Você está na página 1de 17

DESAPEGO DO SEXO!

Budha: "Todo o sofrimento humano é falta de controle dos sentidos.


Por causa dele, o homem fica preso no cativeiro das paixões!"
O ensinamento da Real está completamente correto quando fala que devemos desapegar
das mulheres, mas isso não torna suficiente, pois muitos Guerreiros estão ainda
apegados ao sexo. Esqueceram da parte principal, que é desapegar do sexo, que não
significa fazer voto de celibato, que são coisas completamente diferentes.

O ocidente tem dificuldade de entender o ensinamento oriental, pois a pratica do


desapego é à base de todas as religiões orientais, principalmente o budismo, ensina que
devemos ser desapegados de tudo. Ser desapegado significa não ter a sensação de
posse, que iremos perder as coisas a qualquer momento e devemos estar completamente
preparado para isso.

Toda a sensação de perda existe por que temos a falsa sensação de posse, mas se
estiver desapegado não irá sentir falta com a perda. Devemos ser desapegados com as
mulheres, família e sociedade, isso não significa que iremos ficar frios e egoístas, mas
sim conscientes que nada é eterno.

Quando falo que devemos ser desapegados ao sexo, não significa que iremos fazer voto
de celibato, nunca mais iremos nos relacionar com alguém e iremos ignorar a outra
pessoa. Ser desapegado do sexo significa não ser escravo dele, ficar com a mente fixa
sempre em alguma mulher, olhar para uma mulher na rua e depois ir ao banheiro se
masturbar, não ficar excitado quando ver uma gostosa nos meios de comunicação ou na
rua, fazer qualquer sacrifício para ter relações sexuais e assim por diante.

De acordo com a doutrina budista e hinduísta, sexo não é vida, faz apenas parte da
pequena parcela da vida, pois foi criado para gerar vida, mas mal utilizado pode gerar a
morte. Sexo ao contrário que muitos pensam não é biológico, é mais psicológico, porque
ele é mais ensinado e incentivado por fatores externos do que internos.

A maior vitima disso tudo são os homens, que são bombardeados todos os dias pelos
meios de comunicações, por imagens de mulheres exuberantes, nas ruas as mulheres
usam roupas provocativas, pornografia e sensualismo na publicidade, ou seja, existem
todos mecanismos que faz os homens ficarem com a mente fixo em alguma mulher. O
pior de tudo, o homem acredita que isso é “instinto” natural, que começa a dar
justificativas para a sua escravidão sexual. Ele começará dizer que é “instinto primitivo”,
“que os nossos antepassados”, que é “nosso DNA” e assim por diante.

Quando apresento a tese que o sexo é mais psicológico do que biológico, o individuo
entra em desespero, começa a defender com unhas e dentes, que isso é uma coisa
natural, que quando mais praticar sexo está obedecendo a sua natureza.

Em consequência disso tudo, ele sofre, se lamenta, mas mesmo assim, não quer
se libertar o cativeiro do sexo. Ao contrário, esta disposto a fazer qualquer sacrifício para
ter relações sexuais, sai com uma mulher, mas quando não consegue ter relações
sexuais com ela, se sente totalmente frustrado. Dessa frustração surge a ansiedade, que
por sua vez, gera a depressão.
Ser desapegado do sexo significa não sofrer quando não pratica, não sentir frustrado
porque não conseguiu ter relações sexuais, olhar para uma mulher na rua e depois ir ao
banheiro se masturbar, não fazer grandes sacrifícios para ter sexo e assim por diante.
Não confunde isso com celibato!

Uma pergunta ao leitor, você fica facilmente excitado quando vê um rabo de saia?
Quando vê uma mulher perde totalmente o controle de si mesmo, ficando nervoso? A
beleza de uma mulher, te deixa impressionado? Faz dividas para sair com uma mulher?
Se for sim, significa que é apegado ao sexo.

Por que não se liberta disso? No fundo não quer se libertar disso, porque foi ensinado
que o sexo é uma coisa natural, como comer, beber, urinar e defecar, então não tem
como se libertar do poder do sexo, certo? Mas, não estou falando em celibato, e sim não
ser escravo do sexo, fazendo grandes sacrifícios para ter relações sexuais. Libertam-se
desse cativeiro, para de pensar em sexo o tempo todo, pois isso que ocasiona o seu
sofrimento.

Que sejam felizes e superam as paixões!


OS COMEDORES DE LIXO.
O mito que os homens só querem mulheres bonitas e gostosas, por isso que estão
sozinhos, não passa de uma falácia na propaganda feminista, porque esse
comportamento masculino se dá mais na adolescência, mas com o passar do tempo, lá
pelos 17 ou 18 anos de idade, o jovem começa a perceber que as jovens da mesma idade
do que a deles, já tem donos. Muitos homens já percebem desde jovens, que nunca vão
pegar uma mulher top, que elas sempre vão preferir os destacados, viciados, bandidos e
vagabundos.

