Você está na página 1de 15

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO

• Fases do processo de compra e venda


• Encomenda

• Entrega
CONTRATO DE COMPRA • Liquidação
E VENDA • Pagamento

M AN UAL DE APOIO • Condições do processo de compra e venda


• Qualidade e quantidade

• Entrega

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS

• Preço • O cheque
• Pagamento/recebimento Um cheque é uma ordem de pagamento à vista, em que o

• Outros documentos comerciais sacador (titular da conta à ordem) ordenada ao sacado


(banco) que pague determinada quantia ao beneficiário (a
• Cheque
si próprio ou a um terceiro).
• Letra
O cheque não constitui em si mesmo um meio de
• Livrança
pagamento. Trata-se de um título de crédito do qual se
• Proposta de desconto
espera bom pagamento.
• Proposta de cobrança

Sofia Teixeira 1
OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS

• Os cheques e a sua utilização enquanto meio de • Intervenientes no cheque


pagamento, estão regulados na Lei Uniforme Relativa aos • Sacador
Cheques.
• Sacado
• A utilização dos cheques obriga à celebração da Intervenientes • Beneficiário
convenção do uso de cheques e ao aprovisionamento da
• Endossante
conta à ordem.
• Endossado
• Os Bancos são livres de celebrarem ou não a convenção
de uso de cheques com os seus clientes.
Outros intervenientes • Avalista

OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS

• Sacador • Endossado
Pessoa que ordena o pagamento do cheque (titular da conta). Pessoa que, por endosso, passa a ser o legitimo proprietário do

• Sacado cheque e, portanto, o novo beneficiário do cheque.

Entidade bancária a quem é ordenado que pague o cheque. • Avalista

• Beneficiário Pessoa que se responsabiliza, no todo ou em parte, pelo pagamento


do cheque.
A pessoa, nominalmente conhecida ou não, a favor de quem reverte
Embora a figura de avalista esteja prevista na Lei Uniforme Relativa
o produto do cheque.
aos cheques, não é usual a sua intervenção neste título de crédito.
• Endossante
É a pessoa, que tendo o benefício do cheque, o transmite por
endosso a outra pessoa.

Sofia Teixeira 2
OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS

• Validade do cheque • Menções facultativas do cheque


Para que um documento seja válido como cheque e, por • Nome do sacador e do nº da sua conta
conseguinte, possa ser pago, deverá conter determinados
• Número e série do cheque
requisitos considerados essenciais:
• Indicação da zona interbancária
• Palavra cheque
• O mandato puro e simples de pagar uma quantia
• O nome de quem deve pagar
• A indicação da data e lugar onde o cheque é passado
• A assinatura de quem passa o cheque
• Local de pagamento

OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS

• Consequências na falha de um dos requisitos essenciais do • Formas de emissão e de transmissão do cheque


cheque:
Cheque

“O Título a que faltar qualquer dos requisitos enumerados no


artigo precedente (requisitos do cheque, artº 1º da LURC) Formas de emissão Formas de transmissão
não produz efeito como cheque, salvo nos casos
determinados nas alíneas seguintes.” – Artº 2º LURC
Nominativo à ordem Por endosso

• O cheque não deve conter ainda qualquer tipo de rasura.


Nominativo não à ordem Por cessão de créditos

Ao portador Por tradição

Sofia Teixeira 3
OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS

• Formas de emissão • Formas de transmissão


• Nominativos à ordem • Endosso

Cheque com indicação do beneficiário mas que é passível de • Completo

transmissão (pode ser endossado). Indica-se o nome do próximo beneficiário


• Incompleto ou em branco
• Nominativo à ordem
O portador do cheque limita-se a assinar
Cheque com indicação do beneficiário em que não é permitido o
endosso. Exige uma cessão de créditos. • Por cessão de créditos
Transmissão formal do cheque
• Ao portador
• Por tradição
• Cheque pago por tradição, i.e., por simples apresentação do
O cheque é pago pela simples apresentação
cheque.

OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS

• Instruções especiais de pagamento • Um cheque com cruzamento geral só pode ser pago pelo
sacado:
Menções especiais de pagamento - tipos
• A um seu cliente;
Cruzamento Para levar em conta
• A uma IC ;
Geral Especial
Cheque em cuja face está
inscrito a menção “para • Um cheque com cruzamento geral só pode ser pago pelo
Efetua-se por meio de Quando entre as duas levar em conta” ou outra
duas linhas paralelas linhas paralelas está equivalente e que obriga sacado:
traçadas na face do mencionado uma ao depósito na conta de
cheque. nome de uma IC. quem o apresenta. • À IC designada.

• A um seu cliente, no caso de o cruzamento ser sobre o próprio


Adaptado de Produtos Bancários e Financeiros - IFB sacado.

Sofia Teixeira 4
OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS

• Outras menções especiais • Instruções para o Não Pagamento


• Cheque visado • Revogação com justa causa
Cheque em que, a pedido do sacador, o banco sacado insere a • Furto ou roubo
inscrição “visado”, assegurando desta forma ao beneficiário que o • Extravio
cheque tem provisão.
• Coação moral
• Prazo para apresentação do cheque a pagamento • Incapacidade acidental

O cheque deve ser apresentado a pagamento no prazo de 8 • Falta ou vício na formação de vontade

dias consecutivos contados a partir da data de emissão. • Revogação do cheque


Quando o sacador exerce o direito de anular a ordem de
pagamento (só produz efeito após o prazo de pagamento).

OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS

• Os sacadores de cheques que coloquem em causa a • As pessoas (coletivas ou individuais) que tenham sido
confiança na circulação de cheques são impedidos de objeto de rescisão da convenção de uso do cheque são
utilizar cheques com meio de pagamento. incluídas na listagem de utilizadores de risco (LUR), a qual é
comunicada pelo Banco de Portugal a todas as instituições
Rescisão da convenção de uso do cheque bancárias.

• As IC’s estão obrigadas ao pagamento de cheques por


imperativo legal ainda que os mesmos tenham sido
• A rescisão ocorre se um cheque não por regularizado 30
sacados sobre conta sem provisão, na seguinte
dias após a devolução por falta de provisão.
circunstância: cheques < 150 € e dentro do prazo legal.

Sofia Teixeira 5
OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS

• As IC’s estão ainda obrigadas a pagar os cheques que, • Letra


independentemente do seu montante, nas seguintes • A letra é título de crédito de elevada importância para a
condições: atividade comercial. É utilizada em transações nacionais e
internacionais.
• Se entregues pela instituição de crédito com violação do dever
de rescisão da convenção de uso de cheque.
• A utilização da letra é regulada pela Lei Uniforme das
Letras e Livranças. A LULL visa assegurar a confiança na
• Se fornecidos pelas IC’s após a inclusão na LUR. circulação de letras e livranças.
• A letra também é designada por papel comercial ou
efeito.

OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS

• O interesse na utilização da letra decorre de 3 fatores:


• Ser um título de crédito
A letra é documento representativo do direito do seu portador
receber de um terceiro determinado montante.
A letra é um “título de crédito pelo qual uma pessoa –
o sacador – ordena a outra – sacado – que lhe pague • Ser um título executivo
a si próprio ou a um terceiro – beneficiário ou A letra permite ao seu portador acionar judicialmente o devedor,
tomador – determinada importância, numa certa caso seja necessário.
data”.
• Ser um Instrumento de antecipação de fundos em operações
bancárias de desconto.

Sofia Teixeira 6
OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS

• Intervenientes na letra • Sacador


É a pessoa que dá a ordem de pagamento, i.e., é a pessoa que saca
• Sacador
a letra ou a emite.
• Sacado
Intervenientes • Sacado
• Aceitante É a pessoa a quem é dada a ordem de pagamento.

