Você está na página 1de 64

Laboratório de Resíduos Químicos

Gerenciamento de Resíduos Químicos de Laboratórios

Laboratório de Resíduos Químicos

Campus USP Ribeirão Preto

Adriano e Danilo
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Definição de Resíduos

LEI 12.305 (02/08/2010): “material, substância, objeto ou bem descartado

resultado de atividades humanas em sociedade, a cuja destinação final se

procede ou se está obrigado a proceder, nos estados sólido ou semissólido, bem

como gases contidos em recipientes e líquidos cujas particularidades tornem

inviável o seu lançamento na rede pública de esgotos ou em corpos d’água, ou

exijam para isso soluções técnica e economicamente inviáveis em face da

melhor tecnologia disponível”.

2
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Definição de Resíduos Químicos

RDC 306 (07/12/2004): “resíduos contendo substâncias químicas (solventes,

metais pesados, sais, produtos hormonais, antineoplásicos, antimicrobianos,

germicidas, saneantes, reveladores, fixadores etc) que podem apresentar

risco à saúde pública ou ao meio ambiente, dependendo de suas

características de inflamabilidade, corrosividade, reatividade e toxicidade”.

QUALQUER SUBSTÂNCIA QUÍMICA NÃO REAPROVEITÁVEL NO

LABORATÓRIO GERADOR
3
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Classificação de Resíduos – NBR 10.004/2004

NBR  10.004  

Classe  I  –  Perigosos   Classe  II  –  Não  Perigosos  

A  –  Não  Inertes   B  –  Inertes  


P  G  R  Q  

ATIVOS   PASSIVOS  

4
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Resíduos Químicos na Universidade – exemplos

Ácido Clorídrico
Nitrato de Prata
Ácido Nítrico
Éter Etílico

Arsênio Chumbo
Mercúrio Acetona Etanol Peróxido de Hidrogênio

Sulfato de Cobre Clorofórmio


Metanol
Formol
Acetato de Sódio
Fenol
Toluol Fosfato de Cálcio Brometo de Etídeo

Hidróxido de Amônio
Cádmio Ácido Sulfúrico Ácido Acético

Xilol Diaminobenzidina

Benzeno Acetonitrila RISCO


5
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Por que GERENCIAR os Resíduos Químicos ?


Substâncias Químicas como Agentes de Risco

Classificação das Substâncias Químicas


Segundo suas características de periculosidade (hazardous properties):

asfixiantes tóxicos

irritantes alergênicos

Inflamáveis carcinogênicos

comburentes mutagênicos

explosivos teratogênicos

corrosivos danosos ao meio ambiente


6
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Por que GERENCIAR os Resíduos Químicos ?

AMBIENTAL

apresentam impacto OCUPACIONAL

SAÚDE PÚBLICA

de acordo com suas características, pode oferecer riscos


físicos, químicos, biológicos ...

acidentes / lesões infecções


intoxicações
MORTE
redução na expectativa de vida doenças
7
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Produtos / Resíduos Químicos – Riscos

+ + + +

+
+ + +

+ + +

+ =
+ + =
= 8
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Produtos / Resíduos Químicos – O que podem provocar ?

produto químico umidade


temperatura danos à Saúde

Agente Químico + Condições Propícias = incêndio/explosão

danos ao Ambiente
quantidade luz
resíduo químico

incompatibilidade

9
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Resíduos Químicos – O que podem provocar ?

Risco de Incêndio / Explosões

INCOMPATIBILIDADE QUÍMICA

Equipamento inadequado para


armazenamento de produtos químicos

11
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Produtos/Resíduos Químicos – O que podem provocar ?

Danos ao Meio Ambiente

Miamata – 1953

!   600 toneladas de Hg despejadas no oceano:


morte de espécies aquáticas e terreste, incluindo o
Homem !

Bhopal – 1984 / Guarujá – 1998

!   contaminação do solo, água e ar com substâncias


altamente tóxicas: clorobenzeno, clorofór mio,
tetracloreto de carbono: 500 mil vítimas, 20 mil mortos !

