Você está na página 1de 6

Concurso Nacional de Leitura 1º momento: Provas nas Escolas – 2018/2019

CONCURSO NACIONAL DE LEITURA

1º momento: Provas nas Escolas – 2018/2019

Regulamento

O presente regulamento estabelece as regras básicas do 1º momento, do 13º Concurso


Nacional de Leitura 2018/2019, no Agrupamento de Escolas de Mértola, a realizar na Escola
Básica e Secundária de S. Sebastião, Mértola, no dia 12 de dezembro de 2018, quarta-feira, a
partir das 9h30 m.

Artigo 1.º
Objetivos

Tendo em conta o objetivo central do Concurso Nacional de Leitura de 2018/2019:


Estimular hábitos de leitura e pôr à prova competências de expressão escrita e oral e de acordo
com o ponto III do mesmo Concurso - CONDIÇÕES GERAIS DE PARTICIPAÇÃO E
FASEAMENTO, o Agrupamento de Escolas de Mértola pretende motivar e incentivar os seus
alunos à leitura.

Artigo 2.º
Condições gerais de participação

1. A participação no concurso dirige-se aos alunos dos três ciclos do ensino básico e
ensino secundário do Agrupamento de Escolas de Mértola, que decidiram por sua
iniciativa aderir a esta atividade.
2. Para participarem no Concurso Nacional de Leitura, os concorrentes comprometem-se
a respeitar o presente regulamento e as decisões do Júri.
3. As provas de escola incidirão sobre as seguintes obras, divulgadas a todos os
concorrentes:
- 1.º Ciclo do Ensino Básico - 3º Ano: “O Galo da Velha Luciana- António Mota
- 4º Ano: “História com Recadinho- Luísa Dacosta
- 2.º Ciclo do Ensino Básico - 5º Ano “ A Fada Oriana- Sophia de Mello Breyner Andresen
6º Ano: “Ulisses- Maria Alberta Menéres
- 3.º Ciclo do Ensino Básico - 7º, 8º e 9º Anos: “O Rapaz do Rio- Tim Bowler
- Ensino Secundário: 10º,11º e12ºAnos: “Os da minha Rua”, de Ondjaki.

1
Concurso Nacional de Leitura 1º momento: Provas nas Escolas – 2018/2019

Artigo 3.º
Lista dos concorrentes

Todos os concorrentes do 1º momento do Concurso Nacional de Leitura, no


Agrupamento de Escolas de Mértola, constarão de listas, por ciclo de escolaridade,
apresentadas por ordem alfabética, com indicação da escola à qual pertencem, e o número de
candidato atribuído pelo Agrupamento.

Artigo 4.º
Júri

1. O Júri da prova a nível de Agrupamento será constituído pelos seguintes elementos:


Bibliotecária da Biblioteca Municipal de Mértola, Coordenadora Interconcelhia da Rede de
Bibliotecas Escolares (CIBE) do concelho de Mértola, e por um elemento da direção do
Agrupamento de Escolas de Mértola.
2. A correção das provas escritas será feita por um grupo de professores a designar.

Artigo 5.º
Apuramento dos finalistas

1. Para o apuramento dos finalistas que irão representar o Agrupamento na fase


intermunicipal do Concurso Nacional de Leitura 2018/2019, proceder-se-á à realização
de duas provas: uma escrita e outra oral.
2. A prova escrita é de caráter eliminatório.
3. Os procedimentos da prova escrita serão os mesmos para todos os anos de
escolaridade. Os três alunos apurados em cada um dos ciclos irão realizar a prova oral
no Auditório da Escola.
4. A prova oral decorrerá por ordem natural dos ciclos de escolaridade.
5. Será apurado apenas, um aluno de cada ciclo, para representar o Agrupamento de
Escolas de Mértola na fase Intermunicipal do Concurso Nacional de Leitura.

Artigo 6.º
ProvaEscrita

1. Os alunos do 2º, 3º ciclos e Secundário realizarão a prova escrita entre as 9h30 e as 10 h


na Sala ANG1 - Bloco A.
2. Os alunos do 1º ciclo realizarão a prova escrita entre as 10h30 e as 11 h na Sala ANG1 -
Bloco A.

