Você está na página 1de 40

Aula 05

Química p/ ENEM 2016


Professor: Wagner Bertolini
QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

A principal característica dos metais é a eletropositividade (tendência de


doar elétrons). Assim os elétrons da camada de valência saem facilmente
do átomo e ficam “passeando” pelo metal.
O átomo que perde elétrons se transforma num cátion, que, em seguida,
pode recapturar esses elétrons, voltando a ser átomo neutro.
O metal seria um aglomerado de átomos neutros e cátions, imersos num
“mar de elétrons livres” que estaria funcionando como ligação metálica,
mantendo unidos os átomos e cátions de metais.
Os metais exibem uma série de propriedades em comum:
- todos são sólidos nas condições ambientes (exceto Hg),
- têm brilho metálico,
- maleabilidade (possibilidade de se moldar em chapas),
- ductilidade (capacidade de formar fios),
- boa condutividade térmica e elétrica.

Para haver condutividade elétrica, é necessário o movimento de elétrons


através do meio. A boa condutividade dos metais sugere que existam
elétrons semi-livres, fracamente ligados, nas estruturas metálicas, que
possam ser forçados a se mover ao longo de todo retículo.
Como na estrutura metálica, segundo o modelo do “gás de elétrons”, todos
os íons compartilham elétrons, a repulsão entre os cátions é compensada
pela atração eletrostática entre os elétrons livres e os íons positivos.
Os elétrons livres funcionam como uma “cola” eletrostática, ligando os
cátions metálicos.

Modelo do “gás de elétrons”.

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 2


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

Os elétrons de valência não estão ligados aos átomos, mas deslocalizados


por todo o cristal, movendo-se livremente em todas as direções e sendo
compartilhados por todos os cátions com igual probabilidade.

No caso dos metais maleáveis (facilmente deformáveis), como sódio,


chumbo, mercúrio e outros, os elétrons livres podem se ajustar
rapidamente às mudanças na estrutura metálica provocadas por
perturbações externas.

Os átomos de um metal no estado sólido estão arranjados de modo a


formar figuras geométricas bem definidas – os retículos cristalinos. Observe
o arranjo estrutural dos metais sódio, lítio e bário. Cada átomo tem ao seu
redor oito átomos vizinhos, formando uma estrutura cúbica de corpo
centrado (ccc).

Estrutura ccc.

O ponto de fusão e de ebulição dos metais varia de acordo com a estrutura


cristalina e intensidade das ligações metálicas. Por exemplo, o sódio funde
a 97,8oC; o magnésio funde a 6.500oC; e o tungstênio funde a 3.410oC.

Ligas Metálicas
As ligas metálicas são obtidas pela união de dois ou mais elementos
metálicos, podendo ainda incluir semimetais ou não-metais, mas sempre
com predominância dos elementos metálicos.

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 3


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

Podemos dizer que as ligas metálicas têm maiores aplicações práticas que
os próprios metais puros.
Algumas ligas exigirão de vocês, meus caros, uma decoreba. Infelizmente
é isso mesmo. Portanto, guarde as principais, que já seria o suficiente para
sua prova.
AÇO: Ferro e Carbono
AÇO INOXIDÁVEL: Ferro, Carbono, Níquel e Cromo
BRONZE: Cobre e Estanho
LATÃO: Cobre e Zinco
AMÁLGAMA: Mercúrio + outro metal.

A produção dessa e de outras ligas metálicas se dá, normalmente, pelo


aquecimento dos metais participantes. Ocorre a fusão dos átomos no
estado líquido (preste atenção: é uma mistura homogênea) e estes átomos
se misturam completamente. Depois, faz-se o resfriamento da mistura que
sofre a solidificação.

Você poderia me perguntar: Wagner, para que produzimos ligas


metálicas?
Para modificarmos propriedades de um metal. Assim, buscaremos obter
propriedades desejáveis para este metal, porém, sob a forma de liga.
Por exemplo, o ferro puro oxida facilmente com o ar, o magnésio é muito
reativo e inflamável, o ouro e a prata são moles, etc.
Assim, ao misturar esses metais com outros metais ou com outros
elementos é possível conseguir materiais com as propriedades desejadas,
como maior dureza, menos reatividade e assim por diante.

Por que as joias que contêm ouro são ligas?


Porque o ouro é um metal muito macio e maleável. Qualquer movimento
brusco sobre o objeto produzido por ele poderia deformá-lo.

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 4


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

Então, para evitarmos a deformação da joia e a perda do design desta, faz-


se a mistura de cobre com ouro.
O ouro puro é denominado de 24k, ou seja: 24 quilates.
O ouro presente nas joias é o ouro 18k, dezoito quilates. Neste caso, temos
6k dos elementos cobre e prata (mas, não nos referimos a estes em
quilates).
Observe que 18k corresponde a 75% do valor inicial. Então, nesta liga
temos 75% de ouro e 25% de cobre e prata.
O ouro é um metal amarelo. O cobre, avermelhado. O ouro 18k é DOURADO
(decorrente da mistura destas cores nesta proporção).

Vejamos alguns exemplos de ligas, suas características e


aplicações:

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 5


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

Bronze: Formado por 67% de cobre e 33% de estanho. Sua principal


propriedade é resistência ao desgaste, sendo muito usado para produzir
sinos, medalhas, moedas e estátuas.

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 6


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

3. SUBSTÂNCIAS SIMPLES E COMPOSTAS IMPORTANTES


Aqui daria um palpite: não se preocupem muito com estas substâncias e
seus nomes, sínteses, etc.
Iremos encontra-las com frequência, em outros assuntos, e você acabará
memorizando por osmose.
Como programei nesta aula, então vai.

