Você está na página 1de 8

1

FUNDAMENTOS DE QUIMICA AMBIENTAL

Funções Inorgânicas

As substâncias químicas com propriedades semelhantes foram agrupadas em funções


químicas.
Função Química – conjunto de compostos com propriedades químicas semelhantes. Que
podem ser inorgânicas ou orgânicas.
As principais funções Inorgânicas se dividem em quatro grandes grupos conhecidos como:
ácidos, bases, óxidos e sais.

ÁCIDOS
Ácidos , segundo Arrhenius: são compostos que reagem com a água (ionizam) formando
soluções que apresentam como único cátion o hidrônio, H3O+.
Exemplos:
HCl(g) + H2O(l) → H3O+ (aq) + Cl-(aq)
cloreto de água cátion hidrônio ânion cloreto
hidrogênio --------------------------
ácido clorídrico

ou simplificando: HCl(g) + H2O(l) → H+ (aq) + Cl-(aq)


cloreto de água cátion ânion
hidrogênio --------------------------
ácido clorídrico

Identifica-se um ácido com a presença de um H+ no lado esquerdo da fórmula.

As principais características dos ácidos são:


- sabor azedo (em geral, tóxicos e corrosivos);
- conduzem eletricidade em solução aquosa (em água);
- mudam a cor de certas substâncias (indicadores ácido-base, que são substâncias orgânicas);
- reagem com base formando sal e água.

Classificação
A) PRESENÇA DE OXIGÊNIO
- ácidos sem oxigênio – hidrácidos
Exemplos: HCl, HBr
- ácidos com oxigênios – oxiácidos
Exemplos: H2SO4, HNO3
B) NÚMERO DE H+ IONIZÁVEIS
- monoácido – produz 1 H+
Exemplos: HCl, HNO3
- diácido – produz 2 H+
Exemplos: H2SO4,H2CO3
- triácido – produz 3 H+
Exemplos: H3PO4, H3BO3
- tetrácidos – 4H+
Exemplos: H4SiO4
Os poliácidos são ácidos com dois ou mais H+ ionizáveis.
2

C) FORÇA ÁCIDA (GRAU DE IONIZAÇÃO):


- Hidrácidos:
Fortes: HCl, HBr
Moderado: HF
Fraco: os demais hidrácidos
- Oxiácidos:
Sendo a fórmula genérica: HaEOb, onde:
H = hidrogênio
E = elemento químico
O = oxigênio
a = número de H
b = número de O
Se b-a:
3 ou 2 = ácido forte
1 = ácido moderado
0 = ácido fraco
Exemplos:
HNO3 → 3-1=2 → ácido forte
H3PO4 → 4-3=1 → ácido moderado
H3BO3 → 3-3=0 → ácido fraco
Nomenclatura
A) HIDRÁCIDOS
Ácido + nome do elemento + ídrico
Exemplos:
HCl – ácido clorídrico
H2S – ácido sulfídrico

B) OXIÁCIDOS
Ácido + nome do elemento + oso/ico
Exemplos:
H2SO4 – ácido sulfúrico
HNO3 – ácido nítrico
H3PO4 – ácido fosfórico
HClO3 – ácido clórico
H2CO3 – ácido carbônico

Todos os ácidos acima terminam em ICO. Eles servem como referência para dar nome aos
demais oxiácidos. Se diminuirmos o número de oxigênio destes ácidos, utilizamos a terminação
OSO. Se diminuirmos dois oxigênios, adicionamos HIPO antes do elemento mais a terminação
OSO. Se aumentar o número de oxigênio, colocamos o prefixo PER na frente do elemento.
Exemplos:
H2SO5 – ácido persulfúrico
H2SO4 – ácido sulfúrico
H2SO3 – ácido sulfuroso
H2SO2 – ácido hiposulfuroso
Então:
Ácido per+elemento+ico
Ácido+elemento+ico
Ácido +elemento+oso
Ácido+hipo+elemento+oso
3

Utilidade dos Ácidos


- Ácido sulfúrico (H2SO4) – produto químico mais utilizado na indústria, por isso o consumo de
ácido sulfúrico mede o desenvolvimento industrial de um país. É corrosivo e muito solúvel em
água. É usado em baterias de automóveis, na produção de fertilizantes, compostos orgânicos,
na limpeza de metais e ligas metálicas (aço).
- Ácido clorídrico (HCl) – é um dos componentes do suco gástrico do nosso estômago. O HCl
puro é um gás muito corrosivo e tóxico. O HCl em solução aquosa é sufocante e corrosivo. É
usado na limpeza de pisos e paredes de pedra ou azulejo. O ácido muriático é o ácido
clorídrico impuro.
- Ácido fluorídrico (HF) – é utilizado para a produção de alumínio, corrosão de vidros (em
automóveis), decoração em objetos de vidro. É altamente corrosivo para a pele.
- Ácido nítrico (HNO3) – ácido tóxico e corrosivo. Utilizado na produção de fertilizantes e de
compostos orgânicos.

