Você está na página 1de 3

21/11/2018 EPS

CCJ0067_EX_A10_201708028153_V1

DIREITO PREVIDENCIÁ RIO


Lupa
10 a aula
V ídeo PPT MP3

Ex e rcício: CCJ0067_EX_A 10_201708028153_V1 21/11/2018 05:36:34 (Finalizada)


Aluno(a): PA LOMA DE A LMEIDA SA NTA NA ROCHA 2018.2

Disciplina: C C J0067 - DIREITO PREVIDENCIÁ RIO 201708028153

1a Questão

O aux ílio-re clusão

de pe nde , no m ínim o, de doze contribuiçõe s.


é de vido m e sm o diante da e vasão da prisão.
inde pe nde de atividade laboral na prisão.
é be ne fício de se gurado obrigatório.
Não é de vido ao se gurado facultativo.

2a Questão

Marta é e m pre gada re gida pe la C LT e e m um churrasco no se u dia de folga sofre u um acide nte que a incapacitou
para o trabalho. Ela é se gurada da Pre vidê ncia Social e ficará afastada re ce be ndo be ne fício pre vide nciário. Marque
a opção corre ta com re lação ao be ne fício que Marta te m dire ito:

pe nsão por acide nte


apose ntadoria por te m po de contribuição
aux ílio doe nça
apose ntadoria proporcional
aux ílio acide nte

Gabarito Coment. Gabarito Coment.

3a Questão

C om re lação às e spé cie s de pre staçõe s e aos be ne ficiários corre sponde nte s, assinale a opção incorre ta.

http://simulado.estacio.br/alunos/ 1/3
21/11/2018 EPS

Aux ílio-doe nça - se gurado.


Aux ílio-acide nte - de pe nde nte .
Salário-fam ília - se gurado.
Pe nsão por m orte - de pe nde nte .
Apose ntadoria por invalide z - se gurado.

Gabarito Coment.

4a Questão

O apose ntado pe lo R GPS que pe rm ane ce r e m atividade suje ita a e ste re gim e , ou a e le re tom ar, fará jus às
se guinte s pre staçõe s, e m de corrê ncia do e x e rcício de ssa atividade :

re abilitação profissional;
salário m ate rnidade ;
aux ílio-doe nça;
aux ílio-re clusão;
aux ílio-acide nte ;

5a Questão

Have ndo adm issão ou de m issão de e m pre gado no curso do m ê s, o SalárioFam ília se r-lhe -á pago:

proporcional no m ê s de adm issão e não de vido no m ê s de de m issão se tive r sido de spe dido por justa
causa.
nada re ce be rá por não have r trabalhado todos os 30 (trinta) dias do m ê s;
inte gralm e nte , se ja qual for o núm e ro de dias trabalhado;
inte gralm e nte , de sde que o núm e ro de dias trabalhado se ja igual ou supe rior a 15 (quinze );
proporcionalm e nte aos dias trabalhados;

6a Questão

A Le i n. 8.213/91 e stabe le ce um rol de be ne fícios pre vide nciários, passíve is de conce ssão ao se gurado
e m pre gado. Assinale qual dos be ne fícios abaix o não produz, obrigatoriam e nte , qualque r alte ração no curso do
contrato de trabalho:

aux ílio-doe nça;


salário-m ate rnidade ;
apose ntadoria por te m po de contribuição.
aux ílio-doe nça acide ntário;
apose ntadoria por invalide z;

Gabarito Coment.

7a Questão

No caso de e m pre gado apose ntado por te m po de se rviço, que volta a trabalhar e m outro e m pre go, é corre to
afirm ar:

http://simulado.estacio.br/alunos/ 2/3
21/11/2018 EPS

C aso se ja de m itido se m justa causa não te rá dire ito à m ulta de 40% sobre o FGTS.
C aso se ja de m itido se m justa causa te rá dire ito o se guro de se m pre go.
C aso se ja de m itido se m justa causa é ve dado o re ce bim e nto conjunto do se guro-de se m pre go com o
be ne ficio de apose ntadoria por te m po de se rviço.
C aso se afaste por aux ílio-doe nça re ce be os dois be ne fícios.
Q uando o se gurado que re ce be apose ntadoria por te m po de contribuição voltar a e x e rce r atividade
re m une rada, não te rá de contribuir, obrigatoriam e nte , para o INSS.

Gabarito Coment.

8a Questão

São conside rados se rviços da Pre vidê ncia Social:

o se rviço social, a pe rícia m é dica e a re abilitação profissional.


o se guro saúde , ate ndim e nto à saúde , re abilitação profissional.
o se guro social e a re adaptação profissional.
a assistê ncia social, o BPC e a pe rícia m é dica.
os aux ílios e ve ntuais e o ate ndim e nto à saúde .

http://simulado.estacio.br/alunos/ 3/3

Você também pode gostar