parte de uma história de su-
peração. É um momento da vida em que algo não saiu como
deveria, mas a vontade em continuar talvez possa mudar o des-
fecho.
4 - Veja por outro lado: você pode ganhar com esse mo-
mento, pensando em quais atitudes colaboraram para a derrota
e como poderiam ser melhoradas.
5 - Ao entender a derrota como um aprendizado, você terá
uma qualidade de vida melhor, já que irá aumentar sua sabedoria.

86 J.B. Santos
A Chave Mestra para o Impossível

6 - A derrota pode afastá-lo, em um primeiro momento,


de seus objetivos. Por outro lado, ao observar o que deu errado,
você saberá elaborar estratégias diferentes para atingi-los.
7 - A situação é ótima para aprender a lidar com as difi-
culdades, aumentando a capacidade de encarar e suportar futuros
momentos de dor.
8 - Refletir sobre o fracasso, pode ser um excelente modo
de se tornar mais humilde e cauteloso, agindo com mais atenção
da próxima vez.
9 - Você também terá melhor conhecimento de seus limites,
sabendo como reagir cada vez que se deparar com eles.

10 - Como todo momento da vida, pode proporcionar um


aprendizado diferente, saber como aproveitar cada um deles
pode deixá-lo com mais maturidade mental e emocional.

“Um homem não está acabado quando enfrenta


a derrota. Ele está acabado quando desiste”.
– (Richard Nixon) –

J.B. Santos 87
XI - Encontro
Lição – Visão criativa: sua usina de ideias.

"As pessoas que vencem neste mundo são


as que procuram as circunstâncias de que
precisam e, quando não as encontram,
as criam." – Bernard Shaw - Filósofo –

Olá, seja muito bem vindo ao seu décimo primeiro encon-


tro!
O traço de personalidade que estará em estudo hoje é a:
VISÃO CRIATIVA.

A criatividade não é um dom especial, que só algumas


pessoas possuem.
Você pode desenvolver sua criatividade, se buscar conti-
nuamente a informação sobre tudo que o cerca, se tiver sensi-
bilidade para observar todas as coisas que acontecem à sua vol-
ta e curiosidade para descobrir o que se esconde nas aparências
dos fatos, dos objetos e das pessoas.
A inspiração é o resultado final de muita leitura, observação
e análise. A inspiração é o momento em que o arquivo mental
entra em ação e abre-se uma gaveta com uma grande ideia.
Para que esta gaveta se abra, o arquivo tem que ser abastecido.

J.B. Santos 89
A Chave Mestra para o Impossível

A visão criativa é o principio do sucesso. É responsável


pela construção de todos os nossos objetivos e propósitos. É dito,
que a imaginação é a oficina, onde moldamos os propósitos do
nosso cérebro e da nossa alma. Não conheço uma melhor defini-
ção de imaginação do que essa.
Há duas formas de imaginação: a imaginação sintética,
que consiste em reunir e organizar ideias reconhecidas, concei-
tos e fatos, arranjados em uma nova combinação. Muito raramente,
alguém tem uma ideia original. Praticamente, tudo que é conhe-
cido à civilização, nada mais é do que uma combinação de coisas
já conhecidas. Em segundo há a imaginação criativa que opera
a partir do terceiro sentido, tendo sua base na região subcons-
ciente do cérebro, e serve como o meio exclusivo, através do
qual, basicamente, novas ideias ou fatos são revelados.
Aproveitando as ideias do professor Whitt N. Schultz, da
Universidade de Buffalo, nos Estados Unidos, famosa por seus
cursos de criatividade, quero trazer algumas dicas, com as quais
você poderá desenvolver muitas ideias criativas e brilhantes.

1. Saiba que há um tesouro em sua cabeça - uma mina


de ouro entre suas orelhas. Construir um computador com as
mesmas características do seu cérebro, custaria de bilhões de
dólares.
2. Todo dia escreva pelo menos uma ideia sobre estes
assuntos - como eu posso fazer meu trabalho melhor? Como eu
posso ajudar outras pessoas? Como eu posso ajudar minha em-
presa? Como eu posso ajudar o meu país?

3. Escreva seus objetivos específicos de vida - Agora,


carregue esta relação no bolso – sempre.

90 J.B. Santos
A Chave Mestra para o Impossível

4. Faça anotações - Não saia sem papel e lápis ou algo


para escrever. Anote tudo, não confie na memória.
5. Armazene ideias - Coloque em cada pasta um assunto.
Ideias para a casa, para aumentar a sua eficiência no trabalho,
para ganhar mais dinheiro. E aumente este banco de dados,
através da leitura, viagens, conhecimento com novas pessoas,
filmes, competições esportivas e etc.
6. Observe e absorva - Observe tudo cuidadosamente.
Aproveite o que você observa. E principalmente, observe tudo
como se fosse a última vez que você fosse ver.
7. Desenvolva uma forte curiosidade sobre pessoas,
coisas, lugares - Ao falar com outra pessoa faça com que ela se
sinta importante.

8. Aprenda a escutar e ouvir, tanto com os olhos, quanto


com os ouvidos - Perceba o que não foi dito.

9. Descubra novas fontes de ideias - Através de novas


amizades, de novos livros, de assuntos diversos e, até de livros,
como este que você está lendo.
10. Compreenda primeiro - Depois julgue.
11. Mantenha o sinal verde de sua mente sempre ligado,
sempre aberto - Segundo Salomão, o Mestre da Sabedoria, a
percepção é uma das qualidades daqueles que estão preparados.
12. Procure ter uma atitude positiva e otimista - Isso
ajudará a realizar seus objetivos.
13. Pense todos os dias. Escolha uma hora e um lugar pa-
ra pensar alguns minutos, todos os dias.

J.B. Santos 91
A Chave Mestra para o Impossível

14. Descubra o problema - Ataque seus problemas de


maneiras ordenadas. Uma delas é descobrir qual é realmente o
problema, senão você não vai achar a solução. Faça seu sub-
consciente trabalhar. Ele pode e precisa. Dia e noite. Fale com
alguém sobre a ideia, não a deixe morrer.
15. Construa grandes ideias a partir de pequenas ideias -
Associe ideias. Combine. Adapte. Modifique. Aumente. Diminua.
Substitua. Reorganize-as. E finalmente, inverta as ideias que
você tem.
16. Evite coisas que enfraqueçam o cérebro - barulho,
fadiga, negativismo, dietas desequilibradas, excessos em geral.