BASES
Base, segundo Arrhenius: é toda substância que em água produz o ânion OH- (hidroxila).
Quando uma base entra em contato com água, ela se dissocia e libera OH-.
Exemplos:
NaOH + H2O ↔ Na+ + OH-
Mg(OH)2 + H2O ↔ Mg2+ + 2OH-
Al(OH)3 + H2O ↔ Al3+ + 3OH-
Identifica-se uma base pela presença de OH- no lado direito da fórmula.
As principais características das bases são:
- sabor adstringente (sabor igual ao da banana verde que parece que “prende” a língua);
- conduzem eletricidade em solução aquosa (em água);
- mudam a cor de certas substâncias, os chamados indicadores ácido-base;
- reagem com ácidos formando sal e água.
Classificação
A) Número de OH- dissociadas:
- Monobase – possui uma OH-
Exemplo: NaOH, NH4OH
- Dibase- possui dois OH-
Exemplos: Mg(OH)2, Fe(OH)2
- Tribase – possui três OH-
Exemplos: Al(OH)3, Fe(OH)3
- Tetrabase – possui quatro OH-
Exemplos: Pb(OH)4, Sn(OH)4

B) Força Básica/Grau de Dissociação:


- Base Forte – tem grau de dissociação de quase 100%. São as bases dos metais alcalinos e
alcalinos terrosos.
Exemplos: NaOH, KOH, Ca(OH)2
Exceção: Mg(OH)2 que é uma base fraca.
- Base Fraca – tem grau de dissociação inferior a 5%. São as demais bases, incluindo o
Mg(OH)2 e NH4OH.
C) Solubilidade em Água:
- Solúveis: bases dos metais alcalinos e o NH4OH.
Exemplos: KOH, NaOH, LiOH, NH4OH.
4

- Pouco solúveis: bases dos metais alcalinos terrosos.


Exemplos: Ba(OH)2, Ca(OH)2, Mg(OH)2.
- Insolúveis: demais bases.
Exemplos: Fe(OH)2, Al(OH)3, Sn(OH)2
Nomenclatura
A) Elementos com um NOX/ Elementos com NOX fixo:
Hidróxido de + nome do elemento
Exemplos:
NaOH (nox 1+) – hidróxido de sódio
Mg(OH)2 (nox 2+) – hidróxido de magnésio
Ca(OH)2 (nox 2+) – hidróxido de cálcio
B) Elementos com mais de um NOX/ Elementos com NOX variável:
Hidróxido de + nome do elemento + OSO/ICO
Ou ainda:
Hidróxido de + nome do elemento + número do NOX em romano
O NOX maior fica com a terminação ICO e o NOX menor fica com a terminação OSO.
Exemplos:
Fe(OH)2 – hidróxido ferroso ou hidróxido de ferro II
Fe(OH)3 – hidróxido férrico ou hidróxido de ferro III

Utilidade das Bases


- Hidróxido de sódio (NaOH) – conhecida também como soda cáustica. É tóxico e corrosivo.
Usado para desentupir pias. É muito usado na indústria química para preparar sabão e outros
compostos orgânicos.
- Hidróxido de Magnésio (Mg(OH)2) – usado como antiácido estomacal. É também chamado de
leite de magnésia.
- Hidróxido de cálcio – (Ca(OH)2) – chamado de cal hidratada, cal apagada ou cal extinta.
Usada na construção civil para preparar argamassa e usado em pinturas. O hidróxido de
cálcio em água é chamado de leite de cal ou água de cal.
- Hidróxido de amônio (NH4OH) em solução aquosa é conhecido como amoníaco ou amônia.
Usado em limpeza doméstica, saponificações de gorduras e óleos. É tóxico e irritante aos
olhos.