Hidrogênio (H2)

O LZ 129 Hindenburg foi um dirigível construído pela Luftschiffbau-Zeppelin


GmbHa, na Alemanha. O seu projeto foi encomendado pelo governo de Adolf
Hitler, visando divulgar a superioridade tecnológica do país. Conhecido como
Zeppelin, o dirigível, com 245 metros de comprimento era sustentado no ar
por 200 mil metros cúbicos de hidrogênio, o maior dirigível da história até
1937, saiu de Hamburgo e cruzou o Atlântico a 110 km/h. Na noite de 6 de
maio de 1937, o gigantesco dirigível Hindenburg preparava-se para descer na
base de Lakenhurst, em Nova Jersey, nos Estados Unidos, com 97 ocupantes
a bordo, sendo 36 passageiros e 61 tripulantes, vindos da Alemanha. Durante
as manobras de pouso, um incêndio tomou conta da aeronave e o saldo foi de
13 passageiros e 22 tripulantes mortos e um técnico em solo, no total de 36
pessoas.
O hidrogênio é um gás incolor, inodoro, combustível (considerado
combustível do futuro). Na Terra, o hidrogênio raramente se encontra livre,
mas combinado, geralmente com o oxigênio, formando água.
A molécula de hidrogênio é tão leve que, ao ser libertada, rapidamente sobe
aos níveis mais altos da atmosfera de onde, aos poucos, se perde no espaço.

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 7


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

É obtido industrialmente:

a) a partir do carvão

b) processo Lane

3Fe + 4H2O Fe3O4 + 4H2

c) eletrólise
2H2O 2H2 + O2
2NaCI + 2H2O 2NaOH + H2 + CI2

d) Em laboratório
Pela reação de ácidos com metais mais reativos que o hidrogênio.
Zn(s) + 2HCI(aq) ZnCI2(aq)

O hidrogênio é usado na hidrogenação de óleos vegetais para a produção de


margarina, como combustível, na formação de vários compostos, como NH3
e HCl.

Oxigênio (O2)
É um gás incolor, inodoro e, no estado líquido, é azul pálido. É o elemento mais
abundante na Terra, quer em porcentagem de átomos, ou em massa. Ocorre
na atmosfera, combinado com hidrogênio na hidrosfera e combinado como
silício, ferro, alumínio e outros elementos na crosta terrestre (litosfera).
É usado como “comburente”, substância que alimenta as combustões. É
obtido industrialmente por liquefação e posterior destilação fracionada do ar
atmosférico.

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 8


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

Inicialmente, o ar atmosférico é submetido a sucessivas compressões e


resfriamentos até atingir uma temperatura de aproximadamente – 200 °C. O
ar torna-se líquido e, então, faz-se a destilação fracionada.
Inicialmente, destila o componente mais leve que é o nitrogênio (PE = –195
°C), depois argônio (PE –190 °C) e, por ultimo, o oxigênio (PE –185 °C).

É obtido também pela eletrólise da água:


2H2O 2H2+O2
Na Medicina, é aplicado em inalações e em aparelhos de respiração artificial
contra envenenamentos provocados por certos gases como o monóxido de
carbono (CO). É usado na fabricação do aço e em equipamentos de mergulho.

Nitrogênio (N2)
É um gás, incolor, inodoro e insípido.
É um gás inerte. Ocorre na Terra como o principal constituinte do ar
atmosférico (~78% em volume) onde se encontra livre (N2).
É difícil encontrar compostos inorgânicos do nitrogênio como minerais, pois a
maioria é solúvel em água.
O nitrogênio é encontrado em compostos orgânicos em todos os seres vivos,
animais e plantas.
Certas bactérias no solo e raízes de algumas plantas, especialmente os
legumes, convertem o nitrogênio atmosférico em nitrogênio orgânico, que é,
então, transformado por outras bactérias em nitrato, a forma de nitrogênio
mais usada pelas plantas na síntese de proteínas.
O nitrogênio é obtido industrialmente por liquefação e posterior destilação
fracionada do ar atmosférico.
Em laboratório, é obtido pela decomposição do nitrito de amônio (NH4NO2):

Por ser inerte, é usado na forma gasosa no empacotamento de alimentos e no


interior de lâmpadas incandescentes.

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 9


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

Na forma líquida, é usado na conservação de alimentos, na de sêmen para


inseminação artificial.
É usado também na síntese da amônia e na do ácido nítrico.

A vitrificação difere das técnicas de refrigeração e de armazenagem


tradicionais que permite a solidificação “transparente” instantânea dos ovos
e dos embriões sem a formação de cristais de gelo. Durante a vitrificação o
embrião é mergulhado no nitrogênio líquido de -196C.

Cloro (Cl2)

É um gás amarelo-esverdeado, venenoso, pouco solúvel em água, reagindo


com ela, dando íons cloreto e hipoclorito.

O cloro encontra-se combinado como cloreto, (NaCl, KCl) em depósitos


subterrâneos e também, nos oceanos.
O cloro é um germicida poderoso, usado na purificação da água de beber.

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 10


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

É obtido industrialmente pela eletrólise de solução aquosa de cloreto de


sódio.

2NaCI + 2H2O 2NaOH + H2+ CI2

Em laboratório, pela reação do ácido clorídrico com dióxido de manganês:


MnO2 + 4 HCI MnCI2+2H2O+CI2

O cloro é usado como alvejante industrial no tratamento da celulose para a


fabricação de papel, na obtenção de compostos como o ácido clorídrico, o
inseticida BHC (bezeno hexaclorado), etc.
Quando o cloro é borbulhado em uma solução de hidróxido de sódio à
temperatura ambiente, ocorre a reação:
Cl2(g) + 2OH-(aq) ClO-(aq) + Cl-(aq) + H2O(l)
A solução resultante é comercializada como água sanitária para uso
doméstico e como desinfetante.