10
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Produtos/Resíduos Químicos – O que podem provocar ?


Danos ao Meio Ambiente

Casos  de  câncer,  mulheres  que  pariram  bebês  


sem  cérebro:  como  é  a  vida  na  cidade  que  tem  
o  solo  mais  contaminado  do  Rio  Grande  do  Sul  

creosoto  

11/07/2012
CCA  
10
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Resíduos Químicos – O que podem provocar ?

Danos à Saúde

Algumas Substâncias Químicas Consideradas Carcinogênicas a


Humanos pela Agência Internacional de Pesquisa em Câncer - IARC

Arsênio Cádmio e seus compostos

Chumbo Cloreto de vinila

Benzeno Cromo

Tetracloreto de carbono Formaldeído

Clorofórmio Bifenilas policloradas

Organização Mundial da Saúde – WHO


Programa Internacional sobre Segurança Química
12
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Resíduos Químicos – O que podem provocar ?

Substâncias Potencialmente Tóxicas à Saúde do Trabalhador


e Seus Efeitos
Danos à Saúde

Fonte: Sindiquim 13
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Resíduos Químicos – O que podem provocar ?

Alguns Metais Pesados e Seus Efeitos Danos à Saúde

Fonte: Sindiquim 14
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Produtos / Resíduos Químicos – O que podem provocar ?

Danos à Saúde

Queimadura com Hidróxido de Sódio


(soda cáustica)
Crédito: SESMT/RP 15
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Produtos / Resíduos Químicos – O que podem provocar ?

Danos à Saúde

Opacificação de Córnea
causada por NaOCl

Lesão de Esclerótica e
Córnea com Opacificação
causada por H2SO4
16
Crédito: SESMT/RP
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Resíduos Químicos – O que podem provocar ?

Danos à Saúde

Queimaduras com Ácido Sulfúrico

Queimadura com Ácido Clorídrico

Crédito: SESMT/RP
17
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Produtos / Resíduos Químicos – O que podem provocar ?

Casos Registrados de Intoxicação Humana. Brasil, 2010.


INTOXICAÇÃO QUÍMICA
dados
PRODUTOS QUÍMICOS
29706 OUTROS

34,26%
65,74%
Evolução (cura) dos Casos Registrados de
Intoxicação Humana. Brasil, 2010.

56994 45% cura


55% cura não confirmada + outros

~ 10 pessoas/hora sofrem intoxicação

~ 6 pessoas/hora sofrem intoxicação química

~ 1 pessoa/dia morre por intoxicação


18
Fonte: MS / FIOCRUZ / SINITO
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Produtos / Resíduos Químicos : Acidentes

Estatística de Acidentes do Trabalho, envolvendo Substâncias Químicas


No Acidentes

A B C

Tempo (anos)

curva de acidentes de trabalho em função da experiência profissional

A = falta de experiência B = equilíbrio profissional C = excesso de confiança


19
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Por que GERENCIAR os Resíduos Químicos ?

Legislação Ambiental a cumprir:

ü  Decreto 8.648 (08/09/1976) – prevenção e controle da poluição do meio ambiente.

ü  Portaria 3.214 (08/06/1978) – aprova as Normas Regulamentadoras – NRs.

§  NR 9 : torna obrigatória a elaboração / implementação do PPRA

§  NR 15 : regulamenta as atividades e operações insalubres

§  NR 20 : estabelece normas de armazenagem para líquidos combustíveis e


inflamáveis
§  NR 26 : delibera sobre sinalização e rótulos de produtos perigosos

§  NR 32 : estabelece diretrizes sobre Segurança e saúde de trabalhadores em


Serviços de Saúde
20
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Por que GERENCIAR os Resíduos Químicos ?

Legislação Ambiental a cumprir:

ü  Lei da Política Nacional de Meio Ambiente – no 6.938 (17/01/1981) –


reordena a legislação ambiental brasileira no que se refere às infrações e punições. As
multas variam de R$ 50,00 a R$ 50 milhões.

