Você está na página 1de 8

(http://www.somostodosum.com.

br/)

Buscar no Site OK

Home (http://www.somostodosum.com.br) > Autoconhecimento


(http://www.somostodosum.com.br/Autoconhecimento)

As 21 Leis do Universo que regem a


vida material e espiritual
 
por Silvana Rangel (usersite.asp?i=13928)

Este artigo foi elaborado sob o ponto de vista das análises


mais recentes e criteriosas da física quântica, pelas
ciências da metafísica e pelas ciências védicas.
Algumas das Leis mais importantes do Universo possuem uma direta interrelação entre Deus,
os seres vivos e o meio onde habitam.

Sobre os autores:

Amit Goswami: Professor titular da Universidade de Física de Oregon, Ph.D em física quântica,
físico residente no Institute of Noetic Sciences, suas ideias aparecem no filme Quem somos
nós? e em obras como A Física da Alma e O Médico Quântico.

Fritjof Capra: Ph.D., físico e teórico de sistemas e autor de várias obras, como: O TAO da
Física, O Ponto de Mutação e Teia da Vida.

Mestre Espiritual Srila Prabhupada: fundador acharya da ISKCON (Sociedade Internacional para
Consciência de Krsna) e autor de diversas obras sagradas da literatura védica, como o
Bhagavad Gita Como Ele É, A coleção do Srimad Bhagavatam (19 volumes), Introdução a
Filosofia Védica, Joia do Universo, Krsna e A Suprema Personalidade de Deus (2 volumes).

Hridayananda dasa Goswami (Dr. Howard J. Resnick): mais conhecido como Srila Acharyadeva.
É um dos mais destacados líderes espirituais da Sociedade Internacional para Consciência de
Krishna – ISKCON. Doutor em Sânscrito e estudos Indianos pela Universidade de Harvard, nos
Estados Unidos, nos últimos 20 anos tem se dedicado a traduzir e divulgar as escrituras védicas
da Índia milenar para o Ocidente. Autor de diversos livros, entre suas obras literárias
destacam‐se as traduções do Mahabharata, o maior épico da Índia antiga, e a conclusão do
Srimad‐Bhagavatam, o mais importante dos Puranas.

1‐ Lei da Atração
Aquilo que focas a tua primordial atenção, certamente atrairá. Sejam aspirações ou desejos
por coisas positivas ou negativas. Exemplo: se fores ganancioso e extremamente materialista,
por certo, acumularás muitos tesouros. Contudo deverias te lembrar sempre que todos os bens
materiais são temporários e passageiros, até mesmo o teu próprio corpo físico. Por outro lado
se fores amoroso, se cultivares valores espirituais atrairás o amor do próximo e as
experiências diretas do amor de Deus.

2‐ Lei da Resistência
Aquilo que resistes por desconhecer a verdade chama‐se ignorância e se receias em obter o
conhecimento superior espiritual, serás atraído cada uma vez mais aos medos, as angústias e
as desavenças. Assim se assegura que a pessoa se livre dos seus medos, suas angústias,
depressões e ansiedades lidando com eles diretamente como o conhecimento espiritual
superior e sempre como o guia do mestre espiritual, aquele que através do conhecimento
superior enfrentou as resistências e as venceu.

3‐ Lei da Reflexão
Aquilo que aprecias, receias ou desgostas nos outros tens em ti mesmo, e vice versa, somos
em verdade o reflexo do outro. A pessoa imatura apenas projeta no outro a parte de si que
não torna consciente. Aquilo que resistes em ti, e receias nos outros, são a causa da nossa
principal ignorância, ou seja: Quem Sou! De Onde Vim? Para Onde Vou?
Verdadeiramente somos assim, inconscientes. Alguns ramos da Psiquiatria, Neurociências,
Psicologia e Psicanálise modernas lidam com esta lei, mais infelizmente só percebem e tratam
os sinais e sintomas superficiais, contudo a causa verdadeira está na raiz, no transfundo da
inconsciência, portanto somente o autoconhecimento e a autorrealização do homem, tanto
material como espiritual, poderia nos colocar em verdadeira reflexão de: Quem Sou eu?

