Você está na página 1de 6

SÍLABAS

Fonema ou conjunto de fonemas pronunciados numa só emissão de voz.

OBSERVAÇÕES:

1.DÍGRAFOS - quando, na sílaba, escrevem-se duas letras, mas a pronúncia é de


uma só.

Dígrafos Vocálicos
O encontro de duas letras que formam um som apenas, sendo este um som vocálico.

Exemplos:

am: amparar, campo, pampa in: indicar, tingir, lindo


an: antigo, sangue, antes om: ombro, rombo, pompa
em: lembrar, sempre, empatar on: ontem, tonto, onda
en: encontrar, tento, vento um: umbigo, bumbo, algum
im: importar, limpo, símbolo un: fundo, tonto, mundo

Dígrafos Consonantais
O encontro de duas letras que formam apenas um som, sendo este um som
consonantal.

Exemplos:

lh: alho, milho qu e gu (seguidos de e ou i): aquilo,


nh: ninho, sonho, venho, banho guerra, águia, questão, quilo, querido
ch: chuva, China sc: descer, nascer, ascensão,
rr: carro, barro, birra, burro, arroz descendente
ss: assistir, assunto, assento, isso, sç: nasço, cresça
assar xc: exceção, excesso
xs: exsurgir, exsudar, exsuar

2. ENCONTROS CONSONANTAIS - é a sequência de duas ou mais letras com sons


consonantais na mesma palavra.

Há, basicamente, dois tipos de encontros consonantais:

a) puros ou perfeitos: quando acontecem entre as consoantes de uma mesma


sílaba.

Exemplos:

psi-co-se blu-sa pa-la-vra


pneu-mo-ni-a trei-no psi-co-lo-gia
pra-to a-tle-ta pneu-má-ti-co
pla-ca cri-se encon-trar
bro-che cla-ve Bí-blia

1
b) disjuntos ou imperfeitos: quando acontecem entre consoantes de sílabas
diferentes.
Exemplos:
ab-di-car al-ge-ma ap-to
sub-so-lo cor-te cos-ta
ad-vo-ga-do al-can-çar
ad-mi-tir as-pec-to

3. ENCONTROS VOCÁLICOS - é a sequência de duas ou mais letras com sons


vocálicos.

Os encontros vocálicos classificam-se em:

a) ditongos - encontro de uma vogal e uma semivogal (ou o inverso) na mesma


sílaba.
Exs. lei-te, ar-má-rio

Os encontros vocálicos classificam-se em:

►crescente - encontro de uma semivogal e uma vogal.


Exs. história, armário.

►decrescente - encontro de uma vogal e uma semivogal.


Exs. leite, cantais.

►oral - quando a vogal do encontro vocálico for oral.


Exs.: rei, pastéis.

►nasal - quando a vogal do encontro vocálico for nasal.


Exs. mamãe, irmão.

b) tritongos - encontro de uma semivogal, uma vogal e uma semivogal na mesma


sílaba.
Exs.: U-ru-guai (oral), sa-guão (nasal)

CLASSIFICAÇÃO DAS PALAVRAS QUANTO AO NÚMERO DE SÍLABAS

As sílabas, agrupadas, formam vocábulos. De acordo com o número de sílabas que os


formam, os vocábulos podem ser:

1. Monossílabos
Formados por uma única sílaba. Exs.: pó, luz, é, pão, mau, reis, boi, véus, mar, flor,
quem, quão, som, eu, céu etc.

2. Dissílabos
Formados por duas sílabas.
Exemplos:

café noites sonhar


livro caí saguão
leite roer rua
caixas herói dever

2
3.Trissílabos
Formados por três sílabas.
Exemplos:

jogador saúde Europa


cabeça circuito bandeira
ouvido aluno criança

4. Polissílabos
Formados por mais de três sílabas.
Exemplos:

estudante liberdade casamento


universidade empreendimento americano

(Fonte: www.jurisway.org.br)

CLASSIFICAÇÃO DAS PALAVRAS QUANTO AO ACENTO TÔNICO

ACENTO TÔNICO

1-Sílaba tônica
A sílaba proferida com mais intensidade que as outras é a sílaba tônica. Toda palavra
tem sempre uma única sílaba tônica.
Exemplos:
● cajá
● caderno
● lâmpada

2-Sílaba subtônica
Algumas palavras geralmente derivadas e polissílabas, além do acento tônico,
possuem um acento secundário. A sílaba com acento secundário é chamada de
subtônica.
Exemplos:

 terrinha
 sozinho

3-Sílaba átona
As sílabas que não são tônicas nem subtônicas chamam-se átonas.
Podem ser pretônicas (antes da tônica) ou postônicas (depois da tônica),
Exemplos:

 barata (átona pretônica, tônica, átona postônica)


 máquina (tônica, átona postônica, átona postônica)

AS PALAVRAS COM MAIS DE UMA SÍLABA, CONFORME A TONICIDADE,


CLASSIFICAM-SE EM:

1. Oxítonas: quando a sílaba tônica é a última - coração, São Tomé, etc.


2. Paroxítonas: quando a sílaba tônica é a penúltima - cadeira, linha, régua, etc.
3. Proparoxítonas: quando a sílaba tônica é a antepenúltima - ibérica, América, etc.

