Você está na página 1de 19

Homossexualismo

Pensamento atual e diretrizes bíblicas

E d w a r d T. We l c h 1

Homossexualismo2 é o assunto quente mesmo sexo3; sob o título de “pluralismo”,


das últimas décadas. Somente uma pessoa todas as formas de expressão sexual serão
muito ingênua pode evitar uma questão consideradas igualmente válidas; aqueles que
de tão amplo alcance social e que preocupa contraírem AIDS pelo contato homossexual
a tantos. Trata-se de um assunto que con- ainda exercerão papel de modelos; líderes da
frontará a Igreja ao longo da atual geração, igreja continuarão a ser “ultrapassados”; um
possivelmente mais que a questão do abor- número maior de denominações farão uma
to. Represálias políticas serão impostas às revisão da exegese de passagens bíblicas para
instituições que se recusarem a contratar permitir relacionamentos homossexuais4; e
homossexuais; homossexuais provavelmente aqueles que costumam levar a Bíblia a sério
terão “seu lugar à mesa” com o reconheci- em outras áreas da vida deixarão as igrejas
mento civil dos casamentos entre pessoas do que identificarem o homossexualismo como
“pecado”. Certamente, ao longo de sua his-
tória, a igreja tem enfrentado perseguição e
crítica do mundo, mas em tempo algum ela
1
Tradução e adaptação de Homosexuality: current thinking foi tão frequentemente denunciada como
and biblical guidelines. “má” por sustentar aquilo que parecem ser
Publicado em The Journal of Biblical Counseling. princípios bíblicos.
Glenside, Pa., v. 13 n. 3, Spring 1995. p. 33-42.
2
Homossexualismo pode ser definido no adulto
como pensamentos ou ações motivados por uma
atração definidamente erótica (sexual-genital) por BAWER, Bruce. A place at the table: the gay individual in
3

membros do mesmo sexo, resultando geralmente, American society. New York: Poseidon, 1994.
mas não necessariamente, em relações sexuais 4
As declarações sobre o homossexualismo feitas
com tais pessoas. Embora haja diferenças entre o por mais de 45 diferentes denominações americanas
homossexualismo masculino e feminino, usaremos podem ser encontradas no livro de J. Gordon Melton
o termo “homossexual” para nos referir a homens e The Church Speaks out on: homosexuality. Detroit: Gale
mulheres, salvo indicação específica. Research, 1991.

134 Coletânea de Aconselhamento Bíblico  Volume 1


Então, prepare-se. Não confie naquele do em escala maior que o do homossexual.
seu estudo bíblico sobre homossexualismo Uma aplicação apropriada deste princípio
feito uma década atrás. Não presuma que bíblico pode perfeitamente desarmar alguém
está familiarizado com algumas críticas às que esteja procurando uma briga, visto que
pesquisas científicas mais recentes sobre o é difícil discutir com uma pessoa espiritual-
homossexualismo significa ter um preparo mente humilde. Lamentavelmente, embora
adequado. Atualmente, novas interpretações a teoria seja clara, a prática é difícil e nada
das Escrituras e estudos científicos sofistica- comum.
dos estão nos desafiando para que pensemos Muitos cristãos conseguem admitir
com maior clareza. Pessoas de alto nível que são pecadores, porém não colocam
intelectual estão se convencendo de que rela- os seus pecados na mesma categoria do
cionamentos homossexuais são biblicamente homossexualismo. Por ser considerado um
permitidos desde que haja compromisso. Em pecado “contrário à natureza”, o homos-
resposta a esta situação, podemos expressar sexualismo é visto como anormal mesmo
arrependimento e esclarecer que interpreta- entre os pecados. Os cristãos heterossexuais
mos mal as Escrituras ou podemos sustentar estão frequentemente iludidos com relação
uma posição que é compassiva, biblicamente a esta questão. A maioria pode reconhecer
correta e capaz de interpretar as observações no seu coração a semente de quase todos os
das pesquisas atuais. Se mantivermos a ideia demais pecados, mas não pode nem imaginar
de que homossexualismo é pecado, então a possibilidade de ser tentado pelo homosse-
precisaremos não só defender essa posição, xualismo. No entanto, as Escrituras nunca
mas também desenvolver uma estratégia destacam o homossexualismo como objeto
de sair em busca de homossexuais para de uma reprovação especial. Ele procede do
incentivá-los ao arrependimento. mesmo coração que gera ganância, inveja,
A defesa pode ser montada mediante desentendimento, desobediência aos pais e
estudo cuidadoso do assunto, em oração. difamação (Rm 1.29-32).
O resgate de homossexuais, porém, não é Com arrependimento e espírito sub-
fácil. A dificuldade que encontramos na misso, poderemos persistir na busca daqueles
abordagem da comunidade homossexual é que praticam o homossexualismo, e faremos
que muitas conversas prolongam-se demais isso sem sombra de justiça própria. A Escri-
antes que a Bíblia seja aberta. A igreja, por- tura condena tal espírito de julgamento, e os
tanto, deve prestar atenção não só ao que é homossexuais são ágeis em detectá-lo.
dito, mas a como é dito. O arrependimento pessoal, porém, é
apenas o começo da nossa preparação para
Como estabelecer o diálogo o diálogo. Devido à nossa solidariedade
bíblico com todos quantos se chamam cristãos,
O como do diálogo bíblico começa com há pecados coletivos que compartilhamos.
o arrependimento pessoal. Antes de confron- Será que a igreja tem revelado uma atitude
tar o pecado alheio, devemos começar pela de justiça própria diante dos homossexuais?
identificação do pecado em nossa própria Há “homofobia” em algumas de nossas
vida. De acordo com Mateus 7.1-5, a Bíblia congregações, medo ou até mesmo ódio?
nos exorta a deixar que o Espírito sonde o Será que temos a tendência de pensar no
nosso coração até que vejamos o nosso peca- homossexualismo como pior que as fofocas

Coletânea de Aconselhamento Bíblico  Volume 1 135


e idolatrias pessoais que são implacáveis na os homossexuais a continuar o diálogo com
igreja? Será que a igreja tem deixado de ser você, em nome de Jesus.
receptiva para com os homossexuais incré- Aberto o canal de diálogo, prepare-se
dulos, mas que estão em busca da verdade para ingressar numa das conversas mais desa-
espiritual? A resposta a estas perguntas é fiadoras. Você penetrará em um campo onde
“Sim”. Mais especificamente, a resposta é, pressuposições dão um sentido diferente às
“Sim, nós temos pecado”5. palavras, e métodos de interpretação bíblica
E o que dizer se você pessoalmente não parecem completamente estranhos. Pode ser
pecou contra os homossexuais? Talvez você de ajuda entender os homossexuais como um
nunca tenha encontrado alguém envolvido “povo” singular e usar uma abordagem mis-
num estilo de vida homossexual. O arre- sionária. Os homossexuais têm sua própria
pendimento coletivo é apropriado mesmo identidade, cultura, processo de socialização
assim? De acordo com os livros de Daniel e epistemologia. O que parece biblicamente
e Neemias, embora não sejamos pessoal- claro para muitos cristãos pode ser com-
mente culpados de certos pecados, existe preendido de modo bem diferente por um
uma unidade entre os membros da igreja. homossexual. Dialogar não consiste em
Devido a esta unidade, compartilhamos os simplesmente abrir a Bíblia e ler passagens
pecados dos demais cristãos, e é apropriado sobre o homossexualismo. Palavras funda-
confessá-los. mentais como “pecado” podem significar
Orei ao SENHOR, meu Deus, con- uma coisa para você, mas outra coisa para
fessei e disse: ah! Senhor! Deus grande um homossexual. Para você, pecado significa
e temível, que guardas a aliança e a desobedecer ao Senhor. Para um homos­
misericórdia para com os que te amam sexual, pode significar prejudicar outras pes-
e guardam os teus mandamentos; temos soas. Você recorre à Bíblia como regulador
pecado e cometido iniquidades, proce- da conversa; o homossexual pode recorrer
demos perversamente e fomos rebeldes, a sentimentos e a certos direitos pessoais e
apartando-nos dos teus mandamentos políticos presumidos. Estas diferenças de
e dos teus juízos; e não demos ouvidos pressuposição certamente conduzem a uma
aos teus servos, os profetas, que em teu má compreensão, a não ser que estejamos
nome falaram aos nossos reis, nossos preparados e atentos.
príncipes e nossos pais, como também a No início de qualquer debate, a igreja
todo o povo da terra. (Dn 9.4-6) deve deixar claro que, embora ela possa errar
Este é o ponto de partida para conver- na interpretação da Bíblia e esteja pronta a
sar com homossexuais: deixar que apontem se deixar corrigir de bom grado, ela continua
para os pecados da instituição a que você submissa à Palavra de Deus. Não se pode
pertence. É o momento de você lhes per- ceder espaço na questão de autoridade das
guntar como a igreja tem pecado contra os Escrituras. Precisamos, sim, admitir que
homossexuais. E se você achar mesmo um nem sempre é fácil aplicar a Palavra de
pequeno grão de verdade no que lhe for Deus. Mas contando com o Espírito Santo
respondido, peça perdão e então convide como intérprete, devemos esperar unidade
entre aqueles que verdadeiramente querem
5
Certamente isso não significa que vamos pedir conhecer o que Deus diz acerca deste assunto
desculpas por aquilo que a Bíblia diz.
importante. O alvo é descobrir “Assim diz o