• Beneficiário ou tomador • Aceitante


É o sacado, após ter concordado com o saque e assinado a letra,
• Avalista aceita os termos em que esta foi emitida e assume o seu pagamento.

• Avalizado • Beneficiário ou tomador


Outros intervenientes
• Endossante Pessoa a quem a letra deve ser paga.

• Endossado

OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS

• Avalista • Requisitos essenciais da letra


Pessoa que se responsabiliza, no todo ou em parte, pelo pagamento • A palavra letra inscrita no texto da letra.
da letra.
• O mandato puro e simples de pagar uma quantia.
• Avalizado • O nome do sacado.
Pessoa que beneficia do aval de outrem.
• A data de pagamento.
• Endossante • O local de pagamento.
Pessoa que transmite os seus direitos por meio de um endosso.
• O nome da pessoa a quem ou à ordem de quem deve ser paga
• Endossado • A data e local de emissão da letra.
Pessoa que beneficia da transmissão de direitos feita pelo endossante.
• A assinatura do sacador.

Sofia Teixeira 7
OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS

• Requisitos facultativos
• O nome e morada do sacador
O aceite não é obrigatório!

• O valor – indicação do motivo do saque

• O aceite
• Mas…
• O número do aceite

• O número do saque

• Os números dos contribuintes do sacador e do sacado Em regra os Bancos só aceitam letras para
desconto se todos os requisitos, essenciais
e facultativos, estiverem preenchidos.

OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS

• Requisitos fiscais • Formas de emissão e transmissão da letra


A letra tem ainda que cumprir com requisitos fiscais e que se
traduzem pelo pagamento de imposto de selo.
• A favor do próprio sacador ou à sua ordem
O imposto de selo é de 5/1000 sobre o valor facial da letra com Emissão
• A favor de terceiro ou à sua ordem
mínimo de 1 €.

O imposto de selo tem que ser liquidado até ao dia 20 do mês Um letra não pode ser emitida ao portador
seguinte à data de emissão.

A utilização de letras obriga ao preenchimento de livro de registo • A letra de depois de aceite, constitui propriedade do
de aceites e saques beneficiário.

Sofia Teixeira 8
OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS

• O endosso é uma” declaração cambiária unilateral escrita


na letra ou em folha anexa pela qual o seu portador
transfere para outrem todos os direitos emergentes do
• Guardar a letra para a apresentar na data
O título, legitimando a sua posse pelo novo portador
do seu vencimento
beneficiário (endossado) e garantido, salvo clausula em contrário, a
• Endossá-la a outrem
pode responsabilidade do seu pagamento.”
• Propor ao seu banco o desconto da letra
• O endossante transmite os direitos da letra (enquanto título
executivo mas assume-se como garante do aceite e do
seu pagamento.

OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS

• Formas de endosso • Modalidades de vencimento


• Endosso completo
O endossante indica o nome do beneficiário do endosso e formaliza a À vista

transmissão da letra através da expressão “pague-se a”.

O endosso completo pode ser à ordem ou não à ordem

• Endosso incompleto A certo A certo


termo
Letra termo
Neste endosso, o endossante limita-se a assinar o verso da letra, sendo de data Pagável de vista

possível nova sucessão de endossos.

Num
dia
fixado

Sofia Teixeira 9
OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS

• Letra pagável a certo termo da data • Prazo de pagamento da letra


A data de pagamento é determinada após um certo prazo contada Uma letra em dia fixado, a termo certo da vista ou a termo certo
da data de emissão da letra.
de data, deve ser apresentada no dia do seu vencimento ou
• Letra pagável a certo termo de vista num dos dois dias úteis subsequentes.
A data de pagamento é determinada após um certo prazo a contar
Uma letra à vista não dispõe de mais dois dias úteis para ser
da data do aceite, o que implica que o aceite seja datado.
apresentada a pagamento após um ano da sua emissão.