17. Crie grandes metas. Grandes objetivos.


18. Aprenda a fazer perguntas que desenvolvam o seu
cérebro - Quem, Quando, Onde, O quê, Por quê, Qual, Como?
19. Coloque as ideias em ação - Lembre-se de que uma
ideia razoável colocada em ação é muito melhor que uma grande
ideia arquivada.
20. Use o seu tempo ocioso com sabedoria - Lembre-se:
a maior parte das grandes ideias, os grandes livros, as grandes
composições musicais, as grandes invenções, todas foram criadas
no tempo ocioso dos seus criadores.

Apenas para confirmar que a criatividade não é um dom,


mas um potencial a ser explorado à sua volta e dentro de você.

Catherine Patrick, descreve as fases do processo criativo,


em seu livro: "o que é o pensamento criativo", como sendo:

92 J.B. Santos
A Chave Mestra para o Impossível

1.Preparação
É a fase de coleta e manipulação do maior número de dados
e elementos pertinentes a um problema. Ler, anotar, discutir,
colecionar, consultar, rabiscar... cultivar sua concentração no
assunto.

2. Incubação
É quando o inconsciente entra em ação e, desimpedido
pelo intelecto, elabora as inesperadas conexões que constituem
a essência da criação.

3. Iluminação
O momento da gênese da ideia, a iluminação ou síntese
ocorre para o homem criativo em incubação nos momentos mais
inesperados.

4. Verificação
Nesta fase, o intelecto termina a obra que a imaginação
iniciou. O criador analisa, julga etesta sua ideia para avaliar sua
adequação.

Caro discípulo, o que nos diferencia dos outros animais é


o ato de pensar. A inteligência aliada as emoções é realmente o
que nos torna humanos e senhores do próprio destino.
Por isso, devemos usar nossa mente para criar nossa reali-
dade de forma positiva, que nos permita realmente alcançar
a plenitude do crescimento moral e espiritual.

Lembre-se: a razão primeira da sua existência é esta.


O dinheiro, a fama e o sucesso são consequências.

J.B. Santos 93
A Chave Mestra para o Impossível

Você é feito a imagem e semelhança de Deus, sendo


Ele pura criatividade, nós também somos detentores desta
faculdade, basta silenciar a mente e ouvir a voz do nosso
verdadeiro Eu.
Terminamos aqui a nossa lição de hoje e, uma última
orientação: “na vida, tudo é uma questão apenas de escolha”.

"Minhas invenções são fruto de 1% de inspiração e


99% de transpiração." (Thomas Edison - Inventor)
"As mentes são como os paraquedas: só funcionam se
estiverem abertas." (Ruth Noller )

94 J.B. Santos
XII - Encontro
Lição – Como pensar com exatidão.

“Não acredito em nada do que ouço;


e só em metade do que vejo.”
(Ditado Oriental)

Seja bem vindo ao seu décimo Segundo encontro!


Podemos dizer, que a lição de hoje complementa a passada,
onde falamos de visão criativa. Por isso, preste muita atenção a
esta regra, pois saber julgar corretamente os fatos torna-se a base
para a obtenção da tão sonhada Chave Mestra.
Essa regra é tão simples, que não consigo entender porque
tantas pessoas não procuram aprender e seguí-la. Já que o
pensar com exatidão é o próprio fundamento de todas as realizações
bem sucedidas.
Neste encontro, quero lhe dar uma descrição exata do que
consistem estas regras tão importantes.
Primeiro de tudo, o pensar com exatidão se baseia em dois
simples fundamentos, ensinados pelos gregos, os criadores da
lógica e do pensamento moderno, eles se chamam: raciocínio
indutivo e raciocínio dedutivo.

J.B. Santos 95
A Chave Mestra para o Impossível

O raciocínio indutivo é usado quando, os fatos necessários


para embasar o seu pensamento, não estão disponíveis. Nesse caso,
só será possível agir, baseado apenas em hipótese, ou no que se
pensar que são os fatos.
O raciocínio dedutivo é usado quando, se tem os fatos, ou
o que aparenta ser os fatos em que basear o seu pensamento.

O próximo passo para pensar com exatidão é saber separar


os fatos da ficção ou boatos, determinando quando se está lidando
com hipóteses ou fato reais.

Quando se tem certeza, que tem fatos confiáveis, sobre


os quais basear seus pensamentos, toma-se o segundo passo,
separando esses fatos em duas classes: uma é dos fatos impor-
tantes e a outra dos fatos não-importantes. Quando você faz
isso, quase sempre, se tem uma surpresa, com a grande quanti-
dade de fatos não importantes, que se lida diariamente.
Você pode perguntar, mas o que é um fato importante? E
como posso separar de um fato não-importante? O fato impor-
tante é aquele que vai ajudá-lo, de qualquer modo, a alcançar o
seu objetivo, ou o seu maior propósito de vida. Aqueles que não
atendem essa necessidade, não são importantes e não deve-se
perder tempo com eles.
Após o término desta lição, recomendo que você faça o
seguinte exercício: escreva numa folha de papel uma lista de
todos os fatos que você lidou ontem.
Separe-os em duas classes; importante e não importante.
Na verdade, você fará uma descoberta profunda, em relação
ao pensar com exatidão. Se seguir o hábito, de diariamente,
fazer uminventário de todos os fatos que exigem a sua atenção

96 J.B. Santos
A Chave Mestra para o Impossível

durante o dia, verá que anda desperdiçando muito do seu tempo


com coisas inúteis.
Agora vamos voltar nossa atenção ao tema das opiniões.
E ver, até que ponto as opiniões infundadas são confundidas
com pensamento exato.
Para começar, vamos reconhecer a verdade de que a
maioria das opiniões é sem valor, porque elas se baseiam em
preconceito, discriminação, intolerância, adivinhação, boato e
muita ignorância.
São palavras duras que estou usando, e elas representam a
maioria das tragédias de vida, que as pessoas encontram desne-
cessariamente. Digo, que de todas as tragédias que causam mi-
séria e fracasso, nenhuma é mais cruel ou destrutiva, do que a-
quelas que crescem na indiferença das pessoas, que não fazem
nenhuma tentativa de aprender como pensar com exatidão.
Todas as vezes que você tiver pronto pra expressar sua
opinião sobre qualquer coisa, é provável que não tenha a certeza
de expressar ou mesmo ter opiniões não baseadas em algo mais
substancial do que preconceitos, discriminação e sentimentos
emocionais.
Irá aprender, se observar atentamente, que quanto mais
bem sucedida uma pessoa é, menos ela está inclinada a expressar
opiniões desvairadas e injustificadas sobre qualquer coisa. Além
disso, você já deve ter observado que os indecisos, que estão
sofrendo com frustrações, são aqueles que, geralmente tem uma
variedade de opiniões sobre tudo que você pode imaginar.

