Você está na página 1de 2

UFPR - M ECÂNICA DOS S ÓLIDOS II

Seção 4 (Deflexões de vigas) - Lista de exercícios

Prof. Marcos S. Lenzi


March 9, 2016

Exercício 4.1 - A viga em balanço ABC está submetida Exercício 4.3 - A viga simplesmente apoiada AB está
a um carregamento P na extremidade C . Para o seg- submetida a um carregamento distribuído linear w 0
mento AB da viga, (a) determine a expressão da linha conforme indicado na figura. Determine (a) a ex-
elástica e (b) determine a máxima deflexão. [Re- pressão da linha elástica e (b) a máxima deflexão.
w0 x ¡
sposta: M AB = − P ax P aL 2 2 4 4
1
¢
L ; M BC = P (x 2 − a − L); C 1 = 6 , [Resposta: (a) v(x) = 360E I L 10L x − 3x − 7L ; (b)
3 4
C 2 = 0; (a) v AB (x) = − P6EaxI L + P aLx
6E I ; (b) x max = pL , v max = −0.00652 wE0 LI ]
3
2
v max = 0.0642 PEaLI ]

Exercício 4.4 - Calcule a máxima deflexão de uma


viga simples uniformemente carregada com compri-
Exercício 4.2 - Determine a inclinação e deflexão na mento L = 2 m, carregamento uniforme q = 2 kN/m
extremidade A da viga engastada-livre. Considere E = e com tensão de flexão máxima σ = 60 MPa. A seção
200 GPa e I = 65×10−6 m4 . [Resposta: (a) θ A = 0.00669 transversal da viga é quadrada e o material é alumínio
rad; (b) v A = 11.1 mm] (E = 70 GPa) [Resposta: v max = 15.4 mm]

1
Exercício 4.5 - (a) Determine a equação da linha elás- Exercício 4.8 - Utilizando o método da área do mo-
tica no trecho entre o ponto A e x = 6 m, utilizando a mento, determine a inclinação θ A e a deflexão vC no
coordenada x. (b) Determine a inclinação no ponto centro da viga com comprimento L e rigidez à flexão
A, e (c) a máxima deflexão ao longo da viga. Con- E I constante. [Resposta: M AB = 3P2x1 ; M BC = P2x2 + P4L ;
sidere E I constante ao longo de x. [Resposta: (a) MC D = − P2x3 + 3P4 L ; M DE = − 3P2x4 + 3P2 L (considerando
v = E1I 6x 3 − 60 x − 540x kN·m3 ; (b) θ A = 540
1 5 2
¡ ¢
E I kN·m ; as coordenadas x 1 , x 2 , x 2 e x 4 partindo do ponto A);
2074 3 L2 19P L 3
(c) v max = E I kN · m , para baixo] θ A = 5P
32E I ; v C = 384E I ]

Exercício 4.6 - Determine as equações da linha elás-


tica utilizando as coordenada x 1 e x 2 , e especifique
Exercício 4.9 - Utilizando o método da área do mo-
a inclinação e deflexão na extremidade B . [Re-
w a3 w a4 mento, determine a inclinação θB e a deflexão v B na
sposta: C 1 = 0, C 2 = 0, C 3 = − 6 , C 4 = 24 ; v 1 =
w 4 3 2 2 wa 3 extremidade B da viga abaixo. A viga tem compri-
24E I −x 1 + 4ax 1 − 6a x 1 ; v 2 = 24E I (−4x 2 + a); θB = mento L e rigidez à flexão E I constante. [Resposta:
¡ ¢
a3 w a3
−w 6E I ; v B = 24E I (−4L + a)] qLx qL 2 q¡ ¢2 qLx qL 2
M 1 = 3 1 − 6 ; M 2 = − 2 x 2 − L3 + 3 2 − 6 ; M 3 = 0
(considerando as coordenadas x 1 e x 2 partindo do
7qL 3 23qL 4
ponto A); θB = 162E I ; v B = 648E I (lembrando que a
área de um arco de parábola y = kx 2 é ab3 e que o cen-
tróide x está em 3a
4 ) ]

Exercício 4.7 - Utilizando o método da área do mo-


mento, encontre a inclinação θB e a deflexão v B da
viga engastada-livre ABC abaixo. A viga tem compri-
mento L e rigidez à flexão E I constante. [Resposta:
qL 3qL 2 3qL 2 qLx 1
R AY = 2 ; MA = 8 ; M AC = − 8 MC B =
+ 2 ;
q x 22 qL 2 Exercício 4.10 - Utilizando o método da área do mo-
− 2 + qLx 2 − 2 (considerando x 1 e x 2 partindo do
mento, calcule as deflexões nos pontos B e C . Assuma
7qL 3 41qL 4
ponto A); θB = 48E I ; v B = 384E I (lembrando que a área M 0 = 4 kN.m, P = 16 kN, L = 2.4 m e E I = 6 MN.m2 .
de um arco de parábola y = kx 2 é ab 3 e que o centróide [Resposta: M AC = P x 1 − P L + M 0 ; MC B = P x 2 − P L
x está em 3a
4 )] (considerando as coordenadas x 1 e x 2 partindo do
ponto A); v B = 10.85mm; vC = 3.36mm]