ü  Lei de Crimes Ambientais – no 9.605 (12/02/1998) – prevê sanções penais e


administrativas para condutas lesivas ao meio ambiente. As multas variam de R$ 50,00 a
R$ 50 milhões.

ü  Resolução do CONAMA – no 357 (17/03/2005) – estabelece condições e


padrões de lançamento de efluentes;

ü  Resolução do CONAMA – no 358 (29/04/2005) – dispõe sobre o tratamento e


disposição final de RSS.

ü  Portaria CVS – 21 (10/09/2008) – define norma técnica sobre gerenciamento de


resíduos de medicamentos perigosos em serviços de saúde.
21
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Por que GERENCIAR os Resíduos Químicos ?

Legislação Ambiental a cumprir:

ü  Resolução da Diretoria Colegiada – RDC No 306 (07/12/2004) – Dispõe


sobre o Regulamento Técnico para o Gerenciamento de Resíduos de Serviços
de Saúde.

ü  Lei da Política Nacional de Resíduos Sólidos – no 12.305 (02/08/2010) –


institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos; altera a Lei no 9.605, de 12 de fevereiro de
1998; e dá outras providências.

ü  Resolução SMA no 38 (02/08/2011) – estabelece a relação de produtos


geradores de resíduos de significativo impacto ambiental.

ü  Lei 14.466 (08/06/2011) – proíbe o uso, por profissionais da área da saúde, de
equipamentos de proteção individual fora do ambiente de trabalho.
22
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Por que GERENCIAR os Resíduos Químicos ?

“Legislação Ambiental” na USP - SGA

ü  Resolução Nº ___, de ________ de 2013

Institui a Política de Resíduos da Universidade de São Paulo

“... dispõe sobre os princípios, objetivos e instrumentos, bem como sobre as

diretrizes relativas a resíduos, às responsabilidades dos geradores de

resíduos e aos instrumentos econômicos aplicáveis”.

22
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Resíduos Químicos e a Universidade

! 1% = Grande problema = Desafio !

Diferente das indústrias: volume diversidade


dificulta padronização das formas de
tratamento e disposição adequada

Pesquisas constantes → Novas tecnologias para


tratamento de resíduos

Universidades → Não podem negligenciar sua posição


de geradoras de resíduos! 23
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Resíduos Químicos e a Universidade

Universidade deve ser exemplo na responsabilidade de


Gerenciamento de Resíduos Químicos

ü  Compromisso social → melhoria da qualidade de vida da


população

ü  Avaliação de impactos ambientais de outros geradores → não


tratamento mitigaria sua credibilidade perante a Sociedade

ü  Treinamento de estudantes → capacita-os a trabalharem dentro


das normas de gerenciamento, minimizando o impacto ambiental
24
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Resíduos Químicos e a Universidade

1970 → Universidades começaram a implantar Programas de


Gerenciamento de Resíduos Químicos (PGRQ) desenvolvimento
maior a partir da década de 80:

•  UFRGS (1994/98) •  UERJ


•  UFPR •  UNESP
•  UFU •  UNICAMP (2001)
•  UFSCar •  UNAERP (2003)

•  USP (1999) → São Carlos (EESC/ICMCSC/IFSC/IQSC), São


Paulo (ICB/IQ/FCF/FM), Piracicaba (CENA), Bauru (FOB),
Ribeirão Preto (EERP/FCFRP/FFCLRP/FMRP/FORP)
25
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Resíduos Químicos e a Universidade

O que é PGRQ ?

Conjunto de ações que visam dar aos resíduos


químicos, gerados nos laboratórios didáticos
e de pesquisa, um destino ambientalmente correto
de acordo com suas características.