Então o rapaz jovem começa a olhar as mulheres mais inferiores, mas obtém a mesma
resposta, ou seja, tanto as bonitas e gostosas, feias e bagulhões, irão rejeitá-lo por causa
da sua condição financeira. O feminismo quer convencer que o problema está no homem,
nunca na mulher, por isso, que se encontra sozinho.

Quando era mais jovem, o que mais escutei das mulheres foram as palavras “segurança”
e “conforto”, tanto das bonitas e feias. Dependendo do lugar que ia, elas perguntavam
primeiro a sua profissão e depois o seu nome. Dependendo da resposta que falava onde
trabalhava, ela te dispensava ali mesmo.

Muitos homens para não ficar na punheta se tornaram comedores de lixo, que são
mulheres extremamente feias, que não vou descrever as características delas, por causa
do politicamente correto. Mesmo comendo lixo, ainda escuta merda delas, ainda mais se
o cara for desempregado ou trabalha em subemprego.

O que muitos homens não sabem, comendo lixo no futuro sentirão frustrados pensando
“Só peguei mulher merda, só bagulhão, nunca comi uma top ou transei com mulheres da
minha idade!”, isso destrói realmente a autoestima dele. Já conversei com Confrades
dizendo que só transa com mulher lixo, feias, gordas, velhas, etc, não porque gostam,
mas sim por ser mais fáceis. Alguns dão justificativas dizendo “Gosto de mulheres mais
velhas!”, sabemos que isso é mentira, ele criou um mecanismo de defesa e até mesmo
usa a fantasia para justificar o seu comportamento.

O que estou querendo dizer com isso? Pegando esses tipos de mulheres, futuramente
pode lhe causar traumas e frustrações, sentirá um complexo de inferioridade, uma bosta,
pois quando ver um outro homem acompanhado de uma mulher bonita e nova, sentirá
inferior, ficando um buraco na sua vida. Na época da adolescência criaram fetiche por
mulheres mais velhas e feias, justamente na época que não come ninguém, ainda com a
ajuda da pornografia facilitou os jovens a terem esses tipos de comportamentos. Por não
pegar ninguém, foste para o caminho mais fácil, afetando a sua autoestima, que impede
o seu desenvolvimento em outras áreas, principalmente profissional, afetando seriamente
o lado financeiro.

Sentido frustrado porque comeu somente lixo na sua vida, isso gera bloqueios mentais,
impedindo o desenvolvimento financeiro, desesperado pensa em suicídio, porque não
tem dinheiro para pagar uma simples passagem de ônibus. E ainda tem aqueles que
sentem mais frustrados, porque além de terem pegado feias, mães solteiras e velhas
foram esculachados por elas, por ser pobre.

A pior parte quando o homem faz um “ritual de sacrifício” é quando sai de mãos dadas
com uma mulher feia e velha na frente da galera, desfila com ela e no final não come a
mulher. Puta que pariu.
Conheci um maluco de 27 anos de idade, boa pinta (porém é pobre) comeu uma angolana
Bola 7, (preta e gorda), mãe de 8 filhos, foi presa por tráfico internacional de drogas, saía
de mãos dadas com ela na rua, a galera zoava muito o cara. Um dia ela foi busca-lo na
frente da galera, perguntou na frente de todos “Você tem vergonha de mim? Você não
me ama? Eu te amo!”. Já passaram mais de 5 anos, o cara se mostra extremamente
arrependido e traumatizado, e a pior parte não é isso, foi a última mulher que comeu. A
mulher era feiticeira lá na Angola, parece que fez um trabalho para ele, nunca mais
arrumou outra mulher. Parece piada, mas foi verdade.

O que estou querendo dizer para vocês Confrades se for para o caminho mais “fácil”, por
comerem lixos, isso pode ter uma repercussão negativa nas suas vidas, terão
arrependimentos, mas não tem mais como voltar mais. Sentirão como fosse equivalente
“molestados”, por terem feito sexo com pessoas desprezíveis, mesmo sendo consentido.
Eu sei que muitos homens não possuem recursos de pegar uma mediana ou da mesma
idade, mas comer lixo não irá atrair resultados satisfatórios nas suas vidas, pois em vez
de melhorar, irá piorar muito a sua saúde mental e física, sentindo-se todo complexado.

Sejam felizes e superam todas as paixões.


AS MULHERES NÃO AMAM OS HOMENS!
Todas as mulheres, (generalizando mesmo literalmente) têm uma mentalidade
extremamente forte, que todos os homens não prestam, são apenas máquinas de fazer
sexo e merecem sofrer todas as mazelas da vida. Isso ocorre por que desde criança,
ouvem histórias tristes de outras mulheres, que sofreram nas mãos de um homem cruel,
então crescem com paranoia disso. Muitas mulheres já assumiram que nunca sofreu
maus tratos nas mãos de um homem, mas devido o histórico de outras mulheres, ela se
sente na função de se vingar, mesmo que o homem seja inocente.