“ Ninguém nunca fez amigos provando que


as pessoas estão erradas”. – J. B. Santos –

J.B. Santos 97
A Chave Mestra para o Impossível

Agora, dar-lhe-ei uma regra simples, que lhe ajudará a


evitar ser enganado por opiniões infundadas, expressadas por
outras pessoas. Quando você ouvir alguém fazer uma afirmação,
que a sua razão não consegue aceitar como sendo confiável, ou
que você questiona, ou que deveria, por questão de segurança,
por qualquer motivo que for, faça a seguinte pergunta simples:
como você sabe? E permaneça firme nessa pergunta até forçar o
falante a identificar a fonte de onde ele conseguiu a informação,
que ele está se empenhando para passar para a frente como
“fatos”, ou rejeite a afirmação completamente, como se ela não
tivesse sido feita. E faça isso, não importa quem esteja falando,
ou qual possa ser a reputação dele para a verdade e veracidade.
Lembre-se: foi dado a você, como seu bem mais precioso,
o privilégio de controlar seus próprios pensamentos. Por esta
razão, trate esse dom divino com profundo respeito que ele tem
de direito, e não permita que ninguém pense por você, ou que
influencie seu pensar de qualquer modo, exceto pelas regras do
pensar com exatidão.
Napoleon Hill nos oferece sete regras, que se for memori-
zadas e seguidas, como um hábito diário, podem desenvolver em
a habilidade de pensar com exatidão:
1. Nunca aceite a opinião das pessoas, como sendo fatos,
até que você conheça fonte dessas opiniões e esteja satisfeito
com sua exatidão.
2. Lembre-se: o conselho gratuito, independente de quem
é recebido, suportará o exame mais rigoroso, antes de se colocá-lo
em prática. E falando em geral, esse tipo de conselho vale tanto
quanto custa.
3. Alerte-se quando ouvir alguém falando de outros num
espírito calunioso ou descortês.

98 J.B. Santos
A Chave Mestra para o Impossível

4. Ao perguntar aos outros por informação, não revele a


eles o que você deseja que a informação seja, porque a maioria
das pessoas tem o hábito de tentar agradar, sob tais circunstâncias.
Perguntas bem calculadas e cuidadosas podem ser um grande
benefício para você, em pensar com exatidão.
5. Lembre-se: tudo que existe, em qualquer parte do
universo é capaz de prova. E quando tal prova não está disponí-
vel, é mais seguro assumir que nada existe.

6. Um dos maiores milagres inexplicáveis, consiste no fato


de que, tanto a mentira, quanto a verdade, não importando porque
meios foram expressas, carregam consigo um meio silencioso,
invisível, de se identificarem como tal. Sendo assim, desenvolva
a sensibilidade para pesar as coisas e identificar o que é falso ou
verdadeiro.
7. Siga o hábito de perguntar: como você sabe? Quando
fizerem uma afirmação que você não pode Identificar como
verdadeira. Siga este hábito fielmente e você verá muitas pesssoas
se contorcerem e ruborizarem, quando você insiste em uma
resposta direta.

Uma última coisa: estude a si mesmo e você descobrirá,


que suas próprias emoções são o seu maior obstáculo, no assunto
do pensar com exatidão. É fácil acreditar naquilo que você quer
acreditar, e infelizmente, é isso que a maioria faz. Esse é um
método pelo qual as pessoas se condenam a fracassos e derrotas
permanentes.
Bem, chegamos ao final desta lição. Pensar com exatidão
é fundamental para não pegar o caminho errado. Muitos são os
caminhos que a vida oferece, mas só um leva a realização. Por

J.B. Santos 99
A Chave Mestra para o Impossível

isso, não se iluda e pese cada informação antes de aplicar ação,


pois disto dependerá muitas vezes a sua própria vida.

“Examine. E, examine mais uma vez. Então, examine


bem direitinho. Agora você poderá formar uma opinião”.
– Mestre Gabriel –

100 J.B. Santos


XIII - Encontro
Lição – Desenvolva o poder do hábito.

"Lamentavelmente, os bons hábitos são


muito mais fáceis de serem abandonados
do que os maus." – William Maugham –

Chegamos ao nosso derradeiro encontro, que está longe


de ser o último. O conhecimento é infinito e, quanto mais o
buscamos, mais sentimos a necessidade dele. Pois como disse
Sócrates: “Só sei que nada sei”.
Neste encontro, vamos falar sobre um traço da persona-
lidade, essencial para aquele que procura o êxito. É impres-
cindível para obtenção da “Chave Mestra”.
Quando eu era boina verde, fomos levados a uma área de
mata virgem para a realização de um exercício de campo.
O instrutor, Sargento Galle, havia montado a área de ins-
trução dentro da selva, mais ou menos, mil metros da estrada
principal. Para orientar os recrutas a como chegar no local, foi
feita uma pequena picada de balizamento.
No primeiro dia foi-nos apontado o caminho e, o Sargento,
em tom ameaçador, disse: “quem for o último a chegar na base
vai se ver comigo!”

J.B. Santos 101


A Chave Mestra para o Impossível

Todos nós partimos mata a dentro desesperados, sendo


que isso acontecia todos os dias pela manhã ao entrar e a noite
ao sair da área de instrução. Após uma semana, a quase invisível
picada tinha sido substituída por uma trilha de quase dois metros
de largura.
Assim acontece com nossa mente e, por conseguinte, com
nossas ações. Todos nós sabemos que o contínuo fluxo de energia
cerebral, chamado sinapse, é que cria a retenção das informações.
Quanto mais coisas temos associados a uma determida infor-
mação, mais ela se fixará em nossa mente.