136 Coletânea de Aconselhamento Bíblico  Volume 1


Senhor...”.6 Nossas pressuposições não estão outro, contrário à natureza; seme-
fundamentadas em sentimentalismo, mas no lhantemente, os homens também,
ensino das Escrituras. deixando o contato natural da
mulher, se inflamaram mutuamente
A informação bíblica em sua sensualidade, cometendo
Mesmo com pontos de vista diferentes, torpeza, homens com homens, e
é razoavelmente fácil concordar em um pon- recebendo, em si mesmos, a me-
to: a Bíblia é consistente em suas proibições recida punição do seu erro. (Rm
contra o homossexualismo e não dá margem 1.26, 27)
a ambiguidades. Sempre que ela menciona Não vos enganeis: nem impuros,
o homossexualismo, ela o condena como nem idólatras, nem adúlteros,
pecado. nem efeminados, nem sodomitas
Com homem não te deitarás, como (arsenokoitai)... herdarão o reino de
se fosse mulher; é abominação. (Lv Deus. (1 Co 6.9,10)
18.22) Não se promulga lei para quem é
Se também um homem se deitar justo, mas para transgressores e re-
com outro homem, como se fosse beldes, irreverentes e pecadores, [...]
mulher, ambos praticaram coisa impuros, sodomitas (arsenokoitai),
abominável; serão mortos; o seu [...] para tudo quanto se opõe à sã
sangue cairá sobre eles. (Lv 20.13) doutrina. (1Tm 1.9,10)
Enquanto eles se alegravam, eis que Como Sodoma, e Gomorra, e as ci-
os homens daquela cidade, filhos dades circunvizinhas, que, havendo-
de Belial, cercaram a casa, batendo se entregado à prostituição como
à porta; e falaram ao velho, senhor aqueles, seguindo após outra carne,
da casa, dizendo: Traze para fora o são postas para exemplo do fogo
homem que entrou em tua casa, eterno, sofrendo punição. (Jd 1.7)
para que abusemos dele. O senhor Alguns estudiosos das Escrituras
da casa saiu a ter com eles e lhes dariam preferência a ouvir a proibição do
disse: Não, irmãos meus, não façais homossexualismo nas palavras de Jesus para
semelhante mal; já que o homem que a questão fosse mais conclusiva. Jesus
está em minha casa, não façais tal não falou especificamente contra o homos-
loucura. (Jz 19.22,23) sexualismo, mas há vários comportamentos
Por causa disso [idolatria], os entre- sexuais sobre os quais Ele também não falou
gou Deus a paixões infames; porque especificamente como, por exemplo, incesto,
até as mulheres mudaram o modo bestialidade e estupro. Isto não significa que
natural de suas relações íntimas por a prática fosse permitida. Jesus manteve a lei
do Antigo Testamento. Além do mais, Ele
6
O professor Allistair McGrath da Universidade indicou que a única alternativa ao casamento
de Oxford destaca corretamente que vivemos heterossexual era o celibato (Mt 19.10).
numa época em que “abertura e relevância são A resposta de muitos homossexuais a
mais importantes que a verdade. Isso, todavia, é
superficialidade intelectual e irresponsabilidade
essas passagens bíblicas costuma ser: “O que
moral”. Michael Foucault afirmou que “verdade” isso tem a ver comigo?”. É como se você
no mundo pós-moderno é nada mais que um elogio. estivesse falando a um grupo de pastores do

Coletânea de Aconselhamento Bíblico  Volume 1 137


século XX sobre animais puros e impuros. O te a uma cultura em que a procriação era
texto bíblico é considerado irrelevante, pois fundamental. Qualquer que seja a variação,
a hermenêutica homossexual dá a entender a hermenêutica homossexual consiste em
que os versos falam apenas àqueles que dois pontos: (1) existe uma orientação ho-
participam de relações sexuais “contrárias à mossexual “natural” que não é tratada nas
natureza” e sem compromisso. As proibições, Escrituras e (2) as proibições bíblicas contra
em seu ponto de vista, não se aplicam a rela- o homossexualismo não são aplicáveis aos
cionamentos estáveis e amorosos. “casamentos” homossexuais atuais.
Seu raciocínio funciona da seguinte Esta hermenêutica pode parecer absur-
forma: a Bíblia não fala de um homossexu- da para muitos cristãos. Soa como a lógica
alismo “natural”. Ela só trata da prostituição de um bêbado que diz que todas as passa-
masculina cultual ou “contrária à natureza”, gens bíblicas acerca dos beberrões não são
praticada por pessoas com orientação hete- relevantes para ele, pois ele é um alcoólatra.
rossexual7. A Bíblia não fala especificamente Mas esta lógica não pode ser descartada tão
de pessoas com orientação homossexual. rapidamente. À primeira vista, não lhe parece
Portanto, para desenvolver uma teologia que muitos homossexuais não escolhem o
bíblica do homossexualismo, outras passa- homossexualismo, mas têm esta orientação
gens mais relevantes devem ser examinadas desde o nascimento? Também não é verdade
como, por exemplo, os ensinamentos sobre que há diferenças entre o tempo bíblico e os
relacionamentos heterossexuais. O princípio dias de hoje? Não costumamos considerar al-
bíblico destacado é que o comportamento gumas passagens bíblicas como limitadas em
sexual é privilégio dos relacionamentos de sua aplicação a determinado tempo e cultura,
amor e compromisso. Para os heterossexu- ao invés de serem verdades morais eternas?
ais, relações sexuais acontecem somente no Por exemplo, muitas igrejas não exigem que
contexto de casamento. Para os homosse- as mulheres usem véu ou fiquem em silêncio.
xuais, na ausência de permissão legal para o Por quê? Porque a igreja de Corinto era parte
casamento, as relações sexuais devem ocorrer de uma cultura que tinha maneiras distintas
somente quando há algum tipo de amor de expressar submissão. O princípio é sub-
ou fidelidade ao parceiro do mesmo sexo. missão, e não o véu. Mas se podemos fazer
Relações hetero e homossexuais ocasionais isto com o véu, por que não podemos fazer
são erradas, mas sexo no casamento ou em o mesmo com o homossexualismo?
relações semelhantes ao casamento é bom.
Encontramos variações desta lógica. Será que o homossexualismo bí-
Por exemplo, alguns dizem que o homosse- blico era “contrário à natureza”,
xualismo é proibido nas culturas do Antigo enquanto o homossexualismo
e Novo Testamentos, mas que tais diretrizes atual é “natural”?
não permanecem válidas para os dias de Os argumentos atuais tendem a se
hoje porque eram aplicáveis principalmen- apoiar fortemente na ideia de que o homos-
sexualismo atual é “natural”. É uma orien-
tação dada por Deus, em nada diferente do
7
Por exemplo, consulte o artigo de J. Nelson
fato de ser canhoto. Homossexualismo não
Homosexuality and the Church: Towards a Sexual Ethics
of Love, em Christianity and Crisis, n. 37, 1997, p. diz respeito a algo que o homem moderno
63-69. faz, mas a algo que ele é. As “paixões infames”