Elas nascem, crescem e são educadas com o sentimento de que todos os homens são
maus e por isso, deve destruí-lo a qualquer custo. Elas sabem que não possuem força
física para isso, então usam a sedução e o sexo na função de dominar e destruir. Isso é
duro e triste para um homem, pois se ele levar isso em consideração fica totalmente
maluco, como pode amar uma coisa que te odeia e quer destruí-lo? Como desconstruir
uma coisa imposta na sua mente, porque foi ensinado desde pequeno, que as mulheres
são seres angelicais, desprovidos de todos os males, e de repente descobre que é um
ser satânica que quer destruí-lo através do emocional? Com certeza muitos iriam
enlouquecer.

Entendo por que muitos estão se revoltando contra a Real, por que se levar em
consideração o nosso pensamento, o homem deixará de gostar de mulher e com isso
sente a sua masculinidade ameaçada, por isso, que muitos estão voltando para matrix,
com medo de se tornar homossexual. Na Real existe o período que chamamos de “ódio”,
é quando o novato toma consciência do que aconteceu com ele e então se desenvolve
um ódio gigantesco a tal ponto que renega totalmente a mulher. Isso é somente uma fase,
mas não consegue superar e se adaptar, então resolve voltar para a matrix, traindo assim
o movimento.

Chamo de Traidores da Real, não porque abandonou o movimento, cada um é livre para
seguir o que quer, mas o que fico chateado, que quando precisou de ajuda, nós ajudamos
com maior prazer, e depois começa falar mal de nós, na intenção de derrubar o
movimento.

Desde os tempos do Okut (onde foi a nossa formação) já tinha conversado com alguns
confrades, dizendo que estavam com pensamentos homossexuais, o que deveria fazer
para sair dessa situação, pois não queriam ser gays ou ser escravo de buceta. Todos os
homens que são escravos de buceta, na realidade são enrustidos, porque precisa se auto
afirmar que tem mulher, mas no fundo sabe que a verdadeira natureza feminina que são
fúteis e interesseiras.

A doutrina do desapego é muito falido para isso, o que aconteceu na realidade foi que o
homem se desapegou da mulher, mas não do sexo, então a mente começará a ter
pensamentos homossexuais. Já que ele tomou a consciência de como é a natureza da
mulher, a mente irá mudar de foco, irá focar em homens, então entra em desespero e
resolve voltar para a matrix imediatamente se revoltando contra nós.

Se o homem chegou a esse ponto, ele deve se desapegar do sexo, parar em pensar em
sexo 24 horas por dia, de domingo a domingo. Mas muitos homens possuem o sentimento
de medo de ficar sem sexo, começa a dar várias justificativas dizendo que é “instinto
primitivo”, “que os nossos antepassados”, “é o DNA”, etc tudo na função de justificar a
sua escravidão na buceta.
Desapego não é uma doutrina satânica, é a base de todas as religiões orientais como
hinduísmo, budismo e taoísmo, mostrando que nada é nosso, que o mundo não foi feito
para satisfazer toda a nossa vontade. Ensina também que devemos ser desapegados
não somente em questão de relacionamentos, mas sim em tudo na vida, ser desapegado
da família, da sociedade, ou seja, em tudo que o cerca. Isso não significa que iremos ficar
frios e sem sentimentos, mas ao contrário, no torna forte e não iremos sofrer se tiver
alguma perda. Um proverbio budista que diz “Quer conquistar o mundo despreze-o!”.
Lembra-se de que as mulheres não amam os homens, não gostam de sexo, elas
acreditam fielmente que fomos feitos para servi-las e nunca ficam satisfeitas por mais que
façamos por elas. Desapegue de tudo, principalmente de sexo!

Sejam felizes e superam as paixões.


OS HOMENS SÃO TOTALMENTE DEPENDENTES DAS MULHERES!
Estou percebendo que ultimamente que cresceu blogs, sites, fórum, etc querendo
combater a Filosofia da Real, mas todas as tentativas estão sendo frustrados e o
desespero esta chegando a tal ponto, que estão querendo nos associar como criminosos.
O motivo disso tudo é o desespero só de imaginar, que não pode ficar sem as mulheres,
então começam a xingar em vez de argumentar daquilo que falamos.

Alguns dizem que estamos sendo “vingativos”, porque sofremos alguma decepção e
estamos querendo influenciar os mais jovens a se afastarem das mulheres. Realmente
em certo ponto seria uma “vingança”, mas quem disse que ela é ruim? A palavra
“vingança” em grego também significa justiça, então o que a Real esta promovendo é
apenas uma justiça social. Mas, se quiserem associar a Real como vingança, então Foda-
se.