A primeira vez que identificamos algo, a interação entre


os neurônios não vai passar do que uma pequena picada. Mas,
a medida que vamos aprofundando a interação, e percorremos o
caminho várias vezes, isso se torna mais fácil de acessar.

Tudo que fazemos com certa frequência tende a se perpe-


tuar. Chamamos a isso de HÁBITO.

“Toda a nossa vida, na medida em que tem forma definida,


não é nada além de uma massa de hábitos”, escreveu William James
em 1892 6. A maioria das escolhas que fazemos a cada dia pode
parecer fruto de decisões tomadas com bastante consideração,
porém não é. Elas são hábitos. E embora cada hábito signifique
relativamente pouco por si só, ao longo do tempo, as refeições que
pedimos, o que dizemos a nossos filhos toda noite, se poupamos
ou gastamos dinheiro, com que frequência fazemos exercícios, e o
modo como organizamos nossos pensamentos e rotinas de trabalho
tem impactos enormes na nossa saúde, produtividade, segurança
financeira e felicidade. Um artigo publicado por um pesquisador da
Duke University em 2006 descobriu que mais de 40% das ações
que as pessoas realizavam todos os dias não eram decisões de fato,
mas sim hábitos.
6. The Principles of Psychology, 2 vols. (1890) Dover Publica ons, 1950, vol. 1

102 J.B. Santos


A Chave Mestra para o Impossível

Napoleon Hill chama de “A força cósmica do hábito” é o


seu décimo terceiro princípio de sucesso.
Por isso, caro discípulo! Será imprescindível que você adquira
este traço em sua personalidade, pois sem ele você jamais colo-
cará suas mãos na tão sonhada Chave Mestra.
Deus não oferece riquezas sem dar os meios para usufruí-las.

A força cósmica do hábito pode ser aplicada, negativa ou


positivamente e, se parece com a teoria da lei da atração.
Ele chamou a aplicação negativa da força do hábito de
"ritmo hipnótico”. Mas eu chamaria de padrão negativo, pro-
grama mental negativo, alguma coisa assim.
Quando negligenciamos o uso da nossa mente, agimos de
acordo com um padrão que nos faz criar uma realidade de do-
ença, medo, preocupação, indecisão, dúvida, frustração, desânimo,
inveja, ciúmes, raiva, pobreza e escassez. Vamos fechar, defini-
tivamente, este envelope de penalidades e abrir o das riquezas.
Se eu posso optar, porque vou escolher o que não quero?

Acredite positivo. De verdade. As montanhas removidas


pela fé deixam a mostra o mar de possibilidades que está ao
nosso inteiro dispor. Usufrua com responsabilidade.

Durante toda a vida, eu tive uma grande variedade de


metas muito altas. Mas a maior delas, sempre permaneceu a
mesma: Mudar o mundo, e torná-lo melhor para essa e para fu-
turas gerações. E Napoleon Hill e sua filosofia do sucesso tem
me ajudado a continuar na busca desse objetivo.

O Hábito é lei universal, que é à base de todas as nossas


atitudes, tanto as boas, como as ruins.

J.B. Santos 103


A Chave Mestra para o Impossível

A força do hábito é uma parte vital dos princípios do su-


cesso, porque ela é o meio pelo qual você e qualquer outra pes-
soa pode colocar em operação, um poder irresistível, pelo
qual, os objetivos e propósitos se tornam mais fáceis de serem
atingidos.

Porque é a lei que dá certeza de ação para tudo que se


move por todo o Universo. Ela mantém as estrelas e os planetas
em seus lugares habituais, e fixa os padrões de vida de todo ser
vivente, do menor inseto ao maior animal. Exceto somente ao
homem, a quem foi dado o meio de poder usá-la, para estabelecer
seus próprios hábitos, e determinar seus próprios desejos e ações
por toda a vida.

A força cósmica do hábito une toda criatura viva que está


mais abaixo na escala de inteligência que o homem, com o que
chamamos 'instinto'. Mas o homem pode elevar-se acima desses
padrões fixos, pelos quais, as formas mais baixas de vida vivem,
e estabelecer o seu próprio padrão. Este privilégio é a única coisa
sobre a qual o homem tem completo poder de controle e direção.

Entenda esse principio da força cósmica do hábito, e ob-


viamente você terá uma concepção melhor de como é essencial
manter a sua mente ocupada com o padrão de vida e as coisas e
circunstâncias que você deseja, até que esse padrão seja assu-
mido e tornado permanente pela força cósmica do hábito.

A força cósmica do hábito é o “cão de guarda”, por assim


dizer, que olha por cima do seu ombro durante toda a sua vida,
examina todo pensamento que você libera, cada ação que você
se envolve, e força sobre você as penalidades ou recompensas
daqueles dois envelopes que lhe foram descritos nas apresenta-
ções anteriores.

104 J.B. Santos


A Chave Mestra para o Impossível

Quando você entende o principio da força cósmica do


hábito, ele é claro o suficiente, para afirmar que você não pode
passar pela vida sem usar o poder dessa lei para realizar as cir-
cunstâncias e os desejos que você escolheu voluntariamente, ou
pela sua negligencia, permitir que a mesma lei force você a pa-
gar as penalidades anteriormente descritas.
Você tem um poder de escolha aqui, o mesmo que em
outras coisas, mas a sua negligencia em exercitar esse poder,
irá acarretar, senão certamente, mas sempre imediatamente,
alguma retribuição sobre você.
Você pode mudar hábitos indesejáveis e estabelecer os
hábitos que quiser.
Use a autodisciplina, obedeça a si mesmo. Mas precisa
ser determinado. Escolha o hábito que quer estabelecer. Por
exemplo: hábito de leitura.
Para que ele se estabeleça, você precisa ler todos os dias
pelo menos um pouquinho. Repetir, repetir, repetir. Segundo os
especialistas em neurociência, para que um hábito seja desen-
volvido é preciso que façamos a atividade desejada pelo menos
vinte e um dias seguidos. Escolha um livro que tenha interesse
é claro. Depois de um tempo fica automático e você vai sentir
vontade de ler, vai ser um prazer a mais na sua vida.
Por que insistimos em ficar presos ao medo, a preocu-
pação, ao “não consigo”, não é pra mim??? Às vezes, não
falamos, mas sentimos, pensamos. Já está claro que a nossa
atitude é que muda tudo. “Você é maior do que pensa: é do
tamnho do universo”.
Assuma a liderança da sua vida e solte-se na liberdade de
criar o que deseja, sem medo de ser feliz , porque viemos a
este mundo pra isso. Vamos experimentar a vida com uma ati-
tude de – SIM. Eu posso, eu quero, eu consigo, eu aprendo.