26
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Programa de Gerenciamento de Resíduos Químicos – PGRQ

Essas ações compreendem as operações :


CLASSIFICAÇÃO / IDENTIFICAÇÃO

SEGREGAÇÃO / ACONDICIONAMENTO

TRANSPORTE

ARMAZENAMENTO

TRATAMENTO

DESTINAÇÃO FINAL
27
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Programa de Gerenciamento de Resíduos Químicos – PGRQ

RESPONSABILIDADE OBJETIVA

“ QUEM GEROU O RESÍDUO É


RESPONSÁVEL PELO MESMO ”
28
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Programa de Gerenciamento de Resíduos Químicos – PGRQ

Prioridades da Gestão

ü  Minimização da geração de resíduos químicos

ü  Segregação no local de geração

ü  Recuperação

ü  Tecnologias de tratamento


29
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

PGRQ : e eu com isso ?

Gerenciamento de resíduos químicos deve


ser iniciado no laboratório gerador

Todos devem fazer sua parte para que o


resíduo químico não se transforme em lixo
inútil e prejudicial ao Meio Ambiente

30
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

PGRQ : e eu com isso ?

Ações no local da Geração

R e d u z i r

•  Política dos 3 R’s R e u t i l i z a r

R e c u p e r a r

•  Elaboração de um inventário

•  Classificação e segregação dos resíduos

•  Tratamento/destruição dos resíduos químicos 31


Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

PGRQ : e eu com isso ?

1. conhecer a natureza (riscos) do produto/resíduo químico


FISPQ/MSDS

2. elaborar planejamento experimental


FLUXOGRAMA

3. verificar o tratamento adequado


BIBLIOGRAFIA

4. verificar/utilizar material adequado de acordo c/ o tratamento


INFRAESTRUTURA
5. seguir rigorosamente o protocolo de tratamento

UTILIZAR EPI’s ADEQUADOS


REALIZAR PROCEDIMENTOS EM CAPELA DE EXAUSTÃO
32
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Programa de Gerenciamento de Resíduos Químicos – PGRQ

Descarte de resíduos não-perigosos

•  Líquidos solúveis em água (↓ toxicidade)


⇒ Descarte no esgoto após diluição (100 x)
⇒ Orgânicos → biodegradáveis

•  Compostos pouco solúveis (↓ 2%)

•  Soluções aquosas → pH entre 6,0 e 8,0

Substâncias com PE < 50ºC, NÃO devem ser descartadas na pia


33
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Programa de Gerenciamento de Resíduos Químicos – PGRQ

Descarte de Sólidos
Substâncias Substâncias Materiais
Orgânicas Inorgânicas Não-Contaminados
Açúcares: sacarose, Adsorventes cromatog.:
Sílica
glicose, amido etc. sílica, alumina etc.

Aminoácidos e sais Sulfatos: Na, K, Mg,


Materiais de vidro
de ocorrência natural Ca, Sr, NH4+
Ácido cítrico e sais Carbonatos: Na, K,
Papel de filtro
de Na, K, Mg, Ca, NH4+ Mg, Ca, Sr, NH4+

Ácido lático e sais Óxidos: B, Mg, Ca, Sr, Luvas e outros


de Na, K, Mg, Ca, NH4 Al, Si, Ti, Mn, Fe, Co, Cu
+ materiais descartáveis

Ácido nucleico e meio Cloretos: Na, K,


biológico seco Mg, Ca, NH4+

Boratos: Na, K,
Mg, Ca
34
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Laboratório de Resíduos Químicos e o PGRQ

Papel do LRQ

ü  Estabelecer protocolos

ü  Executar tarefas de reaproveitamento

ü  Efetuar o controle de qualidade, visando a reutilização

ü  Criar um serviço interno de troca de reagentes

ü  Colaborar no treinamento de técnicos especializados


35
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Laboratório de Resíduos Químicos e o PGRQ

v  LRQ não será utilizado como depósito

v  LRQ não receberá resíduos biológicos e/ou


radioativos

v  Gastos com serviços de terceiros → unidades


geradoras
36
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

LRQ – Ribeirão Preto


FMRP / FCFRP / FORP / EERP / FFCLRP

Infra-estrutura para atender

ü  Laboratório de Orgânica


ü  Laboratório de Inorgânica
ü  Sala de Análises/Certificação
ü  Sala de Apoio Técnico
ü  Entreposto de Resíduos Químicos
37
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