138 Coletânea de Aconselhamento Bíblico  Volume 1


mencionadas em Romanos 1.2 dizem respei- consequências são profundas. Por exemplo,
to ao homossexualismo irresponsável ou ao admita uma orientação homossexual não
comportamento homossexual praticado por pecaminosa, e você encorajará a igreja a
alguém que possui uma orientação heteros- procurar constantemente um meio para
sexual. Este argumento é fundamental para escapar do conteúdo bíblico. Afinal, como
a posição homossexual: homossexualismo Deus poderia responsabilizar pessoas que
é uma identidade. Ninguém escolheu ser nunca escolheram ser homossexuais? Não se
homossexual. Simplesmente acontece. O trata de uma escolha de Deus? A igreja não
homossexualismo é tão natural para os ho- pode conviver com a ideia de uma orientação
mossexuais quanto o heterossexualismo para homossexual natural sem que, em algum
os heterossexuais. E como podem os cristãos momento, precise reinterpretar as Escrituras
esperar que alguém mude sua identidade? para que possam parecer mais de acordo
Como pode Deus esperar que aqueles que com a perspectiva que ela tem do caráter
Ele criou orientados para o homossexualismo de Deus. O resultado é que, no mínimo, a
contrariem a sua natureza? igreja se afastará de advertências severas das
Embora muitos cristãos não concor- Escrituras como a de que os homossexuais
dem com a atividade homossexual, eles fo- não herdarão o Reino de Deus (1 Co 6.10).
ram afetados pelo argumento homossexual o Esta advertência certamente parece muito
suficiente para crer em algum tipo de tendên- dura para pessoas que estão feridas e preci-
cia homossexual. O Ramsey Colloquium, sam de cura (em contraste com pecadores
um grupo de estudiosos judeus e cristãos, carentes de arrependimento).
certamente pensa desta forma quando diz: Outro resultado da aceitação da
Apesar de sermos iguais perante Deus, orientação homossexual (embora ainda dis-
não nascemos iguais em termos de pontos cordando do comportamento homossexual)
fortes e fracos, tendências e disposições, é que o melhor conselho a ser dado àqueles
natureza e ambiente. Não podemos inverter com tendência homossexual seria: “Olhe,
totalmente a mão com a qual temos maior mas não toque”. “Você sempre pensará nisso,
habilidade por herança e circunstâncias fa- desejará isso, mas não pratique o homos­
miliares, mas somos responsáveis pelo modo sexualismo.” As vítimas de tais conselhos
como usamos esta mão.8 nunca teriam o privilégio de lutar contra
Até mesmo autores evangélicos bem o pecado e arrancar suas raízes da imagina-
conhecidos como Tony Campolo têm sim- ção, além de que acabariam achando justo
patizado com esta ideia9. Mas precisamos estarem iradas com Deus por lhes dar uma
ser muito cuidadosos neste ponto, pois as orientação e depois se recusar a permitir que
ela seja colocada em prática.
A igreja precisa estar instruída no que
8
Morality and Homosexuality. In The Wall Street Journal,
diz respeito à questão da orientação homos-
feb.24, 1999, p. 3. sexual, pois é justamente este o ponto crítico
9
Veja os artigos de Anthony Campolo A Christian para engajar a comunidade homossexual no
sociologist looks at homosexuality. In The Wittenburg debate bíblico. A ideia de uma orientação
Door, Oct.-Nov. 1977, p. 16-17. e de Tony Evans homossexual não encontra fundamento
Homosexuality: Christian Ethics and Psychological Research. algum que possa ser discutido. Ela não se
In The Journal of Psychology and Theology, n. 3, 1975, p.
94-98. baseia em informação bíblica nem em pes-

Coletânea de Aconselhamento Bíblico  Volume 1 139


quisa médica, mas é uma posição política que Por exemplo, a ausência de castidade era pu-
pretende garantir direitos para os homosse- nida com maior severidade e a prostituição
xuais, e está alicerçada em experiência pessoal era ilegal, em lugar de ser regulamentada.
diante da qual nem a informação bíblica Considerando o fato de que a atitude para
nem a refutação de literatura médica serão com os atos homossexuais era de modo ge-
persuasivas. No fundo, a maioria dos homos- ral negativa em lugares como Egito, Assíria
sexuais simplesmente apelam para os seus e Babilônia10, estaria completamente fora
sentimentos e para as experiências de outros de sintonia com o caráter da lei do Antigo
homossexuais. “O homossexualismo parece Testamento proibir o homossexualismo
adequado a nós, portanto é algo natural. É associado à adoração de ídolos e permiti-lo
parte da nossa constituição.” Ainda assim, para outros propósitos. Além do mais, mes-
uma ausência potencial de sensibilidade às mo que uma passagem como Levítico 18.22
Escrituras não deve nos impedir de examinar fizesse referência à prostituição cultual, o fato
os argumentos biblicamente. de que o homossexualismo estava associado
Do ponto de vista bíblico, é possível à prostituição cultual o tornaria, em geral,
que algumas passagens do Antigo Testamen- ainda mais repugnante.11
to sobre homossexualismo tivessem como O que mais podemos dizer quanto ao
objetivo, pelo menos em parte, afastar os uso da expressão “contrário à natureza”? Seria
israelitas das práticas dos cananeus. Uma possível que os textos bíblicos ignorassem a
destas práticas pode ter sido a prostituição orientação homossexual e estivessem se refe-
masculina que era parte da religião dos cana- rindo a uma prática homossexual “contrária
neus (Dt 23.17,18). Este homossexualismo à natureza” porque os participantes teriam
“contrário à natureza” era condenado. Mas orientação heterossexual? Isto equivaleria
seria esta a única forma de atividade homos- a afirmar que os homossexuais praticantes
sexual condenada? Se as proibições do Anti- mencionados na Bíblia estavam envolvidos
go Testamento focalizavam exclusivamente com homossexualismo contra à sua orien-
a prostituição cultual, porque então o Novo tação natural. Mas biblicamente, a natureza
Testamento as manteria? A igreja do Novo do pecado é voluntária - as pessoas pecam
Testamento não tinha em vista afastar-se das porque elas querem pecar (Tg 1.13-15). O
práticas religiosas dos cananeus. Ela queria, pecado vem dos nossos desejos. Ninguém
porém, demonstrar a santidade de Deus em peca esperneando e gritando. O homos­
seu comportamento sexual de tal forma que sexualismo existia nos tempos bíblicos
se distanciasse da licenciosidade generalizada porque as pessoas o apreciavam, e eram
presente em sua cultura.
Sustentar a ideia de que Levítico estava BAILEY, D. Sherwin. Homosexuality and the western
10

interessado unicamente na prostituição mas- Christian tradition. London: Longmans, Green & Co.,
culina seria promover um distanciamento 1955.
sem precedentes do tom geral das proibições Greg Bahnsen também destaca: “Um raciocínio
11

sexuais contidas na Bíblia. Muitas das leis paralelo nos conduz a julgar a bestialidade [mencionada
contidas em Levítico eram parecidas com as em Levítico 12.23] moralmente aceitável quando fora
do contexto religioso ou de culto—uma conclusão
das nações vizinhas, mas o código israelita era que deveria chocar nossa sensibilidade ética”.
evidentemente mais forte na questão moral Homosexuality: a biblical view. Grand Rapids, Mich.:
e mais detalhado que os das nações pagãs. Baker, 1978, p. 45.

