Você está na página 1de 6

Química Biológica

Exercícios: Aminoácidos e proteínas

1. Usando os valores da Tabela 1, calcular o pI do ácido aspártico e da lisina.

2. Uma amostra de 100 ml de glicina 0,1 mol/L foi titulada com NaOH 2 mol/L. O pH da solução
foi determinado após cada adição de NaOH e, os pontos importantes da titulação foram designados
por I a VI, na figura. Para cada pergunta, justificar a resposta dada. a) em que ponto da curva
predomina a espécie H3N+-CH2-COOH? b) em que ponto a carga real média da glicina é +1/2? c) que
região da curva corresponde ao pI da glicina? d) em que região da curva predomina a espécie H3N+-
CH2-COO-? e) em que ponto da curva 50% dos grupos COOH estarão dissociados? f) 50% dos
grupos NH2 estarão dissociados em que região da curva? g) onde a carga real média da glicina é
zero? h) onde a carga real média da glicina é -1/2? i) que ponto da curva representa o final da
titulação? j) qual é o ponto cujo pH é igual ao pK do grupo NH2? k) qual é o ponto cujo pH é igual
ao pK do grupo COOH? l) onde existe 50% de H3N+-CH2-COO- e 50% de H2N-CH2-COO-? m) onde
existe 50% de H3N+-CH2-COOH e 50% de H3N+-CH2-COO-? o) em que ponto(s) a glicina pode
atuar como um tampão? p) em que região da curva a glicina apresenta baixa capacidade tamponante?
q) em que região da curva os grupos COOH estarão completamente titulados? r) em que ponto(s) os
grupos NH2 estão completamente titulados?

3. Usando os valores da Tabela 1, determinar o pI do peptídeo Asp-Lis. O peptídeo Lis-Asp terá o


mesmo pI? Justificar a resposta.

4. Usando os valores da Tabela 1, predizer qual será a carga dos seguintes tetrapeptídeos em pH 3;
6,5 e 10: a) Lis-Gli-Ala-Gli; b) Lis-Gli-Ala-Glu; c) His-Gli-Ala-Glu; d) Glu-Gli-Ala-Glu; e) Gli-Gli-
Ala-Lis.

5. A seqüência do hormônio adrenocorticotrófico humano é Ser,Tir,Ser,Met,Glu,His,Fen,


Arg,Tri,Lis,Pro,Val,Gli,Lis,Lis,Arg,Arg,Pro,Val,Lis,Val,Tir,Pro,Asp,Ala,Gli,Glu,Asp,Gln,Ser,Ala,
Glu,Ala,Fen,Pro,Leu,Glu,Fen. Qual será a carga dessa molécula em pH 7,0?

6. A composição aminoácidos da mioglobina de baleia é Ala (5), Gln (5), Leu (18), Ser (16), Arg (4),
Glu (14), Lis (19), Tre (5), Asn (2), Gli (11), Met (2), Asp (6), Tri (2), His (12), Fen (6), Tir (3), Ile
(9), Pro (4), Val (8). Qual será a carga dessa molécula em pH 2? E em pH 9?

1
Química Biológica

7. Uma proteína apresenta capacidade tamponante máxima em pH 5,0. O que se pode deduzir acerca
da sua composição em aminoácidos? Se a capacidade tamponante máxima ocorresse em pH 8,0, o
que se poderia concluir acerca da composição em aminoácidos dessa proteína?

8. As histonas, proteínas existentes no núcleo das células dos eucariotos, ligam-se fortemente ao
DNA (que é rico em grupos fosfato). O pI das histonas é elevado e da ordem de 10,8. Qual é o tipo
de aminoácido que deve predominar nesse tipo de proteína? De que maneira eles contribuem para a
forte ligação da histona ao DNA?

9. Qual é a relação entre a solubilidade de uma proteína e o seu pI? Quando uma proteína está
dissolvida em uma solução cujo pH é igual ao seu pI, a sua conformação é alterada? E a sua estrutura
primária?

10. No peptídeo Ile,Ala,His,Tre,Tir,Gli,Pro,Fen,Glu,Ala,Ala,Met,Cis,Lis,Tri,Glu,Glu,Glu,Pro,


Asp,Gli,Met,Glu,Cis,Ala,Fen,His,Arg, predizer quais as regiões que estão em α hélice e
conformação β, quando em pH 7,0.

