Você está na página 1de 13

Resumo de Citologia

 Descoberta da célula e teoria celular


Robert Hooke (1665) – 1° microscópio. “A cortiça é composta de minúsculas câmaras”

Teoria Celular (1838/9) – Theodor Schwann e Matthias Schleiden.

- Todos os seres vivos são constituídos por células.

- A célula é uma espécie de “fabrica química” onde se realizam todos os processos necessários à vida do
organismo.

- Cada célula deriva de uma outra célula.

 Células Eucarionte e Célula Procarionte

Célula eucarionte animal Célula eucarionte vegetal

Eucarionte: Possui núcleo organizado; mais complexo; unicelular (ameba e protozoário) e multicelular
(plantas, animais e fungos).
Procarionte: Não possui núcleo organizado; menos complexo; unicelular (bactérias).

Organelas
Nucleo:

- Envolvido por duas membranas concêntricas, formando o envelope nuclear

- Contem DNA

- Cromossomos (DNA compactado)

Mitocôndria:

- Contem DNA próprio, podendo de dividir em duas

- Respiração celular

Cloroplasto (Célula Vegetal):

- Clorofila

- Fotossíntese

Reticulo endoplasmático:

- Síntese molecular

- Reticulo endoplasmático rugoso: Sintetiza proteína

- Reticulo endoplasmático liso: Síntese lipídica

Complexo de Golgi:

- Modifica quimicamente as moléculas sintetizadas no reticulo endoplasmático e as direcionam para o


exterior da célula (Secreção celular)

Ribossomo ( Organela não membranosa):

- Maquinas moleculares que fazem as moléculas proteicas (sintetiza proteína)

Centríolo ( Organela não membranosa):

- Divisão celular
Vesículas:

- Lisossomo: (enzimas), (pH baixo), digestão intracelular

- Peroxissomos: Degradação de peróxidos de hidrogênio

Citoesqueleto:

- Filamentos longos e finos de proteína que cruzam o citosol (estrutural)


- Filamentos de actina: Movimentação, anel estrangulador; (células musculares)

- microtubulos: Transporte de sustâncias e organelas, cílios e flagelos; (célula em divisão)

- Filamentos intermediários: Sustentação, ligação intramolecular (desmossomo), lamina nuclear;


(fortalece a célula mecanicamente)

 Componentes químicos celulares


- Organismos vivos: mero sistema químico

- Solução aquosa

- Moléculas poliméricas (Subunidades)

Ligações químicas:

- A matéria é feita de elementos – substancias como o hidrogênio e o carbono que não podem ser
decompostas ou convertidas em outro elemento por meios químicos

- Covalente: Compartilha elétrons, forte

- Iônica: Doação de elétron, fraca

Moléculas hidrofílicas: Gostam de agua, se dissolvem facilmente (Açúcar, DNA, RNA, maioria das
proteínas)

Moléculas hidrofóbicas: Não gostam de agua, não dissolvem (Hidrocarbonetos)

Macromoléculas
Carboidratos: Açúcar -> Polissacarídeos

- Fonte de energia

- Glicose

- Glicogênio: Forma de armazenamento (fígado e músculos) nos animais, e amido nos vegetais

- Estrutural

- Informacional

Lipídeos: Ácidos graxos

- Moléculas anfipáticas

- Cadeias hidrocarbonada

- Estrutural
- Informacional

- Armazenamento: Gotículas no citoplasma celular

Proteína: Aminoácido -> Peptídeos

- Ligações peptídicas

- Ligação covalente entre dois aminoácidos -> polipeptídio -> proteínas

- Estrutural

- Enzimática

- Informacional

- Defesa

Ácidos nucleicos: Nucleotídeos

- Informacional

- Estrutural

- Nitrogênio ligado a um açúcar de 5 carbonos + fosfato

Vitaminas:

- Co-fatores metabólicos dos organismos, atuam auxiliando em diversas reações químicas nos
organismos e metabolismo

- Obtidas através da alimentação

Sais minerais:

- Fatores metabólicos, atuam de forma estrutural

 Membrana
Estrutura da Membrana

- Bicamada lipídica

- Nutrição/Excreção: canais altamente seletivos e bombas

- fosfolipídios: abundantes, ligação através do fosfato

- Cabeça hidrofílica e cauda hidrofóbica

- Liquido bidimensional

~ Ambiente aquoso dentro e fora da célula: lipídeos não escapam da membrana

~ Troca de lugar: umas com as outras no plano da bicamada

Transporte de membrana:

- Sintese de novas membranas: reticulo endoplasmático

- Vesiculas:

~ Face interna: Citosolia

~ Face externa: Não-citosolica

Proteinas da membrana

-50% da massa da membrana


Transportador: Sitio de ligação

Canal: tamanho e carga elétrica

Transporte ativo: Contra o gradiente de concentração, com gasto energético, bomba Na+k+

Transporte passivo: A favor do gradiente de concentração, difusão simples ou facilitada, sem gasto
energético, osmose

Osmose: Passagem do solvente do meio hipotônico para o meio hipertônico

 Respiraçao célula
A Glicose é quebrada (Glicolise) em piruvato por enzimas (isso acontece no Citosol). Com a ajuda de
um carreador (Acetil CoA) entra na mitocôndria. Uma vez na matriz mitocondrial começa o ciclo de
acido cítrico (ciclo de Krebs), onde sai gas carbônico e hidrogênio. O hidrogênio liberado se junta com o
NAD e o FAD nas cristas mitocondriais e acontece a fosforilação oxidativa, que tem a liberação de
agua e bastante ATP.

 Metabolismo
- Somatória de reações químicas que a célula precisa para sobreviver, crescer e se reproduzir

- Catabolismo: Degradação dos alimentos em moléculas menores gerando energia e unidades para
construção molecular (Quebra)
- Anabolismo: Usam a energia do catabolismo como força matriz para a síntese de moléculas (Constrói)

Obtençao de energia: (acontece na mitocôndria)

- Matriz: Enzimas; oxidação piruvato/ ciclo de ac cítrico

- Membrana interna: Proteínas; cadeia de transporte; ATP síntese

- Membrana externa: Porina; permeabilidade

- Espaço intermembrana: enzimas que utilizam ATP; formação de nucleotideos

 Organização gênica
- A vida depende da capacidade das células em armazenar, recuperar e traduzir as instruções genicas
necessárias para produzir e manter o organismo vivo

Hereditariedade: de célula para célula filha

- 1940 (DNA), James Watson

- 1952 (estrutura) Francis Crick

DNA + Proteína compactada = informação hereditária

DNA (Acido desoxirribonucleico)


- Duas longas fitas polinucleotidicas

- Nucleotideos (um açúcar de cinco carbonos + um ou mais grupos de fosfato + base nitrogenada

- Dexorribose + um único grupo de fosfato

- Dupla hélice antiparalela

- Citosina e Guanina (Ligados por 3 pontes)

- Adenina e Timina (Ligados por 2 pontes)

- Sequencias nucleotidicas: mensagens lineares

A célula transcreve a sequencia de nucleotídeos de um gene em uma molécula de RNA e então traduz
essa informação na sequencia de aminoácidos de uma proteína

Tradução e transcrição: Maneira que as células leem e expressam suas instruções genicas

Cromossomos
- Uma par de 23 cromossomos

- Cada célula possui duas copias de cada cromossomo


- Cromossomos homólogos (Par não homologo = Y masculino)

- Cariótipo humano: serie completa de 46 cromossomos

- Anomalia cromossômica: Perda ou troca/alteração

- Cromossomo interfásico: longas e finas fitas

- Cromossomo mitótico: compactado e condensado

Condensação do DNA
- Proteína torce e dobra o DNA

- Proteínas que se ligam ao DNA: Histonas e proteínas não histonas

- Nucleossomo: Primeiro nível fundamental de compactação a cromatina

- Heterocromatina: Forma mais condensada da cromatina

~ Não carrega genes (STAES)

~ Telomero: Começo e fim

~ Plentomero: Meio

- Eucromatina: Restante da cromatina interfásica (menos condensada)