140 Coletânea de Aconselhamento Bíblico  Volume 1


atraídas a ele pelos seus próprios corações a decisões racionais, conscientes. Talvez a
(Mc 7.21-23). Fazer uma distinção artificial igreja tenha perdido de vista o fato de que
entre a prática e a tendência homossexual o pecado é parte da estrutura humana e ele
contraria a constante ligação que a Bíblia atua em um nível silencioso e profundo.
faz entre desejo/tendência e prática. Se a
prática era proibida nas Escrituras, o desejo As proibições bíblicas são re-
também era. levantes no caso de relaciona-
Homossexuais comprometidos com mentos homossexuais em que há
uma maneira bíblica de pensar podem come- compromisso?
çar a ser desafiados em suas ideias acerca da Mas será que não se trata mesmo de
tendência homossexual. Mas uma pergunta amor? - alguns perguntam. (E como ar-
bastante significativa persiste: Por que o gumentar contra isso?) As Escrituras não
homossexualismo lhes parece natural? A proíbem apenas os relacionamentos sexuais
resposta bíblica é relativamente direta. Como ocasionais e destituídos de amor? Ou como
muitos outros pecados, o homossexualismo alguém propôs: “A igreja deve manter uma
não precisa ser aprendido. Assim como uma atitude aberta para como as várias orienta-
criança que nunca presenciou um acesso de ções sexuais e formas humanas de relacio-
raiva pode ter um desempenho profissional namento... desde que sejam praticadas de
no assunto, o homossexualismo pode ser maneira amorosa e responsável.12
uma habilidade instintiva do coração huma- Fazer esta sugestão seria acreditar que as
no. Em outros termos, o homossexualismo é proibições bíblicas não estão claras, e que de-
tão natural quanto a ira e o egoísmo. Todos vemos então apelar à lei do amor que parece
eles estão “embutidos” em nossa natureza ser mais clara. Mas as passagens de Levítico
humana. O homossexualismo é de fato parecem ser bem claras. Levítico 18.22 diz:
“natural”, mas só no sentido de que é uma “Com homem não te deitarás, como se fosse
expressão natural da natureza pecaminosa e mulher; é abominação”. O termo “mulher”,
não uma espécie de constituição moralmente neste contexto, refere-se evidentemente a um
neutra dada por Deus. relacionamento conjugal sancionado biblica-
O fato de que muitos homossexuais mente. Sendo assim, o texto indica que um
não conseguem se lembrar de terem feito homem não deve se deitar com um homem,
uma escolha consciente pelo homossexua- independentemente da lealdade ou amor de
lismo é também facilmente explicado pelas um para com o outro. O que se condena é o
Escrituras. A maior parte dos pecados atua ato sexual em si, e não apenas a atitude do
em um nível onde não percebemos que ofensor. Levítico 20.13 expressa-se de forma
estamos fazendo uma escolha consciente. semelhante, mas inclui a punição para os
Nosso pecado pode ser “não intencional”, relacionamentos homossexuais: “Se também
mas isto não nos faz menos responsáveis pela um homem se deitar com outro homem,
violação da vontade de Deus (Lv 5.14-19, como se fosse mulher, ambos praticaram
Nm 15.22-30). coisa abominável; serão mortos; o seu sangue
Em resumo, é possível que a própria
igreja tenha aceito a categoria orientação DOSTOURIAN, A. Gayness: a radical Christian
12

homossexual por não ter compreendido bem approach. In: CREW, L. (edit). The gay academic. Palm
a natureza do pecado. O pecado foi reduzido Springs: ETC, 1978, p. 347.

Coletânea de Aconselhamento Bíblico  Volume 1 141


cairá sobre eles”. A severidade da punição lealdade, também não há ninguém aparente-
enfatiza a natureza moral do ato. mente prejudicado, como no caso de relações
A hermenêutica homossexual levanta sexuais pré-conjugais? A resposta é que este
várias objeções. “Seria possível que os autores tipo de relacionamento não expressa o amor
das Escrituras simplesmente não conheces- bíblico. O amor não é simplesmente a au-
sem relacionamentos homossexuais com- sência de prejuízo evidente contra outrem.
prometidos?” Afinal, o preconceito contra Por exemplo, pensamentos críticos não re-
o homossexualismo era forte, deixando os sultam em vítimas, mas são errados. Limitar
homossexuais com pouca oportunidade para o amor a circunstâncias em que ninguém é
relacionamentos comprometidos. Tal argu- prejudicado seria escapar completamente do
mento sugere certa ingenuidade do Antigo ensinamento bíblico.
Testamento quanto às relações sexuais. No O amor deve ser entendido não pela
entanto, uma leitura rápida dos capítulos nossa definição, mas pela de Deus. Bibli-
18 a 20 de Levítico mostra algo diferente. camente, ele é definido como obediência a
Conquanto os detalhes das práticas sexuais Deus. Não somos nós que decidimos por
do tempo do Antigo Testamento não estejam conta própria a forma que o amor deve ter.
claros, o número abundante de proibições Deus nos diz como amar. Quando amamos
indica que a multiplicidade de expressões dentro dos nossos termos, e não dentro dos
na área sexual não é um fenômeno atual. termos de Deus, estamos pecando. Mesmo
Além do mais, o conhecimento das práticas que nosso pecado pareça não estar atingindo
sexuais do tempo neotestamentário, que está outro ser humano, ele ainda é pecado. Se o
mais disponível a nós, assegura-nos que as pecado fosse limitado a prejudicar outrem,
culturas grega e romana apresentaram todo então seríamos moralmente perfeitos se nos
tipo de homossexualismo imaginável. Ainda isolássemos das demais pessoas. O pecado,
assim, o apóstolo Paulo não dá margem a no entanto, não está primariamente no plano
nenhuma exceção quando proíbe o homos- do homem-contra-homem. O pecado está
sexualismo. no plano do homem-contra-Deus.
É verdade que, em certo nível, pode
haver grande afeição e compromisso em As proibições relativas ao ho-
relacionamentos homossexuais, mas isto mossexualismo não são parte
não significa que o relacionamento seja do código cerimonial do Antigo
aprovado por Deus. Um homem pode estar Testamento a cujo cumprimento
divorciado fora dos parâmetros bíblicos e não estamos mais sujeitos?
se casar com uma mulher que ele acredita Uma outra objeção levantada pelos
amar verdadeiramente, mas ainda assim esta homossexuais é que as proibições de Levítico
união é errada. Relacionamentos adúlteros são cerimoniais, estabelecidas para serem
podem ser “amorosos e comprometidos”, cumpridas apenas durante um período espe-
mas ainda assim são errados. E com este úl- cífico da história de Israel. À semelhança da
timo argumento muitos homossexuais estão lei que declara impuros certos animais, as leis
prontos a concordar, visto que alguém está relativas ao homossexualismo também não se
sendo vitimado pelo adultério - em geral, a aplicam aos nossos dias. Isso é insustentável
esposa não adúltera. Mas eles levantam outro por duas razões que já mencionamos. Em
argumento: e quando além de haver amor e primeiro lugar, a punição no caso de vio-