11. Os anticorpos possuem sítios de ligação que são complementares a estruturas específicas dos
antígenos. Considerando-se que tanto os antígenos como os anticorpos podem ser proteínas, como se
explica a forte interação entre antígeno-anticorpo?

12. A toxina do Clostridium botulinum é uma das mais venenosas substâncias conhecidas e o seu
consumo é fatal. Entretanto, se o alimento deteriorado for aquecido em banho-maria durante 15 a 20
minutos poderá ser ingerido sem que ocorra a morte do indivíduo. Qual é a explicação bioquímica
para esse fato?

13. Em uma eletroforese em gel de poliacrilamida-SDS, uma proteína de massa molecular 90.000 Da
move-se mais lentamente que outra de massa molecular 40.000 Da. Entretanto, em uma filtração em
gel de Sephadex, a proteína de 90.000 Da é a que primeiro emerge da coluna. Como se explica tal
fato?

14. As proteínas, quando tratadas com dodecil sulfato de sódio (SDS) tornam-se poliânions. Quando
submetidas a uma eletroforese em gel de poliacrilamida em pH 7.0, migram em direção ao ânodo
(pólo positivo). Comparando-se a distância de migração de uma proteína desconhecida com as
distancias de migração de proteínas cujas massas moleculares são conhecidas é possível se
determinar a massa molecular da proteína desconhecida. Sabendo-se que a eletroforese foi efetuada
em gel de poliacrilamida a 10% em tampão fosfato de sódio 0,2 mol/L pH 7,0 contendo SDS 0,2%,
determinar a massa molecular da lisozima, soralbumina, pepsina e anidrase carbônica utilizando os
valores da tabela.
Proteína MM Distância (cm)
(Da)
Ovalbumina 43.000 37.6
Tripsina 23.300 59.6
Mioglobina 17.200 70.0
Citocromo c 13.500 79.0
Soralbumina ----- 21.5
Pepsina ----- 45.0
Anidrase carbônica ----- 52.0
Lisozima ----- 77.5

2
Química Biológica

15. Utilizando-se uma coluna de gel de Sephadex, foi determinada a relação Ve/Vo para as seguintes
proteínas: mioglobina= 2,8; hemoglobina= 2,1; fosforilase a= 1,4; catalase= 1,3; ferritina= 1,0.
Utilizando as massas moleculares dessas proteínas (ver Tabela 2) calcular a massa molecular da
toxina da difteria sabendo-se que, nesse caso, Ve/Vo = 2,0.

16. A soralbumina bovina apresenta 0,58% em peso de triptofano (MM= 204). Quando submetida a
uma filtração em gel de Sephadex essa proteína apresenta uma massa molecular de 70.000 Da.
Calcular quantos resíduos de triptofano existem na molécula de soralbumina.

17. Uma mistura de ácido aspártico (pI= 2,98), glicina (pI= 5,97), treonina (pI= 6,53), leucina (pI=
5,98) e lisina (pI= 9,74) foi preparada em tampão citrato 0,1 mol/L, pH= 3 e aplicada em um coluna
contendo um resina trocadora de cátions equilibrada no mesmo tampão. Se a eluição for efetuada
com o tampão original, qual será a possível ordem de saída dos aminoácidos?

18. A dietilaminoetil celulose (DEAE-Celulose) é uma resina trocadora de ânions. Se você aplicar
uma mistura de soralbumina bovina, urease e quimotripsinogênio a uma coluna de DEAE-Celulose
(o pK do grupo NH2 é 9,4) equilibrada em pH 7,0, o que acontecerá com cada uma dessas proteínas?
Utilizar os dados da Tabela 2 e considerar que a interação entre as proteínas e a resina é apenas do
tipo eletrostático.

19. Uma determinada enzima é constituída por quatro subunidades idênticas. Em determinadas
condições, essas quatro subunidades podem ser dissociadas. Para se testar a atividade das
subunidades, deve-se assegurar que não mais existem tetrâmeros em solução. Que tipo de
cromatografia deveria ser escolhido para separar os monômeros dos tetrâmeros? Por que?

20. Usando os valores da Tabela 2, indicar qual será a direção seguida pelas seguintes proteínas em
uma eletroforese: a) ovalbumina em pH 5,0; b) lactoglobulina em pH 5,0 e pH 7,0; c)
quimotripsinogênio em pH 6,0 e pH 11,0.