Amônia ou Gás Amoníaco (NH3)


É um gás incolor (ponto de ebulição normal - 33,4 °C), com odor
característico, sufocante, e sua inalação, em altas concentrações, causa
problemas respiratórios.
A amônia é extremamente solúvel em água, produzindo o hidróxido de
amônio, o qual não existe isolado.
NH3 + H2O NH4OH
NH4OH NH + OH–

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 11


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

É obtida industrialmente pela síntese catalítica:

I. Processo Haber-Bosch
Neste processo, a temperatura fica entre 500 a 600 °C, a pressão é de 200
atmosferas e o catalisador é o ósmio ou o urânio.
O resultado é uma solução amoníaca com rendimento de 15%.

II. Processo de Claude


Neste processo, a temperatura é também de 500 a 600 °C, só que a pressão
é de 1000 atmosferas e o catalisador é o ferro. Resulta o gás amoníaco
liquefeito, com rendimento de 40%.

Em laboratório
a) Processo Solvay
Ação da cal viva quente sobre o cloreto de amônio.

2NH4CI + CaO CaCI2 + 2NH3 + H2O

b) Sal de amônio com base solúvel.

A amônia é utilizada em refrigeração, na produção de fertilizantes, na


preparação de ácido nítrico.

Ácido Clorídrico

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 12


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

O ácido clorídrico impuro é conhecido comoo ácido muriático e é usado na


limpeza de azulejos.
O ácido clorídrico é formado pelo gás cloreto de hidrogênio (HCl) dissolvido
em água, numa proporção de cerca de 37% do gás. É um ácido inorgânico
forte, líquido levemente amarelado, em que seus hidrogênios são facilmente
ionizáveis na solução. A 18ºC o grau de ionização do ácido clorídrico, isto é, a
porcentagem de hidrogênios que efetivamente sofrem ionização é de 92,5%.

Seu frasco deve ser mantido bem fechado, pois na forma pura essa solução
libera vapores de HCl, sendo sufocante e muito tóxico. O ponto de ebulição
desse ácido é de -85ºC, sendo considerado volátil o que significa que ele
passa facilmente para o estado de vapor em condições ambientes. Além
disso, se não permanecer fechado, a sua concentração pode variar, visto que
ele é altamente higroscópico, ou seja, absorve com facilidade a água da
atmosfera.
O ácido clorídrico é muito usado na limpeza e galvanização de metais, no
curtimento de couros, na obtenção de vários produtos, como na produção de
tintas, de corantes, na formação de haletos orgânicos, é usado também na
hidrólise de amidos e proteínas pelas indústrias alimentícias e na extração do
petróleo, dissolvendo as rochas e facilitando o seu fluxo até a superfície.
Ele pode ser encontrado também em nosso próprio organismo, estando
presente no suco gástrico, cuja ação é ajudar na digestão dos alimentos. Ele

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 13


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

é secretado pelo estômago num volume aproximado de 100 mL. Algumas


pessoas sofrem de refluxo gastroesofágico, que é o retorno do conteúdo do
ácido clorídrico do estômago, como mostrado abaixo. Ele provoca
queimação, rouquidão e dor torácica.

Na sua forma impura, o ácido clorídrico é chamado de ácido muriático e é


usado para a limpeza de pisos, azulejos, paredes de pedras e superfícies
metálicas antes do processo de soldagem. Visto que o ácido muriático
apresenta vapores tóxicos e irritantes quando aquecidos, é preciso que a
pessoa que for manuseá-lo o faça com bastante cuidado, usando máscara de
respiração, luvas e óculos de proteção. Não deve ser utilizado perto de rios e
lagos, pois é prejudicial à vida aquática. Concentrações elevadas diminuem o
pH do meio, sendo prejudicial também às bactérias oxidantes por inibir a
demanda de oxigênio.

GÁS METANO (CH4)


O metano é um gás inodoro, incolor e sua molécula é tetraédrica e apolar
(CH4), de pouca solubilidade na água. Quase todos os gases naturais o
contêm. Quando adicionado ao ar se transforma em mistura de alto teor
explosivo.
É o mais simples dos hidrocarbonetos.
Principais fontes de metano são:
-emanação através de vulcões de lama e falhas geológicas;

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 14


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

-decomposição de resíduos orgânicos;


-fontes naturais (pântanos): 23%;
-extração de combustível mineral: 20% (Metano é extraído de depósitos
geológicos como um combustível mineral juntamente com outros
combustíveis hidrocarbonetos);
-do processo de digestão em animais herbívoros: 17%;
bactérias encontradas em plantações de arroz: 12%;
-aquecimento ou combustão de biomassa anaeróbica;
-60% da emissão de metano no mundo é produto da ação humana, vindo
principalmente da agricultura. Durante os últimos 200 anos, a concentração
deste gás na atmosfera aumentou de 0,8 para 1,7 ppm.

O metano é também chamado de biogás, pois pode ser produzido pela


digestão anaeróbica de matéria orgânica, como lixo e esgoto, através de
microorganismos chamados archaea. Uma quantidade desconhecida, mas
provavelmente enorme de metano está presa no sedimento marinho. A
liberação deste metano do sedimento é sugerida como possível causa de
aquecimento global em eras antigas na Terra, como há 55 milhões de anos
atrás, no Paleoceno-Eoceno.

Bom, meus caros. Acabamos o estudo das ligações atômicas. Vou fazer um
resumo das coisas e colocar um assunto que raramente aparece em provas:
números quânticos. Vamos nessa?