3
Os monossílabos podem ser tônicos ou átonos

1. Tônicos: são autônomos, carregados de significado ou emitidos fortemente, como


se fossem sílabas tônicas.
Exemplos:

 ré
 teu
 lá

2. Átonos: apóiam-se em outras palavras, pois não são autônomos, são emitidos
fracamente, como se fossem sílabas átonas.
São palavras sem sentido quando estão isoladas: artigos, pronomes oblíquos,
preposições, junções de preposições e artigos, conjunções, pronome relativo que.
Exemplos:

 o
 lhe
 nem

DIVISÃO SILÁBICA

A fala é o primeiro e mais importante recurso usado para a divisão silábica na escrita.

1. Regra geral
Toda sílaba, obrigatoriamente, possui uma vogal.

2. Regras práticas
a) Não se separam ditongos e tritongos.
Exemplos:

 mau
 averiguei

b) Separam-se as letras que representam os hiatos.


Exemplos:

 sa-í-da
 vô-o

c) Separam-se somente os dígrafos rr, ss, sc, sç, xc.


Exemplos:

 pas-se-a-ta
 car-ro
 ex-ce-to

d) Separam-se os encontros consonantais pronunciados separadamente.


Exemplos:
 car-ta
 fal-ta

4
e) Os elementos mórficos das palavras (prefixos, radicais, sufixos), quando
incorporados à palavra, obedecem às regras gerais.
Exemplos:

 de-sa-ten-to
 bi-sa-vô
 tran-sa-tlân-ti-co...

f) Consoante não seguida de vogal permanece na sílaba anterior. Quando isso ocorrer
em início de palavra, a consoante se anexa à sílaba seguinte.
Exemplos:

 ad-je-ti-vo
 tungs-tê-nio
 psi-có-lo-go
 gno-mo

REGRAS DE ACENTUAÇÃO DO NOVO ACORDO ORTOGRÁFICO

1. Acentuam-se as palavras monossílabas tônicas terminadas em a, e, o, seguidas


ou não de s.
Exs: já, fé, pés, pó, só, ás.

2. Acentuam-se as palavras oxítonas terminadas em a, e, o, seguidas ou não de s ,


em, ens.
Exs:cajá, café, jacaré, cipó, também, parabéns, metrô, inglês alguém, armazém,
conténs, vinténs.

3. Acentuam-se as palavras paroxítonas exceto aquelas terminadas em a, e, o,


seguidas ou não de s, em, ens.
Exs: dândi, júri, órfã, César, mártir, revólver, álbum, bênção, bíceps, espelho, famosa,
medo, ontem, socorro, polens, hifens, pires, tela, super-homem.

Obs.: Acentuam-se as paroxítonas terminados em ditongo oral seguido ou não de s.


Ex: jóquei, superfície, água, área, aniversário, ingênuos.

4. Acentuam-se todas as palavras proparoxítonas.


Ex: ótimo, incômoda, podíamos, correspondência abóbora, bússola, cântaro, dúvida,
líquido, mérito, nórdico, política, relâmpago, têmpora .

5. Acentuam-se os ditongos abertos ei, oi, eu, seguidos ou não de s em palavras


monossílabas e oxítonas.
Ex: carretéis, dói, herói, chapéu, anéis, céu.

Atenção: Pela nova ortografia não se acentuam ditongos abertos ei, oi, eu, seguidos
ou não de s em palavras paroxítonas.
Ex: ideia, plateia, assembleia.
5
6. Não se acentuam, pela nova ortografia, palavras paroxítonas com hiato oo
seguidos ou não de s.
Ex: voos, enjoo, abençoo.

7. Também não se acentuam as palavras paroxítonas com hiato ee.


Ex: creem, leem, veem, deem.

8. Acentuam-se sempre as palavras que contenham i , u: tônicos, hiatos, sozinhos


ou seguidos de 's'; não seguidas de nh; não precedidas de ditongo em paroxítonas;
nem repetidas.
Ex: aí, balaústre, baú, egoísta, faísca, heroína, saída, saúde, viúvo, juízes, Piauí.

Pela regra exposta acima, não se acentuam:


rainha, xiita, ruim, juiz, feiura.

9. Pela nova ortografia, não se acentua com acento agudo 'u' tônico dos grupos que,
qui, gue, gui: argui, arguis, averigue, averigues,
oblique, obliques, apazigues.

10. Da mesma forma não se usa mais o trema: aguento, frequente, tranquilo, linguiça,
aguentar, arguição, unguento, tranquilizante.

11. O acento diferencial foi excluído. Mantém-se apenas nestas quatro palavras,
para distinguir uma da outra que se grafa de igual maneira:

pôde (poder no pretérito perfeito do ind.) / pode (verbo poder no presente do ind.);
pôr ( verbo) / por (preposição);
vem ( verbo vir na 3ª pessoa do singular) / vêm ( verbo vir na 3ª pessoa do plural);
tem ( verbo ter na 3ª pessoa do singular) / têm ( verbo ter na 3ª pessoa do plural).