Você está na página 1de 27

481040 - Programador/a

de Informática

UFCD - 0770
“ Dispositivos e periféricos“

Sessão 1
SUMÁRIO

• Apresentação Formador / Formandos;


• Apresentação dos conteúdos a lecionar;
• Componentes de um sistema informático;
• Tipos de periféricos;
Pensando um pouco…

Sabiam que ao aprender o


código da estrada também se
aprende nome de algumas
partes/componentes do carro
assim como as suas funções?
Introdução à estrutura e funcionamento de um
sistema informático.

Estrutura de um computador

Dispositivos (ou
Dispositivos (ou
UNIDADE DE SISTEMA periféricos) de
periféricos) de
CPU Saída
entrada
Processador, Placa mãe, Ex: Monitor,
Ex: Teclado, rato,
Sistema de memórias, Placas impressora,
scanner, leitores de
de expansão, Placa Gráfica projector, colunas,
codigos de barra, etc
etc.

Dispositivos de
armazenamento (ou
periféricos de entrada e saída)
Ex. Disco Rigido, Drives de:
disquetes, CD-ROM, DVD, PEN
DISK, Modem, etc.
OBJECTIVOS DA AULA

• Conhecer as componentes de um computador.


• Reconhecer e distinguir os diferentes tipos
de periféricos.
• Reconhecer os diferentes tipos de monitor.
• Entender a noção de resolução de monitor
CONCEITOS INTRODUTÓRIOS – Estrutura do
computador

1.CPU – Unidade Central de Processamento


O processador é o responsável por todo o
funcionamento do sistema informático.
O tipo de processador determina a velocidade
com que este recebe e trata os dados e
transmite as informações.
A velocidade é medida em Hertz (ex. 3 Ghz)
2.Chipset
Faz a gestão da ligação entre o
processador, a memória, a placa
gráfica e os vários controladores
dos periféricos.
CONCEITOS INTRODUTÓRIOS

• Memórias
É nas memórias que são armazenados, temporária ou
permanentemente, as instruções do software com que o
computador funciona, assim como, os dados que vão sendo
introduzidos pelo utilizador.
Existem dois grupos de memórias:

1. Memórias Primárias 2. Memórias Secundárias


(centrais, principais, interna) (auxiliares, de massa,
externa, de suporte)
RAM
Disco rígido
ROM
Disquete
Cache
Etc.
CONCEITOS INTRODUTÓRIOS

• Memória Principal – RAM (Random Access Memory)

É a memória principal do computador. É uma memória de


leitura, escrita e remoção de informação. É uma memória
temporária/volátil pois perde toda a informação quando se
desliga o sistema.

Memória
RAM
CONCEITOS INTRODUTÓRIOS

• Memória Primária – ROM (Read Only Memory)


É uma memória só de leitura. Nela encontram-se instruções
necessárias para o arranque do computador. Sendo assim, esta
memória é permanente pois não perde o seu conteúdo quando o
computador é desligado.

Fica também a saber que existem 2 variantes da ROM: a PROM e


a EPROM.

Memória
ROM
CONCEITOS INTRODUTÓRIOS

• Memória Primária - Cache

Consiste numa área da memória RAM.

Utilizada para o armazenamento dos dados mais


requisitados pelo processador, evitando assim, ler ou
escrever directamente na memória RAM.

O acesso à Cache é bastante rápido. Contudo, a sua


capacidade de armazenamento é, normalmente, reduzida.
CONCEITOS INTRODUTÓRIOS
• Memórias Secundárias
As memórias secundárias podem ser vistas como um
complemento às memórias primárias do computador. Porquê?
Porque é muitas vezes necessário guardar a informação de
forma permanente.
Dispositivos de armazenamento mais utilizados:
Discos rígidos Discos ópticos
(CD e DVD)

Disquetes
Pen drive
CONCEITOS INTRODUTÓRIOS

• Memórias Secundárias – Disco Rígido

Trata-se de um dispositivo de armazenamento


permanente e, portanto, capaz de conservar a
informação nele guardada mesmo quando o computador é
desligado.

Num disco rígido, encontramos os dados necessários


para o funcionamento do PC (o sistema operativo e os
programas), bem como os ficheiros e informações que o
utilizador vai guardando.
CONCEITOS INTRODUTÓRIOS

• Memórias Secundárias – Discos ópticos

Os CD-ROM e DVD, podem armazenar qualquer tipo de conteúdo,


desde dados genéricos, vídeo e áudio, ou mesmo conteúdo misto.