Vou fazer um resumo generalizando as coisas:

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 15


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

- Percebeu que quando se ligam apenas os átomos verdes dos


elementos da tabela periódica (metais) a ligação é metálica?
- Percebeu que quando se ligam apenas os átomos avermelhados
dos elementos da tabela periódica (ametais) a ligação é covalente?
- Percebeu que quando se ligam os átomos verdes (extrema
esquerda, querem dar elétrons) com avermelhados (querem
ganhar elétrons) dos elementos da tabela periódica (Ametais) a
ligação é iônica?
(O hidrogênio pode se ligar a metais ou ametais e poderá, portanto,
participar da ligação iônica ou da covalente)

4. NÚMEROS QUÂNTICOS
Qualquer elétron pode ser “identificado” por um conjunto de informações
numéricas que se relacionam com seu nível energético.
De uma maneira bem simples, estes números serão empregados para
“dizer” em que camada, em que subnível, em que orbital tal elétron se
encontra e, por fim, qual seu sentido de rotação.
Então, até aqui você aprendeu (espero que tenha aprendido) a fazer a
distribuição eletrônica.
Agora, analisaremos a distribuição relativamente a um elétron específico.
Geralmente as bancas gostam do último elétron e o chamam de elétron
de diferenciação.

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 16


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

Vamos a algumas informações teóricas e, depois, exemplificar para você


perder o medo.
É uma parte bem simples da Química, mas, que muitos apresentam
dificuldade. Principalmente devido ao medo. Medo de que?

O número quântico principal (n) indica o nível de energia. Varia de n =


1 a n = 7, respectivamente, no 1º, 2º, 3º, ... nível de energia.
O número máximo de elétrons em cada nível é dado por 2n2, conforme
vimos pela Equação de Rydberg.
Entre os átomos conhecidos, no estado fundamental, o número máximo de
elétrons em um mesmo nível é 32.
Então, simplificando: estamos localizando a camada em que o
elétron se encontra.

O número quântico secundário ou azimutal (l) indica a energia do


elétron no subnível. Nos átomos conhecidos, no estado fundamental, há
quatro subníveis, representados por s, p, d, f, em ordem crescente de
energia.

Subnível s p d F

Número quântico azimutal l=0 l=1 l=2 l=3

Percebeu que iremos trocar a letra que indica osubnível por um número?
Só isso. O que você deve saber é como se faz a troca. Basta ver a tabela
acima.
Então, simplificando: estamos localizando o subnível em que o
elétron se encontra.

Orbitais
Os subníveis são formados de orbitais.

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 17


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

Orbital é a região da eletrosfera onde há maior probabilidade de estar


localizado o elétron do átomo. O número máximo de elétrons em cada
orbital é 2. Portanto, podemos ter nenhum, um ou dois elétrons em um
dado orbital. Independente do subnível em que este orbital esteja.
Veja a estrutura dos subníveis em função da quantidade de orbitais. Basta
lembrar que o número máximo de elétrons em cada subnivel e dividir por
2.
Exemplo:
Subnível s comporta um máximo de 2 elétrons. Dividindo 2 por 2 dá um
orbital.
Subnível p comporta um máximo de 6 elétrons. Dividindo 6 por 2 dá um
total de 3 orbitais.
Subnível d comporta um máximo de 10 elétrons. Dividindo 10 por 2 dá um
total de 5 orbitais.
Subnível f comporta um máximo de 14 elétrons. Dividindo 14 por 2 dá um
total de 7 orbitais.
Assim, representaremos estes orbitais por casinhas, quadradinhos,
círculos, etc. Mas, as quantidades de orbitais serão fixas, independente da
representação empregada na prova:

A cada orbital foi atribuído um número quântico magnético (m) cujo


valor varia de -l a +l, passando por zero.
Faça o seguinte: perceba que o número de orbitais é sempre ímpar. Então,
para o orbital do meio (central) atribua o valor ZERO. Depois, caminhando
para a direita faça numeração crescente positiva e caminhando para a
esquerda faça a numeração crescente negativa. Só isso. Assim, você não
precisa se preocupar com as letras.

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 18


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

subnível s um só orbital s (0)

subnível p três orbitais p (-1) (0) (+1)

subnível d cinco orbitais d (-2) (-1) (0) (+1) (+2)

(-3) (-2) (-1) (0) (+1)


subnível f sete orbitais f
(+2) (+3)

Assim, teremos a seguinte “visão” dos orbitais.

Formato espacial dos orbitais


O que vamos ver no item a seguir não tem muita importância, de uma
maneira geral. Você deve se preocupar apenas com os orbitais s e p.
O orbital s tem forma esférica. Os orbitais p têm forma de duplo ovóide e
são perpendiculares entre si (estão dirigidos segundo três eixos ortogonais
x, y e z.

Spin
Spin é o movimento de rotação do elétron em torno de seu eixo. Pode ser
paralelo ou antiparalelo. A cada um deles foi atribuído um número quântico:
+ 1/2 e -1/2.

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 19


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

Pensa numa bola girando sobre seu eixo. Ele pode girar para a direita ou
para a esquerda. Assim, dependendo do sentido de giro atribuímos um
valor a este movimento.

Como uma carga elétrica girando leva à formação de um campo elétrico,


podemos dizer que os elétrons parecem pequenos imãs. Terão campos
magnéticos. E você sabe que estes campos magnéticos podem gerar
repulsão ou atração.
Se os elétrons se repelirem, em função deste campo magnético que
apresentam, não poderão ocupar o mesmo orbital.
Se dois elétrons estão em um mesmo orbital eles devem apresentar este
valor diferente. Daí surge o Princípio de exclusão de Pauli, que veremos a
seguir.