142 Coletânea de Aconselhamento Bíblico  Volume 1


lação da lei era a morte. Essa era a punição companheirismo ordenada por Deus. É a
para violações morais e não violações de leis união de duas pessoas que se “encaixam”
cerimoniais. Em segundo lugar, os escritores para formar uma só carne. O casamento
do Novo Testamento consideraram que a lei estéril não é deficiente nem imoral, mas há
deveria ser aplicada. uma violação moral quando o plano divino
para o casamento é violado.
As proibições relativas ao ho- Isso nos leva de volta à questão da
mossexualismo não dizem res- validade do relacionamento homossexual
peito ao mandamento de encher comprometido e amoroso. Não se trata de
a terra, o que não é mais rele- uma aliança de companheirismo? Como
vante em um mundo ampla- podemos dizer que duas pessoas do mesmo
mente povoado? sexo, que se amam mutuamente, não podem
Uma quarta objeção à permanência da gozar do privilégio da sexualidade conjugal?
validade da proibição do homossexualismo Mais uma vez reiteramos que Deus é Quem
é que ela foi escrita para uma cultura que define a maneira como devemos amar uns
sentia o peso do mandato de encher a terra e aos outros.
dominá-la. O homossexualismo, por não re-
sultar em procriação, não seria politicamente A posição bíblica
correto naquele contexto. Com a vinda de Antes de dar início a esta breve ar-
Cristo, segundo alguns sugerem, o manda- gumentação bíblica, precisamos lembrar
to foi interpretado como uma ordem para que todos nós somos capazes de encontrar
evangelizar, assumindo o caráter de encher a respaldo para quase tudo nas Escrituras.
terra espiritualmente, em lugar de enchê-la Nossos corações agradam-se do pecado e
pela procriação. Além do mais, agora que o estão prontos para a racionalização e o auto-
mundo parece um tanto apertado, não existe engano. Seria possível enganarmo-nos ao
mais a necessidade de enfatizar o aspecto de consultar as Escrituras por acharmos que o
procriação. homossexualismo é ameaçador e diferente?
À primeira vista, pode parecer uma Sim, seria. A resposta a este perigo é sondar
tábua de salvação improvisada, mas parte nosso coração em oração e ir às Escrituras
deste argumento poderia ser aceitável para em atitude de oração. Acredito ser isto o que
muitos crentes. Por exemplo, quantas pessoas estamos fazendo.
usam algum tipo de recurso para controle da Seria possível também que os homosse-
natalidade? Não seria isso uma violação do xuais se enganassem por quererem satisfazer
mandamento de encher a terra? E o que dizer seus desejos mais que obedecer a Deus?
de casais que escolhem não ter filhos? Estas Seria possível que, como bons advogados
pessoas são, por acaso, excluídas da igreja? de defesa, eles estivessem tentando plantar
Em que uma união homossexual difere de uma semente de dúvida para liberar suas
uma união heterossexual que escolhe não consciências e praticar aquilo que desejam?
procriar? Esta possibilidade deve ser considerada com
O argumento homossexual teria al- bastante seriedade porque a hermenêutica
gum mérito se o propósito do casamento homossexual discorda de uma leitura literal
fosse simplesmente a procriação. Mas não das Escrituras, é contrária à história da inter-
é assim. O casamento é uma aliança de pretação bíblica, e é uma reminiscência do

Coletânea de Aconselhamento Bíblico  Volume 1 143


uso distorcido da lei praticado pelos fariseus publicado na revista Science.13 O pesquisa-
no Novo Testamento. dor principal, Simon LeVay, examinou os
A posição bíblica é que a sexualidade cérebros de dezenove homossexuais mascu-
humana faz parte da ordem da criação. O linos que morreram de AIDS e de dezesseis
plano ordenado por Deus para o relacio- homens supostamente heterossexuais, dos
namento sexual é homem-mulher. Os atos quais seis morreram de AIDS. Os resulta-
homossexuais e os desejos homossexuais, dos obtidos mostraram que o cérebro dos
seja no caso de homens ou mulheres, são heterossexuais tinha mais neurônios em
uma violação daquilo que Deus ordenou determinada área (INAH3) supostamente
na criação e são pecaminosos. Cabe à igreja relacionada ao comportamento sexual.
advertir e repreender aqueles que se cha- Considerando a suposição de que o homos-
mam de cristãos, mas persistem na prática sexualismo é determinado biologicamente,
homossexual, e também ensinar ativamente a conclusão é que o homossexualismo está
que a tendência homossexual é pecamino- localizado no cérebro.
sa. A igreja nunca pode dizer que há uma Cristãos e não-cristãos têm percebido
orientação homossexual moralmente neutra com frequência que os resultados deste es-
e constitucional. Suplicar àqueles que lutam tudo não estabelecem de forma alguma um
com desejos homossexuais que simplesmente vínculo de causa entre a atividade cerebral e
se abstenham de colocá-los em prática seria o comportamento homossexual. Até mesmo
pecar contra estes irmãos e irmãs. LeVay reconhece as limitações de seu estudo,
afirmando que ele é pouco mais que um con-
Causas biológicas vite a maiores pesquisas. Ele sabe que suas
A pesquisa científica tem sido usada observações não passam de meras tentativas
para sustentar a pressuposição de que há uma até que sejam confirmadas por outros pes-
orientação homossexual predestinada. Ou quisadores, e esta confirmação ainda não se
seja, ela é usada para sustentar o argumento deu. Ele reconhece que a AIDS talvez tenha
de que a homossexualidade é parte da nossa interferido nos resultados, que o tamanho
constituição biológica e não da nossa natu- da amostragem foi muito pequeno para se
reza pecaminosa. chegar a conclusões claras, e que suas medi-
Já que as Escrituras indicam consisten- das poderiam ser propensas a erro. Além do
temente que a homossexualidade é expressão mais, três dos cérebros de homossexuais não
de um coração pecaminoso, deveríamos apresentaram distinção em áreas específicas
prever certos resultados encontrados na quando comparados aos de heterossexuais.
literatura científica. De um ponto de vista Até mesmo a suposição de que há uma rela-
negativo, a observação científica não será ção entre INAH3 e o comportamento sexual
capaz de estabelecer uma causa biológica da nunca foi claramente estabelecida.
homossexualidade. De um ponto de vista A conclusão, portanto, é que não
positivo, a ciência deveria ser aliada da posi- podemos concluir nada com base neste
ção bíblica. E esta, de fato, é a situação real: estudo. A revista Science chegou até mesmo
em lugar de desafiar a perspectiva bíblica, as
descobertas científicas lhe oferecem apoio. 13
LeVAY, Simon. A difference in hypothalamic
Talvez o estudo mais divulgado acerca structure between heterosexual and homosexual men.
da biologia do homossexualismo tenha sido Science, n. 253, 1991, p. 1034-1037.

144 Coletânea de Aconselhamento Bíblico  Volume 1


a publicar uma carta ao editor que criticava INAH3 menor e outros, um INAH3 maior.
a publicação prematura de um artigo de Em segundo lugar, até mesmo escritores
qualidade duvidosa.14 Digamos que um seculares iriam afirmar, como já fazem, que
dia venha a ser realizada uma pesquisa que biologia não é destino. A resposta sexual
estabeleça de fato alguma conexão entre o do ser humano é muito complexa para ser
INAH3 e o homossexualismo. Ainda assim, reduzida a um déficit de neurônios. Em ter-
LeVay reconhece que “os resultados não nos ceiro lugar, os cristãos continuariam firmes
permitem decidir se o tamanho do INAH3 na sua posição de que a biologia não é capaz
em um indivíduo é causa ou consequência de nos fazer pecar. No melhor dos casos, a
de sua orientação sexual”. Em outras pala- biologia é semelhante a um amigo que nos
vras, do ponto de vista de LeVay, é provável tenta a pecar. Em certos casos o amigo pode
que as possíveis diferenças encontradas no nos perturbar, mas podemos repreendê-lo e
cérebro sejam resultado do homossexualismo resistir a ele.16
e não causa.15 Uma outra maneira de estudar as bases
Embora seja difícil de acontecer nos biológicas do homossexualismo é observar a
próximos cinquenta anos, devido aos proble- ocorrência de homossexualismo em gêmeos,
mas metodológicos inerentes a tal pesquisa, a fim de sugerir uma tendência genética
vamos supor que alguém fosse capaz de para o comportamento. Um exemplo fre-
demonstrar que o INAH3 tem participação quentemente citado deste tipo de pesquisa
efetiva na determinação do desejo sexual foi realizado por Michael Bailey e Richard
e que esta área do cérebro é menor desde Pillard.17
o nascimento em pessoas que mais adiante O estudo realizado com 56 homosse-
tornam-se homossexuais. Em outras pala- xuais masculinos gêmeos idênticos mostrou
vras, o cérebro não estaria revelando padrões que em 52% dos casos ambos os irmãos
de neurônios como resultado de uma expe- eram homossexuais. A percentagem era de
riência homossexual, visto que o tamanho 22% entre gêmeos não idêntico, 9% entre
reduzido do INAH3 estaria evidente antes irmãos não gêmeos, e 11% entre irmãos
de qualquer atividade homossexual. Se tal por adoção. O grupo de pesquisa também
pesquisa existisse, cristãos e muitos não- levantou dados estatísticos semelhantes entre
cristãos fariam pelo menos três observações. mulheres.18 O que esperaríamos se houvesse
Em primeiro lugar, sempre haverá exceções à um componente genético determinante do
regra. Alguns heterossexuais podem ter um homossexualismo é que, de fato, quanto mais

Carta de Joseph M. Carrier e George Gellert


14 16
Esta analogia é aplicável também a outras situações
publicada em Science, n. 254, 1991, p. 630. como, por exemplo, a síndrome pré-menstrual.
15
Outra possibilidade é que as diferenças observadas 17
BAILEY, J. Michael, PILLARD, Richard C. A genetic
no cérebro não sejam nem causa nem resultado. Por study of male sexual orientation. Archives of General
exemplo, pessoas que se expressam em ira pecaminosa Psychiatry, n. 48, 1991, p. 1089-1097.
poderiam apresentar padrões diferentes de atividade 18
BAILEY, J. Michael, PILLARD, Richard C. NEALE,
cerebral daquelas que são mansas devido à sua fé em Michael C., AGYEI, Yvonne. Heritable factors
Cristo. Mas tal observação não significa que o cérebro influence sexual orientation in women. Archives of
é responsável por sermos irados. Simplesmente General Psychiatry, n. 50, 1993, p. 217-224.
significa que o cérebro é uma representação física de
um intento do coração.