ÓXIDOS
Óxido é toda substância formada por oxigênio e mais outro elemento. Formam compostos
binários, ou seja, só possuem dois elementos na sua fórmula química.
Exemplos: Na2O, MgO, Al2O3, FeO.
Identificam-se os óxidos como composto binário sendo o oxigênio o elemento mais
eletronegativo e do lado direito da fórmula. Portanto, não existe um óxido com flúor.
Classificação:
A) Óxidos Básicos: reagem com água para formar bases ou reagem com ácidos formando sal
e água.
Exemplos:
Na2O + H2O → 2NaOH
2Na2O + 2HCl → 2NaCl + H2O
5

São sólidos iônicos. Metais alcalinos e alcalinos terrosos reagem com a água. Estes metais
tem NOX 1+, 2+ e 3+.
B) Óxidos Ácidos: reagem com água para formar ácido ou reagem com base formando sal e
água.
Exemplos:
SO3 + H2O → H2SO4
SO3 + 2 NaOH → Na2SO4 + H2O
São formados por oxigênio e não-metais ou metais com NOX elevado.
C) Óxidos Anfóteros: comportam-se como óxidos básicos e também como óxidos ácidos. Só
reagem com ácido forte ou base forte.
Exemplos:
ZnO + HCl → ZnCl2 + H2O
ZnO + 2NaOH → Na2ZnO2 + H2O
São, em geral, sólidos iônicos, insolúveis em água.
Podem ser formados por: Zn, Pb, Sn, As, Sb.
D) Óxidos neutros: não reagem com água, nem com ácido e nem com base.
Exemplos: CO, N2O, NO.
São gases e moleculares, formados por não-metais.
E) Peróxidos: reagem com água ou com ácido diluído formando água oxigenada (H2O2).
Exemplos:
Na2O2 + 2H2O → 2NaOH + H2O2
Na2O2 + H2SO4 → Na2SO4 + H2O2
Na2O2 – peróxido de sódio
H2O2 – peróxido de hidrogênio

Nomenclatura
A) Óxidos com NOX fixo:
Em geral, metais alcalinos e alcalinos terrosos.
Óxido de + nome do elemento
Exemplos:
Na2O – óxido de sódio
Cao – óxido de cálcio
B) Óxidos com NOX variável:
Óxido de + nome do elemento + ICO/OSO
ICO – NOX maior
OSO – NOX menor
Exemplos:
Fe2O3– (Fe com Nox 3+) – óxido férrico
FeO – (Fe com Nox 2+) – óxido ferroso
Pode-se usar também número romano indicando o nox do metal.
Exemplos:
Fe2O3 – óxido de ferro III
FeO – óxido de ferro II
Pode-se usar, ainda a nomenclatura que indica o número de átomo de oxigênios e o número
de átomos do elemento. Usa-se esta forma para dar nome aos óxidos ácidos.
Mono Mono
Di + óxido de + Di + nome do elemento
Tri Tri
6

Exemplos:
CO – monóxido de carbono
CO2 – dióxido de carbono
SO3 – trióxido de enxofre
N2O3 – trióxido de dinitrogênio

Utilidade dos Óxidos


- Óxido de cálcio (CaO) – sólido branco usado na construção civil para fabricar cimento,
tijolo, cerâmicas. Age como fungicida e bactericida. Na agricultura, para corrigir a acidez do
solo, pode ser chamado de cal viva ou cal virgem.
- Dióxido de carbono (CO2) – é o gás carbônico obtido como subproduto de várias reações
industriais. Usado em refrigerantes e quando sólido é conhecido como gelo-seco. Participa da
fotossíntese das plantas.
- Óxido de hidrogênio (H2O) – é a água. Óxido mais importante do planeta. Toda a forma de
vida na Terra está associada a este óxido.
- Óxido de zinco (ZnO) – é um pó branco (alvaiade) usado em pinturas do rosto de palhaços.
Usado também como protetor solar.
- Peróxido de Hidrogênio (H2O2) – chamada de água oxigenada, é um peróxido que se
decompõe rapidamente. É usado como bactericida e para branqueamento de cabelos, fibras e
papel.