Princípio da exclusão de Pauli


Em um mesmo átomo, não existem dois elétrons com quatro números
quânticos iguais.

Regra de Hund
Ao ser preenchido um subnível, cada orbital desse subnível recebe
inicialmente apenas um elétron; somente depois de o último orbital desse

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 20


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

subnível ter recebido seu primeiro elétron começa o preenchimento de cada


orbital semicheio com o segundo elétron.
Veja um exemplo: para o átomo de potássio (19K): 1s2 2s2 2p6 3s2 3p6
3s1
Os números sobrescritos na letra correspondem ao número de elétrons
existentes na subcamada. Fazendo a distribuição eletrônica nos orbitais
para o potássio, teremos:

Cada seta indica um elétron. Perceba que, em cada orbital, quando existem
dois elétrons, são sempre de spins opostos. Geralmente, os átomos se
ligam uns aos outros, de modo a ter emparelhados todos os seus elétrons.
Nesse caso, o potássio pode perder seu elétron 3s, ficando assim com 5
subcamadas completas. O elétron de maior energia, chamado elétron de
diferenciação, é o último elétron distribuído no preenchimento dos orbitais,
de acordo com a regra de Hund.
Elétron de maior energia ou elétron de diferenciação é o último elétron
distribuído no preenchimento da eletrosfera, de acordo com as regras
estudadas.

Veja outro exemplo:

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 21


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

Como consequência do princípio de Pauli e da Regra de Hund, dois elétrons


de um mesmo orbital têm spins opostos. (Lembra da repulsão dos campos
magnéticos? Por isto que eles não podem ocupar o mesmo orbital.
Um orbital semicheio contém um elétron desemparelhado; um orbital cheio
contém dois elétrons emparelhados (de spins opostos).
E isto será muito importante para explicar fenômenos de paramagnetismo
ou diamagnetismo. Estes fenômenos decorrem da presença de orbitais
completos ou incompletos.
Vejamos:

Ao lado das representações visualizamos a convenção adotada para os


spins dos elétrons. Observe que neste caso adotou-se o valor de -1/2 para
o primeiro elétron a ocupar o orbital.

Só para informar estes nomes que coloquei, seguem algumas definições:


Paramagnéticos - são materiais que possuem elétrons desemparelhados
e que quando na presença de um campo magnético os mesmos se alinham,
fazendo surgir dessa forma um ímã que tem a capacidade de provocar um
leve aumento na intensidade do valor do campo magnético em um ponto

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 22


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

qualquer. Esses materiais são fracamente atraídos pelos ímãs. São


materiais paramagnéticos: o alumínio, o magnésio, o sulfato de cobre, etc.

Diamagnéticos – são materiais que se colocados na presença de um


campo magnético tem seus ímãs elementares orientados no sentido
contrário ao sentido do campo magnético aplicado. Assim, estabelece-se
um campo magnético na substância que possui sentido contrário ao campo
aplicado. São substâncias diamagnéticas: o bismuto, o cobre, a prata, o
chumbo, etc.

Ferromagnéticos – as substâncias que compõem esse grupo apresentam


características bem diferentes das características dos materiais
paramagnéticos e diamagnéticos. Esses materiais se imantam fortemente
se colocados na presença de um campo magnético. É possível verificar,
experimentalmente, que a presença de um material ferromagnético altera
fortemente o valor da intensidade do campo magnético. São substâncias
ferromagnéticas somente o ferro, o cobalto, o níquel e as ligas que são
formadas por essas substâncias. Os materiais ferromagnéticos são muito
utilizados quando se deseja obter campos magnéticos de altas
intensidades.

Vamos ver algumas representações em que as bancas podem induzir o


candidato ao erro:

Veja que a distribuição à direita contraria a Regra de Hund, mas não


contraria o princípio de Pauli.

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 23


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

Veja que a distribuição acima, em vermelho, não contraria a Regra de


Hund, mas contraria o princípio de Pauli. O exemplo da direita não contraria
ninguém.

5. QUESTÕES

01. (CEFET MG 2015). Para a realização de uma determinada atividade


experimental, um estudante necessitou de um material que possuísse
propriedades típicas de substâncias dúcteis, maleáveis, insolúveis em água
e boas condutoras térmicas. Um material com essas propriedades resulta
da ligação entre átomos de
a) Cu e Zn.
b) Na e C
c) Fe e O.
d) F e Xe.
e) C e Si.

02. (UECE 2015). Segundo Sam Kean, no livro A Colher que Desaparece,
Nabucodonosor II da Babilônia (632 a.C. - 562 a.C.) usou uma mistura de
chumbo e antimônio para pintar as paredes de seu palácio de amarelo e,
pouco depois, enlouqueceu em consequência da inalação do material
utilizado. Sobre o chumbo e o antimônio, marque a única afirmação FALSA.
a) O antimônio e o chumbo formam uma liga, denominada latão, muito
utilizada como eletrodos de baterias e na indústria de semicondutores.

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 24


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

b) O chumbo tetraetila, ainda usado como antidetonante de combustíveis


na aviação, foi banido da gasolina por ser tóxico e por liberar partículas de
chumbo na atmosfera.
c) Vasilhas de chumbo apassivado podem ser utilizadas para transportar
ácido sulfúrico concentrado e a quente.
d) O antimônio foi classificado como metaloide por ter a aparência e
algumas propriedades físicas dos metais e comportar-se quimicamente
como não metal em algumas condições.

03. (2015 – COSEAC – UFF - Técnico de Laboratório – Química). Em


relação às ligas metálicas são feitas as seguintes afirmações:
I - O ouro 18 quilates é uma liga de ouro e cobre.
II - Bronze é uma liga de cobre e prata.
III - Latão é uma liga de cobre e zinco.
IV - Aço é uma liga de ferro com pequena quantidade de cobre.
Das afirmações acima, estão corretas apenas:
a) I e II.
b) II e III.
c) II e IV
d) III e IV
e) I e III.