2
Concurso Nacional de Leitura 1º momento: Provas nas Escolas – 2018/2019

3. No local onde se vai realizar a prova escrita, apenas será permitida a permanência dos
alunos concorrentes e dos membros da organização destacados para esse efeito.
4. A prova escrita será apresentada em enunciado próprio, a ser fornecido pela organização,
no qual será necessário que o aluno preencha o nome completo e o número que lhe foi
atribuído.
5. Serão fornecidas aos alunos duas folhas para rascunho.
6. A prova será constituída por questões de escolha múltipla e/ou de Verdadeiro ou Falso,
sobre o conteúdo do livro selecionado, de caráter biográfico do autor do livro e por uma
outra aberta, de desenvolvimento, que só será tida em conta caso haja empate.
7. Na execução da prova a resposta à pergunta de desenvolvimento deverá ser limitada às
linhas disponíveis no enunciado.
8. Em caso de empate, os professores designados para a correção da prova escrita analisam
o texto tendo em consideração a sua estruturação, encadeamento lógico e objetivo das
ideias, a correção linguística e a originalidade dos argumentos
9. A pontuação obtida por cada um dos três apurados na prova escrita, constituirá também
critério de avaliação a ter em conta conjuntamente com a prova oral.

Artigo 7.º
Prova oral para os finalistas da primeira prova

1. A prova oral será realizada no Auditório da Escola, a partir das 13h30 por ordem natural dos
ciclos de escolaridade e será aberta aos alunos da escola.
2. A mesma abrange:
- Prova de conhecimento das obras (até 2 minutos para cada candidato);
- Prova de argumentação (até 2 minutos para cada candidato);
- Prova de leitura expressivade acordo com o ano de escolaridade:
- 3º ano - entre 8 a 9 linhas;
- 4º ano - entre 10 a 11 linhas;
- 5º ano - entre 12 a 13 linhas;
- 6º ano - entre 14 a 15 linhas;
- 7º ano - entre 15 a 16 linhas;
- 8º ano - entre 20 a 21 linhas;
- 9º ano - entre 25 a 26 linhas;
- 10º ano – entre 30 a 40 linhas;
- 11º ano – entre 50 a 60 linhas;
- 12º ano – entre 60 a 80 linhas.

3
Concurso Nacional de Leitura 1º momento: Provas nas Escolas – 2018/2019

3. A escala de avaliação para cada um dos momentos será feita de 1 a 5 valores, a que
corresponde: 1- Insuficiente; 2- Suficiente; 3- Bom; 4- Muito Bom; 5- Excelente.
4. Prova de Conhecimento das Obras – Serão apresentados pelo animador da prova três
envelopes diferentes que irão conter, cada um, duas perguntas sobre as obras lidas.
Cada aluno selecionará aleatoriamente um envelope que entregará ao animador e
responderá às duas questões. Terá até 2 minutos para responder a cada questão, depois de
lhe serem colocadas individualmente.
As respostas serão avaliadas pelo Júri, atendendo à correção do conteúdo, à
objetividade e à postura corporal.
5. Prova de Argumentação - Cada aluno responderá oralmente e de forma crítica a uma
questão que lhe será colocada pelo Júri. Cada um dos membros do Júri pontuará as
prestações dos concorrentes, tendo em conta os seguintes critérios: estruturação e
encadeamento lógico de ideias; originalidade dos argumentos; correção linguística; objetividade
e postura corporal.
6. Prova de Leitura Expressiva – Cada um dos membros do Júri pontuará as prestações dos
concorrentes tendo em conta os seguintes critérios: audibilidade; percetibilidade; articulação;
expressividade; pontuação; ritmo; criatividade na leitura; postura corporal.

