Você está na página 1de 10

09/08/2018

Morfologia Vegetal: órgãos Objetivos:


reprodutivos • Descrever a morfologia dos órgãos reprodutivos.
• Reconhecer as estratégias de dispersão dos
vegetais e a sua importância na colonização de
novos habitats.

1 2

Revisão de conceitos
Morfologia da flor
Esporângio: estrutura produtora de esporos.
Esporogênese: processo de formação de esporos

Esporo – uma das 4 células haplóides resultantes


da meiose da célula-mãe (2n) de esporo.
Reprodução no meio terrestre:
Meiose I e II
Ciclo

e estruturas de dispersão.
Célula-mãe de esporos (2n)
3
Tétrade esporos (n)
4

Esporófito (Phyton = planta) – planta (2n) que O ciclo de vida de uma angiosperma possui três
produz os esporângios os quais por divisão fases alternantes:
meiótica produzem os esporos (n).
1. Esporofítica (2n) – produção de esporos (n).
O esporófito é desprovido de sexualidade. Assim, a flor
produzida pelo esporófito também é assexuada. Geração assexuada.
2. Gametofítica (n) – produção de gametas (n).
Gametófito – planta (n) que produz os Geração sexuada.
gametângios os quais produzem os gametas via
3. Terceira fase: Geração auxiliar (xenófito ou
divisão mitótica.
O gametângio apresenta sexualidade. endosperma) Mariath et al., 2013 in Appezzato-
da-Glória.
5 6

1
09/08/2018

• Plantas avasculares e vasculares sem • Plantas vasculares com sementes – o esporo


sementes – os esporos são as unidades de é apenas uma fase intermediária.
dispersão. Gimnosperma Angosperma

Esporos – dispersos pelo vento.


Gametas masculinos – carregados pela água. 7 Unidade de dispersão? 8

Esporófito
Angiospermas Phyllon = folha
☞ Esporófito heterosporado Planta
Esporófilo: folha que
contem tecido (esporângio)
Heterosporia capaz de sofrer meiose e
produzir esporos (n).
Dois tipos de esporos (n) os quais são definidos Gineceu (Carpelo
Estame (equivalente ao
Microsporófilo) equivalente ao
com base na sua função: Megasporófilo)
1. Micrósporo (andrósporo)
Microsporângio Megasporângio
2. Megásporo (ginósporo) (Androsporângio) (Ginosporângio)
Meiose Meiose
Hetrosporia - Permite um desenvolvimento separado
e diferente das duas plantas gametófitas. Micrósporo (n) Megásporo (n)
9 (andrósporo) (ginósporo) 10

Micrósporo (n) Megásporo (n) 1. Redução do tamanho e da complexidade do


(andrósporo) (ginósporo) gametófito; retenção do mesmo no interior
do esporófito; dependente do esporófito.
Mitose Mitose Gimnospermas
e angiospermas
Microgametófito (n) Megagametófito (n)
(andrófito, (ginófito,
grão de pólen) saco embrionário)

Angiospermas: gametófitos unissexuados


reduzidos e com desenvolvimento endospórico.

Mudanças no ciclo de reprodução na Esporófito


Gametófito pequeno Gametófito reduzido
pequeno e
conquista do meio terrestre 11
dependente e independente e dependente
do gametófito do esporófito do esporófito12

2
09/08/2018

☞Angiospermas (a) e Gimnospermas (b)


“Óvulo” – estrutura formada pelas
partes estéreis do esporófito Megasporófilo
(tegumentos) e o ginosporângio Óvulo
(nucelo), os quais envolvem e
protegem o gametófito feminino. “Óvulos”
Bráctea

Ovário

Angiosperma Gimnosperma

O óvulo não é o gameta feminino. Gimnospermas – “Óvulos” Angiospermas – “Óvulos”


desprovidos de proteção. protegidos pelo ovário.
Termos mais corretos: rudimento seminal ou
primórdio seminal.
13 14

Tegumentos envolvem o megasporângio (nucelo) Megásporo (n) ➔ Gametófito reduzido,


➔ Megásporo retido e protegido. endospórico e de VIDA NÃO LIVRE – retido no
interior do megasporângio e dentro do “óvulo”.
Nucelo com
célula-mãe de
megásporo (2n)
Megagametófito (ginófito ou
saco embrionário) com a
i - tegumento oosfera (n).
ii – tegumento interno
oi – tegumento externo
m - micrópila
“Óvulo” “Óvulo” Qual a importância do surgimento de um
Angiosperma Gimnosperma gametófito de vida não livre e dependente do
15
http://www.nature.com/nature/journal/v450/n7173/images/nature06393-i2.0.jpg
esporófito? 16

Somente após a fertilização e desenvolvimento Avasculares e vasculares sem sementes:


do embrião ocorre a liberação da estrutura
que agora se chama ➔ semente. dependência da água para reprodução.

