Você está na página 1de 2

Pinchás – O Livro da Cura

O Sefer Zohar Pinchás é um livro que nos conecta à energia da vitória do bem contra o mal
e da cura para todos os males: físico, financeiro, mental e espiritual.

O Zohar, na porção de Pinchas, lida especificamente com cura, enquanto cura parece não ter
nada a ver com a porção. O Zohar explica todos os aspectos do corpo físico e descreve a causa
principal por trás de cada osso e de cada órgão do nosso corpo. Rav Shimon bar Yochai
escolheu esta seção específica para analisar isso conosco porque tem tantas peculiaridades
que nos ajudam a entender a razão pela qual a porção de Pinchas é tão poderosa.

Na seção anterior, Pinchas pôs fim à praga onde 24 mil pessoas morreram ao matar as duas
pessoas cuja ação foi a causa da praga, e foi recompensado. Como está escrito: "Eu darei e
concederei a Pinchas a Aliança da Paz". O que a Aliança da Paz significa? O Zohar explica que
a paz significa liberdade do Anjo da Morte. Em outras palavras, Pinchas nunca morreu.
Pinchas entrou em uma dimensão da realidade pura, de Etz haChaim (Árvore da Vida), a
dimensão onde não há caos nem morte, porque ele teve a coragem de ir contra a natureza
robótica e, ao fazê-lo, pôs fim à praga e ele sobreviveu.

O Zohar levanta essa questão: como um sacerdote que assassinou e, portanto, agora fica
inválido para o serviço sacerdotal, recebe uma recompensa de serviço eterno? Isso é uma
contradição. O Zohar explica que quando Pinchas matou essas duas pessoas, sendo um deles
Zimri, o chefe da tribo de Shimon, dezenas de milhares de pessoas da tribo de Shimon se
jogaram sobre ele e iam matá-lo, e por esse susto ele realmente morreu. O corpo de Pinchas
se separou da sua alma atual e, por sua vez, recebeu uma nova alma. Em outras palavras, a
alma que Pinchas veio a este mundo separada de seu corpo para criar um espaço para que
aquele mesmo corpo agora acolhesse as almas de dois indivíduos, Nadav e Avihu, os filhos
de Aarão que haviam morrido. Tão poderosos foram esses dois que agora se encarnaram em
Pinchas.

O Zohar diz que nesta porção é onde Pinchas recebe o sacerdócio eterno, e com isso veio a
liberdade, o conhecimento de que podemos nos libertar da mortalidade, estar livre do Anjo
da Morte e, conseqüentemente, abraçar a imortalidade.

Nós também encontramos na palavra shalom nesta porção — uma palavra que significa
liberdade completa da morte (imortalidade) — que o Vav está intencionalmente dividido.
Como todos aprendemos, somos cuidadosos com as letras do pergaminho da Torá porque se
houver uma divisão no traço em qualquer uma das letras, o pergaminho torna-se totalmente
inválido, a menos que seja reparado. Aqui, Moisés foi especificamente instruído para criar
uma divisão no traço desta letra.

Há muitas razões do porquê havia uma instrução para Moisés pelo próprio Deus para ter esta
letra Vav dividida, mas o Zohar explica que a Bíblia está nos ensinando, nesta palavra em
particular relacionada à imortalidade, que essa separação significa a separação da alma e do
corpo, que é o que acontece no momento da morte: um corpo sem alma finalmente se
desintegra. Quando ouvimos a leitura da porção de Pinchas, podemos restabelecer e criar
shalom — plenitude, uma união, um aspecto de conexão eterna entre o corpo e a alma, o
que claro é, a imortalidade.

Cura se trata do sistema imunológico, pois o Zohar diz que a causa de todas as doenças é a
incapacidade deste sistema puro e normalmente natural que a Força da Luz criou dentro de
cada e toda pessoa de afastar doenças. O Zohar explica que todas as doenças que existem
hoje estão entre nós desde o tempo da Criação. Não há nada de novo, nem novas variedades,
e a razão pela qual pensamos que temos novas variedades de doenças é apenas por causa
da incapacidade do sistema imunológico de enfrentar essas situações diferentes,
aparentemente novas. Isto, de acordo com Rav Shimon, é a guerra do Armagedon. Hoje,
enfrentamos a realidade de que o sistema imunológico já não funciona, não apenas entre
humanos, mas também entre árvores, animais e rochas. Tudo está se tornando incapaz de
combater tantas doenças que estão sendo descobertas e para as quais não existem curas.

O Zohar diz que não podemos eliminar a negatividade; ela reaparecerá porque não
eliminamos o seu ponto de origem. Mas, da mesma forma que o Vav está dividido na palavra
Shalom, podemos transformá-lo de volta em um estado de completude. Não podemos
eliminar nenhuma das energias que existem neste mundo. O que podemos fazer é pegar a
mesma energia e transformá-la.

O Zohar diz que Pinchas restaurou o sistema imunológico. Quando ele parou a praga, que já
havia aniquilado 24.000 pessoas em um instante porque seu sistema imunológico se
desintegrou, ele restaurou o sistema imunológico e, quando restauramos o sistema
imunológico, a saúde está sendo restaurada e não haverá mais conflito.