Artigo 8.º
Concorrentes Apurados

1. A ordenação final dos concorrentes resultará da avaliação do conjunto das provas prestadas
(escrita e oral).
2. Uma vez que não há lugar a prémios ex aequo, em caso de empate, será colocada pelo Júri
uma questão extra aos candidatos em igualdade de situação. As respostas a esta questão
serão registadas pelos concorrentes em folhas de cartolina individuais e proferidas,
seguidamente, em voz alta por cada um dos concorrentes.
3. O Júri avaliará as respostas pela correção do conteúdo, objetividade, originalidade, correção
linguística, postura corporal e determinará o vencedor.
4. O vencedor, por ciclo, ficará apurado para a fase intermunicipal do CNL.
5. Os alunos classificados em segundo e terceiro lugares deterão o estatuto de primeiro e
segundo suplentes, respetivamente, para a eventualidade do vencedor não poder comparecer
na fase referida no ponto anterior.

4
Concurso Nacional de Leitura 1º momento: Provas nas Escolas – 2018/2019

Artigo 9.º
Certificados e Prémios

Todos os alunos terão direito a um Certificado de Participação, a ser fornecido aquando


da realização da prova escrita.

Artigo 10.º
Casos omissos

Casos imprevistos serão resolvidos pelo Júri no momento das deliberações e não
haverá recursos.

5
Todos os mails

alicecarvalho@ae-mertola.pt, anadiogo@ae-mertola.pt, anaferreira@ae-mertola.pt, anamartins@ae-mertola.pt

, anateixeira@ae-mertola.pt , brunocosta@ae-mertola.pt, carlacunha@ae-mertola.pt

, cgu.agrmertola@mail.telepac.pt, carmopinheiro@ae-mertola.pt, ck.agrmertola@mail.telepac.pt


, conceicaooliveira@ae-mertola.pt, cristinaluiz@ae-mertola.pt, deodatotavares@ae-mertola.pt, deolindacosta@ae-

mertola.pt, domingossantos@ae-mertola.pt, elisabetefernandes@ae-mertola.pt, elsamateus@ae-mertola.pt

, elsarosendo@ae-mertola.pt, fatimagomes@ae-mertola.pt, fernandonobre@ae-mertola.pt

, filipesantos@ae-mertola.pt, gorettioliveira@ae-mertola.pt , gracindapires@ae-mertola.pt

, hugopereira@ae-mertola.pt , isabelgoncalves@ae-mertola.pt, isabelguerreiro@ae-mertola.pt

, joaopepolim@ae-mertola.pt, josegrilo@ae-mertola.pt, josegualdino@ae-mertola.pt, joseleal@ae-mertola.pt

, jacintaaraujo@ae-mertola.pt, lucianarodrigues@ae-mertola.pt, luisapardal@ae-mertola.pt

, manuelagregorio@ae-mertola.pt, manuelapardal@ae-mertola.pt , lurdestemudo@ae-

mertola.pt, marialanca@ae-mertola.pt, joaosousa@ae-mertola.pt, mjosebras@ae-mertola.pt


, margaridaromao@ae-mertola.pt, mariaraposo@ae-mertola.pt, teresamarujo@ae-mertola.pt, mariosousa@ae-

mertola.pt, miguelcarvalho@ae-mertola.pt , monicasantos@ae-mertola.pt , nadiatorres@ae-

mertola.pt , , patriciasilvestre@ae-mertola.pt , paulagouveia@ae-mertola.pt , paulajaneiro@ae-

mertola.pt , paulosalgueiro@ae-mertola.pt, paulotorres@ae-mertola.pt, pedroribeiro@ae-mertola.pt


, reginamendonca@ae-mertola.pt, ritabatista@ae-mertola.pt, rosapais@ae-mertola.pt, rosasantos@ae-

mertola.pt , ruikemp@ae-mertola.pt , salomesilva@ae-mertola.pt

, shorta.agrmertola@mail.telepac.pt , sandraroriz@ae-mertola.pt, saolampreia@ae-mertola.pt

, sergiolaranjinha@ae-mertola.pt , soniavaz@ae-mertola.pt , suselgaspar@ae-mertola.pt

, teresabento@ae-mertola.pt , virginiasebastiao@ae-mertola.pt , zitaqueiros@ae-mertola.pt , Carla

Guedelha