4‐ Lei da Manifestação
Tudo se inicia com o verbo, um mantra, um pensamento, uma ideia. Quanto mais forte, mais
repetitivo é este, mais depressa e imediatamente se manifesta, pela mecânica material ou
espiritual da imantação. O pode criativo da mente e da inteligência, são esses dons inatos ou
adquiridos que podem ser trabalhados pelas práticas de yoga e a meditação, e assim a pessoa
poderá subir para uma plataforma mais elevada e compreenderá as limitações e imperfeições
dos seus sentidos físicos materiais.
O método filosófico e científico para realização de DEUS (autorrealização) é o método pelo
qual purificamos nossa consciência, impedimos mais poluição, e chegamos ao estado de
perfeição, e esse sistema chama‐se Bhakti Yoga. Apesar de Deus ser um só, Ele tem formas,
aspectos e nomes ilimitados, de acordo com Suas infinitas manifestações. O Reino de Deus
também é eterno, pleno de conhecimento e bem aventurança ilimitadamente.

5‐ Lei do Livre Arbítrio


Em última análise, não somos os controladores definitivos dos nossos destinos somos apenas
responsáveis pelo que criamos totalmente por nossas atitudes, e a isso chamamos de livre
arbítrio. Apesar de haver livre arbítrio, é dado à liberdade a pessoa de agir perante os eventos
e circunstâncias como quiser de acordo ao seu nível de conhecimento e consciência. Assim,
desenvolvendo consciência espiritual, haverá gradualmente o desapego às coisas e aos seus
resultados fruitivos e às suas expectativas quase sempre frustrantes e aprenderemos a cultivar
ações materiais e espirituais positivas, desta maneira eliminam‐se consequências
desfavoráveis do mau karma e criam‐se perspectivas mais positivas para a vida material e
espiritual no modo da bondade.

6‐ Lei da Consequência ‐ Causa e Efeito


Tudo surge de algo original anterior, cada evento, cada pensamento causa uma consequência
(positiva ou negativa ao nosso julgamento e dos demais). Assim se executamos atos negativos
atrairemos atos negativos e atos positivos atrairão no futuro atos positivos. Exemplo: se
roubares acabará por ser roubado em algo porque causaste uma desestabilização da harmonia
do sistema universal.
E enquanto permanecermos agentes e devedores por esse desequilíbrio do perfeito sistema
universal, continuaremos neste ciclo de misérias, sofrimentos, nascimentos e mortes. De
maneira que um dia nos cansaremos dos atos negativos provenientes do nosso estado mental
de ignorância espiritual, e acabaremos cedo ou tarde acordando para eliminarmos estes
indesejáveis inimigos da alma; a alma é nosso verdadeiro ser, e necessitamos obter
conhecimento espiritual para nosso autoconhecimento e nossa auto realização.
Quando nascemos no mundo material, somos cobertos imediatamente pela energia material
ilusória da ignorância, assim esquecemos completamente nossa posição eterna espiritual da
perfeição do amor divino puro no Reino de Deus, que é plena de conhecimento e bem
aventurança.
Aqui no mundo material, somos sujeitos ao tempo x espaço, como duas categorias
complementares, uma não existe sem a outra; para definir o espaço temos que situá‐lo no
tempo, e para medir o tempo temos que situá‐lo no espaço; e ficamos presos no ciclo
constante de nascimentos e mortes. Assim, temos que lutar arduamente pela existência
material, na busca interminável pelo prazer material, que na verdade é temporário e ilusório.
E na luta árdua da tentativa de dominar a natureza material, que é sempre frustrada. Essa é a
lei do mundo material.

7‐ Lei da Harmonia
No Universo tudo tenta atingir o equilíbrio e a harmonia, ou seja existe um Controlador
Supremo. Veja‐se o caso do Planeta Terra e da Natureza e de todo o Universo conhecido. Este
mundo material é um reflexo pervertido do mundo espiritual, ou Reino de Deus. Tudo que
existe aqui existe lá, só que aqui é reflexo pervertido, temporário, ilusório e cheio de
sofrimentos e misérias. Lá, tudo é absoluto, eterno, perfeito, pleno de prazer, pleno de
conhecimento e pleno de êxtase, ilimitadamente. Aqui no mundo material, somos como o
peixe fora da água. Um peixe fora da água, fora de seu ambiente natural, nunca vai conseguir
ficar satisfeito, muito pelo contrário, o sofrimento só vai aumentar até a morte. O Supremo
Senhor quando cria este mundo material, que é criado e destruído constantemente, pois sofre
ação do tempo, é tão misericordioso que entra pessoalmente em toda a criação, no Seu
aspecto localizado todo penetrante, dentro do coração de todos os seres vivos e dentro de
cada átomo da criação. Portanto, o Senhor nunca nos abandona, Ele está sempre dentro do
nosso coração, nós é que O abandonamos.