Morro de rir quando nos chamam de viado, punheteiro, frustrado e pega ninguém, sempre
os mesmo clichês, nunca mudam a porra do disco. Lamento informar que tenho mulher,
mas não levo a sério. Uma coisa afirmo para vocês, no dia que ficar impotente, as
mulheres perderam a serventia para mim.

Mas, vocês não, principalmente quem critica a Real, são covardes e medrosos, já criaram
dependência delas, pois se as mulheres sumissem aposto que cometeriam suicídio
coletivo. Como disse antes, a Real não oferece esperanças, principalmente numa era que
o feminismo fez uma lavagem cerebral a nível internacional.

Falam que os Guerreiros da Real só transam com garotas de programa, isso é decisão
pessoal de cada um, uns são a favor outros são contra, eu principalmente sou contra,
mas não critico ninguém, por que sei perfeitamente que homens simples ficam meses ou
anos sem ter relações sexuais. Pois quem critica esses homens, são na realidade
escravos de buceta, que se submetem a qualquer coisa para ter sexo.

Qual é o mal se um Guerreiro resolveu se relacionar com prostitutas? Quem disse que
deve ter um relacionamento sério para mostrar que não esta sozinho? A Real não dita
regras, apresentamos ideias, seguem quem quer. O que mais me chama atenção nesses
escravos de buceta, que eles mesmo admitem que escrevemos muitas coisas
interessantes, mas como generalizamos, eles ficam revoltados, porque tem esperança
de encontrar a mulher exceção.

Vou dizer a vocês, se estão esperando encontrar Maria Exceção Nova, estão perdendo
totalmente tempo, pois a mulher só se comporta depois dos 30 anos, depois que chupou
muita piroca, rodou na pica dos cafajestes, o peito parecendo ovo frito, mãe solteira com
3 filhos com 3 pais diferentes, nesse fase, realmente encontrara uma mulher comportada.
Por isso, que não levo relacionamento a sério, não quero ser Capitão Salva Putas.
Encorajo mesmo não correr atrás delas, não sejam submissos, não faça favores, amizade
só se for colorida.
COMO SUPERAR AS PAIXÕES!
Sempre é um prazer de ajudar um Confrade, quando precisa de ajuda, assumo que a
Real se tornou a minha “cachaça”, pois a respiro 24 horas por dia, pois vejo que muitos
homens estão passando pelo inferno das paixões. Acredito que todo mundo já sabe da
minha história, onde sofri mais de 10 anos de depressão profunda, pois a única diferença
de mim para um vegetal, que ele era verde e eu não. Encontrava-se no estado vegetativo,
vivia chorando e sofria grandes aflições desse inferno emocional. Sai desse estágio mais
de 10 anos, pois adquiri um conhecimento profundo de como sair dessa situação. Pois
me encontrava em 2 situações, ou superava as paixões ou era destruído por ele.

Em primeiro lugar para superar as paixões deve saber o que te levou para ser uma pessoa
carente, porque a sua mente sempre fica fixo em alguma mulher, porque se apaixona tão
facilmente, ou seja, tem que saber as origens do seu comportamento de apaixonamento.
Posso citar o meu exemplo, a origem da minha carência, tudo foi por causa dos filmes
românticos, que falava que existia a sua alma gêmea, os comerciais de tv que mostravam
o amor romântico, então cresci acreditando nisso.

Quando era criança tinha sido muito discriminado, pelas pessoas e pela minha família,
então por carência jogava toda a minha atenção no afeto feminino. Depois foi a musica
de corno, que pode reparar que sempre fala de sofrimento nos relacionamentos. Por fim,
a imposição da sociedade que você é obrigado a se relacionar com alguém. Tudo isso
serviu para a minha destruição.

Sou formado em comunicação social, tenho curso de propaganda, publicidade,


marketing, administração, etc e descobri que, se não houver um controle dessas
profissões, pode deixar uma sociedade inteira com problemas psicológicos. Na realidade
a sociedade não sabe o poder de destruição que essas profissões têm, cuja finalidade é
destruir as pessoas através do emocional. É uma guerra covarde, que o seu inimigo é
invisível e não tem como lutar, por que não mostra a sua cara, então a sociedade cai na
sua armadilha.

Em certo ponto entendo as mulheres, porque elas são bombardeadas todos os dias pelos
meios de comunicações, que todos os homens são violentos, estupradores, assassinos
em potencial, etc então através do medo, declaram guerra aos homens. Muitas mulheres
são feministas e não sabem, por isso, adquiriram uma frieza e crueldade em relação ao
sentimento masculino. Sei perfeitamente que isso é uma obra do judaísmo junto com a
maçonaria, que visa destruir a civilização ocidental.