As letras a certo termo da data e a certo termo da vista são O sábado conta como primeiro e segundo dia de vencimento
pouco utilizadas. Inclusivamente, a normalização da letra
de uma letra mas não como terceiro dia.
(impressa na Casa da Moeda) limitou o uso de certas
expressões.

OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS

• Aceite • O aceite deve ser puro e simples, podendo, contudo, ser


limitado pelo sacado a uma parte do montante sacado.
É o ato pelo qual o sacado, através da sua assinatura aposta na
• A parte que não é aceite pode ser alvo de protesto.
letra, assume o compromisso de pagamento na data acordada.
• O aceitante dispõe da possibilidade da reapresentação do
• Ao aceitar a letra, o sacado reconhece a ordem de
aceite no dia seguinte à primeira apresentação.
pagamento dado pelo sacador.
• Aval
• O aceite pode ser realizado até à data de vencimento da
• Incompleto
letra.
O avalista não designa o beneficiário do aval
• Numa letra sem aceite, o protesto é feito por falta de
• Aval completo
pagamento e não por falta de aceite.
O avalista designa o interveniente a quem dá o aval

Sofia Teixeira 10
OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS

• Pagamento da letra • A comunicação de pagamento de efeitos é efetuada pela

O pagamento da letra pode ser efetuado na morada do sacado SIBS.


ou por débito no NIB incluído no efeito. • Uma letra não domiciliada obriga a que o Banco remeta um
• O pagamento por débito no NIB do aceitante é o forma de aviso de pagamento ao aceitante que poderá fazer o
pagamento mais usual. pagamento:
• Uma letra com indicação de NIB diz-se domiciliada. • Num balcão do banco (à boca de caixa).

• Os bancos cobram comissões por este tipo de serviço • Numa ATM

• Uma letra em cobrança pelo Banco que não esteja • Num correspondente bancário possuidor de um terminal que possa

domiciliada tem comissões mais elevadas que a letra informar a SIBS do pagamento

domiciliada.

OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS

• Após o bom pagamento da letra, o Banco tomador emite e • Nas reformas é frequente a aplicação de uma regra para
remete o recibo de quitação ao aceitante. valor de amortização face ao prazo:

• Reforma das letras


% Amortizada Prorrogação
A reforma é a substituição de uma letra por outra, regra geral de
10% 30 dias
menor montante, mantendo rigorosamente os mesmos 25% 90 dias
intervenientes. 50% 180 dias
A reforma da letra só acontece quando o aceitante não
consegue liquidar a totalidade da letra na data do seu
vencimento.

Sofia Teixeira 11
OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS

• O protesto da letra • A cláusula sem despesas (ou sem protesto)


Ato publico e solene que se destina a comprovar a recusa de Esta cláusula permite que o portador da letra fique dispensado
aceite e a falta de pagamento de uma letra. de apresentar o protesto da letra para poder, em alternativa,

• O protesto de falta de aceite tem que se efetuado antes da opor ação cambiária (ação executiva para cobrar a letra

data de vencimento.

• O protesto por falta de pagamento é efetuado após o prazo


de pagamento ser ultrapassado.

• O protesto por falta de pagamento tem de ser efetuado até


dois dias após a data em que a letra esteve a pagamento

OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS

• O desconto da letra ou desconto comercial


• O desconto de uma letra tem como objetivo antecipar os
fundos que o sacador irá receber aquando do vencimento “O desconto comercial é contrato em que banco
adquire a propriedade da letra resultante da
da letra.
atividade de um seu cliente adiantando-lhe o valor
• Este tipo de operação bancária visa apoiar a tesouraria de nominal do título, mediante cobrança antecipada
de juros e comissões e reembolsando-se apenas no
curto prazo das empresas. seu vencimento.”
• Pela antecipação de fundos o banco irá cobrar os juros
relativos ao período da letra.