CD (Compact Disc)
- CD-ROM (de leitura)
- CD-R (gravável)
- CD-RW (regravável)

DVD (Digital Versatile Disc)


- DVD-ROM (de leitura)
- DVD-R (gravável)
- DVD-RW (regravável)
CONCEITOS INTRODUTÓRIOS
• Memórias Secundárias – Capacidades

Os discos rígidos podem ter capacidades muito variadas: 1GB,


10 GB, 60 GB, 200GB, 1 TB, etc. Depende com que finalidade
o computador é adquirido.

As disquetes mais utilizadas têm uma capacidade de 1,44Mb

Os CDs têm capacidades entre os 650 MB e os 700 MB

Os DVDs têm uma capacidade aproximada de 4,7GB

Quanto às pen drives a capacidade varia entre os 16 MB e os


4 GB…
CONCEITOS INTRODUTÓRIOS
• Placa-mãe - Motherboard

• A MotherBoard (Placa principal) é o elemento mais


importante de um computador.

• Ela tem como principal função agregar os


diferentes componentes do computador e permitir
a comunicação entre eles assim como, entre estes e
o exterior.
• É composta por circuitos, tomadas, sockets, slots,
etc.
CONCEITOS INTRODUTÓRIOS
• Placa-mãe - Motherboard

Slot para a
memória RAM

Socket para o
processador Slots de
expansão

Memória
Portas ROM
CONCEITOS INTRODUTÓRIOS

• Slots e sockets
• Slot
- Ranhuras na motherboard onde se encaixam: RAM, Placa de
som, de vídeo, de rede (slots de expansão)
• Sockets
- ”tomada de ligação” na motherboard onde se encaixam, por
exemplo o CPU.

Socket Slots
CONCEITOS INTRODUTÓRIOS

• Portos / conectores Conectores


rato e
- Portas em série (bit a bit) teclado

- Videoprojector
- Portas em paralelo (vários bits ao mesmo tempo)
- Impressora
- USB (taxa de comunicação elevada)
- Infravermelhos (wireless – sem fios)
- Ex: Portátil e Telemóvel

Conectores de
input/output de som
CONCEITOS INTRODUTÓRIOS

• Barramento ou Bus
Mas afinal, como é feita a comunicação dentro do
computador?
Através dos barramento ou bus. Os barramentos são
componentes físicos (circuitos electrónicos, cabos, fios ou
ligação) responsáveis pela comunicação entre os diferentes
componentes (CPU, memória, etc). São considerados
verdadeiros “caminhos de informação”.
Mediante a informação que transportam tem-se os
barramentos de controlo, de endereços e de dados.
CONCEITOS INTRODUTÓRIOS

• Estrutura básica de um sistema informático

Placa principal – Motherboard 


Processador 
Memórias (principal e secundária) 
Barramento ou Bus 

Periféricos
De entrada
De saída
Mistos
CONCEITOS INTRODUTÓRIOS
• Periféricos
São os dispositivos que se ligam ao computador para
entrada e/ou saída de dados. Existem três tipos de
periféricos:
• De entrada: que permite introduzir dados do
exterior para o interior do sistema informático.
• De saída: que permite ao computador disponibilizar
informação para o exterior do sistema informático,
para que a possamos utilizar.
• Os mistos: que permitem as duas funções, ou seja,
introduzir/disponibilizar dados.
CONCEITOS INTRODUTÓRIOS
• Periféricos de entrada

Teclado Rato Scanner

Leitor de código Joystick Câmara digital


de barras
CONCEITOS INTRODUTÓRIOS
• Periféricos de saída

Ecrã ou monitor Impressora

Projector de imagem Colunas


CONCEITOS INTRODUTÓRIOS

• Periféricos de saída - Monitor

Existem dois tipos de monitores:


• Os do tipo CRT (Cathod Ray Tube – Tubos de
raios catódicos)
• Os do tipo LCD (Liquid Cristal Display – ecrãs de
cristais líquidos).

LCD CRT
CONCEITOS INTRODUTÓRIOS

• Periféricos de saída - Monitor

Um aspecto importante quando se fala em monitores


é a resolução do monitor.

A resolução corresponde ao número de


pontos de imagem (denominados de píxeis)
que o ecrã pode apresentar
simultaneamente na horizontal e na
vertical.
CONCEITOS INTRODUTÓRIOS
• Periféricos de saída – Monitor
 Resoluções mais típicas
… Relação 4:3

SVGA 1280x1024 (19’’)

SVGA 1024x768 (17’’)


Resolução Vertical

SVGA 800x600 (15’’)

VGA 640x480 (14’’)

Resolução Horizontal
CONCEITOS INTRODUTÓRIOS

• Periféricos Mistos

Drive Modem (interno e externo)

Monitor táctil Impressora multifunções