8‐ Lei da Sabedoria e Conhecimento


A sabedoria da consciência elimina a ignorância e suas consequências negativas na vida
humana. Exemplo: ao aprendermos a lidar com sensatez sobre as diversas coisas da vida
material e espiritual com amor, consciência e dedicação, podemos ultrapassar nossas
dificuldades cotidianas, sempre inspiradas no conhecimento superior da ciência espiritual, que
nos diz claramente que somos corpo e alma espiritual. Portanto não e nada inteligente
dedicarmos quase todo nosso tempo ao mundo material, isso é estupidez, ignorância.
O Supremo Senhor é muito misericordioso e clemente. Ele é o criador deste mundo material
temporário e ilusório, que é criado justamente para tentar satisfazer o desejo de “prazer”
independente dos seres condicionados na ilusão e ignorância. Ignorância porque esquecemos
nossa verdadeira identidade eterna. Ignorância significa não conhecer Deus.

9‐ Lei do Retorno e da Dádiva


Aquilo que ofereces com dádiva acaba por receber mais. Se oferecer mais amor de mim aos
outros, mais receberei em retorno. Não importa o tamanho de seus sonhos, o Universo não
enxerga limites. Existem pessoas que ao longo de seu caminho vão impondo barreiras e limites
aos seus desejos. Saber escolher o que realmente se quer é uma dádiva hoje em dia, o mundo
material nos distrai o tempo todo e é difícil resistir a todo o apelo publicitário que nos faz
distanciarmos de nossas ideias e desejos originais, que é a nossa conexão com o mundo
espiritual. A partir de uma boa reflexão sobre o que se é e onde se deseja chegar não fica
difícil criar uma meta.
10 ‐ Lei da Evolução e Propósito
A evolução do Universo e da vida não acontece ao acaso. Existe um propósito e tudo é
orquestrado de um modo espantosamente inteligente pela suprema vontade de Deus.
Questão: como surgiu o universo? Como surgiu o DNA? Como surgiu a célula?
A evolução humana é no sentido da inteligência, do poder criativo e de manifestação dos bens
favoráveis a toda sociedade. A evolução da consciência de Deus é no sentido da sabedoria do
Amor. Nós somos partículas atômicas do Supremo Senhor. Assim, temos as mesmas qualidades
fundamentais de Deus só que em quantidade infinitesimal. Temos uma relação eterna de amor
puro com Deus, que é a causa do conhecimento perfeito e bem aventurança verdadeira. A
Causa de todas as causas.

11‐ Lei da Energia


Como afirmam os físicos e em especial os físicos quânticos, tudo no universo é energia. E toda
a energia é vibração. É apenas diferença em vibração que faz diferir cada coisa e cada ser
(Teoria das Cordas). No Universo, a energia não se cria não se perde apenas se transforma.
Isso se aplica a tudo, inclusive à consciência. As diferenças na vibração fazem mudar as
propriedades das coisas de forma que parecem diferentes à nossa percepção limitada. Deste
modo e evidentemente, há forma de energia que não são observáveis pela nossa percepção
imperfeita, mas claro continuam e existir (exemplo: UVs, eletricidade…). Deste modo, formas
de seres e objetos podem não ser manifestadamente visíveis, mas mesmo assim existentes! Ou
não são visíveis, mas são “sentíveis”.
12 ‐ Lei do Desapego
É na resistência e no apego aos bens do mundo material que está à origem de todos os nossos
sofrimentos. Só porque resistimos com apego aos bens materiais, estamos sempre insatisfeitos
e incompletos. Quando aceitamos que todas as coisas são temporárias e passageiras, e
nomeadamente da mutabilidade das coisas, dá‐nos paz por sabermos que nada possuímos e
tudo “desaparece conforme os planos divinos”, pois lentamente transforma‐se. Cultivando
nossa consciência de que toda matéria é transitória e efêmera podemos ser mais facilmente
felizes. Na verdade não é suposto possuirmos nada, pois tudo em essência pertence à Suprema
Verdade Absoluta.

13 ‐ Lei da Gratitude
Quanto mais dás com gratidão, mais recebes. O quanto mais dás com amor, mais receberás.
Essa é uma lei imutável.