LRQ – Ribeirão Preto


Localização

38
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

LRQ – Ribeirão Preto

Laboratório
de Inorgânica

Laboratório
de Orgânica

39
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

LRQ – Ribeirão Preto

Entreposto de
Resíduos Químicos

Sala de Análises /
Certificação

40
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

LRQ – Ribeirão Preto

Caixas Diluição /
Neutralização

Transporte Resíd. Quím.

41
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

LRQ – Atividades

identificação + quantificação = inventário


classificação
segregação
rotulagem Lab. Gerador

solicitação de retirada do resíduo

coleta/transporte de resíduos + SESMT

armazenamento no entreposto
LRQ
separação p/ tratamento
tratamento
42
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Rotulagem in situ dos Resíduos Químicos - PGRQ


Ø  Imprescindível para Identificação dos Resíduos

e tratamento/descarte
Informações importantes do Rótulo
⇒ Laboratório gerador
⇒ Responsável pela geração
⇒ Principais componentes
⇒ Riscos químicos

Recipientes apropriados
p/ cada tipo de resíduo 43
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Rotulagem
Rótulo adotado pelo LRQ – Diagrama de Hommel

LRQ - USP Campus Ribeirão Preto

UNIDADE / DEPTO.: XXXXX

3 LABORATÓRIO: YYYYY
RESPONSÁVEL: ZZZZZ

3 0 Componente Principal: Metanol


Componente(s) Secundário(s): Ác. acético
Água

Data do Início do Arm azenamento: 23/01/13


Manusear com Cuidado Quantidade Final: 4 L

Considerar o maior nº para


preencher o diagrama de Hommel
Metanol Ácido acético
Risco à saúde 1 Risco à saúde 3
Inflamabilidade 3 Inflamabilidade 2
Reatividade 0 Reatividade 0
44
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Rotulagem
Diagrama de Hommel / Diamante do perigo
Inflamabilidade
Risco à saúde
Pontos de fulgor
4. Fatal
4. < 22 ºC
3. Extremamente tóxico
3. < 37 ºC
2. Tóxico
2. < 93 ºC
1. Ligeiramente tóxico
1. > 93 ºC
0. Normal 3 0. Não inflamável
3 0
Reatividade
Periculosidade
específica 4. Pode explodir
3. Pode explodir com
Oxidante: Ox aquecimento ou choque
Não misture com 2. Reação química violenta
água: W 1. Instável, se aquecido
0. Estável

informações p/ preenchimento na FISPQ / MSDS 45


Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Rotulagem
Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico - FISPQ
(Material Safety Data Sheets – MSDS)

Modelo elaborado pela Associação Brasileira de Normas Técnicas


(ABNT) - (NBR 14.725/01)
Vigora desde 28/01/02
Utiliza como referência a International Standard Organization (ISO) –
Organização Internacional de Padronização

FISPQ: Documento Público


Deve ser fornecido sempre que solicitado.
Suas informações são imprescindíveis ao treinamento profissional.
Deve ser imediatamente atualizado em razão de alteração da
legislação aplicável ao produto químico ou mudança de sua
formulação.
46
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

FISPQ (Seções)

1.  Identificação do produto e da 9.  Propriedades físico-químicas


empresa 10.  Estabilidade e reatividade
2.  Composição e informações sobre 11.  Informações toxicológicas
os ingredientes 12.  Informações ecológicas
3.  Identificação de perigos 13.  Considerações sobre tratamento e
4.  Medidas de primeiros socorros disposição
5.  Medidas de combate a incêndio 14.  Informações sobre transporte
6.  Medidas de controle para 15.  Regulamentações
derramamento ou vazamento 16.  Outras informações
7.  Manuseio e armazenamento
8.  Controle de exposição e proteção
individual

www.cetesb.sp.gov.br hazard.com/msds www.avantormaterials.com


47
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Rotulagem

Saúde: 3
National Fire
Inflamabilidade: 2 Protection Association
The authority on fire, electrical, and building safety
Reatividade: 0
48
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Rotulagem