J.B. Santos 105


A Chave Mestra para o Impossível

Mas voltando a força cósmica do hábito...


Uma figueira sempre dará figos. A roseira rosa. O pé de
jaca, jaca. Só podem ser o que são. E isso é o que precisamos.
Nós precisamos ter coragem de ser o que somos simples-
mente. Mas, diferente das árvores e plantas podemos produzir
tudo aquilo que conseguirmos imaginar de corpo e alma.

Qualquer coisa. "O que a mente pode conceber e acreditar,


a mente pode realizar".
Eu escolho fazer luz e riqueza. Realizar meu sonho de vi-
ajar pelo mundo a passeio e a trabalho, aprender e compartilhar
minha experiência e conhecimentos, me tornar melhor a cada
dia. Como sempre digo: “estou melhor a cada respiração”. Que-
ro fazer diferença para melhor neste mundo, deixar minha con-
tribuição e viver a vida como ela é.
Caro discípulo! O desejo de cada ser humano deveria ser
o de deixar seu nome na história. Por isso, faça-se a seguinte
pergunta: “qual será o meu legado?”

“ Se você deseja estar no “trilho certo” para o sucesso,


certifique-se de dar a força cósmica do hábito de um
melhor pensamento, baseado nas coisas que você mais
quer da vida, e ela fará o resto."

106 J.B. Santos


A Chave Mestra para o Impossível

Você tem um direito de escolha aqui, o mesmo que em


outras coisas, mas a sua negligência em exercitar esse poder irá
acarretar, se não certamente, mas sempre imediatamente alguma
retribuição sobre você. Talvez agora, você veja o porquê do alerta
em encontros anteriores, que os dois envelopes selados não eram
eram imaginários, mas reais.
Cada um tem seu trilho e você saberá que está no trilho
certo, quando disser a si mesmo: “eu sei precisamente o que eu
quero da vida e tenho fé que irei conseguir isso”.

Ao invés de fixar sua mente em coisas que não quer, fixe-a


naquilo que deseja. “Já que vai pensar mesmo, então pense grande”.

A chave é você. Acenda a chama, ligue o entusiasmo no


volume certo e ação. Assuma 100% de responsabilidade. Você
tem 100% de possibilidades. E a probabilidade para começar
é 50%/50%. Resgate a palavra perdida em tantos textos escri-
tos: ATITUDE.

Vamos lembrar Willian James, o pai da psicologia mo-


derna: “A maior revolução da nossa geração é a descoberta de
que os seres humanos ao mudar suas atitudes podem mudar su-
as vidas”.

Use a sua criatividade, compartilhe seu talento. Nós não


podemos ficar guardando dons, precisamos colocá-los em mo-
vimento, mostrar, expor, arriscar errar. Aprender com a adversidade.

FAZER ACONTECER!

J.B. Santos 107


A Chave Mestra para o Impossível

E é claro que agora você entende que é preciso valer-se


dos benefícios de um, ou submeter-se a aceitar as penalidades
do outro. Nisso não há meio termo. Pondere sobre essa verdade
e você, provavelmente, irá chegar a uma conclusão impressio-
nante sobre o poder que está disponível pra você, através da
aplicação prática de todos os princípios apresentados até aqui. E
você também pode conseguir um melhor entendimento.

“Quase 95% de tudo o que você faz é resultado de seus


hábitos – sejam eles positivos, ou negativos. Você pode desen-
volver hábitos que levam ao sucesso, praticando repetidamente
comportamentos que propiciam uma vida bem-sucedida, até
que esses hábitos se tornem automáticos”. [Brian Tracy]

Até aqui falamos do hábito e de sua importância, mas de


uma forma geral. Vale a pena aprofundar esse cohecimento, fa-
lando de um hábito que é de extrema importância para acúmulo
de riqueza material.

Estamos falando do HÁBITO DA ECONOMIA.

Todos os grandes homens de sucesso estudados por


Napoleon Hill tinham uma característica que foi determinante
em suas vitórias: o hábito de sempre guardar uma parte de seus
ganhos.

O hábito de economizar enriquece uma pessoa.


As dívidas decretam o fim de um sonho.

108 J.B. Santos


A Chave Mestra para o Impossível

Para exemplificar: um amigo íntimo, cujos vencimentos


são de R$ 10.000,00 por mês, é casado com uma moça que
gosta da vida em sociedade e de exibições, gastando para isso
R$ 15.000,00 por mês. No final de cada mês um débito de
R$ 5.000,00 é acrescido em sua conta já negativa. Os filhos são
gastadores, tendo aprendido esse hábito com a mãe. São duas
moças e um rapaz, estão em idade de frequentar uma escola su-
perior, mas não podem fazê-lo, devido à situação econômica do
pai. O resultado é o mal-entendido entre pais e filhos, e uma vi-
da familiar insuportável.
É terrível pensar em atravessar a vida como uma vítima,
acorrentada inteiramente aos outros por dívidas. A acumulação
de dívidas é um hábito. Começa-se de modo modesto, até que
as dívidas vão assumindo proporções enormes, pouco a pouco,
dominando inteiramente o indivíduo
Milhares de jovens casais iniciam a vida conjugal sob o
peso de dívidas desnecessárias e nunca mais conseguem liber-
tar-se delas. Passada a lua de mel e a novidade do casamento, o
casal começa a sentir os embaraços financeiros. Finalmente, o
casal fica mal satisfeito e uma onda de desentendimentos sérios
brota, que quase sempre terminam em divórcio.
Um homem escravizado pelas dívidas não encontra tempo
nem gosto pra formar um ideal, implanta limitações no seu
próprio espírito, condena-se a viver acorrentado ao medo e à dí-
vida, nos quais nunca escapa.

Tome a resolução de nunca dever a ninguém. Elimine o


hábito de comprar o que não necessita e liberte-se da escravidão
das dívidas.
A maioria dos homens que se habitua a dever não tem a
felicidade de compreender o seu erro a tempo de libertar-se

J.B. Santos 109


A Chave Mestra para o Impossível

dessa prisão, pois a dívida é qualquer coisa de semelhante às


areias movediças, que vão levando o indivíduo cada vez mais
para o fundo.