14‐ Lei da AssociaçãoQuando dois ou mais se juntam com o mesmo propósito ou intenção
elevados, a força é duplamente mais eficaz. Podemos criar satisfação global para todos deste
modo. Quando milhares de devotos se juntam em devoção e amor por Deus a força é enorme
e incomensurável.

15 ‐ Lei do Amor Incondicional


A expressão do amor incondicional manifestada pelos homens com consciência divina
proporciona mais harmonia e paz. O Amor incondicional superior a Deus é aquele que dás sem
pedir ou esperar nada em troca. É o processo para reviver a relação amorosa eterna do ser
vivo com Deus.

16 ‐ Lei da Afinidade
Tudo na nossa vida condicionada não acontece por mero acaso, há afinidades que explicam
propósitos e consequências de acordo como o nosso nível de consciência.

17 ‐ Lei da Abundância
Nós criamos a realidade que queremos, conforme nossos interesses. Ou melhor… Nós vemos a
realidade que queremos. Mas a realidade que este universo é um sem fim de abundância.
Veja‐se a sua imensidão! Veja‐se a quantidade de recursos que a Terra nos dá. Veja‐se o quão
pouco realmente necessitamos para vivermos em paz e abundância! Todos os seres humanos
contêm em si todo o potencial para fazer das suas vidas um paraíso de grande felicidade. No
entanto a generalidade da espécie humana imersa na ignorância divina escolhe viver um
planeta de escassez e assim cria a sua ilusória realidade.

18 ‐ Lei da Ordem Universal


Quando estudamos detalhadamente a física, a química e a biologia e outra ciências durante o
colégio e a universidade ficamos surpreendido com a complexidade da vida e do universo;
toda a ordem e propósito de todas as interações que compõe o corpo, desde os órgãos, às
células, das moléculas aos átomos. Nada acontece por acaso. Tudo tem um propósito divino. A
vida é funcional, adaptável e sustentável neste planeta. Qualquer desajuste no equilíbrio
neste sistema planetário apenas causa a desarmonia e tentamos, quase sempre inutilmente,
nos adaptarmos e restabelecermos sua funcionalidade e sustentabilidade de novo. Não
existem erros nem acasos. Todas as lições são aprendidas com amor ou sofrimento e o
propósito da evolução é seguido de acordo aos propósitos do Supremo Controlador.
Como disse um sábio: “A tua maior liberdade está em escolheres seguir alegremente o teu
destino, cumprindo‐te com as leis divinas.”

19 ‐ Lei da Unidade
É apenas por simples ilusão existencial humana que parecemos separados entre corpo e alma.
Os nossos sentidos limitados e imperfeitos são a expressão da nossa inconsciência, enquanto
os sentidos conscientes da alma são perfeitos e ilimitados, no entanto, por causa da nossa
ignorância de quem realmente somos, parecem separados. Nós somos pessoas porque Deus é
uma pessoa. A diferença é que somos pessoas infinitesimais e Deus é a pessoa suprema
infinita, ou seja, a Suprema Personalidade de Deus.

20 ‐ Lei do Compromisso
Uma forma de consciência superior só consegue ser realmente livre e totalmente realizada em
felicidade quando conseguir libertar e compartilhar essa felicidade a todos os outros seres. No
sentido verdadeiro do espírito, por virtude da lei do propósito, parece‐nos que a energia
superior do universo sempre percorre no sentido do Amor Divino e tal acontecerá mais tarde
ou mais cedo na história dos homens, de acordo com seus níveis de consciência. Só que ao
mesmo tempo, Deus nos dá liberdade completa, e quando fazemos mau uso dessa liberdade,
ficamos cobertos pela ilusão material, a partir do ego falso, e por isso temos que nascer no
mundo material, que funciona como uma prisão.

21‐ Lei da Eternidade


Na realidade não existe tempo ou espaço. Amor incondicional a Deus e aos homens e as suas
criaturas. Deus é um só. Deus é onipotente, onisciente e onipresente.
‐um estudante: “Aonde está Deus? Você pode me mostrá‐Lo?
‐ Srila Prabhupada, respondeu: “Bem, você verá. Não agora. Quando as sua atividades
pecaminosas amadurecerem, quando a morte chegar, você O verá. Isto está acontecendo.”