Gimnosperma Angiosperma
Gametas Gametas ♂
flagelados.
Gameta Dependência
Esporos
da água para
o encontro
dos gametas.
Uma solução diferente para Tegumento
resistir às condições adversas
do ambiente e dispersar seus
descendentes. Embrião
17 18

3
09/08/2018

Células espermáticas, protegidas pelo envoltório


2. Independência da água para reprodução. do grão de pólen, são depositadas próximo do
destino final (a oosfera) via tubo polínico.
▪ Gimnospermas e angiospermas Carpelo

Gimnosperma
Polinizadores Pólen no estigma
Megagametófito Pólen na micrópila
Microgametófitos
(grão de pólen)
Tubo polínico
Envoltório Célula
vegetativa Gameta
feminino

Angiosperma
Célula generativa
(Dará origem aos gametas) Gametas masculinos

Ocorre polinização em vez de células móveis Portanto, o pólen com seu tubo polínico eliminou
que nadam. 19 a necessidade de água para a fecundação. 20

3. Flores. Somente nas angiospermas. Maior


Morfologia da flor
eficiência na transferência do pólen.

4. Frutos. Somente nas angiospermas.


Vantagens no processo de dispersão.

21 22

A - Introdução .... às mais sofisticadas e vistosas.


• Perfeição de formas e cores .... das
mais simples e pequeninas ....

Rafflesia - Maior flor do mundo (≈ 1m de


Wolffia - menor angiosperma diâmetro).
http://waynesword.palomar.edu/ww Planta parasita (Holoparasita) das florestas da
23 24
0601.htm Indonésia.

4
09/08/2018

• Surgimento da flor ➔ Há ± 130 milhões de


anos - insetos primitivos comiam os óvulos • Pressão seletiva para proteger os óvulos.
(rudimentos seminais) das gimnospermas que ➔ estrutura para proteger os óvulos sem
ficavam expostos. impedir a aproximação dos gametas.
Cycas revoluta Óvulo
Óvulos
Megasporófilo

Gineceu
Ovário
Óvulos expostos
sobre megasporófilos.
• Pólen cai diretamente Óvulos
sobre a micrópila. (rudimentos seminais)
Araucaria - Estróbilo
• Planta anemófila. com sementes
25
http://media.web.britannica.com/eb-media/39/91239-034-44353E32.jpg
26

A flor é o órgão de reprodução Quais seriam estes novos polinizadores?


das angiospermas.
Como atraí-los?
Como garantir a constância de suas visitas?
Gineceu

Estame Mas o que ocorreu ➔ Recursos energéticos,


com a polinização? ou seja, alimento para o
polinizador.
Angiospermas - óvulo protegido pelo ovário.

➔ Necessidade de mudar para um agente ✓ mantinha a constância das visitas e


polinizador mais efetivo. 27
criava uma interdependência. 28

Flor com conjunto de atrativos e adaptações, Flor é:


os quais são oriundos de um processo de • um ramo modificado,
co-evolução, ao longo do tempo, entre as • com crescimento definido,
plantas e animais:
• com folhas transformadas – antofilos
• Flores coloridas. - Estéreis (sépalas e pétalas)
• Flores perfumadas. - Férteis (papel masculino e
feminino na reprodução)
• Grande quantidade de pólen e néctar. Gineceu
Estame
• Flores com diferentes formatos.
4º Verticilo Pétala
• Período de abertura da flor. 3º verticilo Latin: Verticillus, diminutivo de
Vertex = pequena roda
2º verticilo
• Etc.... 29 Sépala 30
1º verticilo

5
09/08/2018

1. Plantas monocárpicas - (mono = um; grego


karpós = fruto).
Só florescem uma vez durante a sua vida.
B) Classificação das plantas em relação Anuais Semente
Bianuais
ao número de vezes que cada indivíduo Algumas perenes
(Bambús)
floresce (reproduz) antes de morrer. Morte Crescimento
vegetativo

31 Reprodução 32

2. Policárpicas – florescem muitas vezes C) Origem da flor e de suas partes


antes de morrer (plantas perenes). • Meristema apical do caule (principal ou
Morte - Após lateral).
vários anos Flor
• Seqüência de mudanças estruturais e
fisiológicas ➔ ápice reprodutivo.
Planta adulta Fruto

Planta jovem Semente


Meristema vegetativo

• Para algumas espécies ➔ fechamento do ciclo


Germinação 33 de vida. 34

D) Estrutura de uma flor completa E - Variações na estrutura da flor


Flor completa – Apresenta todas as estruturas
Estame acima citadas.
Flor incompleta – Quando faltar qualquer uma
das peças florais.