O homem que se individa, irremediavelmente, é uma vítima


do medo, da pobreza, perdendo a ambição e a confiança em si
mesmo, mergulhando pouco a pouco na apatia.

HÁ DUAS CLASSES DE DÍVIDAS


1) As dívidas decorrentes de coisas SUPERFLUAS, e
que se tornam um peso morto.

2) As dívidas feitas no decorrer de uma transação comer-


cial ou profissional, que representam mercadorias ou trabalho,
e que podem ser convertidas em ativos.

A primeira classe de dívidas é a que deve ser evitada de


toda maneira.

A segunda pode ser TOLERADA, desde que o devedor


seja PRUDENTE e não se permita ir ALÉM DE LIMITES RA-
ZOÁVEIS. Desde o momento em que o indivíduo vai além
desses limites, entra no campo da especulação, a qual antes
DEVORA as suas vítimas do que as ENRIQUECE.

Quase não se passa um dia em que a gente não tenha uma


oportunidade para ler nos jornais notícias de suicídios motiva-
dos por dívidas e preocupações financeiras.
Napoleon Hill, ao estudar os homens mais bem sucedidos
da história, chegou a conclusão que a maioria deles tinha bons
hábitos em suas personalidades, principalmente, o hábito de
economizar. Vamos conhecer alguns deles e seus exemplos:

110 J.B. Santos


A Chave Mestra para o Impossível

THOMAS ALVA EDISON

Edison é um dos inventores mais conhecidos e respeitados


do mundo. Entretanto, não há exagero em afirmar que teria
continuado a ser um desconhecido, se não tivesse seguido o há-
bito de fazer as suas economias de dinheiro, e demonstrado ha-
bilidade nesse terreno.
Graças a sua poupança pessoal foi possível subsidiar seus
primeiros inventos, com os quais, anos mais tarde lhe trouxe a
fortuna.

HENRY FORD

Ford nunca teria conseguido uma primeira base, com


a sua “carruagem sem cavalos”, se não tivesse desenvolvido
desde cedo na vida, o HÁBITO DA ECONOMIA. Além disso,
se Ford não tivesse posto algum dinheiro de lado, e se tivesse
deixado empolgar-se pelo poder, teria sido tragado pelos com-
petidores ou pelos que ambicionavam tomar-lhe o negócio há
muitos anos.

Como referência sempre tive a pessoa do meu pai. Apesar


de ser apenas um operário e não ganhar muito, sempre costumava
guardar parte do que ganhava. Foi exatamente com essa economia
que conseguiu construir uma casa própria para nos abrigar.

É bem verdade, que o meu pai nunca falava com a família


sobre a importância desse hábito. Confesso que no início não
consegui ver os benefícios advindos dessa prática. Somente
muitos anos a frente, quando precisei de recursos para alavancar
meus negócios foi que percebi que o dinheiro que havia desper-
diçado com coisas supérfluas, estava fazendo muita falta naquela
hora.

J.B. Santos 111


A Chave Mestra para o Impossível

As oportunidades sempre estão rondando a nossa volta, e


sempre esbarram naqueles que estão preparados.

Não admira, pois que os ricos estejam ficando mais ricos


e os pobres cada vez mais pobres.

A dívida é um senhor impiedoso, um inimigo fatal do


hábito da economia.

Sob o peso das dívidas, nenhum homem é capaz de dar o


seu melhor trabalho, ou de expressar-se em termos que infundam
respeito, de criar ou levar avante um objetivo definido na vida.

Um homem que se deixa escravizar pelas dívidas é tão


desamparado como o escravo limitado pelo seus grilhões.

UMA COISA QUE ESTÁ MUITO CLARO É QUE A


ECONOMIA É APENAS UMA QUESTÃO DE HÁBITO.

A economia é apenas uma questão de hábito. Uma vez fi-


xado na mente – como qualquer hábito – ele impele voluntaria-
mente e automaticamente o indivíduo a ação. A formação do
hábito da economia não significa a limitação da faculdade de
ganhar dinheiro; significa justamente o contrário pois:

1) Conserva-se o que se ganha, de uma maneira sistemática.

2) Colocamos a nossa frente oportunidade maiores para


aumentar nossa capacidade de ganhar dinheiro.

Todos nós somos vítimas de nossos hábitos.

112 J.B. Santos


A Chave Mestra para o Impossível

Nada existe tão humilhante, que acarrete tanto sofrimento


e angústia, como a pobreza na velhice, quando o trabalho do
indivíduo já não tem aceitação, e ele é forçado a voltar-se para
os parentes ou para as instituições de caridade.
Nos dias de hoje é muito comum ver pessoas aposentadas
sendo obrigadas a continuar trabalhando para prover o seu sus-
tento dignamente.
Por que assim que recebemos um dinheiro, independentes
da origem pensaram logo em gastar?
Lembro de uma vez em que gastei uma boa soma recebida
em TRINTA SEGUNDOS (EM MINHA MENTE).
“Lembro-me de uma ocasião em que fechei uma consul-
toria com uma grande empresa e recebi de adiantamento um
cheque de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) , e lembro-me ainda do
que me veio à mente, quando descontei o cheque. Na época,
minha mulher queria comprar móveis e eletromésticos novos para
a cozinha e aquela quantia era excelente para dar a entrada e fi-
nanciar o restante.

EM TRINTA SEGUNDOS EU HAVIA ASSIM GASTO


TODO O DINHEIRO QUE RECEBERA. Talvez muitas pessoas
já tenham passado pela mesma experiência com um prêmio extra,
com seu 13º salário e etc. Quase todas as pessoas pensam mais na
MANEIRA DE GASTAR, negligenciando completatamente o
HÁBITO DA ECONOMIA. E, qualquer ideia, que frequenta a
mente humana de maneira habitual, volta a ela muitas vezes.

O HÁBITO DA ECONOMIA PODE SER FASCINANTE.


Na verdade, o hábito da ECONOMIA pode ser tão fasci-
nante como o hábito de GASTAR, mas isso somente depois de
se tornar um hábito bem arraigado.