SAIS
Sal é toda substância que em água produz um cátion diferente do H+ e um ânion diferente do
OH-.Os sais são formados a partir da reação de um ácido com uma base, que é a reação de
neutralização, formando também água.
Exemplos:
HCl + NaOH → NaCl + H2O
ácido base sal água
As principais características são:
- conduzem eletricidade quando estão na fase líquida (fundidos) ou em solução aquosa,
porque nestes casos há elétrons livres;
- geralmente são sólidos à temperatura e pressão ambiente (25°C e 1atm).
Nomenclatura
O nome do sal é formado a partir do nome do ácido que o originou:
Assim:
ÁCIDO SAL
ÍDRICO ETO
ICO ATO
OSO ITO

Nome do Sal:
Nome do ânion do ácido de origem + eto/ato/ito + de + nome do cátion da base de origem
Exemplo:
HCl + NaOH → NaCl + H2O
ácido clorídrico hidróxido de sódio cloreto de sódio água
Outros nomes:
CaF2 – fluoreto de cálcio
NaBr – brometo de sódio
7

Li2(SO4) – sulfato de lítio


KNO2 – nitrito de potássio
Na2CO3 – carbonato de sódio
Utilidade dos Sais
- Cloreto de sódio (NaCl) – é obtido da água do mar e utilizado na alimentação como sal de
cozinha e na conservação de carnes. Na indústria, é usado para a produção de soda cáustica e
gás cloro.
- Carbonato de sódio (Na2CO3) – também chamado de soda ou barrilha. Usado para a
fabricação de vidro, sabão, corantes e no tratamento de água de piscina.
- Carbonato de cálcio (CaCO3) – na natureza, é encontrado na forma de mármore, calcário e
calcita. Forma as estalactites e as estalagmites das cavernas. Usado na produção de cimento e
de cal virgem (CaO). Reduz a acidez do solo.
- Hipoclorito de sódio (NaOCl) – usado como antisséptico e alvejante (clareamento de roupas).

Indicadores Ácido-Base e pH
Os indicadores ácido-base são substâncias orgânicas que ao entrar em contato com um ácido
ficam com uma cor e ao entrar em contato com uma base ficam com outra cor. Assim, para saber
se uma substância é ácido ou base, podemos utilizar um indicador orgânico para identificar a
função química.
São exemplos de indicadores ácido-base: fenolftaleína, alaranjado de metila, papel tornassol, azul
de bromotimol.
Alguns indicadores naturais também podem ser utilizados, como o repolho roxo e a flor hortência e
o hibisco.
Coloração que os principais indicadores podem adquirir ao entrar em contato com um ácido ou
uma base:
INDICADOR ÁCIDO BASE NEUTRO
FENOLFTALEÍNA INCOLOR ROSA INCOLOR
TORNASSOL ROSA AZUL -

Para os outros indicadores:

- Repolho roxo, em meio aquoso, fica vermelho em contato com ácido, verde em contato com
base e vermelho quando neutro.
- Alaranjado de metila fica vermelho em contato com ácido, amarelo-laranja em base e quando
neutro;
- O azul de bromotimol fica amarelo em ácido, e azul em base e quando neutro;
- A flor hortência fica azul em meio ácido e rosa em base;
- O hibisco ou mimo-de-vênus, que possui a cor rosa, fica vermelho-alaranjado em contato com
ácido e verde em meio básico.
Alguns indicadores ácido-base são tão eficientes que indicam até mesmo o grau de acidez ou
alcalinidade (basicidade) das substâncias. Este grau é chamado do pH (produto
hidrogeniônico) que mede a quantidade do cátion H+ das soluções.
Existe uma escala de acidez e alcalinidade que vai de zero a quatorze. O maior número
indica solução básica(alcalina) e o menor número indica uma solução ácida. Se o valor de pH
for sete, ou seja, a metade, então a solução não é nem ácida e nem básica, ela é neutra.
Quanto mais a solução se aproxima de zero, mais ácida ela é. Quanto mais a solução se
aproxima do quatorze, mais básica ela é.
8

Escala de pH
|_______________|_______________|
0 7 14
ácido neutro base

Na prática, o pH pode ser medido com indicadores ácido-base e também através de aparelhos
que medem a condutividade elétrica das soluções.
Os indicadores mudam de cor em diferentes valores de pH. Para essa mudança de cor damos
o nome de viragem e para o valor do pH damos o nome de ponto de viragem.
Alguns exemplos diários de valores de pH:
CARÁTER ALCALINO PRODUTO

14 Solução de soda cáustica (NaOH)


13
12 Água de cal
11
10 Creme dental alcalino
9
8 Solução aquosa de NaHCO3
CARÁTER NEUTRO
7 Água pura
CARÁTER ÁCIDO
6 Água da torneira, água da chuva
5 Refrigerantes
4 Chuva ácida
3 Vinagre
2 Suco de limão
1 Suco gástrico (HCl)
0 Solução aquosa de HCl