Coletânea de Aconselhamento Bíblico  Volume 1 145


perto a relação genética, mais alto o índice compartilham semelhanças mais acentuadas
de homossexualidade compartilhada. que outros irmãos. Portanto, não é raro que
Com toda franqueza, este estudo é compartilhem os mesmos pecados. A única
irrelevante. Ainda que ignoremos a parcia- maneira de fortalecer a pesquisa seria estudar
lidade na seleção de amostras para pesquisa gêmeos que foram separados por ocasião do
(as pessoas foram recrutadas por intermédio nascimento.
de publicações homossexuais) e o fato de Vamos supor, porém, que esta pesquisa
que nenhum outro pesquisador encontrou se apoiasse em estudos melhor estruturados.
percentagens tão altas entre gêmeos idên- E se ela descobrisse que gêmeos idênticos
ticos, o estudo não é de importância. Isto compartilham o homossexualismo com
porque gêmeos idênticos costumam ter maior frequência mesmo sem ter contato um
uma profunda influência um sobre o outro. com o outro? Se isso viesse a acontecer, ainda
Se um dos gêmeos descobre algo novo, é ilustraria a verdade bíblica. Em primeiro
provável que ele envolva o outro na mesma lugar, nunca haverá um índice de 100% de
atividade. E por que irmãos adotivos, que ocorrência. Em segundo lugar, o princípio
não têm relação genética, apresentam, se- bíblico é que o corpo físico é nosso contexto
gundo as pesquisas, um índice tão alto de de vida. Devemos esperar, então, que o corpo
homossexualismo? A taxa de incidência de (o cérebro neste caso) tenha alguma maneira
11% é cinco vezes maior do que o esperado de representar biologicamente os intentos
(acredita-se que o índice de incidência de do coração. É até possível que um certo tipo
homossexualismo ativo na população geral de cérebro seja necessário para manifestar
seja em média 2%).19 O estudo seria mais a tendência homossexual. Este cérebro ou
adequado se usado para provar a influência “hardware genético” não é suficiente para
das companhias no desenvolvimento do causar o homossexualismo, mas pode ser
homossexualismo. necessário. Em outras palavras, uma certa
Os pesquisadores estão cientes de que predisposição genética pode ser necessária
a única coisa que eles realmente provaram para a orientação homossexual, mas não é
é que o homossexualismo não é causado determinante.
apenas por fatores genéticos. Se a genética É importante tratar esta questão
fosse o único elemento contribuinte para com precisão. Pode parecer que estamos
a atividade homossexual, a incidência em afirmando que biblicamente é possível o
gêmeos idênticos seria de 100%. Se um dos corpo causar a homossexualidade; e de
gêmeos fosse homossexual, o outro sempre fato é assim. Mas o termo “causar” neste
seria homossexual. Visto que a estatística contexto significa “modelar ou influenciar
se mantém bastante abaixo do esperado, a biologicamente”, não “compelir irresistivel-
homossexualidade não pode ser um traço mente”. Especificando o uso do termo, não
diretamente genético. O estudo não é capaz há nada chocante em nossa afirmação. Ela
de provar nada além disso. Gêmeos idênticos está simplesmente dizendo que a expressão
do coração pecaminoso em determinado
comportamento é resultado de centenas
BILLY, John O., TANFER, Koray, GRADY, William
19
de fatores, entre os quais o biológico. Uma
R., KLEPINGER, Daniel H. The sexual behavior of
men in the United States. Family Planning Perspectives, pessoa cujo coração pecaminoso se manifesta
n. 25, 1993. P. 52-61. em homicídio pode ter sido influenciada por

146 Coletânea de Aconselhamento Bíblico  Volume 1


tratamento injusto, por pais que lhe permi- sofisticação devem impedir que o cristão
tiram ventilar sua ira, e pelo encorajamento afirme a autoridade funcional das Escrituras
incessante de Satanás. No entanto, nenhuma sobre a informação científica.
destas influências remove a responsabilidade Assim como nos outros dois estudos
pessoal. A causa final do pecado é sempre um previamente mencionados, neste também há
coração pecaminoso. falhas metodológicas. Ele não foi reprodu-
Usando termos mais científicos como zido, e por enquanto há ainda muito pouco
necessário e suficiente, o fator biológico a ser dito. E ainda que os homossexuais
pode ser necessário de certa forma para o praticantes fossem geneticamente distintos
homossexualismo, mas o fator biológico dos heterossexuais, isso não faria do homos-
não é uma causa suficiente. Considere a sexualismo um comportamento com base
seguinte ilustração. Para lavar meu carro, biológica pelo qual as pessoas não seriam
vou precisar de um balde de água. O balde moralmente responsáveis.
de água com sabão será necessário, pois se Estes três estudos são os mais recentes
eu não dispuser dele, não terei como lavar o de uma tentativa relativamente longa, mas
carro. É claro que há um número de outras infrutífera, de localizar o homossexualismo
condições necessárias como um dia de bom no nível biológico. Um médico que fez uma
tempo, o tempo disponível para a tarefa e revisão de literatura sobre o assunto disse:
um carro sujo. Nenhuma destas condições, “Estudos recentes admitem fatores bioló-
no entanto, são suficientes para a tarefa de gicos como a base primária da orientação
lavar o carro. Nenhuma delas pode me sexual. No entanto, não há evidência até o
forçar irresistivelmente a lavar o carro. Eu momento para comprovar um teoria bioló-
tenho que querer fazer a tarefa.20 No caso do gica, bem como não há evidência para apoiar
homossexualismo, esta condição suficiente é qualquer explicação psicossocial distinta.”22
função do coração, e é algo pelo qual eu sou A única certeza que podemos ter é que a
sempre responsável. sexualidade humana é complexa demais para
Um terceiro tipo de pesquisa sobre as ser reduzida ao trabalho do cérebro.
bases biológicas do homossexualismo tam- Visto que o comportamento é me-
bém focaliza informação genética, mas olha diado (não causado) por fatores biológicos,
para o gene. A equipe de pesquisa mais co- não ficaríamos surpresos se tomássemos
nhecida é a do National Institute of Health conhecimento de estudos que oferecessem
(Instituto Nacional de Saúde), liderada por melhores evidências para um vínculo entre
Dean Hamer.21 Trata-se de um trabalho al- biologia e comportamento. Mas as Escrituras
tamente técnico que está em fase inicial, mas são claras: nosso corpo não pode nos fazer
nem o amadurecimento da pesquisa nem a pecar. O corpo é fraco, mas não é a causa do
pecado. Este é um princípio inviolável que,
quando usado coerentemente, pode trazer
Quando eu era jovem, meu pai obrigava-me a lavar
20
esclarecimento à pesquisa sobre o cérebro.
o carro; frequentemente contra a minha vontade.
Não podemos traçar, porém, uma analogia com a
experiência homossexual
HAMER, Dean H. et al. A linkage between DNA
21
22
BYNE, William, PARSON, Bruce. Homosexual
markers on the X chromosome and male sexual orientation: the biologic theories reappraised. Archives
orientation. Science, n. 261, 1993, p. 321-327. of General Psychiatry, n. 50, 1993. P. 228-239