(1 ou +
Carpelos)

Pedúnculo (eixo) 35 36
http://www6.ufrgs.br/napead/objetos/edital13/fase1/45-Rinaldo/flor1.php

6
09/08/2018

Flor perfeita (andrógina) – Quando possui Sexualidade versus Esporidade


androceu e gineceu. (Mariath et al., (2013) in Appezzato-da-Glória)

• Sexualidade dos gametófitos (planta


Flor imperfeita – Quando faltar uma das peças
gametofítica) – sempre unissexuais.
florais férteis.
Uma flor imperfeita é Gametófito
também incompleta, no interior do “Óvulo”.
mas nem todas as Grão de pólen ( )
flores incompletas
são imperfeitas.
• Esporidade do esporófito (planta esporofítica):
1. Flor monospórica – flor ginospórica ou flor
androspórica.
2. Flor bispórica – flor androginospórica (Flor
37 perfeita). 38

1. Na flor Hermafrodita –
F – Esporidade não apropriado
gr. Kline = cama

1. Na flor
Flor perfeita,
2. Na planta andrógina,
androginosporangiada
ou
monoclina
Terminologia Flor pistilada Flor estaminada
ou ou
Ginosporangiada Androsporangiada
39 ou diclina ou diclina 40

2. Na planta ➢ Espécie dióica


(Segundo Gonçalves e Lorenzi) Duas classes de indivíduos:
• Planta dióica pistilada ou carpelada.
➢Espécie monóica (gr. Oikos = casa)
• Planta dióica estaminada (Flores estaminadas).

Flores
monoclinas
Flores diclinas
Ou

41 42

7
09/08/2018

G - Inflorescência
➢Espécie polígama Sistema caulinar reprodutivo ➔ contém flores.
• Quanto ao número: uniflora ou pluriflora
Na mesma planta ocorrem:

• Flores perfeitas e

• Flores imperfeitas (diclinas).

43 44

• Quanto à posição: Axilares ou terminais. Qual a vantagem para a planta a produção de


inflorescências plurifloras?

1. Facilita a polinização via maior estrutura floral.


2. Maior eficiência na captação de pólen pelo
polinizador.
45 3. Maior deposição de pólen pelo polinizador. 46

Flor Tipos de inflorescências


Flor 1 - Indefinida, racemosa ou monopodial ➔ As
Pedúnculo flores se abrem de baixo para cima ou da
Pedicelo periferia para o centro.

Bráctea

Pedúnculo

Inflorescência
uniflora Inflorescência pluriflora
47 Crotalaria 48

8
09/08/2018

Indefinidas, racemosas ou monopodiais Sicônio – variação do capítulo, cujo eixo


(receptáculo) é dilatado e fechado (Souza, 2003).
☞ É uma inflorescência indefinida segundo Souza et al.,
2003; Vidal e Vidal (2003) consideram como definida.
Disco

Bractéola Umbelas
Espiga simplel
Cacho Corimbo Capítulo Capítulo
Dddddd
Sicônio pode conter:
Dddddd
Bractéolas
Dddddd ✓Flores estaminadas e flores
Dddddd
Brácteas
carpeladas
Umbela Tirso
Corimbo dddddd
Panícula composto
(Composta homogênea) ✓Só flores estaminadas
d
(Compostas homogêneas)
http://www.northernontarioflora.ca/images/inflorescence_types1.jpg
49 ✓Só flores carpeladas 50

Ficus Estame Brevistila Longistila 2 - Definida, cimosa ou simpodial ➔ eixo da


Flores inflorescência termina numa flor. Novas flores
imperfeitas surgem nas ramificações abaixo da principal
e apétalas
➔ As flores se abrem de cima para baixo ou
do centro para a periferia.

Sicônio
Blastophaga Ovário com estilete curto
➔ contem uma larva.
Ovário com estilete longo
➔ fruto (aquênio).
52

Monocásios, cimeiras ou uníparas


(gr. Khasis = divisão) Dicásio simples
ou
Na base de cada flor surge uma nova flor terminal Cimeira bípara
Primeira flor Nova flor
terminal

Primeira
flor

Helicóide Escorpióide
Dicásio composto
(hélice) 53 54

9
09/08/2018

Capítulo: As flores da Asteraceae são de 2 tipos:

Inflorescência da família Asteraceae Flor tubular do disco


Flor ligulada
Grande variação na estrutura do capítulo. (corola gamopétala)
do raio (flor marginal)

Periclínio (conjunto de brácteas)


56
Filária = bráctea involucral

Flor tubular do disco


Flor ligulada
do raio Estigma
bífedo
Anteras (5)
5 estames
Neste gênero unidos (anteras)
faltam as partes
reprodutoras (flor
neutra) Corola (5)
Helianthus ➔ atração

Papus (cálice modificado)


Corola ligulada zigomorfa l. Ligula = colher
– 1 a 5 lobos fundidos numa estrutura alongada Ovário inferior
57 58
http://ohioplants.org/families-asteraceae/

Tipos de papus e função


Os capítulos podem conter:
1. Só flores perfeitas (Vernonia)

2. Flores dos bordos neutras e as do disco


perfeitas (Helianthus)

3. Flores dos bordos carpeladas e as do disco


estaminadas (Acanthospermum)

4. Flores carpeladas e flores estaminadas em


plantas diferentes (Baccharis). 59 krigia virginica 60
Decíduo

10