3
Química Biológica

Tabela 1: Valores de pK de alguns grupos ionizáveis

Grupo pK
COOH (terminal) 3,3
COOH (Asp, Glu) 3,8
Imidazol (His) 6,3
NH2 (terminal) 8,0
NH2 (Lis) 10,0
OH (Tir) 10,1
Guanidino (Arg) 12,0

Tabela 2: Características físico-químicas de algumas proteínas

Proteina MM pI
(kDa)
Lisozima 14,1 11
Citocromo c 12,4 10,6
Ribonuclease 13,7 9,6
α-lactoalbumina 15,5 --
Mioglobina 17,8 7,0
α-quimotripsina 22,5 --
Quimotripsinogênio 25 9,5
Pepsina 35,5 1,0
Lactoglobulina 37 5,2
Ovalbumina 45 4,6
Hemoglobina 64,5 6,8
Soralbumina 67 4,9
Fosfatase alcalina (E. coli) 80 --
Hexoquinase 96 --
Triptofano sintetase 117 --
Lactato desidrogenase 130 --
Aldolase 150 --
Fosforilase a 180 --
Fumarase 190 --
Catalase 220 --
Piruvato quinase 235 --
Xantina oxidase 275 --
Ferritina 400 --
ATP sulfurilase 440 --
Apoferritina 480 --
Urease 490 5,0
β-galactosidase 540 --
Tiroglobulina 670 --

4
Química Biológica

Exercícios: Aminoácidos e proteínas - Respostas

1. ácido aspártico = 3,55


lisina = 9,0

2. a. I
b. II
c. III
d. III
e. II
f. IV
g.III
h.IV
i.V
j.IV
k.II
l.IV
m.II
o.II e IV
p.I, III e V
q. III
r. V

3. Asp-Lis = 5,9
Lis-Asp = 5,9

4. a) Lis-Gli-Ala-Gli - pH 3= +2 ; pH 6,5 = +1 ; pH 10= -0,5


b) Lis-Gli-Ala-Glu - pH 3= +2; pH 6,5 = 0; pH 10= -1,5
c) His-Gli-Ala-Glu - pH 3= +2; pH 6,5 = -0,5 ; pH 10= -2
d) Glu-Gli-Ala-Glu - pH 3= +1 ; pH 6,5 = -2 ; pH 10= -3
e) Gli-Gli-Ala-Lis - pH 3= +2; pH 6,5 = +1 ; pH 10= -0,5

5. +1

6. pH 2 = +36
pH 9 = +2

7. pH 5,0 => rica em aminoácidos ácidos


pH 8,0 => rica em aminoácidos básicos

8. aminoácidos básicos
Em pH 7,0 tem grupos NH3+ da cadeia lateral protonados => interação eletrostática com as cargas
negativas dos grupos fosfato das histonas.

9. No pI a solubilidade é mínima
Conformação no pI é geralmente alterada, pois depende de interações de carga. A estrutura
primária não é alterada.

5
Química Biológica

10. 1-6 α-hélice


7 – Prolina – interrompe a α-hélice
8-15 α-hélice
16-23 sem estrutura secundária (alça) devido à repulsão eletrostática e presença de prolina
24-28 α-hélice

11. Interações fracas múltiplas e cooperativas

12. Desnaturação protéica pelo calor (ruptura de ligações de hidrogênio)

13. Eletroforese – proteínas maiores são retardadas pois tem maior dificuldade de passar pela malha
do gel
Filtração em Gel – proteínas maiores penetram numa menor percentagem dos poros da resina,
sendo eluídas primeiro que as menores, que são retardadas ao passar por uma maior percentagem dos
poros da resina.

14. lisozima – 14 kDa


Soralbumina – 68 kDa
Pepsina – 36 kDa
anidrase carbônica – 29 kDa

15. 75 kDa

16. 2

17. Asp, Gli e Leu, Tre, Lis

18. resina trocadora de ânions => carga positiva


DEAE-celulose => grupo carregado = NH2 com pK= 9,4 => em pH 7,0 tem carga positiva
Carga em pH 7,0:
BSA – pI = 4,9 => carga negativa – liga-se à resina
Urease – pI= 5,0 => carga negativa – liga-se a resina
Quimotripsina – pI= 9,5 => carga positiva – não se liga à resina

19. Filtração em gel, pois separa as proteínas com base no tamanho (massa molecular)

20. a. migra para o polo positivo


b. em pH 5,0 migra para o polo negativo
em pH 7,0 migra para o polo positivo
c. em pH 6,0 migra para o polo negativo
em pH 11,0 migra para o polo positivo