De acordo com os Vedas, todo sofrimento é causado no ser humano, devido ao seu
constante envolvimento com a matéria, que todos os homens materialistas acreditam que
as mulheres são tudo nas suas vidas. Não existe amor nas coisas materiais, só pode ser
obtido através da vida espiritual. Para superar as paixões, o homem devem abandonar o
estilo de vida materialista, parar de buscar prazer constantemente e corrigir dos seus
defeitos.

O homem deve procurar o método da correção, reconhecendo o seu ponto fraco e com
isso procurar fortalecê-los. Olha para dentro de si, quais são os seus defeitos e procura
modifica-los. O homem deve ser um Guerreiro e não um angustiado.
Falar em desapego é muito fácil como muitos Guerreiros falam, mas como praticá-lo? A
resposta é muito simples, reconhecendo e corrigindo os seus defeitos. Devemos buscar
o Criador, pois sem ele não somos nada. Para quem é ateu lembra “Deus sem você
continua sendo Deus; Você sem Deus não é nada!”.

Somente através da força espiritual que podemos sair da situação que encontramos, não
existe nada de bom na matéria, devemos purificar os nossos sentidos, principalmente a
nossa memória. Devemos ser Senhores dos Sentidos e não escravos deles.

Para ser sincero com vocês Confrades, as vezes deixo de fazer coisas até mesmo de
ganhar dinheiro na função de ajudar vocês, porque sei perfeitamente da angustia que
muitos passam, pois o que passei não desejo para ninguém. Sei que pego pesado as
vezes nos meus textos, mas escrevo assim porque o assunto é sério, é como fosse na
academia de artes marciais, que aprende na base da porrada. Essa é a minha intenção,
que aprendem na base da porrada, mas no futuro será gratificador.

Que sejam felizes e superam as paixões.


EXISTE AMOR SEM APEGO?
Uns dos assuntos mais polêmicos dentro da Real, “Pode amar uma pessoa e ser
desapegado ao mesmo tempo?”, pela vivência já era para ter aprendido, que a resposta
é simplesmente “Não!”. Todos os apaixonados são apegados pela mulher, a tal ponto que
a mente condicionado do individuo não aceita essa realidade, no fundo tem medo de viver
sem elas, mesmo tendo uma vida medíocre.

Algumas pessoas perguntam: “Se todas as mulheres são fúteis e interesseiras, porque
ainda se relacionam com elas?” a resposta é simples “Onde escrevi que falei se sou
contra relacionamentos?”, o que sou contra é a idolatria à mulher, considera-la o ser mais
puro do mundo, ser mela cueca, ser sentimental, achar que não pode viver sem elas, isso
que condeno severamente, ou seja, ser escravo de buceta.

Os mais antigos que já acompanharam o blog antigo, sabe muito bem o meu histórico
sobre os relacionamentos, era um cara que me apaixonava muito facilmente, qualquer
gesto que a mulher fazia, já era o suficiente para “ama-la”. Quem já se apaixonou várias
vezes sabe que estou falando, que o amor não existe, o que existe é carência e apego.

Amor é um sentimento negativo, que nos faz sofrer e ter uma vida miserável, tirando a
paz de espirito. Muitos podem dizer “Márcio, você esta confundindo amor com a paixão.
Paixão é tudo isso que esta falando, mas o amor é felicidade, alegria, blá, blá, blá”. Mas
o engraçado de tudo, quem defende essa tese, só se fode na vida.

Aprendi através da vivência que o amor é uma coisa destruidora, somente duas pessoas
que conheci na minha vida, concordou comigo, pois as maiorias das pessoas não aceitam
essa tese, porque foi criado o mito do amor romântico. Todos sabem que fui educado
pela filosofia budista, agora sou hindu (budismo é filho do hinduísmo), pois nos Vedas
fala a mesma coisa, principalmente o Srimad Bhagavatam que diz: “Não existe amor para
coisas materiais, existe somente para coisas espirituais. Não existe amor entre homem e
mulher, o que existe é satisfazer os sentidos. Você satisfaz o meu sentido e eu satisfaço
o seu”. Nos Vedas, a mulher é considerada o símbolo da ilusão e do falso prazer.

Toda a literatura indiana ensina como o homem deve se desapegar das mulheres, na
Índia ensina desde criança a ser desapegado a elas, enquando no ocidente faz de tudo
para ser apegado a elas. O homem ocidental esta tão incorporado essa concepção de
ser amado por uma mulher, que a mente condicionada dele, defende a situação miserável
que vive.

Isso faz lembrar a historia do Rei do Céu, chamado Indra, que ofendeu seriamente o
Krisna, então como punição ele reencarna como porco comedor de excrementos. Quando
acabou a punição do Indra, Krisna fala para ele que poderia voltar para o céu, mas ele
rejeita, porque adorou ser um porco comedor de excremento. Analogicamente assim que
vivem muitos homens, são comedores de excrementos (por causa das mulheres) mas,
não querem sair dessa vida miserável e podre.