Conclusão:
Necessitamos mudar urgentemente nosso foco de atenção, temos sem dúvidas uma vida
humana material, porém necessitamos realizá‐la com inteligência e consciência, mas, no
entanto, só poderemos alcançar este estado amor, paz e felicidade, quando verdadeiramente
cultivarmos nossa vida espiritual, afinal em ultima análise, somos almas espirituais eternas e
não apenas estes corpos físicos temporários.

Consultas, Estudos e Bibliografias:


1 – Amit Goswami: “A conexão da Mecânica Quântica com conceitos como a não localidade e a
causalidade, levou esta disciplina a uma ligação mais profunda com conceitos filosóficos,
psicológicos e espirituais. Hoje há uma forte tendência em unir os conceitos quânticos às
teorias sobre a Consciência. Físicos como o indiano Amit Goswami se valem dos conceitos da
Física moderna para apresentar provas científicas da existência da imortalidade, da
reencarnação e da vida após a morte. Professor titular da Universidade de Física de Oregon,
Ph.D em física quântica, físico residente no Institute of Noetic Sciences, suas idéias aparecem
no filme Quem somos nós? e em obras como A Física da Alma, O Médico Quântico, entre
outras. Ele defende a conciliação entre física quântica, espiritualidade, medicina, filosofia e
estudos sobre a consciência. Seus livros estão repletos de descrições técnicas, objetivas,
científicas, o que tem silenciado seus detratores.”

2 – Fritjof Capra: “Ph.D., físico e teórico de sistemas, revela a importância do observador na


produção dos fenômenos quânticos. Ele não só testemunha os atributos do evento físico, mas
também influencia na forma como essas qualidades se manifestarão. A consciência do sujeito
que examina a trajetória de um elétron vai definir como será seu comportamento. Assim,
segundo o autor, a partícula é despojada de seu caráter específico se não for submetida à
análise racional do observador, ou seja, tudo se interpenetra e se torna interdependente,
mente e matéria, o indivíduo que observa e o objeto sob análise. Outro renomado físico,
prêmio Nobel de Física, Eugen Wingner, atesta igualmente que o papel da consciência no
âmbito da teoria quântica é imprescindível.”

3 – Srila Prabhupada: “Tudo isso pode ser melhor observado por seguir as atividades do
fundador e guia espiritual da ISKCON, Sua Divina Graça A.C. Bhaktivedanta Swami Prabhupada.
Srila Prabhupada veio para América em 1965 com 69 anos de idade e começou a pregar sobre
a ciência de Krsna, de acordo com as escrituras Védicas tal como o Bhagavad‐Gita, e o Srimad
Bhagavatam. Em conformidade com os Vedas, tudo no universo pertence a Deus, e uma pessoa
deve apenas obter a quota necessária para sua sobrevivência. As escrituras Védicas ensinam
que cada pessoa é, na verdade, uma entidade viva eterna, uma alma espiritual. Quando o
corpo falece, a alma, continua a viver. Mas contanto que não desenvolvemos nossa
autorrealização, contanto que nós persistimos ignorantes de nossa conexão com Deus, então
no momento da morte a alma espiritual eterna deve entrar em outro corpo temporário,
apenas para sofrer novamente a agonia da morte quando aquele corpo material morre. O
processo da transmigração da alma de um corpo a outro enfrenta as estritas leis do karma. Por
estas leis, as ações que nós realizamos e os desejos que cultivamos na vida presente
determinam nosso destino na próxima. Mas independente da situação que nascemos, devemos
sempre encarar as misérias múltiplas de nascimento, velhice, doença e morte. Entretanto, a
cultura Védica ensina que enquanto tivermos inteligência e a boa oportunidade de cultivar o
conhecimento espiritual – em outras palavras, antes de nosso tempo neste corpo material
finalizar – devemos resolver este problema fundamental, o problema de repetidos nascimentos
e mortes. Pode levar tempo até todas as nações desistirem de tentar resolver seus problemas
com miscelâneas e aceitar todas as soluções práticas da Consciência de Deus/Krsna.
Tudo que é necessário é uma boa inteligência espiritual para ver a Consciência de
Deus/Krishna como um presente inestimável o qual realmente é. Deus não é abstrato; Ele
possui os dois aspectos impessoal e pessoal na Sua personalidade que é SUPREMA, ETERNA,
BEM AVENTURADA, e plena de CONHECIMENTO. “Do mesmo modo como uma única gota de

Você também pode gostar