~ Carrega genes

Transcriçao: Nucleo Traduçao: Citoplasma

Duplicação do DNA
- Fita molde: Fita base utilizada para a “produção” da fita complementar

- Fita complementar: Fita feita com base na fita molde


~ Fita complementar líder: 5’ 3’

~ Fita complementar retardada: 3’ 5’

- Helicalise: Separa as fita (Do meio para as pontas)

- DNA Polimerase (ou RNA polimerase): Constrói a fita complementar

- DNA ligase: ajuda na construção da fita complementar retardada, preenchendo os fragmentos de


Okazake

Expressão genica

- RNA: Acido Ribonucleico


- 1ª Etapa: Produção do RNA

Transcrição:

- Linguagem preservada (nucleotídeos)

- Nova formula química (Uracila no lugar de Timina)

- Cada gene especifico transcreve uma fita simples de RNA, que será traduzida em uma proteína
especifica

- Após a inserção dos nucleotídeos, a fita de RNA é deslocada e o DNA reestruturado

RNA: Fita simples, pode ser dobrada sobre ela mesma, aderindo formas distintas (funções distintas)

Tipos de RNAs

- mRNA: RNA mensageiro (direcionam a síntese de proteina)

- rRNA: RNA ribossomal (forma a região central de ribossomos)

- tRNA: RNA transportador (selecionam e posicionam os aminoácidos necessários)

- miRNA: Micro RNA (regulação da expressão genica)

Regiões codificadoras: Exons

Regiões não codificadoras: Introns

Splincing: Retirada de introns

Tradução

- 4 nucleotideos no mRNA – 20 aminoacidos

- 64 combinaçoes possíveis
- Codon: Grupo de 3 necleotideos

Ribossomos

- Subunidade grande: Catalisa ligações peptidias

- Subunidades pequenas: Pareia os tRNA aos códons do mRNA

Sitio de ligação: mRNA

Ciclo celular

- Período que a célula passa por transformação

1º Crescimento e duplicação

2º Segregaçao

3º Divisao celular

Fase G0:

- Repouso

Fase G1:

- Intervalo

- Monitoramento do crescimento

- Checa se as condições estão favoráveis para duplicação, como energia suficiente, estímulos e o
ambiente esta favorável

Fase S:

- Sintese

- Duplicação do DNA

Fase G2:
- Monitoramento

- Checagem para ver se a duplicação ocorreu corretamente

Fase M:

- Mitose: Dividir a célula

- Citocinese: Rompimento final

 Mitose

Profase:

- Inicio do fuso mitótico

- Centrossomos: polo do fuso

- Estabilidade

- Microtubulos interpolar

Metáfase:

- Cromossomos se alinham no centro

- Dissoaçao do envelope nuclear

- placa metafasica

Anáfase:

- Separação das cromátides irmãs

- Liberação da coesina
- Protease: separasse

Telófase:

- Formação dos dois núcleos filhos

- Reconstrução do envelope nuclear

- mitose completa

Citocinese:

- Finalização do ciclo celular

- Enrugamento e formação de um sulco durante a anáfase

- Filamentos de actina e miosina

Origina duas células idênticas a célula mae

Meiose

- Gametas: haploides
- Celula filha: recebe aleatoriamente o cromossomo materno e paterno

- Quiasma: ponto de recombinação entre os cromossomos não-irmaos

- Origina quatro células com metade das informações da célula mae

~ Celula mae: 2n, 46 cromossomos. Celulas Filhas: n, 23 cromossomos


Profase I:

- Duplicaçao do DNA

Metafase I:

- Alinhamento no fuso

Anafase I:

- Segregaçao para os polos

Telofase I:

- Citosinese

Profase II:

- Não a duplicação

- Repouso

Metafase II:

- Alinhamento no fuso

Anafase II:

- Segregaçao para os polos

Telofase II:

- Citosinese

 Diferenciaçao celular
- Ativação e desativação do gene

- Totipotente -> Zigoto

~ Forma qualquer célula

- Pluripotente -> Embrionária

~ Todos os tipos de célula, mas não os tecidos embrionários

- Multipotente -> Célula adulta

~ Só forma células presentes no mesmo tecido de sua origem