04. (UFRGS-RS) No modelo do gás eletrônico para a ligação metálica,


considera-se que os nós do retículo cristalino do metal são ocupados por:
a) íons negativos.
b) íons positivos.
c) elétrons.
d) prótons.
e) átomos neutros.

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 25


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

05. Assinale a alternativa a seguir que só apresenta substâncias formadas


por ligações metálicas:
a) Au, Pt, N2 e Zn.
b) Al, Cgrafita, Ag, Au.
c) Au, O2, Zn, P4.
d) Ag, Al, Cu, Au.
e) S8, NaCl, SF6, Cu.

06. (PUCRS 2012). Para responder a questão, analise as afirmativas


apresentadas a seguir, sobre o uso de metais e ligas metálicas ao longo da
história do homem.
1. Na pré-história, este foi um dos primeiros metais usados para fazer
ferramentas e outros utensílios, como facas, machados, ornamentos e
pontas de flecha.
2. Esta liga de cobre e estanho foi usada posteriormente, por ser mais dura
e por permitir a fabricação de ferramentas mais resistentes.
3. Este metal puro e a sua liga com carbono demoraram ainda mais a serem
usados, devido à maior complexidade de sua produção.
4. No final do século XIX, este material começou a ser usado de maneira
generalizada em utensílios domésticos, sendo antes disso um metal de
produção extremamente cara.
As afirmativas 1, 2, 3, e 4 referem-se, respectivamente, às espécies
químicas
a) cobre – bronze – ferro – alumínio
b) ferro – latão – cobre – alumínio
c) aço – bronze – ouro – latão
d) latão – titânio – bronze – aço
e) chumbo – latão – ferro – cobre

07. (UFG 2012). Analise os esquemas a seguir.

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 26


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

d) encontrados facilmente na forma pura ou metálica, sendo misturados a


outros metais, formando o mineral.
e) maleáveis, transformando-se em lâminas, por exemplo, quando
golpeados ou submetidos a rolo compressor.

10. (UFU). Considere as alternativas a seguir e assinale a INCORRETA.


a) Pode-se obter fios a partir de elementos como ouro e níquel.
b) Metais são, em geral, muito resistentes à tração.
c) Quando polidas, superfícies metálicas refletem muito bem a luz.
d) Em materiais que apresentam ligação metálica, os pontos de fusão são
sempre elevados.

11. (UFU). Correlacione os elementos na COLUNA 1 com as respectivas


aplicações listadas na COLUNA 2.
COLUNA 1
I - Zinco
II - Ferro
III - Níquel
IV - Prata
V - Titânio

COLUNA 2
( ) Pinos para fraturas ósseas e motores de avião
( ) Papel fotográfico e fabricação de espelhos
( ) Protetor de metais e pigmento branco
( ) Confecção de moedas e baterias recarregáveis
( ) Fabricação de aço e parafusos
Marque a alternativa que apresenta A SEQUÊNCIA correta.
a) V, IV, I, III, II
b) V, I, II, IV, III
c) II, V, III, I, IV

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 28


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

d) II, III, IV, I, V

12. (MACK SP) Quando dois ou mais metais, no estado líquido, são
miscíveis, dizemos que constituem uma liga metálica, podendo ter
composição porcentual, em massa, variável. Como exemplo, tem-se o
bronze, liga de cobre e estanho, usado na manufatura de um sino que
contém 80% de cobre e 20% de estanho e de uma fechadura contendo
90% de cobre e 10% de estanho.
Com as informações acima, fazem-se as afirmações.
I. O bronze, por não ter composição fixa, não é representado por fórmula
química.
II. Se o sino for de meia tonelada, a massa de cobre é de 400 kg.
III. Se, na fechadura, houver 20g de estanho, então a quantidade de
bronze, nela, é de 200g.
IV. Na obtenção de ligas metálicas, deve haver a evaporação dos metais
que a compõem.
Estão corretas as afirmações:
a) I e III, somente.
b) I, II e III, somente.
c) II e III, somente.
d) I, II e IV, somente.
e) I, II, III e IV.

TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO:


Algumas substâncias sólidas são caracterizadas pela repetição organizada
de estruturas individuais, constituindo sólidos com formas geométricas
definidas - os cristais. Por exemplo, o cloreto de sódio e a sacarose formam
cristais cúbicos e hexagonais, respectivamente.
13. (UEL). A imagem a seguir mostra três sólidos cujas formas são
cúbicas. Em (1), (2) e (3) estão representados, respectivamente, cristais
de iodo, brometo de potássio e ferro.

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 29


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

Sobre as estruturas (1), (2) e (3), é correto afirmar:


a) A molécula individual do cristal (1) apresenta átomos unidos por ligação
covalente polar.
b) O cristal (2) é formado por um número de prótons maior do que o
número de elétrons.
c) A substância representada em (3) é boa condutora de eletricidade no
estado sólido e no líquido.
d) A substância representada em (1) é boa condutora de eletricidade no
estado líquido.
e) A substância representada em (2) é boa condutora de eletricidade no
estado sólido.

14. (UFMG). Nas figuras I e II, estão representados dois sólidos


cristalinos, sem defeitos, que exibem dois tipos diferentes de ligação
química:

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 30


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

Considerando-se essas informações, é CORRETO afirmar que


a) a Figura II corresponde a um sólido condutor de eletricidade.
b) a Figura I corresponde a um sólido condutor de eletricidade.
c) a Figura I corresponde a um material que, no estado líquido, é um
isolante elétrico.
d) a Figura II corresponde a um material que, no estado líquido, é um
isolante elétrico.