Sofia Teixeira 12
OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS

• O desconto comercial exige o preenchimento de todos os • A livrança


requisitos da letra (essenciais e facultativos).
• É um título de crédito pelo qual o seu signatário (subscritor)
• Inclui a garantia de pagamento pelo cedente, caso não se
se compromete a pagar ao seu credor – beneficiário - ou
verifique o pagamento do efeito pelo aceitante.
à ordem deste uma determinada importância, numa certa
• Para além do pagamento de juros, o cedente, incorre ainda data.
nos seguintes encargos:
• A livrança são muito utilizadas para titular financiamentos
• Comissão de cobrança
de curto prazo.
• Portes
• São um meio de financiamento bancário de formalização
• Imposto de selo
simplificada.

OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS

• As livranças por serem uma promessa de pagamento são • Intervenientes

habitualmente associadas a outro tipo de financiamentos • Subscritor

Pessoa que emite o título e que se obriga a pagá-lo em


bancários (livranças em branco).
determinada data.
• O desconto de livrança é um crédito com prémio de risco
• Beneficiário ou tomador
mais elevado do que outros tipos de crédito. Aquele a quem, ou à ordem de quem, o título é pagável.

• É uma forma de financiamento aos empresários e • Avalista

negócios, não sendo utilizada em crédito a particulares • Avalizado

(exceto como garantia adicional de outro tipo de Uma livrança pode ser endossada (teríamos mais dois intervenientes –
endossante e endossado), mas tal prática não é habitual.
financiamento).

Sofia Teixeira 13
OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS

• Requisitos essenciais da livrança • Requisitos facultativos da livrança


• A palavra livrança inscrita no texto do título. • Indicação do motivo que está na origem de subscrição da

• A promessa pura simples de pagar uma quantia. livrança.

• A data de pagamento. • O número da livrança.

• O local de pagamento. • O nome do subscritor.

• O nome da pessoa a quem ou à ordem de quem deve ser • O espaço destinado à banda magnética.

paga.

• A data e local de emissão da livrança.

• A assinatura do subscritor.

OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS

• Prazo de pagamento da livrança • Requisitos fiscais


Uma livrança em dia fixado deve ser apresentada no dia do seu A livrança tem que cumprir com requisitos fiscais e que se
vencimento ou num dos dois dias úteis subsequentes. traduzem pelo pagamento de imposto de selo.
O sábado conta como primeiro e segundo dia de vencimento O imposto de selo é de 5/1000 sobre o valor facial da livrança
de uma livrança mas não como terceiro dia.
com mínimo de 1 €.
Uma livrança à vista, é pagável a qualquer momento e não
O imposto de selo tem que ser liquidado até ao dia 20 do mês
dispõe de mais dois dias para ser apresentada a pagamento.
seguinte à data de emissão.
• Renovação (reforma)
No caso da livrança, o imposto de selo deve ser liquidado pelo
À semelhança da letra, a livrança também pode ser substituída
tomador do título.
por outra de menor valor.

Sofia Teixeira 14
FASES DO PROCESSO DE COMPRA E
OUTROS DOCUMENTOS COMERCIAIS
VENDA

• Diferenças entre letra e livrança • Bibliografia/Fontes


Conceito Livrança Letra • http://www.aprendendoaexportar.gov.br/inicial/index.htm
Contém uma… Promessa de pagamento Ordem de pagamento
• www.iccwbo.org
Emitida pelo Subscritor Sacador
Principal devedor Subscritor Aceitante • Produtos Bancários e Financeiros, IFB, Edição Própria, 2007
Credor Tomador Sacador
• Sistema de informação dos TOC’s.
Aval incompleto a favor Subscritor Sacado
de… • Prática Administrativa, Carlos Nabais, Lidel, 2008
Substituição de um título Renovação reforma
por outro
Titula Uma operação de Transação comercial
financiamento
Para ser título de crédito Necessita da assinatura Não necessita da
do subscritor assinatura do sacado

Sofia Teixeira 15