J.B. Santos 113


A Chave Mestra para o Impossível

Gostamos de fazer o que é sempre repetido, ou, por ou-


tras palavras, conforme descobriram os cientistas, SOMOS VÍ-
TIMAS DE NOSSOS HÁBITOS.

O hábito da ECONOMIA requer mais força de caráter do


que a que desenvolve a maioria das pessoas, porque ECONO-
MIZAR significa também negar a si mesmo diversões e praze-
res de vários gêneros.

No item de diversões, estão incluídas, naturalmente, mui-


tas despesas que realmente NÃO DIVERTEM, tais como as
quantias gastas com: 1) Bebidas alcoólicas. 2) Jantares festivos.
3) Gastos em Shopping Centers. Na verdade os três itens acima
podem minar o BOLSO, a SAÚDE e destruir o CARÁTER.

Nessa lição, Napoleon Hill não pretendeu ser uma prédica


de moral ou de outro qualquer assunto, o objetivo dele é apre-
sentar fatos e hábitos dos que chegaram ao TRIUNFO.

O QUE VOCÊ DISCÍPULO PENSA A RESPEITO?


Napoleon Hill realizou uma série de conferências em ma-
is de 40 escolas e universidades. Os diretores dessas escolas de-
clararam que:

1) Menos de 2% demonstravam tendência para economi-


zar dinheiro.
2) Apenas 5%, de um total de 11.000 alunos, em idade de
escola secundária, acreditavam que o HÁBITO DE ECONO-
MIZAR fosse essencial para o TRIUNFO.

Todos somos vítimas do HÁBITO DE GASTAR.

114 J.B. Santos


A Chave Mestra para o Impossível

PAIS QUE EDUCAM SÃO UMA BENÇÃO


Feliz é, pois, a criança cujos pais têm a visão e a compre-
ensão do HÁBITO DA ECONOMIA, como CONSTRUTOR
DE CARÁTER, e o implantam desde cedo no espírito de seus
filhos.
Dê-se a qualquer homem quinhentos reais com os quais
ele não conte. Que fará ele? Começará logo por cogitar sobre o
modo de gastar o dinheiro. Uma infinidade de coisas de que não
precisa lhe surgirão imediatamente no cérebro, mas podemos
apostar, sem medo de errar, que não lhe passará pela cabeça
– a menos que tenha o HÁBITO DA ECONOMIA – a ideia de
guardar esse dinheiro numa aplicação. Somos dirigidos por
nossos HÁBITOS.

SITUAÇÃO FINANCEIRA INDEPENDENTE.


Se alguém seguir sistematicamente o hábito de economizar
mensalmente um percentual de tudo que ganha (20% por exemplo),
essa pessoa pode estar certa de que alcançará uma situação
financeira independente. Porém, se nada economizar, pode ter
certeza de que JAMAIS ADQUIRÁ independência, seja qual
for à renda de que possa dispor.

Quantos ganharam milhões de reais em loterias e, pela


falta do HÁBITO DA ECONOMIA, perderam tudo.

SEJA UM FILANTROPO PARA OS QUE ESTÃO


PRÓXIMOS
Henry Ford foi ainda mais longe, pois induziu seus em-
pregados não somente à ECONOMIA, mas a gastar o que gas-
tam de um modo sábio. O homem que leva os seus empregados
ao HÁBITO DA ECONOMIA é um filantropo prático.

J.B. Santos 115


A Chave Mestra para o Impossível

Feliz é aquele que encontra o caminho da riqueza e arrasta


muitos outros com ele.
Os homens mais bem sucedidos não doam apenas dinhero,
mas também seu conhecimento e experiências de vida.
Nenhum orçamento dará resultado se a pessoa não tiver
coragem para cortar despesas com itens tais como VIDA SOCIAL
E DIVERSÕES. Se uma pessoa é tão pouca dotada de força de
vontade, a ponto de se julgar obrigada a “acompanhar o passo”
dos ricos que formam a sua roda social, e cujo rendimento é
muito maior, ou que gastam loucamente tudo o que ganham,
então, nenhum sistema de orçamento adiantará coisa alguma.

Formar o hábito de economia significa que pelo menos


até certo ponto, a pessoa precisa isolar-se de todos, exceto de
um grupo de amigos sinceros que não exigem obséquios espe-
ciais.
Confessar que nos falta coragem para cortar despesas, de
modo a poder economizar dinheiro, mesmo que seja uma quan-
tia pequena, equivale a confessar que nos falta a espécie de CA-
RÁTER que conduz ao TRIUNFO. OPORTUNIDADES QUE
SURGEM PARA OS QUE ECONOMIZAM DINHEIRO.

Em cada esquina aparecem oportunidades, mas aparecem


apenas para os que têm dinheiro preparado ou podem dispor de
dinheiro, porque adquiriram o HÁBITO DE ECONOMIZAR e
desenvolveram as outras características que acompanham esse
hábito, e que constituem o que geralmente se denomina CARÁ-
TER.
Podemos estar certos de que todas as grandes fortunas ti-
veram o seu inicio num hábito bem desenvolvido de fazer eco-
nomia. Lembro-me, de certa vez estar presente no lançamento

116 J.B. Santos


A Chave Mestra para o Impossível

de um livro do Dr. Ritta Bernardino, grande empresário do setor


de turismo no Brasil, tendo levantado em plena floresta amazô-
nica, o maior hotel de selva do mundo: o Ariaú. Na ocasião
contou um pouco da sua história. Segundo ele, foi com o dinheiro
acumulado, através da economia feita quando ainda era soldado
do exército, que lhe permitiram fazer seus primeiros investimen-
tos no ramo imobiliário. O hábito da economia foi importante
para que ele viesse acumular a fortuna que tem hoje e se tornar
um dos maiores empresários do Brasil.

MAIOR CONFIANÇA EM QUEM TEM O HÁBITO


DA ECONOMIA.
Muitos comerciantes, empresários, não confiam capitais a
um homem, a não ser que ele demonstre habilidade para cuidar
do seu próprio dinheiro e aplicá-lo sabiamente.