Confrades tenho o maior orgulho de dizer que não me apaixono há 15 anos, minha vida
é um mar de rosas, mesmo tendo namorada. Não amo mais as mulheres no máximo que
sinto é um sentimento de gostar e de admiração, como fôssemos grandes amigos, existe
respeito, consideração, etc, por incrível que pareça flui perfeitamente e naturalmente.
Outra coisa interessante que acontece comigo, todos os relacionamentos que deram
certo (mesmo por algum tempo) todas foram com mulheres “desconhecidas” são
mulheres que apareceram de repente na minha vida. Temos a tendência de querer nos
envolver com mulheres que conhecemos, mas mesmo assim nunca dá certo.

Desde os meus 29 anos, nunca mais fiquei sozinho na minha vida, já tive várias
namoradas, mas nunca fui apegado a elas, a tal ponto quando terminou o relacionamento
não sofri nada. Recentemente terminei um relacionamento de 5 anos, quando terminou
não senti nada, a tal ponto que 2 semanas depois já arrumei outra namorada.

Isso pode soar que sou um cara frio, mas é assim que as coisas funcionam, pois não
existe desapego levando um estilo de vida materialista, pois as paixões esta relacionado
com a matéria e não com o espírito. Todos os materialistas acreditam que a mulher é
tudo na sua vida, por isso muitos se tornam igual ao Rei do Céu, Indra.

Então não amem e nem sejam apaixonados, é difícil entender isso, entendo porque fui
educado numa cultura diferente, mas aqueles que receberam a cultura ocidental terão
enorme dificuldade de compreender. Para derrotar o feminismo é somente não se
apaixonar por uma mulher.

Deixo essa reflexão.

Sejam felizes e superam as paixões.


DESPREZEM TODAS AS SUAS EX-NAMORADAS, QUE TE REJEITARAM!
Muitos homens sentem rejeitados porque a sua namorada terminou o relacionamento,
que vive num mar de amarguras, se questionando toda hora o que fez de errado, e fica
se lamentando da vida. Posso falar uma coisa para vocês, por mais que fui apaixonado
por uma mulher, nunca corri atrás delas, e também nunca fui fantoche nas mãos das
mulheres. Sofri o impacto das paixões, mas tenho o maior orgulho na minha vida, que
nunca fui submisso a elas, porque ainda criança via vários homens sofrerem por amor,
então cresci preocupado com isso.

Muitos homens falavam “Isso Nunca Vai Acontecer Comigo” se achavam fodão, mas
depois de alguns meses ou anos, o vi de quatro por uma mulher, então comecei a
pensar“Isso acontece com tudo mundo, se não me cuidar, irá acontecer à mesma coisa
comigo!” foi o que aconteceu, mas a única diferença, foi que nunca submeti a alguma
vadia.
Sempre fui um cara esperto e sagaz, mas a minha aparência era de um bobo, as pessoas
olhavam para mim e não davam nada, mas no final sempre se davam mal comigo,
principalmente as mulheres, então elas falavam: “Márcio você só tem cara de bobo, mas
não tem nada de bobo, como as aparências enganam!” essa foi umas das frases que
mais escutei na vida, de todo mundo, principalmente das mulheres. Isso mostra como
elas querem como os homens sejam bobos, idiotas e submissos, que infla sempre o ego
delas, bajulando-as 24h por dia, domingo a domingo, e façam todas as vontades delas.

Como elas viram que não iriam me dobrar, então elas arrumavam outros caras e
desfilavam na minha frente, como uma forma de me derrotar. Mas isso aconteceu com
tanta frequência (que poderia entrar no Livro de Recordes), que fiquei totalmente imune
a essa situação, não afetando mais o meu estado psicológico.

O tempo foi passando, só fui observando as consequências dos atos delas, muitas
tornaram mães solteiras, cometeram suicídio, foram assassinadas, foram morar na
favela, trabalha em subempregos, apanhava do marido, os filhos estão dando problemas,
etc os que ficaram bem financeiramente (na verdade nenhuma mulher da minha época
de juventude ficaram bem de vida), ficaram perturbadas com cara de loucas, fazendo
tratamento com psiquiatra e tomando antidepressivo.

Foram tantos “Não” na minha vida, juro que tudo há mais de sagrado, “Tornei-me
totalmente imune as paixões!” a tal ponto que há 15 anos, que não me apaixono por
alguém. Sempre me testo, me relaciono com as mulheres sem medo de apaixonar, isso
mostra como fiquei totalmente desapegado a elas. Nos dias atuais, se a mulher negar
sexo para mim, mando “Vai tomar no cu!” encheu o saco “Vai tomar no cu!”, esta de
frescura “Vai tomar no cu!”. Uma vez terminei com a garota dentro do motel, porque
chegou uma hora, ela disse para mim “Estou com dor de cabeça!” nem teve dialogo“Vai
tomar no cu!”.