Coletânea de Aconselhamento Bíblico  Volume 1 147


As ciências que estudam o cérebro podem tem se deixado enganar. Ao mesmo tempo
oferecer observações emocionantes, mas que temos olhado para a pesquisa médica e
estas observações só podem ser corretamente sido implacáveis em nossas críticas, temos
interpretadas quando as Escrituras providen- permitido que as explicações psicológicas
ciam os limites. entrem pela porta dos fundos. Queremos
enfatizar que o homossexualismo é aprendi-
Um modelo bíblico do homosse- do em lugar de ser biologicamente inato; e
xualismo já que é aprendido, pode ser desaprendido.
Conquanto a igreja tem sido rápida em Mas perceba o problema: o que fazemos é
refutar a literatura científica, ela tem sido mostrar que a orientação homossexual tem
lenta no aplicar os mesmos princípios às início um pouco após o nascimento em lugar
teorias da psicologia. Por diferentes razões, de antes do nascimento. Ficamos quase que
muitos tendem a se sentir mais confortáveis empatados com as teorias da biologia, visto
com as teorias da psicologia que com as da que a orientação ainda é estabelecida por
biológica. Perceba, por exemplo, como o forças externas a nós, e a orientação precede o
livro Homosexuality: a New Christian Ethic pecado (figura 1). O problema real, o proble-
(Homossexualismo: Uma Nova Ética Cristã)23
é bem recebido por muitos cristãos. A autora,
Elizabeth Moberly afirma que por trás de
quase todo homossexualismo, masculino ou
feminino, há um relacionamento deficitário
com o genitor do mesmo sexo. A teoria é que
há uma necessidade planejada por Deus de
receber amor, afirmação, aceitação do geni-
tor de mesmo sexo e estabelecer um vínculo
com ele. Quando estas supostas necessidades
afetivas normais não são satisfeitas, elas
tomam uma forma erótica na puberdade.
Homossexualismo é um impulso em direção
Figura 1. Um entendimento comum, embora não
a estabelecer um relacionamento que supra bíblico, do desenvolvimento do homossexualismo
estas necessidades.
Se olharmos de perto para as aplicações ma profundo, continua sendo a orientação
desta e de outras explicações da psicologia,24 homossexual. Um diagnóstico do pecado e
vamos começar a nos perguntar se a igreja uma cura que inclui arrependimento tendem
a ser considerados pela própria igreja como
superficiais.
23
MOBERLY, Elizabeth. Homosexuality: a new Christian Uma perspectiva bíblica reconhece que
ethic. Stony Point, SC: Attic, 1983. há várias influências psicológicas e biológicas
24
Outros tem sugerido que o homossexualismo é o atuando no desenvolvimento do homossexu-
resultado de vitimização. HURST, E., JACKSON, D. alismo, e nos adverte a não nos limitarmos
Overcoming homosexuality. Elgin, Ill.: David C. Cook, na consideração das diversas influências
1987. PAYNE, Leanne A broken image. Westchester, Ill.:
Crossway, 1981. PAYNE, Leanne. Crisis in masculinity. possíveis. Ainda assim, a Bíblia é inflexível
Westchester, Ill.: Crossway, 1985. no dizer que não é aquilo que nos influencia

148 Coletânea de Aconselhamento Bíblico  Volume 1


que nos torna “impuros”. Pelo contrário, “de Ouvir é um bom ponto de partida.
dentro, do coração dos homens, é que pro- Além do mais, como podemos levar a verda-
cedem os maus desígnios, a prostituição.... de a uma pessoa a menos que a conheçamos?
Ora, todos estes males vêm de dentro e con- Precisamos, então, fazer perguntas. Como a
taminam o homem” (Mc 7.21-23) (Figura pessoa encara sua luta com o homossexualis-
2). Isso significa que a orientação pecami- mo? Quais as circunstâncias que moldaram
nosa tem inúmeras expressões em nossa vida. a expressão atual de homossexualismo? A
Para alguns é cobiça ou inveja, para outros pessoa foi estuprada? Ela foi manipulada
é ira pecaminosa, para outros ainda podem para ter atividade sexual com uma pessoa
ser desejos homossexuais. mais velha? O fato de ter sido vítima de
outros não explica o homossexualismo nem
O processo de mudança faz com que a pessoa deixe de ser responsável
À semelhança dos demais pecados, no por seus pensamentos e ações no futuro. Mas
nível de desejos do coração, o homossexua- Deus certamente fala com compaixão àque-
lismo não cede fácil nem rapidamente. Ele é les que foram alvo do pecado de outros, e os
mortificado ao longo do tempo, no processo homossexuais precisam ouvir isso.25 De que
forma a pessoa foi prejudicada em relacio-
namentos? O quanto tem sido doloroso para
ela manter um estilo de vida homossexual?
O que significa ser confrontada de repente
com a realidade de afastar-se de amigos ín-
timos, companheiros de longa data ou uma
comunidade que lhe oferece apoio? “Eu sen-
tia dores em todo corpo como resultado da
agitação emocional”, disse um homem que
havia deixado seu companheiro. “Mas vários
homens cristãos heterossexuais puseram-se à
minha disposição de dia e de noite para me
ajudar. Eu estou vivo porque estas pes-soas
Figura 1. Um entendimento comum, embora não
bíblico, do desenvolvimento do homossexualismo me amaram.”26
É nesse contexto que apresentamos
progressivo de santificação. Mas mudança é o conhecimento de Deus, e especialmente
certamente possível. “Tais fostes alguns de o perdão que Deus oferece aos pecadores.
vós” (1 Co 6.11) é repetido com frequência É isso que atrai e muda aqueles que estão
para relembrar que há esperança de vencer lutando com o homossexualismo. Alguns
tanto os atos como os desejos homossexu- dizem que ensinamos o suficiente sobre o
ais. O método para promover mudança é amor de Deus, mas esquecemos de ensinar
familiar, não prescinde de técnicas especiais,
mas consiste em ministrar simultânea e equi-
libradamente dois temas: o conhecimento 25
Veja o artigo do mesmo autor Exaltar o dor? Ignorar
de nós mesmos e o conhecimento de Deus. a dor? O que fazer com o sofrimento?
Esses temas são apresentados em amor e com DAVIES, Bob. Will we offer hope? Moody, Maio
26

disposição para ouvir o homossexual. 1994, p. 16.