O CAMINHO DA LIBERDADE.
A liberdade é o que há de melhor na vida, e esta para se
consolidar necessita de um grau razoável de independência fi-
nanceira. É terrível ser forçado a permanecer num determinado
trabalho que talvez não nos agrada, por um certo número de
horas, todos os dias, durante toda a vida. De algum modo, é o
mesmo que estar numa prisão, uma vez que a liberdade de ação
está sempre limitada. Na verdade, não é melhor do que estar
numa prisão sob fiança; é até mesmo pior, em certo sentido, pois
um prisioneiro, pelo menos está livre da responsabilidade de
prover à sua própria subsistência.
O único meio de escapar a esse trabalho forçado por toda
a vida é adquirir o HÁBITO DE ECONOMNIZAR dinheiro, e
perseverar nele, sejam quais forem os sacrifícios necessários
para isso. Não há outro caminho para milhões de pessoas.

J.B. Santos 117


A Chave Mestra para o Impossível

Caro discípulo, a quem muito me afeiçoei, chegamos ao


final da sua lição de hoje e também desta série de ensinos.
Como você pode perceber, devotamos um tempo precioso
a esta última lição, dada a sua importância, pois a observância
desse princípio será vital para o acúmulo de riqueza material.
Mas se você agora me perguntar, qual dos princípios aqui
apresentados, durante estes 13 encontros é o mais importante,
confesso que não terei resposta.

Acredito que cada um deles é uma peça essencial do gran-


de quebra-cabeça que conduz a chave que abre a porta da reali-
zação pessoal.
Minha promessa ao iniciar nossa série de encontros foi
que ao final lhe daria a “Chave Mestra para o impossível”.
Acredito que você sendo inteligente como é, já advinhou
qual é chave.

DOMÍNIO MENTAL. Isso! Você acertou.

Quando, através da obtenção do conhecimento, adqui-


rimos o controle da nossa mente, tudo passa a ser possível.

Você tem o conhecimento.

Agora, a sua responsabilidade é colocar tudo em prática.


Essa é a parte que lhe cabe. O mais importante é que trilhe o
caminho sendo feliz, pois no final, a sua realização estará mais
condicionada a isso, do que propriamente o que você conquistou.
tou.

118 J.B. Santos


A Chave Mestra para o Impossível

A mudança não acontecerá da noite para o dia. Este é um


processo contínuo, ação após ação. É hoje que você cria o seu
amanhã.

Não esqueça da força do hábito, pois é esse princípio que


rege nossas vidas dia a dia. Acostume-se a fazer o que é certo e
produtivo, não deixe que os velhos padrões negativos acumula-
dos durante anos voltem a dominá-lo.

Utilize a Chave Mestra: O PODER MENTAL.

Essa é uma prática, que a partir de agora, não pode mais


ser negligenciada.

A chave é sua por direito. Você a conquistou.

Ela permitirá o seu acesso ao reino das conquistas e da


plena realização. E tudo é apenas uma questão de escolha!

Boa sorte! Seja feliz nesta grande jornada.

Fique melhor a cada respiração!

“O homem que diz que sabe e não


pratica, não sabe”. (Rei Salomão)

J.B. Santos 119


Epílogo

Chegou a hora da despedida!


Espero sinceramente que você tenha assimilado os ensinos
aqui apresentados.
Lógico, que este livro não é pra ser lido uma única vez.
Deve ser um livro de cabeceira e material de estudo permanente.
O conjunto de preceitos encontrados por Napoleon Hill nas
personalidades que construíram a nossa história, nos dão a luz
necessária para trilhar o caminho as claras.
O Objetivo deste livro não é permitir que você encurte o
caminho para chegar ao êxito, mas sim, fazê-lo numa velocidade
maior. Pois as ações são necessárias e cada degrau deve ser
escalado. O que nos diferencia é a forma com que escalamos.
Então, a estratégia é essencial.
A CHAVE FOI-LHE ENTREGUE. E ao abrires a porta
da tua mente criadora verás que nada é impossível.
Que a força criadora que me inspirou para escrever este
livro, possa continuar nos abençoando ricamente. Espero um dia
conhecer a sua história de sucesso!

O autor

J.B. Santos 121


Referências Bibliográficas

Hill, Napoleon - A Lei do Triunfo: curso prático em


16 lições, Tradução de Fernando Tude de Souza,
16a. Ed - Rio de Janeiro, José Olympio Editora.
1995.

Hill, Napoleon - A Chave Mestra das Riquezas,


tradução de Mário Guerreiro, 7a. Ed - Rio de
Janeiro, Editora Record. 1995.

Ribeiro, Lair - O Poder da Imaginação: você pro-


grama sua vida, Belo Horizonte, Editora Leitura.
2002.

Schwartz, David J. - A Mágica de Pensar Grande,


9. Ed, Rio de Janeiro, Editora Record. 1994.
Outras Obras do autor:
- Desinibição & Expressão Verbal, 2007, Editora Luzazul;
- Comunicação de Alto Impacto, 2009, Editrora Luzazul;
- Consciência: a flor da espiritualidade, 2012, Editora Luzazul
Luzazul

Workshop:
DESAFIANDO O IMPOSSÍVEL
A revolução em sua vida!
2 dias de pura magia e transformação.

Informações:

Fones: (92) 9172-1464 / 8201-2859


Site: www.facebook.com.br/josebaptistamaster
E-mail: cpdhmanaus@hotmail.com
Invista na
QUALIFICAÇÃO
do seu pessoal!

Treinamentos de Excelência para:

• RELAÇÕES HUMANAS
• LIDERANÇA
• MARKETING E VENDAS
• EXCELÊNCIA EM ATENDIMENTO
• COMUNICAÇÃO
• MOTIVAÇÃO

Produtividade!
Trabalho em equipe!
Alto desempenho!
compromisso com a qualidade!

Informações:
IBEDC
Instituto Brasileiro de Educação e Desenvolvimento da Comunicação

Fones: (92) 9172-1464 / 8201-2859


Site: www.facebook.com.br/josebaptistamaster
E-mail: cpdhmanaus@hotmail.com
Leve este treinamento
revolucionário para
sua cidade!

CURSO DE DESINIBIÇÃO
& EXPRESSÃO VERBAL
Perca o medo de falar em público, AGORA!!
Curso Regular: 15h (5 dias)
Intensivo: 8h

Seminário: 4h

Informações:
IBEDC
Instituto Brasileiro de Educação e Desenvolvimento da Comunicação

Fones: (92) 9172-1464 / 8201-2859


Site: www.facebook.com.br/josebaptistamaster
E-mail: cpdhmanaus@hotmail.com