Engraçado quando demonstra desprezo por elas, parece que elas amam, para ver a
minha situação, já aconteceu duas vezes de namorar 3 e 4 mulheres ao mesmo tempo,
e uma sabia da outra, (somente uma que não sabia, mas desconfiava, porque via
somente de segunda a quinta) mas quando isso aconteceu foi por pouquíssimo tempo,
porque precisa de muito dinheiro para sair com 4 mulheres ao mesmo tempo. Engraçado
como elas ficam super humildes, depois que passam dos 30.
Mas a minha maior vitória foi desprezar todas as mulheres, que me desprezaram na
juventude e mocidade, as tratei como merdas, inferiores, uma vagabunda sem honra,
com todo sentimento de desprezo que um ser humano pode sentir pelo outro. Desprezo
é a palavra chave para todas as mulheres fúteis, isso é o pior tipo de violência que pode
praticar contra uma pessoa, sem ser considerado crime. Fazer uma pessoa se sentir uma
merda, um lixo humano, é a melhor resposta que podemos dar a uma mulher.

Não precisa matar, bater, xingar e discutir, apenas o desprezo é a melhor forma de
resposta para aquelas que nos discriminaram, fazê-las sentir como “lixo humano” que
são. Desprezo todas as minhas ex, a tal ponto se elas morressem iria cagar e mijar nos
túmulos delas.

Não estragam as suas vidas, não correm atrás delas, não se lamentem, não choram, não
ficam se questionando toda hora, não olham para trás, não chorem pelo leite derramado,
não pensem em suicídio, não pensem em matá-las, não pensem em agredi-las, mande
“Vai tomar no cu” e despreze todas elas.

Toque a sua vida!

Sejam Felizes e Superam as paixões!


DOMINANDO OS SENTIDOS
O aspecto mais importante do controle dos sentidos é controlar a vida sexual, assim o
homem conseguirá a sua independência emocional de uma mulher. Mediante esses
processos ou quaisquer outros processos autênticos, o homem não deve ceder as
vontades da sua mente contaminada e condicionada, que causara o seu cativeiro a uma
fêmea.

Quando a pessoa possui a crença que é livre para fazer o que quer, ele perderá o controle
do próprio corpo, começara a fazer as coisas contra a sua própria vontade, por que o seu
corpo manda mais que a sua própria mente. Ele irá começar frequentar baladas, festas,
rodas de amigos, etc tudo contra a própria vontade, por mais que lute, não conseguira se
libertar, por que o seu corpo e mente foi totalmente condicionado.

A mente pode ser o nosso pior inimigo ou melhor amigo, tudo depende do estilo de vida,
que esta levando. Dizemos a mente é inimiga, quando queremos a satisfação dos
sentidos, e quando é amiga quando quer te libertar dos cativeiros materiais,
principalmente das paixões.

Muitas pessoas pensam que negamos a existência do corpo, mas estão extremamente
enganados, dizemos que existimos, mas tudo na vida é tão rápido, por isso que falamos
que o mundo material é ilusão. O universo é uma ilusão, por que um astro pode durar
milhões ou bilhões de anos, mas um dia acaba. E quando acaba parece que nunca
existiu. Tudo que é impermanente causa sofrimento, as coisas sempre estão em
transformação, por isso não devemos nos apegar nas coisas materiais, principalmente
ao amor de uma mulher.

Quem esta identificado ao conceito corpóreo de vida, acreditando que é corpo e quando
morre tudo acaba, querendo sempre satisfazer os sentidos, em consequência disso será
o cativeiro numa fêmea.

A explicação mais lógica para isso, que o maior prazer no mundo material é o sexo, então
tudo que nós fazemos esta relacionado a ele, ou seja, quando escutamos músicas,
bebemos, divertimos, etc estamos alimentando o sexo dentro de nós.

Tudo que fazemos é por causa do sexo, quando compramos uma roupa bonita é para ter
namorada, quando saímos pensamos que iremos conhecer uma pessoa legal, quer ter
um bom emprego para ter dinheiro para sair com as mulheres, e assim por diante,
fazemos tudo isso sem mesmo perceber.

Quando tomamos consciência disso, parando de satisfazer os sentidos, automaticamente


os desejos sexuais diminuem se libertando dos cativeiros das paixões. Precisamos
purificar a nossa condição fisiológica mediante a concentração e o controle dos sentidos,
então poderemos fixar a mente na nossa alma, libertando-se das garras da ilusão.