Coletânea de Aconselhamento Bíblico  Volume 1 149


sobre a justiça de Deus e o Seu ódio para Deus pela lealdade para com ídolos. Quais
com o pecado. Isso pode ser verdade, mas são nossos ídolos? Conforto, prazer, poder,
não é motivo para sacrificar a grandeza da significado pessoal, autoestima, e assim por
doutrina da graça. Os homossexuais estão diante. As possibilidade são inúmeras, mas
numa posição complexa: eles estão em re- todas têm uma coisa em comum: uma leal-
beldia contra o Deus Santo; mas eles estão dade para com o próprio eu. Somos rebeldes
também, até certo ponto, cientes de seus para com Deus e escolhemos viver para a
pecados e receosos da ira de Deus (Romanos nossa glória em lugar de viver para a glória
1). Eles não acreditam que Deus possa de de Deus. Escolhemos obedecer aos nossos
fato perdoar homossexuais. Como disse C. desejos em lugar de obedecer à Palavra de
John Miller, “não há fator mais importante Deus. Os desejos e a atividade homossexual
na transformação de um homossexual do que são uma expressão dos instintos idólatras do
a fé sólida no fato de que seus pecados foram nosso coração.
completamente perdoados por Deus”.27 A pessoa com que estamos tratando
Para conhecer a graça do perdão de tem perguntas a respeito da orientação ho-
Deus, os homossexuais precisam conhecer mossexual? Ela tem a impressão de que está
a verdade a respeito de si mesmos: eles são sempre mais interessada em relacionamentos
pecadores necessitados da graça. Embora com pessoas do mesmo sexo? Se for assim,
tenham certo conhecimento disso, falta- insista em esclarecer a questão da tendência
lhes, com frequência, uma clareza bíblica e homossexual até que a pessoa possa pensar
um conhecimento mais amplo do pecado. biblicamente a respeito. É muito fácil con-
A carne não quer ver o pecado em toda a cordar com a ausência de comportamento
sua feiúra; ela opera para encobrir a torpeza. homossexual e não se preocupar com as
O que cria uma névoa ainda maior sobre o atitudes. Lembre-se de que é na questão da
pecado é o mito de que existe uma orien- orientação homossexual que o mundo, a
tação homossexual criada por Deus. Esses carne e Satanás convergem. O mundo, com
dois fatores operam com toda força contra seu ponto de vista não bíblico, decidiu que
o conhecimento da verdade a respeito de si o homossexualismo é normal. A carne quer
mesmos. desculpar as fantasias homossexuais. E Sata-
O processo de expor o coração vem nás está ao lado de ambos, sussurrando seus
pela aplicação das Escrituras operada pelo enganos. O engano quanto à neutralidade da
Espírito Santo. O alvo é entender o que Deus orientação homossexual deve ser exposto e
diz. O alvo é aprender a “pensar o que Deus corrigido. É um ensino falso que vai produzir
pensa”. Uma maneira de penetrar na Palavra maus frutos. Nós certamente temos uma
é entender que existe, na verdade, algo mais “orientação”, mas é uma orientação espi-
profundo que o homossexualismo. Confor- ritual contrária a Deus. Não é simplesmente
me resumido em Romanos 1, o homossexua­ uma tendência física.
lismo é uma expressão de um coração idóla- À medida que o Espírito Santo expõe
tra. Este é o nosso problema mais profundo. estas questões cruciais, Ele também revela
Nosso instinto substitui a lealdade para com mais do conhecimento de Deus. O tema do
amor de Deus tem continuidade, enfatizan-
MILLER, C. John. The gay ‘80’s. Eternity, nov. 1986,
27 do que se trata de um amor santo. Santo quer
p. 18. dizer que não encontra paralelo na experiên-

150 Coletânea de Aconselhamento Bíblico  Volume 1


cia humana. Não há nada semelhante a ele. firmemente para o Autor e Consu-
Está além da compreensão, e não pode ser mador da fé, Jesus. (Hb 12.1,2)
superado. É distinto do nosso amor. Inspira Que expectativas deve haver de mu-
respeito por parte de quem o descobre. Esse dança? Qual é o alvo? O alvo, mais uma vez,
é o começo do temor do Senhor. Quando é pensar os pensamentos de Deus em lugar
testemunhamos Seu perdão, aprendemos dos nossos. Isso significa que podemos nos
o temor do Senhor (Sl 130.4). Quando os engajar na batalha quando vemos a verda-
discípulos viram o poder do Senhor sobre deira semente da tentação homossexual (Tg
o vento e as ondas, ficaram “possuídos de 1.13-15). Podemos crescer no sentido de
grande temor” e cresceram no temor do Se- nos tornar capazes de odiar tudo quanto tem
nhor (Mc 4.41). Quando Isaías viu a Deus traços de rebeldia para com Deus. Podemos
assentado sobre um trono alto e sublime, ficar libertos da obsessão homossexual. E
exclamou: “Ai de mim! Estou perdido!” (Is podemos entender que o casamento de um
6.5). O conhecimento da majestade santa de homem com uma mulher é uma das boas dá-
Deus e do perdão por Ele concedido firmou divas de Deus. Isso não quer dizer que todas
Isaías no temor do Senhor para o resto de as pessoas que uma vez foram homossexuais
seu ministério como profeta. Certamente o devem buscar o casamento. Em alguns casos,
temor do Senhor é o começo de uma vida Deus dá graça para o celibato. Mas visto
sábia, e também o alvo. que o casamento é uma boa dádiva, e que
Uma das grandes bênçãos do temor do Deus se agrada com o casamento em moldes
Senhor é que ele pode nos ensinar a odiar bíblicos, então os homossexuais encontram
o mal (Pv 8.13). O conhecimento do Santo prazer naquilo com que Deus se compraz à
pode nos mobilizar, e pode nos tornar guer- medida que crescem no desenvolvimento da
reiros contra as tendências da nossa natureza mente de Cristo.
pecaminosa. Essa posição agressiva com Quanto tempo é necessário? Se uma
relação ao pecado é crucial, visto que nosso pessoa está disposta a seguir a Cristo, e
problema é gostarmos do pecado. Se não encontra o apoio de uma igreja, o compor-
extirparmos este gosto pelo pecado, estamos tamento homossexual pode cessar imedia-
garantindo que a tentação esteja sempre por tamente. “A graça de Deus se manifestou
perto extremamente poderosa. O temor do salvadora a todos os homens, educando-nos
Senhor pode nos manter prontos para a para que, renegadas a impiedade e as paixões
batalha. Com o trono celestial em vista, nós mundanas, vivamos, no presente século,
combatemos o “pecado que tenazmente nos sensata, justa e piedosamente” (Tt 2.11,12).
assedia” (Hb 12.1). Ninguém deve pensar, porém, que os desejos
Assim corro também eu, não sem homossexuais costumam ceder tão rápido.
meta; assim luto, não como desfe- A pessoa que teve uma longa história de
rindo golpes no ar. Mas esmurro o prática homossexual lutará por alguns anos.
meu corpo e o reduzo à escravidão, O poder de escravidão dos pensamentos
para que, tendo pregado a outros, homossexuais é derrotado gradualmente,
não venha eu mesmo a ser desqua- mas uma divagação homossexual pode vol-
lificado. (1Co 9.26,27) tar décadas depois de terem cessado os atos
Corramos, com perseverança, a car- homossexuais. Isso é desencorajador? Indica
reira que nos está proposta, olhando a necessidade de um livramento? Não, signi-

Coletânea de Aconselhamento Bíblico  Volume 1 151


fica que Deus está operando, dando poder com homossexuais (por exemplo, grupos de
para lutar, relembrando-nos de que a luta é apoio), ou ministérios mais gerais dirigidos
normal, santificando-nos progressivamente, a pessoas que querem deixar a escravidão
e dando-nos o privilégio de depender de sexual em suas mais variadas formas.
Cristo constantemente pela fé. Uma igreja eficaz tem lugar para ho-
Para que estes alvos sejam trabalhados mossexuais! Por causa do amor de Cristo,
com segurança, os homossexuais necessitam a igreja deve buscar os homossexuais. E
de algo mais que um conselheiro. Como to- exaltando a Cristo na pregação, na oração
dos nós, eles precisam do corpo de Cristo e e na adoração, a igreja deve atrair homos-
de oportunidades variadas de relacionamen- sexuais. Ela deve ministrar a Palavra para
to. Homens precisam de outros homens que aqueles que já estão na igreja, trazendo à luz
os amem, escutem, e modelem diante deles o auto-engano, expondo a desonestidade,
relacionamentos fraternos. Mulheres preci- confrontando a rebeldia, oferecendo perdão
sam de outras mulheres com que possam aos que carregam culpa, e dando esperança.
estabelecer relacionamentos íntimos, mas A igreja deve também dar as boas-vindas
não obsessivos nem com expressão sexual. e prender a atenção daqueles que lutam
Ambos, homens e mulheres, precisam de com o homossexualismo, mas que nunca
relacionamentos piedosos com pessoas do fizeram parte da igreja. Com relação a estas
sexo oposto e com líderes e pastores que pos- pessoas, podemos acrescentar que a igreja
sam fielmente orar e, se necessário, aplicar deve ministrar surpreendendo-as com o
disciplina como meio de correção amorosa. amor, um senso de família, e a ausência de
Outros relacionamentos podem crescer em um julgamento baseado em justiça própria.
pequenos grupos com casais e solteiros, Ela deve oferecer a verdade de modo con-
grupos de prestação de contas com pessoas vincente, atraente e radicalmente diferente
do mesmo sexo, grupos de oração. Algumas de qualquer outra coisa que o homossexual
igrejas podem ter ministérios específicos tenha jamais ouvido.

152 Coletânea de Aconselhamento Bíblico  Volume 1