15. (ITA). Qual das opções a seguir apresenta o gráfico que mostra,
esquematicamente, a variação da condutividade elétrica de um metal sólido
com a temperatura?

16. (UFC). As propriedades físicas e químicas do ouro justificam a


importância comercial histórica deste mineral. Dentre estas propriedades,
relacionam-se as seguintes:
I. sua coloração e reluzente beleza, que o qualificam como um metal
precioso;
II. é relativamente fácil de ser modelado mecanicamente para compor
objetos artísticos;
III. não é oxidado ao ar e não é facilmente solúvel em solventes comuns;
IV. é cineticamente inerte em soluções alcalinas e em quase todas as
soluções ácidas

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 31


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

Dentre as características do ouro acima relacionadas, são propriedades


físicas e químicas, respectivamente:
a) (I, III) e (II, IV)
b) (II, III) e (I, IV)
c) (I, II) e (III, IV)
d) (III, IV) e (I, II)
e) (II, IV) e (I, III)

17. (UFLAVRAS). O alumínio e o cobre são largamente empregados na


produção de fios e cabos elétricos. A condutividade elétrica é uma
propriedade comum dos metais. Este fenômeno deve-se:
a) à presença de impurezas de ametais que fazem a transferência de
elétrons.
b) ao fato de os elétrons nos metais estarem fracamente atraídos pelo
núcleo.
c) à alta afinidade eletrônica destes elementos.
d) à alta energia de ionização dos metais.
e) ao tamanho reduzido dos núcleos dos metais.

18. (UFC). Nenhuma teoria convencional de ligação química é capaz de


justificar as propriedades dos compostos metálicos. Investigações indicam
que os sólidos metálicos são compostos de um arranjo regular de íons
positivos, no qual os elétrons das ligações estão apenas parcialmente
localizados. Isto significa dizer que se tem um arranjo de íons metálicos
distribuídos em um "mar" de elétrons móveis.
Com base nestas informações, é correto afirmar que os metais,
geralmente:
a) têm elevada condutividade elétrica e baixa condutividade térmica.
b) são solúveis em solventes apolares e possuem baixas condutividades
térmica e elétrica.
c) são insolúveis em água e possuem baixa condutividade elétrica.

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 32


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

d) conduzem com facilidade a corrente elétrica e são solúveis em água.


e) possuem elevadas condutividades elétrica e térmica.

19. (UFRJ). As ligas metálicas são formadas pela união de dois ou mais
metais, ou ainda, por uma união entre metais, ametais e semimetais.
Relacionando, no quadro a seguir, cada tipo de liga com as composições
dadas

pode-se afirmar que a única correlação correta entre liga e composição


encontra-se na opção
a) I b; II c; III a; IV d.
b) I c; II b; III d; IV a.
c) I a; II b; III c; IV d.
d) I c; Il d; lll b; IV a.
e) I d; II a; IIl c; IV b.

20. (PUCRS). A condutibilidade elétrica do cobre pode ser explicada pelo


fato de
a) ser sólido a temperatura ambiente (25°C).
b) formar um aglomerado molecular.
c) ocorrer ruptura das suas ligações iônicas.
d) existirem prótons livres entre seus átomos.
e) existirem elétrons livres entre seus cátions.

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 33


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

RESOLUÇÃO COMENTADA
01. Resposta: [A]
[A] Correta. Cu e Zn a união desses 2 metais forma o latão, que será
insolúvel em água, sendo também um bom condutor térmico, dúctil e
maleável, comum a todos os metais;
[B] Incorreta. A ligação entre Na e Cl forma o composto iônico - NaCl
solúvel em água;
[C] Incorreta. A ligação entre o Fe e O forma o Fe2O3 um composto iônico

que será solúvel em água à semelhança do cloreto de sódio;


[D] Incorreta. O F e Xe, forma o XeF6 um composto sólido, cristalino e

incolor que se hidroliza em contato com a água;


[E] Incorreta. C e Si, por não serem metais não possuirão características
como ductilidade, maleabilidade ou boa condutibilidade térmica.

02. Resposta: [A]


[A] Incorreta. O latão é uma liga formada por estanho e zinco.
[B] Correta. O chumbo tetraetila foi retirado da gasolina por conter chumbo
em sua composição, sendo substituído pelo éter metil-terc-butílico (MTBE).
[C] Correta. A apassivação diminui a reatividade das superfícies, motivo
pelo qual, as vasilhas com chumbo apassivado pode ser usada para
transportar ácido sulfúrico concentrado à quente.
[D] Correta. O antimônio assim como todos os semimetais da tabela
periódica recebeu a denominação de metaloides por apresentar aparência
e algumas propriedades físicas dos metais e comportar-se, em algumas
condições, como não metal.

03. Resposta: [E]


O bronze é uma liga metálica homogênea composta pela mistura de cobre
e estanho
Aço — constituído por Fe e C. Aço inoxidável — constituído por Fe, C, Cr e
Ni. Ouro de Joias — constituído por Au (75 %), Ag e/ou Cobre (25 %) para

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 34


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

o ouro 18K. O ouro 24K é ouro puro. Amálgama dental (utilizada em


obturação) — constituída por Hg, Ag e Sn. Bronze — constituído por Cu e
Sn. Latão (utilizado em armas e torneiras) — constituído por Cu e Zn.

04. Resposta: [B]


Na ligação metálica, os cátions do metal agrupam-se segundo um arranjo
geométrico definido, denominado de estrutura cristalina ou célula unitária.
Os cátions metálicos que formam as células unitárias têm suas cargas
positivas estabilizadas pelos elétrons semilivres, que ficam envolvendo a
estrutura como uma nuvem eletrônica. Os elétrons semilivres são dotados
de certo movimento, o que justifica a propriedade dos metais de
conduzirem corrente elétrica na fase sólida. Uma amostra de metal é
constituída por um número imenso de células unitárias.