Essa passagem é muito significativa, não existe libertação das paixões vivendo no
materialismo, pois todos os nossos ensinamentos é voltado exclusivamente para o
homem se libertar do falso prazer, que são as mulheres. As paixões se torna um amor
doentio da qual é dominado por ele, passara anos após anos, e você sempre se lembrara
dela até o momento da sua morte. Não queiram isso confrades, vocês não merecem fazer
isso com vocês mesmos.

Sejam Felizes e Superam as Paixões.


A MENTE DOS DESEJOS SEXUAIS.
A natureza da mente é pensar, sentir e querer, então a mente desejará muitos desejos,
principalmente sexuais, pois o homem planeja sempre o gozo material e o corpo grosseiro
serve como instrumento para realizar esses desejos. A mente é a plataforma na qual
todos os desejos vêm e vão. Por mais que o homem satisfaça os seus impulsos sexuais,
ele nunca ficará satisfeito, sempre querendo mais, como fosse um usuário de drogas .

As mulheres sabem disso, e usam os seus poderes de sedução para se beneficiar dos
homens, por isso que elas são promiscuas, porque sabem que esses machos são presas
fáceis devido aos impulsos sexuais deles.

Então a alma condicionada na vida material, o homem sujeita-se diferentes classes dos
gozos dos sentidos, temor, paranoias, felicidade temporário e infelicidade. O homem é
absorto em atividades materiais, por isso, fica atraído pelo corpo de uma fêmea, por que
ele permanece identificado no conceito corpóreo de vida.

Em consequência disso, trabalhara feito asno e burro, para conseguir dinheiro para
satisfazer os seus impulsos sexuais, irá frequentar academias e usar drogas e
anabolizantes na intenção de ter um belo corpo, ficará endividado para comprar um carro,
ou seja, tudo na sua vida irá girar em torno de uma mulher. O homem que vive assim,
vive como animal e estupido que é, merece viver como verme no excremento, sentindo
todos os infernos das paixões.

A causa fundamental do nosso contato com a matéria é a mente. Enquanto desejarmos


desfrutar dos prazeres dos sentidos, criaremos atividades materiais. Quando a entidade
viva age no campo material, ela goza dos sentidos e ao fazê-lo, cria uma série de
atividades materiais. Dessa maneira, a entidade viva fica enredada como alma
condicionada.
Srimad Bhagavatam

A autorrealização, ou seja, entender que somos almas espirituais é muito difícil para quem
vive nos prazeres sexuais, porque ele acredita que a mulher é tudo na sua vida, por isso
esta no cativeiro das paixões. Sem a espiritualidade é impossível superar as paixões, não
existe desapego da pessoa amada vivendo no mundo de prazeres e no materialismo.

Ela te acorrentou, então liberta-se!


Para de pensar em sexo!

Quem consegue absorver essa realidade, esta lutando contra a ilusão (a mulher é o
símbolo máximo da ilusão, por isso o homem fica com a mente preso nelas) é um
verdadeiro herói e precisa ser muito sóbrio para entender essa situação. Sem se tornar
heroico ou sóbrio, ninguém pode se libertar das forças das paixões.

Esta criação material é um sonho para a alma espiritual. Na verdade toda essa existência
material é um sonho, porque tudo acaba rapidamente, ficando apenas a lembrança de
um passado de falso prazer, por isso, o homem fica prisioneiro do passado lembrando
sempre da mulher amada. Mas a sua vida presente é cheio de frustrações e lamentações,
sofrendo de depressão, sempre carregando a imagem da mulher na sua mente, pois
quando isso acontece com o homem, significa que foi castigado pelas dores das paixões,
devido a sua vida material.
O macho e a fêmea vivendo juntos constitui a essência da existência material, pois a
atração entre os dois são muito fortes, por que constitui o princípio básico da existência.
Contudo quando alguém entende plenamente sua vida espiritual, sua atração pelo sexo
oposto é eliminada por completo, pois a vida material faz com que fiquemos apegados à
vida sexual.

Todos vêm a este mundo material atraídos pelo gozo dos sentidos, e o nó cego de gozo
dos sentidos é a atração entre o macho e a fêmea. Liberação significa libertar das garras
ilusórias do falso prazer sexual, buscar conhecimento para se libertar do cativeiro das
paixões, e despertar para a realidade que é compreender Deus.
Harvey Specter é visto como um homem charmoso, confiante e algumas vezes arrogante.
E ele não se desculpa por nenhum desses atributos.

Quando afirmamos a nossa personalidade, as pessoas tendem a aceitá-la, não importa


o quanto você incomoda. Jamais veremos Harvey se preocupando com o que as pessoas
acham dele.

Na verdade, ele usa seus defeitos como vantagem em algumas situações. E você deveria
fazer o mesmo.

Lembre-se: o mundo vê você da forma como você vê a si mesmo. Quando estamos em


dúvida sobre quem queremos ser, o mundo também terá dúvidas e a brecha para
suposições é enorme. Daí a tamanha importância do autoconhecimento.