Saúde: 1
Inflamabilidade: 3
Reatividade: 0
49
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Rotulagem

X
Exemplos

Rotulagem
incorreta

Rotulagem correta
50
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

LRQ – Atividades
Tratamento do resíduo
físico-químico

NEUTRALIZAÇÃO
DESTILAÇÃO
PRECIPITAÇÃO
PROCESSO OXIDATIVO AVANÇADO - POA

Destino Final
ATERRO INDUSTRIAL

INCINERAÇÃO
Rateio dos Custos
51
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

LRQ – Atividades

Recuperação de Solventes
destilação fracionada

•  Xilol
•  Acetona
•  Etanol
•  Metanol
•  Hexano
52
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

LRQ – Atividades
Sistema para destilação de solventes

53
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

LRQ – Atividades
Análise do Produto Recuperado
! Produto Recuperado
etapa mais dispendiosa
recebe Certificação !

Refratometria
Cromatografia

Produto Certificado para


Reutilização

54
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

LRQ – Atividades

Destruição de alguns compostos orgânicos

•  Acetonitrila hidrólise básica

•  Fenol / Formol processo Fenton

•  DAB oxidação por KMnO4 / Fenton

•  BE oxidação H3PO2 / NaNO2 / Fenton


55
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

LRQ – Atividades
Tratamento de alguns compostos inorgânicos

•  Cromo precipitação com OH-

•  Chumbo precipitação com S2-

•  Prata precipitação com Cl- /


eletrólise

56
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

LRQ – Atividades
Rotulagem in situ dos frascos

Acondicionamento para transporte

Contato com LRQ solicitando


retirada do resíduo químico

Transporte do resíduo químico


Fluxograma
Geral
Disposição adequada no
entreposto do LRQ

Tratamento do resíduo químico

Certificação química Descarte

Disposição adequada no
entreposto do LRQ

Bolsa de Resíduos Químicos Laboratório gerador


57
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

LRQ – Atividades
LRQ tem papel ativo em ...

Envio de material - Incineração


⇒ Passivo químico → empresas incineradoras

Envio de material - Reciclagem


⇒ Frascos quebrados, embalagens plásticas
→ reciclagem ou USP Recicla

Auxílio - Emergências
⇒ LRQ (+ SESMT) → derramamentos/vazamentos
retirada do produto/descontaminação
58
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

LRQ – Avaliação da Experiência


2002
Implantação do LRQ / PGRQ

2006
Retomada das atividades do LRQ / PGRQ
(apoio LRQ - São Carlos)

2007 - 2012
Tratou e recuperou ~ 3500 L de solventes
Neutralizou ~ 9500 kg de resíduos químicos
Gerenciamento de resíduos incineráveis

20 ...
Atendimento aos + de 340 laboratórios geradores
de resíduos do Campus - Ribeirão Preto 59
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Conclusões

ü  Geração de resíduos é inevitável, gestão obrigatória

ü  Responsabilidade Objetiva

ü  Programa de Gerenciamento de Resíduos


⇒ Geração
⇒ Tratamento
⇒ Descarte final

ü  Conscientização e Meio Ambiente


60
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Obrigado

www.prefeiturarp.usp.br/lrq
lrq.pc@usp.br
3602-3945 / 4596
Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP
Laboratório de Resíduos Químicos

Questões

1. Como você, enquanto químico, pode contribuir para


evitar que os resíduos químicos gerados nas atividades
de ensino/pesquisa se tornem um problema?

2. Se você tivesse, em seu laboratório, diversos


resíduos devidamente identificados, como você
realizaria o gerenciamento/tratamento dos mesmos,
baseado nas informações aqui apresentadas?

Segurança em Laboratórios de Química – FFCLRP/USP

Você também pode gostar