05. Resposta: [D]


Ag: prata, Al: alumínio, Cu: cobre, Au: ouro.

06. Resposta: [A]


Teremos:
1. Na pré-história, o cobre foi um dos primeiros metais usados para fazer
ferramentas e outros utensílios, como facas, machados, ornamentos e
pontas de flecha.
2. O bronze (liga de cobre e estanho) foi usado posteriormente, por ser
mais dura e por permitir a fabricação de ferramentas mais resistentes.
3. O ferro puro e a sua liga com carbono (aço) demoraram ainda mais a
serem usados, devido à maior complexidade de sua produção.
4. No final do século XIX, devido ao processo da eletrólise da bauxita, o
alumínio começou a ser usado de maneira generalizada em utensílios
domésticos, sendo antes disso um metal de produção extremamente cara.

07. Resposta:

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 35


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

a) Nos compostos iônicos sólidos, os íons (cargas) estão presos na rede


cristalina e não se movimentam.
Nos metais sólidos, os elétrons estão livres na rede cristalina
(constituindo bandas eletrônicas) e se movimentam livremente (corrente
elétrica).
b) Numa solução iônica, os cátions e ânions estão livres, logo, podem gerar
corrente elétrica.

08. Resposta: [B]


Os elétrons livres permitem o trânsito rápido de calor e eletricidade.

09. Resposta: [E]


a) bons condutores de calor e de eletricidade, assim como os não-metais.
Errado quando menciona os não-metais.
b) materiais que se quebram com facilidade, característica semelhante aos
cristais. Errado. São maleáveis.
c) materiais que apresentam baixo ponto de fusão, tornando-se sólidos na
temperatura ambiente. Errado, pois, são sólidos por terem, em geral, altos
pontos de fusão.
d) encontrados facilmente na forma pura ou metálica, sendo misturados a
outros metais, formando o mineral. Errado. Geralmente são encontrados
combinados (ligados) devido à alta reatividade.
e) maleáveis, transformando-se em lâminas, por exemplo, quando
golpeados ou submetidos a rolo compressor. Correto.

10. Resposta: [D]


Pode-se obter fios a partir de qualquer elemento metálico, de maneira
geral. Metais são, em geral, muito resistentes à tração. Quando polidas,
superfícies metálicas refletem muito bem a luz.
d) Em materiais que apresentam ligação metálica, os pontos de fusão são
sempre elevados. Errado. São GERALMENTE elevados. Existem metais com

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 36


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

ponto de fusão relativamente baixo. A maioria apresenta alto ponto de


fusão. O mercúrio é líquido.

11. Resposta: [A]


Coloquei esta questão mais como curiosidade do que com a finalidade de
decoreba.

12. Resposta: [B]


Apenas o item IV está errado, pois, na formação de uma liga metálica, os
metais sofrem o processo de fusão (passagem do sólido para o líquido), e
não de evaporação.

13. Resposta: [C]


O I2 apresenta ligação covalente apolar (iremos estudar isto na próxima
aula, mas adianto: quando os átomos forem de mesmo elemento sempre
será apolar).
KBr é composto iônico, pois, apresenta elemento metálico (K) e ametálico
(Br) em sua estrutura.
Fe é metálico e excelente condutor de corrente elétrica. Os metais não
conduzem corrente elétrica no estado gasoso, devido ao fato de gases
serem péssimos condutores de corrente elétrica.

14. Resposta: [B]


A substância I corresponde a um metal, que é condutor de corrente elétrica.
Já o composto representado II corresponde a um composto iônico. No
estado sólido não conduz corrente elétrica porque os íons estão presos no
retículo cristalino.

15. Resposta: [C]


Se aumentarmos muito a temperature de um metal ele passará para o
estado líquido (conductor de corrente). Porém, se este aumento de

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 37


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

temperature for grande o suficiente para que o metal passe para o estado
gasoso teremos a grande perda da condutividade elétrica.

16. Resposta: [C]


I.coloração e reluzir são propriedades físicas.
II. ser modelado mecanicamente é propriedade física.
III. não ser oxidado e solubilidade dependem de propriedades químicas.
IV. inerte significa ser pouco reativo ou não reagir quimicamente. Portanto,
propriedade química.

17. Resposta: [B]


Como os átomos metálicos costumam apresentar raio atômico grande os
elétrons da camada de valência (os mais afastados do núcleo) sãopouco
atraidos pelo núcleo e podem se “desgarrar” com certa facilidade.

18. Resposta: [E]


Propriedades gerais dos metais. Bastaria encontrar alguma propriedade
incorreta nas alternativas. Vou destacar os erros nas alternativas, em
negrito.
a) têm elevada condutividade elétrica e baixa condutividade térmica.
b) são solúveis em solventes apolares e possuem baixas condutividades
térmica e elétrica.
c) são insolúveis em água e possuem baixa condutividade elétrica.
d) conduzem com facilidade a corrente elétrica e são solúveis em água.

19. Resposta: [D]


Aqui pura decorebinha. Exercite um pouco.

20. Resposta: [E]


A definição para a condutividade elétrica.

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 38


QUÍMICA PARA O ENEM 2016
TEORIA E EXERCÍCIOS COMENTADOS
Prof. Wagner Bertolini Aula 05

Aguardo você para as próximas aulas.


Sempre a seu dispor.
Prof. Wagner Bertolini

Prof. Wagner Bertolini www.estrategiaconcursos.com.br 39